MEDITAÇÃO – MENSAGENS – ANO BÍBLICO

– Meditação Matinal de EGW (Português).:

“Ficai Também Vós Apercebidos”

“Ficai também vis apercebidos; porque, à hora em que não cuidais, o Filho do homem virá”. S. Mat. 24:44.
Suponhamos que Cristo aparecesse hoje nas nuvens do Céu: quem … estaria pronto para recebê-Lo? Suponhamos que fôssemos trasladados para a reino do Céu justamente como estamos. Estaríamos preparados para nos unir aos santos de Deus, para viver em harmonia com a família real, com os filhos do celeste Rei? Que preparo tendes feito para o juízo? Fizestes paz com Deus? … Estais buscando ajudar os que vos rodeiam, os de vosso lar, de vossa vizinhança, aqueles com quem entrais em contato e que não estão guardando os mandamentos de Deus? … lembrai-vos de que a profissão é destituída de valor se a prática não faz parte da vida diária. Deus sabe se estamos verdadeiramente guardando Sua lei. Ele sabe exatamente o que cortamos fazendo, justamente o que estamos pensando e dizendo. Estamos nos preparando para receber o Rei? Quando vier nas nuvens do céu, com poder e grande glória, estareis aptos a dizer: “Tis que Este é o nosso Deus, a quem aguardávamos; na Sua salvação gozaremos?” Isa. 25:9. Aos que isto puderem dizer, Cristo dirá: “Sobe mais. Na Terra me amaste. Tiveste prazer em fazer Minha vontade. Podes agora entrar na Cidade Santa, e receber a coroa da vida eterna”.
Se fosse possível sermos admitidos no Céu tal qual nos achamos, quantos de nós seriam capazes de contemplar a Deus? Quantos de nós envergam o vestido das bodas? Quantos de nós são sem ruga nem mácula ou coisa semelhante? Quantos de nós são dignos de receber a coroa da vida? …
Este é o nosso tempo de lavar e passar a ferro – tempo em que devemos lavar as vestes de nosso caráter no sangue do Cordeiro. Diz João: “Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado de mundo”. S. João 1:29. … Não devemos despedir nossos pecados?
Rogo-vos, irmãos e irmãs, que porfieis fervorosamente por assegurar-vos a coroa da vida eterna. A recompensa valerá o conflito, valerá o esforço. … Na carreira em que tomamos parte, todos podem receber a recompensa oferecida: uma coroa de vida eterna. Eu quero essa coroa: hei de, com o auxílio de Deus, alcançá-la. É meu desejo apegar-me firmemente à verdade, para que eu possa ver o Rei em Sua formosura. – Nos Lugares Celestiais, 356.
Ano Bíblico: S. Mar. 10-12. – Juvenis: S. Luc. 23.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=100&p=296

– Meditação Matinal de EGW (Espanhol).:

ESTAD PREPARADOS

También vosotros estad preparados; porque el Hijo del Hombre vendrá a la hora que no pensáis. (Mat. 24: 44).
Suponed que Cristo apareciera hoy en las nubes del cielo, ¿quién. . . estaría listo para encontrarse con él? Suponed que fuéramos trasladados al reino de los cielos así como estamos. ¿Nos hallaríamos preparados para unirnos con los santos de Dios, y vivir en armonía con la familia real, los hijos del Rey celestial? ¿Qué preparación habéis hecho para el juicio? ¿Estáis en paz con Dios?. . . ¿Estáis procurando ayudar a los que os rodean, los que están en vuestro hogar, en vuestro vecindario, a aquellos con quienes os relacionáis y que no guardan los mandamientos de Dios?. . . Recordad que la profesión carece de valor sin una práctica que se entreteja con la vida diaria. Dios sabe si en verdad estamos observando su ley. Conoce lo que hacemos, pensamos y decimos. ¿Nos estamos preparando para encontrarnos con el rey? Cuando venga en las nubes del cielo con poder y grande gloria, ¿podréis decir: “He aquí, éste es nuestro Dios, le hemos esperado, y nos salvara”? (Isa. 25: 9.) A los
que puedan decir esto Cristo les dirá: “Venid más alto. En esta tierra me habéis amado. Estuvisteis dispuestos a hacer mi voluntad. Podéis entrar ahora en la Santa Ciudad y recibir la corona de la vida eterna”.
Si fuera posible que se nos admitiera en el cielo como estamos, ¿cuántos de nosotros podríamos mirar a Dios? ¿Cuántos de nosotros tenemos el vestido de bodas? ¿Cuántos de nosotros estamos sin mancha ni arruga o alguna cosa semejante? ¿Cuántos de nosotros somos dignos de recibir la corona de la vida?. . .
Este es el tiempo de que disponemos para lavar y planchar: El tiempo cuando hemos de lavar nuestros vestidos en la sangre del Cordero. . . ¿No permitiremos que el pecado se aleje de nosotros?. . .
Os ruego, hermanos y hermanas, que trabajéis con fervor para aseguraros la corona de la vida eterna. La recompensa será digna del conflicto, digna del esfuerzo. . . En la carrera que estamos corriendo, cada uno puede recibir la recompensa ofrecida: La corona de la vida eterna. Yo anhelo esa corona; quiero decir que deseo lograrla con la ayuda de Dios. Quiero significar que me aferraré a la verdad, hasta que pueda ver al Rey en su hermosura.*

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=101&p=296

– Meditação Matinal de EGW (Inglês).:

October 17 – Be Ye Also Ready

Be ye also ready: for in such an hour as ye think not the Son of man cometh. Matt. 24:44.
Suppose that today Christ should appear in the clouds of heaven, who . . . would be ready to meet Him? Suppose we should be translated into the kingdom of heaven just as we are. Would we be prepared to unite with the saints of God, to live in harmony with the royal family, the children of the heavenly King? What preparation have you made for the judgment? Have you made your peace with God? . . . Are you seeking to help those around you, those in your home, those in your neighbourhood, those with whom you come in contact that are not keeping the commandments of God? . . . Remember that profession is worthless without a practice that enters into the daily life. God knows whether we are keeping His law in truth. He knows just what we are doing, just what we are thinking and saying. Are we getting ready to meet the King? When He comes in the clouds of heaven with power and great glory, will you be able to say, “Lo, this is our God; we have waited for him, and he will save us” (Is
a. 25:9)? To those who can say this Christ will say, “Come up higher. Upon this earth you have loved Me. You have loved to do My will. You can now enter the Holy City and receive the crown of everlasting life.” {Mar 298.1}
If it were possible for us to be admitted into heaven as we are, how many of us would be able to look upon God? How many of us have on the wedding garment? How many of us are without spot or wrinkle or any such thing? . . . {Mar 298.2}
This is our washing and ironing time–the time when we are to cleanse our robes of character in the blood of the Lamb. John says, “Behold the Lamb of God, which taketh away the sin of the world” (John 1:29)…. Shall we not let our sins go? . . . {Mar 298.3}
I entreat you, brethren and sisters, to labour earnestly to secure the crown of everlasting life. The reward will be worth the conflict, worth the effort. . . . In the race in which we are running, everyone may receive the reward offered–a crown of everlasting life. I want this crown; I mean by God”s help to have it. I mean to hold fast to the truth, that I may see the King in His beauty. {Mar 298.4}

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=129&p=296

Na graça de nosso Senhor Jesus,

Daniel Gavin
Diretor Geral – Ellen White Books
http://www.ellenwhite.com.br/
http://www.ellenwhitebooks.com/
http://www.ellenwhite.es/
http://www.ellenwhitebooks.es/

– Mensagens para Evangelistas.:

O coração de Cristo é confortado pela visão daqueles que são pobres em todo o sentido da palavra; confortado por Sua visão daqueles que são maltratados, mas que são mansos; alegrado pelos aparentemente insatisfeitos e famintos pela justiça, pela incapacidade de muitos para começarem. Ele olha com agrado, por assim dizer, o mesmo estado de coisas que desanimaria a muitos pastores. Ele corrige o nosso devotamento errôneo, dando o encargo da obra dos pobres e necessitados nos ásperos recantos da Terra, a homens e mulheres que possuem coração que pode sentir com os ignorantes e extraviados. O Senhor ensina a esses obreiros como encontrar aqueles a quem Ele deseja auxiliar. Eles serão encorajados ao verem as portas se lhes abrirem, ao penetrarem em lugares nos quais poderão fazer trabalho médico-missionário. Tendo pouca confiança própria, dão a Deus toda a glória. Suas mãos podem ser rústicas e inexperientes, mas o coração é suscetível à piedade; eles estão possuídos de um ardente
desejo de fazer alguma coisa que possa aliviar o infortúnio tão intenso; e Cristo está ao seu lado para ajudá-los. Ele opera por meio daqueles que descobrem misericórdia na miséria, ganho na perda de todas as coisas. Quando a Luz do mundo passa, os privilégios aparecem em todas as adversidades, ordem na confusão, o sucesso e a sabedoria de Deus naquilo que parecia ser uma falha. Obreiros Evangélicos, pág. 37.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=49&p=37

– Mensagens para Jovens.:

João escreve: “Eu vos escrevi, jovens, porque sois fortes, e a Palavra de Deus está em vós, e já vencestes o maligno.” I João 2:14. E Paulo exorta Tito a pedir aos jovens que sejam “moderados”. Tito 2:6. Elevai vossa alma para ser como Daniel, um leal e firme servo do Senhor dos Exércitos. Ponderai bem a vereda de vossos pés; pois pisais em terra santa, e os anjos de Deus vos estão ao redor. Mensagens aos Jovens, pág. 176.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=6&p=176

– Mensagens para Namorados.:

Os anjos de Satanás estão ao lado dos que dedicam grande parte da noite ao namoro. Se tivessem os olhos abertos, haveriam de ver um anjo tomando nota de suas palavras e atos. As leis de saúde e da modéstia são transgredidas. Mais apropriado seria deixar algumas das horas de namoro que se passam antes do casamento, para depois do casamento. Mas, em geral, o casamento põe fim a toda a dedicação manifesta durante os dias de noivado! Mensagens aos Jovens, pág. 457.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=6&p=457

– Mensagens para Pais.:

Pais, resguardai os princípios e hábitos de vossos filhos como a menina de vossos olhos. Não permitais que se associem com qualquer pessoa cujo caráter não conheçais bem. Não consintais que tomem intimidade antes que estejais certos de que isso não lhes fará mal. Acostumai vossos filhos a confiarem em vosso discernimento e experiência. Ensinai-lhes que vós tendes percepção mais clara do caráter do que eles em sua inexperiência podem ter, e que vossas decisões não devem ser desatendidas. Conselhos aos Pais, Professores e Estudantes, pág. 120.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=37&p=120

– Mensagens sobre Escola Sabatina.:

Quão triste é pensar que na Escola Sabatina se faz grande soma de trabalho maquinal, ao passo que é pequena a evidência de haver transformação moral na mente dos que ensinam e dos que são ensinados! Quando a operação do Espírito divino for sentida no coração, veremos muitos buscando, com fervor e em primeiro lugar, o reino de Deus e Sua justiça. Então as coisas terrenas tomarão seu devido lugar subordinado e as celestiais serão supremas nas afeições dos filhos de Deus. Testimonies on Sabbath School Work, pág. 72 e Conselhos Sobre a Escola Sabatina, págs. 66 e 67.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=15&p=66

– Mensagens sobre Saúde.:

Pelo fato de nós, por princípio, rejeitarmos o uso dos alimentos que irritam o estômago e destroem a saúde, nem por isso devemos dar idéia que seja de pouca conseqüência o que comemos. Não recomendo um regime empobrecido. Muitos que necessitam dos benefícios de um viver saudável, e por motivos de consciência adotam aquilo que julgam ser assim, enganam-se supondo que um cardápio pobre, preparado sem esforço, e consistindo na maior parte de mingaus e bolinhos de farinha, pesados e mal assados, seja um regime reformado. Alguns usam leite com grande quantidade de açúcar no mingau, julgando que estão praticando a reforma de saúde. Mas o açúcar e leite juntos são susceptíveis de causar fermentação no estômago, e são, assim, prejudiciais. O livre uso de açúcar em qualquer forma tende a obstruir o organismo, e não raro é causa de doença. Conselhos Sobre o Regime Alimentar, págs. 196 e 197.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=17&p=196

Na graça de nosso Senhor Jesus,

Daniel Gavin
Diretor Geral – Ellen White Books
http://www.ellenwhite.com.br/
http://www.ellenwhitebooks.com/
http://www.ellenwhite.es/
http://www.ellenwhitebooks.es/

– Ano Bíblico (Português).:

Livro de Marcos

Capítulo 13

1 – Quando saía do templo, disse-lhe um dos seus discípulos: Mestre, olha que pedras e que edifícios!
2 – Ao que Jesus lhe disse: Vês estes grandes edifícios? Não se deixará aqui pedra sobre pedra que não seja derribada.
3 – Depois estando ele sentado no Monte das Oliveiras, defronte do templo, Pedro, Tiago, João e André perguntaram-lhe em particular:
4 – Dize-nos, quando sucederão essas coisas, e que sinal haverá quando todas elas estiverem para se cumprir?
5 – Então Jesus começou a dizer-lhes: Acautelai-vos; ninguém vos engane;
6 – muitos virão em meu nome, dizendo: Sou eu; e a muitos enganarão.
7 – Quando, porém, ouvirdes falar em guerras e rumores de guerras, não vos perturbeis; forçoso é que assim aconteça: mas ainda não é o fim.
8 – Pois se levantará nação contra nação, e reino contra reino; e haverá terremotos em diversos lugares, e haverá fomes. Isso será o princípio das dores.
9 – Mas olhai por vós mesmos; pois por minha causa vos hão de entregar aos sinédrios e às sinagogas, e sereis açoitados; também sereis levados perante governadores e reis, para lhes servir de testemunho.
10 – Mas importa que primeiro o evangelho seja pregado entre todas as nações.
11 – Quando, pois, vos conduzirem para vos entregar, não vos preocupeis com o que haveis de dizer; mas, o que vos for dado naquela hora, isso falai; porque não sois vós que falais, mas sim o Espírito Santo.
12 – Um irmão entregará à morte a seu irmão, e um pai a seu filho; e filhos se levantarão contra os pais e os matarão.
13 – E sereis odiados de todos por causa do meu nome; mas aquele que perseverar até o fim, esse será salvo.
14 – Ora, quando vós virdes a abominação da desolação estar onde não deve estar (quem lê, entenda), então os que estiverem na Judéia fujam para os montes;
15 – quem estiver no eirado não desça, nem entre para tirar alguma coisa da sua casa;
16 – e quem estiver no campo não volte atrás para buscar a sua capa.
17 – Mas ai das que estiverem grávidas, e das que amamentarem naqueles dias!
18 – Orai, pois, para que isto não suceda no inverno;
19 – porque naqueles dias haverá uma tribulação tal, qual nunca houve desde o princípio da criação, que Deus criou, até agora, nem jamais haverá.
20 – Se o Senhor não abreviasse aqueles dias, ninguém se salvaria mas ele, por causa dos eleitos que escolheu, abreviou aqueles dias.
21 – Então, se alguém vos disser: Eis aqui o Cristo! ou: Ei-lo ali! não acrediteis.
22 – Porque hão de surgir falsos cristos e falsos profetas, e farão sinais e prodígios para enganar, se possível, até os escolhidos.
23 – Ficai vós, pois, de sobreaviso; eis que de antemão vos tenho dito tudo.
24 – Mas naqueles dias, depois daquela tribulação, o sol escurecerá, e a lua não dará a sua luz;
25 – as estrelas cairão do céu, e os poderes que estão nos céus, serão abalados.
26 – Então verão vir o Filho do homem nas nuvens, com grande poder e glória.
27 – E logo enviará os seus anjos, e ajuntará os seus eleitos, desde os quatro ventos, desde a extremidade da terra até a extremidade do céu.
28 – Da figueira, pois, aprendei a parábola: Quando já o seu ramo se torna tenro e brota folhas, sabeis que está próximo o verão.
29 – Assim também vós, quando virdes sucederem essas coisas, sabei que ele está próximo, mesmo às portas.
30 – Em verdade vos digo que não passará esta geração, até que todas essas coisas aconteçam.
31 – Passará o céu e a terra, mas as minhas palavras não passarão.
32 – Quanto, porém, ao dia e à hora, ninguém sabe, nem os anjos no céu nem o Filho, senão o Pai.
33 – Olhai! vigiai! porque não sabeis quando chegará o tempo.
34 – É como se um homem, devendo viajar, ao deixar a sua casa, desse autoridade aos seus servos, a cada um o seu trabalho, e ordenasse também ao porteiro que vigiasse.
35 – Vigiai, pois; porque não sabeis quando virá o senhor da casa; se à tarde, se à meia-noite, se ao cantar do galo, se pela manhã;
36 – para que, vindo de improviso, não vos ache dormindo.
37 – O que vos digo a vós, a todos o digo: Vigiai.

Capítulo 14

1 – Ora, dali a dois dias era a páscoa e a festa dos pães ázimos; e os principais sacerdotes e os escribas andavam buscando como prender Jesus a traição, para o matarem.
2 – Pois eles diziam: Não durante a festa, para que não haja tumulto entre o povo.
3 – Estando ele em Betânia, reclinado à mesa em casa de Simão, o leproso, veio uma mulher que trazia um vaso de alabastro cheio de bálsamo de nardo puro, de grande preço; e, quebrando o vaso, derramou-lhe sobre a cabeça o bálsamo.
4 – Mas alguns houve que em si mesmos se indignaram e disseram: Para que se fez este desperdício do bálsamo?
5 – Pois podia ser vendido por mais de trezentos denários que se dariam aos pobres. E bramavam contra ela.
6 – Jesus, porém, disse: Deixai-a; por que a molestais? Ela praticou uma boa ação para comigo.
7 – Porquanto os pobres sempre os tendes convosco e, quando quiserdes, podeis fazer-lhes bem; a mim, porém, nem sempre me tendes.
8 – ela fez o que pode; antecipou-se a ungir o meu corpo para a sepultura.
9 – Em verdade vos digo que, em todo o mundo, onde quer que for pregado o evangelho, também o que ela fez será contado para memória sua.
10 – Então Judas Iscariotes, um dos doze, foi ter com os principais sacerdotes para lhes entregar Jesus.
11 – Ouvindo-o eles, alegraram-se, e prometeram dar-lhe dinheiro. E buscava como o entregaria em ocasião oportuna.
12 – Ora, no primeiro dia dos pães ázimos, quando imolavam a páscoa, disseram-lhe seus discípulos: Aonde queres que vamos fazer os preparativos para comeres a páscoa?
13 – Enviou, pois, dois dos seus discípulos, e disse-lhes: Ide à cidade, e vos sairá ao encontro um homem levando um cântaro de água; seguí-o;
14 – e, onde ele entrar, dizei ao dono da casa: O Mestre manda perguntar: Onde está o meu aposento em que hei de comer a páscoa com os meus discípulos?
15 – E ele vos mostrará um grande cenáculo mobiliado e pronto; aí fazei-nos os preparativos.
16 – Partindo, pois, os discípulos, foram à cidade, onde acharam tudo como ele lhes dissera, e prepararam a páscoa.
17 – Ao anoitecer chegou ele com os doze.
18 – E, quando estavam reclinados à mesa e comiam, disse Jesus: Em verdade vos digo que um de vós, que comigo come, há de trair-me.
19 – Ao que eles começaram a entristecer-se e a perguntar-lhe um após outro: Porventura sou eu?
20 – Respondeu-lhes: É um dos doze, que mete comigo a mão no prato.
21 – Pois o Filho do homem vai, conforme está escrito a seu respeito; mas ai daquele por quem o Filho do homem é traído! bom seria para esse homem se não houvera nascido.
22 – Enquanto comiam, Jesus tomou pão e, abençoando-o, o partiu e deu-lho, dizendo: Tomai; isto é o meu corpo.
23 – E tomando um cálice, rendeu graças e deu-lho; e todos beberam dele.
24 – E disse-lhes: Isto é o meu sangue, o sangue do pacto, que por muitos é derramado.
25 – Em verdade vos digo que não beberei mais do fruto da videira, até aquele dia em que o beber, novo, no reino de Deus.
26 – E, tendo cantado um hino, saíram para o Monte das Oliveiras.
27 – Disse-lhes então Jesus: Todos vós vos escandalizareis; porque escrito está: Ferirei o pastor, e as ovelhas se dispersarão.
28 – Todavia, depois que eu ressurgir, irei adiante de vós para a Galiléia.
29 – Ao que Pedro lhe disse: Ainda que todos se escandalizem, nunca, porém, eu.
30 – Replicou-lhe Jesus: Em verdade te digo que hoje, nesta noite, antes que o galo cante duas vezes, três vezes tu me negarás.
31 – Mas ele repetia com veemência: Ainda que me seja necessário morrer contigo, de modo nenhum te negarei. Assim também diziam todos.
32 – Então chegaram a um lugar chamado Getsêmani, e disse Jesus a seus discípulos: Sentai-vos aqui, enquanto eu oro.
33 – E levou consigo a Pedro, a Tiago e a João, e começou a ter pavor e a angustiar-se;
34 – e disse-lhes: A minha alma está triste até a morte; ficai aqui e vigiai.
35 – E adiantando-se um pouco, prostrou-se em terra; e orava para que, se fosse possível, passasse dele aquela hora.
36 – E dizia: Aba, Pai, tudo te é possível; afasta de mim este cálice; todavia não seja o que eu quero, mas o que tu queres.
37 – Voltando, achou-os dormindo; e disse a Pedro: Simão, dormes? não pudeste vigiar uma hora?
38 – Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; o espírito, na verdade, está pronto, mas a carne é fraca.
39 – Retirou-se de novo e orou, dizendo as mesmas palavras.
40 – E voltando outra vez, achou-os dormindo, porque seus olhos estavam carregados; e não sabiam o que lhe responder.
41 – Ao voltar pela terceira vez, disse-lhes: Dormi agora e descansai.-Basta; é chegada a hora. Eis que o Filho do homem está sendo entregue nas mãos dos pecadores.
42 – Levantai-vos, vamo-nos; eis que é chegado aquele que me trai.
43 – E logo, enquanto ele ainda falava, chegou Judas, um dos doze, e com ele uma multidão com espadas e varapaus, vinda da parte dos principais sacerdotes, dos escribas e dos anciãos.
44 – Ora, o que o traía lhes havia dado um sinal, dizendo: Aquele que eu beijar, esse é; prendei-o e levai-o com segurança.
45 – E, logo que chegou, aproximando-se de Jesus, disse: Rabi! E o beijou.
46 – Ao que eles lhes lançaram as mãos, e o prenderam.
47 – Mas um dos que ali estavam, puxando da espada, feriu o servo do sumo sacerdote e cortou-lhe uma orelha.
48 – Disse-lhes Jesus: Saístes com espadas e varapaus para me prender, como a um salteador?
49 – Todos os dias estava convosco no templo, a ensinar, e não me prendestes; mas isto é para que se cumpram as Escrituras.
50 – Nisto, todos o deixaram e fugiram.
51 – Ora, seguia-o certo jovem envolto em um lençol sobre o corpo nu; e o agarraram.
52 – Mas ele, largando o lençol, fugiu despido.
53 – Levaram Jesus ao sumo sacerdote, e ajuntaram-se todos os principais sacerdotes, os anciãos e os escribas.
54 – E Pedro o seguiu de longe até dentro do pátio do sumo sacerdote, e estava sentado com os guardas, aquentando-se ao fogo.
55 – Os principais sacerdotes testemunho contra Jesus para o matar, e não o achavam.
56 – Porque contra ele muitos depunham falsamente, mas os testemunhos não concordavam.
57 – Levantaram-se por fim alguns que depunham falsamente contra ele, dizendo:
58 – Nós o ouvimos dizer: Eu destruirei este santuário, construído por mãos de homens, e em três dias edificarei outro, não feito por mãos de homens.
59 – E nem assim concordava o seu testemunho.
60 – Levantou-se então o sumo sacerdote no meio e perguntou a Jesus: Não respondes coisa alguma? Que é que estes depõem conta ti?
61 – Ele, porém, permaneceu calado, e nada respondeu. Tornou o sumo sacerdote a interrogá-lo, perguntando-lhe: És tu o Cristo, o Filho do Deus bendito?
62 – Respondeu Jesus: Eu o sou; e vereis o Filho do homem assentado à direita do Poder e vindo com as nuvens do céu.
63 – Então o sumo sacerdote, rasgando as suas vestes, disse: Para que precisamos ainda de testemunhas?
64 – Acabais de ouvir a blasfêmia; que vos parece? E todos o condenaram como réu de morte.
65 – E alguns começaram a cuspir nele, e a cobrir-lhe o rosto, e a dar-lhe socos, e a dizer-lhe: Profetiza. E os guardas receberam-no a bofetadas.
66 – Ora, estando Pedro em baixo, no átrio, chegou uma das criadas do sumo sacerdote
67 – e, vendo a Pedro, que se estava aquentando, encarou-o e disse: Tu também estavas com o nazareno, esse Jesus.
68 – Mas ele o negou, dizendo: Não sei nem compreendo o que dizes. E saiu para o alpendre.
69 – E a criada, vendo-o, começou de novo a dizer aos que ali estavam: Esse é um deles.
70 – Mas ele o negou outra vez. E pouco depois os que ali estavam disseram novamente a Pedro: Certamente tu és um deles; pois és também galileu.
71 – Ele, porém, começou a praguejar e a jurar: Não conheço esse homem de quem falais.
72 – Nesse instante o galo cantou pela segunda vez. E Pedro lembrou-se da palavra que lhe dissera Jesus: Antes que o galo cante duas vezes, três vezes me negarás. E caindo em si, começou a chorar.

– Pergunta sobre o Ano Bíblico.:

Qual era o valor estimado do perfume usado por Maria para ungir a Jesus?
Resposta: Mais de 300 denários (Marcos 14:5)

– Curiosidades Bíblicas.:

Qual era o nome da bisavó de Davi?
Resposta: Rute. Rute 4:13,16,17.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/biblia.asp?lista=1&livro=8&capitulo=4

– Versos Bíblicos.:

No amor não há medo antes o perfeito amor lança fora o medo; porque o medo envolve castigo; e quem tem medo não está aperfeiçoado no amor. I João 4:18

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/biblia.asp?lista=1&livro=62&capitulo=4&verso=18

– Ano Bíblico (Espanhol).:

Libro de Marcos

Capítulo 13

1 – Cuando él Salía del templo, uno de sus Discípulos dijo: –Maestro, ¡mira qué piedras y qué edificios!
2 – Y Jesús le dijo: –¿Veis estos grandes edificios? Aquí no Quedará piedra sobre piedra que no sea derribada.
3 – Estando él sentado en el monte de los Olivos frente al templo, Pedro, Jacobo, Juan y Andrés le preguntaban aparte:
4 – –Dinos, ¿Cuándo Sucederán estas cosas? ¿Y qué señal Habrá cuando todas estas cosas estén por cumplirse?
5 – Jesús Comenzó a decirles: –Mirad que nadie os engañe.
6 – Muchos Vendrán en mi nombre diciendo: “Yo soy”, y Engañarán a muchos.
7 – Pero cuando Oigáis de guerras y de rumores de guerras, no os turbéis. Es necesario que Así suceda, pero Todavía no es el fin.
8 – Porque se Levantará Nación contra Nación y reino contra reino. Habrá terremotos por todas partes. Habrá hambres. Estos son principio de dolores.
9 – Pero vosotros, mirad por vosotros mismos. Porque os Entregarán en los concilios, y seréis azotados en las sinagogas. Por mi causa seréis llevados delante de gobernadores y de reyes, para testimonio a ellos.
10 – Es necesario que primero el evangelio sea predicado a todas las naciones.
11 – Cuando os lleven para entregaros, no os preocupéis por lo que Hayáis de decir. Más bien, hablad lo que os sea dado en aquella hora; porque no sois vosotros los que Habláis, sino el Espíritu Santo.
12 – El hermano Entregará a muerte a su hermano, y el padre a su hijo. Se Levantarán los hijos contra sus padres y los Harán morir.
13 – Y seréis aborrecidos de todos, por causa de mi nombre. Pero el que persevere hasta el fin, éste Será salvo.
14 – Pero cuando Veáis que la Abominación desoladora se ha establecido donde no debe estar (el que lee, entienda), entonces los que estén en Judea huyan a los montes.
15 – El que esté en la azotea no descienda ni entre para sacar algo de su casa,
16 – y el que esté en el campo no vuelva Atrás para tomar su manto.
17 – ¡Ay de las que estén encintas y de las que Críen en aquellos Días!
18 – Orad, pues, que no acontezca en invierno.
19 – Porque aquellos Días Serán de Tribulación como nunca ha habido desde el principio de la Creación que Dios Creó, hasta ahora, ni Habrá Jamás.
20 – Si el Señor no hubiese acortado aquellos Días, no se Salvaría nadie; pero por causa de los escogidos que él Eligió, él ha acortado aquellos Días.
21 – Entonces, si alguien os dice: “He Aquí, Aquí Está el Cristo”, o “He Allí, Allí Está”, no le Creáis.
22 – Porque se Levantarán falsos cristos y falsos profetas, y Harán señales y maravillas para engañar, de ser posible, a los escogidos.
23 – Pero vosotros, ¡mirad! Os lo he dicho todo de antemano.
24 – Entonces en aquellos Días, después de aquella Tribulación, el sol se Oscurecerá, y la luna no Dará su resplandor.
25 – Las estrellas Caerán del cielo, y los poderes que Están en los cielos Serán sacudidos.
26 – Entonces Verán al Hijo del Hombre viniendo en las nubes con gran poder y gloria.
27 – Después Enviará a sus ángeles y Reunirá a sus escogidos de los cuatro vientos, desde el extremo de la tierra hasta el extremo del cielo.
28 – De la higuera aprended la Parábola: Cuando su rama ya Está tierna y brotan sus hojas, sabéis que el verano Está cerca.
29 – Así también vosotros, cuando Veáis que suceden estas cosas, sabed que Está cerca, a las puertas.
30 – De cierto os digo que no Pasará esta Generación hasta que todas estas cosas sucedan.
31 – El cielo y la tierra Pasarán, pero mis palabras no Pasarán.
32 – Pero acerca de aquel Día o de la hora, nadie sabe; ni siquiera los ángeles en el cielo, ni aun el Hijo, sino Sólo el Padre.
33 – Mirad y velad, porque no sabéis Cuándo Será el tiempo.
34 – Será como el hombre que al salir de viaje Dejó su casa y dio autoridad a sus siervos, a cada uno su obra, y al portero Mandó que velase.
35 – Velad, pues, porque no sabéis Cuándo Vendrá el Señor de la casa, sea a la tarde, a la medianoche, al canto del gallo o a la mañana;
36 – no sea que cuando vuelva de repente os halle durmiendo.
37 – Lo que a vosotros digo, a todos digo: ¡Velad!

Capítulo 14

1 – Dos Días después era la Pascua y la fiesta de los panes sin levadura. Y los principales sacerdotes y los escribas estaban buscando Cómo prenderle por engaño y matarle,
2 – pues Decían: “No en la fiesta, de modo que no se haga alboroto en el pueblo.”
3 – Estando él en Betania sentado a la mesa en casa de Simón el leproso, vino una mujer que Tenía un frasco de alabastro con perfume de nardo puro de gran precio. Y quebrando el frasco de alabastro, lo Derramó sobre la cabeza de Jesús.
4 – Pero Había Allí algunos que se indignaron entre Sí y dijeron: –¿Para qué se ha hecho este desperdicio de perfume?
5 – Porque Podría haberse vendido este perfume por Más de trescientos denarios y haberse dado a los pobres. Y murmuraban contra ella,
6 – pero Jesús dijo: –Dejadla. ¿Por qué la Molestáis? Ella ha hecho una buena obra conmigo.
7 – Porque siempre tenéis a los pobres con vosotros, y cuando queréis les podéis hacer bien; pero a Mí no siempre me tenéis.
8 – Ella ha hecho lo que Podía, porque se ha anticipado a ungir mi cuerpo para la sepultura.
9 – De cierto os digo que dondequiera que sea predicado este evangelio en todo el mundo, también lo que ésta ha hecho Será contado para memoria de ella.
10 – Entonces Judas Iscariote, uno de los doce, fue a los principales sacerdotes para Entregárselo.
11 – Ellos, al Oírlo, se alegraron y prometieron darle dinero. Y él buscaba Cómo entregarle en un momento oportuno.
12 – El primer Día de la fiesta de los panes sin levadura, cuando sacrificaban el cordero de la Pascua, sus Discípulos le dijeron: –¿Dónde quieres que vayamos y hagamos los preparativos para que comas la Pascua?
13 – El Envió a dos de sus Discípulos y les dijo: –Id a la ciudad, y os Saldrá al encuentro un hombre llevando un Cántaro de agua. Seguidle;
14 – y donde entre, decid al dueño de casa: “El Maestro dice: “¿Dónde Está mi Habitación donde he de comer la Pascua con mis Discípulos?””
15 – Y él os Mostrará un gran aposento alto ya dispuesto y preparado. Preparad Allí para nosotros.
16 – Salieron sus Discípulos, entraron en la ciudad, hallaron como les Había dicho y prepararon la Pascua.
17 – Al atardecer fue con los doce;
18 – y cuando estaban sentados a la mesa comiendo, Jesús dijo: –De cierto os digo que uno de vosotros, el que come conmigo, me va a entregar.
19 – Entonces comenzaron a entristecerse y a decirle uno tras otro: –¿Acaso seré yo?
20 – El les dijo: –Es uno de los doce, el que moja el pan conmigo en el plato.
21 – A la verdad, el Hijo del Hombre va, tal como Está escrito de él. Pero ¡ay de aquel hombre por quien es entregado el Hijo del Hombre! Bueno le fuera a aquel hombre no haber nacido.
22 – Mientras ellos Comían, Jesús Tomó pan y lo bendijo; lo Partió, les dio y dijo: –Tomad; esto es mi cuerpo.
23 – Tomando la copa, y habiendo dado gracias, les dio; y bebieron todos de ella.
24 – Y él les dijo: –Esto es mi sangre del pacto, la cual es derramada a favor de muchos.
25 – De cierto os digo que no beberé Más del fruto de la vid, hasta aquel Día cuando lo beba nuevo en el reino de Dios.
26 – Y después de cantar un himno, salieron al monte de los Olivos.
27 – Entonces Jesús les dijo: –Todos os escandalizaréis de Mí; porque escrito Está: Heriré al pastor, y Serán dispersadas las ovejas.
28 – Pero después de haber resucitado, iré delante de vosotros a Galilea.
29 – Entonces Pedro le dijo: –Aunque todos sean escandalizados, yo no.
30 – Jesús le dijo: –De cierto te digo que hoy, en esta noche, antes que el gallo haya cantado dos veces, Tú me Negarás tres veces.
31 – Pero él Decía con mayor insistencia: –Aunque me sea necesario morir contigo, Jamás te negaré. También todos Decían lo mismo.
32 – Llegaron al lugar que se llama Getsemaní, y dijo a sus Discípulos: –Sentaos Aquí, mientras yo oro.
33 – Tomó consigo a Pedro, a Jacobo y a Juan, y Comenzó a entristecerse y a angustiarse.
34 – Y les dijo: –Mi alma Está muy triste, hasta la muerte. Quedaos Aquí y velad.
35 – Pasando un poco adelante, se postraba en tierra y oraba que de ser posible, pasase de él aquella hora.
36 – Decía: –¡Abba, Padre, todo es posible para ti! ¡Aparta de Mí esta copa! Pero no lo que yo quiero, sino lo que Tú quieres.
37 – Volvió y los Halló durmiendo, y le dijo a Pedro: –Simón, ¿duermes? ¿No has podido velar una sola hora?
38 – Velad y orad, para que no entréis en Tentación. El Espíritu a la verdad Está dispuesto, pero la carne es débil.
39 – De nuevo se Apartó y Oró diciendo las mismas palabras.
40 – Cuando Volvió otra vez, los Halló durmiendo, porque sus ojos estaban cargados de sueño. Y no Sabían qué responderle.
41 – Volvió por tercera vez y les dijo: –¿Todavía Estáis durmiendo y descansando? Basta ya. La hora ha venido. He Aquí, el Hijo del Hombre es entregado en manos de los pecadores.
42 – ¡Levantaos, vamos! He Aquí, Está cerca el que me entrega.
43 – En seguida, mientras él Aún hablaba, Llegó Judas, uno de los doce, y con él una multitud con espadas y palos, de parte de los principales sacerdotes, de los escribas y de los ancianos.
44 – El que le entregaba les Había dado señal diciendo: “Al que yo bese, ése es. Prendedle y llevadle con seguridad.”
45 – Cuando Llegó, de inmediato se Acercó a él y dijo: –¡Rabí! Y le Besó.
46 – Entonces ellos le echaron mano y le prendieron;
47 – pero uno de los que estaban Allí, sacando su espada, Hirió al siervo del sumo sacerdote y le Cortó la oreja.
48 – Jesús Respondió y les dijo: –¿Como contra un asaltante habéis salido con espadas y palos para prenderme?
49 – Cada Día yo estaba delante de vosotros enseñando en el templo, y no me prendisteis. Pero Así es, para que se cumplan las Escrituras.
50 – Entonces todos los suyos le abandonaron y huyeron.
51 – Pero cierto joven, habiendo cubierto su cuerpo desnudo con una Sábana, le Seguía; y le prendieron.
52 – Pero él, dejando la Sábana, Huyó desnudo.
53 – Llevaron a Jesús ante el sumo sacerdote; y se reunieron con él todos los principales sacerdotes, los ancianos y los escribas.
54 – Y Pedro le Siguió de lejos hasta dentro del patio del sumo sacerdote, y estaba sentado con los guardias y se calentaba ante el fuego.
55 – Los principales sacerdotes y todo el Sanedrín buscaban testimonio contra Jesús, para entregarle a muerte; pero no lo hallaban.
56 – Porque muchos daban falso testimonio contra Jesús, pero sus testimonios no concordaban.
57 – Entonces se levantaron unos, y dieron falso testimonio contra él diciendo:
58 – –Nosotros le Oímos decir: “Yo derribaré este templo que ha sido hecho con manos, y en tres Días edificaré otro hecho sin manos.”
59 – Pero ni aun Así concordaba el testimonio de ellos.
60 – Entonces el sumo sacerdote se Levantó en medio y Preguntó a Jesús diciendo: –¿No respondes nada? ¿Qué testifican éstos contra ti?
61 – Pero él callaba y no Respondió nada. Otra vez el sumo sacerdote le Preguntó y le dijo: –¿Eres Tú el Cristo, el Hijo del Bendito?
62 – Jesús le dijo: –Yo soy. Y Además, veréis al Hijo del Hombre sentado a la diestra del Poder y viniendo con las nubes del cielo.
63 – Entonces el sumo sacerdote Rasgó su vestidura y dijo: –¿Qué Más necesidad tenemos de testigos?
64 – Vosotros habéis Oído la blasfemia. ¿Qué os parece? Y todos ellos le condenaron como reo de muerte.
65 – Algunos comenzaron a escupirle, a cubrirle la cara y a darle de bofetadas, diciendo: –¡Profetiza! También los guardias le recibieron a bofetadas.
66 – Estando Pedro abajo en el patio, vino una de las criadas del sumo sacerdote.
67 – Cuando vio a Pedro Calentándose, se Fijó en él y le dijo: –Tú también estabas con Jesús de Nazaret.
68 – Pero él Negó diciendo: –No lo conozco, ni sé lo que dices. Y Salió afuera a la entrada, y el gallo Cantó.
69 – Cuando la criada le vio, Comenzó otra vez a decir a los que estaban Allí: –Este es uno de ellos.
70 – Pero él Negó otra vez. Poco después, los que estaban Allí Decían otra vez a Pedro: –Verdaderamente Tú eres uno de ellos, porque eres galileo.
71 – Pero él Comenzó a maldecir y a jurar: –¡No conozco a este hombre de quien Habláis!
72 – Y en seguida Cantó el gallo por segunda vez, y Pedro se Acordó de la palabra, como Jesús le Había dicho: “Antes que cante el gallo dos veces, Tú me Negarás tres veces.” Y pensando en esto, lloraba.

– Ano Bíblico (Inglês).:

Book of Marcos

Chapter 13

1 – And when he was going out of the Temple, one of his disciples said to him, Master, see, what stones and what buildings!
2 – And Jesus said to him, Do you see these great buildings? there is not one stone here resting on another which will not be overturned.
3 – And while he was seated on the Mountain of Olives opposite the Temple, Peter and James and John and Andrew said to him privately,
4 – Say when these things will be, and what will be the sign when these things are all about to be done.
5 – And Jesus said to them, Take care that you are not tricked by anyone.
6 – People will come in my name, saying, I am he; and a number will be turned from the true way.
7 – And when you have news of wars and talk of wars, do not be troubled; these things have to be, but it is still not the end.
8 – Nation will go to war with nation, and kingdom with kingdom: there will be earth-shocks in different places; there will be times when there is no food; these things are the first of the troubles.
9 – But take care: for they will give you up to the Sanhedrins; and in Synagogues you will be whipped; and you will be taken before rulers and kings because of me, for a sign to them.
10 – And the good news has first to be given to all the nations.
11 – And when you are taken and given up to be judged, do not be troubled about what to say: but whatever is given to you in that hour, say: because it is not you who say it, but the Holy Spirit.
12 – And brother will give up brother to death, and the father his child; and children will go against their fathers and mothers, and put them to death.
13 – And you will be hated by all men, because of my name; but he who goes through to the end will have salvation.
14 – But when you see the unclean thing which makes destruction, in the place where it has no right to be (let this be clear to the reader), then let those who are in Judaea go quickly to the mountains:
15 – And let him who is on the house-top not go down, or go in, to take anything out of his house:
16 – And let not him who is in the field go back to take his coat.
17 – And it will be hard for women who are with child and for her who has a baby at the breast in those days.
18 – And say a prayer that it may not be in the winter.
19 – For in those days there will be sorrow, such as there has not been from the time when God made the world till now, and will not ever be again.
20 – And if the Lord had not made the time short, no flesh would have been kept from destruction; but because of the saints he has made the time short.
21 – And then if any man says to you, See, here is Christ; or, See, there; have no faith in it:
22 – Because there will be false Christs and false prophets, and they will give signs and wonders in the hope of turning even the saints from the true way.
23 – But take care; see, I have made all things clear to you before the time.
24 – But in those days, after that time of trouble, the sun will be made dark and the moon will not give her light,
25 – And the stars will be falling from heaven, and the powers which are in the heavens will be moved.
26 – And then they will see the Son of man coming in clouds with great power and glory.
27 – And then he will send out the angels, and will get together his saints from the four winds, from the farthest part of the earth to the farthest part of heaven.
28 – Take an example from the fig-tree: when its branches become soft and put out their leaves, you see that the summer is near;
29 – Even so, when you see these things taking place, you may be certain that he is near, even at the doors.
30 – Truly, I say to you, This generation will not come to an end till all these things are complete.
31 – Heaven and earth will come to an end, but my words will not come to an end.
32 – But of that day or that hour no one has knowledge, not even the angels in heaven, or the Son, but the Father.
33 – Take care, keep watch with prayer: for you are not certain when the time will be.
34 – It is as when a man who is in another country for a time, having gone away from his house, and given authority to his servants and to everyone his work, gives the porter an order to keep watch.
35 – So you are to keep watch: because you are not certain when the master of the house is coming, in the evening, or in the middle of the night, or at the cock´s cry, or in the morning;
36 – For fear that, coming suddenly, he sees you sleeping.
37 – And what I say to you, I say to all, Keep watch.

Chapter 14

1 – It was now two days before the feast of the Passover and the unleavened bread: and the chief priests and the scribes made designs how they might take him by deceit and put him to death:
2 – But they said, Not while the feast is going on, for fear there may be trouble among the people.
3 – And while he was in Bethany in the house of Simon the leper, seated at table, there came a woman with a bottle of perfumed oil of great price; and when the bottle was broken she put the perfume on his head.
4 – But some of them were angry among themselves, saying, For what purpose has this oil been wasted?
5 – We might have got more than three hundred pence for it, and given the money to the poor. And they said things against her among themselves.
6 – But Jesus said, Let her be; why are you troubling her? she has done a kind act to me.
7 – The poor you have ever with you, and whenever you have the desire you may do them good: but me you have not for ever.
8 – She has done what she was able: she has put oil on my body to make it ready for its last resting-place.
9 – And truly I say to you, Wherever the good news goes out through all the earth, what this woman has done will be talked of in memory of her.
10 – And Judas Iscariot, who was one of the twelve, went away to the chief priests, so that he might give him up to them.
11 – And hearing what he said, they were glad, and gave him their word to make him a payment of money. And he took thought how he might best give him up to them.
12 – And on the first day of unleavened bread, when the Passover lamb is put to death, his disciples said to him, Where are we to go and make ready for you to take the Passover meal?
13 – And he sent two of his disciples, and said to them, Go into the town, and there will come to you a man with a vessel of water: go after him;
14 – And wherever he goes in, say to the owner of the house, The Master says, Where is my guest-room, where I may take the Passover with my disciples?
15 – And he will take you up himself to a great room with a table and seats: there make ready for us.
16 – And the disciples went out and came into the town, and saw that it was as he had said: and they made ready the Passover.
17 – And when it was evening he came with the twelve.
18 – And while they were seated taking food, Jesus said, Truly I say to you, One of you will be false to me, one who is taking food with me.
19 – They were sad, and said to him one by one, Is it I?
20 – And he said to them, It is one of the twelve, one who is putting his bread with me into the same plate.
21 – The Son of man goes, even as the Writings say of him: but cursed is that man through whom the Son of man is given up! It would have been well for that man if he had never been given birth.
22 – And while they were taking food, he took bread, and after blessing it, he gave the broken bread to them, and said, Take it: this is my body.
23 – And he took a cup, and when he had given praise, he gave it to them: and they all had a drink from it.
24 – And he said to them, This is my blood of the testament, which is given for men.
25 – Truly I say to you, I will take no more of the fruit of the vine till the day when I take it new in the kingdom of God.
26 – And after a song of praise to God they went out to the Mountain of Olives.
27 – And Jesus said to them, You will all be turned away from me: for it is in the Writings, I will put the keeper of the sheep to death, and the sheep will be put to flight.
28 – But after I have come back from the dead, I will go before you into Galilee.
29 – But Peter said to him, Though the others may be turned away from you, I will not.
30 – And Jesus said to him, Truly, I say to you that you, today, even this night, before the cock´s second cry, will say three times that you have no knowledge of me.
31 – But he said with passion, If I have to be put to death with you, I will not be false to you. And they all said the same.
32 – And they came to a place which was named Gethsemane: and he said to his disciples, Be seated here while I say a prayer.
33 – And he took with him Peter and James and John, and grief and great trouble came on him.
34 – And he said to them, My soul is very sad, even to death: be here a little time, and keep watch.
35 – And he went forward a little, and falling down on the earth, made request that, if possible, the hour might go from him.
36 – And he said, Abba, Father, all things are possible to you; take away this cup from me: but even so let not my pleasure, but yours be done.
37 – And he came, and saw them sleeping, and said to Peter, Simon, are you sleeping? were you not able to keep watch one hour?
38 – Keep watch with prayer, so that you may not be put to the test; the spirit truly is ready, but the flesh is feeble.
39 – And again he went away, and said a prayer, using the same words.
40 – And again he came and saw them sleeping, because their eyes were very tired; and they had nothing to say in answer.
41 – And he came the third time, and said to them, Go on sleeping now and take your rest: it is enough; the hour has come; see, the Son of man is given up into the hands of evil men.
42 – Get up, let us be going; see, he who gives me up is near.
43 – And straight away, while he was still talking, Judas, one of the twelve, came, and with him a great band with swords and sticks, from the chief priests and the scribes and those in authority.
44 – Now he who had been false to him had given them a sign, saying, The one to whom I give a kiss, that is he; take him, and get him away safely.
45 – And when he had come, he went straight to him and said, Master; and gave him a kiss.
46 – And they put their hands on him, and took him.
47 – But a certain one of those who were near took out his sword, and gave the servant of the high priest a blow, cutting off his ear.
48 – And Jesus said to them, Have you come out as against a thief, with swords and sticks to take me?
49 – I was with you every day in the Temple teaching, and you did not take me; but this is done so that the Writings may come true.
50 – And they all went away from him in fear.
51 – And a certain young man went after him, with only a linen cloth about his body; and they put their hands on him;
52 – But he got away unclothed, without the linen cloth.
53 – And they took Jesus away to the high priest; and there came together with him all the chief priests and those in authority and the scribes.
54 – And Peter had come after him at a distance, even into the house of the high priest; and he was seated with the captains, warming himself in the light of the fire.
55 – Now the chief priests and all the Sanhedrin were looking for witness against Jesus so that they might put him to death; and they were unable to get any.
56 – For a number gave false witness against him and their witness was not in agreement.
57 – Then some got up and gave false witness against him, saying,
58 – He said in our hearing, I will put an end to this Temple which is made with hands, and in three days I will make another without hands.
59 – And even so their witness was not in agreement.
60 – And the high priest got up in the middle of them, and said to Jesus, Do you say nothing in answer? what is it which these say against you?
61 – But he kept quiet and said nothing. Again the high priest questioning him said, Are you the Christ, the son of the Holy One?
62 – And Jesus said, I am: and you will see the Son of man seated at the right hand of power, and coming with the clouds of heaven.
63 – And the high priest, violently parting his robes, said, What more need have we of witnesses?
64 – His words against God have come to your ears: what is your opinion? And they all said it was right for him to be put to death.
65 – And some put shame on him and, covering his face, gave him blows and said to him, Now say what is to come: and the captains took him and gave him blows with their hands.
66 – And while Peter was down in the open square of the building, one of the servant-girls of the high priest came;
67 – And seeing Peter warming himself by the fire, she gave him a look, and said, You were with this Nazarene, even Jesus.
68 – But he said, I have no knowledge of him, or of what you are saying: and he went out into the doorway; and there came the cry of a cock.
69 – And the girl saw him, and said again to those who were near, This is one of them.
70 – But again he said it was not so. And after a little time, again those who were near said to Peter, Truly you are one of them; for you are a Galilaean.
71 – But, with curses and oaths, he said, I have no knowledge of the man about whom you are talking.
72 – And in the same minute, the cock gave a second cry. And it came to Peter´s mind how Jesus had said to him, Before the cock´s second cry, you will say three times that you have no knowledge of me. And at this thought he was overcome with weeping.

Na graça de nosso Senhor Jesus,

Daniel Gavin
Diretor Geral – Ellen White Books
http://www.ellenwhite.com.br/
http://www.ellenwhitebooks.com/
http://www.ellenwhite.es/
http://www.ellenwhitebooks.es/

– Mensagens para Evangelistas.:

O mundo encontra-se desconjuntado. Ao olharmos o quadro geral, a perspectiva parece desalentadora. Mas Cristo acena com preciosas promessas a todos os homens e mulheres que nos causam desencorajamento. Vê neles qualidades que os habilitarão a ocupar um lugar em Sua vinha. Se eles continuarem como aprendizes, por meio de Sua providência, Ele os tornará homens e mulheres capacitados a fazerem uma obra que não está fora de suas possibilidades; através da comunicação do Espírito Santo, dar-lhes-á poder de expressão. Muitos campos áridos, não trabalhados, devem ser atingidos por iniciadores. A brilhante perspectiva do Campo mundial, como Jesus o viu, inspirará confiança em muitos obreiros que se começarem em humildade, e puserem o coração na obra, serão considerados como os homens indicados para o tempo e lugar. Obreiros Evangélicos, pág. 36.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=49&p=36

– Mensagens para Jovens.:

Que os jovens que necessitam de instrução, empenhem-se com determinação para obtê-la. Não espereis uma oportunidade, mas forjai-a vós mesmos. Aproveitai qualquer meio que se apresente. Praticai a economia; não gasteis o vosso dinheiro na satisfação do apetite nem em divertimentos. Sede resolutos em vos tornardes úteis e eficientes como Deus o quer. Sede pontuais e fiéis em tudo quanto empreenderdes. Aproveitai toda oportunidade ao vosso alcance para fortalecer o intelecto. Seja o estudo de livros combinado com um útil trabalho manual, e assegurai-vos por esforço fiel, vigilância e oração, a sabedoria que é de cima. Isto vos dará educação completa. Assim podeis crescer no caráter e ter influência sobre outras mentes, habilitando-vos a conduzi-las na vereda da justiça e santidade. Mensagens aos Jovens, pág. 174.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=6&p=174

– Mensagens para Namorados.:

Deus pôs o homem no mundo, e é seu privilégio comer, beber, negociar, casar e ser dado em casamento; mas só é seguro fazer estas coisas no temor de Deus. Devemos, neste mundo, relacionar-nos com o mundo eterno. O grande crime que havia nos casamentos dos dias de Noé consistia em que os filhos de Deus formavam alianças com as filhas dos homens. Os que professavam reconhecer a Deus e reverenciá-Lo, associavam-se com os que eram corruptos de coração; e casavam, sem discriminação, com quem quisessem. Existem hoje muitos que não possuem experiência religiosa profunda, os quais farão exatamente o mesmo que se fazia nos dias de Noé. Entrarão em matrimônio sem considerar o caso e orar cuidadosamente sobre ele. Muitos assumem os sagrados compromissos com a mesma irreflexão com que fariam uma transação comercial; não é o amor verdadeiro o motivo de sua união. Mensagens aos Jovens, pág. 456.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=6&p=456

– Mensagens para Pais.:

Devem os pais lembrar-se de que a associação com os que têm moral frouxa e caráter vulgar exercerá influência perniciosa sobre os jovens. Se deixam de escolher para seus filhos companhia conveniente, se permitem que se associem com jovens de moral duvidosa, colocam-nos ou permitem que eles se coloquem numa escola em que são ensinadas e praticadas lições de depravação. Podem achar que seus filhos sejam bastante fortes para resistir à tentação; mas como poderão estar certos disso? É muito mais fácil ceder a más influências, do que a elas resistir. Antes que se apercebam disso, podem seus filhos tornar-se imbuídos do espírito de seus companheiros, e degradar-se ou arruinar-se. Conselhos aos Pais, Professores e Estudantes, pág. 120.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=37&p=120

– Mensagens sobre Escola Sabatina.:

Nicodemos foi ter com o Senhor, pensando entrar em longa discussão relativamente a pontos sem importância, mas Jesus descobriu-lhe os princípios básicos da verdade, mostrando-lhe que sua primeira necessidade era a de humildade, de espírito suscetível de ensino, de um novo coração; precisava, enfim, nascer de novo, se quisesse entrar no reino de Deus. Acaso não há, em nossas Escolas Sabatinas, os que exercem cargos de responsabilidade e que ficariam irritados e aborrecidos se eu lhes testificasse que também necessitam nascer de novo, embora sejam mestres em Israel? Nicodemos se maravilhou de que Cristo lhe falasse da maneira em que o fez, sem respeitar-lhe a posição de mestre em Israel. Não estando preparado para receber a verdade, respondeu-Lhe em palavras cheias de ironia. “Disse-Lhe Nicodemos: Como pode um homem nascer, sendo velho? Porventura, pode tornar a entrar no ventre de sua mãe e nascer?” João 3:4. Como muitos fazem, revelou ele o fato de que, ao ser levada à consci
ência a penetrante verdade, o homem natural não apreende as coisas que são do Espírito de Deus. Não há, neles, nada que corresponda às coisas espirituais, que se discernem espiritualmente. Mas, embora Nicodemos não Lhe entendesse as palavras, Jesus não Se impacientou nem desanimou. Procurou tornar mais clara Sua exposição da verdade. Com calma e solene dignidade, repetiu Suas palavras, de maneira a convencer Nicodemos de sua divina veracidade: “Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer da água e do Espírito não pode entrar no reino de Deus. O que é nascido da carne é carne, e o que é nascido do Espírito é espírito. Não te maravilhes de te ter dito: Necessário vos é nascer de novo.” João 3:5-7. Conselhos Sobre a Escola Sabatina, págs. 65 e 66.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=15&p=65

– Mensagens sobre Saúde.:

Existe uma classe numerosa que rejeitará qualquer movimento de reforma, por muito razoável que seja, se porventura impõe restrições ao apetite. Eles consultam o paladar, em vez da razão e das leis da saúde. Desta classe, todos os que deixam o trilho batido do costume e defendem uma reforma sofrerão oposição, e serão considerados radicais, por mais coerente que seja o seu modo de proceder. Ninguém deve, porém, permitir que a oposição ou o ridículo o afastem da obra da reforma, ou o levem a considerá-la levianamente. Quem estiver possuído do espírito que atuava em Daniel, não será estreito nem presumido, mas será firme e decidido em defender o direito. Em todas as suas associações, quer com seus irmãos quer com outros, não se desviará do princípio, enquanto ao mesmo tempo não deixará de manifestar uma paciência nobre e cristã. Conselhos Sobre o Regime Alimentar, pág. 195.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=17&p=195

Na graça de nosso Senhor Jesus,

Daniel Gavin
Diretor Geral – Ellen White Books
http://www.ellenwhite.com.br/
http://www.ellenwhitebooks.com/
http://www.ellenwhite.es/
http://www.ellenwhitebooks.es/

– Ano Bíblico (Português).:

Livro de Marcos

Capítulo 10

1 – Levantando-se Jesus, partiu dali para os termos da Judéia, e para além do Jordão; e do novo as multidões se reuniram em torno dele; e tornou a ensiná-las, como tinha por costume.
2 – Então se aproximaram dele alguns fariseus e, para o experimentarem, lhe perguntaram: É lícito ao homem repudiar sua mulher?
3 – Ele, porém, respondeu-lhes: Que vos ordenou Moisés?
4 – Replicaram eles: Moisés permitiu escrever carta de divórcio, e repudiar a mulher.
5 – Disse-lhes Jesus: Pela dureza dos vossos corações ele vos deixou escrito esse mandamento.
6 – Mas desde o princípio da criação, Deus os fez homem e mulher.
7 – Por isso deixará o homem a seu pai e a sua mãe, [e unir-se-á à sua mulher,]
8 – e serão os dois uma só carne; assim já não são mais dois, mas uma só carne.
9 – Porquanto o que Deus ajuntou, não o separe o homem.
10 – Em casa os discípulos interrogaram-no de novo sobre isso.
11 – Ao que lhes respondeu: Qualquer que repudiar sua mulher e casar com outra comete adultério contra ela;
12 – e se ela repudiar seu marido e casar com outro, comete adultério.
13 – Então lhe traziam algumas crianças para que as tocasse; mas os discípulos o repreenderam.
14 – Jesus, porém, vendo isto, indignou-se e disse-lhes: Deixai vir a mim as crianças, e não as impeçais, porque de tais é o reino de Deus.
15 – Em verdade vos digo que qualquer que não receber o reino de Deus como criança, de maneira nenhuma entrará nele.
16 – E, tomando-as nos seus braços, as abençoou, pondo as mãos sobre elas.
17 – Ora, ao sair para se pôr a caminho, correu para ele um homem, o qual se ajoelhou diante dele e lhe perguntou: Bom Mestre, que hei de fazer para herdar a vida eterna?
18 – Respondeu-lhe Jesus: Por que me chamas bom? ninguém é bom, senão um que é Deus.
19 – Sabes os mandamentos: Não matarás; não adulterarás; não furtarás; não dirás falso testemunho; a ninguém defraudarás; honra a teu pai e a tua mãe.
20 – Ele, porém, lhe replicou: Mestre, tudo isso tenho guardado desde a minha juventude.
21 – E Jesus, olhando para ele, o amou e lhe disse: Uma coisa te falta; vai vende tudo quanto tens e dá-o aos pobres, e terás um tesouro no céu; e vem, segue-me.
22 – Mas ele, pesaroso desta palavra, retirou-se triste, porque possuía muitos bens.
23 – Então Jesus, olhando em redor, disse aos seus discípulos: Quão dificilmente entrarão no reino de Deus os que têm riquezas!
24 – E os discípulos se maravilharam destas suas palavras; mas Jesus, tornando a falar, disse-lhes: Filhos, quão difícil é [para os que confiam nas riquezas] entrar no reino de Deus!
25 – É mais fácil um camelo passar pelo fundo de uma agulha, do que entrar um rico no reino de Deus.
26 – Com isso eles ficaram sobremaneira maravilhados, dizendo entre si: Quem pode, então, ser salvo?
27 – Jesus, fixando os olhos neles, respondeu: Para os homens é impossível, mas não para Deus; porque para Deus tudo é possível.
28 – Pedro começou a dizer-lhe: Eis que nós deixamos tudo e te seguimos.
29 – Respondeu Jesus: Em verdade vos digo que ninguém há, que tenha deixado casa, ou irmãos, ou irmãs, ou mãe, ou pai, ou filhos, ou campos, por amor de mim e do evangelho,
30 – que não receba cem vezes tanto, já neste tempo, em casas, e irmãos, e irmãs, e mães, e filhos, e campos, com perseguições; e no mundo vindouro a vida eterna.
31 – Mas muitos que são primeiros serão últimos; e muitos que são últimos serão primeiros.
32 – Ora, estavam a caminho, subindo para Jerusalém; e Jesus ia adiante deles, e eles se maravilhavam e o seguiam atemorizados. De novo tomou consigo os doze e começou a contar-lhes as coisas que lhe haviam de sobrevir,
33 – dizendo: Eis que subimos a Jerusalém, e o Filho do homem será entregue aos principais sacerdotes e aos escribas; e eles o condenarão à morte, e o entregarão aos gentios;
34 – e hão de escarnecê-lo e cuspir nele, e açoitá-lo, e matá-lo; e depois de três dias ressurgirá.
35 – Nisso aproximaram-se dele Tiago e João, filhos de Zebedeu, dizendo-lhe: Mestre, queremos que nos faças o que te pedirmos.
36 – Ele, pois, lhes perguntou: Que quereis que eu vos faça?
37 – Responderam-lhe: Concede-nos que na tua glória nos sentemos, um à tua direita, e outro à tua esquerda.
38 – Mas Jesus lhes disse: Não sabeis o que pedis; podeis beber o cálice que eu bebo, e ser batizados no batismo em que eu sou batizado?
39 – E lhe responderam: Podemos. Mas Jesus lhes disse: O cálice que eu bebo, haveis de bebê-lo, e no batismo em que eu sou batizado, haveis de ser batizados;
40 – mas o sentar-se à minha direita, ou à minha esquerda, não me pertence concedê-lo; mas isso é para aqueles a quem está reservado.
41 – E ouvindo isso os dez, começaram a indignar-se contra Tiago e João.
42 – Então Jesus chamou-os para junto de si e lhes disse: Sabeis que os que são reconhecidos como governadores dos gentios, deles se assenhoreiam, e que sobre eles os seus grandes exercem autoridade.
43 – Mas entre vós não será assim; antes, qualquer que entre vós quiser tornar-se grande, será esse o que vos sirva;
44 – e qualquer que entre vós quiser ser o primeiro, será servo de todos.
45 – Pois também o Filho do homem não veio para ser servido, mas para servir, e para dar a sua vida em resgate de muitos.
46 – Depois chegaram a Jericó. E, ao sair ele de Jericó com seus discípulos e uma grande multidão, estava sentado junto do caminho um mendigo cego, Bartimeu filho de Timeu.
47 – Este, quando ouviu que era Jesus, o nazareno, começou a clamar, dizendo: Jesus, Filho de Davi, tem compaixão de mim!
48 – E muitos o repreendiam, para que se calasse; mas ele clamava ainda mais: Filho de Davi, tem compaixão de mim.
49 – Parou, pois, Jesus e disse: Chamai-o. E chamaram o cego, dizendo-lhe: Tem bom ânimo; levanta-te, ele te chama.
50 – Nisto, lançando de si a sua capa, de um salto se levantou e foi ter com Jesus.
51 – Perguntou-lhe o cego: Que queres que te faça? Respondeu-lhe o cego: Mestre, que eu veja.
52 – Disse-lhe Jesus: Vai, a tua fé te salvou. E imediatamente recuperou a vista, e foi seguindo pelo caminho.

Capítulo 11

1 – Ora, quando se aproximavam de Jerusalém, de Betfagé e de Betânia, junto do Monte das Oliveiras, enviou Jesus dois dos seus discípulos
2 – e disse-lhes: Ide à aldeia que está defronte de vós; e logo que nela entrardes, encontrareis preso um jumentinho, em que ainda ninguém montou; desprendei-o e trazei-o.
3 – E se alguém vos perguntar: Por que fazeis isso? respondei: O Senhor precisa dele, e logo tornará a enviá-lo para aqui.
4 – Foram, pois, e acharam o jumentinho preso ao portão do lado de fora na rua, e o desprenderam.
5 – E alguns dos que ali estavam lhes perguntaram: Que fazeis, desprendendo o jumentinho?
6 – Responderam como Jesus lhes tinha mandado; e lho deixaram levar.
7 – Então trouxeram a Jesus o jumentinho e lançaram sobre ele os seus mantos; e Jesus montou nele.
8 – Muitos também estenderam pelo caminho os seus mantos, e outros, ramagens que tinham cortado nos campos.
9 – E tanto os que o precediam como os que o seguiam, clamavam: Hosana! bendito o que vem em nome do Senhor!
10 – Bendito o reino que vem, o reino de nosso pai Davi! Hosana nas alturas!
11 – Tendo Jesus entrado em Jerusalém, foi ao templo; e tendo observado tudo em redor, como já fosse tarde, saiu para Betânia com os doze.
12 – No dia seguinte, depois de saírem de Betânia teve fome,
13 – e avistando de longe uma figueira que tinha folhas, foi ver se, porventura, acharia nela alguma coisa; e chegando a ela, nada achou senão folhas, porque não era tempo de figos.
14 – E Jesus, falando, disse à figueira: Nunca mais coma alguém fruto de ti. E seus discípulos ouviram isso.
15 – Chegaram, pois, a Jerusalém. E entrando ele no templo, começou a expulsar os que ali vendiam e compravam; e derribou as mesas dos cambistas, e as cadeiras dos que vendiam pombas;
16 – e não consentia que ninguém atravessasse o templo levando qualquer utensílio;
17 – e ensinava, dizendo-lhes: Não está escrito: A minha casa será chamada casa de oração para todas as nações? Vós, porém, a tendes feito covil de salteadores.
18 – Ora, os principais sacerdotes e os escribas ouviram isto, e procuravam um modo de o matar; pois o temiam, porque toda a multidão se maravilhava da sua doutrina.
19 – Ao cair da tarde, saíam da cidade.
20 – Quando passavam na manhã seguinte, viram que a figueira tinha secado desde as raízes.
21 – Então Pedro, lembrando-se, disse-lhe: Olha, Mestre, secou-se a figueira que amaldiçoaste.
22 – Respondeu-lhes Jesus: Tende fé em Deus.
23 – Em verdade vos digo que qualquer que disser a este monte: Ergue-te e lança-te no mar; e não duvidar em seu coração, mas crer que se fará aquilo que diz, assim lhe será feito.
24 – Por isso vos digo que tudo o que pedirdes em oração, crede que o recebereis, e tê-lo-eis.
25 – Quando estiverdes orando, perdoai, se tendes alguma coisa contra alguém, para que também vosso Pai que está no céu, vos perdoe as vossas ofensas.
26 – [Mas, se vós não perdoardes, também vosso Pai, que está no céu, não vos perdoará as vossas ofensas.]
27 – Vieram de novo a Jerusalém. E andando Jesus pelo templo, aproximaram-se dele os principais sacerdotes, os escribas e os anciãos,
28 – que lhe perguntaram: Com que autoridade fazes tu estas coisas? ou quem te deu autoridade para fazê-las?
29 – Respondeu-lhes Jesus: Eu vos perguntarei uma coisa; respondei-me, pois, e eu vos direi com que autoridade faço estas coisas.
30 – O batismo de João era do céu, ou dos homens? respondei-me.
31 – Ao que eles arrazoavam entre si: Se dissermos: Do céu, ele dirá: Então por que não o crestes?
32 – Mas diremos, porventura: Dos homens?-É que temiam o povo; porque todos verdadeiramente tinham a João como profeta.
33 – Responderam, pois, a Jesus: Não sabemos. Replicou-lhes ele: Nem eu vos digo com que autoridade faço estas coisas.

Capítulo 12

1 – Então começou Jesus a falar-lhes por parábolas. Um homem plantou uma vinha, cercou-a com uma sebe, cavou um lagar, e edificou uma torre; depois arrendou-a a uns lavradores e ausentou-se do país.
2 – No tempo próprio, enviou um servo aos lavradores para que deles recebesse do fruto da vinha.
3 – Mas estes, apoderando-se dele, o espancaram e o mandaram embora de mãos vazias.
4 – E tornou a enviar-lhes outro servo; e a este feriram na cabeça e o ultrajaram.
5 – Então enviou ainda outro, e a este mataram; e a outros muitos, dos quais a uns espancaram e a outros mataram.
6 – Ora, tinha ele ainda um, o seu filho amado; a este lhes enviou por último, dizendo: A meu filho terão respeito.
7 – Mas aqueles lavradores disseram entre si: Este é o herdeiro; vinde, matemo-lo, e a herança será nossa.
8 – E, agarrando-o, o mataram, e o lançaram fora da vinha.
9 – Que fará, pois, o senhor da vinha? Virá e destruirá os lavradores, e dará a vinha a outros.
10 – Nunca lestes esta escritura: A pedra que os edificadores rejeitaram, essa foi posta como pedra angular;
11 – pelo Senhor foi feito isso, e é maravilhoso aos nossos olhos?
12 – Procuravam então prendê-lo, mas temeram a multidão, pois perceberam que contra eles proferira essa parábola; e, deixando-o, se retiraram.
13 – Enviaram-lhe então alguns dos fariseus e dos herodianos, para que o apanhassem em alguma palavra.
14 – Aproximando-se, pois, disseram-lhe: Mestre, sabemos que és verdadeiro, e de ninguém se te dá; porque não olhas à aparência dos homens, mas ensinas segundo a verdade o caminho de Deus; é lícito dar tributo a César, ou não? Daremos, ou não daremos?
15 – Mas Jesus, percebendo a hipocrisia deles, respondeu-lhes: Por que me experimentais? trazei-me um denário para que eu o veja.
16 – E eles lho trouxeram. Perguntou-lhes Jesus: De quem é esta imagem e inscrição? Responderam-lhe: De César.
17 – Disse-lhes Jesus: Dai, pois, a César o que é de César, e a Deus o que é de Deus. E admiravam-se dele.
18 – Então se aproximaram dele alguns dos saduceus, que dizem não haver ressurreição, e lhe perguntaram, dizendo:
19 – Mestre, Moisés nos deixou escrito que se morrer alguém, deixando mulher sem deixar filhos, o irmão dele case com a mulher, e suscite descendência ao irmão.
20 – Ora, havia sete irmãos; o primeiro casou-se e morreu sem deixar descendência;
21 – o segundo casou-se com a viúva, e morreu, não deixando descendência; e da mesma forma, o terceiro; e assim os sete, e não deixaram descendência.
22 – Depois de todos, morreu também a mulher.
23 – Na ressurreição, de qual deles será ela esposa, pois os sete por esposa a tiveram?
24 – Respondeu-lhes Jesus: Porventura não errais vós em razão de não compreenderdes as Escrituras nem o poder de Deus?
25 – Porquanto, ao ressuscitarem dos mortos, nem se casam, nem se dão em casamento; pelo contrário, são como os anjos nos céus.
26 – Quanto aos mortos, porém, serem ressuscitados, não lestes no livro de Moisés, onde se fala da sarça, como Deus lhe disse: Eu sou o Deus de Abraão, o Deus de Isaque e o Deus de Jacó?
27 – Ora, ele não é Deus de mortos, mas de vivos. Estais em grande erro.
28 – Aproximou-se dele um dos escribas que os ouvira discutir e, percebendo que lhes havia respondido bem, perguntou-lhe: Qual é o primeiro de todos os mandamentos?
29 – Respondeu Jesus: O primeiro é: Ouve, Israel, o Senhor nosso Deus é o único Senhor.
30 – Amarás, pois, ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todo o teu entendimento e de todas as tuas forças.
31 – E o segundo é este: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo. Não há outro mandamento maior do que esses.
32 – Ao que lhe disse o escriba: Muito bem, Mestre; com verdade disseste que ele é um, e fora dele não há outro;
33 – e que amá-lo de todo o coração, de todo o entendimento e de todas as forças, e amar o próximo como a si mesmo, é mais do que todos os holocaustos e sacrifícios.
34 – E Jesus, vendo que havia respondido sabiamente, disse-lhe: Não estás longe do reino de Deus. E ninguém ousava mais interrogá-lo.
35 – Por sua vez, Jesus, enquanto ensinava no templo, perguntou: Como é que os escribas dizem que o Cristo é filho de Davi?
36 – O próprio Davi falou, movido pelo Espírito Santo: Disse o Senhor ao meu Senhor: Assenta-te à minha direita, até que eu ponha os teus inimigos debaixo dos teus pés.
37 – Davi mesmo lhe chama Senhor; como é ele seu filho? E a grande multidão o ouvia com prazer.
38 – E prosseguindo ele no seu ensino, disse: Guardai-vos dos escribas, que gostam de andar com vestes compridas, e das saudações nas praças,
39 – e dos primeiros assentos nas sinagogas, e dos primeiros lugares nos banquetes,
40 – que devoram as casas das viúvas, e por pretexto fazem longas orações; estes hão de receber muito maior condenação.
41 – E sentando-se Jesus defronte do cofre das ofertas, observava como a multidão lançava dinheiro no cofre; e muitos ricos deitavam muito.
42 – Vindo, porém, uma pobre viúva, lançou dois leptos, que valiam um quadrante.
43 – E chamando ele os seus discípulos, disse-lhes: Em verdade vos digo que esta pobre viúva deu mais do que todos os que deitavam ofertas no cofre;
44 – porque todos deram daquilo que lhes sobrava; mas esta, da sua pobreza, deu tudo o que tinha, mesmo todo o seu sustento.

– Pergunta sobre o Ano Bíblico.:

Como se chamava o pai do cego Bartimeu?
Resposta: Timeu (Marcos 10:46)

– Curiosidades Bíblicas.:

Qual foi o homem que matou mais pessoas na sua morte do que em sua vida?
Resposta: Sansão. Juízes 16:30.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/biblia.asp?lista=1&livro=7&capitulo=16

– Versos Bíblicos.:

Lançando sobre Ele toda a vossa ansiedade, porque Ele tem cuidado de vós. I Pedro 5:7

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/biblia.asp?lista=1&livro=60&capitulo=5&verso=7

– Ano Bíblico (Espanhol).:

Libro de Marcos

Capítulo 10

1 – Y Levantándose de Allí, fue a las regiones de Judea y de Más Allá del Jordán. Las multitudes volvieron a acudir a él, y de nuevo les enseñaba como él acostumbraba.
2 – Entonces se acercaron unos fariseos para probarle, y le preguntaron si era Lícito al marido divorciarse de su mujer.
3 – Pero él Respondió y les dijo: –¿Qué os Mandó Moisés?
4 – Ellos dijeron: –Moisés Permitió escribir carta de divorcio y despedirla.
5 – Pero Jesús les dijo: –Ante vuestra dureza de Corazón, os Escribió este mandamiento.
6 – Pero desde el principio de la Creación, Dios los hizo Varón y mujer.
7 – Por esta causa el hombre Dejará a su padre y a su madre, y se Unirá a su mujer;
8 – y Serán los dos una sola carne. Así que, ya no son Más dos, sino una sola carne.
9 – Por tanto, lo que Dios ha unido, no lo separe el hombre.
10 – En casa sus Discípulos volvieron a preguntarle acerca de esto.
11 – El les dijo: –Cualquiera que se divorcia de su mujer y se casa con otra, comete adulterio contra ella.
12 – Y si la mujer se divorcia de su marido y se casa con otro, comete adulterio.
13 – Y le presentaban niños para que los tocase, pero los Discípulos los reprendieron.
14 – Al verlo, Jesús se Indignó y les dijo: “Dejad a los niños venir a Mí, y no les Impidáis; porque de los tales es el reino de Dios.
15 – De cierto os digo que cualquiera que no reciba el reino de Dios como un niño, Jamás Entrará en él.”
16 – Entonces Tomándolos en los brazos, puso las manos sobre ellos y los bendijo.
17 – Cuando Salía para continuar su camino, un hombre vino corriendo, se puso de rodillas delante de él y le Preguntó: –Maestro bueno, ¿qué haré para obtener la vida eterna?
18 – Pero Jesús le dijo: –¿Por qué me llamas “bueno”? Ninguno es bueno, sino Sólo uno, Dios.
19 – Tú conoces los mandamientos: No cometas homicidio, no cometas adulterio, no robes, no des falso testimonio, no defraudes, honra a tu padre y a tu madre.
20 – Pero él le dijo: –Maestro, todo esto he guardado desde mi juventud.
21 – Entonces al mirarlo Jesús, le Amó y le dijo: –Una cosa te falta: Anda, vende todo lo que tienes y dalo a los pobres; y Tendrás tesoro en el cielo. Y ven; Sígueme.
22 – Pero él, abatido por esta palabra, se fue triste, porque Tenía muchas posesiones.
23 – Entonces Jesús, mirando alrededor, dijo a sus Discípulos: –¡Cuán Difícilmente Entrarán en el reino de Dios los que tienen riquezas!
24 – Los Discípulos se asombraron por sus palabras; pero Jesús, respondiendo de nuevo, les dijo: –Hijitos, ¡Cuán Difícil es entrar en el reino de Dios!
25 – Más Fácil le es a un camello pasar por el ojo de una aguja, que a un rico entrar en el reino de Dios.
26 – Pero ellos quedaron aun Más Atónitos diciendo entre Sí: –¿Y quién Podrá ser salvo?
27 – Entonces Jesús, Mirándolos, les dijo: –Para los hombres es imposible; pero no para Dios. Porque para Dios todas las cosas son posibles.
28 – Pedro Comenzó a decirle: –He Aquí, nosotros hemos dejado todo y te hemos seguido.
29 – Jesús le dijo: –De cierto os digo que no hay nadie que haya dejado casa, o hermanos, o hermanas, o madre, o padre, o hijos, o campos, por causa de Mí y del evangelio,
30 – que no reciba cien veces Más ahora en este tiempo: casas, hermanos, hermanas, madres, hijos y campos, con persecuciones; y en la edad venidera, la vida eterna.
31 – Pero muchos primeros Serán los últimos, y los últimos, primeros.
32 – Iban por el camino subiendo a Jerusalén, y Jesús iba delante de ellos. Estaban asombrados, y los que le Seguían Tenían miedo. Entonces, volviendo a tomar a los doce aparte, les Comenzó a declarar las cosas que le estaban por acontecer:
33 – –He Aquí subimos a Jerusalén, y el Hijo del Hombre Será entregado a los principales sacerdotes y a los escribas. Le Condenarán a muerte y le Entregarán a los gentiles.
34 – Se Burlarán de él, le Escupirán, le Azotarán y le Matarán; y después de tres Días Resucitará.
35 – Entonces Jacobo y Juan, hijos de Zebedeo, se acercaron a él y le dijeron: –Maestro, queremos que nos concedas lo que pidamos.
36 – El les dijo: –¿Qué queréis que haga por vosotros?
37 – Ellos dijeron: –Concédenos que en tu gloria nos sentemos el uno a tu derecha y el otro a tu izquierda.
38 – Entonces Jesús les dijo: –No sabéis lo que Pedís. ¿Podéis beber la copa que yo bebo, o ser bautizados con el bautismo con que yo soy bautizado?
39 – Ellos dijeron: –Podemos. Y Jesús les dijo: –Beberéis la copa que yo bebo, y seréis bautizados con el bautismo con que yo soy bautizado.
40 – Pero el sentarse a mi derecha o a mi izquierda no es Mío concederlo, sino que es para quienes Está preparado.
41 – Cuando lo oyeron los diez, comenzaron a enojarse con Jacobo y Juan.
42 – Pero Jesús los Llamó y les dijo: –Sabéis que los que son tenidos por Príncipes de los gentiles se enseñorean de ellos, y sus grandes ejercen autoridad sobre ellos.
43 – Pero no es Así entre vosotros. Más bien, cualquiera que anhele hacerse grande entre vosotros Será vuestro servidor,
44 – y cualquiera que anhele ser el primero entre vosotros Será siervo de todos.
45 – Porque el Hijo del Hombre tampoco vino para ser servido, sino para servir y para dar su vida en rescate por muchos.
46 – Entonces llegaron a Jericó. Y cuando él iba saliendo de Jericó junto con sus Discípulos y una gran multitud, el ciego Bartimeo, hijo de Timeo, estaba sentado junto al camino mendigando.
47 – Y cuando Oyó que era Jesús de Nazaret, Comenzó a gritar diciendo: –¡Jesús, hijo de David, ten misericordia de Mí!
48 – Muchos le regañaban para que se callara, pero él gritaba aun Más fuerte: –¡Hijo de David, ten misericordia de Mí!
49 – Entonces Jesús se detuvo y Mandó llamarle. Llamaron al ciego diciéndole: –Ten confianza. Levántate. El te llama.
50 – Entonces él, tirando su manto, se Levantó y fue a Jesús.
51 – Y Jesús le Respondió diciendo: –¿Qué quieres que te haga? El ciego le dijo: –Rabí, que yo recobre la vista.
52 – Jesús le dijo: –Vete. Tu fe te ha salvado. Al instante Recobró la vista, y Seguía a Jesús en el camino.

Capítulo 11

1 – Cuando llegaron cerca de Jerusalén, junto a Betfagé y Betania, frente al monte de los Olivos, Jesús Envió a dos de sus Discípulos
2 – y les dijo: –Id a la aldea que Está frente a vosotros, y cuando Hayáis entrado Allí, en seguida hallaréis atado un borriquillo sobre el cual Ningún hombre ha montado. Desatadlo y traedlo.
3 – Y si alguien os dice: “¿Por qué hacéis eso?”, decidle: “El Señor lo necesita, y luego lo Enviará Aquí otra vez.”
4 – Ellos fueron y hallaron el borriquillo atado a la puerta, afuera, en la esquina de dos calles; y lo desataron.
5 – Algunos de los que estaban Allí les dijeron: –¿Qué hacéis desatando al borriquillo?
6 – Ellos les dijeron tal como Jesús les Había dicho, y les dejaron ir.
7 – Trajeron el borriquillo a Jesús y echaron sobre él sus mantos, y se Sentó sobre él.
8 – Muchos tendieron sus mantos por el camino, y otros cortaban ramas de los árboles.
9 – Los que iban delante y los que le Seguían aclamaban: –¡Hosanna! ¡Bendito el que viene en el nombre del Señor!
10 – ¡Bendito el reino venidero de nuestro padre David! ¡Hosanna en las alturas!
11 – Entró Jesús en Jerusalén, en el templo, y habiendo mirado todo en derredor, como la hora ya era tarde, Salió para Betania con los doce.
12 – Al Día siguiente, cuando salieron de Betania, tuvo hambre.
13 – Y viendo desde lejos una higuera que Tenía hojas, se Acercó para ver si hallara en ella algo. Cuando vino a ella, no Encontró nada sino hojas, porque no era tiempo de higos.
14 – Entonces Jesús dijo a la higuera: “¡Nunca Jamás coma nadie de tu fruto!” Y lo oyeron sus Discípulos.
15 – Llegaron a Jerusalén, y Jesús Entró en el templo. Y Comenzó a echar fuera a los que Vendían y a los que compraban en el templo. Volcó las mesas de los cambistas y las sillas de los que Vendían palomas,
16 – y no Consentía que nadie cruzase por el templo llevando utensilio alguno.
17 – Y enseñaba diciendo: “¿No Está escrito que mi casa Será llamada casa de Oración para todas las naciones? Pero vosotros la habéis hecho cueva de ladrones.”
18 – Lo oyeron los principales sacerdotes y los escribas, y buscaban Cómo matarle; porque le Tenían miedo, pues todo el pueblo estaba maravillado de su doctrina.
19 – Y al llegar la noche, Jesús y los suyos salieron de la ciudad.
20 – Por la mañana, pasando por Allí vieron que la higuera se Había secado desde las Raíces.
21 – Entonces Pedro, Acordándose, le dijo: –Rabí, he Aquí la higuera que maldijiste se ha secado.
22 – Respondiendo Jesús les dijo: –Tened fe en Dios.
23 – De cierto os digo que cualquiera que diga a este monte: “Quítate y Arrójate al mar”, y que no dude en su Corazón, sino que crea que Será hecho lo que dice, le Será hecho.
24 – Por esta Razón os digo que todo por lo cual Oráis y Pedís, creed que lo habéis recibido, y os Será hecho.
25 – Y cuando os Pongáis de pie para orar, si tenéis algo contra alguien, perdonadle, para que vuestro Padre que Está en los cielos también os perdone a vosotros vuestras ofensas.
26 – Porque si vosotros no Perdonáis, tampoco vuestro Padre que Está en los cielos os Perdonará vuestras ofensas.
27 – Volvieron a Jerusalén. Luego, mientras él andaba por el templo, vinieron a él los principales sacerdotes, los escribas y los ancianos,
28 – y le Decían: –¿Con qué autoridad haces estas cosas? ¿O quién te dio la autoridad para hacer estas cosas?
29 – Entonces Jesús les dijo: –Yo os haré una pregunta. Respondedme, y yo os diré con qué autoridad hago estas cosas:
30 – El bautismo de Juan, ¿era del cielo o de los hombres? Respondedme.
31 – Entonces ellos razonaban entre Sí diciendo: –Si decimos “del cielo”, Dirá: “¿Por qué, pues, no le Creísteis?”
32 – Pero si decimos “de los hombres…” Temían al pueblo, porque todos consideraban que verdaderamente Juan era profeta.
33 – Entonces respondiendo a Jesús dijeron: –No sabemos. Y Jesús les dijo: –Tampoco yo os digo con qué autoridad hago estas cosas.

Capítulo 12

1 – Entonces Comenzó a hablarles en Parábolas: –Un hombre Plantó una viña. La Rodeó con una cerca, Cavó un lagar, Edificó una torre, la Arrendó a unos labradores y se fue lejos.
2 – A su debido tiempo Envió un siervo a los labradores, para recibir de los labradores una parte del fruto de la viña.
3 – Pero ellos lo tomaron, lo hirieron y le enviaron con las manos Vacías.
4 – Volvió a enviarles otro siervo, pero a ése le hirieron en la cabeza y le afrentaron.
5 – Y Envió otro, y a éste lo mataron. Envió a muchos otros, pero ellos Herían a unos y mataban a otros.
6 – Teniendo Todavía un hijo suyo amado, por último, también lo Envió a ellos diciendo: “Tendrán respeto a mi hijo.”
7 – Pero aquellos labradores dijeron entre Sí: “Este es el heredero. Venid, matémosle, y la heredad Será nuestra.”
8 – Y le prendieron, lo mataron y le echaron fuera de la viña.
9 – ¿Qué, pues, Hará el señor de la viña? Vendrá, Destruirá a los labradores y Dará la viña a otros.
10 – ¿No habéis Leído esta Escritura: La piedra que desecharon los edificadores, ésta fue hecha cabeza del ángulo;
11 – de parte del Señor Sucedió esto, y es maravilloso en nuestros ojos?
12 – Ellos procuraban prenderle, pero Temían a la multitud, porque Sabían que en aquella Parábola se Había referido a ellos. Y Dejándole, se fueron.
13 – Entonces enviaron a él algunos de los fariseos y de los herodianos para que le sorprendiesen en alguna palabra.
14 – Y viniendo le dijeron: –Maestro, sabemos que eres hombre de verdad y que no te cuidas de nadie; porque no miras la apariencia de los hombres, sino que con verdad enseñas el camino de Dios. ¿Es Lícito dar tributo al César, o no? ¿Daremos o no daremos?
15 – Entonces él, como Entendió la Hipocresía de ellos, les dijo: –¿Por qué me Probáis? Traedme un denario para que lo vea.
16 – Se lo trajeron, y él les dijo: –¿De quién es esta imagen y esta Inscripción? Le dijeron: –Del César.
17 – Entonces Jesús les dijo: –Dad al César lo que es del César, y a Dios lo que es de Dios. Y se maravillaban de él.
18 – Entonces vinieron a él unos saduceos, quienes dicen que no hay Resurrección, y le preguntaron diciendo:
19 – –Maestro, Moisés nos Escribió que si el hermano de alguno muere y deja mujer y no deja hijos, su hermano tome la mujer y levante descendencia a su hermano.
20 – Había siete hermanos. El primero Tomó mujer, y Murió sin dejar descendencia.
21 – La Tomó el segundo y Murió sin dejar descendencia. El tercero, de la misma manera.
22 – Así los siete no dejaron descendencia. Después de todos, Murió también la mujer.
23 – En la Resurrección, cuando resuciten, puesto que los siete la tuvieron por mujer, ¿de Cuál de ellos Será mujer?
24 – Entonces Jesús les dijo: –¿No es por esto que Erráis, porque no conocéis las Escrituras ni tampoco el poder de Dios?
25 – Porque cuando resuciten de entre los muertos, no se Casarán ni se Darán en casamiento, sino que son como los ángeles que Están en los cielos.
26 – Y con respecto a si resucitan los muertos, ¿no habéis Leído en el libro de Moisés, Cómo le Habló Dios desde la zarza diciendo: Yo soy el Dios de Abraham, el Dios de Isaac y el Dios de Jacob?
27 – Dios no es Dios de muertos, sino de vivos. Vosotros Erráis mucho.
28 – Se le Acercó uno de los escribas al Oírles discutir; y Dándose cuenta de que Jesús Había respondido bien, le Preguntó: –¿Cuál es el primer mandamiento de todos?
29 – Jesús le Respondió: –El primero es: Escucha, Israel: El Señor nuestro Dios, el Señor uno es.
30 – Y Amarás al Señor tu Dios con todo tu Corazón, con toda tu alma, con toda tu mente y con todas tus fuerzas.
31 – El segundo es éste: Amarás a tu Prójimo como a ti mismo. No hay otro mandamiento mayor que estos dos.
32 – Entonces el escriba le dijo: –Bien, Maestro. Has dicho la verdad: Dios es uno, y no hay otro aparte de él;
33 – y amarle con todo el Corazón, con todo el entendimiento, y con todas las fuerzas, y amar al Prójimo como a Sí mismo, vale Más que todos los holocaustos y sacrificios.
34 – Y viendo Jesús que Había respondido sabiamente, le dijo: –No Estás lejos del reino de Dios. Ya nadie se Atrevía a hacerle Más preguntas.
35 – Mientras estaba enseñando en el templo, Jesús respondiendo Decía: –¿Cómo es que dicen los escribas que el Cristo es hijo de David?
36 – David mismo dijo mediante el Espíritu Santo: Dijo el Señor a mi Señor: “Siéntate a mi diestra, hasta que ponga a tus enemigos debajo de tus pies.”
37 – David mismo le llama “Señor”; ¿Cómo es, pues, su hijo? Y la gran multitud le escuchaba con gusto.
38 – Y en su enseñanza Decía: –Guardaos de los escribas, a quienes les gusta pasearse con ropas largas y aman las salutaciones en las plazas,
39 – las primeras sillas en las sinagogas y los primeros asientos en los banquetes.
40 – Estos, que devoran las casas de las viudas y como pretexto hacen largas oraciones, Recibirán mayor Condenación.
41 – Estando Jesús sentado frente al arca del tesoro, observaba Cómo el pueblo echaba dinero en el arca. Muchos ricos echaban mucho,
42 – y una viuda pobre vino y Echó dos blancas, que equivalen a un cuadrante.
43 – El Llamó a sus Discípulos y les dijo: –De cierto os digo que esta viuda pobre Echó Más que todos los que echaron en el arca.
44 – Porque todos han echado de su abundancia; pero ésta, de su pobreza, Echó todo lo que Tenía, todo su sustento.

– Ano Bíblico (Inglês).:

Book of Marcos

Chapter 10

1 – And he got up, and went into the country of Judaea on the other side of Jordan: and great numbers of people came together to him again; and, as was his way, he gave them teaching.
2 – And Pharisees came to him, testing him with the question, Is it right for a man to put away his wife?
3 – And he said to them in answer, What did Moses say you were to do?
4 – And they said to him, Moses let us give her a statement in writing, and be free from her.
5 – But Jesus said to them, Because of your hard hearts he gave you this law.
6 – But from the first, male and female made he them.
7 – For this cause will a man go away from his father and mother, and be joined to his wife;
8 – And the two will become one flesh; so that they are no longer two, but one flesh.
9 – Let not that which has been joined together by God be parted by man.
10 – And in the house the disciples put questions to him again about this thing.
11 – And he said to them, Whoever puts away his wife and takes another, is false to his wife;
12 – And if she herself puts away her husband and takes another, she is false to her husband.
13 – And they took to him little children, so that he might put his hands on them: and the disciples said sharp words to them.
14 – And when Jesus saw it, he was angry, and said to them, Let the little children come to me, and do not keep them away; for of such is the kingdom of God.
15 – Truly I say to you, Whoever does not put himself under the kingdom of God like a little child, will not come into it at all.
16 – And he took them in his arms, and gave them a blessing, putting his hands on them.
17 – And while he was going out into the way, a man came running to him, and went down on his knees, saying, Good Master, what have I to do so that I may have eternal life?
18 – And Jesus said to him, Why do you say I am good? no one is good but one, and that is God.
19 – You have knowledge of what is said in the law, Do not put any one to death, Do not be untrue in married life, Do not take what is not yours, Do not give false witness, Do not get money by deceit, Give honour to your father and mother.
20 – And he said to him, Master, all these laws I have kept from the time when I was young.
21 – And Jesus, looking on him and loving him, said, There is one thing needed: go, get money for your goods, and give it to the poor, and you will have wealth in heaven: and come with me.
22 – But his face became sad at the saying, and he went away sorrowing: for he was one who had much property.
23 – And Jesus, looking round about, said to his disciples, How hard it is for those who have wealth to come into the kingdom of God!
24 – And the disciples were full of wonder at his words. But Jesus said to them again, Children, how hard it is for those who put faith in wealth to come into the kingdom of God!
25 – It is simpler for a camel to go through a needle´s eye, than for a man of wealth to come into the kingdom of God.
26 – And they were greatly surprised, saying to him, Who then may have salvation?
27 – Jesus, looking on them, said, With men it is impossible, but not with God: for all things are possible with God.
28 – Peter said to him, See, we have given up everything, and come after you.
29 – Jesus said, Truly I say to you, There is no man who has given up house, or brothers, or sisters, or mother, or father, or children, or land, because of me and the good news,
30 – Who will not get a hundred times as much now in this time, houses, and brothers, and sisters, and mothers, and children, and land–though with great troubles; and, in the world to come, eternal life.
31 – But a great number who are first will be last: and those who are last will be first.
32 – And they were on the way, going up to Jerusalem; and Jesus was going before them: and they were full of wonder; but those who came after him were in fear. And again he took the twelve, and gave them word of the things which were to come on him,
33 – Saying, See, we go up to Jerusalem; and the Son of man will be given up to the chief priests and the scribes; and they will give an order for his death, and will give him up to the Gentiles:
34 – And they will make sport of him, and put shame on him, and give him cruel blows, and will put him to death; and after three days he will come back from the dead.
35 – And there came to him James and John, the sons of Zebedee, saying to him, Master, will you give us whatever may be our request?
36 – And he said to them, What would you have me do for you?
37 – And they said to him, Let us be seated, one at your right hand and one at your left, in your glory.
38 – But Jesus said to them, You have no knowledge of what you are saying. Are you able to take of my cup? or to undergo the baptism which I am to undergo?
39 – And they said to him, We are able. And Jesus said to them, You will take of the cup from which I take; and the baptism which I am about to undergo you will undergo:
40 – But to be seated at my right hand or at my left is not for me to give: but it is for those for whom it has been made ready.
41 – And hearing this, the ten became very angry with James and John.
42 – And Jesus made them come to him, and said to them, You see that those who are made rulers over the Gentiles are lords over them, and their great ones have authority over them.
43 – But it is not so among you: but whoever has a desire to become great among you, let him be your servant:
44 – And whoever has a desire to be first among you, let him be servant of all.
45 – For truly the Son of man did not come to have servants, but to be a servant, and to give his life for the salvation of men.
46 – And they came to Jericho: and when he was going out of Jericho, with his disciples and a great number of people, the son of Timaeus, Bartimaeus, a blind man, was seated by the wayside, with his hand out for money.
47 – And when it came to his ears that it was Jesus of Nazareth, he gave a cry, and said, Jesus, Son of David, have mercy on me.
48 – And some of them, turning in protest, gave him an order to be quiet: but he went on crying out all the more, Son of David, have mercy on me.
49 – And Jesus came to a stop and said, Let him come. And crying out to the blind man, they said to him, Be comforted: come, he has sent for you.
50 – And he, putting off his coat, got up quickly, and came to Jesus.
51 – And Jesus said to him, What would you have me do to you? And the blind man said, Master, make me able to see.
52 – And Jesus said to him, Go on your way; your faith has made you well. And straight away he was able to see, and went after him in the way.

Chapter 11

1 – And when they came near to Jerusalem, to Beth-phage and Bethany, at the Mountain of Olives, he sent two of his disciples,
2 – And said to them, Go into the little town opposite: and when you come to it, you will see a young ass with a cord round his neck, on which no man has ever been seated; let him loose, and come back with him.
3 – And if anyone says to you, Why are you doing this? say, The Lord has need of him and will send him back straight away.
4 – And they went away and saw a young ass by the door outside in the open street; and they were getting him loose.
5 – And some of those who were there said to them, What are you doing, taking the ass?
6 – And they said to them the words which Jesus had said; and they let them go.
7 – And they took the young ass to Jesus, and put their clothing on him, and he got on his back.
8 – And a great number put down their clothing in the way; and others put down branches which they had taken from the fields.
9 – And those who went in front, and those who came after, were crying, Glory: A blessing on him who comes in the name of the Lord:
10 – A blessing on the coming kingdom of our father David: Glory in the highest.
11 – And he went into Jerusalem into the Temple; and after looking round about on all things, it being now evening, he went out to Bethany with the twelve.
12 – And on the day after, when they had come out from Bethany, he was in need of food.
13 – And seeing a fig-tree in the distance with leaves, he went to see if by chance it had anything on it: and when he came to it, he saw nothing but leaves, for it was not the time for the fruit.
14 – And he said to it, Let no man take fruit from you for ever. And his disciples took note of his words.
15 – And they came to Jerusalem; and he went into the Temple, and sent out those who were trading there, overturning the tables of the money-changers and the seats of those who were offering doves for money;
16 – And he would not let any man take a vessel through the Temple.
17 – And he gave them teaching, and said to them, Is it not in the Writings, My house is to be named a house of prayer for all the nations? but you have made it a hole of thieves.
18 – And it came to the ears of the chief priests and scribes, and they took thought how they might put him to death; being in fear of him, because all the people were full of wonder at his teaching.
19 – And every evening he went out of the town.
20 – And when they were going by in the morning, they saw the fig-tree dead from the roots.
21 – And Peter, having a memory of it, said to him, Master, see, the tree which was cursed by you is dead.
22 – And Jesus, answering, said to them, Have God´s faith.
23 – Truly I say to you, Whoever says to this mountain, Be taken up and be put into the sea; and has no doubt in his heart, but has faith that what he says will come about, he will have his desire.
24 – For this reason I say to you, Whatever you make a request for in prayer, have faith that it has been given to you, and you will have it.
25 – And whenever you make a prayer, let there be forgiveness in your hearts, if you have anything against anyone; so that you may have forgiveness for your sins from your Father who is in heaven.
26 – []
27 – And they came again to Jerusalem: and while he was walking in the Temple, there came to him the chief priests and the scribes and those in authority:
28 – And they said to him, By what authority do you do these things? or who gave you authority to do these things?
29 – And Jesus said to them, I will put to you one question; give me an answer, and I will say by what authority I do these things.
30 – The baptism of John, was it from heaven or from men? give me an answer.
31 – And they gave thought to it among themselves, saying, If we say, From heaven; he will say, Why then did you not have faith in him?
32 – But if we say, From men–they were in fear of the people, because all took John to be truly a prophet.
33 – And they said in answer to Jesus, We have no idea. And Jesus said to them, And I will not say to you by what authority I do these things.

Chapter 12

1 – And he gave them teaching in the form of stories. A man had a vine-garden planted, and put a wall about it, and made a place for crushing out the wine, and put up a tower, and let it out to field-workers, and went into another country.
2 – And when the time came, he sent a servant to get from the workmen some of the fruit of the garden.
3 – And they took him, and gave him blows, and sent him away with nothing.
4 – And again he sent to them another servant; and they gave him wounds on the head, and were very cruel to him.
5 – And he sent another; and they put him to death: and a number of others, whipping some, and putting some to death.
6 – He still had one, a dearly loved son: he sent him last to them, saying, They will have respect for my son.
7 – But those workmen said among themselves, This is he who will one day be the owner of the property; come, let us put him to death, and the heritage will be ours.
8 – And they took him and put him to death, pushing his body out of the garden.
9 – What then will the master of the garden do? He will come and put the workmen to death, and will give the garden into the hands of others.
10 – Have you not seen this which is in the Writings: The stone which the builders put on one side, the same was made the chief stone of the building:
11 – This was the Lord´s doing, and it is a wonder in our eyes?
12 – And they made attempts to take him; but they were in fear of the people, because they saw that the story was against them; and they went away from him.
13 – Then they sent to him certain of the Pharisees and the Herodians, so that they might make use of his words to take him by a trick.
14 – And when they had come, they said to him, Master, we are certain that you are true, and have no fear of anyone: you have no respect for a man´s position, but you are teaching the true way of God: Is it right to give taxes to Caesar or not?
15 – Are we to give or not to give? But he, conscious of their false hearts, said to them, Why do you put me to the test? give me a penny, so that I may see it.
16 – And they gave him one. And he said to them, Whose is this image and name on it? And they said to him, Caesar´s.
17 – And Jesus said to them, Give to Caesar the things which are Caesar´s, and to God the things which are God´s. And they were full of wonder at him.
18 – And there came to him Sadducees, who say there is no coming back from the dead; and they put a question to him, saying,
19 – Master, in the law Moses says, If a man´s brother comes to his end, and has a wife still living and no child, it is right for his brother to take his wife, and get a family for his brother.
20 – There were seven brothers: and the first took a wife, and at his death there were no offspring;
21 – And the second took her, and at his death there were no offspring; and the third the same:
22 – And all the seven had no seed. Last of all the woman herself came to her death.
23 – In the future life, when they come back from the dead, whose wife will she be? for the seven had her for a wife.
24 – Jesus said to them, Is not this the reason for your error, that you have no knowledge of the holy Writings or of the power of God?
25 – When they come back from the dead, they do not get married, but are like the angels in heaven.
26 – But as to the dead coming back to life; have you not seen in the book of Moses, about the burning thorn-tree, how God said to him, I am the God of Abraham, and the God of Isaac, and the God of Jacob?
27 – He is not the God of the dead, but of the living: you are greatly in error.
28 – And one of the scribes came, and hearing their argument together, and seeing that he had given them a good answer, put the question to him, Which law is the first of all?
29 – Jesus said in answer, The first is, Give ear, O Israel: The Lord our God is one Lord;
30 – And you are to have love for the Lord your God with all your heart, and with all your soul, and with all your mind, and with all your strength.
31 – The second is this, Have love for your neighbour as for yourself. There is no other law greater than these.
32 – And the scribe said to him, Truly, Master, you have well said that he is one, and there is no other but he:
33 – And to have love for him with all the heart, and with all the mind, and with all the strength, and to have the same love for his neighbour as for himself, is much more than all forms of offerings.
34 – And when Jesus saw that he gave a wise answer, he said to him, You are not far from the kingdom of God. And every man after that was in fear of questioning him any more.
35 – And Jesus, when he was teaching in the Temple, said, How do the scribes say that the Christ is the Son of David?
36 – David himself said in the Holy Spirit, The Lord said to my Lord, Be seated at my right hand, till I put those who are against you under your feet.
37 – David himself gives him the name of Lord; and how then is he his son? And the common people gave ear to him gladly.
38 – And in his teaching he said, Be on your watch against the scribes, whose pleasure it is to go about in long robes and be respected in the market-places,
39 – And to have the chief seats in the Synagogues and the first places at feasts;
40 – Who take away the property of widows, and before the eyes of men make long prayers; these will be judged more hardly.
41 – And he took a seat by the place where the money was kept, and saw how the people put money into the boxes: and a number who had wealth put in much.
42 – And there came a poor widow, and she put in two little bits of money, which make a farthing.
43 – And he made his disciples come to him, and said to them, Truly I say to you, This poor widow has put in more than all those who are putting money into the box:
44 – Because they all put in something out of what they had no need for; but she out of her need put in all she had, even all her living.

Na graça de nosso Senhor Jesus,

Daniel Gavin
Diretor Geral – Ellen White Books
http://www.ellenwhite.com.br/
http://www.ellenwhitebooks.com/
http://www.ellenwhite.es/
http://www.ellenwhitebooks.es/

Esse post foi publicado em Não categorizado. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s