MEDITAÇÃO – MENSAGENS – ANO BÍBLICO

 Meditação Matinal de EGW (Português).:

O Aparecimento de Cristo em Sua, Segunda Vinda

“Aguardamos o Salvador, o Senhor Jesus Cristo, o qual transformará o nosso corpo de humilhação, para ser igual ao corpo da Sua glória, segundo a eficácia do poder que Ele tem de até subordinar a Si todas as coisas”. Filip. 3:20 e 21.
Cristo ascendera ao Céu na forma humana. Os discípulos viram a nuvem recebê-Lo. O mesmo Jesus que andara, e falara e orara com eles; Aquele que partira com eles o pão; que com eles estivera nos botes, no lago; e que fizera com eles, naquele mesmo dia, a penosa subida do Olivete – o mesmo Jesus fora agora para partilhar do trono do Pai. E os anjos lhes asseguraram que Aquele mesmo que viram subir ao Céu, voltaria outra vez assim como subira. – DN, 619.
A glória da humanidade de Cristo não apareceu quando Ele estava na Terra. … Aquela mesma humanidade aparece agora, ao descer Ele do Céu, revestido de glória, triunfante, exaltado. – Nos Lugares Celestiais, p. 358.
Cristo virá em Sua própria glória, na glória de Seu Pai, e na glória dos santos anjos. Milhares de milhares e miríades de miríades de anjos – os triunfantes filhos de Deus, possuidores de transcendente beleza e glória, escoltá-Lo-ão em Seu caminho. Em lugar de uma coroa de espinhos, trará coroa de glória – uma coroa dentro de outra. Em lugar daquele velho manto de púrpura, trajará vestes do mais puro branco, “tais como nenhum lavandeiro sobre a Terra os poderia branquear” (S. Mar. 9:3). E em Suas vestes e na coxa terá escrito um nome: “Rei dos reis, e Senhor dos senhores”. Apoc. 19:16. – Nossa Alta Vocação, p. 365.
Todo o Céu estará vazio de anjos, enquanto os expectantes santos estarão agradando-O e com os olhos postos no Céu, como os varões galileus quando Ele ascendeu do Monte das Oliveiras. Então somente os que são santos, os que seguiram inteiramente o manso Modelo, exclamarão com transportes de júbilo ao contemplá-Lo: “Eis que Este é o nosso Deus, a quem esperávamos, e Ele nos salvará”. E serão mudados “num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta” – a trombeta que desperta os santos que dormem e chama-os de suas camas de pó, revestidos de gloriosa imortalidade e clamando: “Vitória! Vitória sobre a morte e a sepultura!” – PE, 110.
Ano Bíblico- S. Mat. 17-20 -,Juvenis.- S. Luc. 16.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=100&p=289

– Meditação Matinal de EGW (Espanhol).:

CRISTO EN SU SEGUNDA VENIDA

Esperamos al Salvador, al Señor Jesucristo; el cual transformará el cuerpo de la humillación nuestra, para que sea semejante al cuerpo de la gloria suya, por el poder por el cual puede también sujetar a sí mismo todas las cosas. (Fil. 3: 20, 21).
Cristo había ascendido al cielo en forma humana. Los discípulos habían contemplado la nube que lo recibió. El mismo Jesús que había andado, hablado y orado con ellos; que había quebrado el pan con ellos; que había estado con ellos en sus barcos sobre el lago, y que en ese mismo día había subido con ellos hasta la cumbre del monte de los Olivos, el mismo Jesús había ido a participar del trono de su Padre. Y los ángeles les habían asegurado que este mismo Jesús a quien habían visto subir al cielo, vendría otra vez como había ascendido.*
La gloria de la humanidad de Cristo no se dejó ver cuando estuvo en la tierra… La misma humanidad aparece ahora mientras desciende del cielo revestido de gloria, triunfante, sublime.*
Cristo vendrá en su propia gloria, en la gloria del Padre, y en la gloria de los santos ángeles. Millones de millones y millares de millares de ángeles. . . lo escoltarán en su camino. En lugar de la corona de espinas, él llevará una corona de gloria: una corona dentro de una corona. En lugar de ese antiguo manto de púrpura, estará vestido con un ropaje del blanco más puro, tanto que “ningún lavador en la tierra los puede hacer tan blancos” (Mar. 9: 3). Y en su vestido y en su muslo habrá escrito un nombre: “Rey de reyes y Señor de señores” (Apoc. 19; 16).*
Todo el cielo se vaciará de ángeles, mientras los santos lo estén esperando, mirando hacia el cielo, como lo hicieron los galileos cuando ascendió desde el monte de los Olivos. Entonces únicamente los que sean santos, los que hayan seguido plenamente al manso Dechado, se sentirán arrobados de gozo y exclamarán al contemplarle: “He aquí, éste es nuestro Dios; le hemos esperado, y nos salvará”. Y serán transformados “en un momento, en un abrir y cerrar de ojos, a la final trompeta”, aquella trompeta que despierta a los santos que duermen, y los invita a salir de sus camas de polvo, revestidos de gloriosa inmortalidad, y clamando: “¡Victoria! ¡Victoria sobre la muerte y el sepulcro!”*

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=101&p=289

– Meditação Matinal de EGW (Inglês).:

October 10 – Christ”s Appearance at His Second Coming

We look for the Saviour, the Lord Jesus Christ: who shall change our vile body, that it may be fashioned like unto his glorious body, according to the working whereby he is able even to subdue all things unto himself. Phil. 3:20, 21.
Christ had ascended to heaven in the form of humanity. The disciples had beheld the cloud receive Him. The same Jesus who had walked and talked and prayed with them; who had broken bread with them; who had been with them in their boats on the lake; and who had that very day toiled with them up the ascent of Olivet–the same Jesus had now gone to share His Father”s throne. And the angels had assured them that the very One whom they had seen go up into heaven, would come again even as He had ascended. {Mar 291.1}
The glory of Christ”s humanity did not appear when He was upon the earth. . . . That same humanity now appears as He descends from heaven, robed in glory, triumphant, exalted. {Mar 291.2}
Christ will come in His own glory, in the glory of His Father, and in the glory of the holy angels. Ten thousand times ten thousand and thousands of thousands of angels, the beautiful, triumphant sons of God, possessing surpassing loveliness and glory, will escort Him on His way. In the place of a crown of thorns, He will wear a crown of glory–a crown within a crown. In the place of that old purple robe, He will be clothed in a garment of whitest white, “so as no fuller on earth can white” (Mark 9:3) it. And on His vesture and on His thigh a name will be written, “King of Kings, and Lord of Lords.” Rev. 19:16. {Mar 291.3}
All heaven will be emptied of the angels, while the waiting saints will be looking for Him and gazing into heaven, as were the men of Galilee when He ascended from the Mount of Olivet. Then only those who are holy, those who have followed fully the meek Pattern, will with rapturous joy exclaim as they behold Him, “Lo, this is our God; we have waited for him, and he will save us.” And they will be changed “in a moment, in the twinkling of an eye, at the last trump”–that trump which wakes the sleeping saints, and calls them forth from their dusty beds, clothed with glorious immortality, and shouting, “Victory! Victory over death and the grave!” {Mar 291.4}

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=129&p=289

Na graça de nosso Senhor Jesus,

Daniel Gavin
Diretor Geral – Ellen White Books
http://www.ellenwhite.com.br/
http://www.ellenwhitebooks.com/
http://www.ellenwhite.es/
http://www.ellenwhitebooks.es/

– Mensagens para Evangelistas.:

“Conjuro-te, pois,” escreveu Paulo a Timóteo, “diante de Deus e do Senhor Jesus Cristo, que há de julgar os vivos e os mortos, na Sua vinda e no Seu reino, que pregues a palavra, instes a tempo e fora de tempo, redarguas, repreendas, exortes, com toda a longanimidade e doutrina.” II Tim. 4:1 e 2. Esta solene incumbência a uma pessoa tão zelosa e fiel como era Timóteo, é um forte testemunho da importância e responsabilidade da obra do ministro evangélico. Intimando Timóteo ao tribunal de Deus, Paulo pede-lhe que pregue a palavra, não os dizeres e costumes dos homens; que esteja pronto para testemunhar a favor de Deus em qualquer oportunidade que se apresente – perante grandes congregações, e nos círculos mais restritos, pelo caminho e junto à lareira, a amigos e inimigos, quer em segurança quer exposto a dificuldades e perigos, insultos e preconceitos. Obreiros Evangélicos, pág. 30.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=49&p=30

– Mensagens para Jovens.:

Quando os três jovens hebreus estavam sendo educados para a corte do rei de Babilônia, não julgaram que a bênção do Senhor fosse um substituto para o árduo esforço que deles era requerido. Foram diligentes no estudo; pois discerniram que, mediante a graça de Deus, seu destino dependia da própria vontade e procedimento. Deviam pôr toda a habilidade no trabalho; e mediante o esmerado e rigoroso esforço de suas faculdades, deviam aproveitar o melhor possível as oportunidades de estudo e trabalho. Mensagens aos Jovens, pág. 147.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=6&p=147

– Mensagens para Namorados.:

Os filhos que forem cristãos avaliarão acima de toda bênção terrena o amor e a aprovação dos pais tementes a Deus. Os pais podem sentir com os filhos, e orar por eles e com eles, para que Deus os proteja e guie. Acima de tudo o mais, apontar-lhes-ão o Amigo e Conselheiro que nunca falha, e o qual Se comove com o sentimento de suas fraquezas. Aquele que foi tentado em todos os pontos como nós somos, mas sem pecado, sabe como socorrer os que são tentados. Review and Herald, 26 de janeiro de 1886. Mensagens aos Jovens, pág. 451.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=6&p=451

– Mensagens para Pais.:

Conquanto não devamos condescender com uma cega afeição, tampouco devemos manifestar indevida severidade. As crianças não podem ser levadas ao Senhor à força. Podem ser guiadas, mas não compelidas. “As Minhas ovelhas ouvem a Minha voz, e Eu conheço-as, e elas Me seguem.” João 10:27. Ele não diz: “Minhas ovelhas ouvem a Minha voz, e são compelidas a andar no caminho da obediência.” Nunca devem os pais ocasionar a seus filhos mágoa pela aspereza ou exigências sem razão. A aspereza compele almas para a rede de Satanás. Conselhos aos Pais, Professores e Estudantes, pág. 114.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=37&p=114

– Mensagens sobre Escola Sabatina.:

Maior cuidado que o exercido para ver se estão preparadas as lições da escola diária, deve ser tomado pelos pais para ver se os filhos sabem as lições bíblicas, que devem ser aprendidas com maior perfeição que as das escolas comuns. Se pais e filhos não vêem necessidade nesse interesse, seria melhor que os filhos ficassem em casa, pois a Escola Sabatina não lhes será uma bênção. Pais e filhos devem trabalhar em harmonia com o diretor e os professores, demonstrando assim que apreciam o esforço feito em seu favor. Os pais devem ter especial interesse na educação religiosa dos filhos, a fim de que eles adquiram mais profundo conhecimento das Escrituras. Testimonies on Sabbath School Work, pág. 8 e Conselhos Sobre a Escola Sabatina, pág. 56.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=15&p=57

– Mensagens sobre Saúde.:

O verdadeiro jejum, que deve ser recomendado a todos, é a abstinência de qualquer espécie estimulante de alimento, e o uso apropriado de alimento saudável e simples, que Deus proveu em abundância. Precisam os homens pensar menos acerca do que hão de comer e beber de alimento temporal, e muito mais acerca do alimento do Céu, que dará tono e vitalidade à experiência religiosa toda. Carta 73, 1896. Conselhos Sobre o Regime Alimentar, pág. 188.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=17&p=188

Na graça de nosso Senhor Jesus,

Daniel Gavin
Diretor Geral – Ellen White Books
http://www.ellenwhite.com.br/
http://www.ellenwhitebooks.com/
http://www.ellenwhite.es/
http://www.ellenwhitebooks.es/

– Ano Bíblico (Português).:

Livro de Mateus

Capítulo 17

1 – Seis dias depois, tomou Jesus consigo a Pedro, a Tiago e a João, irmão deste, e os conduziu à parte a um alto monte;
2 – e foi transfigurado diante deles; o seu rosto resplandeceu como o sol, e as suas vestes tornaram-se brancas como a luz.
3 – E eis que lhes apareceram Moisés e Elias, falando com ele.
4 – Pedro, tomando a palavra, disse a Jesus: Senhor, bom é estarmos aqui; se queres, farei aqui três cabanas, uma para ti, outra para Moisés, e outra para Elias.
5 – Estando ele ainda a falar, eis que uma nuvem luminosa os cobriu; e dela saiu uma voz que dizia: Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo; a ele ouvi.
6 – Os discípulos, ouvindo isso, cairam com o rosto em terra, e ficaram grandemente atemorizados.
7 – Chegou-se, pois, Jesus e, tocando-os, disse: Levantai-vos e não temais.
8 – E, erguendo eles os olhos, não viram a ninguém senão a Jesus somente.
9 – Enquanto desciam do monte, Jesus lhes ordenou: A ninguém conteis a visão, até que o Filho do homem seja levantado dentre os mortos.
10 – Perguntaram-lhe os discípulos: Por que dizem então os escribas que é necessário que Elias venha primeiro?
11 – Respondeu ele: Na verdade Elias havia de vir e restaurar todas as coisas;
12 – digo-vos, porém, que Elias já veio, e não o reconheceram; mas fizeram-lhe tudo o que quiseram. Assim também o Filho do homem há de padecer às mãos deles.
13 – Então entenderam os discípulos que lhes falava a respeito de João, o Batista.
14 – Quando chegaram à multidão, aproximou-se de Jesus um homem que, ajoelhando-se diante dele, disse:
15 – Senhor, tem compaixão de meu filho, porque é epiléptico e sofre muito; pois muitas vezes cai no fogo, e muitas vezes na água.
16 – Eu o trouxe aos teus discípulos, e não o puderam curar.
17 – E Jesus, respondendo, disse: ó geração incrédula e perversa! até quando estarei convosco? até quando vos sofrerei? Trazei-mo aqui.
18 – Então Jesus repreendeu ao demônio, o qual saiu de menino, que desde aquela hora ficou curado.
19 – Depois os discípulos, aproximando-se de Jesus em particular, perguntaram-lhe: Por que não pudemos nós expulsá-lo?
20 – Disse-lhes ele: Por causa da vossa pouca fé; pois em verdade vos digo que, se tiverdes fé como um grão de mostarda direis a este monte: Passa daqui para acolá, e ele há de passar; e nada vos será impossível.
21 – [mas esta casta de demônios não se expulsa senão à força de oração e de jejum.]
22 – Ora, achando-se eles na Galiléia, disse-lhes Jesus: O Filho do homem está para ser entregue nas mãos dos homens;
23 – e matá-lo-ão, e ao terceiro dia ressurgirá. E eles se entristeceram grandemente.
24 – Tendo eles chegado a Cafarnaum, aproximaram-se de Pedro os que cobravam as didracmas, e lhe perguntaram: O vosso mestre não paga as didracmas?
25 – Disse ele: Sim. Ao entrar Pedro em casa, Jesus se lhe antecipou, perguntando: Que te parece, Simão? De quem cobram os reis da terra imposto ou tributo? dos seus filhos, ou dos alheios?
26 – Quando ele respondeu: Dos alheios, disse-lhe Jesus: Logo, são isentos os filhos.
27 – Mas, para que não os escandalizemos, vai ao mar, lança o anzol, tira o primeiro peixe que subir e, abrindo-lhe a boca, encontrarás um estáter; toma-o, e dá-lho por mim e por ti.

Capítulo 18

1 – Naquela hora chegaram-se a Jesus os discípulos e perguntaram: Quem é o maior no reino dos céus?
2 – Jesus, chamando uma criança, colocou-a no meio deles,
3 – e disse: Em verdade vos digo que se não vos converterdes e não vos fizerdes como crianças, de modo algum entrareis no reino dos céus.
4 – Portanto, quem se tornar humilde como esta criança, esse é o maior no reino dos céus.
5 – E qualquer que receber em meu nome uma criança tal como esta, a mim me recebe.
6 – Mas qualquer que fizer tropeçar um destes pequeninos que crêem em mim, melhor lhe fora que se lhe pendurasse ao pescoço uma pedra de moinho, e se submergisse na profundeza do mar.
7 – Ai do mundo, por causa dos tropeços! pois é inevitável que venham; mas ai do homem por quem o tropeço vier!
8 – Se, pois, a tua mão ou o teu pé te fizer tropeçar, corta-o, lança-o de ti; melhor te é entrar na vida aleijado, ou coxo, do que, tendo duas mãos ou dois pés, ser lançado no fogo eterno.
9 – E, se teu olho te fizer tropeçar, arranca-o, e lança-o de ti; melhor te é entrar na vida com um só olho, do que tendo dois olhos, ser lançado no inferno de fogo.
10 – Vede, não desprezeis a nenhum destes pequeninos; pois eu vos digo que os seus anjos nos céus sempre vêm a face de meu Pai, que está nos céus.
11 – [Porque o Filho do homem veio salvar o que se havia perdido.]
12 – Que vos parece? Se alguém tiver cem ovelhas, e uma delas se extraviar, não deixará as noventa e nove nos montes para ir buscar a que se extraviou?
13 – E, se acontecer achá-la, em verdade vos digo que maior prazer tem por esta do que pelas noventa e nove que não se extraviaram.
14 – Assim também não é da vontade de vosso Pai que está nos céus, que venha a perecer um só destes pequeninos.
15 – Ora, se teu irmão pecar, vai, e repreende-o entre ti e ele só; se te ouvir, terás ganho teu irmão;
16 – mas se não te ouvir, leva ainda contigo um ou dois, para que pela boca de duas ou três testemunhas toda palavra seja confirmada.
17 – Se recusar ouvi-los, dize-o à igreja; e, se também recusar ouvir a igreja, considera-o como gentio e publicano.
18 – Em verdade vos digo: Tudo quanto ligardes na terra será ligado no céu; e tudo quanto desligardes na terra será desligado no céu.
19 – Ainda vos digo mais: Se dois de vós na terra concordarem acerca de qualquer coisa que pedirem, isso lhes será feito por meu Pai, que está nos céus.
20 – Pois onde se acham dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles.
21 – Então Pedro, aproximando-se dele, lhe perguntou: Senhor, até quantas vezes pecará meu irmão contra mim, e eu hei de perdoar? Até sete?
22 – Respondeu-lhe Jesus: Não te digo que até sete; mas até setenta vezes sete.
23 – Por isso o reino dos céus é comparado a um rei que quis tomar contas a seus servos;
24 – e, tendo começado a tomá-las, foi-lhe apresentado um que lhe devia dez mil talentos;
25 – mas não tendo ele com que pagar, ordenou seu senhor que fossem vendidos, ele, sua mulher, seus filhos, e tudo o que tinha, e que se pagasse a dívida.
26 – Então aquele servo, prostrando-se, o reverenciava, dizendo: Senhor, tem paciência comigo, que tudo te pagarei.
27 – O senhor daquele servo, pois, movido de compaixão, soltou-o, e perdoou-lhe a dívida.
28 – Saindo, porém, aquele servo, encontrou um dos seus conservos, que lhe devia cem denários; e, segurando-o, o sufocava, dizendo: Paga o que me deves.
29 – Então o seu companheiro, caindo-lhe aos pés, rogava-lhe, dizendo: Tem paciência comigo, que te pagarei.
30 – Ele, porém, não quis; antes foi encerrá-lo na prisão, até que pagasse a dívida.
31 – Vendo, pois, os seus conservos o que acontecera, contristaram-se grandemente, e foram revelar tudo isso ao seu senhor.
32 – Então o seu senhor, chamando-o á sua presença, disse-lhe: Servo malvado, perdoei-te toda aquela dívida, porque me suplicaste;
33 – não devias tu também ter compaixão do teu companheiro, assim como eu tive compaixão de ti?
34 – E, indignado, o seu senhor o entregou aos verdugos, até que pagasse tudo o que lhe devia.
35 – Assim vos fará meu Pai celestial, se de coração não perdoardes, cada um a seu irmão.

Capítulo 19

1 – Tendo Jesus concluído estas palavras, partiu da Galiléia, e foi para os confins da Judéia, além do Jordão;
2 – e seguiram-no grandes multidões, e curou-os ali.
3 – Aproximaram-se dele alguns fariseus que o experimentavam, dizendo: É lícito ao homem repudiar sua mulher por qualquer motivo?
4 – Respondeu-lhe Jesus: Não tendes lido que o Criador os fez desde o princípio homem e mulher,
5 – e que ordenou: Por isso deixará o homem pai e mãe, e unir-se-á a sua mulher; e serão os dois uma só carne?
6 – Assim já não são mais dois, mas um só carne. Portanto o que Deus ajuntou, não o separe o homem.
7 – Responderam-lhe: Então por que mandou Moisés dar-lhe carta de divórcio e repudiá-la?
8 – Disse-lhes ele: Pela dureza de vossos corações Moisés vos permitiu repudiar vossas mulheres; mas não foi assim desde o princípio.
9 – Eu vos digo porém, que qualquer que repudiar sua mulher, a não ser por causa de infidelidade, e casar com outra, comete adultério; [e o que casar com a repudiada também comete adultério.]
10 – Disseram-lhe os discípulos: Se tal é a condição do homem relativamente à mulher, não convém casar.
11 – Ele, porém, lhes disse: Nem todos podem aceitar esta palavra, mas somente aqueles a quem é dado.
12 – Porque há eunucos que nasceram assim; e há eunucos que pelos homens foram feitos tais; e outros há que a si mesmos se fizeram eunucos por causa do reino dos céus. Quem pode aceitar isso, aceite-o.
13 – Então lhe trouxeram algumas crianças para que lhes impusesse as mãos, e orasse; mas os discípulos os repreenderam.
14 – Jesus, porém, disse: Deixai as crianças e não as impeçais de virem a mim, porque de tais é o reino dos céus.
15 – E, depois de lhes impor as mãos, partiu dali.
16 – E eis que se aproximou dele um jovem, e lhe disse: Mestre, que bem farei para conseguir a vida eterna?
17 – Respondeu-lhe ele: Por que me perguntas sobre o que é bom? Um só é bom; mas se é que queres entrar na vida, guarda os mandamentos.
18 – Perguntou-lhe ele: Quais? Respondeu Jesus: Não matarás; não adulterarás; não furtarás; não dirás falso testemunho;
19 – honra a teu pai e a tua mãe; e amarás o teu próximo como a ti mesmo.
20 – Disse-lhe o jovem: Tudo isso tenho guardado; que me falta ainda?
21 – Disse-lhe Jesus: Se queres ser perfeito, vai, vende tudo o que tens e dá-o aos pobres, e terás um tesouro no céu; e vem, segue-me.
22 – Mas o jovem, ouvindo essa palavra, retirou-se triste; porque possuía muitos bens.
23 – Disse então Jesus aos seus discípulos: Em verdade vos digo que um rico dificilmente entrará no reino dos céus.
24 – E outra vez vos digo que é mais fácil um camelo passar pelo fundo duma agulha, do que entrar um rico no reino de Deus.
25 – Quando os seus discípulos ouviram isso, ficaram grandemente maravilhados, e perguntaram: Quem pode, então, ser salvo?
26 – Jesus, fixando neles o olhar, respondeu: Aos homens é isso impossível, mas a Deus tudo é possível.
27 – Então Pedro, tomando a palavra, disse-lhe: Eis que nós deixamos tudo, e te seguimos; que recompensa, pois, teremos nós?
28 – Ao que lhe disse Jesus: Em verdade vos digo a vós que me seguistes, que na regeneração, quando o Filho do homem se assentar no trono da sua glória, sentar-vos-eis também vós sobre doze tronos, para julgar as doze tribos de Israel.
29 – E todo o que tiver deixado casas, ou irmãos, ou irmãs, ou pai, ou mãe, ou filhos, ou terras, por amor do meu nome, receberá cem vezes tanto, e herdará a vida eterna.
30 – Entretanto, muitos que são primeiros serão últimos; e muitos que são últimos serão primeiros.

Capítulo 20

1 – Porque o reino dos céus é semelhante a um homem, proprietário, que saiu de madrugada a contratar trabalhadores para a sua vinha.
2 – Ajustou com os trabalhadores o salário de um denário por dia, e mandou-os para a sua vinha.
3 – Cerca da hora terceira saiu, e viu que estavam outros, ociosos, na praça,
4 – e disse-lhes: Ide também vós para a vinha, e dar-vos-ei o que for justo. E eles foram.
5 – Outra vez saiu, cerca da hora sexta e da nona, e fez o mesmo.
6 – Igualmente, cerca da hora undécima, saiu e achou outros que lá estavam, e perguntou-lhes: Por que estais aqui ociosos o dia todo?
7 – Responderam-lhe eles: Porque ninguém nos contratou. Disse-lhes ele: Ide também vós para a vinha.
8 – Ao anoitecer, disse o senhor da vinha ao seu mordomo: Chama os trabalhadores, e paga-lhes o salário, começando pelos últimos até os primeiros.
9 – Chegando, pois, os que tinham ido cerca da hora undécima, receberam um denário cada um.
10 – Vindo, então, os primeiros, pensaram que haviam de receber mais; mas do mesmo modo receberam um denário cada um.
11 – E ao recebê-lo, murmuravam contra o proprietário, dizendo:
12 – Estes últimos trabalharam somente uma hora, e os igualastes a nós, que suportamos a fadiga do dia inteiro e o forte calor.
13 – Mas ele, respondendo, disse a um deles: Amigo, não te faço injustiça; não ajustaste comigo um denário?
14 – Toma o que é teu, e vai-te; eu quero dar a este último tanto como a ti.
15 – Não me é lícito fazer o que quero do que é meu? Ou é mau o teu olho porque eu sou bom?
16 – Assim os últimos serão primeiros, e os primeiros serão últimos.
17 – Estando Jesus para subir a Jerusalém, chamou à parte os doze e no caminho lhes disse:
18 – Eis que subimos a Jerusalém, e o Filho do homem será entregue aos principais sacerdotes e aos escribas, e eles o condenarão à morte,
19 – e o entregarão aos gentios para que dele escarneçam, e o açoitem e crucifiquem; e ao terceiro dia ressuscitará.
20 – Aproximou-se dele, então, a mãe dos filhos de Zebedeu, com seus filhos, ajoelhando-se e fazendo-lhe um pedido.
21 – Perguntou-lhe Jesus: Que queres? Ela lhe respondeu: Concede que estes meus dois filhos se sentem, um à tua direita e outro à tua esquerda, no teu reino.
22 – Jesus, porém, replicou: Não sabeis o que pedis; podeis beber o cálice que eu estou para beber? Responderam-lhe: Podemos.
23 – Então lhes disse: O meu cálice certamente haveis de beber; mas o sentar-se à minha direita e à minha esquerda, não me pertence concedê-lo; mas isso é para aqueles para quem está preparado por meu Pai.
24 – E ouvindo isso os dez, indignaram-se contra os dois irmãos.
25 – Jesus, pois, chamou-os para junto de si e lhes disse: Sabeis que os governadores dos gentios os dominam, e os seus grandes exercem autoridades sobre eles.
26 – Não será assim entre vós; antes, qualquer que entre vós quiser tornar-se grande, será esse o que vos sirva;
27 – e qualquer que entre vós quiser ser o primeiro, será vosso servo;
28 – assim como o Filho do homem não veio para ser servido, mas para servir, e para dar a sua vida em resgate de muitos.
29 – Saindo eles de Jericó, seguiu-o uma grande multidão;
30 – e eis que dois cegos, sentados junto do caminho, ouvindo que Jesus passava, clamaram, dizendo: Senhor, Filho de Davi, tem compaixão de nós.
31 – E a multidão os repreendeu, para que se calassem; eles, porém, clamaram ainda mais alto, dizendo: Senhor, Filho de Davi, tem compaixão de nós.
32 – E Jesus, parando, chamou-os e perguntou: Que quereis que vos faça?
33 – Disseram-lhe eles: Senhor, que se nos abram os olhos.
34 – E Jesus, movido de compaixão, tocou-lhes os olhos, e imediatamente recuperaram a vista, e o seguiram.

– Pergunta sobre o Ano Bíblico.:

Quais os discípulos que subiram com Jesus ao monte da transfiguração?
Resposta: Pedro, Tiago e João (Mateus 17:1)

– Curiosidades Bíblicas.:

Qual o juiz de Israel que libertou o seu povo, usando um ferrão de tocar bois?
Resposta: Sangar. Juízes 3:31.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/biblia.asp?lista=1&livro=7&capitulo=3

– Versos Bíblicos.:

Irmãos, quanto a mim, não julgo que o haja alcançado; mas uma coisa faço, e é que, esquecendo-me das coisas que atrás ficam, e avançando para as que estão adiante. Filipenses 3:13

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/biblia.asp?lista=1&livro=50&capitulo=3&verso=13

– Ano Bíblico (Espanhol).:

Libro de Mateus

Capítulo 17

1 – Seis Días después, Jesús Tomó consigo a Pedro, a Jacobo y a Juan su hermano, y les hizo subir aparte a un monte alto.
2 – Y fue transfigurado delante de ellos. Su cara Resplandeció como el sol, y sus vestiduras se hicieron blancas como la luz.
3 – Y he Aquí les aparecieron Moisés y Elías, hablando con él.
4 – Entonces intervino Pedro y dijo a Jesús: –Señor, bueno es que nosotros estemos Aquí. Si quieres, yo levantaré Aquí tres enramadas: una para ti, otra para Moisés y otra para Elías.
5 – Mientras él Aún hablaba, de pronto una nube brillante les hizo sombra, y he Aquí Salió una voz de la nube diciendo: “Este es mi Hijo amado, en quien tengo complacencia. A él Oíd.”
6 – Al Oír esto, los Discípulos se postraron sobre sus rostros y temieron en gran manera.
7 – Entonces Jesús se Acercó, los Tocó y dijo: –Levantaos y no Temáis.
8 – Y cuando ellos alzaron los ojos, no vieron a nadie sino a Jesús mismo, solo.
9 – Mientras ellos Descendían del monte, Jesús les Mandó, diciendo: –No mencionéis la Visión a nadie, hasta que el Hijo del Hombre resucite de entre los muertos.
10 – Entonces los Discípulos le preguntaron diciendo: –¿Por qué dicen los escribas que es necesario que Elías venga primero?
11 – Y respondiendo dijo: –A la verdad, Elías viene y Restaurará todas las cosas.
12 – Pero yo os digo que Elías ya vino, y no le reconocieron; Más bien, hicieron con él todo lo que quisieron. Así también el Hijo del Hombre ha de padecer de ellos.
13 – Entonces los Discípulos entendieron que les hablaba de Juan el Bautista.
14 – Cuando llegaron a la multitud, vino a él un hombre y se Arrodilló delante de él,
15 – diciendo: –¡Señor, ten misericordia de mi hijo, que es Lunático y padece gravemente. Pues muchas veces cae en el fuego, y muchas veces en el agua.
16 – Lo traje a tus Discípulos, y no le pudieron sanar.
17 – Jesús Respondió y dijo: –¡Oh Generación incrédula y perversa! ¿Hasta Cuándo estaré con vosotros? ¿Hasta Cuándo os soportaré? Traédmelo Acá.
18 – Jesús le Reprendió, y el demonio Salió de él; y el niño fue sanado desde aquella hora.
19 – Luego, los Discípulos se acercaron en privado a Jesús y le dijeron: –¿Por qué no pudimos nosotros echarlo fuera?
20 – Jesús les dijo: –Por causa de vuestra poca fe. Porque de cierto os digo que si tenéis fe como un grano de mostaza, diréis a este monte: “Pásate de Aquí, Allá”; y se Pasará. Nada os Será imposible.
21 – Pero este género de demonio sale Sólo con Oración y ayuno.
22 – Estando ellos reunidos en Galilea, Jesús les dijo: “El Hijo del Hombre ha de ser entregado en manos de hombres,
23 – y le Matarán. Pero al tercer Día Resucitará.” Y ellos se entristecieron en gran manera.
24 – Cuando ellos llegaron a Capernaúm, fueron a Pedro los que cobraban el impuesto del templo y dijeron: –¿Vuestro maestro no paga el impuesto del templo?
25 – El dijo: –Sí. Al entrar en casa, Jesús le Habló primero diciendo: –¿Qué te parece, Simón? Los reyes de la tierra, ¿de quiénes cobran los tributos o los impuestos? ¿De sus hijos o de otros?
26 – Pedro le dijo: –De otros. Jesús le dijo: –Luego, los hijos Están libres de Obligación.
27 – Pero, para que no los ofendamos, vé al mar, echa el anzuelo, y el primer pez que suba, Tómalo. Cuando abras su boca, Hallarás un estatero. Tómalo y dalo por Mí y por ti.

Capítulo 18

1 – En aquel tiempo los Discípulos se acercaron a Jesús diciendo: –¿Quién es el Más importante en el reino de los cielos?
2 – Jesús Llamó a un niño, lo puso en medio de ellos
3 – y dijo: –De cierto os digo que si no os volvéis y os hacéis como los niños, Jamás entraréis en el reino de los cielos.
4 – Así que, cualquiera que se humille como este niño, ése es el Más importante en el reino de los cielos.
5 – Y cualquiera que en mi nombre reciba a un niño como éste, a Mí me recibe.
6 – Y a cualquiera que haga tropezar a uno de estos pequeños que creen en Mí, mejor le fuera que se le atase al cuello una gran piedra de molino y que se le hundiese en lo profundo del mar.
7 – ¡Ay del mundo por los tropiezos! Es inevitable que haya tropiezos, pero ¡ay del hombre que los ocasione!
8 – Por tanto, si tu mano o tu pie te hace tropezar, Córtalo y échalo de ti. Mejor te es entrar en la vida cojo o manco, que teniendo dos manos o dos pies ser echado en el fuego eterno.
9 – Y si tu ojo te hace tropezar, Sácalo y échalo de ti. Mejor te es entrar en la vida con un solo ojo, que teniendo dos ojos ser echado en el infierno de fuego.
10 – Mirad, no Tengáis en poco a ninguno de estos pequeños, porque os digo que sus ángeles en los cielos siempre ven el rostro de mi Padre que Está en los cielos.
11 – Porque el Hijo del Hombre ha venido a salvar lo que se Había perdido.
12 – ¿Qué os parece? Si Algún hombre tiene cien ovejas y se Extravía una, ¿acaso no Dejará las noventa y nueve en las montañas e Irá a buscar la descarriada?
13 – Y si sucede que la encuentra, de cierto os digo que se goza Más por aquélla que por las noventa y nueve que no se extraviaron.
14 – Así que, no es la voluntad de vuestro Padre que Está en los cielos que se pierda ni uno de estos pequeños.
15 – Por tanto, si tu hermano peca contra ti, vé, amonéstale a solas entre Tú y él. Si él te escucha, has ganado a tu hermano.
16 – Pero si no escucha, toma Aún contigo uno o dos, para que todo asunto conste Según la boca de dos o tres testigos.
17 – Y si él no les hace caso a ellos, dilo a la iglesia; y si no hace caso a la iglesia, tenlo por gentil y publicano.
18 – De cierto os digo que todo lo que atéis en la tierra Habrá sido atado en el cielo, y todo lo que desatéis en la tierra Habrá sido desatado en el cielo.
19 – Otra vez os digo que, si dos de vosotros se ponen de acuerdo en la tierra acerca de cualquiera cosa que pidan, les Será hecha por mi Padre que Está en los cielos.
20 – Porque donde dos o tres Están congregados en mi nombre, Allí estoy yo en medio de ellos.
21 – Entonces Pedro se Acercó y le dijo: –Señor, ¿Cuántas veces Pecará mi hermano contra Mí y yo le perdonaré? ¿Hasta siete veces?
22 – Jesús le dijo: –No te digo hasta siete, sino hasta setenta veces siete.
23 – Por esto, el reino de los cielos es semejante a un hombre rey, que quiso hacer cuentas con sus siervos.
24 – Y cuando él Comenzó a hacer cuentas, le fue Traído uno que le Debía diez mil talentos.
25 – Puesto que él no Podía pagar, su señor Mandó venderlo a él, junto con su mujer, sus hijos y todo lo que Tenía, y que se le pagara.
26 – Entonces el siervo Cayó y se Postró delante de él diciendo: “Ten paciencia conmigo, y yo te lo pagaré todo.”
27 – El señor de aquel siervo, movido a Compasión, le Soltó y le Perdonó la deuda.
28 – Pero al salir, aquel siervo Halló a uno de sus consiervos que le Debía cien denarios, y asiéndose de él, le ahogaba diciendo: “Paga lo que debes.”
29 – Entonces su consiervo, cayendo, le rogaba diciendo: “¡Ten paciencia conmigo, y yo te pagaré.”
30 – Pero él no quiso, sino que fue y lo Echó en la Cárcel hasta que le pagara lo que le Debía.
31 – Así que, cuando sus consiervos vieron lo que Había sucedido, se entristecieron mucho; y fueron y declararon a su señor todo lo que Había sucedido.
32 – Entonces su señor le Llamó y le dijo: “¡Siervo malvado! Toda aquella deuda te perdoné, porque me rogaste.
33 – ¿No Debías Tú también tener misericordia de tu consiervo, Así como también yo tuve misericordia de ti?”
34 – Y su señor, enojado, le Entregó a los verdugos hasta que le pagara todo lo que le Debía.
35 – Así también Hará con vosotros mi Padre celestial, si no Perdonáis de Corazón cada uno a su hermano.

Capítulo 19

1 – Aconteció que, cuando Jesús Acabó estas palabras, Partió de Galilea y fue a las fronteras de Judea, al otro lado del Jordán.
2 – Grandes multitudes le siguieron, y los Sanó Allí.
3 – Entonces los fariseos se acercaron a él para probarle, diciendo: –¿Le es Lícito al hombre divorciarse de su mujer por cualquier Razón?
4 – El Respondió y dijo: –¿No habéis Leído que el que los Creó en el principio, los hizo Varón y mujer?
5 – Y dijo: “Por esta causa el hombre Dejará a su padre y a su madre, y se Unirá a su mujer; y Serán los dos una sola carne.”
6 – Así que ya no son Más dos, sino una sola carne. Por tanto, lo que Dios ha unido, no lo separe el hombre.
7 – Le dijeron: –¿Por qué, pues, Mandó Moisés darle carta de divorcio y despedirla?
8 – Les dijo: –Ante vuestra dureza de Corazón, Moisés os Permitió divorciaros de vuestras mujeres; pero desde el principio no fue Así.
9 – Y os digo que cualquiera que se divorcia de su mujer, a no ser por causa de Fornicación, y se casa con otra, comete adulterio.
10 – Le dijeron sus Discípulos: –Si Así es el caso del hombre con su mujer, no conviene casarse.
11 – Entonces él les dijo: –No todos son capaces de aceptar esta palabra, sino aquellos a quienes les Está concedido.
12 – Porque hay eunucos que nacieron Así desde el vientre de la madre, hay eunucos que fueron hechos eunucos por los hombres, y hay eunucos que a Sí mismos se hicieron eunucos por causa del reino de los cielos. El que puede aceptar esto, que lo acepte.
13 – Entonces le fueron presentados unos niños, para que pusiese las manos sobre ellos y orase. Pero los Discípulos los reprendieron.
14 – Entonces Jesús les dijo: –Dejad a los niños y no les Impidáis venir a Mí, porque de los tales es el reino de los cielos.
15 – Y habiendo puesto las manos sobre ellos, Partió de Allí.
16 – He Aquí vino uno a él y le dijo: –Maestro, ¿qué cosa buena haré para tener la vida eterna?
17 – El le dijo: –¿Por qué me preguntas acerca de lo bueno? Hay uno solo que es bueno. Pero si quieres entrar en la vida, guarda los mandamientos.
18 – Le dijo: –¿Cuáles? Jesús Respondió: –No Cometerás homicidio, no Cometerás adulterio, no Robarás, no Dirás falso testimonio,
19 – honra a tu padre y a tu madre, y Amarás a tu Prójimo como a ti mismo.
20 – El joven le dijo: –Todo esto he guardado. ¿Qué Más me falta?
21 – Le dijo Jesús: –Si quieres ser perfecto, anda, vende tus bienes y dalo a los pobres; y Tendrás tesoro en el cielo. Y ven; Sígueme.
22 – Pero cuando el joven Oyó la palabra, se fue triste, porque Tenía muchas posesiones.
23 – Entonces Jesús dijo a sus Discípulos: –De cierto os digo, que Difícilmente Entrará el rico en el reino de los cielos.
24 – Otra vez os digo que le es Más Fácil a un camello pasar por el ojo de una aguja, que a un rico entrar en el reino de Dios.
25 – Cuando los Discípulos lo oyeron, se asombraron en gran manera diciendo: –Entonces, ¿quién Podrá ser salvo?
26 – Jesús los Miró y les dijo: –Para los hombres esto es imposible, pero para Dios todo es posible.
27 – Entonces Respondió Pedro y le dijo: –He Aquí, nosotros lo hemos dejado todo y te hemos seguido. ¿Qué hay, pues, para nosotros?
28 – Jesús les dijo: –De cierto os digo que en el tiempo de la Regeneración, cuando el Hijo del Hombre se siente en el trono de su gloria, vosotros que me habéis seguido os sentaréis también sobre doce tronos para juzgar a las doce tribus de Israel.
29 – Y todo aquel que deja casas, o hermanos, o hermanas, o padre, o madre, o mujer, o hijos, o campos por causa de mi nombre, Recibirá cien veces Más y Heredará la vida eterna.
30 – Pero muchos primeros Serán últimos, y muchos últimos Serán primeros.

Capítulo 20

1 – Porque el reino de los cielos es semejante a un hombre, dueño de un campo, que Salió al amanecer a contratar obreros para su viña.
2 – Habiendo convenido con los obreros en un denario al Día, los Envió a su viña.
3 – Salió también como a la tercera hora y vio que otros estaban en la plaza desocupados,
4 – y les dijo: “Id también vosotros a mi viña, y os daré lo que sea justo.” Y ellos fueron.
5 – Salió otra vez como a la sexta hora y a la novena hora, e hizo lo mismo.
6 – También alrededor de la undécima hora Salió y Halló que otros estaban Allí, y les dijo: “¿Por qué Estáis Aquí todo el Día desocupados?”
7 – Le dijeron: “Porque nadie nos ha contratado.” Les dijo: “Id también vosotros a la viña.”
8 – Al llegar la noche, dijo el señor de la viña a su mayordomo: “Llama a los obreros y Págales el jornal. Comienza desde los últimos hasta los primeros.”
9 – Entonces vinieron los que Habían ido cerca de la undécima hora y recibieron cada uno un denario.
10 – Y cuando vinieron, los primeros pensaron que Recibirían Más; pero ellos también recibieron un denario cada uno.
11 – Al recibirlo, murmuraban contra el dueño del campo,
12 – diciendo: “Estos últimos trabajaron una sola hora, y los has hecho iguales a nosotros, que hemos soportado el peso y el calor del Día.”
13 – Pero él Respondió y dijo a uno de ellos: “Amigo, no te hago ninguna injusticia. ¿No conviniste conmigo en un denario?
14 – Toma lo que es tuyo y vete. Pero quiero darle a este último como a ti.
15 – ¿No me es Lícito hacer lo que quiero con lo Mío? ¿O tienes envidia porque soy bueno?”
16 – Así, los últimos Serán primeros, y los primeros últimos.
17 – Mientras Jesús Subía a Jerusalén, Tomó a sus doce Discípulos aparte y les dijo en el camino:
18 – –He Aquí, subimos a Jerusalén, y el Hijo del Hombre Será entregado a los principales sacerdotes y a los escribas, y le Condenarán a muerte.
19 – Le Entregarán a los gentiles para que se burlen de él, le azoten y le crucifiquen; pero al tercer Día Resucitará.
20 – Entonces se Acercó a él la madre de los hijos de Zebedeo con sus hijos, Postrándose ante él y pidiéndole algo.
21 – El le dijo: –¿Qué deseas? Ella le dijo: –Ordena que en tu reino estos dos hijos Míos se sienten el uno a tu derecha y el otro a tu izquierda.
22 – Entonces respondiendo Jesús dijo: –No sabéis lo que Pedís. ¿Podéis beber la copa que yo he de beber? Ellos le dijeron: –Podemos.
23 – Les dijo: –A la verdad, beberéis de mi copa; pero el sentarse a mi derecha o a mi izquierda no es Mío concederlo, sino que es para quienes lo ha preparado mi Padre.
24 – Cuando los diez oyeron esto, se enojaron contra los dos hermanos.
25 – Entonces Jesús los Llamó y les dijo: –Sabéis que los gobernantes de los gentiles se enseñorean sobre ellos, y los que son grandes ejercen autoridad sobre ellos.
26 – Entre vosotros no Será Así. Más bien, cualquiera que anhele ser grande entre vosotros Será vuestro servidor;
27 – y el que anhele ser el primero entre vosotros, Será vuestro siervo.
28 – De la misma manera, el Hijo del Hombre no vino para ser servido, sino para servir y para dar su vida en rescate por muchos.
29 – Saliendo ellos de Jericó, le Siguió una gran multitud.
30 – Y he Aquí dos ciegos estaban sentados junto al camino, y cuando oyeron que Jesús pasaba, clamaron diciendo: –¡Señor, Hijo de David, ten misericordia de nosotros!
31 – La gente les Reprendía para que se callasen, pero ellos gritaron aun Más fuerte diciendo: –¡Señor, Hijo de David, ten misericordia de nosotros!
32 – Jesús se detuvo, los Llamó y les dijo: –¿Qué queréis que os haga?
33 – Le dijeron: –Señor, que sean abiertos nuestros ojos.
34 – Entonces Jesús, conmovido dentro de Sí, les Tocó los ojos; y de inmediato recobraron la vista y le siguieron.

– Ano Bíblico (Inglês).:

Book of Mateus

Chapter 17

1 – And after six days Jesus takes with him Peter, and James, and John, his brother, and makes them go up with him into a high mountain by themselves.
2 – And he was changed in form before them; and his face was shining like the sun, and his clothing became white as light.
3 – And Moses and Elijah came before their eyes, talking with him.
4 – And Peter made answer and said to Jesus, Lord, it is good for us to be here: if you will let me, I will make here three tents, one for you, and one for Moses, and one for Elijah.
5 – While he was still talking, a bright cloud came over them: and a voice out of the cloud, saying, This is my dearly loved Son, with whom I am well pleased; give ear to him.
6 – And at these words the disciples went down on their faces in great fear.
7 – And Jesus came and put his hand on them and said, Get up and have no fear.
8 – And lifting up their eyes, they saw no one, but Jesus only.
9 – And when they were coming down from the mountain, Jesus gave them orders, saying, Let no man have word of what you have seen, till the Son of man has come again from the dead.
10 – And his disciples, questioning him, said, Why then do the scribes say that Elijah has to come first?
11 – And in answer he said, Elijah truly has to come and put all things right:
12 – But I say to you that Elijah has come, and they had no knowledge of him, but did to him whatever they were pleased to do; the same will the Son of man undergo at their hands.
13 – Then the disciples saw that he was talking to them of John the Baptist.
14 – And when they came to the people, a man went down on his knees to him, saying,
15 – Lord have mercy on my son: for he is off his head, and is in great pain; and frequently he goes falling into the fire, and frequently into the water.
16 – And I took him to your disciples, and they were not able to make him well.
17 – And Jesus, answering, said, O false and foolish generation, how long will I be with you? how long will I put up with you? let him come here to me.
18 – And Jesus gave orders to the unclean spirit, and it went out of him: and the boy was made well from that hour.
19 – Then the disciples came to Jesus privately, and said, Why were we not able to send it out?
20 – And he says to them, Because of your little faith: for truly I say to you, If you have faith as a grain of mustard seed, you will say to this mountain, Be moved from this place to that; and it will be moved; and nothing will be impossible to you.
21 – []
22 – And while they were going about in Galilee, Jesus said to them, The Son of man will be given up into the hands of men;
23 – And they will put him to death, and the third day he will come again from the dead. And they were very sad.
24 – And when they had come to Capernaum, those who took the Temple tax came to Peter and said, Does not your master make payment of the Temple tax?
25 – He says, Yes. And when he came into the house, Jesus said to him, What is your opinion, Simon? from whom do the kings of the earth get payment or tax? from their sons or from other people?
26 – And when he said, From other people, Jesus said to him, Then are the sons free.
27 – But, so that we may not be a cause of trouble to them, go to the sea, and let down a hook, and take the first fish which comes up; and in his mouth you will see a bit of money: take that, and give it to them for me and you.

Chapter 18

1 – In that hour the disciples came to Jesus, saying, Who is greatest in the kingdom of heaven?
2 – And he took a little child, and put him in the middle of them,
3 – And said, Truly, I say to you, If you do not have a change of heart and become like little children, you will not go into the kingdom of heaven.
4 – Whoever, then, will make himself as low as this little child, the same is the greatest in the kingdom of heaven.
5 – And whoever gives honour to one such little child in my name, gives honour to me:
6 – But whoever is a cause of trouble to one of these little ones who have faith in me, it would be better for him to have a great stone fixed to his neck, and to come to his end in the deep sea.
7 – A curse is on the earth because of trouble! for it is necessary for trouble to come; but unhappy is that man through whom the trouble comes.
8 – And if your hand or your foot is a cause of trouble, let it be cut off and put it away from you: it is better for you to go into life with the loss of a hand or a foot than, having two hands or two feet, to go into the eternal fire.
9 – And if your eye is a cause of trouble to you, take it out, and put it away from you: it is better for you to go into life with one eye than, having two eyes, to go into the hell of fire.
10 – Let it not seem to you that one of these little ones is of no value; for I say to you that in heaven their angels see at all times the face of my Father in heaven.
11 – []
12 – What would you say now? if a man has a hundred sheep, and one of them has gone wandering away, will he not let the ninety-nine be, and go to the mountains in search of the wandering one?
13 – And if he comes across it, truly I say to you, he has more joy over it than over the ninety-nine which have not gone out of the way.
14 – Even so it is not the pleasure of your Father in heaven for one of these little ones to come to destruction.
15 – And if your brother does wrong to you, go, make clear to him his error between you and him in private: if he gives ear to you, you have got your brother back again.
16 – But if he will not give ear to you, take with you one or two more, that by the lips of two or three witnesses every word may be made certain.
17 – And if he will not give ear to them, let it come to the hearing of the church: and if he will not give ear to the church, let him be to you as a Gentile and a tax-farmer.
18 – Truly I say to you, Whatever things are fixed by you on earth will be fixed in heaven: and whatever you make free on earth will be made free in heaven.
19 – Again, I say to you, that if two of you are in agreement on earth about anything for which they will make a request, it will be done for them by my Father in heaven.
20 – For where two or three are come together in my name, there am I among them.
21 – Then Peter came and said to him, Lord, what number of times may my brother do wrong against me, and I give him forgiveness? till seven times?
22 – Jesus says to him, I say not to you, Till seven times; but, Till seventy times seven.
23 – For this reason the kingdom of heaven is like a king, who went over his accounts with his servants.
24 – And at the start, one came to him who was in his debt for ten thousand talents.
25 – And because he was not able to make payment, his lord gave orders for him, and his wife, and his sons and daughters, and all he had, to be given for money, and payment to be made.
26 – So the servant went down on his face and gave him worship, saying, Lord, give me time to make payment and I will give you all.
27 – And the lord of that servant, being moved with pity, let him go, and made him free of the debt.
28 – But that servant went out, and meeting one of the other servants, who was in debt to him for one hundred pence, he took him by the throat, saying, Make payment of your debt.
29 – So that servant went down on his face, requesting him and saying, Give me time and I will make payment to you.
30 – And he would not: but went and put him into prison till he had made payment of the debt.
31 – So when the other servants saw what was done they were very sad, and came and gave word to their lord of what had been done.
32 – Then his lord sent for him and said, You evil servant; I made you free of all that debt, because of your request to me:
33 – Was it not right for you to have mercy on the other servant, even as I had mercy on you?
34 – And his lord was very angry, and put him in the hands of those who would give him punishment till he made payment of all the debt.
35 – So will my Father in heaven do to you, if you do not everyone, from your hearts, give forgiveness to his brother.

Chapter 19

1 – And it came about that after saying these words, Jesus went away from Galilee, and came into the parts of Judaea on the other side of Jordan.
2 – And a great number went after him; and he made them well there.
3 – And certain Pharisees came to him, testing him, and saying, Is it right for a man to put away his wife for every cause?
4 – And he said in answer, Have you not seen in the Writings, that he who made them at the first made them male and female, and said,
5 – For this cause will a man go away from his father and mother, and be joined to his wife; and the two will become one flesh?
6 – So that they are no longer two, but one flesh. Then let not that which has been joined by God be parted by man.
7 – They say to him, Why then did Moses give orders that a husband might give her a statement in writing and be free from her?
8 – He says to them, Moses, because of your hard hearts, let you put away your wives: but it has not been so from the first.
9 – And I say to you, Whoever puts away his wife for any other cause than the loss of her virtue, and takes another, is a false husband: and he who takes her as his wife when she is put away, is no true husband to her.
10 – The disciples say to him, If this is the position of a man in relation to his wife, it is better not to be married.
11 – But he said to them, Not all men are able to take in this saying, but only those to whom it is given.
12 – For there are men who, from birth, were without sex: and there are some who were made so by men: and there are others who have made themselves so for the kingdom of heaven. He who is able to take it, let him take it.
13 – Then some people took little children to him, so that he might put his hands on them in blessing: and the disciples said sharp words to them.
14 – But Jesus said, Let the little ones come to me, and do not keep them away: for of such is the kingdom of heaven.
15 – And he put his hands on them, and went away.
16 – And one came to him and said, Master, what good thing have I to do, so that I may have eternal life?
17 – And he said to him, Why are you questioning me about what is good? One there is who is good: but if you have a desire to go into life, keep the rules of the law.
18 – He says to him, Which? And Jesus said, Do not put anyone to death, Do not be untrue in married life, Do not take what is not yours, Do not give false witness,
19 – Give honour to your father and your mother: and, Have love for your neighbour as for yourself.
20 – The young man says to him, All these things have I done: what more is there?
21 – Jesus said to him, If you have a desire to be complete, go, get money for your property, and give it to the poor, and you will have wealth in heaven: and come after me.
22 – But hearing these words the young man went away sorrowing: for he had much property.
23 – And Jesus said to his disciples, Truly I say to you, It is hard for a man with much money to go into the kingdom of heaven.
24 – And again I say to you, It is simpler for a camel to go through a needle´s eye, than for a man with much money to go into the kingdom of God.
25 – And the disciples, hearing this, were greatly surprised, saying, Who then may have salvation?
26 – And Jesus, looking at them, said, With men this is not possible; but with God all things are possible.
27 – Then Peter said to him, See, we have given up everything and have come after you; what then will we have?
28 – And Jesus said to them, Truly I say to you that in the time when all things are made new, and the Son of man is seated in his glory, you who have come after me will be seated on twelve seats, judging the twelve tribes of Israel.
29 – And everyone who has given up houses, or brothers, or sisters, or father, or mother, or child, or land, for my name, will be given a hundred times as much, and have eternal life.
30 – But a great number who are first will be last, and some who are last will be first.

Chapter 20

1 – For the kingdom of heaven is like the master of a house, who went out early in the morning to get workers into his vine-garden.
2 – And when he had made an agreement with the workmen for a penny a day, he sent them into his vine-garden.
3 – And he went out about the third hour, and saw others in the market-place doing nothing;
4 – And he said to them, Go into the vine-garden with the others, and whatever is right I will give you. And they went to work.
5 – Again he went out about the sixth and the ninth hour, and did the same.
6 – And about the eleventh hour he went out and saw others doing nothing; and he says to them, Why are you here all the day doing nothing?
7 – They say to him, Because no man has given us work. He says to them, Go in with the rest, into the vine-garden.
8 – And when evening came, the lord of the vine-garden said to his manager, Let the workers come, and give them their payment, from the last to the first.
9 – And when those men came who had gone to work at the eleventh hour, they were given every man a penny.
10 – Then those who came first had the idea that they would get more; and they, like the rest, were given a penny.
11 – And when they got it, they made a protest against the master of the house,
12 – Saying, These last have done only one hour´s work, and you have made them equal to us, who have undergone the hard work of the day and the burning heat.
13 – But he in answer said to one of them, Friend, I do you no wrong: did you not make an agreement with me for a penny?
14 – Take what is yours, and go away; it is my pleasure to give to this last, even as to you.
15 – Have I not the right to do as seems good to me in my house? or is your eye evil, because I am good?
16 – So the last will be first, and the first last.
17 – And when Jesus was going up to Jerusalem, he took the twelve disciples on one side, and said to them,
18 – See, we go up to Jerusalem; and the Son of man will be given into the hands of the chief priests and scribes; and they will give orders for him to be put to death,
19 – And will give him up to the Gentiles to be made sport of and to be whipped and to be put to death on the cross: and the third day he will come back again from the dead.
20 – Then the mother of the sons of Zebedee came to him with her sons, giving him worship and making a request of him.
21 – And he said to her, What is your desire? She says to him, Let my two sons be seated, the one at your right hand, and the other at your left, in your kingdom.
22 – But Jesus made answer and said, You have no idea what you are requesting. Are you able to take of the cup which I am about to take?
23 – They say to him, We are able. He says to them, Truly, you will take of my cup: but to be seated at my right hand and at my left is not for me to give, but it is for those for whom my Father has made it ready.
24 – And when it came to the ears of the ten, they were angry with the two brothers.
25 – But Jesus said to them, You see that the rulers of the Gentiles are lords over them, and their great ones have authority over them.
26 – Let it not be so among you: but if anyone has a desire to become great among you, let him be your servant;
27 – And whoever has a desire to be first among you, let him take the lowest place:
28 – Even as the Son of man did not come to have servants, but to be a servant, and to give his life for the salvation of men.
29 – And when they were going out from Jericho, a great number went after him.
30 – And two blind men seated by the wayside, when they had the news that Jesus was going by, gave a loud cry, saying, Lord, Son of David, have mercy on us.
31 – And the people gave them orders to be quiet; but they went on crying even louder, Lord, Son of David, have mercy on us.
32 – And Jesus, stopping, sent for them, and said, What would you have me do to you?
33 – They say to him, Lord, that our eyes may be open.
34 – And Jesus, being moved with pity, put his fingers on their eyes: and straight away they were able to see, and went after him.

Na graça de nosso Senhor Jesus,

Daniel Gavin
Diretor Geral – Ellen White Books
http://www.ellenwhite.com.br/
http://www.ellenwhitebooks.com/
http://www.ellenwhite.es/
http://www.ellenwhitebooks.es/

Esse post foi publicado em Não categorizado. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s