MEDITAÇÃO – MENSAGENS – ANO BÍBLICO

– Meditação Matinal de EGW (Português).:

Vislumbres da Manhã Cheia de Esplendor

“Porque assim como o relâmpago sai do oriente o se mostra até no ocidente, assim há de ser a vinda do Filho do homem”. S. Mat. 24:27.
Surge logo no Oriente uma pequena nuvem negra, aproximadamente da metade do tamanho da mão de um homem. É a nuvem que rodeia o Salvador, e que, a distância, parece estar envolta em trevas. O povo de Deus sabe ser esse o sinal do Filho do Homem. Em solene silêncio fitam-na enquanto se aproxima da Terra, mais e mais brilhante e gloriosa, até se tornar grande nuvem branca, mostrando na base uma glória semelhante ao foco consumidor e encimada pelo arco-íris do concerto. Jesus, na nuvem, avança como poderoso vencedor. Agora, não como “Homem de dores”, para sorver o amargo cálix da ignomínia e miséria, vem Ele vitorioso no Céu e na Terra para julgar os vivos e os mortos. “Fiel e verdadeiro”, Ele “julga e peleja em justiça”. E seguiram-no os exércitos no Céu”. Apoc. 19:11 e 14. Com antífonas de melodia celestial, os santos anjos, em vasta e inumerável multidão, acompanham-no em Seu avanço. O firmamento parece repleto de formas radiantes – milhares de milhares, milhões de milhões. Nenhuma pena humana pode descrever esta cena, mente alguma mortal é apta para conceber seu esplendor. “A Sua glória cobriu os céus, e a Terra encheu-se do Seu louvar. E o Seu resplendor era como a luz”. Habacuque 3:3 e 4. Aproximando-se ainda mais a nuvem viva, todos os olhos contemplam o Príncipe da vida. Nenhuma coroa de espinhos agora desfigura a sagrada cabeça, mas um diadema de glória repousa sobre a santa fronte. O semblante divino irradia o fulgor deslumbrante do Sol meridiano. “E no vestido e na Sua coxa tem escrito este nome: Rei dos reis e Senhor dos senhores”. Apoc. 19: 16. – GC, 638 e 639.
De cabeça erguida, brilhando sobre eles os resplandecentes raios do Sol da Justiça, regozijando-se porque se aproxima sua redenção, [os santos vivos] saem ao encontro do Esposo, dizendo: “Eis que Este é o nosso Deus, a quem aguardava-mos, e Ele nos salvará”. – Nossa Alta Vocação, p. 365.
Ano Bíblico- S. Mat. 8-10. Juvenis – S. Luc. 13.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=100&p=286

– Meditação Matinal de EGW (Espanhol).:

DESTELLOS DE UN DORADO AMANECER

Porque como el relámpago que sale del oriente y se muestra hasta el occidente, así será también la venida del Hijo del Hombre. Mat. 24:27.
Mientras todo el mundo esté sumido en tinieblas, habrá luz en toda morada de los santos. Percibirán la primera vislumbre de su segunda aparición.(22)
Pronto aparece en el este una pequeña nube negra, de un tamaño como la mitad de la palma de la mano. Es la nube que envuelve al Salvador y que a la distancia parece rodeada de obscuridad. El pueblo de Dios sabe que es la señal del Hijo del hombre. En silencio solemne la contemplan mientras va acercándose a la tierra, volviéndose más luminosa y más gloriosa hasta convertirse en una gran nube blanca, cuya base es como fuego consumidor, y sobre ella el arco iris del pacto. Jesús marcha al frente como un gran conquistador. Ya no es “varón de dolores”, que haya de beber el amargo cáliz de la ignominia y de la maldición; victorioso en el cielo y en la tierra, viene a juzgar a vivos y muertos. “Fiel y veraz”, “en justicia juzga y hace guerra”. “Y los ejércitos que están en el cielo le seguían” (Apoc. 19: 11, 14, VM). Con cantos celestiales los santos ángeles, en inmensa e innumerable muchedumbre, le acompañan en el descenso. El firmamento parece lleno de formas radiantes, “millones
de millones, y millares de millares”. Ninguna pluma humana puede describir la escena ni mente mortal alguna es capaz de concebir su esplendor. “Su gloria cubre los cielos, y la tierra se llena de su alabanza. También su resplandor es como fuego” (Hab. 3: 3, 4, VM). A medida que va acercándose la nube viviente, todos los ojos ven al Príncipe de la vida. Ninguna corona de espinas hiere ya sus sagradas sienes, ceñidas ahora por gloriosa diadema. Su rostro brilla más que la luz deslumbradora del sol de mediodía. “Y en su vestidura y en su muslo tiene escrito este nombre: Rey de reyes y Señor de señores” (Apoc. 19: 16).(23)
Con las cabezas levantadas, con los brillantes rayos del sol de justicia refulgiendo sobre ellos, regocijándose porque su redención está cerca [los santos vivos] salen en busca del Esposo, diciendo: “He aquí, éste es nuestro Dios, le hemos esperado, y nos salvará” (Isa. 25:9) (24)

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=101&p=286

– Meditação Matinal de EGW (Inglês).:

October 7 – Gleams of the Golden Morning

For as the lightning cometh out of the east, and shineth even unto the west; so shall also the coming of the Son of man be. Matt. 24:27.
While all the world is plunged in darkness, there will be light in every dwelling of the saints. They will catch the first light of His second appearing. {Mar 288.1}
Soon there appears in the east a small black cloud, about half the size of a man”s hand. It is the cloud which surrounds the Saviour and which seems in the distance to be shrouded in darkness. The people of God know this to be the sign of the Son of man. In solemn silence they gaze upon it as it draws nearer the earth, becoming lighter and more glorious, until it is a great white cloud, its base a glory like consuming fire, and above it the rainbow of the covenant. Jesus rides forth as a mighty conqueror. Not now a “man of sorrows,” to drink the bitter cup of shame and woe, He comes, victor in heaven and earth, to judge the living and the dead. “Faithful and True,” “in righteousness he doth judge and make war.” And “the armies which were in heaven” (Revelation 19:11, 14) follow Him. With anthems of celestial melody the holy angels, a vast, unnumbered throng, attend Him on His way. The firmament seems filled with radiant forms–“ten thousand times ten thousand, and thousands o
f thousands.” No human pen can portray the scene; no mortal mind is adequate to conceive its splendour. “His glory covered the heavens, and the earth was full of his praise. And his brightness was as the light.” Habakkuk 3:3, 4. As the living cloud comes still nearer, every eye beholds the Prince of life. No crown of thorns now mars that sacred head; but a diadem of glory rests on His holy brow. His countenance outshines the dazzling brightness of the noonday sun. “And he hath on his vesture and on his thigh a name written, King of Kings, and Lord of Lords.” Revelation 19:16. {Mar 288.2}
With uplifted heads, with the bright beams of the Sun of Righteousness shining upon them, with rejoicing that their redemption draweth nigh, they [the living saints], go forth to meet the Bridegroom, saying. “Lo, this is our God; we have waited for him, and he will save us.” {Mar 288.3}

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=129&p=286

Na graça de nosso Senhor Jesus,

Daniel Gavin
Diretor Geral – Ellen White Books
http://www.ellenwhite.com.br/
http://www.ellenwhitebooks.com/
http://www.ellenwhite.es/
http://www.ellenwhitebooks.es/

– Mensagens para Evangelistas.:

“O campo é o mundo.” Mat. 13:38. Compreendemos melhor o que essa declaração abrange do que o fizeram os apóstolos que receberam a comissão de pregar o evangelho. O mundo todo é um vasto campo missionário, e nós, que temos conhecido há longo tempo a mensagem evangélica, deveríamos ser animados do pensamento de que lugares outrora de tão difícil acesso são agora facilmente penetrados. Países até agora fechados ao evangelho estão abrindo as portas, e suplicando que se lhes explique a Palavra de Deus. Reis e príncipes estão abrindo portas longamente cerradas, convidando os arautos da cruz para entrar. A seara é na verdade grande. Somente a eternidade há de revelar os resultados dos bem dirigidos esforços agora feitos. Obreiros Evangélicos, pág. 27.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=49&p=27

– Mensagens para Jovens.:

Eu vos digo, jovens, que vos acauteleis; porque não podeis fazer coisa alguma que não seja aberta aos olhos dos anjos de Deus. Não podeis praticar uma ação má, sem que outros sejam afetados por ela. Enquanto vosso procedimento revela que espécie de material é empregado na formação de vosso próprio caráter, exerce também uma poderosa influência sobre os outros. Nunca percais de vista o fato de que pertenceis a Deus, de que fostes comprados por preço e de que precisais prestar contas a Ele de todos os talentos que vos confiou. Ninguém cuja mão esteja manchada com pecado, ou cujo coração não seja reto para com Deus, deve ter qualquer parte na colportagem; porque tais pessoas haverão de, certamente, desonrar a causa da verdade. Os que são obreiros no campo missionário, precisam de Deus para os guiar. Devem ser cuidadosos para começar direito, e então prosseguir calma e firmemente no caminho da retidão. O Colportor Evangelista, pág. 53.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=43&p=53

– Mensagens para Namorados.:

Mas mesmo se assumistes compromisso, sem conhecerdes plenamente o caráter da pessoa com quem vos pretendeis unir, não penseis que o compromisso torne uma positiva necessidade fazerdes o voto de matrimônio, e vos ligardes por toda a vida a uma pessoa que não podeis amar nem respeitar. Sede muito cuidadosos em como fazeis compromissos condicionais; mas melhor, muito melhor, é quebrardes o compromisso antes do casamento do que vos separardes depois, como muitos fazem. Mensagens aos Jovens, págs. 449 e 450.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=6&p=449

– Mensagens para Pais.:

Ao mesmo tempo em que muitos pais erram no lado da condescendência, outros vão ao extremo oposto, governando os filhos com vara de ferro. Parecem esquecer-se de que eles mesmos já foram crianças. São cheios de si, frios e sem simpatia. A jovialidade e caprichos infantis e a incansável atividade da vida juvenil não têm desculpas aos seus olhos. Faltas triviais são tratadas como se fossem graves pecados. Tal disciplina não é segundo a maneira de Cristo. As crianças assim ensinadas temem os pais, mas não os amam; não lhes confiam suas experiências infantis. Algumas das mais valiosas qualidades de espírito e coração morrem enregeladas, como tenra planta diante da rajada hibernal. Conselhos aos Pais, Professores e Estudantes, pág. 113.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=37&p=113

– Mensagens sobre Escola Sabatina.:

Pais, separai um período de tempo cada dia para o estudo da lição da Escola Sabatina com vossos filhos. Deixai a visita de sociabilidade, se necessário for, de preferência a sacrificar a hora dedicada às lições de história sagrada. Tanto pais como filhos receberão benefício desse estudo. Confiem-se à memória as passagens mais importantes da Escritura ligadas à lição, e isso não como uma tarefa, mas como um privilégio. Embora a princípio a memória seja deficiente, ganhará força pelo exercício, de modo que depois de algum tempo vos deleitareis em assim armazenar as palavras da verdade. E tal hábito se demonstrará um valiosíssimo auxílio no crescimento espiritual. Conselhos aos Pais, Professores e Estudantes, págs. 137 e 138.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=37&p=137

– Mensagens sobre Saúde.:

Em vossa associação com incrédulos não vos permitais desviar-vos dos retos princípios. Se vos sentais à sua mesa, comei com temperança e só alimento que não confunda a mente. Guardai-vos da intemperança. Não podeis enfraquecer vossas faculdades mentais ou físicas, sem vos tornardes incapazes para discernir as coisas espirituais. Conservai a mente em tal estado que Deus possa impressioná-la com as preciosas verdades de Sua Palavra. O Colportor-Evangelista, pág. 66.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=43&p=66

Na graça de nosso Senhor Jesus,

Daniel Gavin
Diretor Geral – Ellen White Books
http://www.ellenwhite.com.br/
http://www.ellenwhitebooks.com/
http://www.ellenwhite.es/
http://www.ellenwhitebooks.es/

– Ano Bíblico (Português).:

Livro de Mateus

Capítulo 8

1 – Quando Jesus desceu do monte, grandes multidões o seguiam.
2 – E eis que veio um leproso e o adorava, dizendo: Senhor, se quiseres, podes tornar-me limpo.
3 – Jesus, pois, estendendo a mão, tocou-o, dizendo: Quero; sê limpo. No mesmo instante ficou purificado da sua lepra.
4 – Disse-lhe então Jesus: Olha, não contes isto a ninguém; mas vai, mostra-te ao sacerdote, e apresenta a oferta que Moisés determinou, para lhes servir de testemunho.
5 – Tendo Jesus entrado em Cafarnaum, chegou-se a ele um centurião que lhe rogava, dizendo:
6 – Senhor, o meu criado jaz em casa paralítico, e horrivelmente atormentado.
7 – Respondeu-lhe Jesus: Eu irei, e o curarei.
8 – O centurião, porém, replicou-lhe: Senhor, não sou digno de que entres debaixo do meu telhado; mas somente dize uma palavra, e o meu criado há de sarar.
9 – Pois também eu sou homem sujeito à autoridade, e tenho soldados às minhas ordens; e digo a este: Vai, e ele vai; e a outro: Vem, e ele vem; e ao meu servo: Faze isto, e ele o faz.
10 – Jesus, ouvindo isso, admirou-se, e disse aos que o seguiam: Em verdade vos digo que a ninguém encontrei em Israel com tamanha fé.
11 – Também vos digo que muitos virão do oriente e do ocidente, e reclinar-se-ão à mesa de Abraão, Isaque e Jacó, no reino dos céus;
12 – mas os filhos do reino serão lançados nas trevas exteriores; ali haverá choro e ranger de dentes.
13 – Então disse Jesus ao centurião: Vai-te, e te seja feito assim como creste. E naquela mesma hora o seu criado sarou.
14 – Ora, tendo Jesus entrado na casa de Pedro, viu a sogra deste de cama; e com febre.
15 – E tocou-lhe a mão, e a febre a deixou; então ela se levantou, e o servia.
16 – Caída a tarde, trouxeram-lhe muitos endemoninhados; e ele com a sua palavra expulsou os espíritos, e curou todos os enfermos;
17 – para que se cumprisse o que fora dito pelo profeta Isaías: Ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e levou as nossas doenças.
18 – Vendo Jesus uma multidão ao redor de si, deu ordem de partir para o outro lado do mar.
19 – E, aproximando-se um escriba, disse-lhe: Mestre, seguir-te-ei para onde quer que fores.
20 – Respondeu-lhe Jesus: As raposas têm covis, e as aves do céu têm ninhos; mas o Filho do homem não tem onde reclinar a cabeça.
21 – E outro de seus discípulos lhe disse: Senhor, permite-me ir primeiro sepultar meu pai.
22 – Jesus, porém, respondeu-lhe: Segue-me, e deixa os mortos sepultar os seus próprios mortos.
23 – E, entrando ele no barco, seus discípulos o seguiram.
24 – E eis que se levantou no mar tão grande tempestade que o barco era coberto pelas ondas; ele, porém, estava dormindo.
25 – Os discípulos, pois, aproximando-se, o despertaram, dizendo: Salva-nos, Senhor, que estamos perecendo.
26 – Ele lhes respondeu: Por que temeis, homens de pouca fé? Então, levantando-se repreendeu os ventos e o mar, e seguiu-se grande bonança.
27 – E aqueles homens se maravilharam, dizendo: Que homem é este, que até os ventos e o mar lhe obedecem?
28 – Tendo ele chegado ao outro lado, à terra dos gadarenos, saíram-lhe ao encontro dois endemoninhados, vindos dos sepulcros; tão ferozes eram que ninguém podia passar por aquele caminho.
29 – E eis que gritaram, dizendo: Que temos nós contigo, Filho de Deus? Vieste aqui atormentar-nos antes do tempo?
30 – Ora, a alguma distância deles, andava pastando uma grande manada de porcos.
31 – E os demônios rogavam-lhe, dizendo: Se nos expulsas, manda-nos entrar naquela manada de porcos.
32 – Disse-lhes Jesus: Ide. Então saíram, e entraram nos porcos; e eis que toda a manada se precipitou pelo despenhadeiro no mar, perecendo nas águas.
33 – Os pastores fugiram e, chegando à cidade, divulgaram todas estas coisas, e o que acontecera aos endemoninhados.
34 – E eis que toda a cidade saiu ao encontro de Jesus; e vendo-o, rogaram-lhe que se retirasse dos seus termos.

Capítulo 9

1 – E entrando Jesus num barco, passou para o outro lado, e chegou à sua própria cidade.
2 – E eis que lhe trouxeram um paralítico deitado num leito. Jesus, pois, vendo-lhes a fé, disse ao paralítico: Tem ânimo, filho; perdoados são os teus pecados.
3 – E alguns dos escribas disseram consigo: Este homem blasfema.
4 – Mas Jesus, conhecendo-lhes os pensamentos, disse: Por que pensais o mal em vossos corações?
5 – Pois qual é mais fácil? dizer: Perdoados são os teus pecados, ou dizer: Levanta-te e anda?
6 – Ora, para que saibais que o Filho do homem tem sobre a terra autoridade para perdoar pecados (disse então ao paralítico): Levanta-te, toma o teu leito, e vai para tua casa.
7 – E este, levantando-se, foi para sua casa.
8 – E as multidões, vendo isso, temeram, e glorificaram a Deus, que dera tal autoridade aos homens.
9 – Partindo Jesus dali, viu sentado na coletoria um homem chamado Mateus, e disse-lhe: Segue-me. E ele, levantando-se, o seguiu.
10 – Ora, estando ele à mesa em casa, eis que chegaram muitos publicanos e pecadores, e se reclinaram à mesa juntamente com Jesus e seus discípulos.
11 – E os fariseus, vendo isso, perguntavam aos discípulos: Por que come o vosso Mestre com publicanos e pecadores?
12 – Jesus, porém, ouvindo isso, respondeu: Não necessitam de médico os sãos, mas sim os enfermos.
13 – Ide, pois, e aprendei o que significa: Misericórdia quero, e não sacrifícios. Porque eu não vim chamar justos, mas pecadores.
14 – Então vieram ter com ele os discípulos de João, perguntando: Por que é que nós e os fariseus jejuamos, mas os teus discípulos não jejuam?
15 – Respondeu-lhes Jesus: Podem porventura ficar tristes os convidados às núpcias, enquanto o noivo está com eles? Dias virão, porém, em que lhes será tirado o noivo, e então hão de jejuar.
16 – Ninguém põe remendo de pano novo em vestido velho; porque semelhante remendo tira parte do vestido, e faz-se maior a rotura.
17 – Nem se deita vinho novo em odres velhos; do contrário se rebentam, derrama-se o vinho, e os odres se perdem; mas deita-se vinho novo em odres novos, e assim ambos se conservam.
18 – Enquanto ainda lhes dizia essas coisas, eis que chegou um chefe da sinagoga e o adorou, dizendo: Minha filha acaba de falecer; mas vem, impõe-lhe a tua mão, e ela viverá.
19 – Levantou-se, pois, Jesus, e o foi seguindo, ele e os seus discípulos.
20 – E eis que certa mulher, que havia doze anos padecia de uma hemorragia, chegou por detrás dele e tocou-lhe a orla do manto;
21 – porque dizia consigo: Se eu tão-somente tocar-lhe o manto, ficarei sã.
22 – Mas Jesus, voltando-se e vendo-a, disse: Tem ânimo, filha, a tua fé te salvou. E desde aquela hora a mulher ficou sã.
23 – Quando Jesus chegou à casa daquele chefe, e viu os tocadores de flauta e a multidão em alvoroço,
24 – disse; Retirai-vos; porque a menina não está morta, mas dorme. E riam-se dele.
25 – Tendo-se feito sair o povo, entrou Jesus, tomou a menina pela mão, e ela se levantou.
26 – E espalhou-se a notícia disso por toda aquela terra.
27 – Partindo Jesus dali, seguiram-no dois cegos, que clamavam, dizendo: Tem compaixão de nós, Filho de Davi.
28 – E, tendo ele entrado em casa, os cegos se aproximaram dele; e Jesus perguntou-lhes: Credes que eu posso fazer isto? Responderam-lhe eles: Sim, Senhor.
29 – Então lhes tocou os olhos, dizendo: Seja-vos feito segundo a vossa fé.
30 – E os olhos se lhes abriram. Jesus ordenou-lhes terminantemente, dizendo: Vede que ninguém o saiba.
31 – Eles, porém, saíram, e divulgaram a sua fama por toda aquela terra.
32 – Enquanto esses se retiravam, eis que lhe trouxeram um homem mudo e endemoninhado.
33 – E, expulso o demônio, falou o mudo e as multidões se admiraram, dizendo: Nunca tal se viu em Israel.
34 – Os fariseus, porém, diziam: É pelo príncipe dos demônios que ele expulsa os demônios.
35 – E percorria Jesus todas as cidades e aldeias, ensinando nas sinagogas, pregando o evangelho do reino, e curando toda sorte de doenças e enfermidades.
36 – Vendo ele as multidões, compadeceu-se delas, porque andavam desgarradas e errantes, como ovelhas que não têm pastor.
37 – Então disse a seus discípulos: Na verdade, a seara é grande, mas os trabalhadores são poucos.
38 – Rogai, pois, ao Senhor da seara que mande trabalhadores para a sua seara.

Capítulo 10

1 – E, chamando a si os seus doze discípulos, deu-lhes autoridade sobre os espíritos imundos, para expulsarem, e para curarem toda sorte de doenças e enfermidades.
2 – Ora, os nomes dos doze apóstolos são estes: primeiro, Simão, chamado Pedro, e André, seu irmão; Tiago, filho de Zebedeu, e João, seu irmão;
3 – Felipe e Bartolomeu; Tomé e Mateus, o publicano; Tiago, filho de Alfeu, e Tadeu;
4 – Simão Cananeu, e Judas Iscariotes, aquele que o traiu.
5 – A estes doze enviou Jesus, e ordenou-lhes, dizendo: Não ireis aos gentios, nem entrareis em cidade de samaritanos;
6 – mas ide antes às ovelhas perdidas da casa de Israel;
7 – e indo, pregai, dizendo: É chegado o reino dos céus.
8 – Curai os enfermos, ressuscitai os mortos, limpai os leprosos, expulsai os demônios; de graça recebestes, de graça dai.
9 – Não vos provereis de ouro, nem de prata, nem de cobre, em vossos cintos;
10 – nem de alforje para o caminho, nem de duas túnicas, nem de alparcas, nem de bordão; porque digno é o trabalhador do seu alimento.
11 – Em qualquer cidade ou aldeia em que entrardes, procurai saber quem nela é digno, e hospedai-vos aí até que vos retireis.
12 – E, ao entrardes na casa, saudai-a;
13 – se a casa for digna, desça sobre ela a vossa paz; mas, se não for digna, torne para vós a vossa paz.
14 – E, se ninguém vos receber, nem ouvir as vossas palavras, saindo daquela casa ou daquela cidade, sacudi o pó dos vossos pés.
15 – Em verdade vos digo que, no dia do juízo, haverá menos rigor para a terra de Sodoma e Gomorra do que para aquela cidade.
16 – Eis que vos envio como ovelhas ao meio de lobos; portanto, sede prudentes como as serpentes e simples como as pombas.
17 – Acautelai-vos dos homens; porque eles vos entregarão aos sinédrios, e vos açoitarão nas suas sinagogas;
18 – e por minha causa sereis levados à presença dos governadores e dos reis, para lhes servir de testemunho, a eles e aos gentios.
19 – Mas, quando vos entregarem, não cuideis de como, ou o que haveis de falar; porque naquela hora vos será dado o que haveis de dizer.
20 – Porque não sois vós que falais, mas o Espírito de vosso Pai é que fala em vós.
21 – Um irmão entregará à morte a seu irmão, e um pai a seu filho; e filhos se levantarão contra os pais e os matarão.
22 – E sereis odiados de todos por causa do meu nome, mas aquele que perseverar até o fim, esse será salvo.
23 – Quando, porém, vos perseguirem numa cidade, fugi para outra; porque em verdade vos digo que não acabareis de percorrer as cidades de Israel antes que venha o Filho do homem.
24 – Não é o discípulo mais do que o seu mestre, nem o servo mais do que o seu senhor.
25 – Basta ao discípulo ser como seu mestre, e ao servo como seu senhor. Se chamaram Belzebu ao dono da casa, quanto mais aos seus domésticos?
26 – Portanto, não os temais; porque nada há encoberto que não haja de ser descoberto, nem oculto que não haja de ser conhecido.
27 – O que vos digo às escuras, dizei-o às claras; e o que escutais ao ouvido, dos eirados pregai-o.
28 – E não temais os que matam o corpo, e não podem matar a alma; temei antes aquele que pode fazer perecer no inferno tanto a alma como o corpo.
29 – Não se vendem dois passarinhos por um asse? e nenhum deles cairá em terra sem a vontade de vosso Pai.
30 – E até mesmo os cabelos da vossa cabeça estão todos contados.
31 – Não temais, pois; mais valeis vós do que muitos passarinhos.
32 – Portanto, todo aquele que me confessar diante dos homens, também eu o confessarei diante de meu Pai, que está nos céus.
33 – Mas qualquer que me negar diante dos homens, também eu o negarei diante de meu Pai, que está nos céus.
34 – Não penseis que vim trazer paz à terra; não vim trazer paz, mas espada.
35 – Porque eu vim pôr em dissensão o homem contra seu pai, a filha contra sua mãe, e a nora contra sua sogra;
36 – e assim os inimigos do homem serão os da sua própria casa.
37 – Quem ama o pai ou a mãe mais do que a mim não é digno de mim; e quem ama o filho ou a filha mais do que a mim não é digno de mim.
38 – E quem não toma a sua cruz, e não segue após mim, não é digno de mim.
39 – Quem achar a sua vida perdê-la-á, e quem perder a sua vida por amor de mim achá-la-á.
40 – Quem vos recebe, a mim me recebe; e quem me recebe a mim, recebe aquele que me enviou.
41 – Quem recebe um profeta na qualidade de profeta, receberá a recompensa de profeta; e quem recebe um justo na qualidade de justo, receberá a recompensa de justo.
42 – E aquele que der até mesmo um copo de água fresca a um destes pequeninos, na qualidade de discípulo, em verdade vos digo que de modo algum perderá a sua recompensa.

– Pergunta sobre o Ano Bíblico.:

Como se chamava o irmão de Tiago, discípulo de Jesus?
Resposta: João (Mateus 10:2)

– Curiosidades Bíblicas.:

Onde se lê na Bíblia o nome de um estado brasileiro e de sua capital?
Resposta: Pará : Josué 18:23 e Belém : Josué 19:15.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/biblia.asp?lista=1&livro=6&capitulo=19

– Versos Bíblicos.:

Regozijai-vos sempre no Senhor; outra vez digo, regozijai-vos. Filipenses 4:4

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/biblia.asp?lista=1&livro=50&capitulo=4&verso=4

– Ano Bíblico (Espanhol).:

Libro de Mateus

Capítulo 8

1 – Cuando Descendió del monte, le Siguió mucha gente.
2 – Y he Aquí vino un leproso y se Postró ante él diciendo: –¡Señor, si quieres, puedes limpiarme!
3 – Jesús Extendió la mano y le Tocó diciendo: –Quiero. ¡Sé limpio! Y al instante Quedó limpio de la lepra.
4 – Entonces Jesús le dijo: –Mira, no lo digas a nadie; pero vé, muéstrate al sacerdote y ofrece la ofrenda que Mandó Moisés, para testimonio a ellos.
5 – Cuando Jesús Entró en Capernaúm, vino a él un Centurión y le Rogó
6 – diciendo: –Señor, mi criado Está postrado en casa, Paralítico, y sufre terribles dolores.
7 – Y le dijo: –Yo iré y le sanaré.
8 – Respondió el Centurión y dijo: –Señor, yo no soy digno de que entres bajo mi techo. Solamente di la palabra, y mi criado Será sanado.
9 – Porque yo también soy un hombre bajo autoridad y tengo soldados bajo mi mando. Si digo a éste: “Vé”, él va; si digo al otro: “Ven”, él viene; y si digo a mi siervo: “Haz esto”, él lo hace.
10 – Cuando Jesús Oyó esto, se Maravilló y dijo a los que le Seguían: –De cierto os digo que no he hallado tanta fe en ninguno en Israel.
11 – Y os digo que muchos Vendrán del oriente y del occidente y se Sentarán con Abraham, Isaac y Jacob en el reino de los cielos,
12 – pero los hijos del reino Serán echados a las tinieblas de afuera. Allí Habrá llanto y crujir de dientes.
13 – Entonces Jesús dijo al Centurión: –Vé, y como Creíste te sea hecho. Y su criado fue sanado en aquella hora.
14 – Entró Jesús en la casa de Pedro, y vio que su suegra estaba postrada en cama con fiebre.
15 – El le Tocó la mano, y la fiebre la Dejó. Luego ella se Levantó y Comenzó a servirle.
16 – Al atardecer, trajeron a él muchos endemoniados. Con su palabra Echó fuera a los Espíritus y Sanó a todos los enfermos,
17 – de modo que se cumpliese lo dicho por medio del profeta Isaías, quien dijo: El mismo Tomó nuestras debilidades y Cargó con nuestras enfermedades.
18 – Cuando se vio rodeado de una multitud, Jesús Mandó que pasasen a la otra orilla.
19 – Entonces se le Acercó un escriba y le dijo: –Maestro, te seguiré a dondequiera que Tú vayas.
20 – Jesús le dijo: –Las zorras tienen cuevas, y las aves del cielo tienen nidos, pero el Hijo del Hombre no tiene Dónde recostar la cabeza.
21 – Otro de sus Discípulos le dijo: –Señor, Permíteme que primero vaya y entierre a mi padre.
22 – Pero Jesús le dijo: –Sígueme y deja que los muertos entierren a sus muertos.
23 – El Entró en la barca, y sus Discípulos le siguieron.
24 – Y de repente se Levantó una tempestad tan grande en el mar que las olas Cubrían la barca, pero él Dormía.
25 – Y Acercándose, le despertaron diciendo: –¡Señor, Sálvanos, que perecemos!
26 – Y él les dijo: –¿Por qué Estáis miedosos, hombres de poca fe? Entonces se Levantó y Reprendió a los vientos y al mar, y se hizo grande bonanza.
27 – Los hombres se maravillaron y Decían: –¿Qué clase de hombre es éste, que hasta los vientos y el mar le obedecen?
28 – Una vez llegado a la otra orilla, a la Región de los gadarenos, le vinieron al encuentro dos endemoniados que Habían salido de los sepulcros. Eran violentos en extremo, tanto que nadie Podía pasar por aquel camino.
29 – Y he Aquí, ellos lanzaron gritos diciendo: –¿Qué tienes con nosotros, Hijo de Dios? ¿Has venido Acá para atormentarnos antes de tiempo?
30 – Lejos de ellos estaba paciendo un gran hato de cerdos,
31 – y los demonios le rogaron diciendo: –Si nos echas fuera, Envíanos a aquel hato de cerdos.
32 – El les dijo: –¡Id! Ellos salieron y se fueron a los cerdos, y he Aquí todo el hato de cerdos se Lanzó al mar por un despeñadero, y murieron en el agua.
33 – Los que apacentaban los cerdos huyeron, se fueron a la ciudad y lo contaron todo, aun lo que Había pasado a los endemoniados.
34 – Y he Aquí, toda la ciudad Salió al encuentro de Jesús; y cuando le vieron, le rogaban que se fuera de sus territorios.

Capítulo 9

1 – Habiendo entrado en la barca, Jesús Pasó a la otra orilla y Llegó a su propia ciudad.
2 – Entonces le trajeron un Paralítico tendido sobre una camilla. Y viendo Jesús la fe de ellos, dijo al Paralítico: –Ten ánimo, hijo; tus pecados te son perdonados.
3 – He Aquí, algunos de los escribas dijeron entre Sí: –¡Este blasfema!
4 – Y conociendo Jesús sus pensamientos, les dijo: –¿Por qué Pensáis mal en vuestros corazones?
5 – Porque, ¿qué es Más Fácil decir: “Tus pecados te son perdonados” o decir: “Levántate y anda”?
6 – Pero para que Sepáis que el Hijo del Hombre tiene autoridad para perdonar pecados en la tierra, –entonces dijo al Paralítico–: ¡Levántate; toma tu camilla y vete a tu casa!
7 – Y se Levantó y se fue a su casa.
8 – Cuando las multitudes vieron esto, temieron y glorificaron a Dios, quien Había dado semejante autoridad a los hombres.
9 – Pasando de Allí Más adelante, Jesús vio a un hombre llamado Mateo, sentado en el lugar de los tributos Públicos, y le dijo: “¡Sígueme!” Y él se Levantó y le Siguió.
10 – Sucedió que, estando Jesús sentado a la mesa en casa, he Aquí muchos publicanos y pecadores que Habían venido estaban sentados a la mesa con Jesús y sus Discípulos.
11 – Y cuando los fariseos le vieron, Decían a sus Discípulos: –¿Por qué come vuestro maestro con los publicanos y pecadores?
12 – Al Oírlo, Jesús les dijo: –Los sanos no tienen necesidad de médico, sino los que Están enfermos.
13 – Id, pues, y aprended qué significa: Misericordia quiero y no sacrificio. Porque yo no he venido para llamar a justos, sino a pecadores.
14 – Entonces los Discípulos de Juan fueron a Jesús y dijeron: –¿Por qué nosotros y los fariseos ayunamos frecuentemente, pero tus Discípulos no ayunan?
15 – Jesús les dijo: –¿Pueden tener luto los que Están de bodas mientras el novio Está con ellos? Pero Vendrán Días cuando el novio les Será quitado, y entonces Ayunarán.
16 – Nadie pone parche de tela nueva en vestido viejo, porque el parche tira del vestido y la rotura se hace peor.
17 – Tampoco echan vino nuevo en odres viejos, porque los odres se rompen, el vino se derrama, y los odres se echan a perder. Más bien, echan vino nuevo en odres nuevos, y ambos se conservan.
18 – Mientras él hablaba estas cosas, he Aquí vino un hombre principal y se Postró delante de él diciéndole: –Mi hija acaba de morir. Pero ven y pon tu mano sobre ella, y Vivirá.
19 – Jesús se Levantó y le Siguió con sus Discípulos.
20 – Y he Aquí una mujer que Sufría de hemorragia desde Hacía doce años, se le Acercó por Detrás y Tocó el borde de su manto;
21 – porque ella pensaba dentro de Sí: “Si solamente toco su vestido, seré sanada.”
22 – Pero Jesús, volviéndose y Mirándola, dijo: –Ten ánimo, hija, tu fe te ha salvado. Y la mujer fue sanada desde aquella hora.
23 – Cuando Jesús Llegó a la casa del principal y vio a los que tocaban las flautas y a la multitud que Hacía bullicio,
24 – les dijo: –Apartaos, porque la muchacha no ha muerto, sino que duerme. Y se burlaban de él.
25 – Cuando Habían sacado a la gente, él Entró y la Tomó de la mano; y la muchacha se Levantó.
26 – Y Salió esta noticia por toda aquella tierra.
27 – Mientras Jesús pasaba de Allí, le siguieron dos ciegos clamando a gritos y diciendo: –¡Ten misericordia de nosotros, hijo de David!
28 – Cuando él Llegó a la casa, los ciegos vinieron a él. Y Jesús les dijo: –¿Creéis que puedo hacer esto? Ellos dijeron: –Sí, Señor.
29 – Entonces les Tocó los ojos diciendo: –Conforme a vuestra fe os sea hecho.
30 – Y los ojos de ellos fueron abiertos. Entonces Jesús les Encargó rigurosamente diciendo: –Mirad que nadie lo sepa.
31 – Pero ellos salieron y difundieron su fama por toda aquella tierra.
32 – Mientras aquéllos Salían, he Aquí le trajeron un hombre mudo endemoniado.
33 – Y tan pronto fue echado fuera el demonio, el mudo Habló. Y las multitudes se maravillaban diciendo: –¡Nunca se ha visto semejante cosa en Israel!
34 – Pero los fariseos Decían: –Por el Príncipe de los demonios echa fuera los demonios.
35 – Jesús Recorría todas las ciudades y las aldeas, enseñando en sus sinagogas, predicando el evangelio del reino y sanando toda enfermedad y toda dolencia.
36 – Y cuando vio las multitudes, tuvo Compasión de ellas; porque estaban acosadas y desamparadas como ovejas que no tienen pastor.
37 – Entonces dijo a sus Discípulos: “A la verdad, la mies es mucha, pero los obreros son pocos.
38 – Rogad, pues, al Señor de la mies, que Envíe obreros a su mies.”

Capítulo 10

1 – Entonces Llamó a sus doce Discípulos y les dio autoridad sobre los Espíritus inmundos para echarlos fuera, y para sanar toda enfermedad y toda dolencia.
2 – Los nombres de los doce Apóstoles son éstos: primero Simón, llamado Pedro, y su hermano Andrés; también Jacobo hijo de Zebedeo, y su hermano Juan;
3 – Felipe y Bartolomé; Tomás y Mateo el publicano; Jacobo hijo de Alfeo, y Tadeo;
4 – Simón el cananita y Judas Iscariote, quien le Entregó.
5 – A estos doce los Envió Jesús, Dándoles instrucciones diciendo: “No Vayáis por los caminos de los gentiles, ni entréis en las ciudades de los samaritanos.
6 – Pero id, Más bien, a las ovejas perdidas de la casa de Israel.
7 – Y cuando Vayáis, predicad diciendo: “El reino de los cielos se ha acercado.”
8 – Sanad enfermos, resucitad muertos, limpiad leprosos, echad fuera demonios. De gracia habéis recibido; dad de gracia.
9 – “No os Proveáis ni de oro, ni de plata, ni de cobre en vuestros cintos.
10 – Tampoco llevéis bolsas para el camino, ni dos vestidos, ni zapatos, ni Bastón; porque el obrero es digno de su alimento.
11 – En cualquier ciudad o aldea donde entréis, averiguad quién en ella sea digno y quedaos Allí hasta que Salgáis.
12 – Al entrar en la casa, saludadla.
13 – Si la casa es digna, venga vuestra paz sobre ella. Pero si no es digna, vuelva vuestra paz a vosotros.
14 – Y en caso de que no os reciban ni escuchen vuestras palabras, salid de aquella casa o ciudad y sacudid el polvo de vuestros pies.
15 – De cierto os digo que en el Día del juicio Será Más tolerable para los de la tierra de Sodoma y de Gomorra, que para aquella ciudad.
16 – “He Aquí, yo os Envío como a ovejas en medio de lobos. Sed, pues, astutos como serpientes y sencillos como palomas.
17 – Guardaos de los hombres, porque os Entregarán a los tribunales y en sus sinagogas os Azotarán.
18 – Seréis llevados aun ante gobernadores y reyes por mi causa, para dar testimonio a ellos y a los gentiles.
19 – Pero cuando os entreguen, no os preocupéis de Cómo o qué hablaréis, porque os Será dado en aquella hora lo que habéis de decir.
20 – Pues no sois vosotros los que hablaréis, sino el Espíritu de vuestro Padre que Hablará en vosotros.
21 – “El hermano Entregará a muerte a su hermano, y el padre a su hijo. Se Levantarán los hijos contra sus padres y los Harán morir.
22 – Y seréis aborrecidos de todos por causa de mi nombre. Pero el que persevere hasta el fin, éste Será salvo.
23 – Y cuando os persigan en una ciudad, huid a la otra. Porque de cierto os digo que de Ningún modo acabaréis de recorrer todas las ciudades de Israel antes que venga el Hijo del Hombre.
24 – “El Discípulo no es Más que su maestro, ni el siervo Más que su señor.
25 – Bástale al Discípulo ser como su maestro, y al siervo como su señor. Si al padre de familia le llamaron Beelzebul, ¡Cuánto Más lo Harán a los de su casa!
26 – “Así que, no les Temáis. Porque no hay nada encubierto que no Será revelado, ni oculto que no Será conocido.
27 – Lo que os digo en privado, decidlo en Público; y lo que Oís al Oído, proclamadlo desde las azoteas.
28 – No Temáis a los que matan el cuerpo pero no pueden matar al alma. Más bien, temed a aquel que puede destruir tanto el alma como el cuerpo en el infierno.
29 – ¿Acaso no se venden dos pajaritos por un cuarto? Con todo, ni uno de ellos cae a tierra sin el consentimiento de vuestro Padre.
30 – Pues aun vuestros cabellos Están todos contados.
31 – Así que, no Temáis; Más valéis vosotros que muchos pajaritos.
32 – “Por tanto, a todo el que me confiese delante de los hombres, yo también le confesaré delante de mi Padre que Está en los cielos.
33 – Y a cualquiera que me niegue delante de los hombres, yo también le negaré delante de mi Padre que Está en los cielos.
34 – “No penséis que he venido para traer paz a la tierra. No he venido para traer paz, sino espada.
35 – Porque yo he venido para poner en Disensión al hombre contra su padre, a la hija contra su madre y a la nuera contra su suegra.
36 – Y los enemigos de un hombre Serán los de su propia casa.
37 – “El que ama a padre o a madre Más que a Mí no es digno de Mí, y el que ama a hijo o a hija Más que a Mí no es digno de Mí.
38 – El que no toma su cruz y sigue en pos de Mí no es digno de Mí.
39 – El que halla su vida la Perderá, y el que pierde su vida por mi causa la Hallará.
40 – “El que os recibe a vosotros a Mí me recibe, y el que me recibe a Mí recibe al que me Envió.
41 – El que recibe a un profeta porque es profeta, Recibirá recompensa de profeta; y el que recibe a un justo porque es justo, Recibirá recompensa de justo.
42 – Cualquiera que da a uno de estos pequeñitos un vaso de agua Fría solamente porque es mi Discípulo, de cierto os digo que Jamás Perderá su recompensa.”

– Ano Bíblico (Inglês).:

Book of Mateus

Chapter 8

1 – And when he had come down from the mountain, great numbers of people came after him.
2 – And a leper came and gave him worship, saying, Lord, if it is your pleasure, you have power to make me clean.
3 – And he put his hand on him, saying, It is my pleasure; be clean. And straight away he was made clean.
4 – And Jesus said to him, See that you say nothing about this to anyone; but go and let the priest see you and make the offering which was ordered by Moses, for a witness to them.
5 – And when Jesus was come into Capernaum, a certain captain came to him with a request,
6 – Saying, Lord, my servant is ill in bed at the house, with no power in his body, and in great pain.
7 – And he said to him, I will come and make him well.
8 – And the captain in answer said, Lord, I am not good enough for you to come under my roof; but only say the word, and my servant will be made well.
9 – Because I myself am a man under authority, having under me fighting men; and I say to this one, Go, and he goes; and to another, Come, and he comes; and to my servant, Do this, and he does it.
10 – And when these words came to the ears of Jesus he was surprised, and said to those who came after him, Truly I say to you, I have not seen such great faith, no, not in Israel.
11 – And I say to you that numbers will come from the east and the west, and will take their seats with Abraham and Isaac and Jacob, in the kingdom of heaven:
12 – But the sons of the kingdom will be put out into the dark, and there will be weeping and cries of pain.
13 – And Jesus said to the captain, Go in peace; as your faith is, so let it be done to you. And the servant was made well in that hour.
14 – And when Jesus had come into Peter´s house, he saw his wife´s mother in bed, very ill.
15 – And he put his hand on hers and the disease went from her, and she got up and took care of his needs.
16 – And in the evening, they took to him a number of people who had evil spirits; and he sent the spirits out of them with a word, and made well all who were ill;
17 – So that the word of Isaiah the prophet might come true: He himself took our pains and our diseases.
18 – Now when Jesus saw a great mass of people about him, he gave an order to go to the other side.
19 – And there came a scribe and said to him, Master, I will come after you wherever you go.
20 – And Jesus said to him, The foxes have holes, and the birds of heaven have a resting-place; but the Son of man has nowhere to put his head.
21 – And another of the disciples said to him, Lord, let me first go and give the last honours to my father.
22 – But Jesus said to him, Come after me; and let the dead take care of their dead.
23 – And when he had got into a boat, his disciples went after him.
24 – And there came up a great storm in the sea, so that the boat was covered with the waves: but he was sleeping.
25 – And they came to him, and, awaking him, said, Help, Lord; destruction is near.
26 – And he said to them, Why are you full of fear, O you of little faith? Then he got up and gave orders to the winds and the sea; and there was a great calm.
27 – And the men were full of wonder, saying, What sort of man is this, that even the winds and the sea do his orders?
28 – And when he had come to the other side, to the country of the Gadarenes, there came out to him from the place of the dead, two who had evil spirits, so violent that no man was able to go that way.
29 – And they gave a loud cry, saying, What have we to do with you, you Son of God? Have you come here to give us punishment before the time?
30 – Now there was, some distance away, a great herd of pigs taking their food.
31 – And the evil spirits made strong prayers to him, saying, If you send us out, let us go into the herd of pigs.
32 – And he said to them, Go. And they came out, and went into the pigs; and the herd went rushing down a sharp slope into the sea and came to their end in the water.
33 – And their keepers went in flight to the town and gave an account of everything, and of the men who had the evil spirits.
34 – And all the town came out to Jesus; and seeing him they made request that he would go away from their part of the country.

Chapter 9

1 – And he got into a boat and went across and came to his town.
2 – And they took to him a man stretched on a bed who had no power of moving; and Jesus, seeing their faith, said to the man who was ill, Son, take heart; you have forgiveness for your sins.
3 – And some of the scribes said among themselves, This man has no respect for God.
4 – And Jesus, having knowledge of what was in their minds, said, Why are your thoughts evil?
5 – For which is the simpler, to say, You have forgiveness for your sins; or to say, Get up and go?
6 – But so that you may see that on earth the Son of man has authority for the forgiveness of sins, (then said he to the man who was ill,) Get up, and take up your bed, and go to your house.
7 – And he got up and went away to his house.
8 – But when the people saw it they were full of fear, and gave glory to God who had given such authority to men.
9 – And when Jesus was going from there, he saw a man whose name was Matthew, seated at the place where taxes were taken; and he said to him, Come after me. And he got up and went after him.
10 – And it came about, when he was in the house taking food, that a number of tax-farmers and sinners came and took their places with Jesus and his disciples.
11 – And when the Pharisees saw it, they said to his disciples, Why does your Master take food with tax-farmers and sinners?
12 – But on hearing this he said, Those who are well have no need of a medical man, but those who are ill.
13 – But go and take to heart the sense of these words, My desire is for mercy, not offerings: for I have come not to get the upright, but sinners.
14 – Then the disciples of John came to him, saying, Why do we and the Pharisees frequently go without food, but your disciples do not?
15 – And Jesus said to them, Will the friends of the newly-married man be sad as long as he is with them? But the days will come when he will be taken away from them, and then will they go without food.
16 – And no man puts a bit of new cloth on an old coat, for by pulling away from the old, it makes a worse hole.
17 – And men do not put new wine into old wine-skins; or the skins will be burst and the wine will come out, and the skins are of no more use: but they put new wine into new wine-skins, and so the two will be safe.
18 – While he was saying these things to them, there came a ruler and gave him worship, saying, My daughter is even now dead; but come and put your hand on her, and she will come back to life.
19 – And Jesus got up and went after him, and so did his disciples.
20 – And a woman, who for twelve years had had a flow of blood, came after him, and put her hand on the edge of his robe:
21 – Because, she said to herself, if I may but put my hand on his robe, I will be made well.
22 – But Jesus, turning and seeing her, said, Daughter, take heart; your faith has made you well. And the woman was made well from that hour.
23 – And when Jesus came into the ruler´s house and saw the players with their instruments and the people making a noise,
24 – He said, Make room; for the girl is not dead, but sleeping. And they were laughing at him.
25 – But when the people were sent out, he went in and took her by the hand; and the girl got up.
26 – And the news of it went out into all that land.
27 – And when Jesus went on from there, two blind men came after him, crying out, Have mercy on us, you Son of David.
28 – And when he had come into the house, the blind men came to him; and Jesus said to them, Have you faith that I am able to do this? They said to him, Yes, Lord.
29 – Then he put his hand on their eyes, saying, As your faith is, let it be done to you.
30 – And their eyes were made open. And Jesus said to them sharply, Let no man have knowledge of it.
31 – But they went out and gave news of him in all that land.
32 – And while they were going away, there came to him a man without the power of talking, and with an evil spirit.
33 – And when the evil spirit had been sent out, the man had the power of talking: and they were all surprised, saying, Such a thing has never been seen in Israel.
34 – But the Pharisees said, By the ruler of evil spirits, he sends evil spirits out of men.
35 – And Jesus went about all the towns and small places, teaching in their Synagogues and preaching the good news of the kingdom and making well all sorts of disease and pain.
36 – But when he saw all the people he was moved with pity for them, because they were troubled and wandering like sheep without a keeper.
37 – Then he said to his disciples, There is much grain but not enough men to get it in.
38 – Make prayer, then, to the Lord of the grain-fields, that he may send out workers to get in his grain.

Chapter 10

1 – And he got together his twelve disciples and gave them the power of driving out unclean spirits, and of making well all sorts of disease and pain.
2 – Now the names of the twelve are these: The first, Simon, who is named Peter, and Andrew, his brother; James, the son of Zebedee, and John, his brother;
3 – Philip and Bartholomew; Thomas and Matthew, the tax-farmer; James, the son of Alphaeus, and Thaddaeus;
4 – Simon the Zealot, and Judas Iscariot, who was false to him.
5 – These twelve Jesus sent out and gave them orders, saying, Do not go among the Gentiles, or into any town of Samaria,
6 – But go to the wandering sheep of the house of Israel,
7 – And, on your way, say, The kingdom of heaven is near.
8 – Make well those who are ill, give life to the dead, make lepers clean, send evil spirits out of men; freely it has been given to you, freely give.
9 – Take no gold or silver or copper in your pockets;
10 – Take no bag for your journey and do not take two coats or shoes or a stick: for the workman has a right to his food.
11 – And into whatever town or small place you go, make search there for someone who is respected, and make his house your resting-place till you go away.
12 – And when you go in, say, May peace be on this house.
13 – And if the house is good enough, let your peace come on it: but if not, let your peace come back to you.
14 – And whoever will not take you in, or give ear to your words, when you go out from that house or that town, put off its dust from your feet.
15 – Truly I say to you, It will be better for the land of Sodom and Gomorrah in the day of God´s judging than for that town.
16 – See, I send you out as sheep among wolves. Be then as wise as snakes, and as gentle as doves.
17 – But be on the watch against men: for they will give you up to the Sanhedrins, and in their Synagogues they will give you blows;
18 – And you will come before rulers and kings because of me, for a witness to them and to the Gentiles.
19 – But when you are given up into their hands, do not be troubled about what to say or how to say it: for in that hour what you are to say will be given to you;
20 – Because it is not you who say the words, but the Spirit of your Father in you.
21 – And brother will give up brother to death, and the father his child: and children will go against their fathers and mothers, and put them to death.
22 – And you will be hated by all men because of my name: but he who is strong to the end will have salvation.
23 – But when they are cruel to you in one town, go in flight to another: for truly, I say to you, You will not have gone through the towns of Israel before the Son of man comes.
24 – A disciple is not greater than his master, or a servant than his lord.
25 – It is enough for the disciple that he may be as his master, and the servant as his lord. If they have given the name Beelzebub to the master of the house, how much more to those of his house!
26 – Have, then, no fear of them: because nothing is covered which will not come to light, or secret which will not be made clear.
27 – What I say to you in the dark, say in the light: and what comes to your ear secretly, say publicly from the house-tops.
28 – And have no fear of those who put to death the body, but are not able to put to death the soul. But have fear of him who has power to give soul and body to destruction in hell.
29 – Are not sparrows two a farthing? and not one of them comes to an end without your Father:
30 – But the hairs of your head are all numbered.
31 – Then have no fear; you are of more value than a flock of sparrows.
32 – To everyone, then, who gives witness to me before men, I will give witness before my Father in heaven.
33 – But if anyone says before men that he has no knowledge of me, I will say that I have no knowledge of him before my Father in heaven.
34 – Do not have the thought that I have come to send peace on the earth; I came not to send peace but a sword.
35 – For I have come to put a man against his father, and the daughter against her mother, and the daughter-in-law against her mother-in-law:
36 – And a man will be hated by those of his house.
37 – He who has more love for his father or mother than for me is not good enough for me; he who has more love for son or daughter than for me is not good enough for me.
38 – And he who does not take his cross and come after me is not good enough for me.
39 – He who has the desire to keep his life will have it taken from him, and he who gives up his life because of me will have it given back to him.
40 – He who gives honour to you gives honour to me; and he who gives honour to me gives honour to him who sent me.
41 – He who gives honour to a prophet, in the name of a prophet, will be given a prophet´s reward; and he who gives honour to an upright man, in the name of an upright man, will be given an upright man´s reward.
42 – And whoever gives to one of these little ones a cup of cold water only, in the name of a disciple, truly I say to you, he will not go without his reward.

Na graça de nosso Senhor Jesus,

Daniel Gavin
Diretor Geral – Ellen White Books
http://www.ellenwhite.com.br/
http://www.ellenwhitebooks.com/
http://www.ellenwhite.es/
http://www.ellenwhitebooks.es/

– Meditação Matinal de EGW (Português).:

É Anunciado O Dia e a Hora da Vinda de Cristo

“Mas a respeito daquele dia e hora ninguém sabe, item os anjos dos Céus, nem o Filho, senão somente o Pai”. S. Mat. 24:36.
A voz de Deus é ouvida do céu, declarando o dia e a hora da vinda de Jesus e estabelecendo concerto eterno com Seu povo. Semelhantes a estrondos do mais forte trovão, Suas palavras ecoam pela Terra inteira. – GC, 638.
E, falando Deus o dia e a hora da vinda de Jesus, e declarando o concerto eterno com o Seu povo, proferia uma sentença e então silenciava, enquanto as palavras estavam a repercutir pela Terra. O Israel de Deus permanecia com os olhos fixos para cima, ouvindo as palavras enquanto elas vinham da boca de Jeová e ressoavam pela Terra como estrondos do mais forte trovão. – PE, 285 e 286.
Os santos vivos, em número de 144. 000, reconheceram e entenderam a voz, ao passo que os ímpios julgaram fosse um trovão ou terremoto, – PE, 15.
O Israel de Deus fica a ouvir, com o olhar fixo no alto. Têm o semblante iluminado com a Sua glória, brilhante como o rosto de Moisés quando desceu do, Sinal. Os ímpios não podem olhar para eles. E, quando se pronuncia a bênção sobre os que honraram a Deus, santificando o Seu sábado, há uma grande aclamação de vitória. – GC, 633.
Começou então o jubileu, quando a Terra devia descansar. – PE2 35.
Uma gloriosa luz resplandecia sobre eles [os santos]. Quão belo era então a seu parecer! Todos os sinais de cuidado e cansaço haviam desaparecido, e viam-se de novo saúde e beleza em cada semblante. Seus inimigos, os ímpios em redor deles, caíram como mortos, não podiam suportar a luz que brilhava sobre os que haviam tido livramento e eram santos. Essa luz e glória permaneceram sobre eles, até que Jesus foi visto nas nuvens do céu. – PE, 272 e 273.
Vi uma nuvem flamejante aproximar-se de onde Jesus estava. Então Jesus … tomou o Seu lugar na nuvem que O levou para o oriente, onde ela apareceu primeiro aos santos na Terra – uma pequena nuvem escura que era o sinal do Filho do Homem. Enquanto a nuvem passava do Santíssimo para o oriente, o que levou vários dias, a sinagoga de Satanás adorava prostrada aos pés dos santos. To The Little Remnant Seattered Ab-road, 06-04-1846.
Ano Bíblico- S. Mat. 5-7. Juvenis S. Luc. 12.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=100&p=285

– Meditação Matinal de EGW (Espanhol).:

SE ANUNCIA EL DIA Y LA HORA

Pero el día y la hora nadie la sabe, ni aun los ángeles de los cielos, sino sólo mi Padre. Mat. 24:36
Desde el cielo se oye la voz de Dios que proclama el día y la hora de la venida de Jesús, y promulga a su pueblo el pacto eterno. Sus palabras resuenan por la tierra como el estruendo de poderosos truenos.(15)
Pronunciaba una frase y se detenía mientras las palabras de la frase retumbaban por toda la tierra. El Israel de Dios permanecia con la mirada fija en lo alto, escuchando las palabras según iban saliendo de labios de Jehová y resonaban por toda la tierra con el estruendo de retumbantes truenos. Era un espectáculo pavorosamente solemne. Al final de cada frase los santos exclamaban. “¡Gloria! ¡Aleluya!”(16)
Los 144.000 santos vivientes reconocieron y tendieron la voz; pero los malvados se figuraron que era el fragor de los truenos y el terremoto.(17)
El Israel de Dios escucha con los ojos elevados al cielo. Sus semblantes se iluminan con la gloria divina y brillan cual brillara el rostro de Moisés cuando bajó del Sinaí. Los malos no los pueden mirar cuando la bendición es pronunciada sobre los que honraron a Dios santificando su sábado, se oye un inmenso grito de victoria. (18)
Entonces comenzó el jubileo, durante el cual la tierra debía descansar. (19)
[A los santos] los iluminaba una luz refulgente. ¡Cuán hermosos parecían entonces! Se había desvanecido toda huella de inquietud y fatiga, cada rostro rebosaba salud y belleza. Sus enemigos, los paganos que los rodeaban, cayeron como muertos, porque no les era posible resistir la luz que iluminaba a los santos redimidos. Esta luz y gloria permanecieron en ellos hasta que se vio a Jesús en las nubes del cielo. ( 20 )
Y vi una nube resplandeciente que llegaba hasta donde estaba Jesús. Entonces Jesús… se ubicó en la nube que lo llevó hacia el este, desde donde apareció primeramente a los santos que estaban sobre la tierra: La pequeña nube negra que era la señal Hijo del hombre. Mientras la nube pasaba del lugar santísimo hacia el este, lo que requirió cierto número de días, la sinagoga de Satanás adoro a los pies de los santos, ( 21)

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=101&p=285

– Meditação Matinal de EGW (Inglês).:

October 6 – The Day and Hour of Christ”s Coming Announced

But of that day and hour knoweth no man, no, not the angels of heaven, but my Father only. Matt. 24:36.
The voice of God is heard from heaven, declaring the day and hour of Jesus” coming, and delivering everlasting covenant to His people. Like peals of loudest thunder His words roll through the earth. {Mar 287.1}
He spoke one sentence, and then paused, while the words were rolling through the earth. The Israel of God stood with their eyes fixed upward, listening to the words as they came from the mouth of Jehovah and rolled through the earth like peals of loudest thunder. It was awfully solemn. At the end of every sentence the saints shouted, “Glory! Hallelujah!” {Mar 287.2}
The living saints, 144,000 in number, knew and understood the voice, while the wicked thought it was thunder and an earthquake. {Mar 287.3}
The Israel of God stand listening, with their eyes fixed upward. Their countenances are lighted up with His glory, and shine as did the face of Moses when he came down from Sinai. The wicked cannot look upon them. And when the blessing is pronounced on those who have honoured God by keeping His Sabbath holy, there is a mighty shout of victory. {Mar 287.4}
Then commenced the jubilee, when the land should rest. {Mar 287.5}
A glorious light shone upon them [the saints]. How beautiful they then looked! All marks of care and weariness were gone, and health and beauty were seen in every countenance. Their enemies, the heathen around them, fell like dead men; they could not endure the light that shone upon the delivered, holy ones. This light and glory remained upon them, until Jesus was seen in the clouds of heaven. {Mar 287.6}
And I saw a flaming cloud come where Jesus stood. Then Jesus . . . took His place on the cloud which carried Him to the East, where it first appeared to the saints on earth–a small black cloud which was the sign of the Son of man. While the cloud was passing from the Holiest to the East, which took a number of days, the synagogue of Satan worshipped at the saint”s feet. {Mar 287.7}

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=129&p=285

Na graça de nosso Senhor Jesus,

Daniel Gavin
Diretor Geral – Ellen White Books
http://www.ellenwhite.com.br/
http://www.ellenwhitebooks.com/
http://www.ellenwhite.es/
http://www.ellenwhitebooks.es/

– Mensagens para Evangelistas.:

A solene e sagrada mensagem de advertência precisa ser proclamada nos campos mais difíceis, e nas cidades mais pecaminosas, em todos os lugares onde a luz da grande tríplice mensagem não tem ainda raiado. Cada pessoa deve ouvir o último convite para as bodas do Cordeiro. De vila a vila, de cidade a cidade, de país a país tem de ser proclamada a mensagem da verdade presente, não com exibições exteriores, mas no poder do Espírito. À medida que, na simplicidade do evangelho, forem expostos os divinos princípios que por palavra e exemplo nosso Salvador veio apresentar neste mundo, o poder da mensagem se fará sentir. Neste tempo, tem de se apoderar de todo obreiro uma nova vida, provinda da Fonte de toda a vida. Oh! quão pouco compreendemos a grandeza de nossa missão! Necessitamos de uma fé sincera e decidida, de ânimo inabalável. Nosso tempo de trabalho é breve, e temos de trabalhar com zelo incansável. Obreiros Evangélicos, pág. 27.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=49&p=27

– Mensagens para Jovens.:

Nosso grande adversário tem agentes que estão constantemente à caça de uma oportunidade para destruir almas, como um leão caça sua presa. Foge deles, jovem! Porque conquanto pareçam ser teus amigos, eles astutamente introduzem maus caminhos e práticas. Lisonjeiam-te com os lábios e oferecem-se para ajudar-te e guiar-te; mas seus passos dirigem-se para o inferno. Se ouvires seus conselhos, isto pode ser o ponto decisivo de tua vida. A remoção de uma única salvaguarda da consciência, a contemporização com um só hábito, uma simples negligência das elevadas exigências do dever, pode ser o princípio de uma série de enganos, que te passará para as fileiras dos que estão servindo a Satanás, ao passo que estás todo o tempo professando amar a Deus e a Sua causa. Um momento de negligência, um único passo em falso, pode tornar todo o curso de tua vida para uma direção errada. E pode ser que nunca venhas a saber o que causou tua ruína, antes de ser pronunciada a sentença: “Apartai-vos de
Mim, vós que praticais a iniqüidade.” Mat. 7:23. O Colportor Evangelista, pág. 52.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=43&p=52

– Mensagens para Namorados.:

Estudai cuidadosamente para ver se vossa vida matrimonial há de ser feliz, ou desarmoniosa e infeliz. Fazei surgir as perguntas: Ajudar-me-á esta união na escalada para o Céu? Aumentará meu amor a Deus? E aumentará minha esfera de utilidade nesta vida? Se estas reflexões não apresentarem nada em contrário, então prossegui, no temor de Deus. Mensagens aos Jovens, pág. 449.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=6&p=449

– Mensagens para Pais.:

Os pais que em verdade amam a Jesus testificarão disto amando os filhos com amor não condescendente, mas que opere sabiamente para o seu maior bem. Empregarão na obra de salvar os filhos toda a santificada energia e habilidade. Em vez de os tratar como objetos de brinquedo, considerarão a eles como aquisição de Cristo, e lhes ensinarão que devem tornar-se filhos de Deus. Em vez de consentir que condescendam com um mau temperamento e desejos egoístas, lhes ensinarão lições de restrição própria. E as crianças serão mais felizes, muito mais felizes, sob a disciplina conveniente, do que se forem deixadas a fazer conforme sugerem seus incontidos impulsos. As mais verdadeiras graças de uma criança consistem na modéstia e obediência, ou seja, em ter ela ouvidos atentos para escutar as palavras de guia, pés e mãos dispostos a andar e trabalhar no caminho do dever. Conselhos aos Pais, Professores e Estudantes, pág. 113.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=37&p=113

– Mensagens sobre Escola Sabatina.:

A Escola Sabatina proporciona a pais e filhos uma oportunidade para o estudo da Palavra de Deus. Mas a fim de que adquiram o benefício que deveriam alcançar na Escola Sabatina, cumpre tanto a pais como a filhos dedicar tempo ao estudo da lição, procurando obter completo conhecimento dos fatos apresentados, e também das verdades espirituais que esses fatos se destinam a ensinar. Devemos especialmente impressionar o espírito dos jovens com a importância de procurar o amplo significado da passagem em consideração. Conselhos aos Pais, Professores e Estudantes, pág. 137.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=37&p=137

– Mensagens sobre Saúde.:

O Redentor do mundo sabia que a condescendência com o apetite traria debilidade física, adormecendo órgãos perceptivos de maneira que se não discerniriam as coisas sagradas e eternas. Cristo sabia que o mundo estava entregue à glutonaria, e que isto perverteria as faculdades morais. Se a condescendência com o apetite era tão forte sobre a humanidade que, para subjugar-lhe o poder, foi exigido do divino Filho de Deus que jejuasse por cerca de seis semanas, em favor do homem, que obra se acha diante do cristão a fim de que ele possa vencer como Cristo venceu! A força da tentação para satisfazer o apetite pervertido só pode ser avaliada em face da inexprimível agonia de Cristo naquele prolongado jejum no deserto. Testimonies, vol. 3, pág. 486 e Conselhos Sobre o Regime Alimentar, pág. 186.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=17&p=186

Na graça de nosso Senhor Jesus,

Daniel Gavin
Diretor Geral – Ellen White Books
http://www.ellenwhite.com.br/
http://www.ellenwhitebooks.com/
http://www.ellenwhite.es/
http://www.ellenwhitebooks.es/

– Ano Bíblico (Português).:

Livro de Mateus

Capítulo 4

1 – Então foi conduzido Jesus pelo Espírito ao deserto, para ser tentado pelo Diabo.
2 – E, tendo jejuado quarenta dias e quarenta noites, depois teve fome.
3 – Chegando, então, o tentador, disse-lhe: Se tu és Filho de Deus manda que estas pedras se tornem em pães.
4 – Mas Jesus lhe respondeu: Está escrito: Nem só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que sai da boca de Deus.
5 – Então o Diabo o levou à cidade santa, colocou-o sobre o pináculo do templo,
6 – e disse-lhe: Se tu és Filho de Deus, lança-te daqui abaixo; porque está escrito: Aos seus anjos dará ordens a teu respeito; e: eles te susterão nas mãos, para que nunca tropeces em alguma pedra.
7 – Replicou-lhe Jesus: Também está escrito: Não tentarás o Senhor teu Deus.
8 – Novamente o Diabo o levou a um monte muito alto; e mostrou-lhe todos os reinos do mundo, e a glória deles;
9 – e disse-lhe: Tudo isto te darei, se, prostrado, me adorares.
10 – Então ordenou-lhe Jesus: Vai-te, Satanás; porque está escrito: Ao Senhor teu Deus adorarás, e só a ele servirás.
11 – Então o Diabo o deixou; e eis que vieram os anjos e o serviram.
12 – Ora, ouvindo Jesus que João fora entregue, retirou-se para a Galiléia;
13 – e, deixando Nazaré, foi habitar em Cafarnaum, cidade marítima, nos confins de Zabulom e Naftali;
14 – para que se cumprisse o que fora dito pelo profeta Isaías:
15 – A terra de Zabulom e a terra de Naftali, o caminho do mar, além do Jordão, a Galiléia dos gentios,
16 – o povo que estava sentado em trevas viu uma grande luz; sim, aos que estavam sentados na região da sombra da morte, a estes a luz raiou.
17 – Desde então começou Jesus a pregar, e a dizer: Arrependei-vos, porque é chegado o reino dos céus.
18 – E Jesus, andando ao longo do mar da Galiléia, viu dois irmãos-Simão, chamado Pedro, e seu irmão André, os quais lançavam a rede ao mar, porque eram pescadores.
19 – Disse-lhes: Vinde após mim, e eu vos farei pescadores de homens.
20 – Eles, pois, deixando imediatamente as redes, o seguiram.
21 – E, passando mais adiante, viu outros dois irmãos-Tiago, filho de Zebedeu, e seu irmão João, no barco com seu pai Zebedeu, consertando as redes; e os chamou.
22 – Estes, deixando imediatamente o barco e seu pai, seguiram-no.
23 – E percorria Jesus toda a Galiléia, ensinando nas sinagogas, pregando o evangelho do reino, e curando todas as doenças e enfermidades entre o povo.
24 – Assim a sua fama correu por toda a Síria; e trouxeram-lhe todos os que padeciam, acometidos de várias doenças e tormentos, os endemoninhados, os lunáticos, e os paralíticos; e ele os curou.
25 – De sorte que o seguiam grandes multidões da Galiléia, de Decápolis, de Jerusalém, da Judéia, e dalém do Jordão.

Capítulo 5

1 – Jesus, pois, vendo as multidões, subiu ao monte; e, tendo se assentado, aproximaram-se os seus discípulos,
2 – e ele se pôs a ensiná-los, dizendo:
3 – Bem-aventurados os humildes de espírito, porque deles é o reino dos céus.
4 – Bem-aventurados os que choram, porque eles serão consolados.
5 – Bem-aventurados os mansos, porque eles herdarão a terra.
6 – Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça porque eles serão fartos.
7 – Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia.
8 – Bem-aventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus.
9 – Bem-aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus.
10 – Bem-aventurados os que são perseguidos por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus.
11 – Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguiram e, mentindo, disserem todo mal contra vós por minha causa.
12 – Alegrai-vos e exultai, porque é grande o vosso galardão nos céus; porque assim perseguiram aos profetas que foram antes de vós.
13 – Vós sois o sal da terra; mas se o sal se tornar insípido, com que se há de restaurar-lhe o sabor? para nada mais presta, senão para ser lançado fora, e ser pisado pelos homens.
14 – Vós sois a luz do mundo. Não se pode esconder uma cidade situada sobre um monte;
15 – nem os que acendem uma candeia a colocam debaixo do alqueire, mas no velador, e assim ilumina a todos que estão na casa.
16 – Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras, e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus.
17 – Não penseis que vim destruir a lei ou os profetas; não vim destruir, mas cumprir.
18 – Porque em verdade vos digo que, até que o céu e a terra passem, de modo nenhum passará da lei um só i ou um só til, até que tudo seja cumprido.
19 – Qualquer, pois, que violar um destes mandamentos, por menor que seja, e assim ensinar aos homens, será chamado o menor no reino dos céus; aquele, porém, que os cumprir e ensinar será chamado grande no reino dos céus.
20 – Pois eu vos digo que, se a vossa justiça não exceder a dos escribas e fariseus, de modo nenhum entrareis no reino dos céus.
21 – Ouvistes que foi dito aos antigos: Não matarás; e, Quem matar será réu de juízo.
22 – Eu, porém, vos digo que todo aquele que se encolerizar contra seu irmão, será réu de juízo; e quem disser a seu irmão: Raca, será réu diante do sinédrio; e quem lhe disser: Tolo, será réu do fogo do inferno.
23 – Portanto, se estiveres apresentando a tua oferta no altar, e aí te lembrares de que teu irmão tem alguma coisa contra ti,
24 – deixa ali diante do altar a tua oferta, e vai conciliar-te primeiro com teu irmão, e depois vem apresentar a tua oferta.
25 – Concilia-te depressa com o teu adversário, enquanto estás no caminho com ele; para que não aconteça que o adversário te entregue ao guarda, e sejas lançado na prisão.
26 – Em verdade te digo que de maneira nenhuma sairás dali enquanto não pagares o último ceitil.
27 – Ouvistes que foi dito: Não adulterarás.
28 – Eu, porém, vos digo que todo aquele que olhar para uma mulher para a cobiçar, já em seu coração cometeu adultério com ela.
29 – Se o teu olho direito te faz tropeçar, arranca-o e lança-o de ti; pois te é melhor que se perca um dos teus membros do que seja todo o teu corpo lançado no inferno.
30 – E, se a tua mão direita te faz tropeçar, corta-a e lança-a de ti; pois te é melhor que se perca um dos teus membros do que vá todo o teu corpo para o inferno.
31 – Também foi dito: Quem repudiar sua mulher, dê-lhe carta de divórcio.
32 – Eu, porém, vos digo que todo aquele que repudia sua mulher, a não ser por causa de infidelidade, a faz adúltera; e quem casar com a repudiada, comete adultério.
33 – Outrossim, ouvistes que foi dito aos antigos: Não jurarás falso, mas cumprirás para com o Senhor os teus juramentos.
34 – Eu, porém, vos digo que de maneira nenhuma jureis; nem pelo céu, porque é o trono de Deus;
35 – nem pela terra, porque é o escabelo de seus pés; nem por Jerusalém, porque é a cidade do grande Rei;
36 – nem jures pela tua cabeça, porque não podes tornar um só cabelo branco ou preto.
37 – Seja, porém, o vosso falar: Sim, sim; não, não; pois o que passa daí, vem do Maligno.
38 – Ouvistes que foi dito: Olho por olho, e dente por dente.
39 – Eu, porém, vos digo que não resistais ao homem mau; mas a qualquer que te bater na face direita, oferece-lhe também a outra;
40 – e ao que quiser pleitear contigo, e tirar-te a túnica, larga-lhe também a capa;
41 – e, se qualquer te obrigar a caminhar mil passos, vai com ele dois mil.
42 – Dá a quem te pedir, e não voltes as costas ao que quiser que lhe emprestes.
43 – Ouvistes que foi dito: Amarás ao teu próximo, e odiarás ao teu inimigo.
44 – Eu, porém, vos digo: Amai aos vossos inimigos, e orai pelos que vos perseguem;
45 – para que vos torneis filhos do vosso Pai que está nos céus; porque ele faz nascer o seu sol sobre maus e bons, e faz chover sobre justos e injustos.
46 – Pois, se amardes aos que vos amam, que recompensa tereis? não fazem os publicanos também o mesmo?
47 – E, se saudardes somente os vossos irmãos, que fazeis demais? não fazem os gentios também o mesmo?
48 – Sede vós, pois, perfeitos, como é perfeito o vosso Pai celestial.

Capítulo 6

1 – Guardai-vos de fazer as vossas boas obras diante dos homens, para serdes vistos por eles; de outra sorte não tereis recompensa junto de vosso Pai, que está nos céus.
2 – Quando, pois, deres esmola, não faças tocar trombeta diante de ti, como fazem os hipócritas nas sinagogas e nas ruas, para serem glorificados pelos homens. Em verdade vos digo que já receberam a sua recompensa.
3 – Mas, quando tu deres esmola, não saiba a tua mão esquerda o que faz a direita;
4 – para que a tua esmola fique em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará.
5 – E, quando orardes, não sejais como os hipócritas; pois gostam de orar em pé nas sinagogas, e às esquinas das ruas, para serem vistos pelos homens. Em verdade vos digo que já receberam a sua recompensa.
6 – Mas tu, quando orares, entra no teu quarto e, fechando a porta, ora a teu Pai que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará.
7 – E, orando, não useis de vãs repetições, como os gentios; porque pensam que pelo seu muito falar serão ouvidos.
8 – Não vos assemelheis, pois, a eles; porque vosso Pai sabe o que vos é necessário, antes de vós lho pedirdes.
9 – Portanto, orai vós deste modo: Pai nosso que estás nos céus, santificado seja o teu nome;
10 – venha o teu reino, seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu;
11 – o pão nosso de cada dia nos dá hoje;
12 – e perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós também temos perdoado aos nossos devedores;
13 – e não nos deixes entrar em tentação; mas livra-nos do mal. [Porque teu é o reino e o poder, e a glória, para sempre, Amém.]
14 – Porque, se perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai celestial vos perdoará a vós;
15 – se, porém, não perdoardes aos homens, tampouco vosso Pai perdoará vossas ofensas.
16 – Quando jejuardes, não vos mostreis contristrados como os hipócritas; porque eles desfiguram os seus rostos, para que os homens vejam que estão jejuando. Em verdade vos digo que já receberam a sua recompensa.
17 – Tu, porém, quando jejuares, unge a tua cabeça, e lava o teu rosto,
18 – para não mostrar aos homens que estás jejuando, mas a teu Pai, que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará.
19 – Não ajunteis para vós tesouros na terra; onde a traça e a ferrugem os consomem, e onde os ladrões minam e roubam;
20 – mas ajuntai para vós tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem os consumem, e onde os ladrões não minam nem roubam.
21 – Porque onde estiver o teu tesouro, aí estará também o teu coração.
22 – A candeia do corpo são os olhos; de sorte que, se os teus olhos forem bons, todo teu corpo terá luz;
23 – se, porém, os teus olhos forem maus, o teu corpo será tenebroso. Se, portanto, a luz que em ti há são trevas, quão grandes são tais trevas!
24 – Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de odiar a um e amar o outro, ou há de dedicar-se a um e desprezar o outro. Não podeis servir a Deus e às riquezas.
25 – Por isso vos digo: Não estejais ansiosos quanto à vossa vida, pelo que haveis de comer, ou pelo que haveis de beber; nem, quanto ao vosso corpo, pelo que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o alimento, e o corpo mais do que o vestuário?
26 – Olhai para as aves do céu, que não semeiam, nem ceifam, nem ajuntam em celeiros; e vosso Pai celestial as alimenta. Não valeis vós muito mais do que elas?
27 – Ora, qual de vós, por mais ansioso que esteja, pode acrescentar um côvado à sua estatura?
28 – E pelo que haveis de vestir, por que andais ansiosos? Olhai para os lírios do campo, como crescem; não trabalham nem fiam;
29 – contudo vos digo que nem mesmo Salomão em toda a sua glória se vestiu como um deles.
30 – Pois, se Deus assim veste a erva do campo, que hoje existe e amanhã é lançada no forno, quanto mais a vós, homens de pouca fé?
31 – Portanto, não vos inquieteis, dizendo: Que havemos de comer? ou: Que havemos de beber? ou: Com que nos havemos de vestir?
32 – (Pois a todas estas coisas os gentios procuram.) Porque vosso Pai celestial sabe que precisais de tudo isso.
33 – Mas buscai primeiro o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.
34 – Não vos inquieteis, pois, pelo dia de amanhã; porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal.

Capítulo 7

1 – Não julgueis, para que não sejais julgados.
2 – Porque com o juízo com que julgais, sereis julgados; e com a medida com que medis vos medirão a vós.
3 – E por que vês o argueiro no olho do teu irmão, e não reparas na trave que está no teu olho?
4 – Ou como dirás a teu irmão: Deixa-me tirar o argueiro do teu olho, quando tens a trave no teu?
5 – Hipócrita! tira primeiro a trave do teu olho; e então verás bem para tirar o argueiro do olho do teu irmão.
6 – Não deis aos cães o que é santo, nem lanceis aos porcos as vossas pérolas, para não acontecer que as calquem aos pés e, voltando-se, vos despedacem.
7 – Pedí, e dar-se-vos-á; buscai, e achareis; batei e abrir-se-vos-á.
8 – Pois todo o que pede, recebe; e quem busca, acha; e ao que bate, abrir-se-lhe-á.
9 – Ou qual dentre vós é o homem que, se seu filho lhe pedir pão, lhe dará uma pedra?
10 – Ou, se lhe pedir peixe, lhe dará uma serpente?
11 – Se vós, pois, sendo maus, sabeis dar boas dádivas a vossos filhos, quanto mais vosso Pai, que está nos céus, dará boas coisas aos que lhas pedirem?
12 – Portanto, tudo o que vós quereis que os homens vos façam, fazei-lho também vós a eles; porque esta é a lei e os profetas.
13 – Entrai pela porta estreita; porque larga é a porta, e espaçoso o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela;
14 – e porque estreita é a porta, e apertado o caminho que conduz à vida, e poucos são os que a encontram.
15 – Guardai-vos dos falsos profetas, que vêm a vós disfarçados em ovelhas, mas interiormente são lobos devoradores.
16 – Pelos seus frutos os conhecereis. Colhem-se, porventura, uvas dos espinheiros, ou figos dos abrolhos?
17 – Assim, toda árvore boa produz bons frutos; porém a árvore má produz frutos maus.
18 – Uma árvore boa não pode dar maus frutos; nem uma árvore má dar frutos bons.
19 – Toda árvore que não produz bom fruto é cortada e lançada no fogo.
20 – Portanto, pelos seus frutos os conhecereis.
21 – Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus.
22 – Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitos milagres?
23 – Então lhes direi claramente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniquidade.
24 – Todo aquele, pois, que ouve estas minhas palavras e as põe em prática, será comparado a um homem prudente, que edificou a casa sobre a rocha.
25 – E desceu a chuva, correram as torrentes, sopraram os ventos, e bateram com ímpeto contra aquela casa; contudo não caiu, porque estava fundada sobre a rocha.
26 – Mas todo aquele que ouve estas minhas palavras, e não as põe em prática, será comparado a um homem insensato, que edificou a sua casa sobre a areia.
27 – E desceu a chuva, correram as torrentes, sopraram os ventos, e bateram com ímpeto contra aquela casa, e ela caiu; e grande foi a sua queda.
28 – Ao concluir Jesus este discurso, as multidões se maravilhavam da sua doutrina;
29 – porque as ensinava como tendo autoridade, e não como os escribas.

– Pergunta sobre o Ano Bíblico.:

Segundo o ensino de Jesus, o que representaria a lâmpada do corpo?
Resposta: os olhos (Mateus 6:22)

– Curiosidades Bíblicas.:

Que homem, citado na Bíblia, era o mais alto no meio do seu povo (que era formado por gigantes)?
Resposta: Arba. Josué 14:15.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/biblia.asp?lista=1&livro=6&capitulo=14

– Ano Bíblico (Espanhol).:

Libro de Mateus

Capítulo 4

1 – Entonces Jesús fue llevado por el Espíritu al desierto, para ser tentado por el diablo.
2 – Y después de haber ayunado cuarenta Días y cuarenta noches, tuvo hambre.
3 – El tentador se Acercó y le dijo: –Si eres Hijo de Dios, di que estas piedras se conviertan en pan.
4 – Pero él Respondió y dijo: –Escrito Está: No Sólo de pan Vivirá el hombre, sino de toda palabra que sale de la boca de Dios.
5 – Entonces el diablo le Llevó a la santa ciudad, le puso de pie sobre el Pináculo del templo,
6 – y le dijo: –Si eres Hijo de Dios, échate abajo, porque escrito Está: A sus ángeles Mandará acerca de ti, y en sus manos te Llevarán, de modo que nunca tropieces con tu pie en piedra.
7 – Jesús le dijo: –Además Está escrito: No Pondrás a prueba al Señor tu Dios.
8 – Otra vez el diablo le Llevó a un monte muy alto, y le Mostró todos los reinos del mundo y su gloria.
9 – Y le dijo: –Todo esto te daré, si postrado me adoras.
10 – Entonces Jesús le dijo: –Vete, Satanás, porque escrito Está: Al Señor tu Dios Adorarás y a él solo Servirás.
11 – Entonces el diablo le Dejó, y he Aquí, los ángeles vinieron y le Servían.
12 – Y cuando Jesús Oyó que Juan Había sido encarcelado, Regresó a Galilea.
13 – Y habiendo dejado Nazaret, fue y Habitó en Capernaúm, ciudad junto al mar en la Región de Zabulón y Neftalí,
14 – para que se cumpliese lo dicho por medio del profeta Isaías, diciendo:
15 – Tierra de Zabulón y tierra de Neftalí, camino del mar, al otro lado del Jordán, Galilea de los gentiles.
16 – El pueblo que moraba en tinieblas vio una gran luz. A los que moraban en Región y sombra de muerte, la luz les Amaneció.
17 – Desde entonces Jesús Comenzó a predicar y a decir: “¡Arrepentíos, porque el reino de los cielos se ha acercado!”
18 – Mientras andaba junto al mar de Galilea, Jesús vio a dos hermanos: a Simón, que es llamado Pedro, y a su hermano Andrés. Estaban echando una red en el mar, porque eran pescadores.
19 – Y les dijo: “Venid en pos de Mí, y os haré pescadores de hombres.”
20 – Y de inmediato ellos dejaron sus redes y le siguieron.
21 – Y pasando Más adelante, vio a otros dos hermanos, Jacobo hijo de Zebedeo y Juan su hermano, en la barca con su padre Zebedeo, arreglando sus redes. Los Llamó,
22 – y en seguida ellos dejaron la barca y a su padre, y le siguieron.
23 – Jesús Recorría toda Galilea enseñando en las sinagogas de ellos, predicando el evangelio del reino y sanando toda enfermedad y toda dolencia en el pueblo.
24 – Su fama Corrió por toda Siria, y le trajeron todos los que Tenían males: los que Padecían diversas enfermedades y dolores, los endemoniados, los Lunáticos y los Paralíticos. Y él los Sanó.
25 – Le siguieron grandes multitudes de Galilea, de Decápolis, de Jerusalén, de Judea y del otro lado del Jordán.

Capítulo 5

1 – Cuando vio la multitud, Subió al monte; y al sentarse él, se le acercaron sus Discípulos.
2 – Y abriendo su boca, les enseñaba diciendo:
3 – “Bienaventurados los pobres en Espíritu, porque de ellos es el reino de los cielos.
4 – “Bienaventurados los que lloran, porque ellos Serán consolados.
5 – “Bienaventurados los mansos, porque ellos Recibirán la tierra por heredad.
6 – “Bienaventurados los que tienen hambre y sed de justicia, porque ellos Serán saciados.
7 – “Bienaventurados los misericordiosos, porque ellos Recibirán misericordia.
8 – “Bienaventurados los de limpio Corazón, porque ellos Verán a Dios.
9 – “Bienaventurados los que hacen la paz, porque ellos Serán llamados hijos de Dios.
10 – “Bienaventurados los que son perseguidos por causa de la justicia, porque de ellos es el reino de los cielos.
11 – “Bienaventurados sois cuando os vituperan y os persiguen, y dicen toda clase de mal contra vosotros por mi causa, mintiendo.
12 – Gozaos y alegraos, porque vuestra recompensa es grande en los cielos; pues Así persiguieron a los profetas que fueron antes de vosotros.
13 – “Vosotros sois la sal de la tierra. Pero si la sal pierde su sabor, ¿con qué Será salada? No vale Más para nada, sino para ser echada fuera y pisoteada por los hombres.
14 – “Vosotros sois la luz del mundo. Una ciudad asentada sobre un monte no puede ser escondida.
15 – Tampoco se enciende una Lámpara para ponerla debajo de un Cajón, sino sobre el candelero; y Así alumbra a todos los que Están en la casa.
16 – Así alumbre vuestra luz delante de los hombres, de modo que vean vuestras buenas obras y glorifiquen a vuestro Padre que Está en los cielos.
17 – “No penséis que he venido para abrogar la Ley o los Profetas. No he venido para abrogar, sino para cumplir.
18 – De cierto os digo que hasta que pasen el cielo y la tierra, ni siquiera una jota ni una tilde Pasará de la ley hasta que todo haya sido cumplido.
19 – “Por lo tanto, cualquiera que quebranta el Más pequeño de estos mandamientos y Así enseña a los hombres, Será considerado el Más pequeño en el reino de los cielos. Pero cualquiera que los cumple y los enseña, éste Será considerado grande en el reino de los cielos.
20 – Porque os digo que a menos que vuestra justicia sea mayor que la de los escribas y de los fariseos, Jamás entraréis en el reino de los cielos.
21 – “Habéis Oído que fue dicho a los antiguos: No Cometerás homicidio; y cualquiera que comete homicidio Será culpable en el juicio.
22 – Pero yo os digo que todo el que se enoja con su hermano Será culpable en el juicio. Cualquiera que le llama a su hermano “necio” Será culpable ante el Sanedrín; y cualquiera que le llama “fatuo” Será expuesto al infierno de fuego.
23 – “Por tanto, si has Traído tu ofrenda al altar y Allí te acuerdas de que tu hermano tiene algo contra ti,
24 – deja tu ofrenda Allí delante del altar, y vé, Reconcíliate primero con tu hermano, y entonces vuelve y ofrece tu ofrenda.
25 – “Reconcíliate pronto con tu adversario mientras Estás con él en el camino; no sea que el adversario te entregue al juez, y el juez al guardia, y seas echado en la Cárcel.
26 – De cierto te digo que Jamás Saldrás de Allí hasta que pagues el último cuadrante.
27 – “Habéis Oído que fue dicho: No Cometerás adulterio.
28 – Pero yo os digo que todo el que mira a una mujer para codiciarla ya Adulteró con ella en su Corazón.
29 – Por tanto, si tu ojo derecho te es Ocasión de caer, Sácalo y échalo de ti. Porque es mejor para ti que se pierda uno de tus miembros, y no que todo tu cuerpo sea echado al infierno.
30 – Y si tu mano derecha te es Ocasión de caer, Córtala y échala de ti. Porque es mejor para ti que se pierda uno de tus miembros, y no que todo tu cuerpo sea echado al infierno.
31 – “También fue dicho: Cualquiera que despide a su mujer, déle carta de divorcio.
32 – Pero yo os digo que todo aquel que se divorcia de su mujer, a no ser por causa de adulterio, hace que ella cometa adulterio. Y el que se casa con la mujer divorciada comete adulterio.
33 – “Además, habéis Oído que fue dicho a los antiguos: No Jurarás falsamente; sino que Cumplirás al Señor tus juramentos.
34 – Pero yo os digo: No juréis en ninguna manera; ni por el cielo, porque es el trono de Dios;
35 – ni por la tierra, porque es el estrado de sus pies; ni por Jerusalén, porque es la ciudad del Gran Rey.
36 – No Jurarás ni por tu cabeza, porque no puedes hacer que un cabello sea ni blanco ni negro.
37 – Pero sea vuestro hablar, “Sí”, “Sí”, y “no”, “no”. Porque lo que va Más Allá de esto, procede del mal.
38 – “Habéis Oído que fue dicho a los antiguos: Ojo por ojo y diente por diente.
39 – Pero yo os digo: No Resistáis al malo. Más bien, a cualquiera que te golpea en la mejilla derecha, vuélvele también la otra.
40 – Y al que quiera llevarte a juicio y quitarte la Túnica, déjale también el manto.
41 – A cualquiera que te obligue a llevar carga por una milla, vé con él dos.
42 – Al que te pida, dale; y al que quiera tomar de ti prestado, no se lo niegues.
43 – “Habéis Oído que fue dicho: Amarás a tu Prójimo y Aborrecerás a tu enemigo.
44 – Pero yo os digo: Amad a vuestros enemigos, y orad por los que os persiguen;
45 – de modo que Seáis hijos de vuestro Padre que Está en los cielos, porque él hace salir su sol sobre malos y buenos, y hace llover sobre justos e injustos.
46 – Porque si Amáis a los que os aman, ¿qué recompensa tenéis? ¿No hacen lo mismo también los publicanos?
47 – Y si Saludáis solamente a vuestros hermanos, ¿qué hacéis de Más? ¿No hacen eso mismo los gentiles?
48 – Sed, pues, vosotros perfectos, como vuestro Padre que Está en los cielos es perfecto.

Capítulo 6

1 – “Guardaos de hacer vuestra justicia delante de los hombres, para ser vistos por ellos. De lo contrario, no tendréis recompensa de vuestro Padre que Está en los cielos.
2 – Cuando, pues, hagas obras de misericordia, no hagas tocar trompeta delante de ti, como hacen los Hipócritas en las sinagogas y en las calles, para ser honrados por los hombres. De cierto os digo que ellos ya tienen su recompensa.
3 – Pero cuando Tú hagas obras de misericordia, no sepa tu izquierda lo que hace tu derecha,
4 – de modo que tus obras de misericordia sean en secreto. Y tu Padre que ve en secreto te Recompensará.
5 – “Cuando oréis, no Seáis como los Hipócritas, que aman orar de pie en las sinagogas y en las esquinas de las calles, para ser vistos por los hombres. De cierto os digo que ya tienen su recompensa.
6 – Pero Tú, cuando ores, entra en tu Habitación, cierra la puerta y ora a tu Padre que Está en secreto; y tu Padre que ve en secreto te Recompensará.
7 – Y al orar, no uséis vanas repeticiones, como los gentiles, que piensan que Serán Oídos por su Palabrería.
8 – Por tanto, no os Hagáis semejantes a ellos, porque vuestro Padre sabe de qué cosas tenéis necesidad antes que vosotros le Pidáis.
9 – Vosotros, pues, orad Así: Padre nuestro que Estás en los cielos: Santificado sea tu nombre,
10 – venga tu reino, sea hecha tu voluntad, como en el cielo Así también en la tierra.
11 – El pan nuestro de cada Día, Dánoslo hoy.
12 – Perdónanos nuestras deudas, como también nosotros perdonamos a nuestros deudores.
13 – Y no nos metas en Tentación, mas Líbranos del mal. Porque tuyo es el reino, el poder y la gloria por todos los siglos. Amén.
14 – Porque si Perdonáis a los hombres sus ofensas, vuestro Padre celestial también os Perdonará a vosotros.
15 – Pero si no Perdonáis a los hombres, tampoco vuestro Padre os Perdonará vuestras ofensas.
16 – “Cuando ayunéis, no os Hagáis los Decaídos, como los Hipócritas, que descuidan su apariencia para mostrar a los hombres que ayunan. De cierto os digo que ya tienen su recompensa.
17 – Pero Tú, cuando ayunes, unge tu cabeza y Lávate la cara,
18 – de modo que no muestres a los hombres que ayunas, sino a tu Padre que Está en secreto. Y tu Padre que ve en secreto te Recompensará.
19 – “No acumuléis para vosotros tesoros en la tierra, donde la polilla y el óxido corrompen, y donde los ladrones se meten y roban.
20 – Más bien, acumulad para vosotros tesoros en el cielo, donde ni la polilla ni el óxido corrompen, y donde los ladrones no se meten ni roban.
21 – Porque donde esté tu tesoro, Allí también Estará tu Corazón.
22 – “La Lámpara del cuerpo es el ojo. Así que, si tu ojo Está sano, todo tu cuerpo Estará lleno de luz.
23 – Pero si tu ojo es malo, todo tu cuerpo Estará en tinieblas. De modo que, si la luz que hay en ti es oscuridad, ¡Cuán grande es esa oscuridad!
24 – “Nadie puede servir a dos señores; porque Aborrecerá al uno y Amará al otro, o se Dedicará al uno y Menospreciará al otro. No podéis servir a Dios y a las riquezas.
25 – “Por tanto os digo: No os afanéis por vuestra vida, qué habéis de comer o qué habéis de beber; ni por vuestro cuerpo, qué habéis de vestir. ¿No es la vida Más que el alimento, y el cuerpo Más que el vestido?
26 – Mirad las aves del cielo, que no siembran, ni siegan, ni recogen en graneros; y vuestro Padre celestial las alimenta. ¿No sois vosotros de mucho Más valor que ellas?
27 – ¿Quién de vosotros Podrá, por Más que se afane, añadir a su estatura un codo?
28 – ¿Por qué os Afanáis por el vestido? Mirad los lirios del campo, Cómo crecen. Ellos no trabajan ni hilan;
29 – pero os digo que ni aun Salomón, con toda su gloria, fue vestido como uno de ellos.
30 – Si Dios viste Así la hierba del campo, que hoy Está y mañana es echada en el horno, ¿no Hará mucho Más por vosotros, hombres de poca fe?
31 – “Por tanto, no os afanéis diciendo: “¿Qué comeremos?” o “¿Qué beberemos?” o “¿Con qué nos cubriremos?”
32 – Porque los gentiles buscan todas estas cosas, pero vuestro Padre que Está en los cielos sabe que tenéis necesidad de todas estas cosas.
33 – Más bien, buscad primeramente el reino de Dios y su justicia, y todas estas cosas os Serán añadidas.
34 – Así que, no os afanéis por el Día de mañana, porque el Día de mañana Traerá su propio Afán. Basta a cada Día su propio mal.

Capítulo 7

1 – “No juzguéis, para que no Seáis juzgados.
2 – Porque con el juicio con que Juzgáis seréis juzgados, y con la medida con que Medís se os Medirá.
3 – “¿Por qué miras la brizna de paja que Está en el ojo de tu hermano, y dejas de ver la viga que Está en tu propio ojo?
4 – ¿Cómo Dirás a tu hermano: “Deja que yo saque la brizna de tu ojo”, y he Aquí la viga Está en el tuyo?
5 – ¡Hipócrita! Saca primero la viga de tu propio ojo, y entonces Podrás ver para sacar la brizna del ojo de tu hermano.
6 – “No deis lo santo a los perros, ni echéis vuestras perlas delante de los cerdos, no sea que las pisoteen y después se vuelvan contra vosotros y os despedacen.
7 – “Pedid, y se os Dará. Buscad y hallaréis. Llamad, y se os Abrirá.
8 – Porque todo el que pide recibe, el que busca halla, y al que llama se le Abrirá.
9 – ¿Qué hombre hay entre vosotros que, al hijo que le pide pan, le Dará una piedra?
10 – ¿O al que le pide pescado, le Dará una serpiente?
11 – Pues si vosotros, siendo malos, sabéis dar cosas buenas a vuestros hijos, ¿Cuánto Más vuestro Padre que Está en los cielos Dará cosas buenas a los que le piden?
12 – “Así que, todo lo que Queráis que los hombres hagan por vosotros, Así también haced por ellos, porque esto es la Ley y los Profetas.
13 – “Entrad por la puerta estrecha; porque ancha es la puerta, y espacioso el camino que lleva a la Perdición, y son muchos los que entran por ella.
14 – Pero ¡qué estrecha es la puerta y qué angosto el camino que lleva a la vida! Y son pocos los que la hallan.
15 – “Guardaos de los falsos profetas, que vienen a vosotros vestidos de ovejas, pero que por dentro son lobos rapaces.
16 – Por sus frutos los conoceréis. ¿Acaso se recogen uvas de los espinos o higos de los abrojos?
17 – Así también, todo árbol sano da buenos frutos, pero el árbol podrido da malos frutos.
18 – El árbol sano no puede dar malos frutos, ni tampoco puede el árbol podrido dar buenos frutos.
19 – Todo árbol que no lleva buen fruto es cortado y echado en el fuego.
20 – Así que, por sus frutos los conoceréis.
21 – “No todo el que me dice “Señor, Señor” Entrará en el reino de los cielos, sino el que hace la voluntad de mi Padre que Está en los cielos.
22 – Muchos me Dirán en aquel Día: “¡Señor, Señor! ¿No profetizamos en tu nombre? ¿En tu nombre no echamos demonios? ¿Y en tu nombre no hicimos muchas obras poderosas?”
23 – Entonces yo les declararé: “Nunca os he conocido. ¡Apartaos de Mí, obradores de maldad!”
24 – “Cualquiera, pues, que me oye estas palabras y las hace, Será semejante a un hombre prudente que Edificó su casa sobre la peña.
25 – Y Cayó la lluvia, vinieron torrentes, soplaron vientos y golpearon contra aquella casa. Pero ella no se Derrumbó, porque se Había fundado sobre la peña.
26 – “Pero todo el que me oye estas palabras y no las hace, Será semejante a un hombre insensato que Edificó su casa sobre la arena.
27 – Cayó la lluvia, vinieron torrentes, y soplaron vientos, y azotaron contra aquella casa. Y se Derrumbó, y fue grande su ruina.”
28 – Y Aconteció que cuando Jesús Terminó estas palabras, las multitudes estaban maravilladas de su enseñanza;
29 – porque les enseñaba como quien tiene autoridad, y no como los escribas.

– Ano Bíblico (Inglês).:

Book of Mateus

Chapter 4

1 – Then Jesus was sent by the Spirit into the waste land to be tested by the Evil One.
2 – And after going without food for forty days and forty nights, he was in need of it.
3 – And the Evil One came and said to him, If you are the Son of God, give the word for these stones to become bread.
4 – But he made answer and said, It is in the Writings, Bread is not man´s only need, but every word which comes out of the mouth of God.
5 – Then the Evil One took him to the holy town; and he put him on the highest point of the Temple and said to him,
6 – If you are the Son of God, let yourself go down; for it is in the Writings, He will give his angels care over you; and, In their hands they will keep you up, so that your foot may not be crushed against a stone.
7 – Jesus said to him, Again it is in the Writings, You may not put the Lord your God to the test.
8 – Again, the Evil One took him up to a very high mountain, and let him see all the kingdoms of the world and the glory of them;
9 – And he said to him, All these things will I give you, if you will go down on your face and give me worship.
10 – Then said Jesus to him, Away, Satan: for it is in the Writings, Give worship to the Lord your God and be his servant only.
11 – Then the Evil One went away from him, and angels came and took care of him.
12 – Now when it came to his ears that John had been put in prison, he went away to Galilee;
13 – And going away from Nazareth, he came and made his living-place in Capernaum, which is by the sea, in the country of Zebulun and Naphtali:
14 – So that the word of the prophet Isaiah might come true,
15 – The land of Zebulun and the land of Naphtali, by the way of the sea, the other side of Jordan, Galilee of the Gentiles,
16 – The people who were in the dark saw a great light, and to those in the land of the shade of death did the dawn come up.
17 – From that time Jesus went about preaching and saying, Let your hearts be turned from sin, for the kingdom of heaven is near.
18 – And when he was walking by the sea of Galilee, he saw two brothers, Simon, whose other name was Peter, and Andrew, his brother, who were putting a net into the sea; for they were fishermen.
19 – And he said to them, Come after me, and I will make you fishers of men.
20 – And straight away they let go the nets and went after him.
21 – And going on from there he saw two other brothers, James, the son of Zebedee, and John, his brother, in the boat with their father, stitching up their nets; and he said, Come.
22 – And they went straight from the boat and their father and came after him.
23 – And Jesus went about in all Galilee, teaching in their Synagogues and preaching the good news of the kingdom, and making well those who were ill with any disease among the people.
24 – And news of him went out through all Syria; and they took to him all who were ill with different diseases and pains, those having evil spirits and those who were off their heads, and those who had no power of moving. And he made them well.
25 – And there went after him great numbers from Galilee and Decapolis and Jerusalem and Judaea and from the other side of Jordan.

Chapter 5

1 – And seeing great masses of people he went up into the mountain; and when he was seated his disciples came to him.
2 – And with these words he gave them teaching, saying,
3 – Happy are the poor in spirit: for the kingdom of heaven is theirs.
4 – Happy are those who are sad: for they will be comforted.
5 – Happy are the gentle: for the earth will be their heritage.
6 – Happy are those whose heart´s desire is for righteousness: for they will have their desire.
7 – Happy are those who have mercy: for they will be given mercy.
8 – Happy are the clean in heart: for they will see God.
9 – Happy are the peacemakers: for they will be named sons of God.
10 – Happy are those who are attacked on account of righteousness: for the kingdom of heaven will be theirs.
11 – Happy are you when men give you a bad name, and are cruel to you, and say all evil things against you falsely, because of me.
12 – Be glad and full of joy; for great is your reward in heaven: for so were the prophets attacked who were before you.
13 – You are the salt of the earth; but if its taste goes from the salt, how will you make it salt again? it is then good for nothing but to be put out and crushed under foot by men.
14 – You are the light of the world. A town put on a hill may be seen by all.
15 – And a burning light is not put under a vessel, but on its table; so that its rays may be shining on all who are in the house.
16 – Even so let your light be shining before men, so that they may see your good works and give glory to your Father in heaven.
17 – Let there be no thought that I have come to put an end to the law or the prophets. I have not come for destruction, but to make complete.
18 – Truly I say to you, Till heaven and earth come to an end, not the smallest letter or part of a letter will in any way be taken from the law, till all things are done.
19 – Whoever then goes against the smallest of these laws, teaching men to do the same, will be named least in the kingdom of heaven; but he who keeps the laws, teaching others to keep them, will be named great in the kingdom of heaven.
20 – For I say to you, If your righteousness is not greater than the righteousness of the scribes and Pharisees, you will never go into the kingdom of heaven.
21 – You have knowledge that it was said in old times, You may not put to death; and, Whoever puts to death will be in danger of being judged:
22 – But I say to you that everyone who is angry with his brother will be in danger of being judged; and he who says to his brother, Raca, will be in danger from the Sanhedrin; and whoever says, You foolish one, will be in danger of the hell of fire.
23 – If then you are making an offering at the altar and there it comes to your mind that your brother has something against you,
24 – While your offering is still before the altar, first go and make peace with your brother, then come and make your offering.
25 – Come to an agreement quickly with him who has a cause against you at law, while you are with him on the way, for fear that he may give you up to the judge and the judge may give you to the police and you may be put into prison.
26 – Truly I say to you, You will not come out from there till you have made payment of the very last farthing.
27 – You have knowledge that it was said, You may not have connection with another man´s wife:
28 – But I say to you that everyone whose eyes are turned on a woman with desire has had connection with her in his heart.
29 – And if your right eye is a cause of trouble to you, take it out and put it away from you; because it is better to undergo the loss of one part, than for all your body to go into hell.
30 – And if your right hand is a cause of trouble to you, let it be cut off and put it away from you; because it is better to undergo the loss of one part, than for all your body to go into hell.
31 – Again, it was said, Whoever puts away his wife has to give her a statement in writing for this purpose:
32 – But I say to you that everyone who puts away his wife for any other cause but the loss of her virtue, makes her false to her husband; and whoever takes her as his wife after she is put away, is no true husband to her.
33 – Again, you have knowledge that it was said in old times, Do not take false oaths, but give effect to your oaths to the Lord:
34 – But I say to you, Take no oaths at all: not by the heaven, because it is the seat of God;
35 – Or by the earth, because it is the resting-place for his foot; or by Jerusalem, because it is the town of the great King.
36 – You may not take an oath by your head, because you are not able to make one hair white or black.
37 – But let your words be simply, Yes or No: and whatever is more than these is of the Evil One.
38 – You have knowledge that it was said, An eye for an eye, and a tooth for a tooth:
39 – But I say to you, Do not make use of force against an evil man; but to him who gives you a blow on the right side of your face let the left be turned.
40 – And if any man goes to law with you and takes away your coat, do not keep back your robe from him.
41 – And whoever makes you go one mile, go with him two.
42 – Give to him who comes with a request, and keep not your property from him who would for a time make use of it.
43 – You have knowledge that it was said, Have love for your neighbour, and hate for him who is against you:
44 – But I say to you, Have love for those who are against you, and make prayer for those who are cruel to you;
45 – So that you may be the sons of your Father in heaven; for his sun gives light to the evil and to the good, and he sends rain on the upright man and on the sinner.
46 – For if you have love for those who have love for you, what credit is it to you? do not the tax-farmers the same?
47 – And if you say, Good day, to your brothers only, what do you do more than others? do not even the Gentiles the same?
48 – Be then complete in righteousness, even as your Father in heaven is complete.

Chapter 6

1 – Take care not to do your good works before men, to be seen by them; or you will have no reward from your Father in heaven.
2 – When then you give money to the poor, do not make a noise about it, as the false-hearted men do in the Synagogues and in the streets, so that they may have glory from men. Truly, I say to you, They have their reward.
3 – But when you give money, let not your left hand see what your right hand does:
4 – So that your giving may be in secret; and your Father, who sees in secret, will give you your reward.
5 – And when you make your prayers, be not like the false-hearted men, who take pleasure in getting up and saying their prayers in the Synagogues and at the street turnings so that they may be seen by men. Truly I say to you, They have their reward.
6 – But when you make your prayer, go into your private room, and, shutting the door, say a prayer to your Father in secret, and your Father, who sees in secret, will give you your reward.
7 – And in your prayer do not make use of the same words again and again, as the Gentiles do: for they have the idea that God will give attention to them because of the number of their words.
8 – So be not like them; because your Father has knowledge of your needs even before you make your requests to him.
9 – Let this then be your prayer: Our Father in heaven, may your name be kept holy.
10 – Let your kingdom come. Let your pleasure be done, as in heaven, so on earth.
11 – Give us this day bread for our needs.
12 – And make us free of our debts, as we have made those free who are in debt to us.
13 – And let us not be put to the test, but keep us safe from the Evil One.
14 – For if you let men have forgiveness for their sins, you will have forgiveness from your Father in heaven.
15 – But if you do not let men have forgiveness for their sins, you will not have forgiveness from your Father for your sins.
16 – And when you go without food, be not sad-faced as the false-hearted are. For they go about with changed looks, so that men may see that they are going without food. Truly I say to you, They have their reward.
17 – But when you go without food, put oil on your head and make your face clean;
18 – So that no one may see that you are going without food, but your Father in secret; and your Father, who sees in secret, will give you your reward.
19 – Make no store of wealth for yourselves on earth, where it may be turned to dust by worms and weather, and where thieves may come in by force and take it away.
20 – But make a store for yourselves in heaven, where it will not be turned to dust and where thieves do not come in to take it away:
21 – For where your wealth is, there will your heart be.
22 – The light of the body is the eye; if then your eye is true, all your body will be full of light.
23 – But if your eye is evil, all your body will be dark. If then the light which is in you is dark, how dark it will be!
24 – No man is able to be a servant to two masters: for he will have hate for the one and love for the other, or he will keep to one and have no respect for the other. You may not be servants of God and of wealth.
25 – So I say to you, Take no thought for your life, about food or drink, or about clothing for your body. Is not life more than food, and the body more than its clothing?
26 – See the birds of heaven; they do not put seeds in the earth, they do not get in grain, or put it in store-houses; and your Father in heaven gives them food. Are you not of much more value than they?
27 – And which of you by taking thought is able to make himself a cubit taller?
28 – And why are you troubled about clothing? See the flowers of the field, how they come up; they do no work, they make no thread:
29 – But I say to you that even Solomon in all his glory was not clothed like one of these.
30 – But if God gives such clothing to the grass of the field, which is here today and tomorrow is put into the oven, will he not much more give you clothing, O you of little faith?
31 – Then do not be full of care, saying, What are we to have for food or drink? or, With what may we be clothed?
32 – Because the Gentiles go in search of all these things: for your Father in heaven has knowledge that you have need of all these things:
33 – But let your first care be for his kingdom and his righteousness; and all these other things will be given to you in addition.
34 – Then have no care for tomorrow: tomorrow will take care of itself. Take the trouble of the day as it comes.

Chapter 7

1 – Be not judges of others, and you will not be judged.
2 – For as you have been judging, so you will be judged, and with your measure will it be measured to you.
3 – And why do you take note of the grain of dust in your brother´s eye, but take no note of the bit of wood which is in your eye?
4 – Or how will you say to your brother, Let me take out the grain of dust from your eye, when you yourself have a bit of wood in your eye?
5 – You false one, first take out the bit of wood from your eye, then will you see clearly to take out the grain of dust from your brother´s eye.
6 – Do not give that which is holy to the dogs, or put your jewels before pigs, for fear that they will be crushed under foot by the pigs whose attack will then be made against you.
7 – Make a request, and it will be answered; what you are searching for you will get; give the sign, and the door will be open to you:
8 – Because to everyone who makes a request, it will be given; and he who is searching will get his desire, and to him who gives the sign, the door will be open.
9 – Or which of you, if his son makes a request for bread, will give him a stone?
10 – Or if he makes a request for a fish, will give him a snake?
11 – If you, then, being evil, are able to give good things to your children, how much more will your Father in heaven give good things to those who make requests to him?
12 – All those things, then, which you would have men do to you, even so do you to them: because this is the law and the prophets.
13 – Go in by the narrow door; for wide is the door and open is the way which goes to destruction, and great numbers go in by it.
14 – For narrow is the door and hard the road to life, and only a small number make discovery of it.
15 – Be on the watch for false prophets, who come to you in sheep´s clothing, but inside they are cruel wolves.
16 – By their fruits you will get knowledge of them. Do men get grapes from thorns or figs from thistles?
17 – Even so, every good tree gives good fruit; but the bad tree gives evil fruit.
18 – It is not possible for a good tree to give bad fruit, and a bad tree will not give good fruit.
19 – Every tree which does not give good fruit is cut down and put in the fire.
20 – So by their fruits you will get knowledge of them.
21 – Not everyone who says to me, Lord, Lord, will go into the kingdom of heaven; but he who does the pleasure of my Father in heaven.
22 – A great number will say to me on that day, Lord, Lord, were we not prophets in your name, and did we not by your name send out evil spirits, and by your name do works of power?
23 – And then will I say to them, I never had knowledge of you: go from me, you workers of evil.
24 – Everyone, then, to whom my words come and who does them, will be like a wise man who made his house on a rock;
25 – And the rain came down and there was a rush of waters and the winds were driving against that house, but it was not moved; because it was based on the rock.
26 – And everyone to whom my words come and who does them not, will be like a foolish man who made his house on sand;
27 – And the rain came down and there was a rush of waters and the winds were driving against that house; and it came down and great was its fall.
28 – And it came about, when Jesus had come to the end of these words, that the people were surprised at his teaching,
29 – for he was teaching as one having authority, and not as their scribes.

Na graça de nosso Senhor Jesus,

Daniel Gavin
Diretor Geral – Ellen White Books
http://www.ellenwhite.com.br/
http://www.ellenwhitebooks.com/
http://www.ellenwhite.es/
http://www.ellenwhitebooks.es/

Esse post foi publicado em Não categorizado. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s