MEDITAÇÃO – MENSAGENS – ANO BÍBLICO

– Meditação Matinal de EGW (Português).:

O Julgamento Final

“Vi também os mortos, os grandes e os pequenos, postos em pé diante do trono. Então se abriram os livros. … E os mortos foram julgados,. segundo as suas obras, conforme o que se achava escrito nos livros”. Apoc. 20:12.
Agora Cristo de novo aparece à vista de Seus inimigos. Muito acima da cidade, sobre um fundamento de ouro polido, está um trono, alto e sublime. Sobre este trono assenta-Se o Filho de Deus, e em redor dele estão os súditos de Seu reino. O poder e majestade de Cristo nenhuma língua os pode descrever, nem pena alguma retratar. A glória do Pai eterno envolve Seu Filho. O resplendor de Sua presença enche a cidade de Deus e estende-se para além das portas, inundando a Terra inteira com seu fulgor.
Mais próximo do trono estão os que já foram zelosos na causa de Satanás, mas que, arrancados como tições do fogo, seguiram seu Salvador com devoção profunda, intensa. Em seguida estão os que aperfeiçoaram um caráter cristão em meio de falsidade e incredulidade, os que honraram a lei de Deus quando o mundo cristão a declarava nula, e os milhões de todos os séculos que se tornaram mártires pela sua fé. E além está a “multidão, a qual ninguém podia contar, de todas as nações, e tribos, e povos e línguas, … trajando vestidos brancos e com palmas nas suas mãos”. Apoc. 7:9. …
Os resgatados entoam um cântico de louvor que ecoa repetidas vezes pelas abóbadas do céu: “Salvação ao nosso Deus, que está assentado no trono, e ao Cordeiro”. E anjos e serafins unem sua voz em adoração. …
Na presença dos habitantes da Terra e do Céu, reunidos, é efetuada a coroação final do Filho de Deus. E agora, vestido de majestade e poder supremos, o Rei dos reis pronuncia a sentença sobre os rebeldes contra Seu governo, e executa justiça sobre aqueles que transgrediram Sua lei e oprimiram Seu povo. …
Logo que se abrem os livros de registo e o olhar de Jesus incide sobre os ímpios, eles se tornam cônscios de todo pecado cometido. – GC, 661-663.
Ano Bíblico: II Cor. 5-7. -,Juvenis: Atos 20.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=100&p=337

– Meditação Matinal de EGW (Espanhol).:

EL JUICIO FINAL

Vi a los muertos, grandes y pequeños, de pie ante Dios; . . . y fueron juzgados los muertos por las cosas que estaban escritas en los libros, según sus obras. (Apoc. 20:12).
Entonces Cristo reaparece a la vista de sus enemigos. Muy por encima de la ciudad, sobre un fundamento de oro bruñido, hay un trono alto y encumbrado. En el trono está sentado el Hijo de Dios, y en torno suyo están los súbditos de su reino. Ningún lenguaje, ninguna pluma pueden expresar ni describir el poder y la majestad de Cristo. La gloria del Padre eterno envuelve a su Hijo. El esplendor de su presencia llena la ciudad de Dios, rebosando más allá de las puertas e inundando toda la tierra con su brillo.
Inmediatos al trono se encuentran los que fueron alguna vez celosos en la causa de Satanás, pero que, cual tizones arrancados del fuego, siguieron luego a su Salvador con profunda e intensa devoción. Vienen después los que perfeccionaron su carácter cristiano en medio de la mentira y de la incredulidad, los que honraron la ley de Dios cuando el mundo cristiano la declaró abolida, y los millones de todas las edades que fueron martirizados por su fe. Y más allá está la “grande muchedumbre, que nadie puede contar, de entre todas las naciones, y las tribus, y los pueblos, y las lenguas. . . de pie ante el trono y adelante del Cordero, revestidos de ropas blancas, y teniendo palmas en sus manos” (Apoc. 7: 9, VM). . .
Los redimidos entonan un canto de alabanza que se extiende y repercute por las bóvedas del cielo: “¡Atribúyase la salvación a nuestro Dios, que está sentado sobre el trono, y al Cordero!” (Vers. 10). Ángeles y serafines unen sus voces en adoración. . .
En presencia de los habitantes de la tierra y del cielo reunidos, se efectúa la coronación final del Hijo de Dios. Y entonces revestido de suprema majestad y poder, el Rey de reyes falla el juicio de aquellos que se rebelaron contra su gobierno, y ejecuta sentencia contra los que transgredieron su ley y oprimieron a su pueblo. . .
Apenas se abren los registros, y la mirada de Jesús se dirige hacia los impíos, éstos reconocen todos los pecados que cometieron.*

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=101&p=337

– Meditação Matinal de EGW (Inglês).:

November 27 – The Last Judgment

I saw the dead, small and great, stand before God; and the books were opened: . . . and the dead were judged out of those things which were written in the books, according to their works. Rev. 20:12.
Now Christ again appears to the view of His enemies. Far above the city, upon a foundation of burnished gold, is a throne, high and lifted up. Upon this throne sits the Son of God, and around Him are the subjects of His kingdom. The power and majesty of Christ no language can describe, no pen portray. The glory of the Eternal Father is enshrouding His Son. The brightness of His presence fills the City of God, and flows out beyond the gates, flooding the whole earth with its radiance. {Mar 339.1}
Nearest the throne are those who were once zealous in the cause of Satan, but who, plucked as brands from the burning, have followed their Saviour with deep, intense devotion. Next are those who perfected Christian characters in the midst of falsehood and infidelity, those who honoured the law of God when the Christian world declared it void, and the millions, of all ages, who were martyred for their faith. And beyond is the “great multitude, which no man could number, of all nations, and kindreds, and people, and tongues, . . . before the throne, and before the Lamb, clothed with white robes, and palms in their hands.” Revelation 7:9. . . . {Mar 339.2}
The redeemed raise a song of praise that echoes and re-echoes through the vaults of heaven: “Salvation to our God which sitteth upon the throne, and unto the Lamb.” Verse 10. And angel and seraph unite their voices in adoration. . . . {Mar 339.3}
In the presence of the assembled inhabitants of earth and heaven the final coronation of the Son of God takes place. And now, invested with supreme majesty and power, the King of kings pronounces sentence upon the rebels against His government and executes justice upon those who have transgressed His law and oppressed His people. . . . {Mar 339.4}
As soon as the books of record are opened, and the eye of Jesus looks upon the wicked, they are conscious of every sin which they have ever committed. {Mar 339.5}

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=129&p=337

Na graça de nosso Senhor Jesus,

Daniel Gavin
Diretor Geral – Ellen White Books
http://www.ellenwhite.com.br/
http://www.ellenwhitebooks.com/
http://www.ellenwhite.es/
http://www.ellenwhitebooks.es/

– Mensagens para Evangelistas.:

Deus deseja que aproveitemos todas as oportunidades de assegurar uma preparação para Sua obra. Espera que Lhe submetamos todas as nossas energias, e conservemos o coração atento à Sua santidade e responsabilidades terríveis. A Ciência do Bom Viver, pág. 498.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=31&p=498

– Mensagens para Jovens.:

A reverência é grandemente necessária na juventude deste século. Estou alarmada ao ver crianças e jovens, filhos de pais religiosos, tão descuidados da ordem e decência que devem ser observadas na casa de Deus. Enquanto os servos de Deus apresentam ao povo as palavras de vida, alguns estão lendo, outros cochichando e rindo. Seus olhos estão pecando, distraindo a atenção dos que se acham ao seu redor. Esse hábito, se não for corrigido, crescerá, e influenciará a outros. Mensagens aos Jovens, pág. 265.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=6&p=265

– Mensagens para Namorados.:

Não são ensinados às filhas a abnegação e o domínio de si mesmas. Elas são mimadas, seu orgulho nutrido. É-lhes permitido seguirem a própria vontade, até que se tornam obstinadas e voluntariosas, e chegais ao extremo de vossos recursos no buscar saber o que fazer para salvá-las da ruína. Satanás as dirige de modo a se tornarem um provérbio na boca dos descrentes devido a sua ousadia, sua falta de recato e modéstia femininos. Aos jovens é permitido da mesma maneira seguirem seu caminho. Mal entram na adolescência, já andam ao lado de meninas de sua idade, acompanhando-as para casa e fazendo-lhes a corte. E os pais se acham tão completamente escravizados por sua própria condescendência e mal-entendido amor por seus filhos, que não ousam seguir uma direção decidida para realizar uma mudança e restringir seus levianos filhos nessa época dissoluta. Testimonies, vol. 2, pág. 460 e O Lar Adventista, pág. 52.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=16&p=52

– Mensagens para Pais.:

Pais, fazei todo o esforço ao vosso alcance a fim de colocar vossos filhos na situação mais favorável para formarem o caráter que Deus deseja eles formem. Fazei uso de todo tendão e músculo espiritual no esforço de salvar vosso pequeno rebanho. As potestades do inferno se unirão para a sua destruição, mas Deus vos levantará um estandarte contra o inimigo. Orai muito mais do que o fazeis. Amável e ternamente, ensinai vossos filhos a ir a Deus como a seu Pai celestial. Pelo vosso exemplo ensinai-lhes a ter domínio próprio e a ser prestativos. Ensinai-lhes que Cristo não viveu para comprazer-Se a Si mesmo. Conselhos aos Pais, Professores e Estudantes, pág. 156.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=37&p=156

– Mensagens sobre Escola Sabatina.:

Em algumas Escolas Sabatinas, dão-se cargos a pessoas que não têm aptidão para ensinar. Não sentem sincero amor pelas pessoas. Elas próprias não entendem metade dos princípios práticos da verdade. Como podem, então, conduzir as crianças e jovens à Fonte viva? Que os próprios professores bebam a largos sorvos da água da salvação; os anjos de Deus serão seus ministradores, e saberão precisamente qual o rumo que o Senhor deseja que tomem, a fim de conquistar para Jesus a preciosa juventude. Isso exige aptidão, vontade, perseverança, um espírito como o manifestou Jacó ao lutar em oração, exclamando: “Não Te deixarei ir, se me não abençoares.” Gên. 32:26. Ao repousar sobre os professores, a bênção divina não deixará de refletir-se sobre os que estão ao seu cuidado. Nunca deveis colocar a juventude sob a orientação de indivíduos espiritualmente indolentes, os quais não possuam altas, elevadas, santas aspirações, porque o mesmo espírito de indiferença, farisaísmo e formalidade, será
visto tanto nos professores como nos alunos. Testimonies on Sabbath School Work, pág. 13. Conselhos Sobre a Escola Sabatina, págs. 116 e 117.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=15&p=116

– Mensagens sobre Saúde.:

Não seja considerado o trabalho culinário uma espécie de servidão. Que seria dos habitantes do mundo se todos quantos se ocupam na cozinha viessem a abandonar seu trabalho com a frívola desculpa de que ele não era suficientemente honroso? Cozinhar pode ser olhado como menos desejável que outros ramos de serviço, mas na realidade é uma ciência mais valiosa que todas as outras. Assim considera Deus o preparo da comida saudável. Tem alta estima por aqueles que fazem obra fiel em preparar alimento saudável e apetecível. A pessoa que entende da arte de preparar devidamente a comida, e se serve desse conhecimento, é mais digna de louvor do que as que se empenham em qualquer outro ramo de trabalho. Este talento deve ser considerado como valendo dez talentos; pois seu justo emprego tem muito que ver com a conservação do organismo humano em estado saudável. Visto estar tão inseparavelmente ligado com a vida e a saúde, é o mais valioso de todos os dons. Manuscrito 95, 1901. Conselhos S
obre o Regime Alimentar, pág. 251.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=17&p=251

Na graça de nosso Senhor Jesus,

Daniel Gavin
Diretor Geral – Ellen White Books
http://www.ellenwhite.com.br/
http://www.ellenwhitebooks.com/
http://www.ellenwhite.es/
http://www.ellenwhitebooks.es/

– Ano Bíblico (Português).:

Livro de II Corintios

Capítulo 5

1 – Porque sabemos que, se a nossa casa terrestre deste tabernáculo se desfizer, temos de Deus um edifício, uma casa não feita por mãos, eterna, nos céus.
2 – Pois neste tabernáculo nós gememos, desejando muito ser revestidos da nossa habitação que é do céu,
3 – se é que, estando vestidos, não formos achados nus.
4 – Porque, na verdade, nós, os que estamos neste tabernáculo, gememos oprimidos, porque não queremos ser despidos, mas sim revestidos, para que o mortal seja absorvido pela vida.
5 – Ora, quem para isto mesmo nos preparou foi Deus, o qual nos deu como penhor o Espírito.
6 – Temos, portanto, sempre bom ânimo, sabendo que, enquanto estamos presentes no corpo, estamos ausentes do Senhor
7 – (porque andamos por fé, e não por vista);
8 – temos bom ânimo, mas desejamos antes estar ausentes deste corpo, para estarmos presentes com o Senhor.
9 – Pelo que também nos esforçamos para ser-lhe agradáveis, quer presentes, quer ausentes.
10 – Porque é necessário que todos nós sejamos manifestos diante do tribunal de Cristo, para que cada um receba o que fez por meio do corpo, segundo o que praticou, o bem ou o mal.
11 – Portanto, conhecendo o temor do Senhor, procuramos persuadir os homens; mas, a Deus já somos manifestos, e espero que também nas vossas consciências sejamos manifestos.
12 – Não nos recomendamos outra vez a vós, mas damo-vos ocasião de vos gloriardes por nossa causa, a fim de que tenhais resposta para os que se gloriam na aparência, e não no coração.
13 – Porque, se enlouquecemos, é para Deus; se conservamos o juízo, é para vós.
14 – Pois o amor de Cristo nos constrange, porque julgamos assim: se um morreu por todos, logo todos morreram;
15 – e ele morreu por todos, para que os que vivem não vivam mais para si, mas para aquele que por eles morreu e ressuscitou.
16 – Por isso daqui por diante a ninguém conhecemos segundo a carne; e, ainda que tenhamos conhecido Cristo segundo a carne, contudo agora já não o conhecemos desse modo.
17 – Pelo que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo.
18 – Mas todas as coisas provêm de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por Cristo, e nos confiou o ministério da reconciliação;
19 – pois que Deus estava em Cristo reconciliando consigo o mundo, não imputando aos homens as suas transgressões; e nos encarregou da palavra da reconciliação.
20 – De sorte que somos embaixadores por Cristo, como se Deus por nós vos exortasse. Rogamo-vos, pois, por Cristo que vos reconcilieis com Deus.
21 – Àquele que não conheceu pecado, Deus o fez pecado por nós; para que nele fôssemos feitos justiça de Deus.

Capítulo 6

1 – E nós, cooperando com ele, também vos exortamos a que não recebais a graça de Deus em vão;
2 – (porque diz: No tempo aceitável te escutei e no dia da salvação te socorri; eis aqui agora o tempo aceitável, eis aqui agora o dia da salvação);
3 – não dando nós nenhum motivo de escândalo em coisa alguma, para que o nosso ministério não seja censurado.
4 – Antes em tudo recomendando-nos como ministros de Deus; em muita perseverança, em aflições, em necessidades, em angústias,
5 – em açoites, em prisões, em tumultos, em trabalhos, em vigílias, em jejuns,
6 – na pureza, na ciência, na longanimidade, na bondade, no Espírito Santo, no amor não fingido,
7 – na palavra da verdade, no poder de Deus, pelas armas da justiça à direita e à esquerda,
8 – por honra e por desonra, por má fama e por boa fama; como enganadores, porém verdadeiros;
9 – como desconhecidos, porém bem conhecidos; como quem morre, e eis que vivemos; como castigados, porém não mortos;
10 – como entristecidos, mas sempre nos alegrando; como pobres, mas enriquecendo a muitos; como nada tendo, mas possuindo tudo.
11 – Ó coríntios, a nossa boca está aberta para vós, o nosso coração está dilatado!
12 – Não estais estreitados em nós; mas estais estreitados nos vossos próprios afetos.
13 – Ora, em recompensa disto (falo como a filhos), dilatai-vos também vós.
14 – Não vos prendais a um jugo desigual com os incrédulos; pois que sociedade tem a justiça com a injustiça? ou que comunhão tem a luz com as trevas?
15 – Que harmonia há entre Cristo e Belial? ou que parte tem o crente com o incrédulo?
16 – E que consenso tem o santuário de Deus com ídolos? Pois nós somos santuário de Deus vivo, como Deus disse: Neles habitarei, e entre eles andarei; e eu serei o seu Deus e eles serão o meu povo.
17 – Pelo que, saí vós do meio deles e separai-vos, diz o Senhor; e não toqueis coisa imunda, e eu vos receberei;
18 – e eu serei para vós Pai, e vós sereis para mim filhos e filhas, diz o Senhor Todo-Poderoso.

Capítulo 7

1 – Ora, amados, visto que temos tais promessas, purifiquemo-nos de toda a imundícia da carne e do espírito, aperfeiçoando a santidade no temor de Deus.
2 – Recebei-nos em vossos corações; a ninguém fizemos injustiça, a ninguém corrompemos, a ninguém exploramos.
3 – Não o digo para vos condenar, pois já tenho declarado que estais em nossos corações para juntos morrermos e juntos vivermos.
4 – Grande é a minha franqueza para convosco, e muito me glorio a respeito de vós; estou cheio de consolação, transbordo de gozo em todas as nossas tribulações.
5 – Porque, mesmo quando chegamos à Macedônia, a nossa carne não teve repouso algum; antes em tudo fomos atribulados: por fora combates, temores por dentro.
6 – Mas Deus, que consola os abatidos, nos consolou com a vinda de Tito;
7 – e não somente com a sua vinda, mas também pela consolação com que foi consolado a vosso respeito, enquanto nos referia as vossas saudações, o vosso pranto, o vosso zelo por mim, de modo que ainda mais me regozijei.
8 – Porquanto, ainda que vos contristei com a minha carta, não me arrependo; embora antes me tivesse arrependido (pois vejo que aquela carta vos contristou, ainda que por pouco tempo),
9 – agora folgo, não porque fostes contristados, mas porque o fostes para o arrependimento; pois segundo Deus fostes contristados, para que por nós não sofrêsseis dano em coisa alguma.
10 – Porque a tristeza segundo Deus opera arrependimento para a salvação, o qual não traz pesar; mas a tristeza do mundo opera a morte.
11 – Pois vêde quanto cuidado não produziu em vós isto mesmo, o serdes contristados segundo Deus! sim, que defesa própria, que indignação, que temor, que saudades, que zelo, que vingança! Em tudo provastes estar inocentes nesse negócio.
12 – Portanto, ainda que vos escrevi, não foi por causa do que fez o mal, nem por causa do que o sofreu, mas para que fosse manifesto, diante de Deus, o vosso grande cuidado por nós.
13 – Por isso temos sido consolados. E em nossa consolação nos alegramos ainda muito mais pela alegria de Tito, porque o seu espírito tem sido recreado por vós todos.
14 – Porque, se em alguma coisa me gloriei de vós para com ele, não fiquei envergonhado; mas como vos dissemos tudo com verdade, assim também o louvor que de vós fizemos a Tito se achou verdadeiro.
15 – E o seu entranhável afeto para convosco é mais abundante, lembrando-se da obediência de vós todos, e de como o recebestes com temor e tremor.
16 – Regozijo-me porque em tudo tenho confiança em vós.

– Pergunta sobre o Ano Bíblico.:

Segundo Paulo, em que lugar compareceremos todos para recebermos segundo o bem ou o mal que tivermos feito por meio do corpo?
Resposta: Perante o tribunal de Cristo (II Coríntios 5:10)

– Curiosidades Bíblicas.:

Qual o profeta que foi esbofetiado?
Resposta: Micaías. II Crônicas 18:23,24.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/biblia.asp?lista=1&livro=14&capitulo=18

– Versos Bíblicos.:

Posso todas as coisas naquele que me fortalece. Filipenses 4:13

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/biblia.asp?lista=1&livro=50&capitulo=4&verso=13

– Ano Bíblico (Espanhol).:

Libro de II Corintios

Capítulo 5

1 – Porque sabemos que si nuestra casa terrenal, esta tienda temporal, se deshace, tenemos un edificio de parte de Dios, una casa no hecha de manos, eterna en los cielos.
2 – Pues en esta tienda gemimos deseando ser sobrevestidos de nuestra Habitación celestial;
3 – y aunque habremos de ser desvestidos, no seremos hallados desnudos.
4 – Porque los que estamos en esta tienda gemimos agobiados, porque no quisiéramos ser desvestidos, sino sobrevestidos, para que lo mortal sea absorbido por la vida.
5 – Pues el que nos hizo para esto mismo es Dios, quien nos ha dado la Garantía del Espíritu.
6 – Así vivimos, confiando siempre y comprendiendo que durante nuestra estancia en el cuerpo peregrinamos ausentes del Señor.
7 – Porque andamos por fe, no por vista.
8 – Pues confiamos y consideramos mejor estar ausentes del cuerpo, y estar presentes delante del Señor.
9 – Por lo tanto, estemos presentes o ausentes, nuestro anhelo es serle agradables.
10 – Porque es necesario que todos nosotros comparezcamos ante el tribunal de Cristo, para que cada uno reciba Según lo que haya hecho por medio del cuerpo, sea bueno o malo.
11 – Conociendo, entonces, el temor del Señor, persuadimos a los hombres; pues a Dios le es manifiesto lo que somos, y espero que también lo sea a vuestras conciencias.
12 – No nos recomendamos otra vez ante vosotros, sino que os damos Ocasión de gloriaros por nosotros, con el fin de que Tengáis respuesta frente a los que se Glorían en las apariencias y no en el Corazón.
13 – Porque si estamos fuera de nosotros, es para Dios; o si estamos en nuestro juicio, es para vosotros.
14 – Porque el amor de Cristo nos impulsa, considerando esto: que uno Murió por todos; por consiguiente, todos murieron.
15 – Y él Murió por todos para que los que viven ya no vivan Más para Sí, sino para aquel que Murió y Resucitó por ellos.
16 – De manera que nosotros, de Aquí en adelante, a nadie conocemos Según la carne; y aun si hemos conocido a Cristo Según la carne, ahora ya no le conocemos Así.
17 – De modo que si alguno Está en Cristo, nueva criatura es; las cosas viejas pasaron; he Aquí todas son hechas nuevas.
18 – Y todo esto proviene de Dios, quien nos Reconcilió consigo mismo por medio de Cristo y nos ha dado el ministerio de la Reconciliación:
19 – que Dios estaba en Cristo reconciliando al mundo consigo mismo, no Tomándoles en cuenta sus transgresiones y Encomendándonos a nosotros la palabra de la Reconciliación.
20 – Así que, somos embajadores en nombre de Cristo; y como Dios os exhorta por medio nuestro, rogamos en nombre de Cristo: ¡Reconciliaos con Dios!
21 – Al que no Conoció pecado, por nosotros Dios le hizo pecado, para que nosotros fuéramos hechos justicia de Dios en él.

Capítulo 6

1 – Y Así nosotros, como colaboradores, os exhortamos también que no Recibáis en vano la gracia de Dios;
2 – porque dice: En tiempo favorable te escuché, y en el Día de la Salvación te Socorrí. ¡He Aquí ahora el tiempo Más favorable! ¡He Aquí ahora el Día de Salvación!
3 – No damos a nadie Ocasión de tropiezo en nada, para que nuestro ministerio no sea desacreditado.
4 – Más bien, en todo nos presentamos como ministros de Dios: en mucha perseverancia, en tribulaciones, en necesidades, en angustias,
5 – en azotes, en Cárceles, en tumultos, en duras labores, en desvelos, en ayunos,
6 – en pureza, en conocimiento, en tolerancia, en bondad, en el Espíritu Santo, en amor no fingido,
7 – en palabra de verdad, en poder de Dios, por medio de armas de justicia a derecha y a izquierda;
8 – por honra y deshonra, por mala fama y buena fama; como engañadores, pero siendo hombres de verdad;
9 – como no conocidos, pero bien conocidos; como muriendo, pero he Aquí vivimos; como castigados, pero no muertos;
10 – como entristecidos, pero siempre gozosos; como pobres, pero enriqueciendo a muchos; como no teniendo nada, pero poseyéndolo todo.
11 – Nuestra boca ha sido franca con vosotros, oh corintios; nuestro Corazón Está abierto.
12 – No Estáis limitados en nosotros; lo Estáis en vuestros propios corazones.
13 – Pues para corresponder del mismo modo, como a hijos os hablo: ¡Abrid vosotros también vuestro Corazón!
14 – No os Unáis en yugo desigual con los no creyentes. Porque ¿qué compañerismo tiene la rectitud con el desorden? ¿Qué Comunión tiene la luz con las tinieblas?
15 – ¿Qué Armonía hay entre Cristo y Belial? ¿Qué parte tiene el creyente con el no creyente?
16 – ¿Qué acuerdo puede haber entre un templo de Dios y los ídolos? Porque nosotros somos templo del Dios viviente, como Dios dijo: Habitaré y andaré entre ellos. Yo seré su Dios, y ellos Serán mi pueblo.
17 – Por lo cual, ¡Salid de en medio de ellos, y apartaos! dice el Señor. No toquéis lo impuro, y yo os recibiré;
18 – y seré para vosotros Padre, y vosotros me seréis hijos e hijas, dice el Señor Todopoderoso.

Capítulo 7

1 – Así que, amados, ya que tenemos tales promesas, limpiémonos de toda impureza de cuerpo y de Espíritu, perfeccionando la santidad en el temor de Dios.
2 – Recibidnos. A nadie hemos agraviado; a nadie hemos corrompido; a nadie hemos explotado.
3 – No digo esto para condenaros; porque ya dije que Estáis en nuestros corazones, para juntos morir y juntos vivir.
4 – Tengo mucha confianza en vosotros; mucho me Glorío en vosotros; lleno estoy de Consolación; sobreabundo de gozo en toda nuestra Aflicción.
5 – Cuando vinimos a Macedonia, Ningún reposo tuvo nuestro cuerpo; Más bien, en todo fuimos atribulados: de fuera conflictos, de dentro temores.
6 – Pero Dios, que consuela a los humildes, nos Consoló con la venida de Tito.
7 – Y no Sólo con su venida, sino también con la Consolación que él Recibió en cuanto a vosotros, haciéndonos saber vuestro anhelo, vuestras Lágrimas y vuestro celo por Mí, para que Así me gozara Más.
8 – Porque si bien os causé tristeza con la carta, no me pesa, aunque entonces Sí me Pesó; porque veo que aquella carta os Causó tristeza Sólo por un tiempo.
9 – Ahora me gozo, no porque Hayáis sentido tristeza, sino porque fuisteis entristecidos hasta el arrepentimiento; pues habéis sido entristecidos Según Dios, para que Ningún daño sufrierais de nuestra parte.
10 – Porque la tristeza que es Según Dios genera arrepentimiento para Salvación, de que no hay que lamentarse; pero la tristeza del mundo degenera en muerte.
11 – Pues he Aquí, el mismo hecho de que Hayáis sido entristecidos Según Dios, ¡Cuánta diligencia ha producido en vosotros! ¡Qué disculpas, qué Indignación, qué temor, qué ansiedad, qué celo y qué Vindicación! En todo os habéis mostrado limpios en el asunto.
12 – Así que, si bien os Escribí, no fue por causa del que Cometió la ofensa ni por causa del que la Padeció, sino para que vuestra solicitud por nosotros se manifestara entre vosotros en la presencia de Dios.
13 – Por tanto, hemos sido consolados. Pero mucho Más que por nuestra Consolación, nos gozamos por el gozo de Tito, porque su Espíritu ha sido reanimado por todos vosotros.
14 – Pues si en algo me he mostrado orgulloso de vosotros ante él, no quedé avergonzado. Al contrario, como os Habíamos dicho todo con verdad, Así también nuestro motivo de orgullo ante Tito fue hallado verdadero.
15 – Ahora sus sentimientos se han intensificado con respecto a vosotros, recordando la obediencia de todos vosotros, de Cómo lo recibisteis con temor y temblor.
16 – Me gozo de que en todo puedo confiar en vosotros.

– Ano Bíblico (Inglês).:

Book of II Corintios

Chapter 5

1 – For we are conscious that if this our tent of flesh is taken down, we have a building from God, a house not made with hands, eternal, in heaven.
2 – For in this we are crying in weariness, greatly desiring to be clothed with our house from heaven:
3 – So that our spirits may not be unclothed.
4 – For truly, we who are in this tent do give out cries of weariness, for the weight of care which is on us; not because we are desiring to be free from the body, but so that we may have our new body, and death may be overcome by life.
5 – Now he who has made us for this very thing is God, who has given us the Spirit as a witness of what is to come.
6 – So, then, we are ever without fear, and though conscious that while we are in the body we are away from the Lord,
7 – (For we are walking by faith, not by seeing,)
8 – We are without fear, desiring to be free from the body, and to be with the Lord.
9 – For this reason we make it our purpose, in the body or away from it, to be well-pleasing to him.
10 – For we all have to come before Christ to be judged; so that every one of us may get his reward for the things done in the body, good or bad.
11 – Having in mind, then, the fear of the Lord, we put these things before men, but God sees our hearts; and it is my hope that we may seem right in your eyes.
12 – We are not again requesting your approval, but we are giving you the chance of taking pride in us, so that you may be able to give an answer to those whose glory is in seeming, and not in the heart.
13 – For if we are foolish, it is to God; or if we are serious, it is for you.
14 – For it is the love of Christ which is moving us; because we are of the opinion that if one was put to death for all, then all have undergone death;
15 – And that he underwent death for all, so that the living might no longer be living to themselves, but to him who underwent death for them and came back from the dead.
16 – For this reason, from this time forward we have knowledge of no man after the flesh: even if we have had knowledge of Christ after the flesh, we have no longer any such knowledge.
17 – So if any man is in Christ, he is in a new world: the old things have come to an end; they have truly become new.
18 – But all things are of God, who has made us at peace with himself through Christ, and has given to us the work of making peace;
19 – That is, that God was in Christ making peace between the world and himself, not putting their sins to their account, and having given to us the preaching of this news of peace.
20 – So we are the representatives of Christ, as if God was making a request to you through us: we make our request to you, in the name of Christ, be at peace with God.
21 – For him who had no knowledge of sin God made to be sin for us; so that we might become the righteousness of God in him.

Chapter 6

1 – We then, working together with God, make our request to you not to take the grace of God to no purpose.
2 – (For he says, I have given ear to you at a good time, and I have been your helper in a day of salvation: see, now is the good time; now is the day of salvation):
3 – Giving no cause for trouble in anything, so that no one may be able to say anything against our work;
4 – But in everything making it clear that we are the servants of God, in quiet strength, in troubles, in need, in sorrow,
5 – In blows, in prisons, in attacks, in hard work, in watchings, in going without food;
6 – In a clean heart, in knowledge, in long waiting, in being kind, in the Holy Spirit, in true love,
7 – In the true word, in the power of God; with the arms of righteousness on the right hand and on the left,
8 – By glory and by shame, by an evil name and a good name; as untrue, and still true;
9 – Unnoted, but still kept fully in mind; as near to death, but still living; as undergoing punishment, but not put to death;
10 – As full of sorrow, but ever glad; as poor, but giving wealth to others; as having nothing, but still having all things.
11 – Our mouth is open to you, O Corinthians, our heart is wide.
12 – It is not our feelings to you which are narrow, but yours to us.
13 – Now to give me back payment of the same sort (I am talking as to my children), let your hearts be wide open to me.
14 – Do not keep company with those who have not faith: for what is there in common between righteousness and evil, or between light and dark?
15 – And what agreement is there between Christ and the Evil One? or what part has one who has faith with one who has not?
16 – And what agreement has the house of God with images? for we are a house of the living God; even as God has said, I will be living among them, and walking with them; and I will be their God, and they will be my people.
17 – For which cause, Come out from among them, and be separate, says the Lord, and let no unclean thing come near you; and I will take you for myself,
18 – And will be a Father to you; and you will be my sons and daughters, says the Lord, the Ruler of all.

Chapter 7

1 – Because God, then, will give us such rewards, dear brothers, let us make ourselves clean from all evil of flesh and spirit, and become completely holy in the fear of God.
2 – Let your hearts be open to us: we have done no man wrong, no man has been damaged by us, we have made no profit out of any man,
3 – It is not with the purpose of judging you that I say this: for I have said before that you are in our hearts for life and death together.
4 – My words to you are without fear, I am full of pride on account of you: I have great comfort and joy in all our troubles.
5 – For even when we had come into Macedonia our flesh had no rest, but we were troubled on every side; there were fightings outside and fears inside.
6 – But God who gives comfort to the poor in spirit gave us comfort by the coming of Titus;
7 – And not by his coming only, but by the comfort which he had in you, while he gave us word of your desire, your sorrow, your care for me; so that I was still more glad.
8 – For though my letter gave you pain, I have no regret for it now, though I had before; for I see that the letter gave you pain, but only for a time.
9 – Now I am glad, not that you had sorrow, but that your sorrow was the cause of a change of heart; for yours was a holy sorrow so that you might undergo no loss by us in anything.
10 – For the sorrow which God gives is the cause of salvation through a change of heart, in which there is no reason for grief: but the sorrow of the world is a cause of death.
11 – For you see what care was produced in you by this very sorrow of yours before God, what clearing of yourselves, what wrath against sin, what fear, what desire, what serious purpose, what punishment. In everything you have made it clear that you are free from sin in this business.
12 – So though I sent you a letter, it was not only because of the man who did the wrong, or because of him to whom the wrong was done, but so that your true care for us might be made clear in the eyes of God.
13 – So we have been comforted: and we had the greater joy in our comfort because of the joy of Titus, for his spirit had been made glad by you all.
14 – For I was not put to shame in anything in which I may have made clear to him my pride in you; but as we said nothing to you but what was true, so the good things which I said to Titus about you were seen by him to be true.
15 – And his love to you is the more increased by his memory of you all, how you gave way to his authority, and how you took him to your hearts with fear and honour.
16 – It gives me great joy to see you answering to my good opinion of you in every way.

Na graça de nosso Senhor Jesus,

Daniel Gavin
Diretor Geral – Ellen White Books
http://www.ellenwhite.com.br/
http://www.ellenwhitebooks.com/
http://www.ellenwhite.es/
http://www.ellenwhitebooks.es/

Esse post foi publicado em Não categorizado. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s