MEDITAÇÃO – MENSAGENS – ANO BÍBLICO

– Meditação Matinal de EGW (Português).:

Especulações a Respeito da Nova Terra

“Quando ressuscitarem dentre os mortos, nem casarão, nem se darão em casamento; porém são como os anjos nos Céus”. S. Mar. 12:25.
Homens há hoje que expressam a crença de que haverá casamentos e nascimentos na nova Terra; os que crêem nas Escrituras, porém, não podem admitir tais doutrinas. A doutrina de que nascerão filhos na nova Terra não constitui parte da “firme palavra da profecia”. As palavras de Cristo são demasiado claras para serem entendidas mal.” Elas esclarecem de uma vez por todas a questão dos casamentos nascimentos na nova Terra. Nenhum dos que forem despertados da morte, nem dos que forem trasladados sem ver a morte, casará ou será dado em casamento. Eles serão como os anjos de Deus, membros da família real.
Gostaria de dizer aos que defendem pontos de vista contrários a esta clara afirmação de Cristo: Sobre este assunto, o silêncio é eloqüência. É presunção condescender com suposições e teorias a respeito de assuntos que Deus não tornou claros para nós em Sua Palavra. Não precisamos entrar em especulação quanto ao nosso estado futuro. …
“Que pregues a Palavra, instes a tempo e fora de tempo”. Não tragais para o fundamento madeira, feno ou palha – vossas suposições e especulações, as quais não podem beneficiar a ninguém.
Cristo não retinha nenhuma verdade essencial à nossa salvação. As coisas reveladas são para nós e nossos filhos, mas não devemos permitir que nossa imaginação fabrique doutrinas concernentes a coisas não reveladas. – MSa., 99 e 100.
É-me mostrado que as fábulas espíritas estão levando muitos cativos. Sua mente é sensual e, a menos que ocorra uma mudança, isto se mostrará sua ruína. A todos que estão condescendendo com essas fantasias profanas, desejo dizer: Detende-vos; pelo amor de Cristo, parai exatamente onde estais. Estais em terreno proibido. – MSa., 101.
O Senhor tomou todas as providências para nossa felicidade na vida futura. Todavia, Ele não fez nenhuma revelação quanto a estes planos, e não devemos cogitar a respeito deles. Nem devemos medir as condições da vida futura pelas condições desta vida. – MSa., 100.
Ano Bíblico: Apoc. 15-17. – Juvenis: Apoc. 7.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=100&p=367

– Meditação Matinal de EGW (Espanhol).:

ESPECULACIONES CON RESPECTO A LA TIERRA NUEVA

Cuando resuciten de los muertos, ni se casarán ni se darán en casamiento, sino serán como los ángeles que están en los cielos. (Mar. 12: 25).
Hay quienes hoy día expresan su creencia de que habrá casamientos y nacimientos en la tierra nueva, pero los que creen en las Escrituras no pueden aceptar tales doctrinas. La doctrina de que nacerán niños en la tierra nueva no es una parte de la “palabra profética más segura” (2 Ped. 1: 19). Las palabras de Cristo son demasiado claras para ser mal entendidas. Debieran resolver para siempre la cuestión de los casamientos y nacimientos en la tierra nueva. Ni los que serán levantados de los muertos ni los que serán trasladados sin ver la muerte se casarán o serán dados en casamiento. Serán como los ángeles de Dios, miembros de la familia real.
Quiero decir a los que sostienen puntos de vista contradictorios a la declaración de Cristo: En tales asuntos, el silencio es elocuencia. Es presunción ocuparse de suposiciones y teorías acerca de asuntos que Dios no nos ha hecho conocer en su Palabra. No necesitamos entrar en especulaciones acerca de nuestro futuro estado. . .
“Que prediques la palabra; que instes a tiempo y fuera de tiempo” (2 Tim. 4: 2). No pongáis en el fundamento madera, heno y hojarasca: Vuestras propias conjeturas y especulaciones que no pueden beneficiar a nadie.
Cristo no retuvo ninguna verdad esencial para nuestra salvación. Las cosas reveladas son para nosotros y para nuestros hijos, pero no debemos permitir que nuestra imaginación invente doctrinas acerca de cosas que no son reveladas.*
Se me presentó el hecho de que muchos están siendo seducidos por fábulas espirituales. . . A todos los que están dando rienda suelta a esas fantasías profanas quiero decirles: Deteneos; por el amor de Cristo, deteneos allí mismo donde estáis. Os encontráis en terreno prohibido.*
El Señor ha provisto todo para nuestra felicidad en la vida futura, pero no ha hecho revelaciones acerca de esos planes y no hemos de conjeturar en cuanto a ellos. Tampoco hemos de medir las condiciones de la vida futura por las condiciones de esta vida.*

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=101&p=367

– Meditação Matinal de EGW (Inglês).:

December 27 – Speculations Concerning the New Earth

When they shall rise from the dead, they neither marry, nor are given in marriage; but are as the angels which are in heaven. Mark 12:25.
There are men today who express their belief that there will be marriages and births in the new earth, but those who believe the Scriptures cannot accept such doctrines. The doctrine that children will be born in the new earth is not a part of the “sure word of prophecy.” The words of Christ are too plain to be misunderstood. They should forever settle the question of marriages and births in the new earth. Neither those who shall be raised from the dead, nor those who shall be translated without seeing death, will marry or be given in marriage. They will be as the angels of God, members of the royal family. {Mar 369.1}
I would say to those who hold views contrary to this plain declaration of Christ: Upon such matters silence is eloquence. It is presumption to indulge in suppositions and theories regarding matters that God has not made known to us in His word. We need not enter into speculation regarding our future state. . . . {Mar 369.2}
“Preach the word; be instant in season, out of season.” Do not bring to the foundation wood, and hay, and stubble–your own surmisings and speculations, which can benefit no one. {Mar 369.3}
Christ withheld no truths essential to our salvation. Those things that are revealed are for us and our children, but we are not to allow our imagination to frame doctrines concerning things not revealed. {Mar 369.4}
It is presented to me that spiritual fables are taking many captive. . . . To all who are indulging these unholy fancies I would say, Stop; for Christ”s sake, stop right where you are. You are on forbidden ground. {Mar 369.5}
The Lord has made every provision for our happiness in the future life. But He has made no revelations regarding these plans, and we are not to speculate concerning them. Neither are we to measure the conditions of the future life by the conditions of this life. {Mar 369.6}

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=129&p=367

Na graça de nosso Senhor Jesus,

Daniel Gavin
Diretor Geral – Ellen White Books
http://www.ellenwhite.com.br/
http://www.ellenwhitebooks.com/
http://www.ellenwhite.es/
http://www.ellenwhitebooks.es/

– Mensagens para Evangelistas.:

Em todos os períodos da história terrestre, Deus tem tido Seus homens da oportunidade, aos quais disse: “Vós sois as Minhas testemunhas.” Isa. 43:10. Tem havido em todos os séculos, homens devotos, que reuniram os raios de luz à medida que estes luziam em seu caminho, e que falavam ao povo as palavras de Deus. Enoque, Noé, Moisés, Daniel, e a longa lista de patriarcas e profetas – foram ministros da justiça. Não eram infalíveis; eram homens fracos, sujeitos a errar; mas Deus operou por seu intermédio ao entregarem-se eles para o Seu serviço. Obreiros Evangélicos, pág. 13.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=49&p=13

– Mensagens para Jovens.:

O temor do Senhor está à base de toda verdadeira grandeza. A integridade, a inabalável integridade, é o princípio que precisais levar convosco em todas as relações da vida. Levai convosco a religião em vossa vida escolar, em vossa pensão, em todas as vossas atividades. A importante questão convosco é agora como escolher e aperfeiçoar vossos estudos de maneira a conservar a solidez e pureza de imaculado caráter cristão, mantendo todas as exigências e interesses temporais em sujeição aos reclamos mais elevados do evangelho de Cristo. Mensagens aos Jovens, pág. 36.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=6&p=36

– Mensagens para Namorados.:

Pesem, os que pretendem casar-se, todo sentimento e observem todas as modalidades de caráter naquele com quem desejam unir o destino de sua vida. Seja todo passo em direção da aliança matrimonial caracterizado pela modéstia, simplicidade, sinceridade e o sincero propósito de agradar e honrar a Deus. O casamento afeta a vida futura tanto neste mundo como no vindouro. O cristão sincero não fará planos que Deus não possa aprovar. Mensagens aos Jovens, pág. 435.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=6&p=435

– Mensagens para Pais.:

Pais, professores e alunos, lembrai-vos de que estais edificando para a eternidade. Vede que seja seguro o vosso fundamento; construí então firmemente, e com persistente esforço, mas com brandura, mansidão e amor. Assim permanecerá vossa casa inabalável, não somente quando sobrevierem as tempestades da tentação, mas quando o esmagador dilúvio da ira de Deus assolar o mundo. Special Testimonies on Education, págs. 72-77 e Conselhos aos Pais, Professores e Estudantes, pág. 63.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=37&p=63

– Mensagens sobre Escola Sabatina.:

Tenho profundo interesse pelas nossas Escolas Sabatinas através do mundo, pois creio que são o instrumento de Deus para a educação de nossos jovens nas verdades da Bíblia. Tanto os pais como os professores devem fazer constantes esforços para interessar a juventude nas coisas de importância eterna. A Escola Sabatina é um campo missionário e, nessa importante obra, devemos manifestar muito mais espírito missionário do que se tem manifestado até aqui. Testimonies on Sabbath School Work, pág. 35 e Conselhos Sobre a Escola Sabatina, pág. 10.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=15&p=10

– Mensagens sobre Saúde.:

É costume e norma da sociedade tomar um desjejum leve. Mas não é esta a melhor maneira de tratar o estômago. Na ocasião do desjejum o estômago está em melhores condições de cuidar de mais alimento do que na segunda ou terceira refeição do dia. O hábito de tomar um desjejum insuficiente e um lauto almoço é errado. Fazei vosso desjejum corresponder mais aproximadamente à refeição mais liberal do dia. Carta 3, 1884 e Conselhos Sobre o Regime Alimentar, pág. 173.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=17&p=173

Na graça de nosso Senhor Jesus,

Daniel Gavin
Diretor Geral – Ellen White Books
http://www.ellenwhite.com.br/
http://www.ellenwhitebooks.com/
http://www.ellenwhite.es/
http://www.ellenwhitebooks.es/

– Ano Bíblico (Português).:

Livro de Apocalipse

Capítulo 15

1 – Vi no céu ainda outro sinal, grande e admirável: sete anjos, que tinham as sete últimas pragas; porque nelas é consumada a ira de Deus.
2 – E vi como que um mar de vidro misturado com fogo; e os que tinham vencido a besta e a sua imagem e o número do seu nome estavam em pé junto ao mar de vidro, e tinham harpas de Deus.
3 – E cantavam o cântico de Moisés, servo de Deus, e o cântico do Cordeiro, dizendo: Grandes e admiráveis são as tuas obras, ó Senhor Deus Todo-Poderoso; justos e verdadeiros são os teus caminhos, ó Rei dos séculos.
4 – Quem não te temerá, Senhor, e não glorificará o teu nome? Pois só tu és santo; por isso todas as nações virão e se prostrarão diante de ti, porque os teus juízos são manifestos.
5 – Depois disto olhei, e abriu-se o santuário do tabernáculo do testemunho no céu;
6 – e saíram do santuário os sete anjos que tinham as sete pragas, vestidos de linho puro e resplandecente, e cingidos, à altura do peito com cintos de ouro.
7 – Um dos quatro seres viventes deu aos sete anjos sete taças de ouro, cheias da ira do Deus que vive pelos séculos dos séculos.
8 – E o santuário se encheu de fumaça pela glória de Deus e pelo seu poder; e ninguém podia entrar no santuário, enquanto não se consumassem as sete pragas dos sete anjos.

Capítulo 16

1 – E ouvi, vinda do santuário, uma grande voz, que dizia aos sete anjos: Ide e derramai sobre a terra as sete taças, da ira de Deus.
2 – Então foi o primeiro e derramou a sua taça sobre a terra; e apareceu uma chaga ruim e maligna nos homens que tinham o sinal da besta e que adoravam a sua imagem.
3 – O segundo anjo derramou a sua taça no mar, que se tornou em sangue como de um morto, e morreu todo ser vivente que estava no mar.
4 – O terceiro anjo derramou a sua taça nos rios e nas fontes das águas, e se tornaram em sangue.
5 – E ouvi o anjo das águas dizer: Justo és tu, que és e que eras, o Santo; porque julgaste estas coisas;
6 – porque derramaram o sangue de santos e de profetas, e tu lhes tens dado sangue a beber; eles o merecem.
7 – E ouvi uma voz do altar, que dizia: Na verdade, ó Senhor Deus Todo-Poderoso, verdadeiros e justos são os teus juízos.
8 – O quarto anjo derramou a sua taça sobre o sol, e foi-lhe permitido que abrasasse os homens com fogo.
9 – E os homens foram abrasados com grande calor; e blasfemaram o nome de Deus, que tem poder sobre estas pragas; e não se arrependeram para lhe darem glória.
10 – O quinto anjo derramou a sua taça sobre o trono da besta, e o seu reino se fez tenebroso; e os homens mordiam de dor as suas línguas.
11 – E por causa das suas dores, e por causa das suas chagas, blasfemaram o Deus do céu; e não se arrependeram das suas obras.
12 – O sexto anjo derramou a sua taça sobre o grande rio Eufrates; e a sua água secou-se, para que se preparasse o caminho dos reis que vêm do oriente.
13 – E da boca do dragão, e da boca da besta, e da boca do falso profeta, vi saírem três espíritos imundos, semelhantes a rãs.
14 – Pois são espíritos de demônios, que operam sinais; os quais vão ao encontro dos reis de todo o mundo, para os congregar para a batalha do grande dia do Deus Todo-Poderoso.
15 – (Eis que venho como ladrão. Bem-aventurado aquele que vigia, e guarda as suas vestes, para que não ande nu, e não se veja a sua nudez.)
16 – E eles os congregaram no lugar que em hebraico se chama Armagedom.
17 – O sétimo anjo derramou a sua taça no ar; e saiu uma grande voz do santuário, da parte do trono, dizendo: Está feito.
18 – E houve relâmpagos e vozes e trovões; houve também um grande terremoto, qual nunca houvera desde que há homens sobre a terra, terremoto tão forte quão grande;
19 – e a grande cidade fendeu-se em três partes, e as cidades das nações caíram; e Deus lembrou-se da grande Babilônia, para lhe dar o cálice do vinho do furor da sua ira.
20 – Todas ilhas fugiram, e os montes não mais se acharam.
21 – E sobre os homens caiu do céu uma grande saraivada, pedras quase do peso de um talento; e os homens blasfemaram de Deus por causa da praga da saraivada; porque a sua praga era mui grande.

Capítulo 17

1 – Veio um dos sete anjos que tinham as sete taças, e falou comigo, dizendo: Vem, mostrar-te-ei a condenação da grande prostituta que está assentada sobre muitas águas;
2 – com a qual se prostituíram os reis da terra; e os que habitam sobre a terra se embriagaram com o vinho da sua prostituição.
3 – Então ele me levou em espírito a um deserto; e vi uma mulher montada numa besta cor de escarlata, que estava cheia de nomes de blasfêmia, e que tinha sete cabeças e dez chifres.
4 – A mulher estava vestida de púrpura e de escarlata, e adornada de ouro, pedras preciosas e pérolas; e tinha na mão um cálice de ouro, cheio das abominações, e da imundícia da prostituição;
5 – e na sua fronte estava escrito um nome simbólico: A grande Babilônia, a mãe das prostituições e das abominações da terra.
6 – E vi que a mulher estava embriagada com o sangue dos santos e com o sangue dos mártires de Jesus. Quando a vi, maravilhei-me com grande admiração.
7 – Ao que o anjo me disse: Por que te admiraste? Eu te direi o mistério da mulher, e da besta que a leva, a qual tem sete cabeças e dez chifres.
8 – A besta que viste era e já não é; todavia está para subir do abismo, e vai-se para a perdição; e os que habitam sobre a terra e cujos nomes não estão escritos no livro da vida desde a fundação do mundo se admirarão, quando virem a besta que era e já não é, e que tornará a vir.
9 – Aqui está a mente que tem sabedoria. As sete cabeças são sete montes, sobre os quais a mulher está assentada;
10 – são também sete reis: cinco já caíram; um existe; e o outro ainda não é vindo; e quando vier, deve permanecer pouco tempo.
11 – A besta que era e já não é, é também o oitavo rei, e é dos sete, e vai-se para a perdição.
12 – Os dez chifres que viste são dez reis, os quais ainda não receberam o reino, mas receberão autoridade, como reis, por uma hora, juntamente com a besta.
13 – Estes têm um mesmo intento, e entregarão o seu poder e autoridade à besta.
14 – Estes combaterão contra o Cordeiro, e o Cordeiro os vencerá, porque é o Senhor dos senhores e o Rei dos reis; vencerão também os que estão com ele, os chamados, e eleitos, e fiéis.
15 – Disse-me ainda: As águas que viste, onde se assenta a prostituta, são povos, multidões, nações e línguas.
16 – E os dez chifres que viste, e a besta, estes odiarão a prostituta e a tornarão desolada e nua, e comerão as suas carnes, e a queimarão no fogo.
17 – Porque Deus lhes pôs nos corações o executarem o intento dele, chegarem a um acordo, e entregarem à besta o seu reino, até que se cumpram as palavras de Deus.
18 – E a mulher que viste é a grande cidade que reina sobre os reis da terra.

– Pergunta sobre o Ano Bíblico.:

Em que lugar foi derramado o segundo dos sete flagelos do Apocalipse?
Resposta: sobre o mar (Apocalipse 16:3)

– Curiosidades Bíblicas.:

Quem, em visão, contemplou o Senhor com um instrumento de pedreiro na mão?
Resposta: Amós. Amós 7:7,8.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/biblia.asp?lista=1&livro=30&capitulo=7

– Versos Bíblicos.:

Pela manhã ouves a minha voz, ó Senhor; pela manhã te apresento a minha oração, e vigio. Salmos 5:3

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/biblia.asp?lista=1&livro=19&capitulo=5&verso=3

– Ano Bíblico (Espanhol).:

Libro de Apocalipse

Capítulo 15

1 – Vi otra señal en el cielo, grande y admirable: siete ángeles que Tenían las siete últimas plagas, con las cuales la ira de Dios es consumada.
2 – Vi algo como un mar de vidrio mezclado con fuego y a los vencedores sobre la bestia y su imagen y el Número de su nombre. Estaban de pie sobre el mar de vidrio, teniendo las arpas de Dios.
3 – Y cantan el Cántico de Moisés, el siervo de Dios, y el Cántico del Cordero, diciendo: “Grandes y maravillosas son tus obras, Señor Dios Todopoderoso. Justos y verdaderos son tus caminos, Rey de las naciones.
4 – Oh Señor, ¿quién no Temerá y Glorificará tu nombre? Porque Sólo Tú eres santo. Todas las naciones Vendrán y Adorarán delante de ti; porque tus juicios han sido manifestados.”
5 – Después de esto miré, y el santuario del Tabernáculo del testimonio fue abierto en el cielo;
6 – y del santuario salieron los siete ángeles que Tenían las siete plagas. Estaban vestidos de lino limpio y resplandeciente, ceñidos alrededor del pecho con cintos de oro.
7 – Y uno de los cuatro seres vivientes dio a los siete ángeles siete copas de oro, llenas de la ira de Dios quien vive por los siglos de los siglos.
8 – El templo se Llenó de humo por la gloria de Dios y por su poder, y nadie Podía entrar en el templo hasta que fuesen consumadas las siete plagas de los siete ángeles.

Capítulo 16

1 – Entonces Oí una gran voz que desde el templo Decía a los siete ángeles: “Id y derramad las siete copas de la ira de Dios sobre la tierra.”
2 – Fue el primer ángel y Derramó su copa sobre la tierra. Y se produjo una llaga dolorosa y maligna sobre los hombres que Tenían la marca de la bestia y los que adoraban su imagen.
3 – El segundo ángel Derramó su copa sobre el mar. Y se Convirtió en sangre como de muerto. Y Murió todo ser viviente que estaba en el mar.
4 – El tercer ángel Derramó su copa sobre los Ríos y sobre las fuentes de las aguas, y se convirtieron en sangre.
5 – Oí al ángel de las aguas decir: “Justo eres Tú que eres y que eras, el Santo, porque has juzgado estas cosas.
6 – Porque ellos derramaron la sangre de los santos y de los profetas, Tú también les has dado a beber sangre, pues se lo merecen.”
7 – Y Oí al altar decir: “¡Ciertamente, oh Señor Dios Todopoderoso, tus juicios son verdaderos y justos!”
8 – El cuarto ángel Derramó su copa sobre el sol, y le fue dado quemar a los hombres con fuego.
9 – Los hombres fueron quemados con el intenso calor y blasfemaron el nombre del Dios que tiene autoridad sobre estas plagas, pero no se arrepintieron para darle gloria.
10 – El quinto ángel Derramó su copa sobre el trono de la bestia, y su reino fue convertido en tinieblas. Se Mordían las lenguas de dolor
11 – y blasfemaron al Dios del cielo por sus dolores y sus llagas, pero no se arrepintieron de sus obras.
12 – El sexto ángel Derramó su copa sobre el gran Río Eufrates, y sus aguas se secaron para que fuese preparado el camino de los reyes del Oriente.
13 – Vi salir de la boca del Dragón y de la boca de la bestia y de la boca del falso profeta, tres Espíritus impuros semejantes a ranas.
14 – Pues son Espíritus de demonios que hacen señales, los cuales salen a los reyes de todo el mundo habitado para congregarlos para la batalla del gran Día del Dios Todopoderoso.
15 – “He Aquí, yo vengo como Ladrón. Bienaventurado el que vela y guarda sus vestidos para que no ande desnudo y vean su vergüenza.”
16 – Y los Congregó en el lugar que se llama en hebreo Armagedón.
17 – El séptimo ángel Derramó su copa por el aire. Y Salió una gran voz del santuario desde el trono, que Decía: “¡Está hecho!”
18 – Entonces se produjeron Relámpagos y estruendos y truenos, y hubo un gran terremoto. Tan fuerte fue ese gran terremoto como Jamás Había acontecido desde que el hombre existe sobre la tierra.
19 – La gran ciudad se Dividió en tres partes, y las ciudades de las naciones cayeron. Y la gran Babilonia fue recordada delante de Dios, para darle a ella de la copa del vino del furor de su ira.
20 – Toda isla Huyó, y las montañas no fueron halladas Más.
21 – Y del cielo Cayó sobre los hombres enorme granizo, como de un talento de peso. Y los hombres blasfemaron a Dios por la plaga del granizo, porque la plaga era grande en extremo.

Capítulo 17

1 – Vino uno de los siete ángeles que Tenían las siete copas y Habló conmigo diciendo: “Ven Acá, y te mostraré la Condenación de la gran ramera que Está sentada sobre muchas aguas.
2 – Con ella fornicaron los reyes de la tierra, y los que habitan en la tierra se embriagaron con el vino de su Fornicación.”
3 – Me Llevó en el Espíritu al desierto. Y vi una mujer sentada sobre una bestia escarlata llena de nombres de blasfemia y que Tenía siete cabezas y diez cuernos.
4 – La mujer estaba vestida de Púrpura y escarlata, y estaba adornada con oro y piedras preciosas y perlas. En su mano Tenía una copa de oro llena de abominaciones y de las impurezas de su inmoralidad.
5 – En su frente estaba escrito un nombre, un misterio: “Babilonia la grande, madre de las rameras y de las abominaciones de la tierra.”
6 – Vi a la mujer embriagada con la sangre de los santos, y con la sangre de los Mártires de Jesús. Al verla, quedé asombrado con gran asombro.
7 – Y el ángel me dijo: “¿Por qué Estás asombrado? Yo te explicaré el misterio de la mujer y de la bestia que la lleva y que tiene siete cabezas y diez cuernos.
8 – La bestia que has visto era, y no es, y ha de subir del abismo, y va a la Perdición. Los habitantes de la tierra, cuyos nombres no Están inscritos en el libro de la vida desde la Fundación del mundo, se Maravillarán cuando vean a la bestia que era y no es y Será.
9 – Aquí Está la mente que tiene Sabiduría: Las siete cabezas son siete montes sobre los cuales Está sentada la mujer.
10 – Y son siete reyes: Cinco han Caído, uno es, y otro Aún no ha venido; y cuando venga, debe quedar Sólo por un breve tiempo.
11 – La bestia que era y no es, también es el octavo, y procede de los siete y va a la Perdición.
12 – Los diez cuernos que has visto son diez reyes que Todavía no han recibido reino, pero toman autoridad por una hora como reyes junto con la bestia.
13 – Estos tienen un solo Propósito, y entregan su poder y autoridad a la bestia.
14 – Ellos Harán guerra contra el Cordero, y el Cordero los Vencerá, porque él es Señor de señores y Rey de reyes, y los que Están con él son llamados y elegidos y fieles.”
15 – También me dijo: “Las aguas que has visto donde Está sentada la ramera, son pueblos y multitudes, naciones y lenguas.
16 – Los diez cuernos que has visto, y la bestia, éstos Aborrecerán a la ramera y la Dejarán desolada y desnuda. Comerán sus carnes y la Quemarán con fuego;
17 – porque Dios ha puesto en sus corazones el ejecutar su Propósito, y que tengan un solo Propósito, y que entreguen su reino a la bestia hasta que se cumplan las palabras de Dios.
18 – La mujer que has visto es la gran ciudad que tiene imperio sobre los reyes de la tierra.”

– Ano Bíblico (Inglês).:

Book of Apocalipse

Chapter 15

1 – And I saw another sign in heaven, great and strange; seven angels having the seven last punishments, for in them the wrath of God is complete.
2 – And I saw a sea which seemed like glass mixed with fire; and those who had overcome the beast and his image and the number of his name, were in their places by the sea of glass, with God´s instruments of music in their hands.
3 – And they give the song of Moses, the servant of God, and the song of the Lamb, saying, Great and full of wonder are your works, O Lord God, Ruler of all; true and full of righteousness are your ways, eternal King.
4 – What man is there who will not have fear before you, O Lord, and give glory to your name? because you only are holy; for all the nations will come and give worship before you; for your righteousness has been made clear.
5 – And after these things I saw, and the house of the Tent of witness in heaven was open:
6 – And the seven angels who had the seven punishments came out from the house of God, clothed with linen, clean and bright and with bands of gold about their breasts.
7 – And one of the four beasts gave to the seven angels seven gold vessels full of the wrath of God, who is living for ever and ever.
8 – And the house of God was full of smoke from the glory of God, and from his power, and no one was able to go into the house of God, till the seven punishments of the seven angels were ended.

Chapter 16

1 – And a great voice out of the house of God came to my ears, saying to the seven angels, Go, and let that which is in the seven vessels of the wrath of God come down on the earth.
2 – And the first went, and let what was in his vessel come down on the earth; and it became an evil poisoning wound on the men who had the mark of the beast, and who gave worship to his image.
3 – And the second let what was in his vessel come out into the sea; and it became blood as of a dead man; and every living thing in the sea came to an end.
4 – And the third let what was in his vessel come out into the rivers and the fountains of water; and they became blood.
5 – And the voice of the angel of the waters came to my ears, saying, True and upright is your judging, O Holy One, who is and was from all time:
6 – For they made the blood of saints and prophets come out like a stream, and blood have you given them for drink; which is their right reward.
7 – And a voice came from the altar, saying, Even so, O Lord God, Ruler of all, true and full of righteousness is your judging.
8 – And the fourth let what was in his vessel come out on the sun; and power was given to it that men might be burned with fire.
9 – And men were burned with great heat: and they said evil things against the name of the God who has authority over these punishments; and they were not turned from their evil ways to give him glory.
10 – And the fifth let what was in his vessel come out on the high seat of the beast; and his kingdom was made dark; and they were biting their tongues for pain.
11 – And they said evil things against the God of heaven because of their pain and their wounds; and they were not turned from their evil works.
12 – And the sixth let what was in his vessel come out on the great river Euphrates; and it became dry, so that the way might be made ready for the kings from the east.
13 – And I saw coming out of the mouth of the dragon, and out of the mouth of the beast, and out of the mouth of the false prophet, three unclean spirits, like frogs.
14 – For they are evil spirits, working signs; who go out even to the kings of all the earth, to get them together to the war of the great day of God, the Ruler of all.
15 – (See, I come as a thief. Happy is he who is watching and keeps his robes, so that he may not go unclothed, and his shame be seen.)
16 – And they got them together into the place which is named in Hebrew Armageddon.
17 – And the seventh let what was in his vessel come out on the air; and there came out a great voice from the house of God, from the high seat, saying, It is done.
18 – And there were flames and voices and thunders; and there was a great earth-shock so that never, from the time when men were on the earth, had there been so great an earth-shock, so full of power.
19 – And the great town was cut into three parts, and the towns of the nations came to destruction: and Babylon the great came into mind before God, to be given the cup of the wine of his wrath.
20 – And every island went in flight, and the mountains were seen no longer.
21 – And great drops of ice, every one about the weight of a talent, came down out of heaven on men: and men said evil things against God because of the punishment of the ice-drops; for it is very great.

Chapter 17

1 – And one of the seven angels who had the seven vessels came and said to me, Come here, so that you may see the judging of the evil woman who is seated on the great waters;
2 – With whom the kings of the earth made themselves unclean, and those who are on the earth were full of the wine of her evil desires.
3 – And he took me away in the Spirit into a waste land: and I saw a woman seated on a bright red beast, full of evil names, having seven heads and ten horns,
4 – And the woman was clothed in purple and bright red, with ornaments of gold and stones of great price and jewels; and in her hand was a gold cup full of evil things and her unclean desires;
5 – And on her brow was a name, SECRET, BABYLON THE GREAT, THE MOTHER OF THE EVIL WOMEN AND OF THE UNCLEAN THINGS OF THE EARTH.
6 – And I saw the woman overcome as with the wine of the blood of the saints, and the blood of those put to death because of Jesus. And when I saw her, I was overcome with a great wonder.
7 – And the angel said to me, Why were you surprised? I will make clear to you the secret of the woman, and of the beast on which she is seated, which has the seven heads and the ten horns.
8 – The beast which you saw was, and is not; and is about to come up out of the great deep, and to go into destruction. And those who are on the earth, whose names have not been put in the book of life from the first, will be full of wonder when they see the beast, that he was, and is not, and still will be.
9 – Here is the mind which has wisdom. The seven heads are seven mountains, on which the woman is seated:
10 – And they are seven kings; the five have come to an end, the one is, the other has not come; and when he comes, he will have to go on for a little time.
11 – And the beast which was, and is not, is himself the eighth, and is of the seven; and he goes into destruction.
12 – And the ten horns which you saw are ten kings, which still have been given no kingdom; but they are given authority as kings, with the beast, for one hour.
13 – These have one mind, and they give their power and authority to the beast.
14 – These will make war against the Lamb, and the Lamb will overcome them, because he is the Lord of lords and King of kings; and those who are with him are named, marked out, and true.
15 – And he said to me, The waters which you saw, where the evil woman is seated, are peoples, and armies, and nations and languages.
16 – And the ten horns which you saw, and the beast, these will be turned against the evil woman, and will make her waste and uncovered, and will take her flesh for food, and will have her burned with fire.
17 – Because God has put it in their hearts to do his purpose, and to be of one mind, giving their kingdom to the beast, till the words of God have effect and are complete.
18 – And the woman whom you saw is the great town, which is ruling over the kings of the earth.

Na graça de nosso Senhor Jesus,

Daniel Gavin
Diretor Geral – Ellen White Books
http://www.ellenwhite.com.br/
http://www.ellenwhitebooks.com/
http://www.ellenwhite.es/
http://www.ellenwhitebooks.es/

Esse post foi publicado em Não categorizado. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s