Ano Bíblico do dia 13/06/2011.

– Ano Bíblico (Português).:

Livro de Jó

Capítulo 35

1 – Disse mais Eliú:
2 – Tens por direito dizeres: Maior é a minha justiça do que a de Deus?
3 – Porque dizes: Que me aproveita? Que proveito tenho mais do que se eu tivera pecado?
4 – Eu te darei respostas, a ti e aos teus amigos contigo.
5 – Atenta para os céus, e vê; e contempla o firmamento que é mais alto do que tu.
6 – Se pecares, que efetuarás contra ele? Se as tuas transgressões se multiplicarem, que lhe farás com isso?
7 – Se fores justo, que lhe darás, ou que receberá ele da tua mão?
8 – A tua impiedade poderia fazer mal a outro tal como tu; e a tua justiça poderia aproveitar a um filho do homem.
9 – Por causa da multidão das opressões os homens clamam; clamam por socorro por causa do braço dos poderosos.
10 – Mas ninguém diz: Onde está Deus meu Criador, que inspira canções durante a noite;
11 – que nos ensina mais do que aos animais da terra, e nos faz mais sábios do que as aves do céu?
12 – Ali clamam, porém ele não responde, por causa da arrogância os maus.
13 – Certo é que Deus não ouve o grito da vaidade, nem para ela atentará o Todo-Poderoso.
14 – Quanto menos quando tu dizes que não o vês. A causa está perante ele; por isso espera nele.
15 – Mas agora, porque a sua ira ainda não se exerce, nem grandemente considera ele a arrogância,
16 – por isso abre Jó em vão a sua boca, e sem conhecimento multiplica palavras.

Capítulo 36

1 – Prosseguiu ainda Eliú e disse:
2 – Espera-me um pouco, e mostrar-te-ei que ainda há razões a favor de Deus.
3 – De longe trarei o meu conhecimento, e ao meu criador atribuirei a justiça.
4 – Pois, na verdade, as minhas palavras não serão falsas; contigo está um que tem perfeito conhecimento.
5 – Eis que Deus é mui poderoso, contudo a ninguém despreza; grande é no poder de entendimento.
6 – Ele não preserva a vida do ímpio, mas faz justiça aos aflitos.
7 – Do justo não aparta os seus olhos; antes com os reis no trono os faz sentar para sempre, e assim são exaltados.
8 – E se estão presos em grilhões, e amarrados com cordas de aflição,
9 – então lhes faz saber a obra deles, e as suas transgressões, porquanto se têm portado com soberba.
10 – E abre-lhes o ouvido para a instrução, e ordena que se convertam da iniqüidade.
11 – Se o ouvirem, e o servirem, acabarão seus dias em prosperidade, e os seus anos em delícias.
12 – Mas se não o ouvirem, à espada serão passados, e expirarão sem conhecimento.
13 – Assim os ímpios de coração amontoam, a sua ira; e quando Deus os põe em grilhões, não clamam por socorro.
14 – Eles morrem na mocidade, e a sua vida perece entre as prostitutas.
15 – Ao aflito livra por meio da sua aflição, e por meio da opressão lhe abre os ouvidos.
16 – Assim também quer induzir-te da angústia para um lugar espaçoso, em que não há aperto; e as iguarias da tua mesa serão cheias de gordura.
17 – Mas tu estás cheio do juízo do ímpio; o juízo e a justiça tomam conta de ti.
18 – Cuida, pois, para que a ira não te induza a escarnecer, nem te desvie a grandeza do resgate.
19 – Prevalecerá o teu clamor, ou todas as forças da tua fortaleza, para que não estejas em aperto?
20 – Não suspires pela noite, em que os povos sejam tomados do seu lugar.
21 – Guarda-te, e não declines para a iniqüidade; porquanto isso escolheste antes que a aflição.
22 – Eis que Deus é excelso em seu poder; quem é ensinador como ele?
23 – Quem lhe prescreveu o seu caminho? Ou quem poderá dizer: Tu praticaste a injustiça?
24 – Lembra-te de engrandecer a sua obra, de que têm cantado os homens.
25 – Todos os homens a vêem; de longe a contempla o homem.
26 – Eis que Deus é grande, e nós não o conhecemos, e o número dos seus anos não se pode esquadrinhar.
27 – Pois atrai a si as gotas de água, e do seu vapor as destila em chuva,
28 – que as nuvens derramam e gotejam abundantemente sobre o homem.
29 – Poderá alguém entender as dilatações das nuvens, e os trovões do seu pavilhão?
30 – Eis que ao redor de si estende a sua luz, e cobre o fundo do mar.
31 – Pois por estas coisas julga os povos e lhes dá mantimento em abundância.
32 – Cobre as mãos com o relâmpago, e dá-lhe ordem para que fira o alvo.
33 – O fragor da tempestade dá notícia dele; até o gado pressente a sua aproximação.

Capítulo 37

1 – Sobre isso também treme o meu coração, e salta do seu lugar.
2 – Dai atentamente ouvidos ao estrondo da voz de Deus e ao sonido que sai da sua boca.
3 – Ele o envia por debaixo de todo o céu, e o seu relâmpago até os confins da terra.
4 – Depois do relâmpago ruge uma grande voz; ele troveja com a sua voz majestosa; e não retarda os raios, quando é ouvida a sua voz.
5 – Com a sua voz troveja Deus maravilhosamente; faz grandes coisas, que nós não compreendemos.
6 – Pois à neve diz: Cai sobre a terra; como também às chuvas e aos aguaceiros: Sede copiosos.
7 – Ele sela as mãos de todo homem, para que todos saibam que ele os fez.
8 – E as feras entram nos esconderijos e ficam nos seus covis.
9 – Da recâmara do sul sai o tufão, e do norte o frio.
10 – Ao sopro de Deus forma-se o gelo, e as largas águas são congeladas.
11 – Também de umidade carrega as grossas nuvens; as nuvens espalham relâmpagos.
12 – Fazem evoluções sob a sua direção, para efetuar tudo quanto lhes ordena sobre a superfície do mundo habitável:
13 – seja para disciplina, ou para a sua terra, ou para beneficência, que as faça vir.
14 – A isto, Jó, inclina os teus ouvidos; pára e considera as obras maravilhosas de Deus.
15 – Sabes tu como Deus lhes dá as suas ordens, e faz resplandecer o relâmpago da sua nuvem?
16 – Compreendes o equilíbrio das nuvens, e as maravilhas daquele que é perfeito nos conhecimentos;
17 – tu cujas vestes são quentes, quando há calma sobre a terra por causa do vento sul?
18 – Acaso podes, como ele, estender o firmamento, que é sólido como um espelho fundido?
19 – Ensina-nos o que lhe diremos; pois nós nada poderemos pôr em boa ordem, por causa das trevas.
20 – Contar-lhe-ia alguém que eu quero falar. Ou desejaria um homem ser devorado?
21 – E agora o homem não pode olhar para o sol, que resplandece no céu quando o vento, tendo passado, o deixa limpo.
22 – Do norte vem o áureo esplendor; em Deus há tremenda majestade.
23 – Quanto ao Todo-Poderoso, não o podemos compreender; grande é em poder e justiça e pleno de retidão; a ninguém, pois, oprimirá.
24 – Por isso o temem os homens; ele não respeita os que se julgam sábios.

– Pergunta sobre o Ano Bíblico.:

Segundo Eliú, amigo de Jó, como se forma a geada?
Resposta: “pelo sopro de Deus” (Jó 37:10)

– Curiosidades Bíblicas.:

Quem matou um gigante que tinha 6 dedos em cada mão e em cada pé?
Resposta: Jônatas, irmão de Davi. II Samuel 21:20,21.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/biblia.asp?lista=1&livro=10&capitulo=21

– Versos Bíblicos.:

Senhor, Deus meu, confio, salva-me de todo o que me persegue, e livra-me; Salmos 7:1

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/biblia.asp?lista=1&livro=19&capitulo=7&verso=1

– Ano Bíblico (Espanhol).:

Libro de Jó

Capítulo 35

1 – Elihú Continuó diciendo:
2 – –¿Piensas que es correcto que digas: “Soy Más justo que Dios”?
3 – Porque has dicho: “¿Qué te importa a ti la ventaja que yo saque de mi pecado?”
4 – Yo te responderé con argumentos, a ti y a tus amigos contigo:
5 – Mira los cielos y observa; contempla las nubes, las cuales Están Más altas que Tú.
6 – Si pecas, ¿qué logras Tú contra él? Si tus rebeliones se multiplican, ¿qué le Podrás hacer a él?
7 – Si eres justo, ¿qué le Darás a él? ¿O qué Recibirá él de tu mano?
8 – Tu impiedad es para un hombre como Tú, y tu justicia para el ser humano.
9 – Claman a causa de la mucha Opresión; gritan a causa del Poderío de los grandes.
10 – Sin embargo, nadie pregunta: “¿Dónde Está Dios, mi Hacedor, que da canciones en la noche,
11 – que nos enseña por medio de los animales de la tierra, y que nos hace sabios mediante las aves de los cielos?”
12 – Allí claman, pero él no responde, a causa de la soberbia de los malos.
13 – Ciertamente Dios no escucha la falsedad; el Todopoderoso ni la mira.
14 – ¡Cuánto menos cuando dices que aunque no lo veas, tu causa Está delante de él, y que a él Tú esperas!
15 – Ahora bien, porque su ira no ha castigado, ni ha considerado de veras la Rebelión,
16 – vanamente ha abierto Job su boca, y sin conocimiento multiplica palabras.

Capítulo 36

1 – Y Elihú Siguió diciendo:
2 – –Espérame un poco, y te informaré, pues Aún tengo palabras a favor de Dios.
3 – Desde lejos traeré mi saber, y atribuiré justicia a mi Hacedor.
4 – Pues ciertamente mis palabras no son mentira; contigo Está alguien que es completo en conocimiento.
5 – He Aquí que Dios es poderoso, pero no desprecia a nadie. Es poderoso en la fuerza del entendimiento.
6 – No otorga vida al Impío, pero a los afligidos concede justicia.
7 – No aparta sus ojos de los justos; los hace sentar en tronos junto con los reyes para siempre, y los enaltece.
8 – Aunque estén presos con grilletes y atrapados con cuerdas de Aflicción,
9 – él les declara lo que han hecho, y sus transgresiones, pues ellos mismos se enaltecieron.
10 – El abre el Oído de ellos a la Corrección y manda que se vuelvan de la iniquidad.
11 – Si ellos escuchan y le sirven, Acabarán sus Días con bienestar y sus años con prosperidad.
12 – Pero si no escuchan, Serán traspasados por la lanza y Perecerán en su ignorancia.
13 – Pues los Impíos de Corazón acumulan ira; no Clamarán cuando él los ate.
14 – Ellos mismos Morirán en la juventud, y Acabarán sus vidas entre los pervertidos.
15 – El libra al afligido en su Aflicción; en medio de la Opresión abre sus Oídos.
16 – También te induce a salir de las fauces de la Tribulación a un lugar espacioso, libre de restricciones, al solaz de tu mesa llena de abundancia.
17 – Pero a ti, por estar lleno del juicio que merece el Impío, el juicio y la justicia te Echarán mano.
18 – Por lo cual teme, no sea que te tiente la abundancia, ni el mucho soborno te Desvíe.
19 – En la desgracia no te Ayudará tu clamor, ni todos tus esfuerzos.
20 – No anheles la noche, cuando los pueblos se desvanecen en su lugar.
21 – Cuídate de no volver a la iniquidad, porque eso escogiste Más que la Aflicción.
22 – He Aquí que Dios es exaltado en su poder. ¿Quién hay que enseñe como él?
23 – ¿Quién le ha prescrito su camino? ¿Quién le Dirá: “Has hecho maldad”?
24 – Acuérdate de engrandecer su obra, de la cual cantan los hombres.
25 – Todos los hombres la han visto; el ser humano la mira de lejos.
26 – He Aquí que Dios es tan sublime, que nosotros no le podemos conocer. Es inescrutable el Número de sus años.
27 – El atrae las gotas del agua y a la lluvia convierte en vapor,
28 – el cual destilan las nubes y chorrean en abundancia sobre los hombres.
29 – ¿Quién Podrá comprender de veras el despliegue de las nubes, y el tronar de su Bóveda?
30 – He Aquí que sobre ella despliega su luz, y cubre las profundidades del mar.
31 – Pues por medio de ellos gobierna a los pueblos y da comida en abundancia.
32 – Con sus manos cubre el rayo y le manda dar en su blanco.
33 – Su trueno anuncia su presencia; ciertamente tiene celo contra la iniquidad.

Capítulo 37

1 – También por esto tiembla mi Corazón y salta fuera de su lugar.
2 – Oíd atentamente el estruendo de su voz, el retumbo que sale de su boca.
3 – Debajo de todos los cielos lo desencadena y su Relámpago cubre los confines de la tierra.
4 – Después de él ruge el trueno; truena con su majestuosa voz. Cuando se oye su sonido, él no lo detiene.
5 – Dios truena maravillosamente con su voz; hace grandes cosas que no las podemos comprender.
6 – Pues a la nieve dice: “¡Desciende a la tierra!”; y a la lluvia y al aguacero: “¡Sed impetuosos, oh lluvia y aguaceros!”
7 – Pone su sello en la mano de todo hombre, para que todos los hombres reconozcan la obra suya.
8 – La fiera entra en su escondrijo y permanece en su guarida.
9 – El Huracán viene de su Cámara; y el Frío, de los vientos del norte.
10 – Por el soplo de Dios se forma el hielo, y se solidifica la Extensión de las aguas.
11 – El también recarga las nubes de humedad, y la nube dispersa sus Relámpagos.
12 – Por su designio las hace girar alrededor, para que realicen todo lo que les ordene sobre la faz de su mundo habitado.
13 – Unas veces como azote, otras veces por causa de su tierra y otras veces por misericordia él las hace aparecer.
14 – Presta Atención a esto, oh Job; detente y reflexiona en las obras maravillosas de Dios.
15 – ¿Sabes Tú Cómo las pone Dios y hace aparecer su nube luminosa?
16 – ¿Sabes Tú Cómo flotan las nubes, las maravillas de aquel que es perfecto en conocimiento?
17 – Tú, cuyas ropas quedan calientes cuando la tierra es silenciada a causa del viento del sur,
18 – ¿has extendido con él la Bóveda celeste, firme cual espejo de metal laminado?
19 – Muéstranos qué le hemos de decir, pues no podemos organizar nuestras ideas a causa de las tinieblas.
20 – ¿Habrá que informarle que yo he de hablar? ¿Se le ha de referir lo que diga el hombre?
21 – Y ahora, nadie puede mirar el sol que resplandece entre las nubes, cuando pasa el viento y las despeja.
22 – Del norte viene un dorado esplendor; alrededor de Dios hay una temible majestad.
23 – El Todopoderoso, a quien no podemos alcanzar, es sublime en poder y en justicia. Es grande en rectitud; no oprime.
24 – Por tanto, le temen los hombres. El no mira a ninguno de los que se creen sabios.

– Ano Bíblico (Inglês).:

Book of Jó

Chapter 35

1 – And Elihu made answer and said,
2 – Does it seem to you to be right, and righteousness before God, to say,
3 – What profit is it to me, and how am I better off than if I had done wrong?
4 – I will make answer to you and to your friends:
5 – Let your eyes be turned to the heavens, and lifted up to see the skies; they are higher than you.
6 – If you have done wrong, is he any the worse for it? and if your sins are great in number, what is it to him?
7 – If you are upright, what do you give to him? or what does he take from your hand?
8 – Your evil-doing may have an effect on a man like yourself, or your righteousness on a son of man.
9 – Because the hand of the cruel is hard on them, men are making sounds of grief; they are crying out for help because of the arm of the strong.
10 – But no one has said, Where is God my Maker, who gives songs in the night;
11 – Who gives us more knowledge than the beasts of the earth, and makes us wiser than the birds of the heaven?
12 – There they are crying out because of the pride of the evil-doers, but he gives them no answer.
13 – But God will not give ear to what is false, or the Ruler of all take note of it;
14 – How much less when you say that you do not see him; that the cause is before him, and you are waiting for him.
15 – And now … ;
16 – And Job´s mouth is open wide to give out what is of no profit, increasing words without knowledge.

Chapter 36

1 – And Elihu went on to say,
2 – Give me a little more time, and I will make it clear to you; for I have still something to say for God.
3 – I will get my knowledge from far, and I will give righteousness to my Maker.
4 – For truly my words are not false; one who has all knowledge is talking with you.
5 – Truly, God gives up the hard-hearted, and will not give life to the sinner.
6 – His eyes are ever on the upright, and he gives to the crushed their right;
7 – Lifting them up to the seat of kings, and making them safe for ever.
8 – And if they have been prisoned in chains, and taken in cords of trouble,
9 – Then he makes clear to them what they have done, even their evil works in which they have taken pride.
10 – Their ear is open to his teaching, and he gives them orders so that their hearts may be turned from evil.
11 – If they give ear to his voice, and do his word, then he gives them long life, and years full of pleasure.
12 – But if not, they come to their end, and give up their breath without knowledge.
13 – Those who have no fear of God keep wrath stored up in their hearts; they give no cry for help when they are made prisoners.
14 – They come to their end while they are still young, their life is short like that of those who are used for sex purposes in the worship of their gods.
15 – He makes the wrong done to the poor the way of their salvation, opening their ears by their trouble.
16 – …
17 – …
18 – …
19 – …
20 – …
21 – Take care not to be turned to sin, for you have taken evil for your part in place of sorrow.
22 – Truly God is lifted up in strength; who is a ruler like him?
23 – Who ever gave orders to him, or said to him, You have done wrong?
24 – See that you give praise to his work, about which men make songs.
25 – All people are looking on it; man sees it from far.
26 – Truly, God is great, greater than all our knowledge; the number of his years may not be searched out.
27 – For he takes up the drops from the sea; he sends them through his mist as rain,
28 – Flowing down from the sky, and dropping on the peoples.
29 – And who has knowledge of how the clouds are stretched out, or of the thunders of his tent?
30 – See, he is stretching out his mist, covering the tops of the mountains with it.
31 – For by these he gives food to the peoples, and bread in full measure.
32 – He takes the light in his hands, sending it against the mark.
33 – The thunder makes clear his passion, and the storm gives news of his wrath.

Chapter 37

1 – At this my heart is shaking; it is moved out of its place.
2 – Give ear to the rolling noise of his voice; to the hollow sound which goes out of his mouth.
3 – He sends it out through all the heaven, and his thunder-flame to the ends of the earth.
4 – After it a voice is sounding, thundering out the word of his power; he does not keep back his thunder-flames; from his mouth his voice is sounding.
5 – He does wonders, more than may be searched out; great things of which we have no knowledge;
6 – For he says to the snow, Make the earth wet; and to the rain-storm, Come down.
7 – He puts an end to the work of every man, so that all may see his work.
8 – Then the beasts go into their holes, and take their rest.
9 – Out of its place comes the storm-wind, and the cold out of its store-houses.
10 – By the breath of God ice is made, and the wide waters are shut in.
11 – The thick cloud is weighted with thunder-flame, and the cloud sends out its light;
12 – And it goes this way and that, round about, turning itself by his guiding, to do whatever he gives orders to be done, on the face of his world of men,
13 – For a rod, or for a curse, or for mercy, causing it to come on the mark.
14 – Give ear to this, O Job, and keep quiet in your place; and take note of the wonders worked by God.
15 – Have you knowledge of God´s ordering of his works, how he makes the light of his cloud to be seen?
16 – Have you knowledge of the balancings of the clouds, the wonders of him who has all wisdom?
17 – You, whose clothing is warm, when the earth is quiet because of the south wind,
18 – Will you, with him, make the skies smooth, and strong as a polished looking-glass?
19 – Make clear to me what we are to say to him; we are unable to put our cause before him, because of the dark.
20 – How may he have knowledge of my desire for talk with him? or did any man ever say, May destruction come on me?
21 – And now the light is not seen, for it is dark because of the clouds; but a wind comes, clearing them away.
22 – A bright light comes out of the north; God´s glory is greatly to be feared.
23 – There is no searching out of the Ruler of all: his strength and his judging are great; he is full of righteousness, doing no wrong.
24 – For this cause men go in fear of him; he has no respect for any who are wise in heart.

Na graça de nosso Senhor Jesus,

Daniel Gavin
Diretor Geral – Ellen White Books
http://www.ellenwhite.com.br/
http://www.ellenwhitebooks.com/
http://www.ellenwhite.es/
http://www.ellenwhitebooks.es/

Esse post foi publicado em Não categorizado. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s