Ano Bíblico do dia 10/06/2011.

– Ano Bíblico (Português).:

Livro de Jó

Capítulo 25

1 – Então respondeu Bildade, o suíta:
2 – Com Deus estão domínio e temor; ele faz reinar a paz nas suas alturas.
3 – Acaso têm número os seus exércitos? E sobre quem não se levanta a sua luz?
4 – Como, pois, pode o homem ser justo diante de Deus, e como pode ser puro aquele que nasce da mulher?
5 – Eis que até a lua não tem brilho, e as estrelas não são puras aos olhos dele;
6 – quanto menos o homem, que é um verme, e o filho do homem, que é um vermezinho!

Capítulo 26

1 – Então Jó respondeu:
2 – Como tens ajudado ao que não tem força e sustentado o braço que não tem vigor!
3 – como tens aconselhado ao que não tem sabedoria, e plenamente tens revelado o verdadeiro conhecimento!
4 – Para quem proferiste palavras? E de quem é o espírito que saiu de ti?
5 – Os mortos tremem debaixo das águas, com os que ali habitam.
6 – O Seol está nu perante Deus, e não há coberta para o Abadom.
7 – Ele estende o norte sobre o vazio; suspende a terra sobre o nada.
8 – Prende as águas em suas densas nuvens, e a nuvem não se rasga debaixo delas.
9 – Encobre a face do seu trono, e sobre ele estende a sua nuvem.
10 – Marcou um limite circular sobre a superfície das águas, onde a luz e as trevas se confinam.
11 – As colunas do céu tremem, e se espantam da sua ameaça.
12 – Com o seu poder fez sossegar o mar, e com o seu entendimento abateu a Raabe.
13 – Pelo seu sopro ornou o céu; a sua mão traspassou a serpente veloz.
14 – Eis que essas coisas são apenas as orlas dos seus caminhos; e quão pequeno é o sussurro que dele, ouvimos! Mas o trovão do seu poder, quem o poderá entender?

Capítulo 27

1 – E prosseguindo Jó em seu discurso, disse:
2 – Vive Deus, que me tirou o direito, e o Todo-Poderoso, que me amargurou a alma;
3 – enquanto em mim houver alento, e o sopro de Deus no meu nariz,
4 – não falarão os meus lábios iniqüidade, nem a minha língua pronunciará engano.
5 – Longe de mim que eu vos dê razão; até que eu morra, nunca apartarei de mim a minha integridade.
6 – À minha justiça me apegarei e não a largarei; o meu coração não reprova dia algum da minha vida.
7 – Seja como o ímpio o meu inimigo, e como o perverso aquele que se levantar contra mim.
8 – Pois qual é a esperança do ímpio, quando Deus o cortar, quando Deus lhe arrebatar a alma?
9 – Acaso Deus lhe ouvirá o clamor, sobrevindo-lhe a tribulação?
10 – Deleitar-se-á no Todo-Poderoso, ou invocará a Deus em todo o tempo?
11 – Ensinar-vos-ei acerca do poder de Deus, e não vos encobrirei o que está com o Todo-Poderoso.
12 – Eis que todos vós já vistes isso; por que, pois, vos entregais completamente à vaidade?
13 – Esta é da parte de Deus a porção do ímpio, e a herança que os opressores recebem do Todo-Poderoso:
14 – Se os seus filhos se multiplicarem, será para a espada; e a sua prole não se fartará de pão.
15 – Os que ficarem dele, pela peste serão sepultados, e as suas viúvas não chorarão.
16 – Embora amontoe prata como pó, e acumule vestes como barro,
17 – ele as pode acumular, mas o justo as vestirá, e o inocente repartirá a prata.
18 – A casa que ele edifica é como a teia da aranha, e como a cabana que o guarda faz.
19 – Rico se deita, mas não o fará mais; abre os seus olhos, e já se foi a sua riqueza.
20 – Pavores o alcançam como um dilúvio; de noite o arrebata a tempestade.
21 – O vento oriental leva-o, e ele se vai; sim, varre-o com ímpeto do seu lugar:
22 – Pois atira contra ele, e não o poupa, e ele foge precipitadamente do seu poder.
23 – Bate palmas contra ele, e assobia contra ele do seu lugar.

Capítulo 28

1 – Na verdade, há minas donde se extrai a prata, e também lugar onde se refina o ouro:
2 – O ferro tira-se da terra, e da pedra se funde o cobre.
3 – Os homens põem termo às trevas, e até os últimos confins exploram as pedras na escuridão e nas trevas mais densas.
4 – Abrem um poço de mina longe do lugar onde habitam; são esquecidos pelos viajantes, ficando pendentes longe dos homens, e oscilam de um lado para o outro.
5 – Quanto à terra, dela procede o pão, mas por baixo é revolvida como por fogo.
6 – As suas pedras são o lugar de safiras, e têm pó de ouro.
7 – A ave de rapina não conhece essa vereda, e não a viram os olhos do falcão.
8 – Nunca a pisaram feras altivas, nem o feroz leão passou por ela.
9 – O homem estende a mão contra a pederneira, e revolve os montes desde as suas raízes.
10 – Corta canais nas pedras, e os seus olhos descobrem todas as coisas preciosas.
11 – Ele tapa os veios d’água para que não gotejem; e tira para a luz o que estava escondido.
12 – Mas onde se achará a sabedoria? E onde está o lugar do entendimento?
13 – O homem não lhe conhece o caminho; nem se acha ela na terra dos viventes.
14 – O abismo diz: Não está em mim; e o mar diz: Ela não está comigo.
15 – Não pode ser comprada com ouro fino, nem a peso de prata se trocará.
16 – Nem se pode avaliar em ouro fino de Ofir, nem em pedras preciosas de berilo, ou safira.
17 – Com ela não se pode comparar o ouro ou o vidro; nem se trocara por jóias de ouro fino.
18 – Não se fará menção de coral nem de cristal; porque a aquisição da sabedoria é melhor que a das pérolas.
19 – Não se lhe igualará o topázio da Etiópia, nem se pode comprar por ouro puro.
20 – Donde, pois, vem a sabedoria? Onde está o lugar do entendimento?
21 – Está encoberta aos olhos de todo vivente, e oculta às aves do céu.
22 – O Abadom e a morte dizem: Ouvimos com os nossos ouvidos um rumor dela.
23 – Deus entende o seu caminho, e ele sabe o seu lugar.
24 – Porque ele perscruta até as extremidades da terra, sim, ele vê tudo o que há debaixo do céu.
25 – Quando regulou o peso do vento, e fixou a medida das águas;
26 – quando prescreveu leis para a chuva e caminho para o relâmpago dos trovões;
27 – então viu a sabedoria e a manifestou; estabeleceu-a, e também a esquadrinhou.
28 – E disse ao homem: Eis que o temor do Senhor é a sabedoria, e o apartar-se do mal é o entendimento.

– Pergunta sobre o Ano Bíblico.:

Onde está escrito, no livro de Jó, que Deus regulou o peso do vento?
Resposta: Jó 28:25

– Curiosidades Bíblicas.:

Quais os 2 homens que, ajudados por uma mulher, se enconderam em um poço, conseguindo, assim, enganar os seus inimigos?
Resposta: Jônatas e Aimaás. II Samuel 17:17,18,19,20,21.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/biblia.asp?lista=1&livro=10&capitulo=17

– Versos Bíblicos.:

Tem compaixão de mim, Senhor, porque sou fraco; sara-me, Senhor, porque os meus ossos estão perturbados. Salmos 6:2

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/biblia.asp?lista=1&livro=19&capitulo=6&verso=2

– Ano Bíblico (Espanhol).:

Libro de Jó

Capítulo 25

1 – Entonces intervino Bildad el sujita y dijo:
2 – –El dominio y el terror son de Dios; él hace la paz en sus alturas.
3 – ¿Tienen Número sus tropas? ¿Sobre quién no se levanta su luz?
4 – ¿Cómo puede el hombre ser justo ante Dios? ¿Cómo Será limpio el que nace de mujer?
5 – Si ni la misma luna le resplandece ni aun las estrellas son puras ante sus ojos,
6 – ¡Cuánto menos el hombre, que es una larva; el ser humano, que es un gusano!

Capítulo 26

1 – Entonces Respondió Job y dijo:
2 – –¿En qué has ayudado al que no tiene poder o librado al brazo que no tiene fuerza?
3 – ¿Qué has aconsejado al que no tiene Sabiduría? ¿Qué sano conocimiento has enseñado en plenitud?
4 – ¿Con la ayuda de quién has pronunciado palabras, y de quién es el Espíritu que habla en ti?
5 – Tiemblan las sombras de los muertos, debajo de las aguas y de los que las habitan.
6 – El Seol Está desnudo delante de Dios, y el Abadón no tiene cubierta.
7 – El despliega el norte sobre el Vacío y suspende la tierra sobre la nada.
8 – El encierra las aguas en sus nubes, y las nubes no se rompen a causa de ellas.
9 – El cubre la faz de la luna llena, y sobre ella extiende una nube.
10 – El Trazó el horizonte sobre la faz de las aguas, hasta el Límite de la luz con las tinieblas.
11 – Las columnas de los cielos se estremecen y Están Atónitas ante su Reprensión.
12 – El Aquietó el mar con su poder, y con su entendimiento Aniquiló a Rahab.
13 – Con su soplo Despejó los cielos, y su mano Atravesó a la serpiente furtiva.
14 – He Aquí, éstos son tan Sólo los bordes de sus caminos. ¡Cuán leve murmullo hemos Oído de él! Pero el trueno de su Poderío, ¿quién lo Podrá comprender?

Capítulo 27

1 – Job Continuó su discurso y dijo:
2 – –¡Vive Dios, quien ha quitado mi derecho; y el Todopoderoso, que ha amargado mi alma,
3 – que mientras haya aliento en Mí y el Hálito de Dios esté en mi nariz,
4 – mis labios no Hablarán perversidad, ni mi lengua Proferirá engaño!
5 – ¡Lejos esté de Mí el daros la Razón! Hasta que muera, no renunciaré a mi integridad.
6 – Me he aferrado a mi rectitud y no la cederé. No me Reprochará mi Corazón mientras viva.
7 – Sea como el Impío mi enemigo, y como el inicuo el que se levanta contra Mí.
8 – Porque, ¿qué esperanza tiene el Impío, por mucho que gane, si Dios le despoja de su vida?
9 – ¿Escuchará Dios su clamor, cuando le sobrevenga la calamidad?
10 – ¿Se Deleitará en el Todopoderoso? ¿Invocará a Dios en todo tiempo?
11 – Yo os enseñaré acerca del poder de Dios; no ocultaré lo que concierne al Todopoderoso.
12 – Si todos vosotros lo habéis visto, ¿por qué os hacéis tan vanos?
13 – Esta es la Porción de parte de Dios para el hombre Impío, la heredad que los tiranos Recibirán de parte del Todopoderoso:
14 – Aunque sus hijos se hayan multiplicado, Serán para la espada; y sus Vástagos no se Saciarán de pan.
15 – Sus sobrevivientes Serán sepultados por la plaga, y sus viudas no Llorarán.
16 – Si amontona plata como polvo, y si prepara ropa como barro,
17 – él la Preparará, pero el justo se Vestirá con ella, y el inocente Repartirá la plata.
18 – Como la araña edifica él su casa, como la cabaña que hace un Guardián.
19 – Se Acostará rico, pero Dejará de serlo; Abrirá sus ojos, y todo Habrá desaparecido.
20 – Los terrores lo Alcanzarán como aguas; el Huracán lo Arrebatará de noche.
21 – El viento oriental lo Levantará, y se Irá; Así lo Arrancará de su lugar.
22 – Dios Descargará contra él y no Tendrá Compasión, y él se Esforzará para escapar de su poder.
23 – Contra él Batirá las manos, y Silbará contra él desde su lugar.

Capítulo 28

1 – Ciertamente la plata tiene su mina, y el oro un lugar donde lo refinan;
2 – el hierro se extrae del polvo, y el cobre es fundido de la piedra.
3 – El hombre pone fin a la oscuridad, y examina en los lugares Más Recónditos las piedras de la oscuridad y de las tinieblas.
4 – Abre socavones en las minas, lejos de las poblaciones, olvidados por el pie del ser humano; Allí se descuelgan y se balancean.
5 – La tierra, de la cual proviene el pan, pero cuyo interior se transforma como con fuego,
6 – es el lugar cuyas piedras son de zafiro y cuyo polvo es de oro.
7 – Es una senda que el ave de rapiña no conoce, ni Jamás ha mirado el ojo del Halcón.
8 – Nunca la han pisoteado fieras arrogantes, ni por ella Caminó el León.
9 – El hombre extiende su mano hacia el pedernal, y trastorna de Raíz las montañas.
10 – Abre canales en las rocas, y sus ojos ven todo lo preciado.
11 – Detiene los Ríos en sus fuentes, y hace que lo secreto salga a la luz.
12 – Pero, ¿Dónde se Hallará la Sabiduría? ¿Dónde Está el lugar del entendimiento?
13 – El hombre no conoce el valor de ella; no se halla en la tierra de los vivientes.
14 – El océano dice: “Ella no Está en Mí.” El mar dice: “Tampoco Está conmigo.”
15 – Por ella no se Dará oro fino, ni por su precio se Pesará plata.
16 – No se puede pagar por ella con oro de Ofir, ni con ónice precioso, ni con zafiro.
17 – Ni el oro ni el cristal son comparables a ella; no Será dada a cambio de objetos de oro fino.
18 – El coral y el cristal de roca, ni mencionarlos; pues el valor de la Sabiduría es mayor que el de las perlas.
19 – No Será comparado con ella el topacio de Etiopía, ni se puede pagar por ella con oro fino.
20 – ¿De Dónde, pues, proviene la Sabiduría? ¿Dónde Está el lugar del entendimiento?
21 – Está encubierto a los ojos de todo ser viviente; les Está oculto a todas las aves del cielo.
22 – El Abadón y la Muerte dicen: “Su fama hemos Oído con nuestros Oídos.”
23 – Sólo Dios entiende el camino de ella; él conoce su lugar.
24 – Porque él contempla los confines de la tierra y ve debajo de todos los cielos.
25 – Cuando él le dio peso al viento y Determinó la medida de las aguas,
26 – cuando le dio estatuto a la lluvia y camino a Relámpagos y truenos,
27 – entonces él la vio y la Declaró; la Estableció y también la Escudriñó.
28 – Y dijo al hombre: “Ciertamente el temor del Señor es la Sabiduría, y el apartarse del mal es el entendimiento.”

– Ano Bíblico (Inglês).:

Book of Jó

Chapter 25

1 – Then Bildad the Shuhite made answer and said,
2 – Rule and power are his; he makes peace in his high places.
3 – Is it possible for his armies to be numbered? and on whom is not his light shining?
4 – How then is it possible for man to be upright before God? or how may he be clean who is a son of woman?
5 – See, even the moon is not bright, and the stars are not clean in his eyes:
6 – How much less man who is an insect, and the son of man who is a worm!

Chapter 26

1 – Then Job made answer and said,
2 – How have you given help to him who has no power! how have you been the salvation of the arm which has no strength!
3 – How have you given teaching to him who has no wisdom, and fully made clear true knowledge!
4 – To whom have your words been said? and whose spirit came out from you?
5 – The shades in the underworld are shaking; the waters and those living in them.
6 – The underworld is uncovered before him, and Destruction has no veil.
7 – By his hand the north is stretched out in space, and the earth is hanging on nothing.
8 – By him the waters are shut up in his thick clouds, and the cloud does not give way under them.
9 – By him the face of his high seat is veiled, and his cloud stretched out over it.
10 – By him a circle is marked out on the face of the waters, to the limits of the light and the dark.
11 – The pillars of heaven are shaking, and are overcome by his sharp words.
12 – By his power the sea was made quiet; and by his wisdom Rahab was wounded.
13 – By his wind the heavens become bright: by his hand the quickly moving snake was cut through.
14 – See, these are only the outskirts of his ways; and how small is that which comes to our ears about him! But the thunder of his acts of power is outside all knowledge.

Chapter 27

1 – And Job again took up the word and said,
2 – By the life of God, who has taken away my right; and of the Ruler of all, who has made my soul bitter;
3 – (For all my breath is still in me, and the spirit of God is my life;)
4 – Truly, there is no deceit in my lips, and my tongue does not say what is false.
5 – Let it be far from me! I will certainly not say that you are right! I will come to death before I give up my righteousness.
6 – I will keep it safe, and will not let it go: my heart has nothing to say against any part of my life.
7 – Let my hater be like the evil man, and let him who comes against me be as the sinner.
8 – For what is the hope of the sinner when he is cut off, when God takes back his soul?
9 – Will his cry come to the ears of God when he is in trouble?
10 – Will he take delight in the Ruler of all, and make his prayer to God at all times?
11 – I will give you teaching about the hand of God; I will not keep secret from you what is in the mind of the Ruler of all.
12 – Truly, you have all seen it yourselves; why then have you become completely foolish?
13 – This is the punishment of the evil-doer from God, and the heritage given to the cruel by the Ruler of all.
14 – If his children are increased, it is for the sword; and his offspring have not enough bread.
15 – When those of his house who are still living come to their end by disease, they are not put into the earth, and their widows are not weeping for them.
16 – Though he may get silver together like dust, and make ready great stores of clothing;
17 – He may get them ready, but the upright will put them on, and he who is free from sin will take the silver for a heritage.
18 – His house has no more strength than a spider´s thread, or a watchman´s tent.
19 – He goes to rest full of wealth, but does so for the last time: on opening his eyes, he sees it there no longer.
20 – Fears overtake him like rushing waters; in the night the storm-wind takes him away.
21 – The east wind takes him up and he is gone; he is forced violently out of his place.
22 – God sends his arrows against him without mercy; he goes in flight before his hand.
23 – Men make signs of joy because of him, driving him from his place with sounds of hissing.

Chapter 28

1 – Truly there is a mine for silver, and a place where gold is washed out.
2 – Iron is taken out of the earth, and stone is changed into brass by the fire.
3 – Man puts an end to the dark, searching out to the farthest limit the stones of the deep places of the dark.
4 – He makes a deep mine far away from those living in the light of day; when they go about on the earth, they have no knowledge of those who are under them, who are hanging far from men, twisting from side to side on a cord.
5 – As for the earth, bread comes out of it; but under its face it is turned up as if by fire.
6 – Its stones are the place of sapphires, and it has dust of gold.
7 – No bird has knowledge of it, and the hawk´s eye has never seen it.
8 – The great beasts have not gone over it, and the cruel lion has not taken that way.
9 – Man puts out his hand on the hard rock, overturning mountains by the roots.
10 – He makes deep ways, cut through the rock, and his eye sees everything of value.
11 – He keeps back the streams from flowing, and makes the secret things come out into the light.
12 – But where may wisdom be seen? and where is the resting-place of knowledge?
13 – Man has not seen the way to it, and it is not in the land of the living.
14 – The deep waters say, It is not in me: and the sea says, It is not with me.
15 – Gold may not be given for it, or a weight of silver in payment for it.
16 – It may not be valued with the gold of Ophir, with the onyx of great price, or the sapphire.
17 – Gold and glass are not equal to it in price, and it may not be exchanged for jewels of the best gold.
18 – There is no need to say anything about coral or crystal; and the value of wisdom is greater than that of pearls.
19 – The topaz of Ethiopia is not equal to it, and it may not be valued with the best gold.
20 – From where then does wisdom come, and where is the resting-place of knowledge?
21 – For it is kept secret from the eyes of all living, unseen by the birds of the air.
22 – Destruction and Death say, We have only had word of it with our ears.
23 – God has knowledge of the way to it, and of its resting-place;
24 – For his eyes go to the ends of the earth, and he sees everything under heaven.
25 – When he made a weight for the wind, measuring out the waters;
26 – When he made a law for the rain, and a way for the thunder-flames;
27 – Then he saw it, and put it on record; he gave it its fixed form, searching it out completely.
28 – And he said to man, Truly the fear of the Lord is wisdom, and to keep from evil is the way to knowledge.

Na graça de nosso Senhor Jesus,

Daniel Gavin
Diretor Geral – Ellen White Books
http://www.ellenwhite.com.br/
http://www.ellenwhitebooks.com/
http://www.ellenwhite.es/
http://www.ellenwhitebooks.es/

Esse post foi publicado em Não categorizado. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s