MEDITAÇÃO – MENSAGENS – ANO BÍBLICO

– Meditação Matinal de EGW (Português).:

A Lei de Deus Aparecem no Céu

“Os céus anunciam a Sua justiça, porque é o próprio Deus que julga”. Sal. 50:6.
As nuvens recuam, e se vêem os constelados céus, indescritivelmente gloriosos em contraste com o firmamento negro e carregado de cada lado. A glória da cidade celestial emana de suas portas entreabertas. – GC, 637.
No templo será vista a arca do concerto em que foram colocadas as duas tábuas de pedra, nas quais está escrita a lei de Deus. Estas tábuas de pedra serão tiradas de seu esconderijo, e nelas serão vistos os Dez Mandamentos gravados pelo dedo de Deus. Estas tábuas de pedra que agora se encontram na arca do concerto serão um convincente testemunho da verdade e dos obrigatórios reclamos da lei. de Deus. – 7BC, 972.
Espíritos e corações sacrílegos julgaram que eram sufi- cientemente poderosos para mudar os tem” e as leis de Jeová; mas, em segurança nos arquivos do Céu, na arca de Deus, estão os mandamentos originais, escritos nas duas tábuas de pedra. Nenhum potentado terrestre tem poder para tirar essas tábuas de seu sagrado esconderijo debaixo do propiciatório. – 7BC, 972.
Aparece então de encontro ao céu uma mão segurando duas tábuas de pedra dobradas uma sobre a outra. Diz o profeta: “Os céus anunciarão a Sua justiça; pois Deus mesmo é o juiz”. Salmo 50:6. Aquela santa lei, a justiça de Deus, que por entre trovões e chamas foi do Sinal proclamada como guia da vida, revela-se agora aos homens como a regra do juízo. A mão abre as tábuas, e vêem-se os preceitos do decálogo, como que traçados com pena de fogo. As palavras são tão claras que todos as podem ler. Desperta-se a memória, varrem-se de todas as mentes as trevas da superstição e heresia, e os dez preceitos divinos, breves, compreensivos e autorizados, apresentam-se à vista de todos os habitantes da Terra.
É impossível descrever o horror e desespero dos que pisaram os santos mandamentos de Deus. …
Os inimigos da lei de Deus, desde o ministro até ao menor dentre eles, têm nova concepção da verdade e do dever. Demasiado tarde vêem que o sábado do quarto mandamento é o selo do Deus vivo. – GC, 637.
Ano Bíblico. S. Mat: 1-4. Juvenis: S. Luc. 11.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=100&p=284

– Meditação Matinal de EGW (Espanhol).:

LA LEY DE DIOS APARECE EN LOS CIELOS

Y los cielos declararán su justicia, porque Dios es el juez. Sal. 50. 6.
Las nubes se retirán, y el cielo estrellado brilla con esplendor indescriptible en contraste con el firmamento negro y severo en ambos lados. La magnificencia de la ciudad celestial rebosa por las puertas entreabiertas. . (12)
En el templo se verá el arca del testimonio, en la cual están colocadas las dos tablas de piedra, sobre las que está escrita la ley de Dios. Esas tablas de piedra serán sacadas del lugar donde estaban ocultas, y sobre ellas se verán los Diez Mandamienos escritos por el dedo de Dios. Esas tablas de piedra que ahora reposan en el arca del pacto, serán un testimonio convincente en favor de la verdad y de la vigencia de los requerimientos de la ley de Dios…
Mentes y corazones sacrílegos pensaron que eran lo suficientemente poderosos como para cambiar los tiempos y leyes de Jehová; pero a salvo en los archivos de el cielo, en el arca de Dios, están los mandamientos originales, escritos sobre las dos tablas de piedra. Ningún potentado de la tierra tiene la facultad de sacar esas tablas de su sagrado escondite, ubicado bajo el propiciatorio.(13)
Aparece en el cielo una mano que sostiene dos tablas de piedra puestas una sobre otra. El profeta dice: “Denunciarán los cielos su justicia; porque Dios es el juez.” (Sal. 50: 6). Esta ley santa, justicia de Dios, que entre truenos y llamas fue proclamada desde el Sinaí como guía de la vida, se revela ahora a los hombres como norma del juicio. La mano abre las tablas en las cuales se ven los preceptos del Decálogo inscriptos como con letras de fuego. Las palabras son tan distintas que todos pueden leerlas. La memoria se despierta, las tinieblas de la superstición y de la herejía desaparecen de todos los espíritus, y la diez palabras de Dios, breves, inteligibles y llenas de autoridad, se presentan a la vista de todos los habitantes de la tierra.
Es imposible describir el horror y la desesperación de aquellos que pisotearon los santos preceptos de Dios…
Los enemigos de la ley de Dios… reconocen demasiado tare que el día de reposo del cuarto mandamiento es el sello del Dios vivo.(14)

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=101&p=284

– Meditação Matinal de EGW (Inglês).:

October 5 – God”s Law Appears in the Heavens

The heavens shall declare his righteousness: for God is judge himself. Ps. 50:6.
The clouds sweep back, and the starry heavens are seen, unspeakably glorious in contrast with the black and angry firmament on either side. The glory of the celestial city streams from the gates ajar. {Mar 286.1}
In the temple will be seen the ark of the testament in which were placed the two tables of stone, on which are written God”s law. These tables of stone will be brought forth from their hiding place, and on them will be seen the Ten Commandments engraved by the finger of God. These tables of stone now lying in the ark of the testament will be a convincing testimony to the truth and binding claims of God”s law. {Mar 286.2}
Sacrilegious minds and hearts have thought they were mighty enough to change the times and laws of Jehovah; but, safe in the archives of heaven, in the ark of God, are the original commandments, written upon the two tables of stone. No potentate of earth has power to draw forth those tables from their sacred hiding place beneath the mercy seat. {Mar 286.3}
There appears against the sky a hand holding two tables of stone folded together. Says the prophet: “The heavens shall declare his righteousness: for God is judge himself.” Psalm 50:6. That holy law, God”s righteousness, that amid thunder and flame was proclaimed from Sinai as the guide of life, is now revealed to men as the rule of judgment. The hand opens the tables, and there are seen the precepts of the Decalogue, traced as with a pen of fire. The words are so plain that all can read them. Memory is aroused, the darkness of superstition and heresy is swept from every mind, and God”s ten words, brief, comprehensive, and authoritative, are presented to the view of all the inhabitants of the earth. {Mar 286.4}
It is impossible to describe the horror and despair of those who have trampled upon God”s holy requirements. . . . {Mar 286.5}
The enemies of God”s law, from the ministers down to the least among them, have a new conception of truth and duty. Too late they see that the Sabbath of the fourth commandment is the seal of the living God. {Mar 286.6}

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=129&p=284

Na graça de nosso Senhor Jesus,

Daniel Gavin
Diretor Geral – Ellen White Books
http://www.ellenwhite.com.br/
http://www.ellenwhitebooks.com/
http://www.ellenwhite.es/
http://www.ellenwhitebooks.es/

– Mensagens para Evangelistas.:

Necessitam-se homens e mulheres fervorosos, abnegados, que se dirijam a Deus e, com forte clamor e lágrimas, intercedam pelas almas que se acham à beira da ruína. Não pode haver colheita sem semeadura, nem resultados sem esforços. Abraão foi chamado para sair de sua terra, mensageiro de luz para os gentios. E, sem questionar, obedeceu. “E saiu, sem saber para onde ia.” Heb. 11:8. Assim atualmente os servos de Deus devem ir aonde Ele os chama, confiantes em que Ele os guiará e lhes dará êxito em sua obra. Obreiros Evangélicos, pág. 26.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=49&p=26

– Mensagens para Jovens.:

Quão pouco avaliam nossos jovens a necessidade de dar a seus juvenis companheiros, em sua vida e caráter, um exemplo cristão! Muitos de nossos jovens entendem a teoria da verdade, mas quão poucos compreendem por experiência a influência prática da verdade sobre cada uma de suas ações! Onde estão os missionários jovens fazendo qualquer obra que se lhes apresente no grande campo da seara? Onde os que são diários aprendizes na escola de Cristo? Não sintam eles nunca se acharem preparados para a colação de grau. Esperem nos pátios do Senhor, para que sejam guiados à maneira de trabalhar em harmonia com os poderes celestes. Queridos jovens, desejo falar-vos positivamente, pois quero que sejais salvos. Não percais mais tempo. Não podeis servir a Deus e a Mamom. Podeis aparentemente ser cristãos, mas quando sois fortemente tentados, não caís em geral na tentação? Mensagens aos Jovens, pág. 140.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=6&p=140

– Mensagens para Namorados.:

Um dos maiores erros ligados a este assunto é a idéia de que os jovens e inexperientes não devem ser perturbados em suas afeições, que não deve haver nenhuma interferência em sua experiência amorosa. Se já houve um assunto que devesse ser considerado de todos os pontos de vista, é este. O auxílio da experiência de outros, e o calmo e cuidadoso pesar da questão em ambos os lados, é positivamente indispensável. É um assunto que é pela grande maioria de pessoas tratado com muita, mas muita leviandade. Consultai a Deus e a vossos pais tementes a Deus, jovens amigos. Orai sobre o assunto. Pesai cada sentimento e observai todo desenvolvimento de caráter na pessoa a quem pretendeis ligar o destino de vossa vida. O passo que dareis é um dos mais importantes de vossa vida, e não deve ser dado precipitadamente. Amai, mas não ameis cegamente. Mensagens aos Jovens, pág. 449.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=6&p=449

– Mensagens para Pais.:

Há uma cega afeição que dá às crianças o privilégio de fazerem como lhes apraz. Consentir, porém, que a criança siga seus impulsos naturais corresponde a consentir que ela se corrompa e se torne hábil no mal. Os pais prudentes não dirão a seus filhos: “Sigam o que quiserem; vão aonde quiserem; façam o que quiserem”; antes dirão: “Ouvi a instrução do Senhor.” Devem-se fazer regras e regulamentos sábios, e pôr em execução, a fim de que a beleza da vida doméstica não se perverta. Conselhos aos Pais, Professores e Estudantes, pág. 112.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=37&p=112

– Mensagens sobre Escola Sabatina.:

Jesus ama as criancinhas. Quando as mães levaram a Ele seus pequeninos, os discípulos procuraram afastá-las. Mas Jesus repreendeu-os, e disse: “Deixai vir os pequeninos a Mim e não os impeçais, porque dos tais é o Reino de Deus.” Mar. 10:14. Tomou-os então em Seus amoráveis braços e os abençoou. Os pais e professores que não amam as crianças ou que com elas não têm paciência são dignos de lástima, pois não possuem a mente de Cristo. Os que procuram agregar as crianças na Escola Sabatina estão fazendo uma boa obra, justamente a que o Mestre tem prazer que façam. A mente em expansão, mesmo das criancinhas, pode compreender muito dos ensinos de Cristo, e é susceptível de ser ensinadas a amá-Lo com toda a sua ardente afeição. Devem os pais e professores semear junto a todas as águas, e se fielmente o fizerem poderão ter afinal uma colheita de almas. E quando virem as pessoas por quem trabalharam, junto ao grande trono branco, vestidas de branco, com coroas e harpas de ouro, senti
rão que seus esforços não foram em vão. O “bem está, servo bom e fiel” (Mat. 25:21), soará aos seus ouvidos como suave melodia. Signs of the Times, 23 de junho de 1881 e Conselhos Sobre a Escola Sabatina, pág. 55.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=15&p=55

– Mensagens sobre Saúde.:

Quando Cristo Se via mais tenazmente assaltado pela tentação, não comia nada. Confiava-Se a Deus, e mediante fervorosa oração e perfeita submissão à vontade de Seu Pai, saía vencedor. Os que professam a verdade para estes últimos dias, acima de todas as outras classes de professos cristãos, devem imitar o grande Modelo na oração. Testimonies, vol. 2, págs. 202 e 203 e Conselhos Sobre o Regime Alimentar, pág. 186.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=17&p=186

Na graça de nosso Senhor Jesus,

Daniel Gavin
Diretor Geral – Ellen White Books
http://www.ellenwhite.com.br/
http://www.ellenwhitebooks.com/
http://www.ellenwhite.es/
http://www.ellenwhitebooks.es/

– Ano Bíblico (Português).:

Livro de Mateus

Capítulo 1

1 – Livro da genealogia de Jesus Cristo, filho de Davi, filho de Abraão.
2 – A Abraão nasceu Isaque; a Isaque nasceu Jacó; a Jacó nasceram Judá e seus irmãos;
3 – a Judá nasceram, de Tamar, Farés e Zará; a Farés nasceu Esrom; a Esrom nasceu Arão;
4 – a Arão nasceu Aminadabe; a Aminadabe nasceu Nasom; a Nasom nasceu Salmom;
5 – a Salmom nasceu, de Raabe, Booz; a Booz nasceu, de Rute, Obede; a Obede nasceu Jessé;
6 – e a Jessé nasceu o rei Davi. A Davi nasceu Salomão da que fora mulher de Urias;
7 – a Salomão nasceu Roboão; a Roboão nasceu Abias; a nasceu Abias nasceu Asafe;
8 – a Asafe nasceu Josafá; a Josafá nasceu Jorão; a Jorão Ozias;
9 – a Ozias nasceu Joatão; a Joatão nasceu Acaz; a Acaz nasceu Ezequias;
10 – a Ezequias nasceu Manassés; a Manassés nasceu Amom; a Amom nasceu Josias;
11 – a Josias nasceram Jeconias e seus irmãos, no tempo da deportação para Babilônia.
12 – Depois da deportação para Babilônia nasceu a Jeconias, Salatiel; a Salatiel nasceu Zorobabel;
13 – a Zorobabel nasceu Abiúde; a Abiúde nasceu Eliaquim; a Eliaquim nasceu Azor;
14 – a Azor nasceu Sadoque; a Sadoque nasceu Aquim; a Aquim nasceu Eliúde;
15 – a Eliúde nasceu Eleazar; a Eleazar nasceu Matã; a Matã nasceu Jacó;
16 – e a Jacó nasceu José, marido de Maria, da qual nasceu JESUS, que se chama Cristo.
17 – De sorte que todas as gerações, desde Abraão até Davi, são catorze gerações; e desde Davi até a deportação para Babilônia, catorze gerações; e desde a deportação para Babilônia até o Cristo, catorze gerações.
18 – Ora, o nascimento de Jesus Cristo foi assim: Estando Maria, sua mãe, desposada com José, antes de se ajuntarem, ela se achou ter concebido do Espírito Santo.
19 – E como José, seu esposo, era justo, e não a queria infamar, intentou deixá-la secretamente.
20 – E, projetando ele isso, eis que em sonho lhe apareceu um anjo do Senhor, dizendo: José, filho de Davi, não temas receber a Maria, tua mulher, pois o que nela se gerou é do Espírito Santo;
21 – ela dará à luz um filho, a quem chamarás JESUS; porque ele salvará o seu povo dos seus pecados.
22 – Ora, tudo isso aconteceu para que se cumprisse o que fora dito da parte do Senhor pelo profeta:
23 – Eis que a virgem conceberá e dará à luz um filho, o qual será chamado EMANUEL, que traduzido é: Deus conosco.
24 – E José, tendo despertado do sono, fez como o anjo do Senhor lhe ordenara, e recebeu sua mulher;
25 – e não a conheceu enquanto ela não deu à luz um filho; e pôs-lhe o nome de JESUS.

Capítulo 2

1 – Tendo, pois, nascido Jesus em Belém da Judéia, no tempo do rei Herodes, eis que vieram do oriente a Jerusalém uns magos que perguntavam:
2 – Onde está aquele que é nascido rei dos judeus? pois do oriente vimos a sua estrela e viemos adorá-lo.
3 – O rei Herodes, ouvindo isso, perturbou-se, e com ele toda a Jerusalém;
4 – e, reunindo todos os principais sacerdotes e os escribas do povo, perguntava-lhes onde havia de nascer o Cristo.
5 – Responderam-lhe eles: Em Belém da Judéia; pois assim está escrito pelo profeta:
6 – E tu, Belém, terra de Judá, de modo nenhum és a menor entre as principais cidades de Judá; porque de ti sairá o Guia que há de apascentar o meu povo de Israel.
7 – Então Herodes chamou secretamente os magos, e deles inquiriu com precisão acerca do tempo em que a estrela aparecera;
8 – e enviando-os a Belém, disse-lhes: Ide, e perguntai diligentemente pelo menino; e, quando o achardes, participai-mo, para que também eu vá e o adore.
9 – Tendo eles, pois, ouvido o rei, partiram; e eis que a estrela que tinham visto quando no oriente ia adiante deles, até que, chegando, se deteve sobre o lugar onde estava o menino.
10 – Ao verem eles a estrela, regozijaram-se com grande alegria.
11 – E entrando na casa, viram o menino com Maria sua mãe e, prostrando-se, o adoraram; e abrindo os seus tesouros, ofertaram-lhe dádivas: ouro incenso e mirra.
12 – Ora, sendo por divina revelação avisados em sonhos para não voltarem a Herodes, regressaram à sua terra por outro caminho.
13 – E, havendo eles se retirado, eis que um anjo do Senhor apareceu a José em sonho, dizendo: Levanta-te, toma o menino e sua mãe, foge para o Egito, e ali fica até que eu te fale; porque Herodes há de procurar o menino para o matar.
14 – Levantou-se, pois, tomou de noite o menino e sua mãe, e partiu para o Egito.
15 – e lá ficou até a morte de Herodes, para que se cumprisse o que fora dito da parte do Senhor pelo profeta: Do Egito chamei o meu Filho.
16 – Então Herodes, vendo que fora iludido pelos magos, irou-se grandemente e mandou matar todos os meninos de dois anos para baixo que havia em Belém, e em todos os seus arredores, segundo o tempo que com precisão inquirira dos magos.
17 – Cumpriu-se então o que fora dito pelo profeta Jeremias:
18 – Em Ramá se ouviu uma voz, lamentação e grande pranto: Raquel chorando os seus filhos, e não querendo ser consolada, porque eles já não existem.
19 – Mas tendo morrido Herodes, eis que um anjo do Senhor apareceu em sonho a José no Egito,
20 – dizendo: Levanta-te, toma o menino e sua mãe e vai para a terra de Israel; porque já morreram os que procuravam a morte do menino.
21 – Então ele se levantou, tomou o menino e sua mãe e foi para a terra de Israel.
22 – Ouvindo, porém, que Arquelau reinava na Judéia em lugar de seu pai Herodes, temeu ir para lá; mas avisado em sonho por divina revelação, retirou-se para as regiões da Galiléia,
23 – e foi habitar numa cidade chamada Nazaré; para que se cumprisse o que fora dito pelos profetas: Ele será chamado nazareno.

Capítulo 3

1 – Naqueles dias apareceu João, o Batista, pregando no deserto da Judéia,
2 – dizendo: Arrependei-vos, porque é chegado o reino dos céus.
3 – Porque este é o anunciado pelo profeta Isaías, que diz: Voz do que clama no deserto; Preparai o caminho do Senhor, endireitai as suas veredas.
4 – Ora, João usava uma veste de pelos de camelo, e um cinto de couro em torno de seus lombos; e alimentava-se de gafanhotos e mel silvestre.
5 – Então iam ter com ele os de Jerusalém, de toda a Judéia, e de toda a circunvizinhança do Jordão,
6 – e eram por ele batizados no rio Jordão, confessando os seus pecados.
7 – Mas, vendo ele muitos dos fariseus e dos saduceus que vinham ao seu batismo, disse-lhes: Raça de víboras, quem vos ensinou a fugir da ira vindoura?
8 – Produzi, pois, frutos dignos de arrependimento,
9 – e não queirais dizer dentro de vós mesmos: Temos por pai a Abraão; porque eu vos digo que mesmo destas pedras Deus pode suscitar filhos a Abraão.
10 – E já está posto o machado á raiz das árvores; toda árvore, pois que não produz bom fruto, é cortada e lançada no fogo.
11 – Eu, na verdade, vos batizo em água, na base do arrependimento; mas aquele que vem após mim é mais poderoso do que eu, que nem sou digno de levar-lhe as alparcas; ele vos batizará no Espírito Santo, e em fogo.
12 – A sua pá ele tem na mão, e limpará bem a sua eira; recolherá o seu trigo ao celeiro, mas queimará a palha em fogo inextinguível.
13 – Então veio Jesus da Galiléia ter com João, junto do Jordão, para ser batizado por ele.
14 – Mas João o impedia, dizendo: Eu é que preciso ser batizado por ti, e tu vens a mim?
15 – Jesus, porém, lhe respondeu: Consente agora; porque assim nos convém cumprir toda a justiça. Então ele consentiu.
16 – Batizado que foi Jesus, saiu logo da água; e eis que se lhe abriram os céus, e viu o Espírito Santo de Deus descendo como uma pomba e vindo sobre ele;
17 – e eis que uma voz dos céus dizia: Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo.

Capítulo 4

1 – Então foi conduzido Jesus pelo Espírito ao deserto, para ser tentado pelo Diabo.
2 – E, tendo jejuado quarenta dias e quarenta noites, depois teve fome.
3 – Chegando, então, o tentador, disse-lhe: Se tu és Filho de Deus manda que estas pedras se tornem em pães.
4 – Mas Jesus lhe respondeu: Está escrito: Nem só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que sai da boca de Deus.
5 – Então o Diabo o levou à cidade santa, colocou-o sobre o pináculo do templo,
6 – e disse-lhe: Se tu és Filho de Deus, lança-te daqui abaixo; porque está escrito: Aos seus anjos dará ordens a teu respeito; e: eles te susterão nas mãos, para que nunca tropeces em alguma pedra.
7 – Replicou-lhe Jesus: Também está escrito: Não tentarás o Senhor teu Deus.
8 – Novamente o Diabo o levou a um monte muito alto; e mostrou-lhe todos os reinos do mundo, e a glória deles;
9 – e disse-lhe: Tudo isto te darei, se, prostrado, me adorares.
10 – Então ordenou-lhe Jesus: Vai-te, Satanás; porque está escrito: Ao Senhor teu Deus adorarás, e só a ele servirás.
11 – Então o Diabo o deixou; e eis que vieram os anjos e o serviram.
12 – Ora, ouvindo Jesus que João fora entregue, retirou-se para a Galiléia;
13 – e, deixando Nazaré, foi habitar em Cafarnaum, cidade marítima, nos confins de Zabulom e Naftali;
14 – para que se cumprisse o que fora dito pelo profeta Isaías:
15 – A terra de Zabulom e a terra de Naftali, o caminho do mar, além do Jordão, a Galiléia dos gentios,
16 – o povo que estava sentado em trevas viu uma grande luz; sim, aos que estavam sentados na região da sombra da morte, a estes a luz raiou.
17 – Desde então começou Jesus a pregar, e a dizer: Arrependei-vos, porque é chegado o reino dos céus.
18 – E Jesus, andando ao longo do mar da Galiléia, viu dois irmãos-Simão, chamado Pedro, e seu irmão André, os quais lançavam a rede ao mar, porque eram pescadores.
19 – Disse-lhes: Vinde após mim, e eu vos farei pescadores de homens.
20 – Eles, pois, deixando imediatamente as redes, o seguiram.
21 – E, passando mais adiante, viu outros dois irmãos-Tiago, filho de Zebedeu, e seu irmão João, no barco com seu pai Zebedeu, consertando as redes; e os chamou.
22 – Estes, deixando imediatamente o barco e seu pai, seguiram-no.
23 – E percorria Jesus toda a Galiléia, ensinando nas sinagogas, pregando o evangelho do reino, e curando todas as doenças e enfermidades entre o povo.
24 – Assim a sua fama correu por toda a Síria; e trouxeram-lhe todos os que padeciam, acometidos de várias doenças e tormentos, os endemoninhados, os lunáticos, e os paralíticos; e ele os curou.
25 – De sorte que o seguiam grandes multidões da Galiléia, de Decápolis, de Jerusalém, da Judéia, e dalém do Jordão.

– Pergunta sobre o Ano Bíblico.:

Depois de morar em Nazaré, para qual cidade Jesus mudou?
Resposta: Cafarnaum (Mateus 4:13)

– Curiosidades Bíblicas.:

Quem foi sepultado por Deus em um vale?
Resposta: Moisés. Deuteronômio 34:5,6.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/biblia.asp?lista=1&livro=5&capitulo=34

– Versos Bíblicos.:

O Senhor é a minha rocha, a minha fortaleza e o meu libertador; o meu Deus, o meu rochedo, em quem me refúgio; o meu escudo, a força da minha salvação, e o meu alto refúgio. Salmos 18:2

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/biblia.asp?lista=1&livro=19&capitulo=18&verso=2

– Ano Bíblico (Espanhol).:

Libro de Mateus

Capítulo 1

1 – Libro de la Genealogía de Jesucristo, hijo de David, hijo de Abraham.
2 – Abraham Engendró a Isaac; Isaac Engendró a Jacob; Jacob Engendró a Judá y a sus hermanos;
3 – Judá Engendró de Tamar a Fares y a Zéraj; Fares Engendró a Hesrón; Hesrón Engendró a Aram;
4 – Aram Engendró a Aminadab; Aminadab Engendró a Najsón; Najsón Engendró a Salmón;
5 – Salmón Engendró de Rajab a Boaz; Boaz Engendró de Rut a Obed; Obed Engendró a Isaí;
6 – Isaí Engendró al rey David. David Engendró a Salomón, de la que fue mujer de Urías;
7 – Salomón Engendró a Roboam; Roboam Engendró a Abías; Abías Engendró a Asa;
8 – Asa Engendró a Josafat; Josafat Engendró a Joram; Joram Engendró a Uzías;
9 – Uzías Engendró a Jotam; Jotam Engendró a Acaz; Acaz Engendró a Ezequías;
10 – Ezequías Engendró a Manasés; Manasés Engendró a Amón; Amón Engendró a Josías;
11 – Josías Engendró a Jeconías y a sus hermanos en el tiempo de la Deportación a Babilonia.
12 – Después de la Deportación a Babilonia, Jeconías Engendró a Salatiel; Salatiel Engendró a Zorobabel;
13 – Zorobabel Engendró a Abiud; Abiud Engendró a Eliaquim; Eliaquim Engendró a Azor;
14 – Azor Engendró a Sadoc; Sadoc Engendró a Aquim; Aquim Engendró a Eliud;
15 – Eliud Engendró a Eleazar; Eleazar Engendró a Matán; Matán Engendró a Jacob.
16 – Jacob Engendró a José, marido de María, de la cual Nació Jesús, llamado el Cristo.
17 – De manera que todas las generaciones desde Abraham hasta David son catorce generaciones, y desde David hasta la Deportación a Babilonia son catorce generaciones, y desde la Deportación a Babilonia hasta el Cristo son catorce generaciones.
18 – El nacimiento de Jesucristo fue Así: Su madre María estaba desposada con José; y antes de que se unieran, se Halló que ella Había concebido del Espíritu Santo.
19 – José, su marido, como era justo y no Quería difamarla, se propuso dejarla secretamente.
20 – Mientras él pensaba en esto, he Aquí un ángel del Señor se le Apareció en sueños y le dijo: “José, hijo de David, no temas recibir a María tu mujer, porque lo que ha sido engendrado en ella es del Espíritu Santo.
21 – Ella Dará a luz un hijo; y Llamarás su nombre Jesús, porque él Salvará a su pueblo de sus pecados.”
22 – Todo esto Aconteció para que se cumpliese lo que Habló el Señor por medio del profeta, diciendo:
23 – He Aquí, la virgen Concebirá y Dará a luz un hijo, y Llamarán su nombre Emanuel, que traducido quiere decir: Dios con nosotros.
24 – Cuando José Despertó del sueño, hizo como el ángel del Señor le Había mandado, y Recibió a su mujer.
25 – Pero no la Conoció hasta que ella dio a luz un hijo, y Llamó su nombre Jesús.

Capítulo 2

1 – Jesús Nació en Belén de Judea, en Días del rey Herodes. Y he Aquí unos magos vinieron del oriente a Jerusalén,
2 – preguntando: –¿Dónde Está el rey de los Judíos, que ha nacido? Porque hemos visto su estrella en el oriente y hemos venido para adorarle.
3 – Cuando el rey Herodes Oyó esto, se Turbó, y toda Jerusalén con él.
4 – Y habiendo convocado a todos los principales sacerdotes y a los escribas del pueblo, les Preguntó Dónde Había de nacer el Cristo.
5 – Ellos le dijeron: –En Belén de Judea, porque Así Está escrito por el profeta:
6 – Y Tú, Belén, en la tierra de Judá, de ninguna manera eres la Más pequeña entre los gobernadores de Judá; porque de ti Saldrá un gobernante que Pastoreará a mi pueblo Israel.
7 – Entonces Herodes Llamó en secreto a los magos e Indagó de ellos el tiempo de la Aparición de la estrella.
8 – Y Enviándolos a Belén, les dijo: –Id y averiguad con cuidado acerca del niño. Tan pronto le halléis, hacédmelo saber, para que yo también vaya y le adore.
9 – Ellos, después de Oír al rey, se fueron. Y he Aquí la estrella que Habían visto en el oriente iba delante de ellos, hasta que Llegó y se detuvo sobre donde estaba el niño.
10 – Al ver la estrella, se regocijaron con gran Alegría.
11 – Cuando entraron en la casa, vieron al niño con María su madre, y Postrándose le adoraron. Entonces abrieron sus tesoros y le ofrecieron presentes de oro, incienso y mirra.
12 – Pero advertidos por Revelación en sueños que no volviesen a Herodes, regresaron a su País por otro camino.
13 – Después que ellos partieron, he Aquí un ángel del Señor Apareció en sueños a José, diciendo: “Levántate; toma al niño y a su madre, y huye a Egipto. Quédate Allá hasta que yo te diga, porque Herodes va a buscar al niño para matarlo.”
14 – Entonces José se Levantó, Tomó de noche al niño y a su madre, y se fue a Egipto.
15 – Y estuvo Allí hasta la muerte de Herodes, para que se cumpliese lo que Habló el Señor por medio del profeta, diciendo: De Egipto llamé a mi hijo.
16 – Entonces Herodes, al verse burlado por los magos, se Enojó sobremanera y Mandó matar a todos los niños varones en Belén y en todos sus alrededores, de dos años de edad para abajo, conforme al tiempo que Había averiguado de los magos.
17 – Entonces se Cumplió lo dicho por medio del profeta Jeremías, diciendo:
18 – Voz fue Oída en Ramá; grande llanto y Lamentación. Raquel lloraba por sus hijos, y no Quería ser consolada, porque perecieron.
19 – Cuando Había muerto Herodes, he Aquí un ángel del Señor Apareció en sueños a José en Egipto,
20 – diciendo: “Levántate, toma al niño y a su madre, y vé a la tierra de Israel, porque han muerto los que procuraban quitar la vida al niño.”
21 – Entonces él se Levantó, Tomó al niño y a su madre, y Entró en la tierra de Israel.
22 – Pero, al Oír que Arquelao reinaba en Judea en lugar de su padre Herodes, tuvo miedo de ir Allá; y advertido por Revelación en sueños, fue a las regiones de Galilea.
23 – Habiendo llegado, Habitó en la ciudad que se llama Nazaret. Así se Cumplió lo dicho por medio de los profetas, que Había de ser llamado nazareno.

Capítulo 3

1 – En aquellos Días Apareció Juan el Bautista predicando en el desierto de Judea
2 – y diciendo: “Arrepentíos, porque el reino de los cielos se ha acercado.”
3 – Pues éste es aquel de quien fue dicho por medio del profeta Isaías: Voz del que proclama en el desierto: “Preparad el camino del Señor; enderezad sus sendas.”
4 – Juan mismo estaba vestido de pelo de camello y con un cinto de cuero a la cintura. Su comida era langostas y miel silvestre.
5 – Entonces Salían a él Jerusalén y toda Judea y toda la Región del Jordán,
6 – y confesando sus pecados eran bautizados por él en el Río Jordán.
7 – Pero cuando Juan vio que muchos de los fariseos y de los saduceos Venían a su bautismo, les Decía: “¡Generación de Víboras! ¿Quién os Enseñó a huir de la ira venidera?
8 – Producid, pues, frutos dignos de arrepentimiento;
9 – y no penséis decir dentro de vosotros: “A Abraham tenemos por padre.” Porque yo os digo que aun de estas piedras Dios puede levantar hijos a Abraham.
10 – El hacha ya Está puesta a la Raíz de los árboles. Por tanto, todo árbol que no da buen fruto es cortado y echado al fuego.
11 – Yo, a la verdad, os bautizo en agua para arrepentimiento; pero el que viene después de Mí, cuyo calzado no soy digno de llevar, es Más poderoso que yo. El os Bautizará en el Espíritu Santo y fuego.
12 – Su aventador Está en su mano, y Limpiará su era. Recogerá su trigo en el granero y Quemará la paja en el fuego que nunca se Apagará.”
13 – Entonces Jesús vino de Galilea al Jordán, a Juan, para ser bautizado por él.
14 – Pero Juan procuraba Impedírselo diciendo: –Yo necesito ser bautizado por ti, ¿y Tú vienes a Mí?
15 – Pero Jesús le Respondió: –Permítelo por ahora, porque Así nos conviene cumplir toda justicia. Entonces se lo Permitió.
16 – Y cuando Jesús fue bautizado, en seguida Subió del agua, y he Aquí los cielos le fueron abiertos, y vio al Espíritu de Dios que Descendía como paloma y Venía sobre él.
17 – Y he Aquí, una voz de los cielos Decía: “Este es mi Hijo amado, en quien tengo complacencia.”

Capítulo 4

1 – Entonces Jesús fue llevado por el Espíritu al desierto, para ser tentado por el diablo.
2 – Y después de haber ayunado cuarenta Días y cuarenta noches, tuvo hambre.
3 – El tentador se Acercó y le dijo: –Si eres Hijo de Dios, di que estas piedras se conviertan en pan.
4 – Pero él Respondió y dijo: –Escrito Está: No Sólo de pan Vivirá el hombre, sino de toda palabra que sale de la boca de Dios.
5 – Entonces el diablo le Llevó a la santa ciudad, le puso de pie sobre el Pináculo del templo,
6 – y le dijo: –Si eres Hijo de Dios, échate abajo, porque escrito Está: A sus ángeles Mandará acerca de ti, y en sus manos te Llevarán, de modo que nunca tropieces con tu pie en piedra.
7 – Jesús le dijo: –Además Está escrito: No Pondrás a prueba al Señor tu Dios.
8 – Otra vez el diablo le Llevó a un monte muy alto, y le Mostró todos los reinos del mundo y su gloria.
9 – Y le dijo: –Todo esto te daré, si postrado me adoras.
10 – Entonces Jesús le dijo: –Vete, Satanás, porque escrito Está: Al Señor tu Dios Adorarás y a él solo Servirás.
11 – Entonces el diablo le Dejó, y he Aquí, los ángeles vinieron y le Servían.
12 – Y cuando Jesús Oyó que Juan Había sido encarcelado, Regresó a Galilea.
13 – Y habiendo dejado Nazaret, fue y Habitó en Capernaúm, ciudad junto al mar en la Región de Zabulón y Neftalí,
14 – para que se cumpliese lo dicho por medio del profeta Isaías, diciendo:
15 – Tierra de Zabulón y tierra de Neftalí, camino del mar, al otro lado del Jordán, Galilea de los gentiles.
16 – El pueblo que moraba en tinieblas vio una gran luz. A los que moraban en Región y sombra de muerte, la luz les Amaneció.
17 – Desde entonces Jesús Comenzó a predicar y a decir: “¡Arrepentíos, porque el reino de los cielos se ha acercado!”
18 – Mientras andaba junto al mar de Galilea, Jesús vio a dos hermanos: a Simón, que es llamado Pedro, y a su hermano Andrés. Estaban echando una red en el mar, porque eran pescadores.
19 – Y les dijo: “Venid en pos de Mí, y os haré pescadores de hombres.”
20 – Y de inmediato ellos dejaron sus redes y le siguieron.
21 – Y pasando Más adelante, vio a otros dos hermanos, Jacobo hijo de Zebedeo y Juan su hermano, en la barca con su padre Zebedeo, arreglando sus redes. Los Llamó,
22 – y en seguida ellos dejaron la barca y a su padre, y le siguieron.
23 – Jesús Recorría toda Galilea enseñando en las sinagogas de ellos, predicando el evangelio del reino y sanando toda enfermedad y toda dolencia en el pueblo.
24 – Su fama Corrió por toda Siria, y le trajeron todos los que Tenían males: los que Padecían diversas enfermedades y dolores, los endemoniados, los Lunáticos y los Paralíticos. Y él los Sanó.
25 – Le siguieron grandes multitudes de Galilea, de Decápolis, de Jerusalén, de Judea y del otro lado del Jordán.

– Ano Bíblico (Inglês).:

Book of Mateus

Chapter 1

1 – The book of the generations of Jesus Christ, the son of David, the son of Abraham.
2 – The son of Abraham was Isaac; and the son of Isaac was Jacob; and the sons of Jacob were Judah and his brothers;
3 – And the sons of Judah were Perez and Zerah by Tamar; and the son of Perez was Hezron; and the son of Hezron was Ram;
4 – And the son of Ram was Amminadab; and the son of Amminadab was Nahshon; and the son of Nahshon was Salmon;
5 – And the son of Salmon by Rahab was Boaz; and the son of Boaz by Ruth was Obed; and the son of Obed was Jesse;
6 – And the son of Jesse was David the king; and the son of David was Solomon by her who had been the wife of Uriah;
7 – And the son of Solomon was Rehoboam; and the son of Rehoboam was Abijah; and the son of Abijah was Asa;
8 – And the son of Asa was Jehoshaphat; and the son of Jehoshaphat was Joram; and the son of Joram was Uzziah;
9 – And the son of Uzziah was Jotham; and the son of Jotham was Ahaz; and the son of Ahaz was Hezekiah;
10 – And the son of Hezekiah was Manasseh; and the son of Manasseh was Amon; and the son of Amon was Josiah;
11 – And the sons of Josiah were Jechoniah and his brothers, at the time of the taking away to Babylon.
12 – And after the taking away to Babylon, Jechoniah had a son Shealtiel; and Shealtiel had Zerubbabel;
13 – And Zerubbabel had Abiud; and Abiud had Eliakim; and Eliakim had Azor;
14 – And Azor had Zadok; and Zadok had Achim; and Achim had Eliud;
15 – And Eliud had Eleazar; and Eleazar had Matthan; and Matthan had Jacob;
16 – And the son of Jacob was Joseph the husband of Mary, who gave birth to Jesus, whose name is Christ.
17 – So all the generations from Abraham to David are fourteen generations; and from David to the taking away to Babylon, fourteen generations; and from the taking away to Babylon to the coming of Christ, fourteen generations.
18 – Now the birth of Jesus Christ was in this way: when his mother Mary was going to be married to Joseph, before they came together the discovery was made that she was with child by the Holy Spirit.
19 – And Joseph, her husband, being an upright man, and not desiring to make her a public example, had a mind to put her away privately.
20 – But when he was giving thought to these things, an angel of the Lord came to him in a dream, saying, Joseph, son of David, have no fear of taking Mary as your wife; because that which is in her body is of the Holy Spirit.
21 – And she will give birth to a son; and you will give him the name Jesus; for he will give his people salvation from their sins.
22 – Now all this took place so that the word of the Lord by the prophet might come true,
23 – See, the virgin will be with child, and will give birth to a son, and they will give him the name Immanuel, that is, God with us.
24 – And Joseph did as the angel of the Lord had said to him, and took her as his wife;
25 – And he had no connection with her till she had given birth to a son; and he gave him the name Jesus.

Chapter 2

1 – Now when the birth of Jesus took place in Beth-lehem of Judaea, in the days of Herod the king, there came wise men from the east to Jerusalem,
2 – Saying, Where is the King of the Jews whose birth has now taken place? We have seen his star in the east and have come to give him worship.
3 – And when it came to the ears of Herod the king, he was troubled, and all Jerusalem with him.
4 – And he got together all the chief priests and scribes of the people, questioning them as to where the birth-place of the Christ would be.
5 – And they said to him, In Beth-lehem of Judaea; for so it is said in the writings of the prophet,
6 – You Beth-lehem, in the land of Judah, are not the least among the chiefs of Judah: out of you will come a ruler, who will be the keeper of my people Israel.
7 – Then Herod sent for the wise men privately, and put questions to them about what time the star had been seen.
8 – And he sent them to Beth-lehem and said, Go and make certain where the young child is; and when you have seen him, let me have news of it, so that I may come and give him worship.
9 – And after hearing the king, they went on their way; and the star which they saw in the east went before them, till it came to rest over the place where the young child was.
10 – And when they saw the star they were full of joy.
11 – And they came into the house, and saw the young child with Mary, his mother; and falling down on their faces they gave him worship; and from their store they gave him offerings of gold, perfume, and spices.
12 – And it was made clear to them by God in a dream that they were not to go back to Herod; so they went into their country by another way.
13 – And when they had gone, an angel of the Lord came to Joseph in a dream, saying, Get up and take the young child and his mother, and go into Egypt, and do not go from there till I give you word; for Herod will be searching for the young child to put him to death.
14 – So he took the young child and his mother by night, and went into Egypt;
15 – And was there till the death of Herod; so that the word of the Lord through the prophet might come true, Out of Egypt have I sent for my son.
16 – Then Herod, when he saw that he had been tricked by the wise men, was very angry; and he sent out, and put to death all the male children in Beth-lehem and in all the parts round about it, from two years old and under, acting on the knowledge which he had got with care from the wise men.
17 – Then the word of Jeremiah the prophet came true,
18 – In Ramah there was a sound of weeping and great sorrow, Rachel weeping for her children, and she would not be comforted for their loss.
19 – But when Herod was dead, an angel of the Lord came in a dream to Joseph in Egypt,
20 – Saying, Get up and take the young child and his mother, and go into the land of Israel: because they who were attempting to take the young child´s life are dead.
21 – And he got up, and took the young child and his mother, and came into the land of Israel.
22 – But when it came to his ears that Archelaus was ruling over Judaea in the place of his father Herod, he was in fear of going there; and God having given him news of the danger in a dream, he went out of the way into the country parts of Galilee.
23 – And he came and was living in a town named Nazareth: so that the word of the prophets might come true, He will be named a Nazarene.

Chapter 3

1 – And in those days John the Baptist came preaching in the waste land of Judaea,
2 – Saying, Let your hearts be turned from sin; for the kingdom of heaven is near.
3 – For this is he of whom Isaiah the prophet said, The voice of one crying in the waste land, Make ready the way of the Lord, make his roads straight.
4 – Now John was clothed in camel´s hair, with a leather band about him; and his food was locusts and honey.
5 – Then Jerusalem and all Judaea went out to him, and all the people from near Jordan;
6 – And they were given baptism by him in the river Jordan, saying openly that they had done wrong.
7 – But when he saw a number of the Pharisees and Sadducees coming to his baptism, he said to them, Offspring of snakes, at whose word are you going in flight from the wrath to come?
8 – Let your change of heart be seen in your works:
9 – And say not to yourselves, We have Abraham for our father; because I say to you that God is able from these stones to make children for Abraham.
10 – And even now the axe is put to the root of the trees; every tree then which does not give good fruit is cut down, and put into the fire.
11 – Truly, I give baptism with water to those of you whose hearts are changed; but he who comes after me is greater than I, whose shoes I am not good enough to take up: he will give you baptism with the Holy Spirit and with fire:
12 – In whose hand is the instrument with which he will make clean his grain; he will put the good grain in his store, but the waste will be burned up in the fire which will never be put out.
13 – Then Jesus came from Galilee to John at the Jordan, to be given baptism by him.
14 – But John would have kept him back, saying, It is I who have need of baptism from you, and do you come to me?
15 – But Jesus made answer, saying to him, Let it be so now: because so it is right for us to make righteousness complete. Then he gave him baptism.
16 – And Jesus, having been given baptism, straight away went up from the water; and, the heavens opening, he saw the Spirit of God coming down on him as a dove;
17 – And a voice came out of heaven, saying, This is my dearly loved Son, with whom I am well pleased.

Chapter 4

1 – Then Jesus was sent by the Spirit into the waste land to be tested by the Evil One.
2 – And after going without food for forty days and forty nights, he was in need of it.
3 – And the Evil One came and said to him, If you are the Son of God, give the word for these stones to become bread.
4 – But he made answer and said, It is in the Writings, Bread is not man´s only need, but every word which comes out of the mouth of God.
5 – Then the Evil One took him to the holy town; and he put him on the highest point of the Temple and said to him,
6 – If you are the Son of God, let yourself go down; for it is in the Writings, He will give his angels care over you; and, In their hands they will keep you up, so that your foot may not be crushed against a stone.
7 – Jesus said to him, Again it is in the Writings, You may not put the Lord your God to the test.
8 – Again, the Evil One took him up to a very high mountain, and let him see all the kingdoms of the world and the glory of them;
9 – And he said to him, All these things will I give you, if you will go down on your face and give me worship.
10 – Then said Jesus to him, Away, Satan: for it is in the Writings, Give worship to the Lord your God and be his servant only.
11 – Then the Evil One went away from him, and angels came and took care of him.
12 – Now when it came to his ears that John had been put in prison, he went away to Galilee;
13 – And going away from Nazareth, he came and made his living-place in Capernaum, which is by the sea, in the country of Zebulun and Naphtali:
14 – So that the word of the prophet Isaiah might come true,
15 – The land of Zebulun and the land of Naphtali, by the way of the sea, the other side of Jordan, Galilee of the Gentiles,
16 – The people who were in the dark saw a great light, and to those in the land of the shade of death did the dawn come up.
17 – From that time Jesus went about preaching and saying, Let your hearts be turned from sin, for the kingdom of heaven is near.
18 – And when he was walking by the sea of Galilee, he saw two brothers, Simon, whose other name was Peter, and Andrew, his brother, who were putting a net into the sea; for they were fishermen.
19 – And he said to them, Come after me, and I will make you fishers of men.
20 – And straight away they let go the nets and went after him.
21 – And going on from there he saw two other brothers, James, the son of Zebedee, and John, his brother, in the boat with their father, stitching up their nets; and he said, Come.
22 – And they went straight from the boat and their father and came after him.
23 – And Jesus went about in all Galilee, teaching in their Synagogues and preaching the good news of the kingdom, and making well those who were ill with any disease among the people.
24 – And news of him went out through all Syria; and they took to him all who were ill with different diseases and pains, those having evil spirits and those who were off their heads, and those who had no power of moving. And he made them well.
25 – And there went after him great numbers from Galilee and Decapolis and Jerusalem and Judaea and from the other side of Jordan.

Na graça de nosso Senhor Jesus,

Daniel Gavin
Diretor Geral – Ellen White Books
http://www.ellenwhite.com.br/
http://www.ellenwhitebooks.com/
http://www.ellenwhite.es/
http://www.ellenwhitebooks.es/

– Meditação Matinal de EGW (Português).:

A Terra Foge do seu Criador

“Farei estremecer os céus; e a Terra será sacudida do seu lugar, por causa da ira do Senhor dos Exércitos, e por causa o dia do Seu ardente furor. Cada um será como a gazela que foge, e como o rebanho que ninguém recolhe”. Isa. 13:13 e 14.
Densas nuvens ainda cobrem o céu; contudo o Sol de quando em quando irrompe, aparecendo como o olhar vingador de Jeová. Relâmpagos terríveis estalam dos céus, envolvendo a Terra num lençol de chamas. Por sobre o estrondo medonho do trovão, vozes misteriosas e terríveis declaram a sorte dos ímpios. As palavras proferidas não são compreendidas por todos; entendem-nas, porém, distintamente os falsos ensinadores. Os que pouco antes eram tão descuidados, tão jactanciosos e desafiadores, tão exultantes em sua crueldade para com o povo de Deus, observador dos mandamentos, acham-se agora vencidos pela consternação, e a estremecer de medo. Ouve-se o seu pranto acima do som dos elementos. Demônios reconhecem a divindade de Cristo, e tremem diante de Seu poder, enquanto homens então suplicando misericórdia e rastejando em abjeto terror.
Por uma fenda nas nuvens, fulgura uma estrela cujo brilho aumenta quadruplicadamente em contraste com as trevas. Fala de esperança e alegria aos fiéis, mas de severidade e ira aos transgressores da lei de Deus. Os que tudo sacrificaram por Cristo estão agora em segurança, como que escondidos no lugar secreto do pavilhão do Senhor. Foram provados, e perante o mundo e os desprezadores da verdade, evidenciaram sua fidelidade Aquele que por eles morreu. Uma mudança maravilhosa sobreveio aos que mantiveram firme integridade em face mesmo da morte. “Foram subitamente libertos da negra e terrível tirania de homens transformados em demônios. Seu rosto, pouco antes tão pálido, ansioso e descomposto, resplandece agora de admiração, fé e amor. Sua voz ergue-se em cântico triunfal: “Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na angústia. Pelo que não temeremos, ainda que a Terra se mude, e ainda que os montes se transportem para o meio dos mares. Ainda que as águas rujam e se perturbem, ainda que os montes se abalem pela sua braveza”. Salmo 46:1-3. – GC, 635-637.
Ano Bíblico. Vista Geral do Velho Testamento. Juvenis: S. Luc. 10.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=100&p=283

– Meditação Matinal de EGW (Espanhol).:

LA TIERRA HUYE DE SU HACEDOR

Porque haré estremecer los cielos, y la tierra se moverá de su lugar, en la indignación de Jehová de los ejércitos, y en el día del ardor de su ira. Y como gacela perseguida, y como oveja sin pastor, cada cuál mirará hacia su pueblo, y cada uno huirá a su tierra. Isa. 13: 13,14.
Densas nubes cubren aún el firmamento; sin embargo el sol se abre paso de vez en cuando, como si fuera el ojo vengador de Jehová. Fieros relámpagos rasgan el cielo con fragor, envolviendo a la tierra en claridad de llamaradas. Por encima del ruido aterrador de los truenos, se oyen voces misteriosas y terribles que anuncian la condenación de los impíos. No todos entienden las palabras pronunciadas; pero los falsos maestros las comprenden perfectamente. Los que poco antes eran tan temerarios, jactanciosos y provocativos, y que tanto se regocijaban al ensañarse con el pueblo de Dios observador de sus mandamientos, se sienten presa de consternación y tiemblan de terror. Sus llantos dominan el ruido de los elementos. Los demonios confiesan la divinidad de Cristo y tiemblan ante su poder, mientras que los hombres claman por misericordia…
Por un desgarrón de las nubes una estrella arroja rayos de luz cuyo brillo queda cuadruplicado por el contraste con la obscuridad. Significa esperanza y júbilo para los fieles, pero severidad para los transgresores de la ley de Dios. Los que todo lo sacrificaron por Cristo están entonces seguros, como escondidos en los pliegues de el pabellón de Dios. Fueron probados, y ante el mundo y los despreciadores de la verdad demostraron su fidelidad a Aquel que murió por ellos. Un cambio maravilloso se ha realizado en aquellos que conservaron su integridad ante la misma muerte. Han sido librados como por un ensalmo de la sombría y terrible tiranía de los hombres vueltos demonios. Sus semblantes, poco antes tan pálidos, tan llenos de ansiedad y tan macilentos, brillan ahora de admiración, fe y amor. Sus voces se elevan en canto triunfal: “Dios es nuestro refugio y fortaleza; socorro muy bien experimentado en las angustias. Por lo tanto no temeremos aunque la tierra sea conmovida, y au
nque las montañas se trasladen al centro de los mares; aunque bramen y se turben sus aguas, aunque tiemblen las montañas a causa de su bravura(Sal. 46: 1-3, VM).(11)

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=101&p=283

– Meditação Matinal de EGW (Inglês).:

October 4 – The Earth Flees from its Maker

Therefore I will shake the heavens, and the earth shall remove out of her place, in the wrath of the Lord of hosts, and in the day of his fierce anger. And it shall be as the chased roe, and as a sheep that no man taketh up. Isa. 13:13, 14.
Thick clouds still cover the sky; yet the sun now and then breaks through, appearing like the avenging eye of Jehovah. Fierce lightnings leap from the heavens, enveloping the earth in a sheet of flame. Above the terrific roar of thunder, voices, mysterious and awful, declare the doom of the wicked. The words spoken are not comprehended by all; but they are distinctly understood by the false teachers. Those who a little before were so reckless, so boastful and defiant, so exultant in their cruelty to God”s commandment-keeping people, are now overwhelmed with consternation and shuddering in fear. Their wails are heard above the sound of the elements. Demons acknowledge the deity of Christ and tremble before His power, while men are supplicating for mercy and grovelling in abject terror. . . . {Mar 285.1}
Through a rift in the clouds there beams a star whose brilliancy is increased fourfold in contrast with the darkness. It speaks hope and joy to the faithful, but severity and wrath to the transgressors of God”s law. Those who have sacrificed all for Christ are now secure, hidden as in the secret of the Lord”s pavilion. They have been tested, and before the world and the despisers of truth they have evinced their fidelity to Him who died for them. A marvelous change has come over those who have held fast their integrity in the very face of death. They have been suddenly delivered from the dark and terrible tyranny of men transformed to demons. Their faces, so lately pale, anxious, and haggard, are now aglow with wonder, faith, and love. Their voices rise in triumphant song: “God is our refuge and strength, a very present help in trouble. Therefore will not we fear, though the earth be removed, and though the mountains be carried into the midst of the sea; though the waters the
reof roar and be troubled, though the mountains shake with the swelling thereof.” Psalm 46:1-3. {Mar 285.2}

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=129&p=283

Na graça de nosso Senhor Jesus,

Daniel Gavin
Diretor Geral – Ellen White Books
http://www.ellenwhite.com.br/
http://www.ellenwhitebooks.com/
http://www.ellenwhite.es/
http://www.ellenwhitebooks.es/

– Mensagens para Evangelistas.:

Por toda parte a luz da verdade deve brilhar, para que os corações possam despertar e converter-se. Em todos os países deve ser proclamado o evangelho. Os servos de Deus devem trabalhar em lugares vizinhos e distantes, alargando as porções cultivadas da vinha, e indo às regiões além. Devem trabalhar enquanto dura o dia; pois vem a noite, na qual nenhum homem pode trabalhar. Aos pecadores deve-se apontar um Salvador erguido numa cruz, fazendo-se ouvir por muitas vozes o convite: “Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo.” João 1:29. Devem-se organizar igrejas, e elaborar planos para que a obra seja feita pelos membros das igrejas recém-organizadas. Ao saírem os obreiros cheios de zelo e do amor de Deus, as igrejas em sua própria terra serão reavivadas, pois o êxito dos obreiros será considerado, por todos os membros da igreja, como objeto de profundo interesse pessoal. Obreiros Evangélicos, págs. 25 e 26.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=49&p=25

– Mensagens para Jovens.:

Quero apelar para a juventude quanto a cortar os mais tênues laços que os liguem ao mundo, seja na prática, seja no espírito. “Saí do meio deles, e apartai-vos, diz o Senhor; e não toqueis nada imundo, e Eu vos receberei; e Eu serei para vós Pai e vós sereis para Mim filhos e filhas, diz o Senhor Todo-poderoso.” II Cor. 6:17 e 18. Mensagens aos Jovens, pág. 139.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=6&p=139

– Mensagens para Namorados.:

Se há qualquer assunto que deveria ser considerado com razão, calma e juízo desapaixonado, é este o assunto do matrimônio. Se há tempo em que se necessita da Bíblia como um conselheiro, é antes de dar um passo que ligue pessoas por toda a vida. Mas a idéia predominante é a de que nesta questão os sentimentos é que devem ser o guia; e, em muitíssimos casos, o apaixonado sentimentalismo toma as rédeas e leva à ruína certa. É aqui que os jovens mostram menos inteligência do que em qualquer outro assunto; é aqui que se recusam a ouvir razões. A questão do casamento parece ter sobre eles um poder enfeitiçante. Não se submetem a Deus. Seus sentidos são presos em cadeias e seguem seu caminho com certo segredo, como se temessem que seus planos fossem contrariados por alguém. Mensagens aos Jovens, pág. 447.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=6&p=447

– Mensagens para Pais.:

Poucos pais começam devidamente cedo a ensinar seus filhos a obedecer. Consente-se usualmente que a criança tome aos pais a dianteira aos dois ou três anos, deixando aqueles de discipliná-la por julgarem que seja muito nova para aprender a obedecer. Mas em todo esse tempo o eu está se tornando forte no pequeno ser, e cada dia torna mais difícil a tarefa do pai, de conseguir o domínio. Em mui tenra idade as crianças podem compreender o que lhes é dito clara e simplesmente, e mediante uma direção bondosa e cuidadosa podem ser ensinadas a obedecer. Nunca se lhes deve permitir mostrar desrespeito para com os pais. Nunca se deve permitir que a obstinação passe sem ser reprimida. O futuro bem-estar da criança requer disciplina bondosa e amável, mas firme. Conselhos aos Pais, Professores e Estudantes, págs. 111 e 112.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=37&p=111

– Mensagens sobre Escola Sabatina.:

Devem os pais ter um cabal entendimento com os filhos, no sentido de que as horas sagradas do sábado devem ser usadas para a glória de Deus. Devem levantar-se com o Sol e ter tempo bastante para se prepararem, para a Escola Sabatina sem atropelos e perda talvez do controle. Se os devidos preparativos foram feitos previamente, haverá abundância de tempo para a recapitulação da lição estudada durante a semana; e tanto os pais como os filhos poderão ir à Escola Sabatina com segurança de haverem aprendido bem a lição. Conselhos Sobre a Escola Sabatina, pág. 54.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=15&p=54

– Mensagens sobre Saúde.:

Cristo Se submeteu à prova na questão do apetite, e por quase seis semanas resistiu à tentação em favor do homem. Este longo jejum no deserto deveria ser uma lição ao homem caído, através de todos os tempos. Cristo não foi vencido pelas fortes tentações do inimigo, e isto é uma animação para toda pessoa que luta contra a tentação. Cristo tornou possível, a qualquer membro da família humana, resistir à tentação. Todos os que querem viver vida piedosa podem vencer, como Cristo venceu, pelo sangue do Cordeiro, e pela palavra de seu testemunho. Aquele longo jejum do Salvador fortaleceu-O para resistir. Deu Ele prova ao homem de que começaria a obra de vencer justamente onde começou a ruína – na questão do apetite. Carta 158, 1909 e Conselhos Sobre o Regime Alimentar, pág. 186.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=17&p=186

Na graça de nosso Senhor Jesus,

Daniel Gavin
Diretor Geral – Ellen White Books
http://www.ellenwhite.com.br/
http://www.ellenwhitebooks.com/
http://www.ellenwhite.es/
http://www.ellenwhitebooks.es/

– Ano Bíblico (Português).:

Livro de Gênesis

Capítulo 1

1 – No princípio criou Deus os céus e a terra.
2 – A terra era sem forma e vazia; e havia trevas sobre a face do abismo, mas o Espírito de Deus pairava sobre a face das águas.
3 – Disse Deus: haja luz. E houve luz.
4 – Viu Deus que a luz era boa; e fez separação entre a luz e as trevas.
5 – E Deus chamou à luz dia, e às trevas noite. E foi a tarde e a manhã, o dia primeiro.
6 – E disse Deus: haja um firmamento no meio das águas, e haja separação entre águas e águas.
7 – Fez, pois, Deus o firmamento, e separou as águas que estavam debaixo do firmamento das que estavam por cima do firmamento. E assim foi.
8 – Chamou Deus ao firmamento céu. E foi a tarde e a manhã, o dia segundo.
9 – E disse Deus: Ajuntem-se num só lugar as águas que estão debaixo do céu, e apareça o elemento seco. E assim foi.
10 – Chamou Deus ao elemento seco terra, e ao ajuntamento das águas mares. E viu Deus que isso era bom.
11 – E disse Deus: Produza a terra relva, ervas que dêem semente, e árvores frutíferas que, segundo as suas espécies, dêem fruto que tenha em si a sua semente, sobre a terra. E assim foi.
12 – A terra, pois, produziu relva, ervas que davam semente segundo as suas espécies, e árvores que davam fruto que tinha em si a sua semente, segundo as suas espécies. E viu Deus que isso era bom.
13 – E foi a tarde e a manhã, o dia terceiro.
14 – E disse Deus: haja luminares no firmamento do céu, para fazerem separação entre o dia e a noite; sejam eles para sinais e para estações, e para dias e anos;
15 – e sirvam de luminares no firmamento do céu, para alumiar a terra. E assim foi.
16 – Deus, pois, fez os dois grandes luminares: o luminar maior para governar o dia, e o luminar menor para governar a noite; fez também as estrelas.
17 – E Deus os pôs no firmamento do céu para alumiar a terra,
18 – para governar o dia e a noite, e para fazer separação entre a luz e as trevas. E viu Deus que isso era bom.
19 – E foi a tarde e a manhã, o dia quarto.
20 – E disse Deus: Produzam as águas cardumes de seres viventes; e voem as aves acima da terra no firmamento do céu.
21 – Criou, pois, Deus os monstros marinhos, e todos os seres viventes que se arrastavam, os quais as águas produziram abundantemente segundo as suas espécies; e toda ave que voa, segundo a sua espécie. E viu Deus que isso era bom.
22 – Então Deus os abençoou, dizendo: Frutificai e multiplicai-vos, e enchei as águas dos mares; e multipliquem-se as aves sobre a terra.
23 – E foi a tarde e a manhã, o dia quinto.
24 – E disse Deus: Produza a terra seres viventes segundo as suas espécies: animais domésticos, répteis, e animais selvagens segundo as suas espécies. E assim foi.
25 – Deus, pois, fez os animais selvagens segundo as suas espécies, e os animais domésticos segundo as suas espécies, e todos os répteis da terra segundo as suas espécies. E viu Deus que isso era bom.
26 – E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; domine ele sobre os peixes do mar, sobre as aves do céu, sobre os animais domésticos, e sobre toda a terra, e sobre todo réptil que se arrasta sobre a terra.
27 – Criou, pois, Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou.
28 – Então Deus os abençoou e lhes disse: Frutificai e multiplicai-vos; enchei a terra e sujeitai-a; dominai sobre os peixes do mar, sobre as aves do céu e sobre todos os animais que se arrastam sobre a terra.
29 – Disse-lhes mais: Eis que vos tenho dado todas as ervas que produzem semente, as quais se acham sobre a face de toda a terra, bem como todas as árvores em que há fruto que dê semente; ser-vos-ão para mantimento.
30 – E a todos os animais da terra, a todas as aves do céu e a todo ser vivente que se arrasta sobre a terra, tenho dado todas as ervas verdes como mantimento. E assim foi.
31 – E viu Deus tudo quanto fizera, e eis que era muito bom. E foi a tarde e a manhã, o dia sexto.

Capítulo 2

1 – Assim foram acabados os céus e a terra, com todo o seu exército.
2 – Ora, havendo Deus completado no dia sétimo a obra que tinha feito, descansou nesse dia de toda a obra que fizera.
3 – Abençoou Deus o sétimo dia, e o santificou; porque nele descansou de toda a sua obra que criara e fizera.
4 – Eis as origens dos céus e da terra, quando foram criados. No dia em que o Senhor Deus fez a terra e os céus
5 – não havia ainda nenhuma planta do campo na terra, pois nenhuma erva do campo tinha ainda brotado; porque o Senhor Deus não tinha feito chover sobre a terra, nem havia homem para lavrar a terra.
6 – Um vapor, porém, subia da terra, e regava toda a face da terra.
7 – E formou o Senhor Deus o homem do pó da terra, e soprou-lhe nas narinas o fôlego da vida; e o homem tornou-se alma vivente.
8 – Então plantou o Senhor Deus um jardim, da banda do oriente, no Éden; e pôs ali o homem que tinha formado.
9 – E o Senhor Deus fez brotar da terra toda qualidade de árvores agradáveis à vista e boas para comida, bem como a árvore da vida no meio do jardim, e a árvore do conhecimento do bem e do mal.
10 – E saía um rio do Éden para regar o jardim; e dali se dividia e se tornava em quatro braços.
11 – O nome do primeiro é Pisom: este é o que rodeia toda a terra de Havilá, onde há ouro;
12 – e o ouro dessa terra é bom: ali há o bdélio, e a pedra de berilo.
13 – O nome do segundo rio é Giom: este é o que rodeia toda a terra de Cuche.
14 – O nome do terceiro rio é Tigre: este é o que corre pelo oriente da Assíria. E o quarto rio é o Eufrates.
15 – Tomou, pois, o Senhor Deus o homem, e o pôs no jardim do Édem para o lavrar e guardar.
16 – Ordenou o Senhor Deus ao homem, dizendo: De toda árvore do jardim podes comer livremente;
17 – mas da árvore do conhecimento do bem e do mal, dessa não comerás; porque no dia em que dela comeres, certamente morrerás.
18 – Disse mais o Senhor Deus: Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma ajudadora que lhe seja idônea.
19 – Da terra formou, pois, o Senhor Deus todos os animais o campo e todas as aves do céu, e os trouxe ao homem, para ver como lhes chamaria; e tudo o que o homem chamou a todo ser vivente, isso foi o seu nome.
20 – Assim o homem deu nomes a todos os animais domésticos, às aves do céu e a todos os animais do campo; mas para o homem não se achava ajudadora idônea.
21 – Então o Senhor Deus fez cair um sono pesado sobre o homem, e este adormeceu; tomou-lhe, então, uma das costelas, e fechou a carne em seu lugar;
22 – e da costela que o senhor Deus lhe tomara, formou a mulher e a trouxe ao homem.
23 – Então disse o homem: Esta é agora osso dos meus ossos, e carne da minha carne; ela será chamada varoa, porquanto do varão foi tomada.
24 – Portanto deixará o homem a seu pai e a sua mãe, e unir-se-á à sua mulher, e serão uma só carne.
25 – E ambos estavam nus, o homem e sua mulher; e não se envergonhavam.

Capítulo 3

1 – Ora, a serpente era o mais astuto de todos os animais do campo, que o Senhor Deus tinha feito. E esta disse à mulher: É assim que Deus disse: Não comereis de toda árvore do jardim?
2 – Respondeu a mulher à serpente: Do fruto das árvores do jardim podemos comer,
3 – mas do fruto da árvore que está no meio do jardim, disse Deus: Não comereis dele, nem nele tocareis, para que não morrais.
4 – Disse a serpente à mulher: Certamente não morrereis.
5 – Porque Deus sabe que no dia em que comerdes desse fruto, vossos olhos se abrirão, e sereis como Deus, conhecendo o bem e o mal.
6 – Então, vendo a mulher que aquela árvore era boa para se comer, e agradável aos olhos, e árvore desejável para dar entendimento, tomou do seu fruto, comeu, e deu a seu marido, e ele também comeu.
7 – Então foram abertos os olhos de ambos, e conheceram que estavam nus; pelo que coseram folhas de figueira, e fizeram para si aventais.
8 – E, ouvindo a voz do Senhor Deus, que passeava no jardim à tardinha, esconderam-se o homem e sua mulher da presença do Senhor Deus, entre as árvores do jardim.
9 – Mas chamou o Senhor Deus ao homem, e perguntou-lhe: Onde estás?
10 – Respondeu-lhe o homem: Ouvi a tua voz no jardim e tive medo, porque estava nu; e escondi-me.
11 – Deus perguntou-lhe mais: Quem te mostrou que estavas nu? Comeste da árvore de que te ordenei que não comesses?
12 – Ao que respondeu o homem: A mulher que me deste por companheira deu-me a árvore, e eu comi.
13 – Perguntou o Senhor Deus à mulher: Que é isto que fizeste? Respondeu a mulher: A serpente enganou-me, e eu comi.
14 – Então o Senhor Deus disse à serpente: Porquanto fizeste isso, maldita serás tu dentre todos os animais domésticos, e dentre todos os animais do campo; sobre o teu ventre andarás, e pó comerás todos os dias da tua vida.
15 – Porei inimizade entre ti e a mulher, e entre a tua descendência e a sua descendência; esta te ferirá a cabeça, e tu lhe ferirás o calcanhar.
16 – E à mulher disse: Multiplicarei grandemente a dor da tua conceição; em dor darás à luz filhos; e o teu desejo será para o teu marido, e ele te dominará.
17 – E ao homem disse: Porquanto deste ouvidos à voz de tua mulher, e comeste da árvore de que te ordenei dizendo: Não comerás dela; maldita é a terra por tua causa; em fadiga comerás dela todos os dias da tua vida.
18 – Ela te produzirá espinhos e abrolhos; e comerás das ervas do campo.
19 – Do suor do teu rosto comerás o teu pão, até que tornes à terra, porque dela foste tomado; porquanto és pó, e ao pó tornarás.
20 – Chamou Adão à sua mulher Eva, porque era a mãe de todos os viventes.
21 – E o Senhor Deus fez túnicas de peles para Adão e sua mulher, e os vestiu.
22 – Então disse o Senhor Deus: Eis que o homem se tem tornado como um de nós, conhecendo o bem e o mal. Ora, não suceda que estenda a sua mão, e tome também da árvore da vida, e coma e viva eternamente.
23 – O Senhor Deus, pois, o lançou fora do jardim do Éden para lavrar a terra, de que fora tomado.
24 – E havendo lançado fora o homem, pôs ao oriente do jardim do Éden os querubins, e uma espada flamejante que se volvia por todos os lados, para guardar o caminho da árvore da vida.

– Pergunta sobre o Ano Bíblico.:

Quantos livros compõem o Velho Testamento?
Resposta: 39

– Curiosidades Bíblicas.:

Quais as 4 cidades mencionadas na Bíblia que foram destruídas por causa da ira de Deus?
Resposta: Sodoma, Gomorra, Admá e Zeboim. Deuteronômio 29:23.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/biblia.asp?lista=1&livro=5&capitulo=29

– Versos Bíblicos.:

A ti, ó Deus, eu clamo, pois tu me ouvirás; inclina para mim os teus ouvidos, e ouve as minhas palavras. Salmos 17:6

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/biblia.asp?lista=1&livro=19&capitulo=17&verso=6

– Ano Bíblico (Espanhol).:

Libro de Gênesis

Capítulo 1

1 – En el principio Creó Dios los cielos y la tierra.
2 – Y la tierra estaba sin orden y Vacía. Había tinieblas sobre la faz del océano, y el Espíritu de Dios se Movía sobre la faz de las aguas.
3 – Entonces dijo Dios: “Sea la luz”, y fue la luz.
4 – Dios vio que la luz era buena, y Separó Dios la luz de las tinieblas.
5 – Dios Llamó a la luz Día, y a las tinieblas Llamó Noche. Y fue la tarde y fue la mañana del primer Día.
6 – Entonces dijo Dios: “Haya una Bóveda en medio de las aguas, para que separe las aguas de las aguas.”
7 – E hizo Dios la Bóveda, y Separó las aguas que Están debajo de la Bóveda, de las aguas que Están sobre la Bóveda. Y fue Así.
8 – Dios Llamó a la Bóveda Cielos. Y fue la tarde y fue la mañana del segundo Día.
9 – Entonces dijo Dios: “Reúnanse las aguas que Están debajo del cielo en un solo lugar, de modo que aparezca la parte seca.” Y fue Así.
10 – Llamó Dios a la parte seca Tierra, y a la Reunión de las aguas Llamó Mares; y vio Dios que esto era bueno.
11 – Después dijo Dios: “Produzca la tierra hierba, plantas que den semilla y árboles frutales que den fruto, Según su especie, cuya semilla esté en él, sobre la tierra.” Y fue Así.
12 – La tierra produjo hierba, plantas que dan semilla Según su especie, árboles frutales cuya semilla Está en su fruto, Según su especie. Y vio Dios que esto era bueno.
13 – Y fue la tarde y fue la mañana del tercer Día.
14 – Entonces dijo Dios: “Haya lumbreras en la Bóveda del cielo para distinguir el Día de la noche, para servir de señales, para las estaciones y para los Días y los años.
15 – Así sirvan de lumbreras para que alumbren la tierra desde la Bóveda del cielo.” Y fue Así.
16 – E hizo Dios las dos grandes lumbreras: la lumbrera mayor para dominar en el Día, y la lumbrera menor para dominar en la noche. Hizo también las estrellas.
17 – Dios las puso en la Bóveda del cielo para alumbrar sobre la tierra,
18 – para dominar en el Día y en la noche, y para separar la luz de las tinieblas. Y vio Dios que esto era bueno.
19 – Y fue la tarde y fue la mañana del cuarto Día.
20 – Entonces dijo Dios: “Produzcan las aguas innumerables seres vivientes, y haya aves que vuelen sobre la tierra, en la Bóveda del cielo.”
21 – Y Creó Dios los grandes animales Acuáticos, todos los seres vivientes que se desplazan y que las aguas produjeron, Según su especie, y toda ave alada Según su especie. Vio Dios que esto era bueno,
22 – y los bendijo Dios diciendo: “Sed fecundos y multiplicaos. Llenad las aguas de los mares; y Multiplíquense las aves en la tierra.”
23 – Y fue la tarde y fue la mañana del quinto Día.
24 – Entonces dijo Dios: “Produzca la tierra seres vivientes Según su especie: ganado, reptiles y animales de la tierra, Según su especie.” Y fue Así.
25 – Hizo Dios los animales de la tierra Según su especie, el ganado Según su especie y los reptiles de la tierra Según su especie. Y vio Dios que esto era bueno.
26 – Entonces dijo Dios: “Hagamos al hombre a nuestra imagen, conforme a nuestra semejanza, y tenga dominio sobre los peces del mar, las aves del cielo, el ganado, y en toda la tierra, y sobre todo animal que se desplaza sobre la tierra.”
27 – Creó, pues, Dios al hombre a su imagen; a imagen de Dios lo Creó; hombre y mujer los Creó.
28 – Dios los bendijo y les dijo: “Sed fecundos y multiplicaos. Llenad la tierra; sojuzgadla y tened dominio sobre los peces del mar, las aves del cielo y todos los animales que se desplazan sobre la tierra.”
29 – Dios dijo Además: “He Aquí que os he dado toda planta que da semilla que Está sobre la superficie de toda la tierra, y todo árbol cuyo fruto lleva semilla; ellos os Servirán de alimento.
30 – Y a todo animal de la tierra, a toda ave del cielo, y a todo animal que se desplaza sobre la tierra, en que hay vida, toda planta les Servirá de alimento.” Y fue Así.
31 – Dios vio todo lo que Había hecho, y he Aquí que era muy bueno. Y fue la tarde y fue la mañana del sexto Día.

Capítulo 2

1 – Así fueron terminados los cielos y la tierra y todos sus ocupantes.
2 – El séptimo Día Dios Había terminado la obra que hizo, y Reposó en el séptimo Día de toda la obra que Había hecho.
3 – Por eso Dios bendijo y Santificó el séptimo Día, porque en él Reposó de toda su obra de Creación que Dios Había hecho.
4 – Estos son los Orígenes de los cielos y de la tierra, cuando fueron creados. Cuando Jehovah Dios hizo la tierra y los cielos,
5 – Aún no Había en la tierra Ningún arbusto del campo, ni Había germinado ninguna planta del campo, porque Jehovah Dios no Había hecho llover sobre la tierra, ni Había hombre para cultivarla.
6 – Pero Subía de la tierra un vapor que regaba toda la superficie de la tierra.
7 – Entonces Jehovah Dios Formó al hombre del polvo de la tierra. Sopló en su nariz aliento de vida, y el hombre Llegó a ser un ser viviente.
8 – Y Plantó Jehovah Dios un Jardín en Edén, en el oriente, y puso Allí al hombre que Había formado.
9 – Jehovah Dios hizo brotar de la tierra toda clase de árboles atractivos a la vista y buenos para comer; también en medio del Jardín, el árbol de la vida y el árbol del conocimiento del bien y del mal.
10 – Un Río Salía de Edén para regar el Jardín, y de Allí se Dividía en cuatro brazos.
11 – El nombre del primero era Pisón. Este rodeaba toda la tierra de Havila, donde hay oro.
12 – Y el oro de aquella tierra es bueno. También hay Allí ámbar y ónice.
13 – El nombre del segundo Río era Guijón. Este rodeaba toda la tierra de Etiopía.
14 – El nombre del tercer Río era Tigris, que corre al oriente de Asiria. Y el cuarto Río era el Eufrates.
15 – Tomó, pues, Jehovah Dios al hombre y lo puso en el Jardín de Edén, para que lo cultivase y lo guardase.
16 – Y Jehovah Dios Mandó al hombre diciendo: “Puedes comer de todos los árboles del Jardín;
17 – pero del árbol del conocimiento del bien y del mal no Comerás, porque el Día que comas de él, ciertamente Morirás.”
18 – Dijo Además Jehovah Dios: “No es bueno que el hombre esté solo; le haré una ayuda Idónea.”
19 – Jehovah Dios, pues, Formó de la tierra todos los animales del campo y todas las aves del cielo, y los trajo al hombre para ver Cómo los Llamaría. Lo que el hombre Llamó a los animales, ése es su nombre.
20 – El hombre puso nombres a todo el ganado, a las aves del cielo y a todos los animales del campo. Pero para Adán no Halló ayuda que le fuera Idónea.
21 – Entonces Jehovah Dios hizo que sobre el hombre cayera un sueño profundo; y mientras Dormía, Tomó una de sus costillas y Cerró la carne en su lugar.
22 – Y de la costilla que Jehovah Dios Tomó del hombre, hizo una mujer y la trajo al hombre.
23 – Entonces dijo el hombre: “Ahora, ésta es hueso de mis huesos y carne de mi carne. Esta Será llamada Mujer, porque fue tomada del hombre.”
24 – Por tanto, el hombre Dejará a su padre y a su madre, y se Unirá a su mujer, y Serán una sola carne.
25 – Estaban ambos desnudos, el hombre y su mujer, y no se avergonzaban.

Capítulo 3

1 – Entonces la serpiente, que era el Más astuto de todos los animales del campo que Jehovah Dios Había hecho, dijo a la mujer: –¿De veras Dios os ha dicho: “No Comáis de Ningún árbol del Jardín”?
2 – La mujer Respondió a la serpiente: –Podemos comer del fruto de los árboles del Jardín.
3 – Pero del fruto del árbol que Está en medio del Jardín ha dicho Dios: “No Comáis de él, ni lo toquéis, no sea que Muráis.”
4 – Entonces la serpiente dijo a la mujer: –Ciertamente no moriréis.
5 – Es que Dios sabe que el Día que Comáis de él, vuestros ojos Serán abiertos, y seréis como Dios, conociendo el bien y el mal.
6 – Entonces la mujer vio que el árbol era bueno para comer, que era atractivo a la vista y que era árbol codiciable para alcanzar Sabiduría. Tomó, pues, de su fruto y Comió. Y también dio a su marido que estaba con ella, y él Comió.
7 – Y fueron abiertos los ojos de ambos, y se dieron cuenta de que estaban desnudos. Entonces cosieron hojas de higuera, y se hicieron ceñidores.
8 – Cuando oyeron la voz de Jehovah Dios que se paseaba en el Jardín en el fresco del Día, el hombre y su mujer se escondieron de la presencia de Jehovah Dios entre los árboles del Jardín.
9 – Pero Jehovah Dios Llamó al hombre y le Preguntó: –¿Dónde Estás Tú?
10 – El Respondió: –Oí tu voz en el Jardín y tuve miedo, porque estaba desnudo. Por eso me Escondí.
11 – Le Preguntó Dios: –¿Quién te dijo que estabas desnudo? ¿Acaso has comido del árbol del que te mandé que no comieses?
12 – El hombre Respondió: –La mujer que me diste por compañera, ella me dio del árbol, y yo Comí.
13 – Entonces Jehovah Dios dijo a la mujer: –¿Por qué has hecho esto? La mujer dijo: –La serpiente me Engañó, y Comí.
14 – Entonces Jehovah Dios dijo a la serpiente: –Porque hiciste esto, Serás maldita entre todos los animales domésticos y entre todos los animales del campo. Te Arrastrarás sobre tu vientre y Comerás polvo todos los Días de tu vida.
15 – Y pondré enemistad entre ti y la mujer, y entre tu descendencia y su descendencia; ésta te Herirá en la cabeza, y Tú le Herirás en el Talón.
16 – A la mujer dijo: –Aumentaré mucho tu sufrimiento en el embarazo; con dolor Darás a luz a los hijos. Tu deseo te Llevará a tu marido, y él se Enseñoreará de ti.
17 – Y al hombre dijo: –Porque obedeciste la voz de tu mujer y comiste del árbol del que te mandé diciendo: “No comas de él”, sea maldita la tierra por tu causa. Con dolor Comerás de ella todos los Días de tu vida;
18 – espinos y cardos te Producirá, y Comerás plantas del campo.
19 – Con el sudor de tu frente Comerás el pan hasta que vuelvas a la tierra, pues de ella fuiste tomado. Porque polvo eres y al polvo Volverás.
20 – El hombre Llamó el nombre de su mujer Eva, porque ella Sería la madre de todos los vivientes.
21 – Luego Jehovah Dios hizo vestidos de piel para Adán y para su mujer, y los Vistió.
22 – Y Jehovah Dios dijo: –He Aquí que el hombre ha llegado a ser como uno de nosotros, conociendo el bien y el mal. Ahora pues, que no extienda su mano, tome también del árbol de la vida, y coma y viva para siempre.
23 – Y Jehovah Dios lo Arrojó del Jardín de Edén, para que labrase la tierra de la que fue tomado.
24 – Expulsó, pues, al hombre y puso querubines al oriente del Jardín de Edén, y una espada incandescente que se Movía en toda Dirección, para guardar el camino al árbol de la vida.

– Ano Bíblico (Inglês).:

Book of Gênesis

Chapter 1

1 – At the first God made the heaven and the earth.
2 – And the earth was waste and without form; and it was dark on the face of the deep: and the Spirit of God was moving on the face of the waters.
3 – And God said, Let there be light: and there was light.
4 – And God, looking on the light, saw that it was good: and God made a division between the light and the dark,
5 – Naming the light, Day, and the dark, Night. And there was evening and there was morning, the first day.
6 – And God said, Let there be a solid arch stretching over the waters, parting the waters from the waters.
7 – And God made the arch for a division between the waters which were under the arch and those which were over it: and it was so.
8 – And God gave the arch the name of Heaven. And there was evening and there was morning, the second day.
9 – And God said, Let the waters under the heaven come together in one place, and let the dry land be seen: and it was so.
10 – And God gave the dry land the name of Earth; and the waters together in their place were named Seas: and God saw that it was good.
11 – And God said, Let grass come up on the earth, and plants producing seed, and fruit-trees giving fruit, in which is their seed, after their sort: and it was so.
12 – And grass came up on the earth, and every plant producing seed of its sort, and every tree producing fruit, in which is its seed, of its sort: and God saw that it was good.
13 – And there was evening and there was morning, the third day.
14 – And God said, Let there be lights in the arch of heaven, for a division between the day and the night, and let them be for signs, and for marking the changes of the year, and for days and for years:
15 – And let them be for lights in the arch of heaven to give light on the earth: and it was so.
16 – And God made the two great lights: the greater light to be the ruler of the day, and the smaller light to be the ruler of the night: and he made the stars.
17 – And God put them in the arch of heaven, to give light on the earth;
18 – To have rule over the day and the night, and for a division between the light and the dark: and God saw that it was good.
19 – And there was evening and there was morning, the fourth day.
20 – And God said, Let the waters be full of living things, and let birds be in flight over the earth under the arch of heaven.
21 – And God made great sea-beasts, and every sort of living and moving thing with which the waters were full, and every sort of winged bird: and God saw that it was good.
22 – And God gave them his blessing, saying, Be fertile and have increase, making all the waters of the seas full, and let the birds be increased in the earth.
23 – And there was evening and there was morning, the fifth day.
24 – And God said, Let the earth give birth to all sorts of living things, cattle and all things moving on the earth, and beasts of the earth after their sort: and it was so.
25 – And God made the beast of the earth after its sort, and the cattle after their sort, and everything moving on the face of the earth after its sort: and God saw that it was good.
26 – And God said, Let us make man in our image, like us: and let him have rule over the fish of the sea and over the birds of the air and over the cattle and over all the earth and over every living thing which goes flat on the earth.
27 – And God made man in his image, in the image of God he made him: male and female he made them.
28 – And God gave them his blessing and said to them, Be fertile and have increase, and make the earth full and be masters of it; be rulers over the fish of the sea and over the birds of the air and over every living thing moving on the earth.
29 – And God said, See, I have given you every plant producing seed, on the face of all the earth, and every tree which has fruit producing seed: they will be for your food:
30 – And to every beast of the earth and to every bird of the air and every living thing moving on the face of the earth I have given every green plant for food: and it was so.
31 – And God saw everything which he had made and it was very good. And there was evening and there was morning, the sixth day.

Chapter 2

1 – And the heaven and the earth and all things in them were complete.
2 – And on the seventh day God came to the end of all his work; and on the seventh day he took his rest from all the work which he had done.
3 – And God gave his blessing to the seventh day and made it holy: because on that day he took his rest from all the work which he had made and done.
4 – These are the generations of the heaven and the earth when they were made.
5 – In the day when the Lord God made earth and heaven there were no plants of the field on the earth, and no grass had come up: for the Lord God had not sent rain on the earth and there was no man to do work on the land.
6 – But a mist went up from the earth, watering all the face of the land.
7 – And the Lord God made man from the dust of the earth, breathing into him the breath of life: and man became a living soul.
8 – And the Lord God made a garden in the east, in Eden; and there he put the man whom he had made.
9 – And out of the earth the Lord made every tree to come, delighting the eye and good for food; and in the middle of the garden, the tree of life and the tree of the knowledge of good and evil.
10 – And a river went out of Eden giving water to the garden; and from there it was parted and became four streams.
11 – The name of the first is Pishon, which goes round about all the land of Havilah where there is gold.
12 – And the gold of that land is good: there is bdellium and the onyx stone.
13 – And the name of the second river is Gihon: this river goes round all the land of Cush.
14 – And the name of the third river is Tigris, which goes to the east of Assyria. And the fourth river is Euphrates.
15 – And the Lord God took the man and put him in the garden of Eden to do work in it and take care of it.
16 – And the Lord God gave the man orders, saying, You may freely take of the fruit of every tree of the garden:
17 – But of the fruit of the tree of the knowledge of good and evil you may not take; for on the day when you take of it, death will certainly come to you.
18 – And the Lord God said, It is not good for the man to be by himself: I will make one like himself as a help to him
19 – And from the earth the Lord God made every beast of the field and every bird of the air, and took them to the man to see what names he would give them: and whatever name he gave to any living thing, that was its name.
20 – And the man gave names to all cattle and to the birds of the air and to every beast of the field; but Adam had no one like himself as a help.
21 – And the Lord God sent a deep sleep on the man, and took one of the bones from his side while he was sleeping, joining up the flesh again in its place:
22 – And the bone which the Lord God had taken from the man he made into a woman, and took her to the man.
23 – And the man said, This is now bone of my bone and flesh of my flesh: let her name be Woman because she was taken out of Man.
24 – For this cause will a man go away from his father and his mother and be joined to his wife; and they will be one flesh.
25 – And the man and his wife were without clothing, and they had no sense of shame.

Chapter 3

1 – Now the snake was wiser than any beast of the field which the Lord God had made. And he said to the woman, Has God truly said that you may not take of the fruit of any tree in the garden?
2 – And the woman said, We may take of the fruit of the trees in the garden:
3 – But of the fruit of the tree in the middle of the garden, God has said, If you take of it or put your hands on it, death will come to you.
4 – And the snake said, Death will not certainly come to you:
5 – For God sees that on the day when you take of its fruit, your eyes will be open, and you will be as gods, having knowledge of good and evil.
6 – And when the woman saw that the tree was good for food, and a delight to the eyes, and to be desired to make one wise, she took of its fruit, and gave it to her husband.
7 – And their eyes were open and they were conscious that they had no clothing and they made themselves coats of leaves stitched together.
8 – And there came to them the sound of the Lord God walking in the garden in the evening wind: and the man and his wife went to a secret place among the trees of the garden, away from the eyes of the Lord God.
9 – And the voice of the Lord God came to the man, saying, Where are you?
10 – And he said, Hearing your voice in the garden I was full of fear, because I was without clothing: and I kept myself from your eyes.
11 – And he said, Who gave you the knowledge that you were without clothing? Have you taken of the fruit of the tree which I said you were not to take?
12 – And the man said, The woman whom you gave to be with me, she gave me the fruit of the tree and I took it.
13 – And the Lord God said to the woman, What have you done? And the woman said, I was tricked by the deceit of the snake and I took it.
14 – And the Lord God said to the snake, Because you have done this you are cursed more than all cattle and every beast of the field; you will go flat on the earth, and dust will be your food all the days of your life:
15 – And there will be war between you and the woman and between your seed and her seed: by him will your head be crushed and by you his foot will be wounded.
16 – To the woman he said, Great will be your pain in childbirth; in sorrow will your children come to birth; still your desire will be for your husband, but he will be your master.
17 – And to Adam he said, Because you gave ear to the voice of your wife and took of the fruit of the tree which I said you were not to take, the earth is cursed on your account; in pain you will get your food from it all your life.
18 – Thorns and waste plants will come up, and the plants of the field will be your food;
19 – With the hard work of your hands you will get your bread till you go back to the earth from which you were taken: for dust you are and to the dust you will go back.
20 – And the man gave his wife the name of Eve because she was the mother of all who have life.
21 – And the Lord God made for Adam and for his wife coats of skins for their clothing.
22 – And the Lord God said, Now the man has become like one of us, having knowledge of good and evil; and now if he puts out his hand and takes of the fruit of the tree of life, he will go on living for ever.
23 – So the Lord God sent him out of the garden of Eden to be a worker on the earth from which he was taken.
24 – So he sent the man out; and at the east of the garden of Eden he put winged ones and a flaming sword turning every way to keep the way to the tree of life.

Na graça de nosso Senhor Jesus,

Daniel Gavin
Diretor Geral – Ellen White Books
http://www.ellenwhite.com.br/
http://www.ellenwhitebooks.com/
http://www.ellenwhite.es/
http://www.ellenwhitebooks.es/

Esse post foi publicado em Não categorizado. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s