MEDITAÇÃO – MENSAGENS – ANO BÍBLICO

– Meditação Matinal de EGW (Português).:

Os Acontecimentos Futuros Ocorrerão na Ordem Certa

“Mais vós, irmãos, não estais em trevas, para que esse dia como ladrão vos apanhe de surpresa”. I Tess. 5:4.
Vi … que Jesus não abandonaria o lugar santíssimo sem que cada caso fosse decidido, ou para a salvação ou para a destruição; e que a ira de Deus não poderia manifestaras sem que Jesus concluísse Sua obra no lugar santo, depusesse Seus atavios sacerdotais, e Se vestisse com vestes de vingança. Então Jesus sairá de entre o Pai e os homens, e Deus não mais silenciará, mas derramará Sua ira sobre aqueles que rejeitaram Sua verdade. Vi que a ira das nações, a ira de Deus, e o tempo de julgar os mortos eram acontecimentos separados e distintos, seguindo-se um ao outro; outrossim, que Miguei não Se levantara e que o tempo de angústia, tal como nunca houve, ainda não começara. As nações estão-se irando agora, mas, quando nosso Sumo Sacerdote concluir Sua obra no santuário, Ele Se levantará, envergará as vestes de vingança, e então as sete últimas pragas serão derramadas.
Vi que os quatro anjos segurariam os quatro ventos até que a obra de Jesus estivesse terminada no santuário, e então viriam as sete últimas pragas. Estas pragas enfureceram os Ímpios contra os justos, pois pensavam que nós havíamos trazido os juízos divinos contra eles, e que se pudessem livrar a Terra de nós, as pragas cessariam. Saiu um decreto para se matarem os santos, o que fez com que estes clamassem dia e noite por livramento. Este foi o tempo da angústia de Jacó. Então todos os santos clamaram com angústia de espírito, e alcançaram livramento pela voz de Deus. – PE, 36 e 37.
Antes de Sua crucifixão o Salvador explicou a Seus discípulos que Ele deveria ser morto, e de túmulo ressuscitar… Mas os discípulos aguardavam livramento temporal do jugo romano, e não podiam tolerar a idéia de que Aquele em quem se centralizavam todas as suas esperanças devesse sofrer uma morte ignominiosa. Assim, rasa profecias, o futuro se patenteia diante de nós tão claramente comesse revelou aos discípulos pelas palavras de Cristo. Os acontecimentos ligados ao final do tempo da graça e obra de preparo para o período de angústia, acham-se claramente apresentados. – GC, 593.
Ano Bíblico: Ezeq. 33-35. – Juvenis: S. Mat. 27.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=100&p=256

– Meditação Matinal de EGW (Espanhol).:

LOS ACONTECIMIENTOS FUTUROS EN SU ORDEN

Mas vosotros, hermanos, no estáis en tinieblas, para que aquel día os sorprenda como ladrón. (1 Tes. 5: 4).
Vi que Jesús no dejaría el lugar santísimo antes que estuviesen decididos todos los casos, ya para salvación, ya para destrucción, y que la ira de Dios no podía manifestarse mientras Jesús no hubiese concluido su obra en el lugar santísimo y dejado sus vestiduras sacerdotales, para revestirse de ropaje de venganza. Entonces Jesús saldrá de entre el Padre y los hombres, y Dios ya no callara, sino que derramará su ira sobre los que rechazaron su verdad. Vi que la cólera de las naciones, la ira de Dios y el tiempo de juzgar a los muertos, eran cosas separadas y distintas, que se seguían una a otra. También vi que Miguel no se había levantado aún, y que el tiempo de angustia, cual no lo hubo nunca, no había comenzado todavía. Las naciones se están airando ahora, pero cuando nuestro Sumo Sacerdote obra en el santuario, se levantará, se pondrá las vestiduras de venganza, y entonces se derramarán las siete postreras plagas.
Vi que los cuatro ángeles iban a retener los vientos mientras no estuviese hecha la obra de Jesús en el santuario, y que entonces caerían las siete postreras plagas. Estas enfurecieron a los malvados contra los justos, pues los primeros pensaron que habíamos atraído los juicios de Dios sobre ellos, y que si podían raernos de la tierra, las plagas se detendrían. Se promulgó un decreto para matar a los santos, lo cual los hizo clamar día y noche por su libramiento. Este fue el tiempo de angustia de Jacob. Entonces todos los santos clamaron en angustia de ánimo y fueron libertados por la voz de Dios.*
Antes de la crucifixión, el Salvador había predicho a sus discípulos que iba a ser muerto y que resucitaría del sepulcro. . . Pero los discípulos esperaban la liberación política del yugo romano y no podían tolerar la idea de que Aquel en quien todas sus esperanzas estaban concentradas, fuese a sufrir una muerte ignominiosa. . . Así también las profecías nos anuncian el porvenir con la misma claridad con que Cristo predijo su propia muerte a sus discípulos. Los acontecimientos relacionados con el fin del tiempo de gracia y la preparación para el tiempo de angustia han sido presentados con claridad.*

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=101&p=256

– Meditação Matinal de EGW (Inglês).:

September 7 – Future Events Come in Order

But ye, brethren, are not in darkness, that that day should overtake you as a thief. 1 Thess. 5:4.
I saw that Jesus would not leave the most holy place until every case was decided either for salvation or destruction, and that the wrath of God could not come until Jesus had finished His work in the most holy place, laid off His priestly attire, and clothed Himself with the garments of vengeance. Then Jesus will step out from between the Father and man, and God will keep silence no longer, but pour out His wrath on those who have rejected His truth. I saw that the anger of the nations, the wrath of God, and the time to judge the dead were separate and distinct, one following the other, also that Michael had not stood up, and that the time of trouble, such as never was, had not yet commenced. The nations are now getting angry, but when our High Priest has finished His work in the sanctuary, He will stand up, put on the garments of vengeance, and then the seven last plagues will be poured out. {Mar 258.1}
I saw that the four angels would hold the four winds until Jesus” work was done in the sanctuary, and then will come the seven last plagues. These plagues enraged the wicked against the righteous; they thought that we had brought the judgments of God upon them, and that if they could rid the earth of us, the plagues would then be stayed. A decree went forth to slay the saints, which caused them to cry day and night for deliverance. This was the time of Jacob”s trouble. Then all the saints cried out with anguish of spirit, and were delivered by the voice of God. {Mar 258.2}
Before His crucifixion the Saviour explained to His disciples that He was to be put to death and to rise again from the tomb. . . . But the disciples were looking for temporal deliverance from the Roman yoke, and they could not tolerate the thought that He in whom all their hopes centred should suffer an ignominious death. . . . So in the prophecies the future is opened before us as plainly as it was opened to the disciples by the words of Christ. The events connected with the close of probation and the work of preparation for the time of trouble, are clearly presented. But multitudes have no more understanding of these important truths than if they had never been revealed. {Mar 258.3}

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=129&p=256

Na graça de nosso Senhor Jesus,

Daniel Gavin
Diretor Geral – Ellen White Books
http://www.ellenwhite.com.br/
http://www.ellenwhitebooks.com/
http://www.ellenwhite.es/
http://www.ellenwhitebooks.es/

– Mensagens para Evangelistas.:

Nunca penseis que já aprendestes o suficiente, e que podeis afrouxar agora vossos esforços. O espírito cultivado é a medida do homem. Vossa educação deve continuar através da vida inteira; deveis aprender todos os dias, e pôr em prática os conhecimentos adquiridos.

Lembrai-vos que em qualquer posição em que servirdes estais revelando motivos, desenvolvendo o caráter. Seja qual for vosso trabalho, fazei-o com exatidão, com diligência; vencei a inclinação de procurar uma ocupação fácil. A Ciência do Bom Viver, pág. 499.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=31&p=499

– Mensagens para Jovens.:

Os jovens não se tornam mentalmente fracos ou ineficientes por se consagrarem ao serviço de Deus. “O temor do Senhor é o princípio da sabedoria.” Sal. 111:10. A mais tenra criança que ama e teme a Deus, é maior aos Seus olhos do que o homem mais talentoso e instruído que negligencia a grande salvação. Os jovens que consagram o coração e a vida a Deus, assim fazendo se têm colocado em ligação com a Fonte de toda sabedoria e excelência. Mensagens aos Jovens, pág. 329.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=6&p=329

– Mensagens para Namorados.:

Unires-te a um incrédulo é colocares-te no terreno de Satanás. Ofendes o Espírito de Deus e perdes Sua proteção. Podes sujeitar-te a tão terríveis desvantagens na peleja da batalha pela vida eterna? Testimonies, vol. 5, pág. 364 e O Lar Adventista, pág. 67.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=16&p=67

– Mensagens para Pais.:

Ensinai à juventude que o pecado, sob qualquer forma, é definido nas Escrituras como “transgressão da lei”. I João 3:4. … Ensinai-lhes em linguagem simples que eles devem ser obedientes aos pais, e dar o coração a Deus. Jesus Cristo espera o momento de abençoá-los e aceitá-los, se tão-somente a Ele forem e Lhe pedirem que lhes perdoe todas as transgressões, e tire os pecados. E, pedindo-Lhe eles que perdoe todas as suas transgressões, devem crer que Ele o faz. Conselhos aos Pais, Professores e Estudantes, pág. 169.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=37&p=169

– Mensagens sobre Escola Sabatina.:

Os diretores e professores de nossas Escolas Sabatinas devem ser convertidos, salvos de sua habitual insensibilidade. As preciosas lições da verdade não devem ser ensinadas de maneira fraca e sem vida; mas pela diária comunhão com o Senhor, pelo recebimento dos brilhantes raios do Sol da Justiça, acrescentar-se-á poder vivificante aos seus esforços para a conquista de pessoas para Cristo. Devem conservar a mente constantemente fixa em Cristo, para que os pensamentos e impulsos sejam de caráter espiritual e suas maneiras e métodos de ensino estejam sujeitos à direção do Espírito Santo, que, em Sua mais elevada manifestação aos homens, os habilita a desenvolver suas melhores energias, pois Deus neles opera o querer e o efetuar segundo a Sua boa vontade. Conselhos Sobre a Escola Sabatina, pág. 158.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=15&p=158

– Mensagens sobre Saúde.:

É dever religioso dos que cozinham aprenderem a preparar alimento saudável em diferentes maneiras, para que seja ingerido com prazer. As mães devem ensinar seus filhos a cozinhar. Que ramo da educação de uma jovem pode ser tão importante como esse? A comida tem que ver com a vida. O alimento escasso, empobrecido, mal preparado, está continuamente empobrecendo o sangue mediante o enfraquecimento dos órgãos que o sintetizam. É altamente essencial que a arte culinária seja considerada uma das mais importantes matérias na educação. Poucas são as boas cozinheiras. As jovens acham que é descer a uma baixa ocupação tornar-se cozinheira. Não é assim. Elas não encaram a questão do devido ponto de vista. O conhecimento acerca do preparo do alimento saudável, do pão em especial, não é uma ciência inferior. Conselhos Sobre o Regime Alimentar, pág. 260.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=17&p=260

Na graça de nosso Senhor Jesus,

Daniel Gavin
Diretor Geral – Ellen White Books
http://www.ellenwhite.com.br/
http://www.ellenwhitebooks.com/
http://www.ellenwhite.es/
http://www.ellenwhitebooks.es/

– Ano Bíblico (Português).:

Livro de Ezequiel

Capítulo 33

1 – Ainda veio a mim a palavra do Senhor, dizendo:
2 – Filho do homem, fala aos filhos do teu povo, e dize-lhes: Quando eu fizer vir a espada sobre a terra, e o povo da terra tomar um dos seus, e o constituir por seu atalaia;
3 – se, quando ele vir que a espada vem sobre a terra, tocar a trombeta e avisar o povo;
4 – então todo aquele que ouvir o som da trombeta, e não se der por avisado, e vier a espada, e o levar, o seu sangue será sobre a sua cabeça.
5 – Ele ouviu o som da trombeta, e não se deu por avisado; o seu sangue será sobre ele. Se, porém, se desse por avisado, salvaria a sua vida.
6 – Mas se, quando o atalaia vir que vem a espada, não tocar a trombeta, e não for avisado o povo, e vier a espada e levar alguma pessoa dentre eles, este tal foi levado na sua iniqüidade, mas o seu sangue eu o requererei da mão do atalaia.
7 – Quanto a ti, pois, ó filho do homem, eu te constituí por atalaia sobre a casa de Israel; portanto ouve da minha boca a palavra, e da minha parte dá-lhes aviso.
8 – Se eu disser ao ímpio: O ímpio, certamente morrerás; e tu não falares para dissuadir o ímpio do seu caminho, morrerá esse ímpio na sua iniqüidade, mas o seu sangue eu o requererei da tua mão.
9 – Todavia se advertires o ímpio do seu caminho, para que ele se converta, e ele não se converter do seu caminho, morrerá ele na sua iniqüidade; tu, porém, terás livrado a tua alma.
10 – Tu, pois, filho do homem, dize à casa de Israel: Assim falais vós, dizendo: Visto que as nossas transgressões e os nossos pecados estão sobre nós, e nós definhamos neles, como viveremos então?
11 – Dize-lhes: Vivo eu, diz o Senhor Deus, que não tenho prazer na morte do ímpio, mas sim em que o ímpio se converta do seu caminho, e viva. Convertei-vos, convertei-vos dos vossos maus caminhos; pois, por que morrereis, ó casa de Israel?
12 – Portanto tu, filho do homem, dize aos filhos do teu povo: A justiça do justo não o livrará no dia da sua transgressão; e, quanto à impiedade do ímpio, por ela não cairá ele no dia em que se converter da sua impiedade; nem o justo pela justiça poderá viver no dia em que pecar.
13 – Quando eu disser ao justo que certamente viverá, e ele, confiando na sua justiça, praticar iniqüidade, nenhuma das suas obras de justiça será lembrada; mas na sua iniqüidade, que praticou, nessa morrerá.
14 – Demais, quando eu também disser ao ímpio: Certamente morrerás; se ele se converter do seu pecado, e praticar a retidão
15 – se esse ímpio, restituir o penhor, devolver o que ele tinha furtado, e andar nos estatutos da vida, não praticando a iniqüidade, certamente viverá, não morrerá.
16 – Nenhum de todos os seus pecados que cometeu será lembrado contra ele; praticou a retidão e a justiça, certamente viverá.
17 – Todavia, os filhos do teu povo dizem: Não é reto o caminho do Senhor; mas o próprio caminho deles é que não é reto.
18 – Quando o justo se apartar da sua justiça, praticando a iniqüidade, morrerá nela;
19 – e, quando o ímpio se converter da sua impiedade, e praticar a retidão e a justiça, por estas viverá.
20 – Todavia, vós dizeis: Não é reto o caminho do Senhor. Julgar-vos-ei a cada um conforme os seus caminhos, ó casa de Israel.
21 – No ano duodécimo do nosso cativeiro, no décimo mês, aos cinco dias do mês, veio a mim um que tinha escapado de Jerusalém, dizendo: Caída está a cidade.
22 – Ora a mão do Senhor estivera sobre mim pela tarde, antes que viesse o que tinha escapado; e ele abrirá a minha boca antes que esse homem viesse ter comigo pela manhã; assim se abriu a minha boca, e não fiquei mais em silêncio.
23 – Então veio a mim a palavra do Senhor, dizendo:
24 – Filho do homem, os moradores destes lugares desertos da terra de Israel costumam dizer: Abraão era um só, contudo possuiu a terra; mas nós somos muitos; certamente nos é dada a terra por herança.
25 – Dize-lhes portanto: Assim diz o Senhor Deus: Comeis a carne com o seu sangue, e levantais vossos olhos para os vossos ídolos, e derramais sangue! porventura haveis de possuir a terra?
26 – Vós vos estribais sobre a vossa espada; cometeis abominações, e cada um contamina a mulher do seu próximo! e haveis de possuir a terra?
27 – Assim lhes dirás: Assim disse o Senhor Deus: Vivo eu, que os que estiverem em lugares desertos cairão à espada, e o que estiver no campo aberto eu o entregarei às feras para ser devorado, e os que estiverem em lugares fortes e em cavernas morrerão de peste.
28 – E tornarei a terra em desolação e espanto, e cessará a soberba do seu poder; e os montes de Israel ficarão tão desolados que ninguém passará por eles.
29 – Então saberão que eu sou o Senhor, quando eu tornar a terra em desolação e espanto, por causa de todas as abominações que cometeram.
30 – Quanto a ti, ó filho do homem, os filhos do teu povo falam de ti junto às paredes e nas portas das casas; e fala um com o outro, cada qual a seu irmão, dizendo: Vinde, peço-vos, e ouvi qual seja a palavra que procede do Senhor.
31 – E eles vêm a ti, como o povo costuma vir, e se assentam diante de ti como meu povo, e ouvem as tuas palavras, mas não as põem por obra; pois com a sua boca professam muito amor, mas o seu coração vai após o lucro.
32 – E eis que tu és para eles como uma canção de amores, canção de quem tem voz suave, e que bem tange; porque ouvem as tuas palavras, mas não as põem por obra.
33 – Quando suceder isso (e há de suceder), saberão que houve no meio deles um profeta.

Capítulo 34

1 – Veio a mim a palavra do Senhor, dizendo:
2 – Filho do homem, profetiza contra os pastores de Israel; profetiza, e dize aos pastores: Assim diz o Senhor Deus: Ai dos pastores de Israel que se apascentam a si mesmos! Não devem os pastores apascentar as ovelhas?
3 – Comeis a gordura, e vos vestis da lã; matais o cevado; mas não apascentais as ovelhas.
4 – A fraca não fortalecestes, a doente não curastes, a quebrada não ligastes, a desgarrada não tornastes a trazer, e a perdida não buscastes; mas dominais sobre elas com rigor e dureza.
5 – Assim se espalharam, por não haver pastor; e tornaram-se pasto a todas as feras do campo, porquanto se espalharam.
6 – As minhas ovelhas andaram desgarradas por todos os montes, e por todo alto outeiro; sim, as minhas ovelhas andaram espalhadas por toda a face da terra, sem haver quem as procurasse, ou as buscasse.
7 – Portanto, ó pastores, ouvi a palavra do Senhor:
8 – Vivo eu, diz o Senhor Deus, que porquanto as minhas ovelhas foram entregues à rapina, e as minhas ovelhas vieram a servir de pasto a todas as feras do campo, por falta de pastor, e os meus pastores não procuraram as minhas ovelhas, pois se apascentaram a si mesmos, e não apascentaram as minhas ovelhas;
9 – portanto, ó pastores, ouvi a palavra do Senhor:
10 – Assim diz o Senhor Deus: Eis que eu estou contra os pastores; das suas mãos requererei as minhas ovelhas, e farei que eles deixem de apascentar as ovelhas, de sorte que não se apascentarão mais a si mesmos. Livrarei as minhas ovelhas da sua boca, para que não lhes sirvam mais de pasto.
11 – Porque assim diz o Senhor Deus: Eis que eu, eu mesmo, procurarei as minhas ovelhas, e as buscarei.
12 – Como o pastor busca o seu rebanho, no dia em que está no meio das suas ovelhas dispersas, assim buscarei as minhas ovelhas. Livrá-las-ei de todos os lugares por onde foram espalhadas, no dia de nuvens e de escuridão.
13 – Sim, tirá-las-ei para fora dos povos, e as congregarei dos países, e as introduzirei na sua terra, e as apascentarei sobre os montes de Israel, junto às correntes d’água, e em todos os lugares habitados da terra.
14 – Em bons pastos as apascentarei, e nos altos montes de Israel será o seu curral; deitar-se-ão ali num bom curral, e pastarão em pastos gordos nos montes de Israel.
15 – Eu mesmo apascentarei as minhas ovelhas, e eu as farei repousar, diz o Senhor Deus.
16 – A perdida buscarei, e a desgarrada tornarei a trazer; a quebrada ligarei, e a enferma fortalecerei; e a gorda e a forte vigiarei. Apascentá-las-ei com justiça.
17 – Quanto a vós, ó ovelhas minhas, assim diz o Senhor Deus: Eis que eu julgarei entre ovelhas e ovelhas, entre carneiros e bodes.
18 – Acaso não vos basta fartar-vos do bom pasto, senão que pisais o resto de vossos pastos aos vossos pés? e beber as águas limpas, senão que sujais o resto com os vossos pés?
19 – E as minhas ovelhas hão de comer o que haveis pisado, e beber o que haveis sujado com os vossos pés.
20 – Por isso o Senhor Deus assim lhes diz: Eis que eu, eu mesmo, julgarei entre a ovelha gorda e a ovelha magra.
21 – Porquanto com o lado e com o ombro dais empurrões, e com as vossas pontas escorneais todas as fracas, até que as espalhais para fora,
22 – portanto salvarei as minhas ovelhas, e não servirão mais de presa; e julgarei entre ovelhas e ovelhas.
23 – E suscitarei sobre elas um só pastor para as apascentar, o meu servo Davi. Ele as apascentará, e lhes servirá de pastor.
24 – E eu, o Senhor, serei o seu Deus, e o meu servo Davi será príncipe no meio delas; eu, o Senhor, o disse.
25 – Farei com elas um pacto de paz; e removerei da terra os animais ruins, de sorte que elas habitarão em segurança no deserto, e dormirão nos bosques.
26 – E delas e dos lugares ao redor do meu outeiro farei uma bênção; e farei descer a chuva a seu tempo; chuvas de bênçãos serão.
27 – E as árvores do campo darão o seu fruto, e a terra dará a sua novidade, e estarão seguras na sua terra; saberão que eu sou o Senhor, quando eu quebrar os canzis do seu jugo e as livrar da mão dos que se serviam delas.
28 – Pois não servirão mais de presa aos gentios, nem as devorarão mais os animais da terra; mas habitarão seguramente, e ninguém haverá que as espante.
29 – Também lhes levantarei uma plantação de renome, e nunca mais serão consumidas pela fome na terra, nem mais levarão sobre si o opróbrio das nações.
30 – Saberão, porém, que eu, o Senhor seu Deus, estou com elas, e que elas são o meu povo, a casa de Israel, diz o Senhor Deus.
31 – Vós, ovelhas minhas, ovelhas do meu pasto, sois homens, e eu sou o vosso Deus, diz o Senhor Deus.

Capítulo 35

1 – Veio a mim a palavra do Senhor, dizendo:
2 – Filho do homem, dirige o teu rosto contra o monte Seir, e profetiza contra ele.
3 – E dize-lhe: Assim diz o Senhor Deus: Eis que eu estou contra ti, ó monte Seir, e estenderei a minha mão contra ti, e te tornarei em desolação e espanto.
4 – Farei desertas as tuas cidades, e tu serás assolado; e saberás que eu sou o Senhor.
5 – Pois que guardaste perpétua inimizade, e entregaste os filhos de Israel ao poder da espada no tempo da sua calamidade, no tempo do castigo final;
6 – por isso vivo eu, diz o Senhor Deus, que te prepararei para sangue, e o sangue te perseguirá; visto que não aborreceste o sangue, por isso o sangue te perseguirá.
7 – Farei do monte Seir um espanto e uma desolação, e exterminarei dele o que por ele passar, e o que por ele voltar;
8 – e encherei os seus montes dos seus mortos; nos teus outeiros, e nos teus vales, e em todas as tuas correntes d’água cairão os mortos à espada.
9 – Em desolações perpétuas te porei, e não serão habitadas as tuas cidades. Então sabereis que eu sou o Senhor.
10 – Visto como dizes: Estes dois povos e estas duas terras serão meus, e havemos de possuí-los, sendo que o Senhor se achava ali;
11 – portanto, vivo eu, diz o Senhor Deus, que procederei conforme a tua ira, e conforme a tua inveja, de que usaste, no teu ódio contra eles; e me darei a conhecer entre eles, quando eu te julgar.
12 – E saberás que eu, o Senhor, ouvi todas as tuas blasfêmias, que proferiste contra os montes de Israel, dizendo: Já estão assolados, a nós nos são entregues por pasto.
13 – Vós vos engrandecestes contra mim com a vossa boca, e multiplicastes as vossas palavras contra mim. Eu o ouvi.
14 – Assim diz o Senhor Deus: Quando a terra toda se alegrar, a ti te farei uma desolação.
15 – Como te alegraste com a herança da casa de Israel, porque foi assolada, assim eu te farei a ti: assolado serás, ó monte Seir, e todo o Edom, sim, todo ele; e saberão que eu sou o Senhor.

– Pergunta sobre o Ano Bíblico.:

No capítulo 33 de Ezequiel, qual foi a atividade ele o profeta recebeu de Deus?
Resposta: ser um atalaia (Ezequiel 33:7)

– Curiosidades Bíblicas.:

Qual o menor livro da Bíblia?
Resposta: II João (possui somente 13 versículos).

– Versos Bíblicos.:

…e uso de misericórdia com milhares dos que me amam e guardam os meus mandamentos. Êxodo 20:6

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/biblia.asp?lista=1&livro=2&capitulo=20&verso=6

– Ano Bíblico (Espanhol).:

Libro de Ezequiel

Capítulo 33

1 – Entonces vino a Mí la palabra de Jehovah, diciendo:
2 – “Oh hijo de hombre, habla a los hijos de tu pueblo y diles: “Cuando yo traiga espada sobre la tierra, y el pueblo de la tierra tome a un hombre de su territorio y lo ponga como centinela,
3 – si él ve venir la espada sobre la tierra y toca la corneta para advertir al pueblo,
4 – cualquiera que oye el sonido de la corneta y no se deja advertir, y al llegar la espada se lo lleva, su sangre Caerá sobre su propia cabeza.
5 – El Oyó el sonido de la corneta, pero no se Dejó advertir, su sangre Caerá sobre él. Pero si se hubiera dejado advertir, Habría librado su vida.
6 – Sin embargo, si el centinela ve venir la espada y no toca la corneta, de modo que el pueblo no es advertido, si viene la espada y se lleva a alguno de ellos, éste es llevado por causa de su pecado, pero yo demandaré su sangre de mano del centinela.”
7 – “A ti, oh hijo de hombre, te he puesto como centinela para la casa de Israel. Oirás, pues, la palabra de mi boca y les Advertirás de mi parte.
8 – Si yo digo al Impío: “Impío, Morirás irremisiblemente”, y Tú no hablas para advertir al Impío de su camino, el Impío Morirá por su pecado; pero yo demandaré su sangre de tu mano.
9 – Pero si Tú adviertes al Impío de su camino para que se aparte de él, y él no se aparta de su camino, él Morirá por su pecado; pero Tú Habrás librado tu vida.
10 – “Tú, pues, oh hijo de hombre, di a la casa de Israel: Vosotros habéis dicho: “Nuestras rebeliones y nuestros pecados Están sobre nosotros, y a causa de ellos nos estamos pudriendo; ¿Cómo, pues, viviremos?”
11 – Diles: ¡Vivo yo, que no quiero la muerte del Impío, sino que el Impío se aparte de su camino y viva!, dice el Señor Jehovah. ¡Apartaos, apartaos de vuestros malos caminos! ¿Por qué moriréis, oh casa de Israel?
12 – “Tú, oh hijo de hombre, di a los hijos de tu pueblo que la justicia del justo no lo Librará en el Día que se rebele. Y en cuanto a la impiedad del Impío, no le Será estorbo en el Día que se aparte de su impiedad. Y el justo no Podrá vivir por su justicia en el Día que peque.
13 – Si digo al justo: “Ciertamente Vivirás”, y confiando en su justicia él hace iniquidad, no Será recordada ninguna de sus obras de justicia, sino que Morirá por la iniquidad que hizo.
14 – Si digo al Impío: “Morirás irremisiblemente”, y él se aparta de su pecado y practica el derecho y la justicia;
15 – si el Impío restituye la prenda y paga lo que ha robado; si camina Según los estatutos de la vida, no haciendo iniquidad, ciertamente Vivirá; no Morirá.
16 – No se le Recordará ninguno de sus pecados que Había cometido. Practica el derecho y la justicia; ciertamente Vivirá.
17 – “Sin embargo, los hijos de tu pueblo dicen: “No es correcto el camino del Señor.” Pero es el camino de ellos el que no es correcto.
18 – Si el justo se aparta de su justicia y hace injusticia, por ello Morirá.
19 – Y si el Impío se aparta de su impiedad y practica el derecho y la justicia, por ello Vivirá.
20 – Sin embargo, Decís: “No es correcto el camino del Señor.” Oh casa de Israel, yo os juzgaré a vosotros, a cada uno conforme a sus caminos.”
21 – Aconteció en el quinto Día del mes décimo del año 12 de nuestra cautividad que uno que Había escapado de Jerusalén vino a Mí para decir: “La ciudad ha sido tomada.”
22 – La noche antes que llegase el que Había escapado, la mano de Jehovah vino sobre Mí, y me Abrió la boca antes que él llegara a Mí por la mañana. Así Abrió mi boca y no estuve Más enmudecido.
23 – Entonces vino a Mí la palabra de Jehovah, diciendo:
24 – “Oh hijo de hombre, los que habitan entre aquellas ruinas, en la tierra de Israel, andan diciendo: “Abraham era Sólo uno; sin embargo, Tomó Posesión de la tierra. ¡Cuánto Más nosotros que somos muchos! A nosotros ha sido dada la tierra como Posesión.”
25 – Por tanto, diles que Así ha dicho el Señor Jehovah: “Vosotros que coméis con sangre, Alzáis vuestros ojos hacia vuestros ídolos y Derramáis sangre, ¿tomaréis Posesión de la tierra?
26 – Habéis confiado en vuestras espadas, habéis hecho Abominación y habéis mancillado cada uno a la mujer de su Prójimo, ¿y tomaréis Posesión de la tierra?”
27 – Les Dirás que Así ha dicho el Señor Jehovah: “¡Vivo yo, que los que Están en aquellas ruinas Caerán a espada! Al que Está sobre la superficie del campo lo daré por comida a las fieras, y los que Están en las fortalezas y en las cavernas Morirán por la peste.
28 – Convertiré la tierra en Desolación y soledad, y Cesará la soberbia de su Poderío. Los montes de Israel Quedarán desolados, de modo que no Habrá quien pase por ellos.
29 – Y Sabrán que soy Jehovah, cuando yo convierta la tierra en Desolación y en soledad, por todas las abominaciones que han hecho.”
30 – “Oh hijo de hombre, los hijos de tu pueblo hablan acerca de ti, junto a las paredes y a las puertas de las casas. Hablan el uno con el otro, cada uno con su hermano, diciendo: “¡Venid y Oíd Cuál es la palabra que viene de Jehovah!”
31 – Vienen a ti como el pueblo acostumbra venir, y se sientan delante de ti como mi pueblo. Oyen tus palabras, pero no las ponen por obra. Más bien, expresan motivos sensuales con sus bocas, y su Corazón va en pos de sus ganancias deshonestas.
32 – He Aquí que para ellos Tú eres como un cantante de motivos sensuales, cuya voz es agradable y que toca bien. Oyen tus palabras, pero no las ponen por obra.
33 – Pero cuando esto venga–y he Aquí que ya viene–, entonces Sabrán que hubo un profeta entre ellos.”

Capítulo 34

1 – Entonces vino a Mí la palabra de Jehovah, diciendo:
2 – “Oh hijo de hombre, profetiza contra los pastores de Israel. Profetiza y di a los pastores que Así ha dicho el Señor Jehovah: “¡Ay de los pastores de Israel que se apacientan a Sí mismos! ¿Acaso los pastores no deben apacentar a las ovejas?
3 – Pero vosotros os coméis a las mejores de ellas y os Vestís con la lana. Degolláis a la oveja engordada, y no Apacentáis al rebaño.
4 – No fortalecéis a las ovejas débiles ni Curáis a las enfermas. No habéis vendado a la perniquebrada, ni habéis hecho volver a la descarriada, ni habéis buscado a la perdida. Más bien, las habéis dominado con dureza y con violencia.
5 – Ellas se han dispersado por falta de pastor, y Están expuestas a ser devoradas por todas las fieras del campo. Han sido dispersadas;
6 – mis ovejas han andado descarriadas en todos los montes y sobre toda colina alta. Mis ovejas han sido dispersadas por toda la faz de la tierra, y no ha habido quien se preocupe de ellas ni quien las busque.”
7 – Por eso, oh pastores, Oíd la palabra de Jehovah:
8 – “¡Vivo yo, dice el Señor Jehovah, que por cuanto mis ovejas fueron expuestas a ser robadas o a ser devoradas por las fieras del campo, por no tener pastor, y mis pastores no se preocuparon por mis ovejas, sino que los pastores se apacentaron a Sí mismos y no apacentaron a mis ovejas;
9 – por eso, oh pastores, Oíd la palabra de Jehovah.
10 – Así ha dicho el Señor Jehovah: ¡He Aquí yo estoy contra los pastores, y demandaré mis ovejas de sus manos! Haré que dejen de apacentar a las ovejas, y ellos Dejarán de apacentarse a Sí mismos. Libraré a mis ovejas de sus bocas, y no les Servirán Más de comida.”
11 – Ciertamente Así ha dicho el Señor Jehovah: “He Aquí, yo mismo buscaré mis ovejas y cuidaré de ellas.
12 – Como el pastor cuida de su rebaño cuando Está entre las ovejas dispersas, Así cuidaré de mis ovejas y las libraré en todos los lugares a donde han sido dispersadas en el Día del nublado y de la oscuridad.
13 – Las sacaré de los pueblos, las reuniré de los Países y las traeré a su propia tierra. Las apacentaré en los montes de Israel, en las quebradas y en todos los lugares habitados del País.
14 – En buenos pastos las apacentaré, y en los altos montes de Israel Tendrán su pastizal. Se Recostarán en el buen pastizal, y se Apacentarán con pastos abundantes sobre los montes de Israel.
15 – Yo apacentaré mis ovejas y las haré recostar, dice el Señor Jehovah.
16 – Buscaré a la perdida y haré volver a la descarriada. A la perniquebrada vendaré, y fortaleceré a la enferma. Y a la engordada y a la fuerte guardaré. Las apacentaré con justicia.
17 – “Pero en cuanto a vosotros, oh rebaño Mío, Así ha dicho el Señor Jehovah, he Aquí que yo juzgo entre cordero y cordero, entre los carneros y los machos Cabríos.
18 – ¿Os parece poco que os apacentéis del buen pastizal, para que Tengáis que pisotear con vuestros pies lo que queda de vuestros pastos, y que después de haber bebido las aguas tranquilas, Tengáis que enlodar el resto de ellas con vuestros pies?
19 – ¿Mis ovejas han de comer lo que vuestros pies han pisoteado y han de beber lo que han enlodado vuestros pies?”
20 – Por tanto, Así les ha dicho el Señor Jehovah: “He Aquí, yo mismo juzgaré entre el cordero engordado y el cordero flaco.
21 – Por cuanto empujasteis con el costado y con el hombro, y corneasteis con vuestros cuernos a todas las ovejas débiles hasta dispersarlas lejos,
22 – yo libraré a mis ovejas, y nunca Más Quedarán expuestas al pillaje. ¡Yo juzgaré entre cordero y cordero!
23 – “Yo levantaré sobre ellas un solo pastor, mi siervo David; y él las Apacentará. El las Apacentará y Así Será su pastor.
24 – Yo, Jehovah, seré su Dios, y mi siervo David Será Príncipe en medio de ellos. Yo Jehovah, he hablado.
25 – “Estableceré con ellos un pacto de paz, y haré que desaparezcan de la tierra las fieras dañinas, de modo que habiten seguros en el desierto y duerman en los bosques.
26 – A ellos y a los alrededores de mi colina daré Bendición. Haré descender la lluvia a su tiempo; Serán lluvias de Bendición.
27 – Los árboles del campo Darán su fruto, y la tierra Entregará sus productos. Estarán seguros en su propio suelo, y Sabrán que soy Jehovah cuando yo rompa las coyundas de su yugo y los libre de mano de los que se sirven de ellos.
28 – Ya no Serán Más una presa para las naciones, ni los Devorarán las fieras de la tierra. Habitarán seguros, y no Habrá quien los espante.
29 – Levantaré para ellos un vergel de paz, y nunca Más Serán consumidos de hambre en la tierra, ni Cargarán Más con la afrenta de las naciones.
30 – Sabrán que yo, su Dios Jehovah, estoy con ellos; y que ellos, la casa de Israel, son mi pueblo, dice el Señor Jehovah.
31 – Vosotras, ovejas Mías, ovejas de mi prado, hombres sois, y yo soy vuestro Dios”, dice el Señor Jehovah.

Capítulo 35

1 – Entonces vino a Mí la palabra de Jehovah, diciendo:
2 – “Oh hijo de hombre, pon tu rostro hacia el monte Seír y profetiza contra él.
3 – Dile que Así ha dicho el Señor Jehovah: “He Aquí, yo estoy contra ti, oh monte Seír, y contra ti extiendo mi mano. Te convertiré en Desolación y soledad.
4 – A tus ciudades convertiré en ruinas, y Serás una Desolación. Y Sabrás que yo soy Jehovah.
5 – Por cuanto habéis guardado una enemistad perpetua y habéis entregado a los hijos de Israel al poder de la espada en el tiempo de su Aflicción, en el tiempo del castigo final;
6 – por eso, ¡vivo yo, que a la sangre te destinaré, y la sangre te Perseguirá!, dice el Señor Jehovah. Ya que no aborreciste la sangre, ésta te Perseguirá.
7 – Convertiré al monte Seír en Desolación y soledad, y eliminaré de Allí al que pasa y al que vuelve.
8 – Llenaré sus montes con sus Cadáveres. En tus colinas, en tus valles y en todas tus quebradas Caerán muertos a espada.
9 – Te convertiré en Desolación perpetua, y tus ciudades nunca Más Serán habitadas. Y sabréis que yo soy Jehovah.”
10 – “Por cuanto dijiste: “Estas dos naciones y estas dos tierras Serán Mías, y tomaremos Posesión de ellas”, a pesar de que Jehovah estaba Allí,
11 – por eso, ¡vivo yo, que haré conforme a tu ira y conforme al celo con que has procedido a causa de tu odio contra ellos!, dice el Señor Jehovah. Y seré conocido en ti cuando te juzgue.
12 – Tú Sabrás que yo, Jehovah, he Oído todas las infamias que proferiste contra los montes de Israel, diciendo: “¡Son desolados y a nosotros nos son entregados como comida!”
13 – Con vuestra boca os habéis engrandecido contra Mí, y contra Mí os habéis insolentado. Y yo he Oído vuestras palabras.”
14 – Así ha dicho el Señor Jehovah: “Cuando toda la tierra se regocije, yo te haré una Desolación.
15 – Como te regocijaste porque fue desolada la heredad de la casa de Israel, Así te haré a ti. Tú, oh monte Seír con toda Edom, Serás una Desolación. Y Sabrán que yo soy Jehovah.

– Ano Bíblico (Inglês).:

Book of Ezequiel

Chapter 33

1 – And the word of the Lord came to me, saying,
2 – Son of man, give a word to the children of your people, and say to them, When I make the sword come on a land, if the people of the land take a man from among their number and make him their watchman:
3 – If, when he sees the sword coming on the land, by sounding the horn he gives the people news of their danger;
4 – Then anyone who, hearing the sound of the horn, does not take note of it, will himself be responsible for his death, if the sword comes and takes him away.
5 – On hearing the sound of the horn, he did not take note; his blood will be on him; for if he had taken note his life would have been safe.
6 – But if the watchman sees the sword coming, and does not give a note on the horn, and the people have no word of the danger, and the sword comes and takes any person from among them; he will be taken away in his sin, but I will make the watchman responsible for his blood.
7 – So you, son of man, I have made you a watchman for the children of Israel; and you are to give ear to the word of my mouth and give them news from me of their danger.
8 – When I say to the evil-doer, Death will certainly overtake you; and you say nothing to make clear to the evil-doer the danger of his way; death will overtake that evil man in his evil-doing, but I will make you responsible for his blood.
9 – But if you make clear to the evil-doer the danger of his way for the purpose of turning him from it, and he is not turned from his way, death will overtake him in his evil-doing, but your life will be safe.
10 – And you, son of man, say to the children of Israel, You say, Our wrongdoing and our sins are on us and we are wasting away in them; how then may we have life?
11 – Say to them, By my life, says the Lord, I have no pleasure in the death of the evil-doer; it is more pleasing to me if he is turned from his way and has life: be turned, be turned from your evil ways; why are you looking for death, O children of Israel?
12 – And you, son of man, say to the children of your people, The righteousness of the upright man will not make him safe in the day when he does wrong; and the evil-doing of the evil man will not be the cause of his fall in the day when he is turned from his evil-doing; and the upright man will not have life because of his righteousness in the day when he does evil.
13 – When I say to the upright that life will certainly be his; if he puts his faith in his righteousness and does evil, not one of his upright acts will be kept in memory; but in the evil he has done, death will overtake him.
14 – And when I say to the evil-doer, Death will certainly be your fate; if he is turned from his sin and does what is ordered and right;
15 – If the evil-doer lets one who is in his debt have back what is his, and gives back what he had taken by force, and is guided by the rules of life, doing no evil; life will certainly be his, death will not overtake him.
16 – Not one of the sins which he has done will be kept in mind against him: he has done what is ordered and right, life will certainly be his.
17 – But the children of your people say, The way of the Lord is not equal: when it is they whose way is not equal.
18 – When the upright man, turning away from his righteousness, does evil, death will overtake him in it.
19 – And when the evil man, turning away from his evil-doing, does what is ordered and right, he will get life by it.
20 – And still you say, The way of the Lord is not equal. O children of Israel, I will be your judge, giving to everyone the reward of his ways.
21 – Now in the twelfth year after we had been taken away prisoners, in the tenth month, on the fifth day of the month, one who had got away in flight from Jerusalem came to me, saying, The town has been taken.
22 – Now the hand of the Lord had been on me in the evening, before the man who had got away came to me; and he made my mouth open, ready for his coming to me in the morning; and my mouth was open and I was no longer without voice.
23 – And the word of the Lord came to me, saying,
24 – Son of man, those who are living in these waste places in the land of Israel say, Abraham was but one, and he had land for his heritage: but we are a great number; the land is given to us for our heritage.
25 – For this cause say to them, This is what the Lord has said: You take your meat with the blood, your eyes are lifted up to your images, and you are takers of life: are you to have the land for your heritage?
26 – You put your faith in your swords, you do disgusting things, everyone takes his neighbour´s wife: are you to have the land for your heritage?
27 – This is what you are to say to them: The Lord has said, By my life, truly, those who are in the waste places will be put to the sword, and him who is in the open field I will give to the beasts for their food, and those who are in the strong places and in holes in the rocks will come to their death by disease.
28 – And I will make the land a waste and a cause of wonder, and the pride of her strength will come to an end; and the mountains of Israel will be made waste so that no one will go through.
29 – Then they will be certain that I am the Lord, when I have made the land a waste and a cause of wonder, because of all the disgusting things which they have done,
30 – And as for you, son of man, the children of your people are talking together about you by the walls and in the doorways of the houses, saying to one another, Come now, give ear to the word which comes from the Lord.
31 – And they come to you as my people come, and are seated before you as my people, hearing your words but doing them not: for deceit is in their mouth and their heart goes after profit for themselves.
32 – And truly you are to them like a love song by one who has a very pleasing voice and is an expert player on an instrument: for they give ear to your words but do them not.
33 – And when this comes about (see, it is coming), then it will be clear to them that a prophet has been among them.

Chapter 34

1 – And the word of the Lord came to me, saying,
2 – Son of man, be a prophet against the keepers of the flock of Israel, and say to them, O keepers of the sheep! this is the word of the Lord: A curse is on the keepers of the flock of Israel who take the food for themselves! is it not right for the keepers to give the food to the sheep?
3 – You take the milk and are clothed with the wool, you put the fat beasts to death, but you give the sheep no food.
4 – You have not made the diseased ones strong or made well that which was ill; you have not put bands on the broken or got back that which had been sent away or made search for the wandering ones; and the strong you have been ruling cruelly.
5 – And they were wandering in every direction because there was no keeper: and they became food for all the beasts of the field.
6 – And my sheep went out of the way, wandering through all the mountains and on every high hill: my sheep went here and there over all the face of the earth; and no one was troubled about them or went in search of them.
7 – For this cause, O keepers of the flock, give ear to the word of the Lord:
8 – By my life, says the Lord, truly, because my sheep have been taken away, and my sheep became food for all the beasts of the field, because there was no keeper, and my keepers did not go in search of the sheep, but the keepers took food for themselves and gave my sheep no food;
9 – For this reason, O you keepers of the flock, give ear to the word of the Lord;
10 – This is what the Lord has said: See I am against the keepers of the flock, and I will make search and see what they have done with my sheep, and will let them be keepers of my sheep no longer; and the keepers will no longer get food for themselves; I will take my sheep out of their mouths so that they may not be food for them.
11 – For this is what the Lord has said: Truly, I, even I, will go searching and looking for my sheep.
12 – As the keeper goes looking for his flock when he is among his wandering sheep, so I will go looking for my sheep, and will get them safely out of all the places where they have been sent wandering in the day of clouds and black night.
13 – And I will take them out from among the peoples, and get them together from the countries, and will take them into their land; and I will give them food on the mountains of Israel by the water-streams and wherever men are living in the country.
14 – I will give them good grass-land for their food, and their safe place will be the mountains of the high place of Israel: there they will take their rest in a good place, and on fat grass-land they will take their food on the mountains of Israel.
15 – I myself will give food to my flock, and I will give them rest, says the Lord.
16 – I will go in search of that which had gone wandering from the way, and will get back that which had been sent in flight, and will put bands on that which was broken, and give strength to that which was ill: but the fat and the strong I will give up to destruction; I will give them for their food the punishment which is theirs by right.
17 – And as for you, O my flock, says the Lord, truly, I will be judge between sheep and sheep, the he-sheep and the he-goats.
18 – Does it seem a small thing to you to have taken your food on good grass-land while the rest of your grass-land is stamped down under your feet? and that after drinking from clear waters you make the rest of the waters dirty with your feet?
19 – And as for my sheep, their food is the grass which has been stamped on by your feet, and their drink the water which has been made dirty by your feet.
20 – For this reason the Lord has said to them, Truly, I, even I, will be judge between the fat sheep and the thin sheep.
21 – Because you have been pushing with side and leg, pushing the diseased with your horns till they were sent away in every direction;
22 – I will make my flock safe, and they will no longer be taken away, and I will be judge between sheep and sheep.
23 – And I will put over them one keeper, and he will give them food, even my servant David; he will give them food and be their keeper.
24 – And I the Lord will be their God and my servant David their ruler; I the Lord have said it.
25 – And I will make with them an agreement of peace, and will put an end to evil beasts through all the land: and they will be living safely in the waste land, sleeping in the woods.
26 – And I will give the rain at the right time, and I will make the shower come down at the right time; there will be showers of blessing.
27 – And the tree of the field will give its fruit and the earth will give its increase, and they will be safe in their land; and they will be certain that I am the Lord, when I have had their yoke broken and have given them salvation from the hands of those who made them servants.
28 – And their goods will no longer be taken by the nations, and they will not again be food for the beasts of the earth; but they will be living safely and no one will be a cause of fear to them.
29 – And I will give them planting-places of peace, and they will no longer be wasted from need of food or put to shame by the nations.
30 – And they will be certain that I the Lord their God am with them, and that they, the children of Israel, are my people, says the Lord.
31 – And you are my sheep, the sheep of my grass-lands, and I am your God, says the Lord.

Chapter 35

1 – Then the word of the Lord came to me, saying,
2 – Son of man, let your face be turned to Mount Seir, and be a prophet against it,
3 – And say to it, This is what the Lord has said: See, I am against you, O Mount Seir, and my hand will be stretched out against you, and I will make you a waste and a cause for wonder.
4 – I will make your towns unpeopled and you will be a waste; and you will be certain that I am the Lord.
5 – Because yours has been a hate without end, and you have given up the children of Israel to the power of the sword in the time of their trouble, in the time of the punishment of the end:
6 – For this cause, by my life, says the Lord, because you have been sinning through blood, blood will come after you.
7 – And I will make Mount Seir a cause for wonder and a waste, cutting off from it all comings and goings.
8 – I will make his mountains full of those who have been put to death; in your valleys and in all your water-streams men will be falling by the sword.
9 – I will make you waste for ever, and your towns will be unpeopled: and you will be certain that I am the Lord.
10 – Because you have said, The two nations and the two countries are to be mine, and we will take them for our heritage; though the Lord was there:
11 – For this cause, by my life, says the Lord, I will do to you as you have done in your wrath and in your envy, which you have made clear in your hate for them; and I will make clear to you who I am when you are judged by me.
12 – And you will see that I the Lord have had knowledge of all the bitter things which you have said against the mountains of Israel, saying, They have been made waste, they are given to us to take for our heritage.
13 – And you have made yourselves great against me with your mouths, increasing your words against me; and it has come to my ears.
14 – This is what the Lord has said: Because you were glad over my land when it was a waste, so will I do to you:
15 – You will become a waste, O Mount Seir, and all Edom, even all of it: and you will be certain that I am the Lord.

Na graça de nosso Senhor Jesus,

Daniel Gavin
Diretor Geral – Ellen White Books
http://www.ellenwhite.com.br/
http://www.ellenwhitebooks.com/
http://www.ellenwhite.es/
http://www.ellenwhitebooks.es/

– Meditação Matinal de EGW (Português).:

É Travada a Batalha do Armagedom

“Pelejarão eles contra o Cordeiro, e o Cordeiro os vencera, pois é o Senhor dos senhores e o Rei dos reis; vencerão também os chamados, eleitos e fiéis que se acham com Ele”. Apoc. 17:14.
Precisamos estudar o derramamento da sétima taça. Os poderes do mal não darão por encerrado o conflito sem uma peleja. Mas a Providência divina tem uma parte a desempenhar na batalha do Armagedom. Quando a Terra for iluminada com a glória do anjo de Apocalipse dezoito, os elementos religiosos, bons e maus, despertarão do sono, e os exércitos do Deus vivo tomarão o campo. – MS 175, 1899.
Toda forma de mal há de lançar-se em intensa atividade. Anjos maus unem seus poderes com homens maus, e, como têm estado em constante conflito e obtido a experiência nos melhores métodos de engano e combate, tendo-se fortalecido durante séculos, eles não capitularão na última grande contenda sem uma furiosa luta. O mundo inteiro estará de um lado ou do outro da questão. Será travada a batalha do Armagedom, e esse dia não deverá encontrar nenhum de nós adormecido. Devemos estar bem despertos, como as virgens prudentes, tendo azeite em nossas vasilhas e em nossas lâmpadas. …
o poder do Espírito Santo deve estar sobre nós, e o Capitão do exército do Senhor estará à frente dos anjos do Céu para dirigir a batalha. Ainda ocorrerão diante de nós solenes acontecimentos. Soará uma trombeta após a outra, será derramada uma taça após a outra sobre os habitantes da Terra. Cenas de estupendo interesse estão precisamente diante de nós. – Carta 109, 1890.
Quatro poderosos anjos seguram os poderes da Terra até que os servos de Deus sejam assinalados na fronte. As nações do mundo são ávidas de conflito; mas elas são detidas pelos anjos. Quando for removido esse poder repressor, haverá um tempo de aflição e angústia. Serão inventados mortíferos instrumentos de guerra. Navios, com sua carga viva, serão sepultados nas profundezas do mar. Todos os que não possuem o espírito da verdade unir-se-ão sob a liderança de agentes satânicos. Mas devem ser mantidos sob controle até chegar o tempo para a grande batalha do Armagedom. Carta 79, 1900.
Ano Bíblico: Ezeq. 30-32. – Juvenis: S. Mat. 26.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=100&p=255

– Meditação Matinal de EGW (Espanhol).:

LA BATALLA DEL ARMAGEDÓN

Pelearán contra el Cordero, y el Cordero los vencerá, porque él es Señor de señores y Rey de reyes; y los que están con él son llamados y elegidos y fieles. (Apoc. 17:14).
Necesitamos estudiar el derramamiento de la séptima copa. Los poderes del mal no abandonarán el conflicto sin lucha. Pero la Providencia tiene una parte que realizar en la batalla del Armagedón. Cuando la tierra sea iluminada con la gloria del ángel de Apocalipsis 18, los elementos religiosos, buenos y malos, despertarán de su somnolencia los ejércitos del Dios viviente tomarán el campo.*
Cuatro ángeles poderosos retienen los poderes de esta tierra en tanto que los siervos de Dios son sellados en sus frentes. Las naciones del mundo están ansiosas de entrar en conflicto; pero están siendo refrenadas por los ángeles. Cuando se quite este poder restrictivo, vendrán tiempos de dificultad y angustia. Se inventarán mortíferos instrumentos de guerra. Barcos, con su carga viviente, serán sepultados en las grandes profundidades. Todos los que no tengan el espíritu de verdad se unirán bajo la dirección de las agencias satánicas. Pero serán retenidas bajo control hasta el momento cuando se produzca la gran batalla del Armagedón.*
Toda forma de mal asumirá súbitamente una intensa actividad. Los malos ángeles unen sus fuerzas con los hombres malos, y como han estado en conflicto constante y han adquirido experiencia en relación con las mejores maneras de engañar y batallar, y se han ido fortaleciendo por siglos, no cederán en el gran encuentro final sin una lucha desesperada. Cada cual deberá estar de uno o de otro lado de la contienda. La batalla del Armagedón se librará, y aquel día no debe encontrar a ninguno de nosotros durmiendo. Debemos estar bien despiertos, teniendo, como las vírgenes prudentes, aceite en nuestras vasijas junto con nuestras lámparas. . .
Debe reposar sobre nosotros el poder del Espíritu Santo, y el Capitán de las huestes del Señor estará a la cabeza de los ángeles del cielo para dirigir la batalla. Solemnes eventos están a punto de ocurrir ante nosotros. Las trompetas suenan una tras otra, se derrama una copa tras otra sobre los habitantes de la tierra.*

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=101&p=255

– Meditação Matinal de EGW (Inglês).:

September 6 – The Battle of Armageddon Joins

These shall make war with the Lamb, and the Lamb shall overcome them: for he is Lord of lords, and King of kings: and they that are with him are called, and chosen, and faithful. Rev. 17:14.
We need to study the pouring out of the seventh vial. The powers of evil will not yield up the conflict without a struggle. But Providence has a part to act in the battle of Armageddon. When the earth is lighted with the glory of the angel of Revelation eighteen, the religious elements, good and evil, will awake from slumber, and the armies of the living God will take the field. {Mar 257.1}
Four mighty angels hold back the powers of this earth till the servants of God are sealed in their foreheads. The nations of the world are eager for conflict; but they are held in check by the angels. When this restraining power is removed, there will come a time of trouble and anguish. Deadly instruments of warfare will be invented. Vessels, with their living cargo, will be entombed in the great deep. All who have not the spirit of truth will unite under the leadership of satanic agencies. But they are to be kept under control till the time shall come for the great battle of Armageddon. {Mar 257.2}
Every form of evil is to spring into intense activity. Evil angels unite their powers with evil men, and as they have been in constant conflict and attained an experience in the best modes of deception and battle, and have been strengthening for centuries, they will not yield the last great final contest without a desperate struggle. All the world will be on one side or the other of the question. The battle of Armageddon will be fought, and that day must find none of us sleeping. Wide awake we must be, as wise virgins having oil in our vessels with our lamps. . . . {Mar 257.3}
The power of the Holy Ghost must be upon us, and the Captain of the Lord”s host will stand at the head of the angels of heaven to direct the battle. Solemn events before us are yet to transpire. Trumpet after trumpet is to be sounded, vial after vial poured out one after another upon the inhabitants of the earth. Scenes of stupendous interest are right upon us. {Mar 257.4}

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=129&p=255

Na graça de nosso Senhor Jesus,

Daniel Gavin
Diretor Geral – Ellen White Books
http://www.ellenwhite.com.br/
http://www.ellenwhitebooks.com/
http://www.ellenwhite.es/
http://www.ellenwhitebooks.es/

– Mensagens para Evangelistas.:

Deus não emprega homens preguiçosos em Sua causa; Ele quer obreiros atenciosos, bondosos, afetivos e diligentes. O esforço ativo fará bem a nossos pregadores. A indolência é prova de perversão. Cada faculdade da mente, cada osso do corpo, cada músculo dos membros, mostra que Deus designou nossas faculdades para serem usadas, e não para permanecerem inativas. Obreiros Evangélicos, pág. 277.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=49&p=277

– Mensagens para Jovens.:

Não quereis vós, queridos jovens, tornar-vos missionários de Deus? Não quereis aprender, como nunca antes, a lição de fazer donativos ao Senhor mediante o depositar-Lhe no tesouro parte daquilo que Ele vos ofertou abundantemente, para disso desfrutardes? De tudo quanto recebestes, seja uma porção devolvida ao Doador como oferta de gratidão. Uma parte deve ser também colocada no tesouro para a obra missionária, tanto local como externa. Mensagens aos Jovens, pág. 306.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=6&p=306

– Mensagens para Namorados.:

Centenas de pessoas têm sacrificado a Cristo e ao Céu em conseqüência de haverem desposado um não-convertido. Acaso pode ser que o amor e o companheirismo com Cristo seja de tão pouco valor para eles, que preferiram a companhia de pobres mortais? É o Céu em tão pouco estimado, que estejam dispostos a arriscar sua vida por alguém que não sente amor algum para com o precioso Salvador? Testimonies, vol. 4, pág. 507. O Lar Adventista, págs. 66 e 67.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=16&p=66

– Mensagens para Pais.:

“Devem os pais”, perguntais, “escolher o companheiro sem atenção para com o espírito ou os sentimentos do filho ou da filha?” Eu vos dirijo a pergunta como ela deveria ser: Deve um filho ou uma filha escolher um companheiro sem primeiro consultar os pais, quando tal passo pode afetar grandemente a felicidade dos pais, uma vez que tenham algum afeto a seus filhos? E deve esse filho, não obstante o conselho de seus pais, persistir em seguir sua própria direção? Respondo positivamente: Não; não, mesmo que ele nunca se haja de casar. O quinto mandamento proíbe tal orientação. “Honra a teu pai e a tua mãe, para que se prolonguem os teus dias na terra que o Senhor, teu Deus, te dá.” Êxo. 20:12. Eis um mandamento com uma promessa que o Senhor certamente cumprirá aos que obedecem. Os pais prudentes nunca escolherão para seus filhos companheiros sem o respeito para com os desejos deles. Testimonies, vol. 5, pág. 108 e O Lar Adventista, pág. 75.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=16&p=75

– Mensagens sobre Escola Sabatina.:

Tanto os professores e diretores de nossas Escolas Sabatinas como os pastores no púlpito devem ser inteiramente consagrados, pois todos se empenham na obra de levar pessoas a Cristo. Cada um em seu lugar, deve trabalhar, como o fez Cristo, num espírito de amor para com os que erram, bem como para com os impenitentes. Eis o que Cristo deseja ver na obra da Escola Sabatina. Conselhos Sobre a Escola Sabatina, pág. 157.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=15&p=157

– Mensagens sobre Saúde.:

Eu pagaria mais por uma cozinheira que por qualquer outra parte de meu trabalho. … Caso essa pessoa não seja apta e não tenha capacidade para cozinhar, vereis, como tem acontecido conosco, o desjejum padronizado – mingau de milho, pão do padeiro e alguma espécie de molho, e isso é tudo, com exceção de um pouco de leite. Ora os que comem isso por meses, sabendo o que lhes vai ser posto adiante a cada refeição, chegam a recear a hora que devia ser interessante para eles, como o temido período do dia. Creio que não entendereis tudo isso até que o tenhais experimentado. Mas fico realmente perplexa a esse respeito. Devesse eu repetir os preparativos para vir a este lugar, diria: Dêem-me uma cozinheira de experiência, que tenha algumas faculdades criativas, para preparar pratos simples e saudáveis, e que não desagradem ao apetite. Carta 19c, 1892. Conselhos Sobre o Regime Alimentar, págs. 259 e 260.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=17&p=259

Na graça de nosso Senhor Jesus,

Daniel Gavin
Diretor Geral – Ellen White Books
http://www.ellenwhite.com.br/
http://www.ellenwhitebooks.com/
http://www.ellenwhite.es/
http://www.ellenwhitebooks.es/

– Ano Bíblico (Português).:

Livro de Ezequiel

Capítulo 30

1 – De novo veio a mim a palavra do Senhor, dizendo:
2 – Filho do homem, profetiza, e dize: Assim diz o Senhor Deus: Gemei: Ah! aquele dia!
3 – Porque perto está o dia, sim, perto está o dia do Senhor; dia de nuvens será, o tempo das nações.
4 – E uma espada virá ao Egito, e haverá angústia na Etiópia, quando caírem os traspassados no Egito; o seu povo será levado para o cativeiro e serão destruídos os seus fundamentos.
5 – Etiópia, e Pute, e Lude, e todo o povo da Arábia, e Cube, e os filhos da terra da aliança cairão juntamente com eles à espada.
6 – Assim diz o Senhor: Também cairão os que sustêm o Egito, e descerá a soberba de seu poder; desde Migdol até Sevené cairão nela à espada, diz o Senhor Deus.
7 – E ficarão desolados no meio das terras assoladas; e as suas cidades estarão no meio das cidades desertas.
8 – E saberão que eu sou o Senhor, quando eu puser fogo ao Egito, e forem destruídos todos os que lhe davam auxílio.
9 – Naquele dia sairão mensageiros de diante de mim em navios, para amedrontarem os etíopes descuidados; e sobre eles haverá angústia, como no dia do Egito; pois eis que já vem.
10 – Assim diz o Senhor Deus: Também farei cessar do Egito a multidão, por mão de Nabucodonosor, rei de Babilônia.
11 – Ele e o seu povo com ele, os terríveis dentre as nações, serão introduzidos para destruírem a terra; e desembainharão as suas espadas contra o Egito, e encherão a terra de mortos.
12 – E eu secarei os rios, e venderei a terra, entregando-a na mão dos maus, e assolarei a terra e a sua plenitude pela mão dos estranhos; eu, o Senhor, o disse.
13 – Assim diz o Senhor Deus: Também destruirei os ídolos, e farei cessar de Mênfis as imagens; e não mais haverá um príncipe na terra do Egito; e porei o temor na terra do Egito.
14 – E assolarei a Patros, e porei fogo a Zoã, e executarei juízos em Tebas;
15 – e derramarei o meu furor sobre Pelúsio, a fortaleza do Egito, e exterminarei a multidão de Tebas;
16 – também atearei um fogo no Egito; Pelúsio terá angústia, Tebas será destruída, e Mênfis terá adversários em pleno dia.
17 – Os mancebos de Om e Pi-Besete cairão à espada, e estas cidades irão ao cativeiro.
18 – E em Tapanes se escurecerá o dia, quando eu quebrar ali os jugos do Egito, e nela cessar a soberba do seu poder; quanto a ela, uma nuvem a cobrirá, e suas filhas irão ao cativeiro.
19 – Assim executarei juízos no Egito, e saberão que eu sou o Senhor.
20 – E sucedeu no ano undécimo, no mês primeiro, aos sete do mês, que veio a mim a palavra do Senhor, dizendo:
21 – Filho do homem, eu quebrei o braço de Faraó, rei do Egito; e eis que não foi atado para se lhe aplicar remédios curativos, nem se lhe porão ligaduras para o atar, para torná-lo forte, a fim de pegar na espada.
22 – Portanto assim diz o Senhor Deus: Eis que eu estou contra Faraó, rei do Egito, e quebrarei os seus braços, assim o forte como o que já foi quebrado; e farei cair da sua mão a espada.
23 – E espalharei os egípcios entre as nações, e os dispersarei pelas terras.
24 – Mas fortalecerei os braços do rei de Babilônia, e pôr-lhe-ei na mão a minha espada; quebrarei, porém, os braços de Faraó, e diante daquele gemerá como quem está mortalmente ferido.
25 – Eu sustentarei os braços do rei de Babilônia, mas os braços de Faraó cairão; e saberão que eu sou o Senhor, quando eu puser a minha espada na mão do rei de Babilônia, e ele a estender sobre a terra do Egito.
26 – E espalharei os egípcios entre as nações, e os dispersarei pelas terras; saberão assim que eu sou o Senhor.

Capítulo 31

1 – Também sucedeu, no ano undécimo, no terceiro mês, ao primeiro do mês, que veio a mim a palavra do Senhor, dizendo:
2 – Filho do homem, dize a Faraó, rei do Egito, e à sua multidão: A quem és semelhante na tua grandeza?
3 – Eis que o assírio era como um cedro do Líbano, de ramos formosos, de sombrosa ramagem e de alta estatura; e a sua copa estava entre os ramos espessos.
4 – As águas nutriram-no, o abismo fê-lo crescer; as suas correntes corriam em torno da sua plantação; assim ele enviava os seus regatos a todas as árvores do campo.
5 – Por isso se elevou a sua estatura sobre todas as árvores do campo, e se multiplicaram os seus ramos, e se alongaram as suas varas, por causa das muitas águas nas suas raízes.
6 – Todas as aves do céu se aninhavam nos seus ramos; e todos os animais do campo geravam debaixo dos seus ramos; e à sua sombra habitavam todos os grandes povos.
7 – Assim era ele formoso na sua grandeza, na extensão dos seus ramos, porque a sua raiz estava junto às muitas águas.
8 – Os cedros no jardim de Deus não o podiam esconder; as faias não igualavam os seus ramos, e os plátanos não eram como as suas varas; nenhuma árvore no jardim de Deus se assemelhava a ele na sua formosura.
9 – Formoso o fiz pela abundância dos seus ramos; de modo que tiveram inveja dele todas as árvores do Edem que havia no jardim de Deus.
10 – Portanto assim diz o Senhor Deus: Como se elevou na sua estatura, e se levantou a sua copa no meio dos espessos ramos, e o seu coração se ufanava da sua altura,
11 – eu o entregarei na mão da mais poderosa das nações, que lhe dará o tratamento merecido. Eu já o lancei fora.
12 – Estrangeiros, da mais terrível das nações, o cortarão, e o deixarão; cairão os seus ramos sobre os montes e por todos os vales, e os seus renovos serão quebrados junto a todas as correntes da terra; e todos os povos da terra se retirarão da sua sombra, e o deixarão.
13 – Todas as aves do céu habitarão sobre a sua ruína, e todos os animais do campo estarão sobre os seus ramos;
14 – para que nenhuma de todas as árvores junto às águas se exalte na sua estatura, nem levante a sua copa no meio dos ramos espessos, nem se levantem na sua altura os seus poderosos, sim, todos os que bebem água; porque todos eles estão entregues à morte, até as partes inferiores da terra, no meio dos filhos dos homens, juntamente com os que descem a cova.
15 – Assim diz o Senhor Deus: No dia em que ele desceu ao Seol, fiz eu que houvesse luto; cobri o abismo, por sua causa, e retive as suas correntes, e detiveram-se as grandes águas; e fiz que o Líbano o pranteasse; e todas as árvores do campo por causa dele desfaleceram.
16 – Farei tremer as nações ao som da sua queda, quando o fizer descer ao Seol juntamente com os que descem à cova; e todas as árvores do Edem a flor e o melhor do Líbano, todas as que bebem águas, se consolarão nas partes inferiores da terra;
17 – também juntamente com ele descerão ao Seol, ajuntar-se aos que foram mortos à espada; sim, aos que foram seu braço, e que habitavam à sua sombra no meio das nações.
18 – A quem, pois, és semelhante em glória e em grandeza entre as árvores do Eden? Todavia serás precipitado juntamente com as árvores do Eden às partes inferiores da terra; no meio dos incircuncisos jazerás com os que foram mortos à espada: este é Faraó e toda a sua multidão, diz o Senhor Deus.

Capítulo 32

1 – Sucedeu que, no ano duodécimo, no mês duodécimo, ao primeiro do mês, veio a mim a palavra do Senhor, dizendo:
2 – Filho do homem, faze uma lamentação sobre Faraó, rei do Egito, e dize-lhe: Foste assemelhado a um leão novo entre as nações; contudo tu és como um dragão nos mares; pulavas nos teus rios e os sujavas, turvando com os pés as suas águas.
3 – Assim diz o Senhor Deus: Estenderei sobre ti a minha rede por meio duma companhia de muitos povos, e eles te alçarão na minha rede.
4 – Então te deixarei em terra; sobre a face do campo te lançarei, e farei pousar sobre ti todas as aves do céu, e fartarei de ti os animais de toda a terra.
5 – E porei as tuas carnes sobre os montes, e encherei os vales da tua altura.
6 – Também com o teu sangue regarei a terra onde nadas, até os montes; e as correntes se encherão de ti.
7 – E, apagando-te eu, cobrirei o céu, e enegrecerei as suas estrelas; ao sol encobrirei com uma nuvem, e a lua não dará a sua luz.
8 – Todas as brilhantes luzes do céu, eu as enegrecerei sobre ti, e trarei trevas sobre a tua terra, diz o Senhor Deus.
9 – E afligirei o coração de muitos povos, quando eu levar a efeito a tua destruição entre as nações, até as terras que não conheceste.
10 – Demais farei com que muitos povos fiquem pasmados a teu respeito, e os seus reis serão sobremaneira amedrontados, quando eu brandir a minha espada diante deles; e estremecerão a cada momento, cada qual pela sua vida, no dia da tua queda.
11 – Pois assim diz o Senhor Deus: A espada do rei de Babilônia virá sobre ti.
12 – Farei cair a tua multidão pelas espadas dos valentes; terríveis dentre as nações são todos eles; despojarão a soberba do Egito, e toda a sua multidão será destruída.
13 – Exterminarei também todos os seus animais de junto às muitas águas; não as turvará mais pé de homem, não as turvarão unhas de animais.
14 – Então tornarei claras as suas águas, e farei correr os seus rios como o azeite, diz o Senhor Deus.
15 – Quando eu tornar desolada a terra do Egito, e ela for despojada da sua plenitude, e quando eu ferir a todos os que nela habitarem, então saberão que eu sou o Senhor.
16 – Esta é a lamentação que se fará; que as filhas das nações farão sobre o Egito e sobre toda a sua multidão, diz o Senhor Deus.
17 – Também sucedeu que, no ano duodécimo, aos quinze do mês, veio a mim a palavra do Senhor, dizendo:
18 – Filho do homem, pranteia sobre a multidão do Egito, e faze-a descer, a ela e às filhas das nações majestosas, até as partes inferiores da terra, juntamente com os que descem à cova.
19 – A quem sobrepujas tu em beleza? Desce, e deita-te com os incircuncisos.
20 – No meio daqueles que foram mortos à espada eles cairão; à espada ela está entregue; arrastai-a e a toda a sua multidão.
21 – Os poderosos entre os valentes lhe falarão desde o meio do Seol, com os que o socorrem; já desceram, jazem quietos os incircuncisos, mortos a espada.
22 – Ali está Assur com toda a sua companhia. Em redor dele estão os seus sepulcros; todos eles foram mortos, caíram à espada.
23 – Os seus sepulcros foram postos no mais interior da cova, e a sua companhia está em redor do seu sepulcro; foram mortos, caíram à espada todos esses que tinham causado espanto na terra dos viventes.
24 – Ali está Elão com toda a sua multidão em redor do seu sepulcro; foram mortos, cairam a espada, e desceram incircuncisos às partes inferiores da terra, todos esses que causaram terror na terra dos viventes; e levaram a sua vergonha juntamente com os que descem à cova.
25 – No meio dos mortos lhe puseram a cama entre toda a sua multidão; ao redor dele estão os seus sepulcros; todos esses incircuncisos foram mortos à espada; porque causaram terror na terra dos viventes; e levaram a sua vergonha com os que descem à cova. Está posto no meio dos mortos.
26 – Ali estão Meseque, Tubal e toda a sua multidão; ao redor deles estão os seus sepulcros; todos esses incircuncisos foram mortos à espada; porque causaram terror na terra dos viventes.
27 – E não jazem com os valentes que dentre os incircuncisos caíram, os quais desceram ao Seol com as suas armas de guerra e puseram as suas espadas debaixo das suas cabeças, tendo os seus escudos sobre os seus ossos; porque eram o terror dos poderosos na terra dos viventes.
28 – Mas tu serás quebrado no meio dos incircuncisos, e jazerás com os que foram mortos a espada.
29 – Ali está Edom, os seus reis e todos os seus príncipes, que no seu poder foram postos com os que foram mortos à espada; estes jazerão com os incircuncisos e com os que descem a cova.
30 – Ali estão os príncipes do norte, todos eles, e todos os sidônios, que desceram com os mortos; envergonhados são pelo terror causado pelo seu poder; jazem incircuncisos com os que foram mortos à espada, e levam a sua vergonha com os que descem à cova.
31 – Faraó os verá, e se consolará sobre toda a sua multidão; sim, o próprio Faraó, e todo o seu exército, traspassados à espada, diz o Senhor Deus.
32 – Pois também eu pus o terror dele na terra dos viventes; pelo que jazerá no meio dos incircuncisos, com os mortos à espada, o próprio Faraó e toda a sua multidão, diz o Senhor Deus.

– Pergunta sobre o Ano Bíblico.:

Rei de qual povo foi comparado a um “crocodilo nas águas”?
Resposta: Faraó, rei do Egito (Ezequiel 32:1-2)

– Curiosidades Bíblicas.:

Quais os livros da Bíblia que terminam com um ponto de interrogação?
Resposta: Lamentações, Jonas e Naum.

– Versos Bíblicos.:

Se ouvires atentamente a voz do Senhor teu Deus, e fizeres o que é reto diante de seus olhos, e inclinares os ouvidos aos seus mandamentos, e guardares todos os seus estatutos, sobre ti não enviarei nenhuma das enfermidades que enviei sobre os egípcios; porque eu sou o Senhor que te sara. Êxodo 15:26

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/biblia.asp?lista=1&livro=2&capitulo=15&verso=26

– Ano Bíblico (Espanhol).:

Libro de Ezequiel

Capítulo 30

1 – Entonces vino a Mí la palabra de Jehovah, diciendo:
2 – “Oh hijo de hombre, profetiza y di que Así ha dicho el Señor Jehovah: “¡Lamentad! ¡Ay de aquel Día!
3 – Porque cercano Está aquel Día; cercano Está el Día de Jehovah. Será Día de nublado, la hora de las naciones.
4 – La espada Llegará a Egipto, y Habrá estremecimiento en Etiopía cuando en Egipto caigan los heridos, y tomen sus riquezas, y sean destruidos sus cimientos.
5 – Etiopía, Libia, Lidia, y toda Arabia, los de Cub y los hijos de la tierra del pacto Caerán a espada juntamente con ellos.”
6 – Así ha dicho Jehovah: “Así Caerán los que apoyan a Egipto. Caerá el orgullo de su Poderío, desde Migdol hasta Asuán; Caerán en ella a espada, dice el Señor Jehovah.
7 – Quedarán desolados en medio de las tierras desoladas, y sus ciudades Estarán en medio de las ciudades arruinadas.
8 – Y Sabrán que yo soy Jehovah, cuando yo prenda fuego a Egipto, y todos sus ayudadores sean quebrantados.”
9 – “En aquel tiempo Saldrán de delante de Mí mensajeros en naves, para hacer temblar a la confiada Etiopía. Habrá estremecimiento entre ellos, como en el Día de Egipto, ¡porque he Aquí que viene!
10 – Así ha dicho el Señor Jehovah: “Pondré fin a la multitud de Egipto por medio de Nabucodonosor, rey de Babilonia.
11 – El y su pueblo junto con él, los Más crueles de las naciones, Serán Traídos para destruir la tierra. Ellos Desenvainarán sus espadas contra Egipto, y Llenarán la tierra de muertos.
12 – Convertiré en sequedad los canales, y abandonaré la tierra en mano de malvados. Destruiré la tierra y su plenitud por medio de extranjeros. Yo, Jehovah, he hablado.””
13 – Así ha dicho el Señor Jehovah: “También destruiré los ídolos. Pondré fin a los dioses de Menfis, y ya no Habrá Príncipe en la tierra de Egipto. Y pondré temor en la tierra de Egipto:
14 – Desolaré a Patros, prenderé fuego a Tanis y ejecutaré actos justicieros en Tebas.
15 – Derramaré mi ira sobre Sin, la fortaleza de Egipto, y exterminaré la multitud de Tebas.
16 – Prenderé fuego a Egipto: Sin Tendrá grandes dolores de parto, Tebas Será destrozada, y Menfis Tendrá continuas angustias.
17 – Los Jóvenes de Heliópolis y de Bubastis Caerán a espada; ellas Irán en cautiverio.
18 – En Tafnes se Oscurecerá el Día cuando yo rompa Allí los yugos de Egipto, y en ella Cesará la soberbia de su Poderío. Una nube la Cubrirá, y sus hijas Irán en cautiverio.
19 – Ejecutaré actos justicieros en Egipto. Y Sabrán que yo soy Jehovah.”
20 – Aconteció en el séptimo Día del mes primero del año 11, que vino a Mí la palabra de Jehovah, diciendo:
21 – “Oh hijo de hombre, yo he roto un brazo del Faraón, rey de Egipto, y he Aquí que no se lo ha vendado poniéndole medicinas, ni se le ha puesto una venda para ser entablillado, a fin de fortalecerle para que pueda sostener la espada.
22 – Por eso, Así ha dicho el Señor Jehovah, he Aquí que yo estoy contra el Faraón, rey de Egipto, y romperé sus brazos, el fuerte y el fracturado; haré que la espada se caiga de su mano.
23 – Dispersaré a los egipcios entre las naciones, y los esparciré por los Países.
24 – “Pero fortaleceré los brazos del rey de Babilonia y pondré mi espada en su mano. Romperé los brazos del Faraón, y Gemirá delante de aquél con gemidos de un herido de muerte.
25 – Fortaleceré, pues, los brazos del rey de Babilonia, mientras que los brazos del Faraón Decaerán. Y Sabrán que yo soy Jehovah, cuando yo ponga mi espada en la mano del rey de Babilonia y él la extienda contra la tierra de Egipto.
26 – Dispersaré a los egipcios entre las naciones, y los esparciré por los Países. Y Sabrán que yo soy Jehovah.”

Capítulo 31

1 – Aconteció en el primer Día del mes tercero del año 11 que vino a Mí la palabra de Jehovah, diciendo:
2 – “Oh hijo de hombre, di al Faraón, rey de Egipto, y a su multitud: “¿A quién te has comparado en tu grandeza?
3 – He Aquí que consideraré al cedro del Líbano, de ramas hermosas, que Ensombrecía al bosque. Era de gran altura, y su copa estaba entre las nubes.
4 – Las aguas lo hicieron crecer; lo Enalteció el abismo, que Dirigió sus Ríos alrededor de su vergel, y Envió sus canales a todos los árboles del campo.
5 – Por tanto, Superó en altura a todos los árboles del campo, y sus ramas se multiplicaron. A causa de la abundancia de agua, se Extendió el ramaje que Había echado.
6 – En sus ramas Hacían su nido todas las aves del cielo, debajo de su ramaje Parían todos los animales del campo, y a su sombra habitaban todas las grandes naciones.
7 – Se hizo hermoso por su grandeza y por la Extensión de su follaje, pues su Raíz estaba junto a muchas aguas.
8 – En el Jardín de Dios los Demás cedros no lo igualaban, los cipreses no se le Podían comparar en ramaje, ni los castaños tuvieron ramas semejantes a las suyas. Ningún árbol en el Jardín de Dios era igual a él en hermosura.
9 – Lo hice hermoso por la abundancia de su follaje, y todos los árboles en Edén, el Jardín de Dios, le tuvieron envidia.”
10 – “Por tanto, Así ha dicho el Señor Jehovah: “Por cuanto se Elevó en estatura y Levantó su copa hasta las nubes, y su Corazón se Enalteció con su altura,
11 – por eso lo he entregado en mano de la Más poderosa de la naciones, que ciertamente Hará con él conforme a su impiedad. Yo lo he desechado;
12 – y los extranjeros, los Más crueles de los pueblos, lo cortan y lo abandonan. Sobre los montes y en todos los valles cae su follaje, y sus ramas son rotas en todas las quebradas de la tierra. Todos los pueblos de la tierra se van de su sombra; lo abandonan.
13 – Sobre su tronco Caído habitan todas las aves del cielo, y sobre sus ramas Están todos los animales del campo.
14 – Así sucede para que ninguno de los árboles que crecen junto a las aguas se exalte por su altura, ni levante su copa hasta las nubes; y para que ninguno de los árboles que beben aguas Confíe en la altura de sus ramas. Porque todos son entregados a la muerte, a la parte Más baja de la tierra, en medio de los hijos de los hombres que descienden a la fosa.””
15 – Así ha dicho el Señor Jehovah: “El Día en que él descienda al Seol, haré que haya duelo y lo cubriré con el océano. Detendré sus Ríos, y las muchas aguas Serán detenidas. Por él cubriré de tinieblas el Líbano, y por él todos los árboles del campo se Desmayarán.
16 – Por el estruendo de su Caída haré temblar las naciones, cuando lo haga descender al Seol, junto con los que desciendan a la fosa. Todos los árboles del Edén, los escogidos del Líbano, todos los que beben aguas, se Consolarán a Sí mismos en la parte Más baja de la tierra.
17 – Ellos también Descenderán con él al Seol, junto con los muertos a espada, los que fueron su brazo, los que habitaban a su sombra en medio de las naciones.
18 – “¿A quién, pues, te has comparado Así en gloria y en grandeza en medio de los árboles del Edén? Junto con los árboles del Edén, Serás derribado a la parte Más baja de la tierra. Yacerás en medio de los incircuncisos, junto con los muertos a espada. “Eso es el Faraón y toda su multitud”, dice el Señor Jehovah.

Capítulo 32

1 – Aconteció en el primer Día del mes duodécimo del año 12 que vino a Mí la palabra de Jehovah, diciendo:
2 – “Oh hijo de hombre, entona un lamento por el Faraón, rey de Egipto, y dile: “”Has llegado a ser semejante a un León de las naciones. Tú eres como el monstruo de los mares; irrumpes en tus Ríos, agitas las aguas con tus pies y enlodas sus corrientes.
3 – Así ha dicho el Señor Jehovah: Extenderé contra ti mi red en medio de la Reunión de muchos pueblos, y con mi malla te Levantarán.
4 – Te arrojaré en la tierra; te lanzaré sobre la superficie del campo. Haré que las aves del cielo habiten sobre ti; haré que se sacien de ti las bestias de toda la tierra.
5 – Tus carnes expondré sobre los montes, y llenaré los valles con tus restos.
6 – Regaré la tierra con el correr de tu sangre, y de ti se Llenarán las quebradas.
7 – Cuando yo te haya extinguido, cubriré los cielos y haré que se oscurezcan las estrellas. Cubriré el sol con una nube, y Dejará de alumbrar la luz de la luna.
8 – Haré que se oscurezcan sobre ti todos los astros luminosos del cielo, y traeré tinieblas sobre tu tierra, dice el Señor Jehovah.
9 – “”Perturbaré el Corazón de muchos pueblos cuando haga llevar a los tuyos en cautividad entre las naciones, a tierras que Jamás has conocido.
10 – Haré que muchos pueblos queden Atónitos a causa de ti. Por tu causa sus reyes se Estremecerán de terror, cuando yo esgrima mi espada ante sus rostros. En el Día de tu Caída todos Temblarán a cada instante, cada uno por su propia vida.
11 – Porque Así ha dicho el Señor Jehovah: La espada del rey de Babilonia Vendrá contra ti.
12 – Con espadas de hombres valientes haré caer tu multitud. Todos ellos son los Más crueles de las naciones. Destruirán la soberbia de Egipto, y toda su multitud Será deshecha.
13 – Haré perecer todos sus animales de junto a las muchas aguas. Nunca Más las Agitará el pie del hombre, ni las Agitarán las pezuñas de los animales.
14 – Entonces aquietaré sus aguas, y haré que sus Ríos corran como el aceite, dice el Señor Jehovah.
15 – “”Cuando yo convierta en Desolación la tierra de Egipto y la tierra sea vaciada de su plenitud, cuando yo haga morir a todos los que habitan en ella, Sabrán que yo soy Jehovah.”
16 – “Este es un lamento, y lo Entonarán. Las hijas de las naciones lo Entonarán. Por Egipto y por toda su multitud lo Entonarán”, dice el Señor Jehovah.
17 – Aconteció en el Día 15 del mes primero del año 12 que vino a Mí la palabra de Jehovah, diciendo:
18 – “Oh hijo de hombre, lamenta Tú por la multitud de Egipto y hazlos descender, tanto a él como a las hijas de las naciones poderosas, a las partes Más bajas de la tierra, junto con los que descienden a la fosa:
19 – “¿A quién superas en hermosura? ¡Desciende para que te hagan yacer con los incircuncisos!”
20 – “En medio de los muertos a espada Caerán. El es entregado a la espada. Arrastradlo con toda su multitud.
21 – De en medio del Seol los Más fuertes de los poderosos, con sus ayudadores, Hablarán de él: “Ya han descendido y yacen con los incircuncisos, muertos a espada.”
22 – “Allí Está Asiria y toda su multitud alrededor de sus sepulcros. Todos ellos cayeron muertos a espada.
23 – Sus sepulcros han sido puestos en los lugares Más profundos de la fosa, y su multitud yace alrededor de su sepulcro. Todos ellos, los que impusieron su terror en la tierra de los vivientes, han Caído muertos a espada.
24 – “Allí Está Elam, con toda su multitud alrededor de su sepulcro. Todos ellos cayeron muertos a espada y han descendido incircuncisos a las partes Más bajas de la tierra, porque impusieron su terror en la tierra de los vivientes. Cargan con su afrenta, junto con los que descienden a la fosa.
25 – En medio de los muertos le tendieron su lecho, y toda su multitud Está alrededor de su sepulcro, todos incircuncisos, muertos a espada; porque impusieron su terror en la tierra de los vivientes. Cargan con su afrenta, junto con los que descienden a la fosa. Fue puesto en medio de los muertos.
26 – “Allí Están Mesec y Tubal, con toda su multitud alrededor de sus sepulcros, todos ellos incircuncisos, muertos a espada; porque impusieron su terror en la tierra de los vivientes.
27 – No yacen con los valientes que cayeron, de entre los incircuncisos, los cuales descendieron al Seol con sus armas de guerra; cuyas espadas fueron puestas debajo de sus cabezas, y cuyos pecados quedaron puestos sobre sus huesos; porque impusieron su terror sobre los valientes en la tierra de los vivientes.
28 – Tú, pues, Serás quebrantado entre los incircuncisos, Yacerás con los muertos a espada.
29 – “Allí Está Edom con sus reyes y todos sus dirigentes que en su Poderío fueron puestos junto con los muertos a espada. Ellos yacen con los incircuncisos y con los que descienden a la fosa.
30 – “Allí Están los Príncipes del norte, todos ellos, y todos los de Sidón, quienes a pesar del terror causado por su Poderío, yacen avergonzados, incircuncisos, junto con los muertos a espada. Y cargan con su afrenta, junto con los que descienden a la fosa.
31 – “A éstos Mirará el Faraón, y se Consolará por toda su multitud, los muertos a espada, aun el Faraón y todo el ejército, dice el Señor Jehovah.
32 – Porque impuso su terror en la tierra de los vivientes, también al Faraón y a toda su multitud se les Hará yacer entre los incircuncisos, con los muertos a espada”, dice el Señor Jehovah.

– Ano Bíblico (Inglês).:

Book of Ezequiel

Chapter 30

1 – The word of the Lord came to me again, saying,
2 – Son of man, be a prophet, and say, These are the words of the Lord: Give a cry, Aha, for the day!
3 – For the day is near, the day of the Lord is near, a day of cloud; it will be the time of the nations.
4 – And a sword will come on Egypt, and cruel pain will be in Ethiopia, when they are falling by the sword in Egypt; and they will take away her wealth and her bases will be broken down.
5 – Ethiopia and Put and Lud and all the mixed people and Libya and the children of the land of the Cherethites will all be put to death with them by the sword.
6 – This is what the Lord has said: The supporters of Egypt will have a fall, and the pride of her power will come down: from Migdol to Syene they will be put to the sword in it, says the Lord.
7 – And she will be made waste among the countries which have been made waste, and her towns will be among the towns which are unpeopled.
8 – And they will be certain that I am the Lord, when I have put a fire in Egypt and all her helpers are broken.
9 – In that day men will go out quickly to take the news, causing fear in untroubled Ethiopia; and bitter pain will come on them as in the day of Egypt; for see, it is coming.
10 – This is what the Lord has said: I will put an end to great numbers of the people of Egypt by the hand of Nebuchadrezzar, king of Babylon.
11 – He and the people with him, causing fear among the nations, will be sent for the destruction of the land; their swords will be let loose against Egypt and the land will be full of dead.
12 – And I will make the Nile streams dry, and will give the land into the hands of evil men, causing the land and everything in it to be wasted by the hands of men from a strange country: I the Lord have said it.
13 – This is what the Lord has said: In addition to this, I will give up the images to destruction and put an end to the false gods in Noph; never again will there be a ruler in the land of Egypt: and I will put a fear in the land of Egypt.
14 – And I will make Pathros a waste, and put a fire in Zoan, and send my punishments on No.
15 – I will let loose my wrath on Sin, the strong place of Egypt, cutting off the mass of the people of No.
16 – And I will put a fire in Egypt; Syene will be twisting in pain, and No will be broken into, as by the onrush of waters.
17 – The young men of On and Pi-beseth will be put to the sword: and these towns will be taken away prisoners.
18 – And at Tehaphnehes the day will become dark, when the yoke of Egypt is broken there, and the pride of her power comes to an end: as for her, she will be covered with a cloud, and her daughters will be taken away prisoners.
19 – And I will send my punishments on Egypt: and they will be certain that I am the Lord.
20 – Now in the eleventh year, in the first month, on the seventh day of the month, the word of the Lord came to me, saying,
21 – Son of man, the arm of Pharaoh, king of Egypt, has been broken by me, and no band has been put round it to make it well, no band has been twisted round it to make it strong for gripping the sword.
22 – For this cause the Lord has said: See, I am against Pharaoh, king of Egypt, and by me his strong arm will be broken; and I will make the sword go out of his hand.
23 – And I will send the Egyptians in flight among the nations and wandering through the countries.
24 – And I will make the arms of the king of Babylon strong, and will put my sword in his hand: but Pharaoh´s arms will be broken, and he will give cries of pain before him like the cries of a man wounded to death.
25 – And I will make the arms of the king of Babylon strong, and the arms of Pharaoh will be hanging down; and they will be certain that I am the Lord, when I put my sword into the hand of the king of Babylon and it is stretched out against the land of Egypt.
26 – And I will send the Egyptians in flight among the nations and wandering through the countries; and they will be certain that I am the Lord.

Chapter 31

1 – Now in the eleventh year, in the third month, on the first day of the month, the word of the Lord came to me, saying,
2 – Son of man, say to Pharaoh, king of Egypt, and to his people; Whom are you like in your great power?
3 – See, a pine-tree with beautiful branches and thick growth, giving shade and very tall; and its top was among the clouds.
4 – It got strength from the waters and the deep made it tall: its streams went round about its planted land and it sent out its waterways to all the trees of the field.
5 – In this way it became taller than all the trees of the field; and its branches were increased and its arms became long because of the great waters.
6 – In its branches all the birds of heaven came to rest, and under its arms all the beasts of the field gave birth to their young, and great nations were living in its shade.
7 – So it was beautiful, being so tall and its branches so long, for its root was by great waters.
8 – No cedars were equal to it in the garden of God; the fir-trees were not like its branches, and plane-trees were as nothing in comparison with its arms; no tree in the garden of God was so beautiful.
9 – I made it beautiful with its mass of branches: so that all the trees in the garden of God were full of envy of it.
10 – For this cause the Lord has said: Because he is tall, and has put his top among the clouds, and his heart is full of pride because he is so high,
11 – I have given him up into the hands of a strong one of the nations; he will certainly give him the reward of his sin, driving him out.
12 – And men from strange lands, who are to be feared among the nations, after cutting him off, have let him be: on the mountains and in all the valleys his branches have come down; his arms are broken by all the waterways of the land; all the peoples of the earth have gone from his shade, and have let him be.
13 – All the birds of heaven have come to rest on his broken stem where it is stretched on the earth, and all the beasts of the field will be on his branches:
14 – In order that no trees by the waters may be lifted up in their growth, putting their tops among the clouds; and that no trees which are watered may take their place on high: for they are all given up to death, to the lowest parts of the earth among the children of men, with those who go down to the underworld.
15 – This is what the Lord has said: The day when he goes down to the underworld, I will make the deep full of grief for him; I will keep back her streams and the great waters will be stopped: I will make Lebanon dark for him, and all the trees of the field will be feeble because of him.
16 – I will send shaking on the nations at the sound of his fall, when I send him down to the underworld with those who go down into the deep: and on earth they will be comforting themselves, all the trees of Eden, the best of Lebanon, even all the watered ones.
17 – And they will go down with him to the underworld, to those who have been put to the sword; even those who were his helpers, living under his shade among the nations
18 – Whom then are you like? for you will be sent down with the trees of Eden into the lowest parts of the earth: there you will be stretched out among those without circumcision, with those who were put to the sword. This is Pharaoh and all his people, says the Lord.

Chapter 32

1 – And it came about in the twelfth year, in the twelfth month, on the first day of the month, that the word of the Lord came to me, saying,
2 – Son of man, make a song of grief for Pharaoh, king of Egypt, and say to him, Young lion of the nations, destruction has come on you; and you were like a sea-beast in the seas, sending out bursts of water, troubling the waters with your feet, making their streams dirty.
3 – This is what the Lord has said: My net will be stretched out over you, and I will take you up in my fishing-net.
4 – And I will let you be stretched on the land; I will send you out violently into the open field; I will let all the birds of heaven come to rest on you and will make the beasts of all the earth full of you.
5 – And I will put your flesh on the mountains, and make the valleys full of your blood.
6 – And the land will be watered with your blood, and the waterways will be full of you.
7 – And when I put out your life, the heaven will be covered and its stars made dark; I will let the sun be covered with a cloud and the moon will not give her light.
8 – All the bright lights of heaven I will make dark over you, and put dark night on your land, says the Lord.
9 – And the hearts of numbers of peoples will be troubled, when I send your prisoners among the nations, into a country which is strange to you.
10 – And I will make a number of peoples overcome with wonder at you, and their kings will be full of fear because of you, when my sword is waved before them: they will be shaking every minute, every man fearing for his life, in the day of your fall.
11 – For this is what the Lord has said: The sword of the king of Babylon will come on you.
12 – I will let the swords of the strong be the cause of the fall of your people; all of them men to be feared among the nations: and they will make waste the pride of Egypt, and all its people will come to destruction.
13 – And I will put an end to all her beasts which are by the great waters, and they will never again be troubled by the foot of man or by the feet of beasts.
14 – Then I will make their waters clear and their rivers will be flowing like oil, says the Lord.
15 – When I make Egypt an unpeopled waste, cutting off from the land all the things in it; when I send punishment on all those living in it, then it will be clear to them that I am the Lord.
16 – It is a song of grief, and people will give voice to it, the daughters of the nations will give voice to it, even for Egypt and all her people, says the Lord.
17 – And in the twelfth year, on the fifteenth day of the month, the word of the Lord came to me, saying,
18 – Son of man, let your voice be loud in sorrow for the people of Egypt and send them down, even you and the daughters of the nations; I will send them down into the lowest parts of the earth, with those who go down into the underworld.
19 – Are you more beautiful than any? go down, and take your rest among those without circumcision,
20 – Among those who have been put to the sword: they will give a resting-place with them to all their people.
21 – The strong among the great ones will say to him from the underworld, Are you more beautiful than any? go down, you and your helpers, and take your rest among those without circumcision, and those who have been put to the sword.
22 – There is Asshur and all her army, round about her last resting-place: all of them put to death by the sword:
23 – Whose resting-places are in the inmost parts of the underworld, who were a cause of fear in the land of the living.
24 – There is Elam and all her people, round about her last resting-place: all of them put to death by the sword, who have gone down without circumcision into the lowest parts of the earth, who were a cause of fear in the land of the living, and are put to shame with those who go down to the underworld:
25 – They have made a bed for her among the dead, and all her people are round about her resting-place: all of them without circumcision, put to death with the sword; for they were a cause of fear in the land of the living, and are put to shame with those who go down to the underworld: they have been given a place among those who have been put to the sword.
26 – There is Meshech, Tubal, and all her people, round about her last resting-place: all of them without circumcision, put to death by the sword; for they were a cause of fear in the land of the living.
27 – And they have been put to rest with the fighting men who came to their end in days long past, who went down to the underworld with their instruments of war, placing their swords under their heads, and their body-covers are over their bones; for their strength was a cause of fear in the land of the living.
28 – But you will have your bed among those without circumcision, and will be put to rest with those who have been put to death with the sword.
29 – There is Edom, her kings and all her princes, who have been given a resting-place with those who were put to the sword: they will be resting among those without circumcision, even with those who go down to the underworld.
30 – There are the chiefs of the north, all of them, and all the Zidonians, who have gone down with those who have been put to the sword: they are shamed on account of all the fear caused by their strength; they are resting there without circumcision, among those who have been put to the sword, and are put to shame with those who go down to the underworld.
31 – Pharaoh will see them and be comforted on account of all his people: even Pharaoh and all his army, put to death by the sword, says the Lord.
32 – For he put his fear in the land of the living: and he will be put to rest among those without circumcision, with those who have been put to death with the sword, even Pharaoh and all his people, says the Lord.

Na graça de nosso Senhor Jesus,

Daniel Gavin
Diretor Geral – Ellen White Books
http://www.ellenwhite.com.br/
http://www.ellenwhitebooks.com/
http://www.ellenwhite.es/
http://www.ellenwhitebooks.es/

Esse post foi publicado em Não categorizado. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s