SANTIDADE

SANTIDADE

Segui a paz com todos e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor. Heb. 12:14.

Desde a eternidade, Deus escolheu homens para serem santos. “Esta é a vontade de Deus [a vosso respeito]: a vossa santificação.” I Tess. 4:3. O eco de Sua voz chega até nós, dizendo constantemente: “Mais santo, mais santo ainda.” E nossa resposta sempre deve ser: “Sim, Senhor, mais santo ainda.”

Homem algum recebe santidade como direito de nascimento ou como dádiva de qualquer outro ser humano. Santidade é dom de Deus por meio de Cristo. Os que recebem o Salvador tornam-se filhos de Deus. São Seus filhos espirituais, nascidos de novo, renovados em justiça e verdadeira santidade. A mente deles está mudada. Contemplam as realidades eternas com visão mais clara. São adotados na família de Deus, e tornam-se semelhantes a Sua imagem, mudados pelo Seu Espírito de glória em glória. De pessoas que dedicavam supremo amor a si mesmas, tornam-se pessoas que dedicam supremo amor a Deus e a Cristo.

“Justificados, pois, mediante a fé, temos paz com Deus por meio de nosso Senhor Jesus Cristo.” Rom. 5:1. Justificação significa perdão. Quer dizer que o coração, purificado de obras mortas, está preparado para receber a bênção da santificação. Deus nos disse o que precisamos fazer para receber esta bênção. “Desenvolvei a vossa salvação com temor e tremor; porque Deus é quem efetua em vós tanto o querer como o realizar, segundo a Sua boa vontade. Fazei tudo sem murmurações nem contendas; para que vos torneis irrepreensíveis e sinceros, filhos de Deus inculpáveis no meio de uma geração pervertida e corrupta, na qual resplandeceis como luzeiros no mundo.” Filip. 2:12-15.

amor de Deus, acalentado no coração e revelado nas palavras e nos atos, fará mais para elevar e enobrecer os seres humanos do que tudo o mais poderia fazer. Na vida de Cristo, este amor encontrou plena e completa expressão. Na cruz de Cristo, o Salvador fez expiação pela raça caída. Santidade é o fruto deste sacrifício. É porque Ele morreu por nós que nos é prometida essa grande dádiva. E Cristo almeja concedê-la a nós. Ele almeja tornar-nos participantes de Sua natureza. Almeja salvar os que, pelo pecado, se separaram de Deus. Convida-os a escolherem Seu serviço, a se colocarem inteiramente sob o Seu domínio, a aprenderem dEle como fazer a vontade de Deus. Signs of the Times, 17 de dezembro de 1902.

FONTE: http://reavivamentoereforma.com/santidade/

Esse post foi publicado em Não categorizado. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s