Novidades – Reavivamento e Reforma

 

A maior obra na Terra

Posted: 26 Sep 2011 04:00 AM PDT

Porque o Filho do homem veio buscar e salvar o perdido. Luc. 19:10.

Todo aquele que crê em Cristo como Salvador pessoal está sob a obrigação para com Deus de ser puro e santo, de ser um obreiro espiritual, procurando salvar os perdidos, quer sejam grandes ou pequenos, ricos ou pobres, escravos ou livres. A maior obra na Terra é buscar e salvar os que estão perdidos, por quem Cristo pagou o infinito preço de Seu próprio sangue. Cada um deve fazer diligente serviço, e se os que têm sido favorecidos pela luz não a difundirem para outros, eles perderão a rica graça que lhes foi concedida, por negligenciarem um dever sagrado claramente indicado na Palavra de Deus. Quando diminui a luz daquele que é infiel, sua própria alma está em perigo; e aqueles para quem ele deveria ter sido uma luz brilhante não obtêm o benefício que Deus tencionava que eles obtivessem por meio do instrumento humano. Assim a ovelha que não é procurada não é conduzida de volta ao aprisco.

Deus espera que vós, o instrumento humano, cumprais o vosso dever da melhor maneira possível, e Ele mesmo dará o crescimento. Se os instrumentos humanos cooperassem com os seres divinos, seriam salvas milhares de almas. O Espírito Santo daria vislumbres de Jesus a dedicados obreiros, que os habilitassem para todo conflito, que os elevassem e fortalecessem, tornando-os mais que vencedores. Quando dois ou três se reúnem para unir seu conselho e enviar suas petições ao alto, a promessa é para eles: “Pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e achareis; batei, e abrir-se-vos-á.” Luc. 11:9. “Ora, se vós, que sois maus, sabeis dar boas dádivas aos vossos filhos, quanto mais o Pai celestial dará o Espírito Santo àqueles que Lho pedirem?” Luc. 11:13. O Senhor prometeu que onde dois ou três estivessem reunidos em Seu nome, Ele estaria no meio deles. Os que se reúnem para oração recebem a unção dAquele que é Santo. Review and Herald, 30 de junho de 1896.

Ellen G. White, escritora norte-americana.

Postagens relacionados:

    1. Luz Menor X Luz Maior Cada dia que passa mais nos aproximamos da crise final….
    2. Terra seca, chuva torrencial Surpreendentemente, a humanidade virou o último milênio mais do que…
Aproxima-se o Tempo da Retirada do Espírito Santo

Posted: 26 Sep 2011 04:00 AM PDT

O Espírito e a noiva dizem: Vem! Aquele que ouve, diga: Vem! Aquele que tem sede, venha, e quem quiser receba de graça a água da vida. Apoc. 22:17.

O tempo da graça não durará muito mais. Deus está retirando da Terra Sua mão refreadora. Por longo tempo Ele tem falado a homens e mulheres mediante a atuação de Seu Espírito Santo; mas eles não têm atendido ao apelo. Agora está falando a Seu povo e ao mundo por meio de Seus juízos. O tempo desses juízos é um tempo de misericórdia para os que ainda não tiveram a oportunidade de aprender o que é a verdade. O Senhor olhará para eles com ternura. Seu coração compassivo se enternece, e a mão do Senhor ainda está estendida para salvar. No aprisco seguro será admitido um grande número de pessoas que nestes últimos dias ouvirem a verdade pela primeira vez.

O Senhor convida os que nEle creem a serem Seus cooperadores. Enquanto durar a vida, não devem achar que sua obra terminou. Deixaremos que os sinais do fim se cumpram sem advertir as pessoas do que sobrevirá à Terra? Consentiremos que elas pereçam nas trevas sem ter-lhes realçado a necessidade de se prepararem para o encontro com o Senhor? A menos que nós mesmos cumpramos o nosso dever para com os que nos rodeiam, o dia de Deus virá sobre nós como um ladrão. O mundo está cheio de confusão, e em breve apoderar-se-á dos seres humanos um grande terror. O fim está muito próximo. Nós, que conhecemos a verdade, nos devemos estar preparando para o que está prestes a irromper sobre o mundo como esmagadora surpresa.

Como um povo, precisamos preparar o caminho do Senhor sob a soberana direção do Espírito Santo. O evangelho deve ser proclamado em sua pureza. A correnteza de águas vivas deve, em seu curso, aprofundar-se e alargar-se. Em campos próximos e distantes, homens serão chamados do arado e das mais comuns profissões no comércio em geral preferidas, para ligarem-se a homens experimentados e ser por eles instruídos. À medida que aprendam a trabalhar de modo eficaz, proclamarão a verdade com poder. Por meio das maravilhosíssimas operações da providência divina serão removidas montanhas de dificuldades.

A mensagem que tanta importância tem para os habitantes da Terra, será ouvida e compreendida. Os homens discernirão a verdade. A obra progredirá mais e mais até que a Terra inteira seja advertida. Então virá o fim. Review and Herald, 22 de novembro de 1906.

Ellen G. White, escritora norte-americana.

Postagens relacionados:

    1. O Espírito Santo Acabará Se Retirando Quem é injusto, faça injustiça ainda; e quem está sujo,…
Viajando com os Missionários

Posted: 26 Sep 2011 04:00 AM PDT

E, servindo eles ao Senhor e jejuando, disse o Espírito Santo: Separai-Me, agora, Barnabé e Saulo para a obra a que os tenho chamado. Então, jejuando, e orando, e impondo sobre eles as mãos, os despediram. Enviados, pois, pelo Espírito Santo, desceram a Selêucia e dali navegaram para Chipre. Atos 13:2-4.

Oh, como necessitamos da Presença divina! Para o batismo do Espírito Santo cada obreiro deve estar emitindo sua oração a Deus. Grupos devem reunir-se para pedir a Deus auxílio especial, sabedoria celestial, para que o povo de Deus saiba como planejar, orientar e executar a obra. Especialmente devem os homens orar para que o Senhor escolha Seus instrumentos, e batize Seus missionários com o Espírito Santo.

Durante dez dias oraram os discípulos antes de vir a bênção pentecostal. Foi necessário todo esse tempo para levá-los à compreensão do que significava oferecer oração eficaz, aproximando-se cada vez mais de Deus, confessando os pecados, humilhando o coração diante de Deus, e pela fé contemplando a Jesus e se transformando à Sua imagem. Ao vir a bênção, encheu todo o lugar onde estavam reunidos e, dotados de poder, saíram para fazer trabalho eficaz pelo Mestre.

Devemos orar com tanto fervor pela descida do Espírito Santo como os discípulos oraram no dia de Pentecostes. Se eles necessitavam [o Espírito] naquele tempo, nós O necessitamos ainda mais hoje. Trevas morais, como um manto fúnebre, cobrem a Terra. Toda espécie de doutrinas falsas, heresias e enganos satânicos estão desviando a mente dos homens. Sem o Espírito e o poder de Deus, trabalharemos em vão para apresentar a verdade. Precisamos ter o Espírito Santo para suster-nos no conflito; “porque a nossa luta não é contra o sangue e a carne e sim contra os principados e potestades, contra os dominadores deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal, nas regiões celestes”. Efés. 6:12.

Não podemos cair enquanto esperamos e confiamos em Deus. Que cada um de nós, ministros e povo, diga como Paulo: “Assim corro também eu, não sem meta; assim luto, não como desferindo golpes no ar” (I Cor. 9:26), mas com santa fé e esperança, na expectativa de ganhar o prêmio. Home Missionary, 1º de novembro de 1893.

Ellen G. White, escritora norte-americana.

Postagens relacionados:

  1. Jovens Recebendo Poder Para Ser Vencedores Alegra-te, jovem, na tua juventude, e recreie-se o teu coração…
Cooperando com o Poder Divino

Posted: 26 Sep 2011 04:00 AM PDT

Mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e sereis Minhas testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria e até aos confins da Terra. Atos 1:8.

Deus determinou não deixar nada por fazer para recuperar o homem das malhas do inimigo. Depois da ascensão de Cristo, o Espírito Santo foi dado ao homem para ajudar todos os que cooperassem com Ele na transformação e remodelação do caráter humano. A parte do Espírito Santo na obra foi definida por nosso Salvador. Ele disse: “Convencerá o mundo do pecado, da justiça e do juízo.” João 16:8. O Espírito Santo é o persuasor, e também o santificador.

Como ninguém pode arrepender-se de seus pecados sem que esteja convicto, a necessidade de unir o Espírito conosco em nosso trabalho para alcançar os caídos é evidente. Se não estivermos unidos aos seres celestiais, todas as nossas aptidões humanas serão exercidas em vão. Foi pela falta de conhecimento da verdade vitalizadora e da corruptora influência do erro, que homens caíram tão baixo, afundados nas profundezas da degradação pecaminosa. Os anjos e os homens têm de trabalhar em harmonia para ensinar a verdade de Deus aos que são ignorantes neste sentido, para que possam ser libertos dos grilhões do pecado. É só a verdade que torna os homens livres. Esta liberdade, esta libertação mediante o conhecimento da verdade, deve ser proclamada a toda criatura.

Jesus Cristo, Deus mesmo e os anjos do Céu estão interessados nesta grandiosa e santa obra. Ao homem foi concedido o elevado privilégio de revelar o caráter divino empenhando-se altruisticamente no esforço de libertar os homens do abismo da ruína em que se precipitaram. Todo ser humano que consinta em ser iluminado pelo Espírito Santo deve ser usado para a realização deste propósito divinamente concebido. Cristo é a cabeça de Sua igreja, e o que mais O glorificará será ter cada parte dessa igreja empenhada no trabalho em prol da salvação de almas.

Os obreiros humanos precisam deixar, porém, mais espaço para a atuação do Espírito Santo, a fim de que os trabalhadores estejam ligados uns aos outros e avancem na força de uma corporação unida de soldados. Lembrem-se todos de que somos “espetáculo ao mundo, tanto a anjos, como a homens”. I Cor. 4:9. Australasian Union Conference Record, 1º de abril de 1898.

Ellen G. White é escritora norte-americana.

Postagens relacionados:

  1. Jovens Recebendo Poder Para Ser Vencedores Alegra-te, jovem, na tua juventude, e recreie-se o teu coração…
A Reforma Espiritual e a Conduta Cristã

Posted: 26 Sep 2011 04:00 AM PDT

Não existe reforma espiritual que não seja refletida na conduta e estilo de vida do cristão. Isso por que reforma “significa uma reorganização, uma mudança nas ideias e teorias, hábitos e práticas”[2]

Tanto no Antigo quanto no Novo Testamento Deus nos faz um chamado para sermos diferentes, a fim de que possamos iluminar o mundo (Mt 5:14-16), fazendo a diferença na sociedade:

“Consagrem-se, porém, e sejam santos, porque eu sou o Senhor, o Deus de vocês. Obedeçam aos meus decretos e pratiquem-nos. Eu sou o Senhor que os santifica.” (Lv 20:7, 8).

“Sejam santos, porque eu sou santo” (1Pe 1:16)

Portanto, Deus deseja que os filhos dEle de todas as épocas demonstrem que a boa religião (Tg 1:27) muda as pessoas para melhor.

Atualmente, é apresentado nos círculos cristãos um conceito sobre “graça” que mais parece uma “desgraça”. A afirmação de que a pessoa salva pela graça de Jesus (Ef 2:8, 9) “não precisa se preocupar com aquilo que faz”, nada tem a ver com a santificação apresentada na Bíblia, “sem a qual ninguém verá o Senhor” (Hb 12:14).

“Santificação” é a terceira fase do processo de salvação[3] pela qual toda pessoa precisa passar (Rm 6:22) antes de se encontrar com Jesus Cristo em Sua segunda vinda (Lc 21:36). Nesta fase, o caráter[4] vai se tornando “santo”, semelhante ao caráter de Cristo por que o Espírito Santo “escreve” e “imprime” no coração do crente a Lei moral de Deus e a vontade de obedecê-Lo (Hb 8:10).

Perceba que, mesmo a salvação não sendo por meio de nossa conduta (Ef 2:8), obrigatoriamente ela nos torna “novas criaturas” (2Co 5:17).  Consequentemente, nosso estilo de vida refletirá a transformação que Deus vem efetuando em nós, de maneira que o “aroma” do fruto do Espírito[5] será sentido por todos os que estiverem sob nossa influência!

Como ser uma pessoa santa

Nas Escrituras, ser santo não é o mesmo que ser “sem pecado”. É a mesma coisa que não ser “pecadeiro”: “Todo aquele que é nascido de Deus não vive na prática de pecado; pois o que permanece nele é a divina semente; ora, esse não pode viver pecando, porque é nascido de Deus.” (1Jo 3:9, versão Almeida, Revista e Atualizada).

Vou explicar. Ao aceitarmos a Jesus Cristo como nosso salvador e Senhor (Lc 6:46) continuamos sendo pecadores, que necessitarão que Deus efetue em nós o “querer e o realizar” (Fp 2:13) todos os dias de nossa vida. Porém, não seremos mais “pecadeiros”, no sentido de fazer do pecado um “estilo de vida”.

Ser “santo” é o mesmo que ser “separado”[6]. É aceitar o convite divino para separar-se das práticas erradas daqueles que não seguem a Deus, de acordo com Isaías 52:11: “Afastem-se, afastem-se, saiam daqui! Não toquem em coisas impuras! Saiam dela e sejam puros, vocês, que transportam os utensílios do Senhor.”

Porém, é importante não esquecermos que a “santificação” não vem do dia para a noite. É obra de uma vida de íntimo relacionamento com a Divindade e de constante negação do eu para que Jesus viva em nós[7]:

“Não existe tal coisa como seja santificação instantânea. A verdadeira santificação é obra diária, continuando por tanto tempo quanto dure a vida.”[8]

O que faz uma pessoa santa[9]

Quem aceita o chamado de Deus para ser diferente (santo) e passa por uma reforma espiritual não deixará de:

  1. Relacionar-se com Cristo todos os dias (Mt 11:28-30). A boa conduta deve ser o resultado do relacionamento com Jesus e não simplesmente o esforço pessoal para ser melhor. Do contrário, o crente se tornará um legalista, que faz do comportamento um “meio” de salvação;
  2. Amar a sua esposa, marido, filhos e dedicar tempo e atenção a eles (Ef  5:22-33; 6:1-4);
  3. Auxiliar os órfãos e as viúvas (Tg 1:27);
  4. Praticar o jejum espiritual de Isaías 58;
  5. Ir à igreja e manter bom relacionamento com os irmãos na fé (At 2:42-47) sem ser mexeriqueiro (Lv 19:16) e orgulhoso, achando-se “mais santo” que os demais (Lc 18:10-14).[10]
  6. Crescer em pureza moral (Mt 5:8; 1Co 6:18-20)[11];
  7. Suportar e perdoar as pessoas (Cl 3:13, 14; Mt 6:14, 15).
  8. Estudar toda a Bíblia diariamente (Dt 17:19; Lc 24:27, 44);
  9. Orar “sem cessar” (1Ts 5:17) e de forma perseverante (Rm 12:12);
  10. Obedecer aos Dez Mandamentos (Ex 20), pela fé (Rm 16:26), assim como o seu principal modelo de conduta: Jesus (Mt 5:17-19; Jo 15:10; Hb 8:10);
  11. Administrar sabiamente as próprias finanças, sendo fiel a Deus nos dízimos e nas ofertas, para que a igreja tenha recursos a fim de que outras pessoas conheçam o plano de salvação (Ml 3:8-10; Mt 23:23);
  12. Recrear-se de maneira saudável, evitando lugares que a façam sentar-se “na roda dos escarnecedores” (Sl 1:1, 2);
  13. Respeitar as leis do seu país (Rm 13:1-7)[12];
  14. Cuidar da natureza (Sl 8:6-8; Ap 11:18);
  15. Vestir-se de acordo com os princípios de modéstia, decência e discrição cristãs claramente definidos em 1 Timóteo 2:9, 10[13]. De acordo com o texto, isto envolve: (1) não se enfeitar com jóias e (2) não usar roupas caras, pois, tais práticas chamam mais a atenção para o exterior do que para o aspecto interior. O verso 10 afirma os enfeites mais bonitos do cristão são suas “boas obras”.

Deus não desiste de nós

Não estamos sozinhos em nossa caminhada para sermos pessoas cada vez melhores. O Espírito Santo, além de nos guiar a toda verdade (Jo 16:13), desenvolverá em nós um caráter semelhante ao de Cristo (Jo 13:15; 2Co 7:1), para que sejamos felizes de verdade (Sl 32:11; Fp 4:4) e nos tornemos cidadãos do reino dos céus (Fp 3:20).

Portanto, não desanimemos se o nosso caráter ainda não reflete tudo aquilo que Deus quer. Ele é paciente conosco e promete em Sua Palavra que, se fizermos a nossa parte em perseverarmos até o fim em segui-Lo (Lc 21:19) e o amarmos de todo o nosso coração e entendimento (Mt 22:37, 38), Ele completará em nós a obra de transformação que já começou!

“Estou convencido de que aquele que começou boa obra em vocês, vai completá-la até o dia de Cristo Jesus.” (Fp 1:6).

“Deus é poderoso para impedi-los de cair e para apresentá-los diante da sua glória sem mácula e com grande alegria” (Jd 1:20, adaptado).

Isso só não acontecerá apenas se não quisermos (Ap 22:17). Minha decisão eu já tomei e quero mantê-la até o fim, com a ajuda de Deus. E você? Já fez a sua?


[1] A versão bíblica adotada é a Nova Versão Internacional (NVI), salvo sob indicação.
[2] Ellen G. White, Reavivamento Verdadeiro: a maior necessidade da igreja” (Tatuí, SP: Casa Publicadora Brasileira, 2011), p. 14.
[3] A primeira fase é a “justificação”, que é o mesmo que ser “tornado justo”, pelos méritos de Cristo. Isso ocorre unicamente pela fé em Jesus (Rm 5:1) e não pelas obras da lei (Gl 2:21). Já a terceira fase é a “glorificação”, momento em que os salvos serão glorificados, totalmente transformados e arrebatados visivelmente para o céu na volta de Jesus Cristo (1Co 15:51-55; 1Ts 4:13-18).
[4] Convém destacar que a santificação bíblica inclui a transformação do SER em seus aspectos físico, mental e espiritual, como lemos em 1 Tessalonicenses 5:23, 24.
[5] Nome de nove lindas qualidades de caráter mencionadas Gálatas 5:22, 23.
[6] Este é o sentido etimológico da palavra nas línguas originais da Bíblia.
[7][7] Ver Gálatas 2:20.
[8] Ellen G. White, Santificação, p. 10.
[9] Para uma abordagem abrangente sobre o estilo de vida e conduta cristã, ver Tratado de Teologia Adventista do Sétimo Dia (Tatuí, SP: Casa Publicadora Brasileira, 2011), p. 748-802.
[10] É importante ressaltar que o verdadeiro “santo” não usa de palavras duras para com seus irmãos na fé e muito menos para com outras pessoas (Cl 4:6; 2Tm 2:24-26).
[11] A escolha de bons filmes, literatura, boa música, bons sites e programas de rádio e TV facilitam tal processo!
[12] A única exceção é quando as leis humanas tentam nos levar a desobedecer às leis de Deus. Ver Atos 5:29.

[13] Diz o texto, na Nova Versão Internacional“Da mesma forma, quero que as mulheres se vistam modestamente, com decência e discrição, não se adornando com tranças e com ouro, nem com pérolas ou com roupas caras, mas com boas obras, como convém a mulheres que declaram adorar a Deus.”

Leandro Quadros é apresentador do programa Na Mira da Verdade da TV Novo Tempo

Postagens relacionados:

  1. Posso confiar nos escritos de Ellen G. White? Infelizmente, não posso responder por você! Em meados do século…
  2. Reavivamento e reforma: passe esse conceito adiante! Quando vejo a realidade que me cerca, a cada noticiário,…
Jovens Recebendo Poder Para Ser Vencedores

Posted: 26 Sep 2011 04:00 AM PDT

Alegra-te, jovem, na tua juventude, e recreie-se o teu coração nos dias da tua mocidade; anda pelos caminhos que satisfazem ao teu coração e agradam aos teus olhos; sabe, porém, que de todas estas coisas Deus te pedirá conta. Ecl. 11:9.

Entregando-nos a Deus, obtemos grandes vantagens; pois, se temos fraquezas de caráter, como sucede com todos nós, unimo-nos com Alguém que é poderoso para salvar. Nossa ignorância está unida à sabedoria infinita, nossa fragilidade ao eterno poder, e, como Jacó, cada um de nós pode tornar-se um príncipe com Deus. Ligados ao Senhor Deus de Israel, teremos poder do alto que nos habilitará a ser vencedores; e mediante a comunicação do divino amor, encontraremos acesso aos corações humanos. Com mão tremente nos apegaremos ao trono do Infinito, e diremos: “Não Te deixarei ir se me não abençoares.” Gên. 32:26.

É dada a certeza de que Ele nos abençoará e tornar-nos-á uma bênção; e isto é nossa luz, nossa alegria, nosso triunfo. Quando os jovens compreenderem o que é ter o favor e o amor de Deus no coração, começarão a perceber o valor de seus privilégios adquiridos por sangue, e consagrarão suas capacidades a Deus, procurando com todas as forças dadas pelo Senhor aumentar os talentos a serem usados no serviço do Mestre.

A única segurança para nossos jovens nesta época de pecado e crime é ter viva ligação com Deus. Devem aprender como buscar a Deus, a fim de que sejam cheios de Seu Santo Espírito e procedam como se estivessem cientes de que toda a hoste celestial os contempla com atenta solicitude, prontos a socorrê-los no perigo e em tempos de necessidade. Os jovens devem ser protegidos contra a tentação por meio de advertências e instruções. Devem aprender quais os incentivos que lhes são apresentados na Palavra de Deus. Deve ser delineado perante eles o perigo de darem um passo nos atalhos do mal. Devem ser educados a respeitar os conselhos de Deus nos Seus sagrados oráculos. Devem ser instruídos de tal maneira que tomem uma posição resoluta contra o mal e decidam abster-se de trilhar qualquer vereda em que não possam esperar que Jesus os acompanhe e que repouse sobre eles a Sua bênção. Review and Herald, 21 de novembro de 1893.

Ellen G. White, escritora norte-americana.

Postagens relacionados:

  1. Profecias apontam para o fim – você está disposto a servir? E digo isto a vós outros que conheceis o tempo:…
Abuso Sexual Infantil – Super necessário saber

Posted: 26 Sep 2011 04:00 AM PDT

É difícil para a maioria das pessoas imaginar um adulto tendo prazer sexual com uma criança, mas a realidade que nos cerca cada vez mais está mostrando como isso é real, doloroso e deixa marcas severas na vida dos envolvidos.
Algumas das frequentes perguntas que surgem a respeito do assunto com suas respostas podem ajudar a esclarecer algumas questões sobre o abuso sexual infantil.
Qual a definição de abuso sexual infantil?
Muitos pensam que abuso sexual infantil é ter uma relação sexual completa com uma criança, mas a definição é muito mais ampla do que isso. Podemos caracterizar o abuso como: tocar a boca, genitais, bumbum, seios ou outras partes íntimas de uma criança com objetivo de satisfação dos desejos; forçar ou encorajar a criança a tocar um adulto de modo a satisfazer o desejo sexual. Fazer ou tentar fazer a criança se envolver em ato sexual. Forçar ou encorajar a criança a se envolver em atividades sexuais com outras crianças ou adultos. Expor a criança a ato sexual ou exibições com o propósito de estimulação ou gratificação sexual. Usar a criança em apresentação sexual como fotografia, brincadeira, filmagem ou dança, não importa se o material seja obsceno ou não.
Quais são as principais estatísticas que existem sobre o assunto?
O número de crianças e adolescentes abusados sexualmente no Brasil é cada vez maior, mas só uma minoria apresenta queixa. Isso se dá devido ao grande trauma psicológico acarretado e também porque muitas vezes o abusador mantém algum grau de parentesco com a vítima, quando não é o próprio pai ou padrasto, o que gera medo de retaliação. As estatísticas brasileiras a respeito de abuso sexual infantil estão defasadas, faltam verbas, falta preparo de quem acolhe as denúncias, faltam mais pesquisas. Em 2008, o Disque 100 recebeu cerca de 25 mil denúncias. Em 2008, a SaferNet Brasil, uma organização de combate à pornografia infantil na internet, recebeu 42.122 denúncias sobre abuso. Assim mesmo, sem muitas estatísticas, os números são alarmantes, e têm crescido a cada ano por haver mais esclarecimento sobre o assunto, por haver mais divulgação, mas também pela maior possibilidade de acesso às crianças.
De que forma a criança pode demonstrar aos pais ou responsáveis que sofreu abuso?
Os principais sinais que a criança pode mostrar e podem ser observados pelos pais, professores ou outro cuidador da criança são: conhecimento ou comportamento sexual fora do esperado. Mudanças no comportamento como perda do apetite, pesadelos, medo de dormir, se afastar das atividades rotineiras. Afastamento dos amigos. Voltar a fazer xixi na cama. Chupar o dedo. Dificuldade de concentração na escola. Medo de alguma pessoa, ou pânico de ser deixada em algum lugar ou com alguém. Comportamento agressivo ou perturbador, delinquência, fuga de casa ou prostituição. Comportamentos autoagressivos. Irritação genital ou sangramento, inchaço, dor, coceira, cortes ou arranhões na área genital, vaginal ou anal.
Qual deve ser a postura dos pais?
Em primeiro lugar, não entrar em pânico. Muitas vezes, os pais já até tinham algum “pressentimento” sobre determinada pessoa, mas não deram a devida atenção à sua percepção. A criança pode ter medo de contar aos pais ou familiares, pois muitas vezes o abusador faz ameaças a ela ou aos seus queridos. Se a criança conseguir contar aos pais, atenção! Acreditem dificilmente uma criança inventa histórias dessa natureza. Conforte a criança. Explique que não foi culpa dela. A culpa é do abusador e ele fez algo muito errado. Deixe a criança saber que você sente pelo que aconteceu. Fale a ela que você vai fazer de tudo para que isso não aconteça novamente. Leve a criança e a família para um aconselhamento ou terapia.
Quais as principais sequelas do abuso sexual infantil e como tratá-las?
As principais consequências são:
Confusão – A criança pode achar que é normal porque o abusador disse que é, mas é confuso por que ele também falou para não contar para ninguém.
Culpa – Por não ter feito nada para parar o abuso; porque às vezes podia sentir algo bom; sentia que recebia coisas especiais por fazer aquilo; acha que fez algo para que o abuso acontecesse; é tão má que mereceu o abuso.
Medo – De ter sofrido um dano físico irreparável; de ser descoberto pelos outros; de que só de olhar para ele saberão que é mau.
Raiva – Do abusador; de si mesma, por não parar o abuso, ou por gostar; do pai/mãe que não a protegeu de ser abusada pelo pai/mãe; pode parecer uma criança passiva e submissa, mas está explodindo por dentro; pode descarregar sua raiva maltratando animais ou crianças menores
Perda da confiança – Nos pais; nos adultos.
Se isso aconteceu com alguma criança que você conhece, busque ajuda especializada. Leigos no assunto com frequência machucam mais do que ajudam.
Cláudia Bruscagin Schwantes é psicóloga
Artigo originalmente publicado em http://www.esperanca.com.br/familia/educacao-de-filhos/abuso-sexual-infantil-supernecessario-saber/
Ciência comprova vantagens da meditação

Posted: 26 Sep 2011 04:00 AM PDT

Milhões de pessoas começam o dia orando e meditando e sentem que isso faz bem ao cérebro. Parece que quando nos levantamos e imediatamente iniciamos nossa correria, a vida perde sua cor e sabor.
Segundo a Scientific American, acontecem coisas muito especiais em nossa mente durante o momento da meditação, tais como: aquieta regiões normalmente vigilantes; aguça os centros pensantes; promove sensação de centramento, calma e lucidez que permanecerá ao longo de todo o dia (“24 Horas na vida do seu cérebro”, Scientific American Brasil, páginas, 43-44).
Observe o que a ciência tem a nos dizer sobre a meditação: “Os estudos de imagens cerebrais mostram que a prática da meditação pode, a logo prazo, alterar a estrutura do cérebro, espessando o córtex, mudando o tipo e o ritmo das ondas cerebrais e apurando nossa capacidade de concentração. Meditar também reduz a ansiedade, a pressão sanguínea e o estresse (“24 Horas na vida do seu cérebro”, Scientific American Brasil, páginas, 44).”
É maravilhoso contemplarmos a ciência comprovando, ainda que inconscientemente, a eficácia daquilo que Jesus prescreveu para os seus seguidores: “buscai, pois, em primeiro lugar, o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas” (Mateus 6:33).
Buscar o reino de Deus compreende emprenhar-se na prática da meditação, de preferência na primeira hora de cada dia e com a Bíblia na mão. Assim, a mente recebe fortalecimento emocional, espiritual e físico. A ansiedade é controlada e adquire-se força e vigor. O fortalecimento das faculdades emocionais dependem, em grande parte, da harmonia com o Criador. Além de todos os benefícios, existe um que se destaca – na minha opinião. Trata-se da correção do senso de valor próprio que acontece naturalmente no processo da meditação.
Como você pode perceber a meditação em Deus é algo vital para o homem. Deus criou ou ser humano para relacionar-se com Ele e a meditação é a melhor oportunidade para garantir essa oportunidade.
Quando Jesus indicou a meditação, em Mateus 6:33, Ele estava revelando o remédio perfeito para curar a ansiedade. Sim, a meditação em Deus é o tratamento mais eficaz para a alma.
Veja as conseqüências do estresse no cérebro, segunda a Scientific American:
– Mata as células cerebrais recém-formadas;
– Contribui para a depressão (e praticamente todas as doenças orgânicas);
– Aumenta a sua vulnerabilidade à doença de Alzheimer a à demência;
– Inibe a formação de memórias no hipocampo;
– Danifica o córtex pré-frontal, encarregado das funções executivas que nos ajudam a raciocinar, estabelecer objetivos e tomar decisões;
– Dificulta funções relacionadas à memória, como a participação em testes;
– Estabelece um sistema de ansiedade generalizada.
Enfim, use a Bíblia para meditar e orar e sua mente ficará física, emocional e espiritualmente preparada para os embates desta vida.
Artigo originalmente publicado em http://www.novotempo.org.br/advir/?p=3384
Manassés Queiroz é publicitário
O Espírito Santo Acabará Se Retirando

Posted: 26 Sep 2011 04:00 AM PDT

Quem é injusto, faça injustiça ainda; e quem está sujo, suje-se ainda; e quem é justo, faça justiça ainda; e quem é santo, seja santificado ainda. Apoc. 22:11.

Quando se encerrar a mensagem do terceiro anjo, a misericórdia não mais pleiteará em favor dos culpados habitantes da Terra. O povo de Deus terá cumprido a sua obra. Recebeu a “chuva serôdia”, o “refrigério pela presença do Senhor” (Atos 3:19), e acha-se preparado para a hora probante que diante dele está. No Céu, anjos apressam-se de um lado para o outro. Um anjo que volta da Terra anuncia que a sua obra está feita; o mundo foi submetido à prova final, e todos os que se mostraram fiéis aos preceitos divinos receberam “o selo do Deus vivo”. Apoc. 7:2.

Cessa então Jesus de interceder no santuário celestial. Levanta as mãos e com grande voz diz: Está feito; e toda a hoste angélica depõe suas coroas, ao fazer Ele o solene aviso. “Quem é injusto, faça injustiça ainda; e quem está sujo, suje-se ainda; e quem é justo, faça justiça ainda; e quem é santo, seja santificado ainda.” Apoc. 22:11. Todos os casos foram decididos para vida ou para morte. Cristo fez expiação por Seu povo, e apagou os seus pecados. O número de Seus súditos completou-se; “e o reino, e o domínio, e a majestade dos reinos debaixo de todo o céu” (Dan. 7:27), estão prestes a ser entregues aos herdeiros da salvação, e Jesus deve reinar como Rei dos reis e Senhor dos senhores.

Deixando Ele o santuário, as trevas cobrem os habitantes da Terra. Naquele tempo terrível os justos devem viver à vista de um Deus santo, sem intercessor. Removeu-se a restrição que estivera sobre os ímpios, e Satanás tem domínio completo sobre os que finalmente se encontram impenitentes. Terminou a longanimidade de Deus. O mundo rejeitou a Sua misericórdia, desprezou-Lhe o amor, pisando Sua lei. Os ímpios passaram os limites de seu tempo de graça; o Espírito de Deus, persistentemente resistido, foi, por fim, retirado. O Grande Conflito, págs. 613 e 614.

Ellen G. White, escritora norte-americana.

Postagens relacionados:

  1. O batismo diário no Espírito Santo “Na verdade, na verdade te digo que aquele que não…
Reavivamento e reforma: passe esse conceito adiante!

Posted: 26 Sep 2011 04:00 AM PDT

Quando vejo a realidade que me cerca, a cada noticiário, a cada nova catástrofe ou prognóstico negativo em relação ao futuro, percebo quão breve está o cumprimento da promessa do retorno de Cristo e a fundação do Seu reino eterno. Porém, o sinal que mais me faz vibrar de alegria é o movimento que ora toma conta de nosso povo. Uma busca intensa por reavivamento espiritual e reforma de vida. Talvez você não esteja muito bem informado sobre este movimento, mas se isso ocorre não é por falta de iniciativas. Basta uma rápida pesquisa no Google é você perceberá a grande quantidade de eventos que já ocorreram e estão ocorrendo em todo o mundo como incentivo a essa busca.
Na verdade, participar de um verdadeiro avivamento da vida espiritual é algo íntimo e individual. Reforma de vida é ainda mais pessoal. Porém, como família, podemos nos ajudar mutuamente para que nossa unidade produza ainda mais força. A chamada sinergia. Como profissional da área de internet, quero te fazer um convite. As maiores marcas da atualidade têm aplicado grande parte de seus investimentos em marketing e propaganda no que se conhece atualmente como Marketing Viral. É possível que você já tenha recebido um vídeo engraçado, ou ainda muito criativo que instantaneamente o motivou a enviar para outras pessoas. Utilizando-se desta técnica as empresas não precisam mais enviar diretamente para você seus anúncios. Seus amigos, e você mesmo, se encarregarão de fazer isso. Se você observar a história do cristianismo, ele nasce e cresce de forma viral.
A história bíblica que melhor ilustra esse fato é a que narra o encontro de Jesus com a mulher samaritana no poço de Jacó (João 4). Aquela mulher, ao ter contato com Jesus e descobrir que ele era o Messias, imediatamente compartilhou a informação com todos que conhecia. É bem verdade que o termo vírus não é algo imediatamente positivo, mas é usado por causa do comportamento de um vírus, que natural e espontaneamente possui um grau de contaminação extremamente alto. Da mesma forma, o evangelho de Cristo, quando vivido de forma verdadeira é extremamente cativante. É a fonte de vida e vida em abundância (João 10:10). Meu convite a você é que, além de acompanhar e participar das iniciativas que a liderança da igreja tem promovido, seja também um agente multiplicador. Que você seja um agente transmissor desse evangelho viral, contaminando tudo e todos ao seu redor. E você pode fazer isso de inúmeras formas.
Veja algumas dicas:
– compartilhe o conteúdo que você encontra on-line com pessoas que não são tão conectadas quanto você. Pode ser imprimindo artigos e entregando a essas pessoas ou ainda de forma oral;
– aplicativos de redes sociais como Orkut, facebook, msn, entre outros, comumente possuem um espaço para que você compartilhe uma frase. Utilize este espaço para compartilhar links de textos que foram especiais para você. Se você é usuário de twitter a dica também é válida;
– envie por e-mail para seus amigos, textos e notícias de eventos;
– se você possui um blog, indique o site reavivamentoereforma.com através de banner e link;
– uma dica importante também é que ao invés de copiar textos e colar em seu blog, o ideal é que você escreva algo pessoal sobre um texto que gostou. Coloque um link para o post e amplie o debate, informe seu ponto de vista, complete o tema com algo que o Santo Espírito te indicar a escrever. Com isso, você estimulará mais pessoas a conhecer o site oficial do projeto e ainda ganhará mais credibilidade com seus leitores, ao oferecer para eles conteúdo original e complementar. Mas, não esqueça! Busque de Deus inspiração. Quando falamos “algo pessoal”, nos referimos a algo que Deus falou para você de forma especial e pessoal;
– ao compartilhar nossos conteúdos faça-o focado na grandiosidade deste movimento. Ore a Deus para que Ele te indique as pessoas corretas, escreva sempre algo pessoal e direcionado para o leitor junto com o conteúdo para que a pessoa perceba seu carinho e dê ainda mais atenção ao material compartilhado; – procure ser relevante. É preferível que você envie conteúdo para poucas pessoas, mas pessoas próximas e comprometidas com a mensagem compartilhada, do que compartilhar com toda sua lista de e-mails de irmãos, e passar uma imagem de pessoa inconveniente; O desejo de Deus para nós hoje é o mesmo do passado. Que unidos e unânimes, proclamemos ao mundo a mensagem que salva. No passado eram doze discípulos e a pregação exclusivamente verbal. Hoje somos milhares, com apoio de TV, Rádio, Impressos e Internet. Busquemos diariamente a plenitude do Santo Espírito. Ele guiará nossos corações, vontades, dons e talentos, todos na mesma direção.
Todos juntos, para que Cristo venha ainda em nossa geração!
Marcos Correia e Silva é profissional na área de marketing

Postagens relacionados:

    1. Reavivamento e Reforma – receita contra o enfraquecimento da fé Uma coisa é certa: Os Adventistas do Sétimo Dia que…
  1. Na Alemanha, liderança mundial destaca missão, reavivamento e reforma Silver Spring, EUA…[ANN] Durante uma visita no início deste mês,…

FONTE: http://reavivamentoereforma.com/

Esse post foi publicado em Não categorizado. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s