Ano Bíblico do dia 16/07/2011.

– Ano Bíblico (Português).:

Livro de Provérbios

Capítulo 25

1 – Também estes são provérbios de Salomão, os quais transcreveram os homens de Ezequias, rei de Judá.
2 – A glória de Deus é encobrir as coisas; mas a glória dos reis é esquadrinhá-las.
3 – Como o céu na sua altura, e como a terra na sua profundidade, assim o coração dos reis é inescrutável.
4 – Tira da prata a escória, e sairá um vaso para o fundidor.
5 – Tira o ímpio da presença do rei, e o seu trono se firmará na justiça.
6 – Não reclames para ti honra na presença do rei, nem te ponhas no lugar dos grandes;
7 – porque melhor é que te digam: Sobe, para aqui; do que seres humilhado perante o príncipe.
8 – O que os teus olhos viram, não te apresses a revelar, para depois, ao fim, não saberes o que hás de fazer, podendo-te confundir o teu próximo.
9 – Pleiteia a tua causa com o teu próximo mesmo; e não reveles o segredo de outrem;
10 – para que não te desonre aquele que o ouvir, não se apartando de ti a infâmia.
11 – Como maçãs de ouro em salvas de prata, assim é a palavra dita a seu tempo.
12 – Como pendentes de ouro e gargantilhas de ouro puro, assim é o sábio repreensor para o ouvido obediente.
13 – Como o frescor de neve no tempo da sega, assim é o mensageiro fiel para com os que o enviam, porque refrigera o espírito dos seus senhores.
14 – como nuvens e ventos que não trazem chuva, assim é o homem que se gaba de dádivas que não fez.
15 – Pela longanimidade se persuade o príncipe, e a língua branda quebranta os ossos.
16 – Se achaste mel, come somente o que te basta, para que porventura não te fartes dele, e o venhas a vomitar.
17 – Põe raramente o teu pé na casa do teu próximo, para que não se enfade de ti, e te aborreça.
18 – Malho, e espada, e flecha aguda é o homem que levanta falso testemunho contra o seu próximo.
19 – Como dente quebrado, e pé deslocado, é a confiança no homem desleal, no dia da angústia.
20 – O que entoa canções ao coração aflito é como aquele que despe uma peça de roupa num dia de frio, e como vinagre sobre a chaga.
21 – Se o teu inimigo tiver fome, dá-lhe pão para comer, e se tiver sede, dá-lhe água para beber;
22 – porque assim lhe amontoarás brasas sobre a cabeça, e o Senhor te recompensará.
23 – O vento norte traz chuva, e a língua caluniadora, o rosto irado.
24 – Melhor é morar num canto do eirado, do que com a mulher rixosa numa casa ampla.
25 – Como água fresca para o homem sedento, tais são as boas-novas de terra remota.
26 – Como fonte turva, e manancial poluído, assim é o justo que cede lugar diante do ímpio.
27 – comer muito mel não é bom; não multipliques, pois, as palavras de lisonja.
28 – Como a cidade derribada, que não tem muros, assim é o homem que não pode conter o seu espírito.

Capítulo 26

1 – Como a neve no verão, e como a chuva no tempo da ceifa, assim não convém ao tolo a honra.
2 – Como o pássaro no seu vaguear, como a andorinha no seu voar, assim a maldição sem causa não encontra pouso.
3 – O açoite é para o cavalo, o freio para o jumento, e a vara para as costas dos tolos.
4 – Não respondas ao tolo segundo a sua estultícia, para que também não te faças semelhante a ele.
5 – Responde ao tolo segundo a sua estultícia, para que ele não seja sábio aos seus próprios olhos.
6 – Os pés decepa, e o dano bebe, quem manda mensagens pela mão dum tolo.
7 – As pernas do coxo pendem frouxas; assim é o provérbio na boca dos tolos.
8 – Como o que ata a pedra na funda, assim é aquele que dá honra ao tolo.
9 – Como o espinho que entra na mão do ébrio, assim é o provérbio na mão dos tolos.
10 – Como o flecheiro que fere a todos, assim é aquele que assalaria ao transeunte tolo, ou ao ébrio.
11 – Como o cão que torna ao seu vômito, assim é o tolo que reitera a sua estultícia.
12 – Vês um homem que é sábio a seus próprios olhos? Maior esperança há para o tolo do que para ele.
13 – Diz o preguiçoso: Um leão está no caminho; um leão está nas ruas.
14 – Como a porta se revolve nos seus gonzos, assim o faz o preguiçoso na sua cama.
15 – O preguiçoso esconde a sua mão no prato, e nem ao menos quer levá-la de novo à boca.
16 – Mais sábio é o preguiçoso a seus olhos do que sete homens que sabem responder bem.
17 – O que, passando, se mete em questão alheia é como aquele que toma um cão pelas orelhas.
18 – Como o louco que atira tições, flechas, e morte,
19 – assim é o homem que engana o seu próximo, e diz: Fiz isso por brincadeira.
20 – Faltando lenha, apaga-se o fogo; e não havendo difamador, cessa a contenda.
21 – Como o carvão para as brasas, e a lenha para o fogo, assim é o homem contencioso para acender rixas.
22 – As palavras do difamador são como bocados deliciosos, que descem ao íntimo do ventre.
23 – Como o vaso de barro coberto de escória de prata, assim são os lábios ardentes e o coração maligno.
24 – Aquele que odeia dissimula com os seus lábios; mas no seu interior entesoura o engano.
25 – Quando te suplicar com voz suave, não o creias; porque sete abominações há no teu coração.
26 – Ainda que o seu ódio se encubra com dissimulação, na congregação será revelada a sua malícia.
27 – O que faz uma cova cairá nela; e a pedra voltará sobre aquele que a revolve.
28 – A língua falsa odeia aqueles a quem ela tenha ferido; e a boca lisonjeira opera a ruína.

Capítulo 27

1 – Não te glories do dia de amanhã; porque não sabes o que produzirá o dia.
2 – Seja outro o que te louve, e não a tua boca; o estranho, e não os teus lábios.
3 – Pesada é a pedra, e a areia também; mas a ira do insensato é mais pesada do que elas ambas.
4 – Cruel é o furor, e impetuosa é a ira; mas quem pode resistir à inveja?
5 – Melhor é a repreensão aberta do que o amor encoberto.
6 – Fiéis são as feridas dum amigo; mas os beijos dum inimigo são enganosos.
7 – O que está farto despreza o favo de mel; mas para o faminto todo amargo é doce.
8 – Qual a ave que vagueia longe do seu ninho, tal é o homem que anda vagueando longe do seu lugar.
9 – O óleo e o perfume alegram o coração; assim é o doce conselho do homem para o seu amigo.
10 – Não abandones o teu amigo, nem o amigo de teu pai; nem entres na casa de teu irmão no dia de tua adversidade. Mais vale um vizinho que está perto do que um irmão que está longe.
11 – Sê sábio, filho meu, e alegra o meu coração, para que eu tenha o que responder àquele que me vituperar.
12 – O prudente vê o mal e se esconde; mas os insensatos passam adiante e sofrem a pena.
13 – Tira a roupa àquele que fica por fiador do estranho, e toma penhor daquele que se obriga por uma estrangeira.
14 – O que bendiz ao seu amigo em alta voz, levantando-se de madrugada, isso lhe será contado como maldição.
15 – A goteira contínua num dia chuvoso e a mulher rixosa são semelhantes;
16 – retê-la é reter o vento, ou segurar o óleo com a destra.
17 – Afia-se o ferro com o ferro; assim o homem afia o rosto do seu amigo.
18 – O que cuida da figueira comerá do fruto dela; e o que vela pelo seu senhor será honrado.
19 – Como na água o rosto corresponde ao rosto, assim o coração do homem ao homem.
20 – O Seol e o Abadom nunca se fartam, e os olhos do homem nunca se satisfazem.
21 – O crisol é para a prata, e o forno para o ouro, e o homem é provado pelos louvores que recebe.
22 – Ainda que pisasses o insensato no gral entre grãos pilados, contudo não se apartaria dele a sua estultícia.
23 – Procura conhecer o estado das tuas ovelhas; cuida bem dos teus rebanhos;
24 – porque as riquezas não duram para sempre; e duraria a coroa de geração em geração?
25 – Quando o feno é removido, e aparece a erva verde, e recolhem-se as ervas dos montes,
26 – os cordeiros te proverão de vestes, e os bodes, do preço do campo.
27 – E haverá bastante leite de cabras para o teu sustento, para o sustento da tua casa e das tuas criadas.

– Pergunta sobre o Ano Bíblico.:

A que é comparado a mulher rixosa, em Provérbios?
Resposta: ao gotejar contínuo no dia de grande chuva (Provérbios 27:15)

– Curiosidades Bíblicas.:

Quais os 2 salmos que são idênticos?
Resposta: Salmo 14 e Salmo 53.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/biblia.asp?lista=1&livro=19&capitulo=14

– Versos Bíblicos.:

E não vos conformeis a este mundo, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus. Romanos 12:2

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/biblia.asp?lista=1&livro=45&capitulo=12&verso=2

– Ano Bíblico (Espanhol).:

Libro de Provérbios

Capítulo 25

1 – También éstos son proverbios de Salomón, los cuales copiaron los hombres de Ezequías, rey de Judá:
2 – Es gloria de Dios ocultar una cosa, y es gloria del rey escudriñarla.
3 – La altura de los cielos, la profundidad de la tierra y el Corazón de los reyes son inescrutables.
4 – Quita las escorias de la plata, y Saldrá un objeto para el fundidor.
5 – Quita al Impío de la presencia del rey, y su trono se Afirmará con justicia.
6 – No te Vanagloríes delante del rey, ni te entremetas en el lugar de los grandes;
7 – porque mejor es que se te diga: “Sube Acá”, antes que seas humillado delante del noble. Cuando tus ojos hayan visto algo,
8 – no entres apresuradamente en pleito. Porque, ¿qué Más Harás al final, cuando tu Prójimo te haya avergonzado?
9 – Discute tu causa con tu Prójimo y no des a conocer el secreto de otro.
10 – No sea que te deshonre el que te oye, y tu infamia no pueda ser reparada.
11 – Manzana de oro con adornos de plata es la palabra dicha oportunamente.
12 – Como zarcillo de oro y joya de oro fino es el que reprende al sabio que tiene Oído Dócil.
13 – Como el frescor de la nieve en tiempo de siega es el mensajero fiel a los que lo Envían, pues da refrigerio al alma de su señor.
14 – Como nubes y vientos sin lluvia, Así es el hombre que se jacta de un regalo que al fin no da.
15 – Con larga paciencia se persuade al jefe, y la lengua blanda quebranta los huesos.
16 – ¿Hallaste miel? Come Sólo lo suficiente, no sea que te hartes de ella y la vomites.
17 – Detén tu pie de la casa de tu vecino, no sea que se harte de ti y te aborrezca.
18 – Mazo, espada y flecha dentada es el hombre que da falso testimonio contra su Prójimo.
19 – Diente quebrado y pie que resbala es la confianza en el traicionero, en el Día de angustia.
20 – El que canta canciones al Corazón afligido es como el que quita la ropa en tiempo de Frío o el que echa vinagre sobre el Jabón.
21 – Si tu enemigo tiene hambre, dale de comer pan; y si tiene sed, dale de beber agua;
22 – pues Así carbones encendidos Tú amontonas sobre su cabeza, y Jehovah te Recompensará.
23 – El viento del norte trae la lluvia; y la lengua detractora, el rostro airado.
24 – Mejor es vivir en un Rincón de la azotea que compartir una casa con una mujer rencillosa.
25 – Como el agua Fría al alma sedienta, Así son las buenas nuevas de lejanas tierras.
26 – Como manantial turbio y fuente corrompida es el justo que vacila ante el Impío.
27 – Comer mucha miel no es bueno, ni es gloria buscar la propia gloria.
28 – Como una ciudad cuya muralla ha sido derribada, es el hombre cuyo Espíritu no tiene freno.

Capítulo 26

1 – Como nieve en el verano y lluvia en la siega, Así no le caen bien los honores al necio.
2 – Como escapa el ave y vuela la golondrina, Así la Maldición sin causa no se Realizará.
3 – El Látigo es para el caballo, y el freno para el asno, y la vara para la espalda de los necios.
4 – Nunca respondas al necio Según su insensatez, para que no seas Tú también como él.
5 – Responde al necio Según su insensatez, para que no se estime sabio en su propia Opinión.
6 – Se corta los pies y bebe violencia el que Envía recado por medio de un necio.
7 – Como las piernas del cojo, que cuelgan Inútiles, es el proverbio en la boca de los necios.
8 – Como atar una piedra a la honda, Así es dar honor al necio.
9 – Como espina que penetra en la mano del borracho, es el proverbio en la boca de los necios.
10 – Como el arquero que hiere a todos, es el que contrata a necios y vagabundos.
11 – Como perro que vuelve a su Vómito, Así es el necio que repite su insensatez.
12 – ¿Has visto a un hombre sabio en su propia Opinión? ¡Más esperanza hay del necio que de él!
13 – Dice el perezoso: “¡Hay un León en el camino! ¡Hay un León en medio de las calles!”
14 – Como las puertas giran sobre sus bisagras, Así también el perezoso en su cama.
15 – El perezoso hunde su mano en el plato, y se cansa de volverla a su boca.
16 – El perezoso es Más sabio en su Opinión que siete que responden con Discreción.
17 – El que se entremete en pleito ajeno es como el que agarra de las orejas a un perro que pasa.
18 – Como el que enloquece y arroja dardos y flechas de muerte,
19 – Así es el hombre que defrauda a su amigo y dice: “¿Acaso no estaba yo bromeando?”
20 – Sin leña se apaga el fuego; y donde no hay chismoso, cesa la contienda.
21 – El Carbón es para las brasas, la leña para el fuego, y el hombre rencilloso para provocar peleas.
22 – Las palabras del chismoso parecen suaves, pero penetran hasta lo Recóndito del ser.
23 – Como escorias de plata arrojadas sobre un tiesto, son los labios enardecidos y el Corazón vil.
24 – El que aborrece disimula con sus labios, pero en su interior trama el fraude.
25 – Cuando hable amigablemente, no le creas; porque siete abominaciones hay en su Corazón.
26 – Aunque con engaño encubra su odio, su maldad Será descubierta en la Congregación.
27 – El que cava fosa Caerá en ella; y al que hace rodar una piedra, ésta le Vendrá encima.
28 – La lengua mentirosa atormenta a su Víctima, y la boca lisonjera causa la ruina.

Capítulo 27

1 – No te jactes del Día de mañana, porque no sabes qué Dará de Sí el Día.
2 – Que te alabe el extraño, y no tu propia boca; el ajeno, y no tus propios labios.
3 – Pesada es la piedra; también la arena pesa. Pero el enojo del insensato es Más pesado que ambas.
4 – Cruel es la ira e impetuoso el furor; pero, ¿quién Podrá mantenerse en pie delante de los celos?
5 – Mejor es la Reprensión manifiesta que el amor oculto.
6 – Fieles son las heridas que causa el que ama, pero engañosos son los besos del que aborrece.
7 – La persona saciada desprecia el panal, pero para la hambrienta todo lo amargo es dulce.
8 – Como el ave que vaga lejos de su nido, Así es el hombre que vaga lejos de su lugar.
9 – El aceite y el perfume alegran el Corazón; y la dulzura de un amigo, Más que el consejo del alma.
10 – No abandones a tu amigo ni al amigo de tu padre, y no vayas a la casa de tu hermano en el Día de tu infortunio; pues es mejor el vecino cerca que el hermano lejos.
11 – Sé sabio, hijo Mío, y alegra mi Corazón; Así tendré qué responder al que me ultraja.
12 – El prudente ve el mal y se esconde, pero los ingenuos pasan y reciben el daño.
13 – Quítale su ropa al que Salió fiador del extraño, y Tómale prenda al que se Fía de la mujer ajena.
14 – Al que bendice a su Prójimo en alta voz, madrugando de mañana, se le Contará por Maldición.
15 – Gotera continua en un Día de lluvia y mujer rencillosa son semejantes;
16 – sujetarla es sujetar al viento, o al aceite en la mano derecha.
17 – El hierro con hierro se afila, y el hombre afina el semblante de su amigo.
18 – El que cuida de su higuera Comerá de su fruto, y el que atiende a su señor Logrará honra.
19 – Como el agua refleja la cara, Así el Corazón del hombre refleja al hombre.
20 – El Seol y el Abadón nunca se sacian; Así nunca se sacian los ojos del hombre.
21 – El crisol prueba la plata, la hornaza el oro; y al hombre, la boca del que lo alaba.
22 – Aunque machaques al insensato con el Pisón de un mortero en medio del grano, no se Apartará de su insensatez.
23 – Considera atentamente el estado de tu ganado; presta Atención a tus rebaños.
24 – Porque las riquezas no duran para siempre, ni se transmite una corona de Generación en Generación.
25 – Saldrá la grama, Aparecerá la hierba, y Serán recogidas las plantas de las colinas.
26 – Los corderos Proveerán para tu vestido, y los machos Cabríos para el precio del campo.
27 – La abundancia de la leche de las cabras Será para tu sustento y para el sustento de tu casa y de tus criadas.

– Ano Bíblico (Inglês).:

Book of Provérbios

Chapter 25

1 – These are more wise sayings of Solomon, copied out by the men of Hezekiah, king of Judah.
2 – It is the glory of God to keep a thing secret: but the glory of kings is to have it searched out.
3 – The heaven is high and the earth is deep, and the hearts of kings may not be searched out.
4 – Take away the waste from silver, and a vessel will come out for the silver-worker.
5 – Take away evil-doers from before the king, and the seat of his power will be made strong in righteousness.
6 – Do not take glory for yourself before the king, and do not put yourself in the place of the great:
7 – For it is better to have it said to you, Come up here; than for you to be put down in a lower place before the ruler.
8 – Do not be quick to go to law about what you have seen, for what will you do in the end, when your neighbour has put you to shame?
9 – Have a talk with your neighbour himself about your cause, but do not give away the secret of another:
10 – Or your hearer may say evil of you, and your shame will not be turned away.
11 – A word at the right time is like apples of gold in a network of silver.
12 – Like a nose-ring of gold and an ornament of the best gold, is a wise man who says sharp words to an ear ready to give attention.
13 – As the cold of snow in the time of grain-cutting, so is a true servant to those who send him; for he gives new life to the soul of his master.
14 – As clouds and wind without rain, so is one who takes credit for an offering he has not given.
15 – A judge is moved by one who for a long time undergoes wrongs without protest, and by a soft tongue even bone is broken.
16 – If you have honey, take only as much as is enough for you; for fear that, being full of it, you may not be able to keep it down.
17 – Let not your foot be frequently in your neighbour´s house, or he may get tired of you, and his feeling be turned to hate.
18 – One who gives false witness against his neighbour is a hammer and a sword and a sharp arrow.
19 – Putting one´s faith in a false man in time of trouble is like a broken tooth and a shaking foot.
20 – Like one who takes off clothing in cold weather and like acid on a wound, is he who makes melody to a sad heart.
21 – If your hater is in need of food, give him bread; and if he is in need of drink, give him water:
22 – For so you will put coals of fire on his head, and the Lord will give you your reward.
23 – As the north wind gives birth to rain, so is an angry face caused by a tongue saying evil secretly.
24 – It is better to be living in an angle of the house-top, than with a bitter-tongued woman in a wide house.
25 – As cold water to a tired soul, so is good news from a far country.
26 – Like a troubled fountain and a dirty spring, is an upright man who has to give way before evil-doers.
27 – It is not good to take much honey: so he who is not looking for honour will be honoured.
28 – He whose spirit is uncontrolled is like an unwalled town which has been broken into.

Chapter 26

1 – Like snow in summer and rain when the grain is being cut, so honour is not natural for the foolish.
2 – As the sparrow in her wandering and the swallow in her flight, so the curse does not come without a cause.
3 – A whip for the horse, a mouth-bit for the ass, and a rod for the back of the foolish.
4 – Do not give to the foolish man a foolish answer, or you will be like him.
5 – Give a foolish man a foolish answer, or he will seem wise to himself.
6 – He who sends news by the hand of a foolish man is cutting off his feet and drinking in damage.
7 – The legs of one who has no power of walking are hanging loose; so is a wise saying in the mouth of the foolish.
8 – Giving honour to a foolish man is like attempting to keep a stone fixed in a cord.
9 – Like a thorn which goes up into the hand of a man overcome by drink, so is a wise saying in the mouth of a foolish man.
10 – Like an archer wounding all who go by, is a foolish man overcome by drink.
11 – Like a dog going back to the food which he has not been able to keep down, is the foolish man doing his foolish acts over again.
12 – Have you seen a man who seems to himself to be wise? There is more hope for the foolish than for him.
13 – The hater of work says, There is a lion in the way; a lion is in the streets.
14 – A door is turned on its pillar, and the hater of work on his bed.
15 – The hater of work puts his hand deep into the basin: lifting it again to his mouth is a weariness to him.
16 – The hater of work seems to himself wiser than seven men who are able to give an answer with good sense.
17 – He who gets mixed up in a fight which is not his business, is like one who takes a dog by the ears while it is going by.
18 – As one who is off his head sends about flaming sticks and arrows of death,
19 – So is the man who gets the better of his neighbour by deceit, and says, Am I not doing so in sport?
20 – Without wood, the fire goes out; and where there is no secret talk, argument is ended.
21 – Like breath on coals and wood on fire, so a man given to argument gets a fight started.
22 – The words of one who says evil of his neighbour secretly are like sweet food, they go down into the inner parts of the stomach.
23 – Smooth lips and an evil heart are like a vessel of earth plated with silver waste.
24 – With his lips the hater makes things seem what they are not, but deceit is stored up inside him;
25 – When he says fair words, have no belief in him; for in his heart are seven evils:
26 – Though his hate is covered with deceit, his sin will be seen openly before the meeting of the people.
27 – He who makes a hole in the earth will himself go falling into it: and on him by whom a stone is rolled the stone will come back again.
28 – A false tongue has hate for those who have clean hearts, and a smooth mouth is a cause of falling.

Chapter 27

1 – Do not make a noise about tomorrow, for you are not certain what a day´s outcome may be.
2 – Let another man give you praise, and not your mouth; one who is strange to you, and not your lips.
3 – A stone has great weight, and sand is crushing; but the wrath of the foolish is of greater weight than these.
4 – Wrath is cruel, and angry feeling an overflowing stream; but who does not give way before envy?
5 – Better is open protest than love kept secret.
6 – The wounds of a friend are given in good faith, but the kisses of a hater are false.
7 – The full man has no use for honey, but to the man in need of food every bitter thing is sweet.
8 – Like a bird wandering from the place of her eggs is a man wandering from his station.
9 – Oil and perfume make glad the heart, and the wise suggestion of a friend is sweet to the soul.
10 – Do not give up your friend and your father´s friend; and do not go into your brother´s house in the day of your trouble: better is a neighbour who is near than a brother far off.
11 – My son, be wise and make my heart glad, so that I may give back an answer to him who puts me to shame.
12 – The sharp man sees the evil and takes cover: the simple go straight on and get into trouble.
13 – Take a man´s clothing if he makes himself responsible for a strange man, and get an undertaking from him who gives his word for strange men.
14 – He who gives a blessing to his friend with a loud voice, getting up early in the morning, will have it put to his account as a curse.
15 – Like an unending dropping on a day of rain is a bitter-tongued woman.
16 – He who keeps secret the secret of his friend, will get himself a name for good faith.
17 – Iron makes iron sharp; so a man makes sharp his friend.
18 – Whoever keeps a fig-tree will have its fruit; and the servant waiting on his master will be honoured.
19 – Like face looking at face in water, so are the hearts of men to one another.
20 – The underworld and Abaddon are never full, and the eyes of man have never enough.
21 – The heating-pot is for silver and the oven-fire for gold, and a man is measured by what he is praised for.
22 – Even if a foolish man is crushed with a hammer in a vessel among crushed grain, still his foolish ways will not go from him.
23 – Take care to have knowledge about the condition of your flocks, looking well after your herds;
24 – For wealth is not for ever, and money does not go on for all generations.
25 – The grass comes up and the young grass is seen, and the mountain plants are got in.
26 – The lambs are for your clothing, and the he-goats make the value of a field:
27 – There will be goats´ milk enough for your food, and for the support of your servant-girls.

Na graça de nosso Senhor Jesus,

Daniel Gavin
Diretor Geral – Ellen White Books
http://www.ellenwhite.com.br/
http://www.ellenwhitebooks.com/
http://www.ellenwhite.es/
http://www.ellenwhitebooks.es/

Esse post foi publicado em Não categorizado. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s