Bulício nas Cidades

– Meditação Matinal de EGW (Português).:

Bulício nas Cidades

“Alas os homens perversos e impostores irão de mal a pior, enganando e sendo enganados”. II Tim. 3-13.
Não era desígnio de Deus que Seu povo se aglomerasse nas cidades, amontoados em terraços e cortiços. No princípio Ele colocou nossos primeiros pais num jardim, em meio das belas cenas e dos atraentes sons da Natureza, e deseja que os homens se deleitem hoje em dia com estas cenas e sons. – 7 T, 87.
Foi-me revelado que as cidades se encherão de confusão, violência e crime, e que estas coisas aumentarão até ao fim da história da Terra. – 3TS, 115.
É tempo de nosso povo tirar suas famílias das cidades, levando-as para localidades mais retiradas; do contrário muitos dos jovens e também muitos de mais idade serão enredados e apanhados pelo inimigo. – ST, 101.
“Saí das cidades, saí das cidades!” – esta é a mensagem do Senhor que me foi dada”. – VC, 35.
O bulício e a confusão que enchem essas cidades, as condições que nelas criam as uniões trabalhistas e as greves, tornar-se-ão grande desvantagem para a nossa obra. Buscam os homens conseguir que os elementos empenhados em diferentes profissões se filiem a certas uniões. Esse não é o plano de Deus, mas dum poder que não devemos jamais reconhecer. A Palavra de Deus se está cumprindo; estão-se os ímpios ajuntando em molhos, prontos para serem queimados.
Devemos empregar agora toda a capacidade que nos foi confiada, no sentido de transmitir para o mundo a grande mensagem de advertência. Nesta obra, cumpre-nos preservar a nossa individualidade. Não nos devemos associar a sociedades secretas nem a uniões trabalhistas. Devemos permanecer livres perante Deus, à espera constante de instruções de Cristo. – 3 TS, 115.
As cidades ímpias do nosso mundo serão varridas pela vassoura da destruição. Nas calamidades que agora atingem edifícios imensos e grandes distritos das cidades, Deus nos está mostrando o que irá acontecer em toda a Terra. Ele nos disse: “Aprendei, pois, esta parábola da figueira: Quando já os seus ramos se tornam tenros e brotam folhas, sabeis que está próximo o verão; igualmente, quando virdes todas estas coisas, sabei que Ele [Cristo em Sua vinda] está próximo, às portas”. S. Mat. 24:32 e 33. – 3TS, 115.
Ano Bíblico: II Crôn. 10:13 – Juvenis: II Crôn. 36.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=100&p=139

– Meditação Matinal de EGW (Espanhol).:

TUMULTOS EN LAS CIUDADES

Mas los malos hombres y los engañadores irán de mal en peor, engañando y siendo engañados. (2 Tim. 3: 13).
No era el propósito de Dios que sus hijos se apiñaran en ciudades, para vivir amontonados desordenadamente en casas de departamentos. En el principio puso a nuestros primeros padres en un jardín en medio de los hermosos panoramas y suaves sonidos de la naturaleza, y desea que sus hijos se deleiten hoy con esos panoramas y sonidos.*
Me ha sido mostrado que las ciudades se llenarán de confusión, violencia y crímenes; y que todas estas cosas aumentarán hasta el fin de la historia del mundo.*
Es tiempo que nuestros hermanos lleven a sus familias lejos de las ciudades a localidades más retiradas, si no muchos jóvenes, y también personas de más edad, serán entrampados y llevados por el enemigo.*
¡Salid de las ciudades! ¡Salid de las ciudades! Este es el mensaje que el Señor me ha estado dando.*
El ruido y el bullicio que las llenan, las condiciones que en ellas crean los sindicatos y las huelgas, impedirán nuestra obra. Ciertos hombres tratan de lograr que los obreros de diferentes oficios se agremien. Tal no es el plan de Dios, sino el de un poder que de ningún modo debemos reconocer. La Palabra de Dios se cumple: Los malos se están atando a sí mismos en manojos, preparándose para ser quemados.
Debemos emplear ahora todas las capacidades que se nos han confiado para dar al mundo el último mensaje de misericordia. En esta obra debemos conservar nuestra individualidad. No debemos unirnos a sociedades secretas ni a sindicatos. Debemos permanecer libres en Dios y mirar constantemente a Jesús. . .
Las impías ciudades de nuestro mundo serán destruidas. Mediante las catástrofes que ocasionan actualmente la ruina de grandes edificios jade barrios enteros, Dios nos muestra lo que acontecerá en toda la tierra. Nos ha dicho: “De la higuera aprended la parábola: Cuando ya su rama está tierna, y brotan las hojas, sabéis que el verano está cerca. Así también vosotros, cuando veáis todas estas cosas, conoced que [el Hijo del hombre] está cerca, a las puertas” (Mat. 24: 32, 33).*

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=101&p=139

– Meditação Matinal de EGW (Inglês).:

May 13 – Turmoil in the Cities

Evil men and seducers shall wax worse and worse, deceiving, and being deceived. 2 Tim. 3:13.
It was not God”s purpose that His people should be crowded into cities, huddled together in terraces and tenements. In the beginning He placed our first parents in a garden amidst the beautiful sights and attractive sounds of nature, and these sights and sounds He desires men to rejoice in today. {Mar 141.1}
Light has been given me that the cities will be filled with confusion, violence, and crime, and that these things will increase till the end of this earth”s history. {Mar 141.2}
It is time for our people to take their families from the cities into more retired localities, else many of the youth, and many also of those older in years, will be ensnared and taken by the enemy. {Mar 141.3}
“Out of the cities; out of the cities!”–this is the message the Lord has been giving me. {Mar 141.4}
The turmoil and confusion that fill these cities, the conditions brought about by the labour unions and the strikes, would prove a great hindrance to our work. Men are seeking to bring those engaged in the different trades under bondage to certain unions. This is not God”s planning, but the planning of a power that we should in no wise acknowledge. God”s word is fulfilling; the wicked are binding themselves up in bundles ready to be burned. {Mar 141.5}
We are now to use all our entrusted capabilities in giving the last warning message to the world. In this work we are to preserve our individuality. We are not to unite with secret societies or with trade-unions. We are to stand free in God, looking constantly to Christ. {Mar 141.6}
The ungodly cities of our world are to be swept away by the besom of destruction. In the calamities that are now befalling immense buildings and large portions of cities God is showing us what will come upon the whole earth. He has told us: “Now learn a parable of the fig tree; When his branch is yet tender, and putteth forth leaves, ye know that summer is nigh: so likewise ye, when ye shall see all these things, know that it [the coming of the Son of man] is near, even at the doors.” Matthew 24:32, 33. {Mar 141.7}

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=129&p=139

Na graça de nosso Senhor Jesus,

Daniel Gavin
Diretor Geral – Ellen White Books
http://www.ellenwhite.com.br/
http://www.ellenwhitebooks.com/
http://www.ellenwhite.es/
http://www.ellenwhitebooks.es/

Esse post foi publicado em Não categorizado. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s