Estudio Diario – Adultos – “La Escuela en el Aire” (Escola no Ar)

Clique no título da lição cujo comentário deseja acessar:
1 º Trimestre de – 2011 – “Jesús Lloró” – La Biblia y las Emociones Humanas

Lição 01 – Las Emociones | de 25/12/2010 a 31/12/2010

Lição 02 – La Provisión Divina para la Ansiedad | de 1/1/2011 a 7/1/2011

Lição 03 – El Estrés | de 8/1/2011 a 14/1/2011

Lição 04 – Las Relaciones | de 15/1/2011 a 21/1/2011

Lição 05 – La Culpa | de 22/1/2011 a 28/1/2011

Lição 06 – Los Buenos Pensamientos | de 29/1/2011 a 4/2/2011

Lição 07 – Esperanza Contra la Depresión | de 5/2/2011 a 11/2/2011

Lição 08 – La Resiliencia | de 12/2/2011 a 18/2/2011

Lição 09 – La Estima Propia | de 19/2/2011 a 25/2/2011

Lição 10 – Los Celos | de 26/2/2011 a 4/3/2011

Lição 11 – Libertad de Adicciones | de 5/3/2011 a 11/3/2011

Lição 12 – La Naturaleza Como Fuente de Salud | de 12/3/2011 a 18/3/2011

Lição 13 – Asociación con Jesús | de 19/3/2011 a 25/3/2011

2 º Trimestre de – 2011 – Vestidos de Gracia

Lição 01 – En el Telar del Cielo | de 26/3/2011 a 1/4/2011

Lição 02 – De Exaltado a Abatido | de 2/4/2011 a 8/4/2011

Lição 03 – Vestidos de Inocencia | de 9/4/2011 a 15/4/2011

Lição 04 – La Túnica de Colores | de 16/4/2011 a 22/4/2011

Lição 05 – Las Vestimentas Sacerdotales de la Gracia | de 23/4/2011 a 29/4/2011

Lição 06 – El Manto de Elías y Eliseo | de 30/4/2011 a 6/5/2011

Lição 07 – A la Sombra de sus Alas | de 7/5/2011 a 13/5/2011

Lição 08 – Vestiduras de Gala | de 14/5/2011 a 20/5/2011

Lição 09 – Un Carbón Encendido | de 21/5/2011 a 27/5/2011

Lição 10 – La Ropa Nueva del Hijo Pródigo | de 28/5/2011 a 3/6/2011

Lição 11 – El Vestido de Bodas | de 4/6/2011 a 10/6/2011

Lição 12 – Más Imágenes de Vestiduras | de 11/6/2011 a 17/6/2011

Lição 13 – Vestidos de Cristo | de 18/6/2011 a 24/6/2011

3 º Trimestre de – 2011 – La Adoración

Lição 01 – La Adoración en Génesis – Dos Clases de Adoradores | de 25/6/2011 a 1/7/2011

Lição 02 – La Adoración y el Éxodo – Comprender Quién es Dios | de 2/7/2011 a 8/7/2011

Lição 03 – El Sábado y la Adoración | de 9/7/2011 a 15/7/2011

Lição 04 – Alegraos Ante el Señor – El Santuario y la Adoraci | de 16/7/2011 a 22/7/2011

Lição 05 – Bienaventurado Eres, !Oh Israel! | de 23/7/2011 a 29/7/2011

Lição 06 – La Adoración, el Canto y la Alabanza | de 30/7/2011 a 5/8/2011

Lição 07 – La Adoración en los Salmos | de 6/8/2011 a 12/8/2011

Lição 08 – Conformismo, Concesiones y Crisis en la Adoración | de 13/8/2011 a 19/8/2011

Lição 09 – “No Confiéis en Palabras Engañosas”, Los Profetas | de 20/8/2011 a 26/8/2011

Lição 10 – La Adoración – Del Exilio a la Restauración | de 27/8/2011 a 2/9/2011

Lição 11 – “En Espíritu y en Verdad” | de 3/9/2011 a 9/9/2011

Lição 12 – La Adoración en la Iglesia Primitiva | de 10/9/2011 a 16/9/2011

Lição 13 – La Adoración en el Apocalipsis | de 17/9/2011 a 23/9/2011

FONTE: http://www.escolanoar.org.br/es/

 

Publicado em Não categorizado | Deixe um comentário

Guida allo studio settimanale della Bibbia

Guida allo studio settimanale della Bibbia

Argomento di questo trimestre:
> L’Adorazione

 

Per acquistare il lezionario della Scuola del Sabato annuale clicca qui.

Ogni mese vengono pubblicate su queste pagine le lezioni del mese precedente.

Ulteriore materiale per lo studio settimanale

> Schede sintetiche per i monitori
> Manuale Teacher Edition 
> Cartine e Statistiche
> PowerPoint d’ausilio alla lezione
>>> clicca qui <<<

> Video dalle Missioni
>>> clicca qui <<<


Archivio:

II trimestre 2011 >>> clicca qui
I trimestre 2011 >>> clicca qui

IV trimestre 2010 >>> clicca qui

III trimestre 2010 >>> clicca qui

II trimestre 2010 >>> clicca qui

I trimestre 2010 >>> clicca qui

IV trimestre 2009 >>> clicca qui

III trimestre 2009 >>> clicca qui

II trimestre 2009 >>> clicca qui

I trimestre 2009 >>> clicca qui

IV trimestre 2008 >>> clicca qui

 

12. ADORAZIONE NELLA CHIESA PRIMITIVA
10/09/2011 12. ADORAZIONE NELLA CHIESA PRIMITIVA
«Se parlassi le lingue degli uomini e degli angeli, ma non avessi amore, sarei un rame risonante o uno squillante cembalo» 1 Corinzi 13:1  Clicca qui per leggere
continua


11. IN SPIRITO E VERITÀ
03/09/2011 11. IN SPIRITO E VERITÀ
«Ma l’ora viene, anzi è già venuta, che i veri adoratori adoreranno il Padre in spirito e verità; poiché il Padre cerca tali adoratori» Giovanni 4:23&nbs…
continua


10. DALL’ESILIO ALLA RESTAURAZIONE
27/08/2011 10. DALL’ESILIO ALLA RESTAURAZIONE
«Avete seminato molto e avete raccolto poco; voi mangiate, ma senza saziarvi; bevete, ma senza soddisfare la vostra sete; vi vestite, ma non c’è chi si riscaldi; chi guadagna un s…
continua


9. PROFETI E ADORAZIONE
26/08/2011 9. PROFETI E ADORAZIONE
«Chi, come me, proclama l’avvenire fin da quando fondai questo popolo antico? Che egli lo dichiari e me lo provi! Lo annunzino essi l’avvenire, e quanto avverrà!» Isaia…
continua


8. CONFORMISMO, COMPROMESSO E CRISI NELL’ADORAZIONE
13/08/2011 8. CONFORMISMO, COMPROMESSO E CRISI NELL’ADORAZIONE
«Ma il cibo solido è per gli adulti; per quelli, cioè, che per via dell’uso hanno le fa- coltà esercitate a discernere il bene e il male» Ebrei 5:14  Clicc…
continua


7. ADORAZIONE NEI SALMI
06/08/2011 7. ADORAZIONE NEI SALMI
«Oh, quanto sono amabili le tue dimore, SIGNORE degli eserciti! L’anima mia langue e vien meno, sospirando i cortili del SIGNORE; il mio cuore e la mia carne mandano grida di gioia al Dio …
continua


6. ADORAZIONE NEL CANTO E NELLA LODE
30/07/2011 6. ADORAZIONE NEL CANTO E NELLA LODE
«Cantate al SIGNORE un cantico nuovo, cantate al SIGNORE, abitanti di tutta la terra!» Salmo 96:1 Clicca qui per leggere
continua


5. SII FELICE, O ISRAELE!
23/07/2011 5. SII FELICE, O ISRAELE!
«Guai a quelli che chiamano bene il male, e male il bene, che cambiano le tenebre in luce e la luce in tenebre, che cambiano l’amaro in dolce e il dolce in amaro! Guai a quelli che si rite…
continua


4. RALLEGRARSI DAVANTI AL SIGNORE: SANTUARIO E ADORAZIONE
16/07/2011 4. RALLEGRARSI DAVANTI AL SIGNORE: SANTUARIO E ADORAZIONE
«Vi rallegrerete davanti al SIGNORE vostro Dio, voi, i vostri figli, le vostre figlie, i vostri servi, le vostre serve e il Levita che abiterà nelle vostre città; poiché egl…
continua


3. SABATO E ADORAZIONE
09/07/2011 3. SABATO E ADORAZIONE
«Venite, adoriamo e inchiniamoci, inginocchiamoci davanti al SIGNORE, che ci ha fatti. Poich’egli è il nostro Dio, e noi siamo il popolo di cui ha cura, e il gregge che la sua mano …
continua


2. ESODO: CAPIRE CHI È DIO
02/07/2011 2. ESODO: CAPIRE CHI È DIO
«Io sono il SIGNORE, il tuo Dio, che ti ho fatto uscire dal paese d’Egitto, dalla casa di schiavitù. Non avere altri dèi oltre a me» Esodo 20:2,3 Clicca qui per legger…
continua


1. GENESI: DUE CATEGORIE DI ADORATORI
25/06/2011 1. GENESI: DUE CATEGORIE DI ADORATORI
«Quando Giacobbe si svegliò dal sonno, disse: “Certo, il SIGNORE è in questo luogo e io non lo sapevo!”. Ebbe paura e disse: “Com’è tremendo questo l…
continua


Pagina    0   1  di 1: << 1 >> bibbia presenti: 12

INTRODUZIONE

«E adoratelo…»

I versetti più noti tra gli avventisti sono: «Temete Dio e dategli gloria, perché è giunta l’ora del suo giudizio. Adorate colui che ha fatto il cielo, la terra, il mare e le fonti delle acque» (Ap 14:7). Anche se li interpretiamo nel contesto delle profezie finali, costituiscono ugualmente il fondamento dell’argomento di questo trimestre: l’adorazione.
Non siamo chiamati solo ad adorare, ma troviamo anche le ragioni che ci permettono di capire che cosa sia la vera adorazione.
Per prima cosa, Giovanni vede un angelo che reca il «vangelo eterno», il van­gelo del patto eterno, la buona notizia della venuta di Gesù su questa terra co­me uomo, e la sua morte a favore del peccatori. L’adorazione dovrebbe foca­lizzarsi sulla nostra risposta all’opera redentiva di Cristo, che comprende non solo la croce ma anche il suo attuale ministero in cielo nel santuario (Eb 8:1).
Poi, Giovanni dice di «temere Dio». Temerlo e amarlo sono i due lati della stessa medaglia: temerlo significa porsi con rispetto, riverenza in presenza di colui che è creatore e redentore; mentre noi, al contrario, siamo creature biso­gnose di salvezza.
Quando ci accostiamo a Dio considerandolo una sorta di amicone o com­pagno, assumiamo un ruolo che non ci appartiene. L’adorazione dovrebbe es­sere permeata da un senso di rispetto e di sottomissione al nostro Dio, un at­teggiamento che ci dona umiltà e spirito di resa, indispensabili per l’autentico atto di adorazione.
Poi Giovanni ci esorta a «dargli gloria». L’elemento fondamentale è l’ogget­to dell’adorazione, cioè solo Dio e non noi stessi. L’adorazione deve riguarda­re lui, la gloria spetta a lui e non alla musica, alla cultura o agli stili liturgici. Siamo chiamati a temere Dio e a rendergli gloria. Perché? Perché «è giunta l’o­ra del suo giudizio». Cristo non è solo il redentore, ma anche il giudice che co­nosce i segreti più reconditi del nostro cuore. Quando adoriamo, abbiamo bi­sogno di farlo con un senso di responsabilità nei confronti del Signore per l’at­to che esprimiamo e la consapevolezza che non possiamo nascondergli nulla. La nostra unica speranza nel giudizio resta la salvezza in Cristo.
Infine, ci viene detto di adorare il Creatore. La creazione è l’elemento im­prescindibile di tutta l’adorazione, perché tutte le cose nelle quali crediamo, senza eccezione, si basano sul fatto che Dio è il creatore. Lo adoriamo perché egli è creatore, redentore e giudice. È straordinario notare come in Apocalisse 14:7 ci sia un linguaggio che rifletta il comandamento del sabato (Es 20:11), un giorno inseparabilmente legato alla vera adorazione di Dio.

FONTE: http://www.avventisti.it/sito/bibbia.asp

Publicado em Não categorizado | Deixe um comentário

Novidades – Reavivamento e Reforma

 

Passos para o estudo da Bíblia

Posted: 12 Sep 2011 11:19 AM PDT

“Achada as tuas palavras, logo as comi, e a tua palavra foi para mim o gozo e alegria do meu coração; porque pelo teu nome sou chamado, ó SENHOR Deus dos Exércitos”. Jeremias 15:16
“Muitos que afirmam crer na Bíblia de uma capa a outra, na verdade nunca a leram de uma capa a outra.” Rick Warren
A Bíblia sempre foi o livro mais amado e odiado em todos os tempos. Nenhum foi mais traduzido, vendido e referenciado. E nenhum foi tão odiado, debochado e desacreditado. Houve tempo em que seus exemplares eram raros e estes escondidos e acorrentados. Hoje existem Bíblias de todas as cores, tamanhos, versões e estilos. Há Bíblias para todos os gostos!
No entanto, temo que mesmo com milhões e milhões de Bíblias espalhadas por todo o mundo, ainda assim, as pessoas não a estejam lendo.
Com certeza você tem acesso a alguma Bíblia, mas pergunto: Quantas vezes por dia você a lê? Quanto tempo passa com a Bíblia aberta diante dos seus olhos e coração?
O tempo que passamos ao lado das Sagradas Escrituras diz muito sobre nossas prioridades e sobre quem somos.
A Bíblia deve ser:
Lida
Ouvida
Estudada
Memorizada
Partilhada
“Bem-aventurado aquele que lê, e os que ouvem as palavras desta profecia, e guardam as coisas que nela estão escritas; porque o tempo está próximo.” Apocalipse 1:3
Enquanto a Bíblia não for de fato o livro dos livros no nosso coração, não operará as transformações de caráter que todos precisamos. Não seremos semelhantes a Jesus e não refletiremos o céu na terra!
Para que a Bíblia faça a diferença real na nossa vida são necessários alguns passos importantes:
1º Passo Tempo e Lugar
“Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores. Antes tem o seu prazer na lei do SENHOR, e na sua lei medita de dia e de noite.” Salmo 1:1 e 2. Todas as vezes que você pensar em ler a Bíblia, precisa dessas duas palavras: TEMPO e LUGAR. É claro que podemos aproveitar qualquer tempinho livre e lermos a Bíblia em qualquer lugar. Mas se quisermos de fato ter comunhão com Jesus e com o céu, precisamos de planejamento.
Definirmos um lugar agradável e silencioso que propicie comunhão para ouvir Deus falando através das linhas sagradas é fundamental. A mesma coisa diríamos sobre o tempo, precisamos dele para absorver racional, emocional e espiritualmente as orientações divinas.
Um grande engano pregado “a todo pulmão” em muitos lugares é que melhor ler dois versos da Bíblia com meditação e oração do que dois capítulos sem a devida concentração. A verdade é que os dois modelos  são falsos. Devemos ler com qualidade, mas também com quantidade de tempo. Não podemos formar a geração dos “dois bons minutos com Jesus”. Precisamos passar bastante tempo com qualidade ao lado das Sagradas Escrituras, por isso a importância do tempo e lugar.
2º Passo Pré disposição Mental
“Ora, o homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente.”  1 Coríntios 2:14
Temos que ter sempre em mente que a Bíblia é um livro normativo. Dentro dela existem regras, leis, conselhos e orientações divinas. Assim a única resposta aceitável diante das exortações bíblicas é nossa total obediência.  A Bíblia sempre será um livro transformador de pessoas. É impossível ficar indiferente a ela. Ou a amamos ou a desprezamos.
Desta forma, ao ler a Bíblia, ore antes de qualquer coisa. Peça que Deus lhe ajude a compreender as Escrituras, depois que ela seja internalizada em sua mente e coração. Coloque-se em posição humilde de aprendizagem e deixe-se moldar pelas orientações divinas. Experimente colocar em prática o que aprender, para viver os planos de Deus na sua vida!
3º Passo Interpretação
“Assim, pois, a palavra do SENHOR lhes será mandamento sobre mandamento, mandamento sobre mandamento, regra sobre regra, regra sobre regra, um pouco aqui, um pouco ali…” Isaías 28:13
Todo estudo sério precisa ser sistematizado. Não podemos ler o Livro do Céu de qualquer jeito. É importante lembrar que a Bíblia se auto explica. Assim, leia o verso em questão, caso não entenda leia os versos anteriores e posteriores para compreender o contexto imediato. Se as dúvidas persistirem leia o capítulo, ou mesmo o livro em questão! Caso seja necessário leia toda a Bíblia, e lembre-se que Deus lhe guiará a toda a verdade!
Seguindo esses simples passos teremos uma leitura capaz de transformar nossa vida e a vida daqueles a quem amamos!
Outras sugestões:
“Lâmpada para os meus pés é tua palavra, e luz para o meu caminho.” Salmos 119:105
“Examinais as Escrituras, porque vós cuidais ter nelas a vida eterna, e são elas que de mim testificam;” João 5:39
“Porque eu testifico a todo aquele que ouvir as palavras da profecia deste livro que, se alguém lhes acrescentar alguma coisa, Deus fará vir sobre ele as pragas que estão escritas neste livro. E, se alguém tirar quaisquer palavras do livro desta profecia, Deus tirará a sua parte do livro da vida, e da cidade santa, e das coisas que estão escritas neste livro.” Apocalipse 22:18 e 19.
——
Ivan Saraiva, orador da Voz da Prodecia e Está Escrito

Postagens relacionados:

  1. Estudo da Bíblia faz parte da iniciativa de reavivamento San Salvador, El Salvador…[ANN] Líderes da Divisão Interamericana da Igreja…
  2. A dois passos do paraíso Um comercial ressuscitou o jingle A dois passos do paraíso…
Janela para o céu

Posted: 12 Sep 2011 04:32 AM PDT

Quando tinha nove anos, fui convidada pelo vizinho para participar dos cultos que ele fazia com a família dele. Pedi autorização aos meus pais e toda noite me unia àquela família para orar e ler trechos da Bíblia. Especialmente as histórias do Gênesis me deixavam impressionada. Comecei a mudar minhas atitudes em casa e meus pais ficaram preocupados, achando que eu estava ficando “fanática”. Proibiram-me de participar dos cultos e resolveram rezar o terço em casa. Para o meu irmão e para mim, aqueles eram momentos muito desagradáveis. “Tudo bem que a gente reze, mas não precisam ficar com essa cara de tristes”, pedia ele. Aqueles eram momentos realmente maçantes e, com o tempo, meus pais acabaram desistindo da idéia e tudo voltou a ser como antes. Que pena. Perdemos uma grande chance de conhecer melhor a Deus, antes mesmo de nos tornarmos adventistas.
O tempo passou. Cresci, me casei e tenho três filhos pequenos. Quando me lembro dessa experiência da minha infância, fico me perguntando o que tenho feito para tornar a religião algo agradável e relevante na vida das minhas meninas.
Alguns pais se sentem orgulhosos e felizes por verem seus filhos prosperarem intectual e materialmente. Isso é bom, mas se o coração deles está vazio, longe de Deus e em busca apenas das honras deste mundo, é tudo vão. E quando Jesus voltar e perguntar por esses filhos? Eles são um presente emprestado. Um dia teremos que devolvê-los a Deus. Infelizmente, muitos se esquecem disso e criam filhos apenas para este mundo.
Você tem buscado a Deus a fim de ensinar seus filhos a dependerem dEle também? Ou tem colocado outras coisas no topo de sua lista de prioridades – novelas, filmes, esportes, propriedades? Os filhos observam tudo e aprendem com nosso exemplo.
Braço poderoso – Se deseja a ajuda de Jesus para salvar, abençoar e livrar seus filhos das más influências, há um braço poderoso estendido para você. Deus é tão bom que deixou orientações claras e específicas para que os pais ajudem os filhos: “Toda família deve construir seu altar de oração, reconhecendo que o temor do Senhor é o princípio da sabedoria” (Ellen G. White, Orientação da Criança, p. 517). E Ele diz mais: “Acheguemo-nos confiadamente junto ao trono da graça, a fim de recebermos misericórdia e acharmos graça para socorro em ocasião oportuna” (Hebreus 4:16).
Assim como os patriarcas, devemos também construir no lar um altar de oração – o culto familiar. Mas como deve ser esse culto? Ellen White dá algumas dicas:
“O pai, como sacerdote da casa, deponha sobre o altar de Deus o sacrifício da manhã e da tarde” (Orientação da Criança, p. 519).
O culto não deve ser de forma insípida e com monótona repetição de frases. Deus é desonrado quando o culto é seco e tedioso. Deve conter a expressão de nossas necessidades e homenagem de grato amor ao Criador.
As orações devem ser curtas e ao ponto, com palavras simples. “Quando um capítulo comprido é lido e explicado e se faz uma longa oração, esse precioso culto se torna enfadonho e é um alívio quando passa” (Ibidem, p. 521).
Escolha um trecho interessante e fácil da Bíblia – e todos devem ler. Alguns versos são suficientes para dar uma lição que será praticada todo o dia.
A criança também pode ajudar a preparar o culto e escolher o que vai ser lido. Depois deve-se perguntar a ela sobre o que foi lido e fazer aplicações na vida diária.
O ideal é que os cultos sejam feitos antes do desjejum e à tarde, antes de que venha o cansaço e o sono. “É o dever dos pais cristãos, de manhã e à tarde, pela fervente oração e fé perseverante, porem um muro em torno de seus filhos” (Serviço Cristão, p. 210).
Não se deixe levar pelas circunstâncias: mesmo quando estiver muito atarefado ou quando houver visitas em casa, não negligencie o culto. Assim, as crianças aprenderão a importância da religião na vida da família.
Aproveite o poder da música. Ela é um ato de adoração como a oração, e é “um dos meios mais eficazes para impressionar o coração com as verdades espirituais. Quantas vezes, ao coração oprimido duramente e pronto a desesperar, vêm à memória algumas das palavras de Deus – as de um estribilho, há muito esquecido, de um hino da infância – e as tentações perdem o seu poder, a vida assume nova significação e novo propósito, e o ânimo e a alegria se comunicam a outras pessoas!” (Orientação da Criança, p. 523).
Tenho experimentado o poder do culto familiar em meu próprio lar. Minha filha Giovanna, quando tinha quatro anos, “compunha” um hino todos os dias e tinha prazer em apresentá-lo no momento do culto. Eram (e continuam sendo) momentos especiais de união e paz. E sempre que oro por minha família e peço a Deus forças para cumprir minha missão de mãe, me vem à mente a promessa: “Ele não Se desviará de vossas petições, deixando a vós e aos vossos como brinquedo de Satanás, no grande dia do conflito final. É vossa parte trabalhar com simplicidade e fidelidade, e Deus estabelecerá a obra de vossas mãos” (Ibidem, 526).
Quero ter meus filhos no Céu, por isso preciso apresentá-los ao Céu. É como se nós, pais, na hora do culto familiar, convidássemos: “Filhinho(a), venha aqui. Dê uma espiada nesse lugar. Que tal morarmos lá?”
Abra essa “janela para o Céu” em sua casa também.
Débora Borges é pedagoga

Postagens relacionados:

  1. A importância do Culto Famíliar É o culto familiar que faz com que uma casa…
  2. Pressa… inimiga da salvação! Lembro que poucos dias atrás, com “centenas” de coisas para…
A vizinhança: um grande campo de trabalho

Posted: 12 Sep 2011 04:00 AM PDT

Volta para casa e conta aos teus tudo o que Deus fez por ti. Então, foi ele anunciando por toda a cidade todas as coisas que Jesus lhe tinha feito. Luc. 8:39.

Em toda parte, os campos estão-se abrindo, pedindo os serviços do pregador vivo. Na pátria e no estrangeiro há oportunidades que parece não ser possível aproveitar. No entanto, há um grande número de pessoas que têm a luz da verdade, e caso fizessem tudo que está ao seu alcance para comunicar a luz a outros, quanto poderia ser realizado! Nem todos podem ser pregadores da Palavra, mas todos podem fazer algo para Cristo em seus próprios lares. Eles poderiam fazer um bom trabalho entre os seus vizinhos. Se puserem a mente e o coração no trabalho, conseguirão idear planos pelos quais possam ser úteis em algum sentido, qualquer que seja sua posição.

As crescentes oportunidades para ser útil, as ocasiões providenciais para que seja apresentada a Palavra de Deus requerem nossas oferendas de tempo, intelecto e dinheiro, dádivas grandes e pequenas, segundo Deus nos tem prosperado, a fim de abrir caminho para a verdade nos lugares entenebrecidos da Terra, para estabelecer o estandarte da justiça e promover os interesses do reino de Cristo. Os anjos celestiais esperam unir-se aos instrumentos humanos, para que muitas almas possam ouvir, ser impressionadas pelo Espírito Santo e converter-se.

Há muito tempo temos esperado e aguardado a vinda do Senhor; estamos, porém, fazendo tudo o que está ao nosso alcance para apressar Sua vinda? “Não retarda o Senhor a Sua promessa, como alguns a julgam demorada; pelo contrário, Ele é longânimo para convosco, não querendo que nenhum pereça, senão que todos cheguem ao arrependimento.” II Ped. 3:9. Embora o Senhor esteja sempre trabalhando, embora todo o Céu se empenhe na obra sobre a Terra, a fim de conduzir homens a Cristo e ao arrependimento, o que os instrumentos humanos estão fazendo para serem condutos de luz e poderem cooperar com os instrumentos divinos? Estão eles perguntando diariamente: “Senhor, que queres que faça?” Atos 9:6. Estão praticando a abnegação, como Jesus? Acham-se profundamente despertados, com o coração enlevado em oração a Deus, para poderem estar participando de Sua graça, o Santo Espírito de Deus, e terem sabedoria para trabalhar com suas capacidades e recursos para salvar almas que perecem longe de Cristo? Review and Herald, 16 de maio de 1893.

Ellen White é escritora norte-americana

A historicidade confiável do livro de Daniel

Posted: 12 Sep 2011 04:00 AM PDT

Há pelo menos três bons motivos para acreditarmos que o livro bíblico de Daniel é confiável do ponto de vista histórico e que de fato foi escrito no 6º século antes de Cristo:
1) A arqueologia tem reconstruído as informações históricas do livro de Daniel
a) Toda a história desse profeta hebreu se passa na cidade de Babilônia. Os críticos da Bíblia afirmavam que, se Babilônia realmente houvesse existido, não passaria de um pequeno clã. A arqueologia demonstrou o oposto. Os resultados dos estudos do arqueólogo alemão Robert Koldewey, feitos entre 1899 e 1917, provaram que Babilônia era um grande centro econômico e político no Antigo Oriente Médio na metade do 1º milênio a.C. (600 a.C.).
b) Outro ponto de questionamento era sobre a existência ou não de Nabucodonosor, rei de Babilônia na época do profeta Daniel. Mais uma vez a arqueologia resolveu a questão trazendo à luz muitos tabletes que foram encontrados nas ruínas escavadas por Koldewey com o nome Nabu-Kudurru-Usur, ou seja, Nabucodonosor! Não é incrível como um tablete de 2.600 anos consegue esmiuçar teorias fundamentadas no silêncio?
c) Assim como a opinião dos críticos teve de ser radicalmente mudada a respeito de Babilônia e de Nabucodonosor, o mesmo aconteceu com Belsazar, o último rei da Babilônia. Críticos modernos não concordavam com essa informação. Novamente a arqueologia refutou essa opinião. Vários tabletes cuneiformes confirmam que Nabonido, o último rei de Babilônia, deixou seu filho Bel-Shar-Usur (Belsazar) cuidando do Império enquanto ele estava em Temã, na Arábia. Você pode confirmar em Daniel 5:7 que Belsazar ofereceu para Daniel o terceiro lugar no reino, já que o pai, Nabonido, era o primeiro e ele, Belsazar, o segundo.
d) Até os amigos de Daniel estão documentados nos tabletes cuneiformes da antiga Babilônia. Foi descoberto um prisma de argila, publicado em 1931, contendo o nome dos oficiais de Nabucodonosor. Três nomes nos interessam: Hanunu (Hananias), Ardi-Nabu (Abed Nego) e Mushallim-Marduk (Mesaque). Incrível! Os mesmos nomes dos companheiros de Daniel mencionados nos capítulos 1, 2 e 3 de seu livro! Um grande defensor dessa associação é o adventista e especialista em estudos orientais William Shea, em seu artigo: “Daniel 3: Extra-biblical texts and the convocation on the plain of Dura”, AUSS 20:1 [Spring, 1982] 29-52. Hoje esse artefato encontra-se no Museu de Istambul, na Turquia.
Resumindo: as informações históricas do livro de Daniel são confirmadas pela arqueologia bíblica.
2) Por muitos anos os defensores da composição do livro de Daniel no 2º século a.C. se valeram das palavras gregas do capítulo 3 para “confirmar” a autoria da obra no período helenístico. Essa opinião apresenta dois problemas sérios:
a) Há ampla documentação do relacionamento entre os gregos e os impérios da Mesopotâmia antes mesmo do 6º século a.C. Nos registros do rei assírio Sargão II, por exemplo, fala-se sobre cativos da região da Macedônia (Cicília, Lídia, Ionia e Chipre). Se os judeus em Babilônia eram solicitados para tocar canções judaicas (Salmo 137:3), por que não imaginar o mesmo com os gregos? Um poeta grego chamado Alcaeus de Lesbos (600 a.C.) menciona que seu irmão Antimenidas estava servindo no exército de Babilônia. Logo, não nos deve causar espanto algum o fato de termos na orquestra babilônica instrumentos gregos.
b) Se o livro de Daniel foi escrito durante o período de dominação grega sobre os judeus, por que há apenas três palavras gregas ao longo de todo o livro? Por que não há costumes helenísticos em nenhum dos incidentes do livro numa época em que os judeus eram fortemente influenciados pelos filósofos da Grécia? Esse fato parece negar uma data no 2º século a.C.
Resumindo: o fato de existirem palavras gregas no terceiro capítulo de Daniel não prova sua composição no 2º século a.C., pelo contrário, intercâmbio cultural entre Babilônia e Grécia era comum antes mesmo do 6º século a.C.
3) Daniel foi escrito em dois idiomas: hebraico (1:1-2:4 e 8:1-12:13) e aramaico (2:4b-7:28).
Diversos nomes no estudo do aramaico bíblico (Kenneth Kitchen, Gleason Archer Jr, Franz Rosenthal, por exemplo) afirmam que o aramaico usado por Daniel difere em muito do aramaico utilizado nos Manuscritos do Mar Morto que datam do 2º século a.C. Para Archer Jr., a morfologia, o vocabulário e a sintaxe do aramaico do livro de Daniel são bem mais antigos do que os textos encontrados no deserto da Judéia. Não só isso, mas que o tipo da língua que Daniel utilizou para escrever era o mesmo utilizado nas “cortes” por volta do 7º século a.C.
Resumindo: o aramaico utilizado por Daniel corresponde justamente àquele utilizado em meados no 6º século a.C. nas cortes reais.
Qual a relevância dessas informações para um leitor da Bíblia no século 21? Gostaria de destacar dois pontos para responder esta questão:
1) Como foi demonstrado acima, Daniel escreveu seu livro muito antes do cumprimento de suas profecias. Logo, isso nos mostra a Soberania e Autoridade de Deus sobre a história da civilização. Se Deus é capaz de comandar o futuro, Ele é a única resposta para os problemas da humanidade.
2) A inspiração das Escrituras. O livro de Daniel se mostrou confiável no ponto de vista histórico e, consequentemente, profético. Essa é a realidade com toda a Bíblia, que graças a descobertas de cidades, personagens e inscrições, mostra-se verdadeira para o ser humano.
O livro de Daniel, longe de ser uma fraude, é um relato fidedigno. Ao escavarmos profundamente as Escrituras e estudarmos a História, podemos perceber que a Bíblia é um documento histórico confiável.
Luiz Gustavo Assis é teólogo

Postagens relacionados:

  1. Mais do que apenas um livro Em sua segunda edição, a revista Biblioteca Entre Livros (Editora…
O médico tinha razão

Posted: 12 Sep 2011 04:00 AM PDT

Ele era uma “máquina de trabalhar”. Permanecia em sua empresa várias horas por dia. Como empresário ansioso e hiperativo, fazia algum tempo que estava cansado e estressado. À noite, demorava para dormir, e durante o dia era dominado por sua obsessão por trabalho.
Portanto, era natural que suas forças estivessem minguadas e seu ânimo, abatido.
Então, ele decidiu consultar o médico.
– Eu me sinto cansado e abatido – ele disse ao médico. – Não consigo administrar meu trabalho como antes. E isso me perturba. Preciso recuperar minhas energias e meu entusiasmo.
Após escutar com atenção o relato do paciente, o médico lhe disse sem hesitar:
– Você está abusando de sua saúde. Precisa reduzir suas horas de trabalho. Separe um dia para descansar!
– Não posso fazer isso, doutor; minha fábrica não pode parar.
– Talvez sua fábrica não possa parar, mas você deve parar um pouco, se deseja sentir-se bem outra vez.
– Mas quando? Em que dia? – o homem perguntou, intrigado.
– Um dia inteiro por semana – respondeu o médico. – Descanse no dia que Deus estabeleceu para o repouso semanal, e logo veremos os resultados…
Meio desconfiado, o homem fez o teste. E, para sua surpresa, em poucas semanas seu estresse diminuiu e ele recuperou o ânimo. O médico que ele havia consultado era um bom cristão e não havia feito mais do que receitar ao paciente um antigo preceito divino de trabalhar seis dias por semana e descansar no sétimo, ou seja, no sábado (Êxodo 20:8-11).
Bem-estar – O ciclo semanal de sete dias é um verdadeiro ordenador da vida. Ele nos move à ação do trabalho digno e proveitoso. Mas, por sua vez, nos reserva o sétimo dia da semana para o descanso físico, emocional e espiritual de que tanto necessitamos para combater nossas tensões e aliviar nossas cargas.
O ciclo semanal de sete dias é um ordenador da vida – Quem melhor do que nosso Criador para nos dizer como devemos viver? Se Ele estabeleceu um dia especial da semana para a recuperação de nossas forças é porque nesse dia existe uma importante fonte de bem-estar, paz e fortaleza para nossa vida.
Por isso, “abençoou Deus o dia sétimo e o santificou; porque nele descansou de toda a obra que, como Criador, fizera” (Gênesis 2:3). Em primeiro lugar, Deus “abençoou” o sétimo dia, o sábado, com uma bênção que não colocou sobre nenhum outro dia da semana; em seguida, o Criador “santificou” e tornou santo esse dia específico da semana; e, finalmente, o Senhor “descansou” naquele primeiro sábado, não porque estivesse cansado, mas para nos dar o exemplo.
Muitas pessoas se desgastam por causa de trabalho excessivo, preocupações e ambições. Os nervos estão à flor da pele, e até sua vida de relacionamento fica alterada. Qual é a necessidade básica dessas pessoas? Paz para seu coração atribulado, alegria para seu vazio interior e descanso para seu corpo fatigado. Esses três atributos – paz, alegria e descanso – são, em escala máxima, dons do Altíssimo.
Você sente que o estresse oprime sua mente, que o fardo da vida lhe causa agonia? Deus lhe diz: “Não temas, porque Eu sou contigo; não te assombres, porque Eu sou o teu Deus; Eu te fortaleço, e te ajudo, e te sustento com a Minha destra fiel” (Isaías 41:10). Junto com essa encorajadora promessa de amor, o Criador nos relembra: “Tenho um presente de bênçãos e felicidade para sua vida. É o sábado, o dia de repouso que separei para você. Aceite-o e desfrute dele.”
O médico cristão de nosso relato inicial tinha razão: o descanso no verdadeiro dia do Senhor é uma grande bênção. Alivia o cansaço físico, promove paz interior, contribui para o equilíbrio mental e favorece o bom relacionamento familiar. Você percebe que o sábado é um dos maiores benefícios que Deus concedeu para nosso bem-estar integral?
Enrique Chaij é teólogo e escritor

Postagens relacionados:

  1. Sábado: dia de contato com a razão da esperança verdadeira Na modernidade, o cristianismo estava ameaçado de extinção. Se o…
A obra humana torna-se eficaz com o Espírito Santo

Posted: 12 Sep 2011 04:00 AM PDT

Ora, se vós, que sois maus, sabeis dar boas dádivas aos vossos filhos, quanto mais o Pai celestial dará o Espírito Santo àqueles que Lho pedirem? Luc. 11:13.

A promessa do dom do Espírito Santo não é compreendida como deveria ser; os privilégios a serem desfrutados mediante sua aceitação não são apreciados como poderiam ser. Deus quer que Sua igreja se apodere de Suas promessas pela fé, e solicite o poder do Espírito Santo para ajudá-los em todo o sentido. Ele nos assegura que está mais disposto a conceder o Espírito Santo aos que Lho pedirem, do que os pais a darem boas dádivas a seus filhos. Como é possível que cada pessoa tenha a unção celestial, “não tendes necessidade de que alguém vos ensine” (I João 2:27), e não há desculpa para esquivar-se a responsabilidades; nenhum dever deveria ser mal acolhido, nenhuma obrigação evitada. Cristo mesmo é o poder renovador, que opera em todo soldado e através dele, por meio da atuação do Espírito Santo. A eficiência do Espírito de Deus tornará eficazes os trabalhos de todos os que estiverem dispostos a submeter-se à Sua orientação.

Deus está impressionando toda mente suscetível de receber as impressões de Seu Espírito Santo. Ele está enviando mensageiros para que deem a advertência em cada localidade. Deus está provando o devotamento de Suas igrejas e sua disposição para prestarem obediência à orientação do Espírito. O conhecimento precisa ser aumentado. Os mensageiros do Céu devem ser vistos correndo de uma para outra parte, buscando por todos os meios possíveis advertir o povo dos juízos vindouros e apresentar as boas novas de salvação por nosso Senhor Jesus Cristo. A norma da justiça deve ser exaltada.

O Espírito de Deus está impressionando o coração dos homens, e os que se submetem à Sua influência tornar-se-ão luzes no mundo. Em toda parte são vistos saindo para comunicar a outros a luz que receberam, como sucedeu após a descida do Espírito Santo no dia de Pentecostes. Ao fazerem sua luz brilhar, recebem cada vez mais do poder do Espírito. A Terra é iluminada com a glória de Deus. Australasian Union Conference Record, 1º de abril de 1898.

Ellen G. White, escritora norte-americana

Postagens relacionados:

  1. Quem é o Espírito Santo? Recentemente completei, em uma igreja local, um seminário sobre reavivamento…
  2. Vivendo na plenitude do Espírito Antes de Sua ascensão, Jesus concedeu aos discípulos Sua grande…
  3. O Espírito dá as Palavras Certas Visto que não sois vós os que falais, mas o…
Publicado em Não categorizado | 1 Comentário

O Poder que Transforma Vidas


A Voz é Nossa, Mas a Palavra é de Deus!
Cross

Pr. Neumoel Stina, Orador da Voz da Profecia
Pr. Neumoel Stina
A Voz da Profecia
Rodovia SP 66 – KM 86
Jd São Gabriel
Jacareí – SP – CEP 20001-970

Tel: (12)2127-3000 ou
(0300)789-1111

Email:
escolabiblica@novotempo.org.br

Escute o Pr. Neumoel Stina abordar o tema,O poder que transforma vidasO poder que transforma vidas

        Música – Alessandra Samadello “Estarás pronto quando vier?” (Roy J. Pendleton)

Duração:

         12:38 minutos
http://webjay.org/flash/dark_player

 

http://www.cvvnet.org/realaudio/voz/7087.ram
Para ouvir, é só clicar no icone acima, mas pra isso você precisa ter em seu computador o programa Real Player. 
Faça o download aqui! (Versão Gratuita)

 

 


Após escutar o Pr. Neumoel Stina, se desejar entre em contato com a Voz da Profecia e peça o curso bíblico “Encontro com a Vida”.Envie um email para escolabiblica@novotempo.org.br e peça seu curso bíblico hoje mesmo!.


Se desejar uma cópia do sermão, o mesmo se encontra abaixo.


O Poder que Transforma Vidas 

O poder da Palavra de Deus, ao longo dos tempos, tem transformado muitas vidas. Vidas, que aos nossos olhos, nunca poderiam ser salvas.

Quando a mensagem da Palavra de Deus é buscada, preenche os mais profundos anseios espirituais. Traz paz, alegria e gozo ao coração. O profeta Jeremias em seu livro no capítulo 15 e no versículo 16, assim escreveu: “Achadas as tuas palavras, logo as comi; e as tuas palavras foram gozo e alegria para o meu coração.”

Foi exatamente essa a experiência que viveu Pedro Valdo. Ele era um rico comerciante vivendo na cidade de Lion na França por volta do ano 1170. Dono de uma grande fortuna e possuidor de muitos bens, no entanto sentia-se vazio e infeliz.

Depois de buscar vários caminhos, por fim alguém lhe recomendou que lesse a Bíblia. Sendo rico e influente, conseguiu adquirir um exemplar das Sagradas Escrituras. Naqueles dias, só os sacerdotes tinham esse privilégio.

Ao ler as páginas sagradas encontrou o que há tanto tempo procurava. Tamanha foi a alegria e felicidade que sentiu, que tomou uma decisão drástica. Colocou todos os seu bens à venda, separou apenas o suficiente para sua família viver dignamente e o restante dos recursos dedicou para a divulgação da Bíblia.

Contratou várias pessoas que copiavam à mão (pois naquele tempo não havia imprensa) as porções dos Evangelhos e estas eram distribuídas gratuitamente a todos quantos desejassem.

Posteriormente, os seguidores de Pedro Valdo, tornaram-se grandemente numerosos. Eles foram chamados de Valdenses, e também foram grandes defensores da Bíblia durante o amargo período da Inquisição.

Defenderam a Palavra de Deus pagando para isso um preço que envolveu dor, martírio, perseguição e morte. Porém, milhares e milhares de pessoas tiveram, a exemplo de Pedro Valdo, suas ansiedades aliviadas e encontraram gozo e alegria de viver.

Paulo escrevendo aos Efésios no capítulo 6 e versículo 17 define a Palavra de Deus como sendo a “espada do espírito”. De posse desta espada, um monge chamado Martinho Lutero, lutou contra os erros, superstições e intolerâncias reinantes na Igreja Cristã. Surgia vitorioso o movimento da Reforma.

Lutero resgatou o verdadeiro lugar da Bíblia, que estava acorrentada nos baús dos mosteiros. Empunhando esta espada flamejante, trouxe luz a muitos que estavam encarcerados nas trevas.

Usando esta mesma espada, Jesus, quando tentando no deserto, venceu o diabo respondendo: “Está Escrito”, apontando assim para o poder da Espada do Espírito. Como na vida de Jesus e Lutero, a Palavra de Deus, será uma arma poderosa para nos dar a vitória nas lutas desta vida.

Encontramos no Salmo 119 e verso 130 que “A revelação da Palavra de Deus esclarece, e dá entendimento aos simples.”

Em 1787, o rei Jorge III, da Inglaterra enviou o navio Bounty (Bâunti) à ilha de Taiti, no Sul do Pacífico para buscar mudas de frutas.

Chisthiam Tletcher e outros companheiros que haviam se apaixonado pelas taitianas, e se amotinaram, tomaram o navio e colocaram o comandante junto com os seus fiéis num barco a vaguear pelo oceano.

Estes homen voltando ao Taiti, tomaram 10 mulheres e sairam à procura de um lugar seguro. Encontraram uma ilha que não estava nas rotas conhecidas, e ali se estabeleceram. Logo que chegaram queimaram o navio e começaram vida nova.

Não demorou muito e um dos marinheiros conseguiu extrair álcool de uma planta nativa. Não tardou para que a convivência deles se tornasse num cenário sangrento de lutas, brigas e mortes.

Passados 5 anos, todos os homens, exceto 2, estavam mortos. Um deles veio a falecer vítima de asma. Restaram as 10 mulheres, 23 crianças e Smith o último marinheiro.

Pensando na triste vida que haviam levado, Smith lembrou-se de em um baú tirado do navio, havia uma Bíblia. Lendo-a diariamente, Smith começou a experimentar uma completa transformação.

Arrependido, começou ensinar as mulheres e as crianças a ler e escrever, e também as preciosas lições do Evangelho e todos experimentaram a mesma transformação sentida por Smith.

Hoje , passados tantos anos, os quase 100 habitantes da ilha são cristãos. O precioso exemplar do Livro de Deus que transformou a ilha de um inferno num paraíso, pode também comunicar a cada um de nós sabedoria e entendimento, para vivermos uma vida feliz e cheia de significado.

Outro benefício que nos traz a Palavra de Deus é a comunicação do dom da fé. Paulo assim expressou: “E a fé vem pelo ouvir e o ouvir pela palavra de Deus.” – Romanos 10:17.

Se queremos desfrutar de uma fé genuína, firme, inabalável, precisamos conhecer a Bíblia, e o Deus que ela nos revela.

A leitura da Bíblia preenche nossas necessidades espirituais. Ela traz gozo e alegria para o coração. Dá significado à existência e nos faz pessoas felizes.

A Palavra de Deus comunica sabedoria e entendimento. Isto não se refere apenas às questões espirituais, mas a todos aspectos da existência.

Mas acima de tudo, ela nos transmite fé, sem o que é impossível conhecermos a Deus. É esta fé que nos torna possuidores do maior tesouro que um ser humano pode obter.

Amigo, tome a decisão de separar um tempo cada dia para a leitura e estudo da Palavra de Deus. Faça desta prática um compromisso diário e você sentirá as bênçãos do Senhor sendo derramadas em sua vida.

Volta a Página Principal


  Home     Sermões     Inglês     Espanhol     EmailA Voz da Profecia é um programa do Sistema Adventista de Comunicação

 


Produção na Internet


Ministério Cristo Vai Voltar
Levando a Mensagem ao Mundo
Através da Internet!

Cleandro Viana
e
Valdecyr Alves

 


Serviços RealAudio

TAGNET

 


Veja este site! A Bíblia Escola! A Lição da Escola Sabatina na Internet

FONTE: http://www.cvvnet.org/cgi-bin/cvvnet?SD+7087

Publicado em Não categorizado | Deixe um comentário

MENSAGENS EDIFICANTES (www.jesusestavindo.org )

 

MENSAGENS EDIFICANTES (www.jesusestavindo.org)

1 – MENSAGEM EM PPS (Veja o anexo)“LENÇOL SUJO “

2 – LIVRO GRÁTIS => BAIXE, LEIA E OFEREÇA AOS SEUS AMIGOS: A GRANDE ESPERANÇA (em pdf)
3 – LIÇÃO DA BIBLIA EM ÁUDIO: OUÇA AQUI A LIÇÃO DE HOJE
4 – OUÇA A REFLEXÃO DO DIA: ABRA A PORTA
5 – CURSO ONLINE GRÁTIS: INTIMIDADE COM DEUS
EU TENHO A FORÇA
Meu é o conselho e a verdadeira sabedoria, Eu sou o Entendimento, Minha é a fortaleza. Prov. 8:14. O herói infantil He-man mostra a espada e grita: “Eu tenho a força.” Mas, no verso de hoje, Deus afirma: “Minha é a fortaleza.” Quem tem a razão? Alguém está mentindo. Não pode haver duas verdades ao mesmo tempo. O humanismo de nossos dias ensina que há energia quase divina dentro do ser humano. “Concentre-se, tire a energia dentro de você, mentalize”, afirmam. Quanta verdade existe nessas afirmações? Quanto poder e força interior possui o homem? A Bíblia, por sua vez, ensina que a força vem de Deus. É dEle que vem o conselho e a verdadeira sabedoria. O valor da criatura é extrínseco. Valemos porque Deus nos considera valiosos, não porque tenhamos valor em nós mesmos. Portanto, para ser feliz e realizado nesta vida, você precisa ir diariamente à fonte inesgotável de sabedoria. Deus é o Criador e conhece melhor do que ninguém a obra de Suas mãos. Quem melhor do que Ele para mostrar-lhe o caminho da prosperidade? O ser humano natural não gosta de receber conselhos, prefere aconselhar. Não aceita ser o segundo, quer ser sempre o primeiro. Foi assim desde o princípio. A serpente disse a Eva: “Como Deus, sereis conhecedores do bem e do mal.” Gên. 3:5. Que idéia sedutora. Ser como Deus. Desde aquele dia, a humanidade iniciou a desesperada corrida em direção da sua própria divinização. Gosta de brincar de Deus. Inventa pequenos deuses. Sente-se Deus. Para que conselho? Ou instrução? “Eu tenho a força”, o ser humano grita bem alto. No fundo, nem ele próprio acredita na sua teoria oca, mas persiste e insiste, a despeito de suas frustrações e derrotas. Hoje, você precisa de sabedoria e de conselho para tomar uma decisão importante? Sente-se cansado, triste, magoado e precisa ser fortalecido? Vá a Jesus. Ele sempre está com os braços abertos, esperando o retorno dos Seus filhos. Só nEle você poderá encontrar refúgio, alívio e forças para carregar o fardo que as circunstâncias lhe impõem. Ele afirma: “Meu é o conselho e a verdadeira sabedoria, Eu sou o Entendimento, Minha é a fortaleza.” (Alejandro Bullón).
Leia a Bíblia e você colherá riquezas infinitas!
Acesse www.jesusestavindo.org
“Não tenha medo de ninguém, pois Eu estarei com você para protegê-lo. Sou Eu, o Deus Eterno”. Jeremias 1.8.
“Quando o sol nasce eu faço a minha oração e espero a Tua resposta”. Salmo 5.3.
Que Cristo derrame sobre ti, uma chuva ilimitada de bênçãos.
Fique na paz de Jesus! Tenha uma abençoada semana!
TRISTE E SEM ESPERANÇA? ACESSE:
Acompanhe o nosso site:
Se deseja entrar em contato, pedir orações ou solicitar mensagens, acesse:
UM CONVITE ESPECIAL:
“Venham a mim, todos vocês que estão cansados de carregar as suas pesadas cargas, e eu lhes darei descanso”. JESUS – Mt 11.28
Se você deseja receber Jesus como Salvador, ore neste instante, com suas próprias palavras, com toda sinceridade do seu coração! Ele está de braços abertos para o receber!
Vote na ENQUETE:
TESTEMUNHOS
Se você deseja compartilhar algo que Deus fez em sua vida, acesse nosso site e clique em FALE CONOSCO para enviar seu testemunho que será publicado na página TESTEMUNHOS.
Compartilhe esta mensagem! Abençoe seus amigos!
Caso não queira mais receber nossas mensagens, por favor, responda a este e-mail colocando no assunto: Exclua-me.
“Psalm 19:1 The heavens declare the glory of God; the skies proclaim the work of His hands.”
Publicado em Não categorizado | Deixe um comentário

MEDITAÇÃO – MENSAGENS – ANO BÍBLICO

- Meditação Matinal de EGW (Português).:

Os Anjos Conseguem Ler o Sinal de Deus

“vi outro anjo que subia do nascente do Sol, tendo o selo do Deus vivo, e clamou em grande voz aos quatro anjos, àqueles aos quais fora dado fazer dano à terra e ao mar, dizendo: Não danifiqueis nem a terra, nem o mar, nem as árvores, até selarmos em suas frontes os servos do nosso Deus”. Apoc. 7:2 e 3.
Tudo no mundo se encontra em estado incerto. As nações estão iradas e fazem-se grandes preparativos de guerra. Nação conspira contra nação, e reino contra reino e grande dia de Deus se apressa muito. Mas embora as nações estejam passando em revista suas forças para a guerra e derrama- mento de sangue, está ainda em vigor a ordem dada nos anjos, de segurarem os quatro ventos até que os servos de Deus tenham sido assinalados na fronte. …
Por enquanto os quatro ventos estão sendo retidos até que os servos de Deus sejam assinalados na fronte. Então os poderes da Terra arregimentarão suas forças para a última grande batalha. Quão cuidadosamente deveríamos aproveitar o pequeno período restante de nosso tempo de graça! – 7BC, 968. Precisam sofrer uma mudança os que se tenham entregue a pensamentos dissolutos. … os pensamentos devem concentrar-se em Deus. Agora é que nos devemos grandemente esforçar para vencer as tendências naturais do coração carnal. – A Fé Pela Qual Eu Vivo, p. 336.
Pouco antes de entrarmos nele (no tempo de angústia), todos nós recebemos o selo do Deus vivo. Então eu vi os quatro anjos deixarem de segurar os quatro ventos. E vi fome, pestilência e espada, nação se levantava contra nação, e o mundo inteiro estava em confusão. …
Qual é o selo do Deus vivo, que é colocado nas frontes de seu povo? É um sinal que os anjos, mas não os olhos humanos, podem ler; pois o anjo destruidor precisa ver este sinal de redenção. A mente Inteligente tem visto o sinal da cruz do Calvário nos filhos e filhas adotivos do Senhor. É removido o pecado da transgressão da lei de Deus. Eles estão trajados com a veste nupcial, e são obedientes e fiéis a todos os mandamentos de Deus. – 7BC, 963.
Estamos no tempo da sacudidura, tempo em que cada coisa que pode ser sacudida, sacudir-se-á. O Senhor não desculpará os que conhecem a verdade, se não obedecem a Seus mandamentos, – A Fé Pela Qual Eu Vivo, p. 336.
Ano Bíblico: Jer. 42.44. -Juvenis: S. Mat. 12.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=100&p=241

- Meditação Matinal de EGW (Espanhol).:

LOS ÁNGELES VEN LA SEÑAL DE DIOS

Vi también a otro ángel que subía de donde sale el sol, y tenía el sello del Dios vivo; y clamó a gran voz a los cuatro ángeles a quienes se les había dado el poder de hacer daño a la tierra y al mar, diciendo: No hagáis daño a la tierra, ni al mar, ni a los árboles, hasta que hayamos sellado en su frente a los siervos de nuestro Dios. (Apoc. 7: 2, 3).
Todo en el mundo está alterado. Las naciones se han airado y se realizan grandes preparativos para la guerra. Una nación conspira contra otra y un reino contra otro. El gran día de Dios se apresura rápidamente. Pero aunque las naciones alistan sus fuerzas para la guerra y el derramamiento de sangre, todavía está en vigencia la orden dada a los ángeles de que retengan los cuatros vientos hasta que los siervos de Dios sean sellados en sus frentes.*
Los cuatro vientos siguen retenidos hasta que los siervos de Dios sean sellados en sus frentes. Entonces los poderes de la tierra reunirán sus fuerzas para la gran batalla final. ¡Con cuánto cuidado deberíamos aprovechar, entonces, el corto período que resta de nuestra peregrinación!*
Mentes que se han entregado a pensamientos desordenados deben cambiar. . . Los pensamientos deben concentrarse en Dios. Ahora es tiempo de realizar un ferviente esfuerzo para vencer las tendencias naturales del corazón carnal.*
Precisamente antes de entrar en [el tiempo de angustia], todos recibiremos el sello del Dios vivo. Entonces vi que los cuatro ángeles dejaban de retener los cuatro vientos. Y vi hambre, pestilencia y espada; una nación se levantaba contra otra y el mundo se hallaba en confusión. . .
¿Cuál es el sello del Dios vivo que se pone en la frente de sus hijos? Es una marca que pueden ver los ángeles y no los ojos humanos, puesto que el ángel destructor debe percibir esa señal de redención. La mente inteligente ha visto la señal de la cruz del Calvario sobre los hijos e hijas que ha adoptado el Señor. El pecado de la transgresión de la ley de Dios es borrado. Están ataviados con el vestido de bodas y son obedientes y fieles a todos los mandamientos de Dios.*
Nos hallamos en el tiempo del zarandeo, cuando todo lo que pueda ser sacudido lo será. El Señor no excusará a los que conocen la verdad si no obedecen sus mandamientos en palabra y obra.*

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=101&p=241

- Meditação Matinal de EGW (Inglês).:

August 23 – Angels can Read God”s Mark

I saw another angel ascending from the east, having the seal of the living God: and he cried with a loud voice to the four angels, to whom it was given to hurt the earth and the sea, saying, Hurt not the earth, neither the sea, nor the trees, till we have sealed the servants of our God in their foreheads. Rev. 7:2, 3.
Everything in the world is in an unsettled state. The nations are angry, and great preparations for war are being made. Nation is plotting against nation, and kingdom against kingdom. The great day of God is hasting greatly. But although the nations are mustering their forces for war and bloodshed, the command to the angels is still in force, that they hold the four winds until the servants of God are sealed in their foreheads. {Mar 243.1}
As yet the four winds are held until the servants of God shall be sealed in their foreheads. Then the powers of earth will marshal their forces for the last great battle. How carefully we should improve the little remaining period of our probation! {Mar 243.2}
Minds that have been given up to loose thought need to change. . . . The thoughts must be centred upon God. Now is the time to put forth earnest effort to overcome the natural tendencies of the carnal heart. {Mar 243.3}
Just before we entered it [the time of trouble], we all received the seal of the living God. Then I saw the four angels cease to hold the four winds. And I saw famine, pestilence and sword, nation rose against nation, and the whole world was in confusion. {Mar 243.4}
What is the seal of the living God, which is placed in the foreheads of His people? It is a mark which angels, but not human eyes, can read; for the destroying angel must see this mark of redemption. The intelligent mind has seen the sign of the cross of Calvary in the Lord”s adopted sons and daughters. The sin of the transgression of the law of God is taken away. They have on the wedding garment, and are obedient and faithful to all God”s commands. {Mar 243.5}
The Lord will not excuse those who know the truth if they do not in word and deed obey His commands. {Mar 243.6}

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=129&p=241

Na graça de nosso Senhor Jesus,

Daniel Gavin
Diretor Geral – Ellen White Books
http://www.ellenwhite.com.br/
http://www.ellenwhitebooks.com/
http://www.ellenwhite.es/
http://www.ellenwhitebooks.es/

- Mensagens para Evangelistas.:

Aquele que em seu trabalho encontra provas e tentações, deve aproveitar com essas experiências, aprendendo a apoiar-se mais decididamente em Deus. Deve sentir a todo momento sua dependência de Deus. Nenhuma queixa deve ser cultivada em seu coração ou ser pronunciada por seus lábios. Quando bem-sucedido, não deve tomar para si nenhuma glória, porque seu êxito é devido à operação dos anjos de Deus sobre o coração. E lembre-se ele de que tanto no tempo de animação como no de desânimo, os mensageiros celestiais estão sempre a seu lado. Ele deve reconhecer a bondade do Senhor, e louvá-Lo com alegria. Testemunhos Seletos, vol. 2, pág. 550.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=24&p=550

- Mensagens para Jovens.:

Satanás sabe que, em alto grau, o espírito é afetado por aquilo de que se alimenta. Está tentando dirigir tanto os jovens como os de idade madura à leitura de romances, contos e outra literatura. Os leitores de tal literatura tornam-se incapazes para os deveres que têm pela frente. Vivem uma vida irreal, não sentindo desejo de buscar as Escrituras para se alimentar do maná celeste. A mente que necessita se robustecer é enfraquecida, perdendo o poder de estudar as grandes verdades relacionadas com a missão e obra de Cristo – verdades que revigorariam a mente, despertariam a imaginação, ateando um forte e fervoroso desejo de vencer assim como Cristo venceu. Mensagens aos Jovens, págs. 271 e 272.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=6&p=271

- Mensagens para Namorados.:

As idéias de namoro têm seu fundamento em idéias errôneas acerca do casamento. Seguem o impulso e a paixão cega. A corte é feita num espírito de flerte. As partes transgridem com freqüência as regras da modéstia e do recato e são culpadas de indiscrição, se é que não transgridem a lei de Deus. O elevado, nobre e sublime desígnio de Deus na instituição do casamento não é discernido; portanto as mais puras afeições do coração, os mais nobres traços de caráter não são desenvolvidos. Nem uma palavra deve ser proferida, nem uma ação praticada, que não queirais que os santos anjos contemplem e registrem nos livros do alto. Deveis ter em vista unicamente a glória de Deus. O coração só deve ter afeição pura, santificada, digna dos seguidores de Jesus Cristo, exaltada em sua natureza, e mais celeste que terrena. Qualquer coisa diferente é aviltante, degradante no namoro; e o casamento não pode ser santo e honroso aos olhos de um Deus puro e santo, a menos que seja segundo os exaltados
princípios bíblicos. Manuscrito 4a, 1885. O Lar Adventista, pág. 55.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=16&p=55

- Mensagens para Pais.:

À medida que avançarmos no estabelecimento de escolas de igreja, encontraremos uma obra a fazer-se em prol das crianças nos lugares em que se julgou não se poder manter uma escola. Tanto quanto possível, todos os nossos filhos devem ter o privilégio de uma educação cristã. A fim de provê-la, devemos algumas vezes estabelecer escolas no lar. Bom seria se várias famílias da vizinhança se unissem para empregar um professor humilde, temente a Deus, a fim de dar aos pais o auxílio que é necessário na educação dos filhos. Isso será uma grande bênção a muitos grupos isolados de observadores do sábado, e um plano mais agradável ao Senhor do que aquele que algumas vezes tem sido seguido, de mandar de casa tenras crianças, a freqüentar uma de nossas escolas maiores. Conselhos aos Pais, Professores e Estudantes, pág. 158.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=37&p=158

- Mensagens sobre Escola Sabatina.:

O professor não deve limitar-se a repetir as palavras da lição, mas precisa estar familiarizado não só com as palavras como com as idéias. Todo professor, antes de assumir a direção de sua classe, deve ter distintamente delineados na mente planos referentes ao que precisa fazer naquele dia e naquela ocasião. Recitar uma lição perante a classe não é ensiná-la; deveis ter palavras simples, e expor clara e distintamente as idéias. Assegurai-vos de que vossos alunos vos entendem. Se não vos compreendem as idéias, vosso trabalho está perdido. Não toqueis levemente a superfície; cavai fundo. A Bíblia é a regra e guia da vida. A mente e o coração dos jovens devem ser levados em contato imediato com a sã doutrina; assim produzirão frutos, pois se verá a prática sã, como resultado de vossos esforços. Testimonies on Sabbath School Work, pág. 24 e Conselhos Sobre a Escola Sabatina, págs. 118 e 119.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=15&p=118

- Mensagens sobre Saúde.:

Muitos dos que adotam a reforma alimentar se queixam de que não se dão bem com ela; depois de sentar-me à sua mesa, porém, chego à conclusão de que não é a reforma que tem a culpa, mas a comida deficientemente preparada. Apelo para homens e mulheres a quem Deus deu inteligência: Aprendam a cozinhar. Não cometo nenhum erro quando digo “homens”, pois eles, da mesma maneira que as mulheres, precisam compreender o preparo simples e saudável do alimento. Suas ocupações levam-nos muitas vezes a lugares onde não lhes é possível obter comida saudável. Poderão ser chamados a passar dias e até semanas entre famílias inteiramente ignorantes a esse respeito. Então, caso possuam o conhecimento, poderão usá-lo bem. Christian Temperance and Bible Hygiene, págs. 56 e 57 e Conselhos Sobre o Regime Alimentar, pág. 253.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=17&p=253

Na graça de nosso Senhor Jesus,

Daniel Gavin
Diretor Geral – Ellen White Books
http://www.ellenwhite.com.br/
http://www.ellenwhitebooks.com/
http://www.ellenwhite.es/
http://www.ellenwhitebooks.es/

- Ano Bíblico (Português).:

Livro de Jeremias

Capítulo 42

1 – Então chegaram todos os chefes das forças, e Joanã, filho de Careá, e Jezanias, filho de Hosaías, e todo o povo, desde o menor até o maior,
2 – e disseram a Jeremias, o profeta: Seja aceita, pedimos-te, a nossa súplica diante de ti, e roga ao Senhor teu Deus, por nós e por todo este resto; porque de muitos restamos somente uns poucos, assim como nos vêem os teus olhos;
3 – para que o Senhor teu Deus nos ensine o caminho por onde havemos de andar e aquilo que havemos de fazer.
4 – Respondeu-lhes Jeremias o profeta: Eu vos tenho ouvido; eis que orarei ao Senhor vosso Deus conforme as vossas palavras; e o que o Senhor vos responder, eu vo-lo declararei; não vos ocultarei nada.
5 – Então eles disseram a Jeremias: Seja o Senhor entre nós testemunha verdadeira e fiel, se assim não fizermos conforme toda a palavra com que te enviar a nós o Senhor teu Deus.
6 – Seja ela boa, ou seja má, à voz do Senhor nosso Deus, a quem te enviamos, obedeceremos, para que nos suceda bem, obedecendo à voz do Senhor nosso Deus.
7 – Ao fim de dez dias veio a palavra do Senhor a Jeremias.
8 – Então chamou a Joanã, filho de Careá, e a todos os chefes das forças que havia com ele, e a todo o povo, desde o menor até o maior,
9 – e lhes disse: Assim diz o Senhor, Deus de Israel, a quem me enviastes para apresentar a vossa súplica diante dele:
10 – Se de boa mente habitardes nesta terra, então vos edificarei, e não vos derrubarei; e vos plantarei, e não vos arrancarei; porque estou arrependido do mal que vos tenho feito.
11 – Não temais o rei de Babilônia, a quem vós temeis; não o temais, diz o Senhor; pois eu sou convosco, para vos salvar e para vos livrar da sua mão.
12 – E vos concederei misericórdia, para que ele tenha misericórdia de vós, e vos faça habitar na vossa terra.
13 – Mas se vós disserdes: Não habitaremos nesta terra; não obedecendo à voz do Senhor vosso Deus,
14 – e dizendo: Não; antes iremos para a terra do Egito, onde não veremos guerra, nem ouviremos o som de trombeta, nem teremos fome de pão, e ali habitaremos;
15 – nesse caso ouvi a palavra do Senhor, ó resto de Judá: Assim diz o Senhor dos exércitos, Deus de Israel: Se vós de todo vos propuserdes a entrar no Egito, e entrardes para lá peregrinar,
16 – então a espada que vós temeis vos alcançará ali na terra do Egito, e a fome que vós receais vos seguirá de perto mesmo no Egito, e ali morrereis.
17 – Assim sucederá a todos os homens que se propuserem a entrar no Egito, a fim de lá peregrinarem: morrerão à espada, de fome, e de peste; e deles não haverá quem reste ou escape do mal que eu trarei sobre eles.
18 – Pois assim diz o Senhor dos exércitos, Deus de Israel: Como se derramou a minha ira e a minha indignação sobre os habitantes de Jerusalém, assim se derramará a minha indignação sobre vós, quando entrardes no Egito. Sereis um espetáculo de execração, e de espanto, e de maldição, e de opróbrio; e não vereis mais este lugar.
19 – Falou o Senhor acerca de vós, ó resto de Judá: Não entreis no Egito. Tende por certo que hoje vos tenho avisado.
20 – Porque vós vos enganastes a vós mesmos; pois me enviastes ao Senhor vosso Deus, dizendo: Roga por nós ao Senhor nosso Deus, e conforme tudo o que disser o Senhor Deus nosso, declara-no-lo assim, e o faremos.
21 – E vo-lo tenho declarado hoje, mas não destes ouvidos à voz do Senhor vosso Deus em coisa alguma pela qual ele me enviou a vos.
22 – Agora pois sabei por certo que morrereis à espada, de fome e de peste no mesmo lugar onde desejais ir para lá peregrinardes.

Capítulo 43

1 – Tendo Jeremias acabado de falar a todo o povo todas as palavras do Senhor seu Deus, aquelas palavras com as quais o Senhor seu Deus lho havia enviado,
2 – então falaram Azarias, filho de Hosaías, e Joanã, filho de Careá, e todos os homens soberbos, dizendo a Jeremias: Tu dizes mentiras; o Senhor nosso Deus não te enviou a dizer: Não entreis no Egito para ali peregrinardes;
3 – mas Baruque, filho de Nerias, é que te incita contra nós, para nos entregar na mão dos caldeus, para eles nos matarem, ou para nos levarem cativos para Babilônia.
4 – Não obedeceu pois Joanã, filho de Careá, nem nenhum de todos os príncipes dos exércitos, nem o povo todo, à voz do Senhor, para ficarem na terra de Judá.
5 – Mas Joanã, filho de Careá, e todos os chefes das forças tomaram a todo o resto de Judá, que havia voltado dentre todas as nações, para onde haviam sido arrojados, com o fim de peregrinarem na terra de Judá;
6 – aos homens, às mulheres, às crianças, e às filhas do rei, e a toda pessoa que Nebuzaradão, capitão da guarda, deixara com Gedalias, filho de Aicão, filho de Safã, como também a Jeremias, o profeta, e a Baruque, filho de Nerias;
7 – e entraram na terra do Egito; pois não obedeceram à voz do Senhor; assim vieram até Tapanes.
8 – Então veio a palavra do Senhor a Jeremias, em Tapanes, dizendo:
9 – Toma na tua mão pedras grandes, e esconde-as com barro no pavimento que está à entrada da casa de Faraó em Tapanes, à vista dos homens de Judá;
10 – e dize-lhes: Assim diz o Senhor dos exércitos, Deus de Israel: Eis que eu enviarei, e tomarei a Nabucodonosor, rei de Babilônia, meu servo, e porei o seu trono sobre estas pedras que escondi; e ele estenderá o seu pavilhão real sobre elas.
11 – Virá, e ferirá a terra do Egito, entregando à morte quem é para a morte, ao cativeiro quem é para o cativeiro, e à espada.
12 – E lançarei fogo às casas dos deuses do Egito; e ele os queimará e os levará cativos; e ornar-se-á da terra do Egito, como se veste o pastor com a sua roupa; e sairá dali em paz.
13 – E quebrará as colunas de Bete-Semes, que está na terra do Egito; e as casas dos deuses do Egito queimará a fogo.

Capítulo 44

1 – A palavra que veio a Jeremias, acerca de todos os judeus, que habitavam na terra do Egito, em Migdol, em Tapanes, em Mênfis, e no país de Patros:
2 – Assim diz o Senhor dos exércitos, Deus de Israel: Vós vistes todo o mal que fiz cair sobre Jerusalém, e sobre todas as cidades de Judá; e eis que elas são hoje uma desolação, e ninguém nelas habita;
3 – por causa da sua maldade que fizeram, para me irarem, indo queimar incenso, e servir a outros deuses, a quem eles nunca conheceram, nem eles, nem vós, nem vossos pais.
4 – Todavia eu vos enviei persistentemente todos os meus servos, os profetas, para vos dizer: Ora, não façais esta coisa abominável que odeio!
5 – Mas eles não escutaram, nem inclinaram os seus ouvidos, para se converterem da sua maldade, para não queimarem incenso a outros deuses.
6 – Pelo que se derramou a minha indignação e a minha ira, e acendeu-se nas cidades de Judá, e nas ruas de Jerusalém; e elas tornaram-se em deserto e em desolação, como hoje se vê.
7 – Agora, pois, assim diz o Senhor, Deus dos exércitos, Deus de Israel: Por que fazeis vós tão grande mal contra vós mesmos, para desarraigardes o homem e a mulher, a criança e o que mama, dentre vós, do meio de Judá, a fim de não vos deixardes ali resto algum;
8 – irando-me com as obras de vossas mãos, queimando incenso a outros deuses na terra do Egito, aonde vós entrastes para lá peregrinardes, para que sejais exterminados, e para que sirvais de maldição e de opróbrio entre todas as nações da terra?
9 – Esquecestes já as maldades de vossos pais, as maldades dos reis de Judá, as maldades das suas mulheres, as vossas maldades e as maldades das vossas mulheres, cometidas na terra de Judá e nas ruas de Jerusalém?
10 – Não se humilharam até o dia de hoje, nem temeram, nem andaram na minha lei, nem nos meus estatutos, que pus diante de vós e diante de vossos pais.
11 – Portanto assim diz o Senhor dos exércitos, Deus de Israel: Eis que eu ponho o meu rosto contra vós para mal, e para desarraigar todo o Judá.
12 – E tomarei os que restam de Judá, os quais puseram o seu rosto para entrar na terra do Egito, a fim de lá peregrinarem, e todos eles serão consumidos; na terra do Egito cairão; à espada, e de fome serão consumidos; desde o menor até o maior morrerão à espada e de fome; e tornar-se-ão um espetáculo de execração, de espanto, de maldição e de opróbrio.
13 – Pois castigarei os que habitam na terra do Egito, como castiguei Jerusalém, com a espada, a fome e a peste.
14 – De maneira que, da parte remanescente de Judá que entrou na terra do Egito a fim de lá peregrinar, não haverá quem escape e fique para tornar à terra de Judá, à qual era seu grande desejo voltar, para ali habitar; mas não voltarão, senão um pugilo de fugitivos.
15 – Então responderam a Jeremias todos os homens que sabiam que suas mulheres queimavam incenso a outros deuses, e todas as mulheres que estavam presentes, uma grande multidão, a saber, todo o povo que habitava na terra do Egito, em Patros, dizendo:
16 – Quanto à palavra que nos anunciaste em nome do Senhor, não te obedeceremos a ti;
17 – mas certamente cumpriremos toda a palavra que saiu da nossa boca, de queimarmos incenso à rainha do céu, e de lhe oferecermos libações, como nós e nossos pais, nossos reis e nossos príncipes, temos feito, nas cidades de Judá, e nas ruas de Jerusalém; então tínhamos fartura de pão, e prosperávamos, e não vimos mal algum.
18 – Mas desde que cessamos de queimar incenso à rainha do céu, e de lhe oferecer libações, temos tido falta de tudo, e temos sido consumidos pela espada e pela fome.
19 – E nós, as mulheres, quando queimávamos incenso à rainha do céu, e lhe oferecíamos libações, acaso lhe fizemos bolos para a adorar e lhe oferecemos libações sem nossos maridos?
20 – Então disse Jeremias a todo o povo, aos homens e às mulheres, e a todo o povo que lhe havia dado essa resposta, dizendo:
21 – Porventura não se lembrou o Senhor, e não lhe veio à mente o incenso que queimastes nas cidades de Judá e nas ruas de Jerusalém, vós e vossos pais, vossos reis e vossos príncipes, como também o povo da terra?
22 – O Senhor não podia por mais tempo suportar a maldade das vossas ações, as abominações que cometestes; pelo que se tornou a vossa terra em desolação, e em espanto, e em maldição, sem habitantes, como hoje se vê.
23 – Porquanto queimastes incenso, e pecastes contra o Senhor, não obedecendo à voz do Senhor, nem andando na sua lei, nos seus estatutos e nos seus testemunhos; por isso vos sobreveio este mal, como se vê neste dia.
24 – Disse mais Jeremias a todo o povo e a todas as mulheres: Ouvi a palavra do Senhor, vós, todo o Judá, que estais na terra do Egito.
25 – Assim fala o Senhor dos exércitos, Deus de Israel, dizendo: Vós e vossas mulheres falastes por vossa boca, e com as vossas mãos o cumpristes, dizendo: Certamente cumpriremos os nossos votos que fizemos, de queimarmos incenso à rainha do céu e de lhe derramarmos libações; confirmai, pois, os vossos votos, e cumpri-os!
26 – Ouvi, pois, a palavra do Senhor, todos os de Judá que habitais na terra do Egito: Eis que eu juro pelo meu grande nome, diz o Senhor, que nunca mais será pronunciado o meu nome pela boca de nenhum homem de Judá em toda a terra do Egito, dizendo: Como vive o Senhor Deus!
27 – Eis que velarei sobre eles para o mal, e não para o bem; e serão consumidos todos os homens de Judá que estão na terra do Egito, pela espada e pela fome, até que de todo se acabem.
28 – E os que escaparem da espada voltarão da terra do Egito para a terra de Judá, poucos em número; e saberá todo o resto de Judá que entrou na terra do Egito para peregrinar ali, se subsistirá a minha palavra ou a sua.
29 – E isto vos servirá de sinal, diz o Senhor, de que eu vos castigarei neste lugar, para que saibais que certamente subsistirão as minhas palavras contra vós para o mal:
30 – Assim diz o Senhor: Eis que eu entregarei Faraó-Hofra, rei do Egito, na mão de seus inimigos, e na mão dos que procuram a sua morte; como entreguei Zedequias, rei de Judá, na mão de Nabucodonosor, rei de Babilônia, seu inimigo, e que procurava a sua morte.

- Pergunta sobre o Ano Bíblico.:

Para qual país Jeremias foi levado contra sua vontade?
Resposta: Egito (Jeremias 43:1-7)

- Curiosidades Bíblicas.:

Quem foi a 1ª mulher convertida na Europa pelo apóstolo Paulo?
Resposta: Lídia. Atos 16:14.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/biblia.asp?lista=1&livro=44&capitulo=16

- Versos Bíblicos.:

Aquele que nem mesmo a seu próprio Filho poupou, antes o entregou por todos nós, como não nos dará também com ele todas as coisas? Romanos 8:32

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/biblia.asp?lista=1&livro=45&capitulo=8&verso=32

- Ano Bíblico (Espanhol).:

Libro de Jeremias

Capítulo 42

1 – Todos los oficiales de los soldados, Johanán hijo de Carea, Jezanías hijo de Osaías y todo el pueblo, desde el menor hasta el mayor, se acercaron
2 – y dijeron al profeta Jeremías: –Por favor, llegue nuestro ruego a tu presencia, y ora por nosotros a Jehovah tu Dios, por todo este remanente (pues de muchos hemos quedado unos pocos, como tus ojos nos ven),
3 – para que Jehovah tu Dios nos enseñe el camino por donde debemos ir y lo que hemos de hacer.
4 – Entonces el profeta Jeremías les dijo: –He Oído. He Aquí que voy a orar a Jehovah vuestro Dios, conforme a vuestra Petición. Todo lo que Jehovah os responda os lo declararé; nada os ocultaré.
5 – Ellos dijeron a Jeremías: –Jehovah sea entre nosotros testigo fiel y verdadero de que conforme a todo aquello para lo cual Jehovah tu Dios te Envíe a nosotros, Así haremos.
6 – Sea bueno o malo, obedeceremos la voz de Jehovah nuestro Dios, a quien nosotros te enviamos. Para que nos vaya bien, ciertamente obedeceremos la voz de Jehovah nuestro Dios.
7 – Aconteció que al cabo de diez Días vino la palabra de Jehovah a Jeremías.
8 – Este Llamó a Johanán hijo de Carea, a todos los oficiales de los soldados que estaban con él y a todo el pueblo, desde el menor hasta el mayor;
9 – y les dijo: –Así ha dicho Jehovah Dios de Israel, a quien me enviasteis para que presentase vuestra Súplica delante de él:
10 – “Si decididamente permanecéis en esta tierra, os edificaré y no os destruiré. Os plantaré y no os arrancaré, porque he desistido del mal que os he hecho.
11 – No Temáis al rey de Babilonia, de quien tenéis miedo. No le Temáis, dice Jehovah, porque yo estoy con vosotros para salvaros y para libraros de su mano.
12 – Os mostraré misericordia, de manera que él se Compadecerá de vosotros y os Hará volver a vuestra tierra.
13 – Pero si Decís: “No habitaremos en esta tierra”, desobedeciendo Así la voz de Jehovah vuestro Dios,
14 – y si Decís: “No, sino que nos iremos a la tierra de Egipto, en la cual no veremos guerra ni oiremos el sonido de la corneta, ni tendremos hambre de pan, y Allí habitaremos”,
15 – entonces Oíd la palabra de Jehovah, oh remanente de Judá: Así ha dicho Jehovah de los Ejércitos, Dios de Israel: Si vosotros habéis decidido ir a Egipto y os vais Allá para residir,
16 – Sucederá que Allí en la tierra de Egipto os Alcanzará la espada que teméis. Allá en Egipto os Acosará el hambre que os preocupa, y Allí moriréis.
17 – Sucederá que todos los hombres que han decidido ir a Egipto para residir Allí, Morirán por la espada, por el hambre y por la peste. No Habrá quien quede vivo de ellos, ni quien escape ante el mal que yo traeré sobre ellos.
18 – Porque Así ha dicho Jehovah de los Ejércitos, Dios de Israel: Como se Derramó mi furor y mi ira sobre los habitantes de Jerusalén, Así se Derramará mi ira sobre vosotros cuando entréis en Egipto. Seréis objeto de Imprecación, de horror, de Maldición y de oprobio; y no volveréis a ver este lugar.”
19 – Oh remanente de Judá, Jehovah ha dicho de vosotros: “No entréis en Egipto.” Sabed ciertamente que hoy os lo he advertido.
20 – Os habéis descarriado a costa de vuestras propias vidas, porque vosotros mismos me habéis enviado a Jehovah vuestro Dios, diciendo: “Ora por nosotros a Jehovah nuestro Dios; y todo lo que Jehovah nuestro Dios declare, Háznoslo saber, y lo pondremos por obra.”
21 – Pues os lo he declarado hoy, pero no habéis obedecido la voz de Jehovah vuestro Dios en nada de lo que me Envió a deciros.
22 – Ahora pues, sabed ciertamente que por la espada, por el hambre y por la peste moriréis en el lugar a donde Deseáis entrar para residir Allí.

Capítulo 43

1 – Aconteció que cuando Jeremías Acabó de hablar a todo el pueblo todas las palabras que Jehovah, el Dios de ellos, le Había enviado a decirles,
2 – Azarías hijo de Osaías, Johanán hijo de Carea y todos los hombres arrogantes dijeron a Jeremías: –¡Dices mentiras! No te ha enviado Jehovah nuestro Dios, para decir: “No entréis a Egipto para residir Allí”;
3 – sino que Baruc hijo de Nerías te incita contra nosotros, para entregarnos en mano de los caldeos, a fin de que nos maten o que nos lleven cautivos a Babilonia.
4 – Así que Johanán hijo de Carea, todos los oficiales de los soldados y todo el pueblo no obedecieron la voz de Jehovah, para quedarse en la tierra de Judá.
5 – Más bien, Johanán hijo de Carea y todos los oficiales de los soldados tomaron a todo el remanente de Judá (los que Habían regresado, para residir en la tierra de Judá, de todas las naciones a donde Habían sido echados),
6 – a hombres, a mujeres, a niños, a las hijas del rey y a toda persona que Nabuzaradán, el Capitán de la guardia, Había dejado con Gedalías hijo de Ajicam, hijo de Safán, y también al profeta Jeremías y a Baruc hijo de Nerías.
7 – Entraron en la tierra de Egipto, porque no obedecieron la voz de Jehovah; y llegaron hasta Tafnes.
8 – Entonces vino la palabra de Jehovah a Jeremías, en Tafnes, diciendo:
9 – “Toma en tus manos piedras grandes, Escóndelas en la mezcla del pavimento de ladrillos a la entrada de la casa del Faraón en Tafnes, a vista de los hombres Judíos,
10 – y diles que Así ha dicho Jehovah de los Ejércitos, Dios de Israel: “He Aquí que yo enviaré y tomaré a Nabucodonosor, rey de Babilonia, mi siervo, y pondré su trono sobre estas piedras que he escondido, y él Extenderá su Pabellón sobre ellas.
11 – Vendrá y Golpeará la tierra de Egipto: los que a muerte, a muerte; los que a cautividad, a cautividad; los que a espada, a espada.
12 – Prenderá fuego a las casas de los dioses de Egipto y las Incendiará, y a ellos los Llevará cautivos. Limpiará la tierra de Egipto, como un pastor limpia su ropa, y Saldrá de Allí en paz.
13 – Además, Romperá los obeliscos de Heliópolis, la cual Está en la tierra de Egipto, e Incendiará los templos de los dioses de Egipto.””

Capítulo 44

1 – La palabra que vino a Jeremías con respecto a todos los Judíos que habitaban en la tierra de Egipto, que habitaban en Migdol, en Tafnes, en Menfis y en la tierra de Patros, diciendo:
2 – –Así ha dicho Jehovah de los Ejércitos, Dios de Israel: “Vosotros habéis visto todo el mal que he Traído sobre Jerusalén y sobre todas las ciudades de Judá. He Aquí, en el Día de hoy Están en ruinas y no hay habitantes en ellas,
3 – a causa de la maldad que ellos cometieron, Provocándome a ira, ya que fueron a quemar incienso y a servir a otros dioses que ni ellos, ni vosotros ni vuestros padres conocieron.
4 – Persistentemente os envié todos mis siervos los profetas, para deciros: “¡Por favor, no Hagáis esta cosa abominable que yo aborrezco!”
5 – Pero no escucharon ni inclinaron su Oído para volverse de su maldad, para dejar de quemar incienso a otros dioses.
6 – Por tanto, se Derramó mi ira, y se Encendió mi furor en las ciudades de Judá y en las calles de Jerusalén; y fueron convertidas en ruina y en Desolación, como en este Día.”
7 – Ahora pues, Así ha dicho Jehovah Dios de los Ejércitos, Dios de Israel: “¿Por qué hacéis un mal tan grande contra vosotros mismos, para que de en medio de Judá sean destruidos el hombre, la mujer, el niño y el lactante, sin que os quede remanente alguno?
8 – ¿Por qué me Provocáis a ira con las obras de vuestras manos, ofreciendo incienso a otros dioses en la tierra de Egipto, a donde habéis entrado para residir, de modo que Seáis exterminados y que Seáis objeto de Maldición y de oprobio entre todas las naciones de la tierra?
9 – ¿Habéis olvidado las maldades de vuestros padres, las maldades de los reyes de Judá, las maldades de sus mujeres, las maldades vuestras y las maldades de vuestras mujeres, que hicieron en la tierra de Judá y en las calles de Jerusalén?
10 – Hasta el Día de hoy no se han humillado, ni han tenido temor, ni han caminado en mi ley ni en mis estatutos que puse delante de vosotros y delante de vuestros padres.”
11 – Por tanto, Así ha dicho Jehovah de los Ejércitos, Dios de Israel: “He Aquí que yo pongo mi rostro contra vosotros para mal y para destruir a todo Judá.
12 – Tomaré al remanente de Judá que Decidió ir a la tierra de Egipto para residir Allí, y Serán exterminados todos en la tierra de Egipto. Caerán por la espada y por el hambre; Serán exterminados, desde el menor hasta el mayor. Por la espada y por el hambre Morirán, y Llegarán a ser objeto de Imprecación, de horror, de Maldición y de oprobio.
13 – Yo, pues, castigaré a los que habitan en la tierra de Egipto, como castigué a Jerusalén: por la espada, por el hambre y por la peste.
14 – Y del remanente de Judá que Entró en la tierra de Egipto para residir Allí, no Habrá quien escape, ni quien sobreviva para volver a la tierra de Judá, a la cual ellos suspiran por regresar, para habitar Allí. Porque no Regresarán sino los que escapen.”
15 – Entonces todos los hombres que Sabían que sus mujeres quemaban incienso a otros dioses, y todas las mujeres que estaban presentes y una gran concurrencia, todo el pueblo que habitaba en Patros en tierra de Egipto, respondieron a Jeremías diciendo:
16 – –La palabra que nos has hablado en nombre de Jehovah, no te la escucharemos.
17 – Más bien, pondremos por obra toda palabra que ha salido de nuestra boca, para quemar incienso a la Reina del Cielo y para derramarle libaciones, como hemos hecho nosotros y nuestros padres, nuestros reyes y nuestros magistrados, tanto en las ciudades de Judá como en las calles de Jerusalén. Pues fuimos saciados de pan, nos fue bien y no vimos mal alguno.
18 – Pero desde que dejamos de quemar incienso a la Reina del Cielo y de derramarle libaciones, nos falta de todo, y somos exterminados por la espada y por el hambre.
19 – Y las mujeres dijeron: –Cuando nosotras Quemábamos incienso a la Reina del Cielo y le Derramábamos libaciones, ¿acaso era sin el conocimiento de nuestros maridos que le Hacíamos tortas, reproduciendo su imagen, y le Derramábamos libaciones?
20 – Entonces Jeremías Habló a todo el pueblo, a los hombres, a las mujeres y a todo el pueblo que le Había respondido esto, diciendo:
21 – –¿No se Habrá acordado Jehovah, o no Habrá venido a su mente el incienso que quemasteis en las ciudades de Judá y en las calles de Jerusalén, vosotros y vuestros padres, vuestros reyes, vuestros magistrados y el pueblo de la tierra?
22 – Jehovah no pudo soportaros Más, a causa de la maldad de vuestras obras y a causa de las abominaciones que Habíais hecho. Por tanto, vuestra tierra ha sido convertida en ruinas, en horror y en Maldición, hasta no quedar habitantes, como en este Día.
23 – Porque quemasteis incienso y pecasteis contra Jehovah y no obedecisteis la voz de Jehovah, ni anduvisteis en su ley, ni en sus estatutos, ni en sus testimonios. Por eso ha venido sobre vosotros este mal, como en este Día.
24 – Jeremías dijo Además a todo el pueblo y a las mujeres: –Oíd la palabra de Jehovah, todos los de Judá que Estáis en la tierra de Egipto.
25 – Así ha dicho Jehovah de los Ejércitos, Dios de Israel: “Vosotros y vuestras mujeres habéis hablado con vuestras bocas y lo habéis realizado con vuestras manos, diciendo: “Sin falta cumpliremos nuestros votos que hemos hecho, de quemar incienso a la Reina del Cielo y de derramarle libaciones.” ¡De veras que Confirmáis vuestros votos y ponéis vuestros votos por obra!”
26 – Por tanto, Oíd la palabra de Jehovah, todos los de Judá que Habitáis en la tierra de Egipto: “He Aquí, ha dicho Jehovah, he jurado por mi gran nombre que no Será invocado Más mi nombre en toda la tierra de Egipto por la boca de Ningún hombre de Judá, diciendo: “¡Vive el Señor Jehovah!”
27 – He Aquí que yo vigilo sobre ellos para mal, y no para bien. Todos los hombres de Judá que Están en la tierra de Egipto Serán exterminados por la espada y por el hambre, hasta que perezcan del todo.
28 – Los que escapen de la espada Regresarán de la tierra de Egipto a la tierra de Judá, en Número reducido. Y todo el remanente de Judá, que ha entrado en Egipto para residir Allí, Sabrá de quién es la palabra que ha de prevalecer: si la Mía o la de ellos.
29 – Esto tendréis por señal, dice Jehovah, de que os castigaré en este lugar, para que Sepáis que ciertamente mis palabras Prevalecerán sobre vosotros para mal.
30 – Así ha dicho Jehovah: He Aquí que yo entrego al Faraón Hofra, rey de Egipto, en mano de sus enemigos y en mano de los que buscan su vida, como entregué a Sedequías, rey de Judá, en mano de Nabucodonosor, rey de Babilonia, su enemigo que buscaba su vida.”

- Ano Bíblico (Inglês).:

Book of Jeremias

Chapter 42

1 – Then all the captains of the forces, and Johanan, the son of Kareah, and Jezaniah, the son of Hoshaiah, and all the people from the least to the greatest, came near,
2 – And said to Jeremiah the prophet, Let our request come before you, and make prayer for us to the Lord your God, even for this small band of us; for we are only a small band out of what was a great number, as your eyes may see:
3 – That the Lord your God may make clear to us the way in which we are to go and what we are to do.
4 – Then Jeremiah the prophet said to them, I have given ear to you; see, I will make prayer to the Lord your God, as you have said; and it will be that, whatever the Lord may say in answer to you, I will give you word of it, keeping nothing back.
5 – Then they said to Jeremiah, May the Lord be a true witness against us in good faith, if we do not do everything which the Lord your God sends you to say to us.
6 – If it is good or if it is evil, we will be guided by the voice of the Lord our God, to whom we are sending you; so that it may be well for us when we give ear to the voice of the Lord our God.
7 – And it came about that after ten days the word of the Lord came to Jeremiah.
8 – And he sent for Johanan, the son of Kareah, and all the captains of the forces who were still with him, and all the people, from the least to the greatest,
9 – And said to them, These are the words of the Lord, the God of Israel, to whom you sent me to put your request before him:
10 – If you still go on living in the land, then I will go on building you up and not pulling you down, planting you and not uprooting you: for my purpose of doing evil to you has been changed.
11 – Have no fear of the king of Babylon, of whom you are now in fear; have no fear of him, says the Lord: for I am with you to keep you safe and to give you salvation from his hands.
12 – And I will have mercy on you, so that he may have mercy on you and let you go back to your land.
13 – But if you say, We have no desire to go on living in this land; and do not give ear to the voice of the Lord your God,
14 – Saying, No, but we will go into the land of Egypt, where we will not see war, or be hearing the sound of the horn, or be in need of food; there we will make our living-place;
15 – Then give ear now to the word of the Lord, O you last of Judah: the Lord of armies, the God of Israel, has said, If your minds are fixed on going into Egypt and stopping there;
16 – Then it will come about that the sword, which is the cause of your fear, will overtake you there in the land of Egypt, and need of food, which you are fearing, will go after you there in Egypt; and there death will come to you.
17 – Such will be the fate of all the men whose minds are fixed on going into Egypt and stopping there; they will come to their end by the sword, by being short of food, and by disease: not one of them will keep his life or get away from the evil which I will send on them.
18 – For this is what the Lord of armies, the God of Israel, has said: As my wrath and passion have been let loose on the people of Jerusalem, so will my passion be let loose on you when you go into Egypt: and you will become an oath and a cause of wonder and a curse and a name of shame; and you will never see this place again.
19 – The Lord has said about you, O last of Judah, Go not into Egypt: be certain that I have given witness to you this day.
20 – For you have been acting with deceit in your hearts; for you sent me to the Lord your God, saying, Make prayer for us to the Lord our God, and give us word of everything he may say, and we will do it.
21 – And this day I have made it clear to you, and you have not given ear to the voice of the Lord your God in anything for which he has sent me to you.
22 – And now be certain that you will come to your end by the sword and by being short of food and by disease, in the place to which you are pleased to go for a living-place.

Chapter 43

1 – And it came about that when Jeremiah had come to the end of giving all the people the words of the Lord their God, which the Lord their God had sent him to say to them, even all these words,
2 – Then Azariah, the son of Hoshaiah, and Johanan, the son of Kareah, and all the men of pride, said to Jeremiah, You have said what is false: the Lord our God has not sent you to say, You are not to go into the land of Egypt and make your living-place there:
3 – But Baruch, the son of Neriah, is moving you against us, to give us up into the hands of the Chaldaeans so that they may put us to death, and take us away prisoners into Babylon.
4 – So Johanan, the son of Kareah, and all the captains of the forces, and all the people, did not give ear to the order of the Lord that they were to go on living in the land of Judah.
5 – But Johanan, the son of Kareah, and all the captains of the forces took all the rest of Judah who had come back into the land of Judah from all the nations where they had been forced to go;
6 – The men and the women and the children and the king´s daughters, and every person whom Nebuzaradan, the captain of the armed men, had put under the care of Gedaliah, the son of Ahikam, the son of Shaphan, and Jeremiah the prophet and Baruch, the son of Neriah;
7 – And they came into the land of Egypt; for they did not give ear to the voice of the Lord: and they came to Tahpanhes.
8 – Then the word of the Lord came to Jeremiah in Tahpanhes, saying,
9 – Take in your hand some great stones, and put them in a safe place in the paste in the brickwork which is at the way into Pharaoh´s house in Tahpanhes, before the eyes of the men of Judah;
10 – And say to them, This is what the Lord of armies, the God of Israel, has said: See, I will send and take Nebuchadrezzar, the king of Babylon, my servant, and he will put the seat of his kingdom on these stones which have been put in a safe place here by you; and his tent will be stretched over them.
11 – And he will come and overcome the land of Egypt; those who are for death will be put to death, those who are to be prisoners will be made prisoners, and those who are for the sword will be given to the sword.
12 – And he will put a fire in the houses of the gods of Egypt; and they will be burned by him: and he will make Egypt clean as a keeper of sheep makes clean his clothing; and he will go out from there in peace.
13 – And the stone pillars of Beth-shemesh in the land of Egypt will be broken by him, and the houses of the gods of Egypt burned with fire.

Chapter 44

1 – The word which came to Jeremiah about all the Jews who were living in the land of Egypt, in Migdol and at Tahpanhes and at Noph and in the country of Pathros, saying,
2 – The Lord of armies, the God of Israel, has said: You have seen all the evil which I have sent on Jerusalem and on all the towns of Judah; and now, this day they are waste and unpeopled;
3 – Because of the evil which they have done, moving me to wrath by burning perfumes in worship to other gods, who were not their gods or yours or the gods of their fathers.
4 – And I sent all my servants the prophets to you, getting up early and sending them, saying, Do not do this disgusting thing which is hated by me.
5 – But they gave no attention, and their ears were not open so that they might be turned from their evil-doing and from burning perfume to other gods.
6 – Because of this, my passion and my wrath were let loose, burning in the towns of Judah and in the streets of Jerusalem; and they are waste and unpeopled as at this day.
7 – So now, the Lord, the God of armies, the God of Israel, has said, Why are you doing this great evil against yourselves, causing every man and woman, little child and baby at the breast among you in Judah to be cut off till not one is still living;
8 – Moving me to wrath with the work of your hands, burning perfumes to other gods in the land of Egypt, where you have gone to make a place for yourselves, so that you may become a curse and a name of shame among all the nations of the earth?
9 – Have you no memory of the evil-doing of your fathers, and the evil-doing of the kings of Judah, and the evil-doing of their wives, and the evil which you yourselves have done, and the evil which your wives have done, in the land of Judah and in the streets of Jerusalem?
10 – Even to this day their hearts are not broken, and they have no fear, and have not gone in the way of my law or of my rules which I gave to you and to your fathers.
11 – So this is what the Lord of armies, the God of Israel, has said: See, my face will be turned against you for evil, for the cutting off of all Judah;
12 – And I will take the last of Judah, whose minds are fixed on going into the land of Egypt and stopping there, and they will all come to their end, falling in the land of Egypt by the sword and by being short of food and by disease; death will overtake them, from the least to the greatest, death by the sword and by need of food: they will become an oath and a cause of wonder and a curse and a name of shame.
13 – For I will send punishment on those who are living in the land of Egypt, as I have sent punishment on Jerusalem, by the sword and by need of food and by disease:
14 – So that not one of the rest of Judah, who have gone into the land of Egypt and are living there, will get away or keep his life, to come back to the land of Judah where they are hoping to come back and be living again: for not one will come back, but only those who are able to get away.
15 – Then all the men who had knowledge that their wives were burning perfumes to other gods, and all the women who were present, a great meeting, answering Jeremiah, said,
16 – As for the word which you have said to us in the name of the Lord, we will not give ear to you.
17 – But we will certainly do every word which has gone out of our mouths, burning perfumes to the queen of heaven and draining out drink offerings to her as we did, we and our fathers and our kings and our rulers, in the towns of Judah and in the streets of Jerusalem: for then we had food enough and did well and saw no evil.
18 – But from the time when we gave up burning perfumes to the queen of heaven and draining out drink offerings to her, we have been in need of all things, and have been wasted by the sword and by need of food.
19 – And the women said, When we were burning perfumes to the queen of heaven and draining out drink offerings to her, did we make cakes in her image and give her our drink offerings without the knowledge of our husbands?
20 – Then Jeremiah said to all the people, to the men and women and all the people who had given him that answer,
21 – The perfumes which you have been burning in the towns of Judah and in the streets of Jerusalem, you and your fathers and your kings and your rulers and the people of the land, had the Lord no memory of them, and did he not keep them in mind?
22 – And the Lord was no longer able to put up with the evil of your doings and the disgusting things you did; and because of this your land has become a waste and a cause of wonder and a curse, with no one living in it, as at this day.
23 – Because you have been burning perfumes, and sinning against the Lord, and have not given ear to the voice of the Lord, or gone in the way of his law or his rules or his orders; for this reason this evil has come on you, as it is today.
24 – Further, Jeremiah said to all the people and all the women, Give ear to the word of the Lord, all those of Judah who are living in Egypt:
25 – This is what the Lord of armies, the God of Israel, has said: You women have said with your mouths, and with your hands you have done what you said, We will certainly give effect to the oaths we have made, to have perfumes burned to the queen of heaven and drink offerings drained out to her: then give effect to your oaths and do them.
26 – And now give ear to the word of the Lord, all you of Judah who are living in the land of Egypt: Truly, I have taken an oath by my great name, says the Lord, that my name is no longer to be named in the mouth of any man of Judah in all the land of Egypt, saying, By the life of the Lord God.
27 – See, I am watching over them for evil and not for good: all the men of Judah who are in the land of Egypt will be wasted by the sword and by need of food till there is an end of them.
28 – And those who get away safe from the sword will come back from the land of Egypt to the land of Judah, a very small number; and all the rest of Judah, who have gone into the land of Egypt and are living there, will see whose word has effect, mine or theirs.
29 – And this will be the sign to you, says the Lord, that I will give you punishment in this place, so that you may see that my words will certainly have effect against you for evil:
30 – The Lord has said, See, I will give up Pharaoh Hophra, king of Egypt, into the hands of those who are fighting against him and desiring to take his life, as I gave Zedekiah, king of Judah, into the hands of Nebuchadrezzar, king of Babylon, his hater, who had designs against his life.

Na graça de nosso Senhor Jesus,

Daniel Gavin
Diretor Geral – Ellen White Books
http://www.ellenwhite.com.br/
http://www.ellenwhitebooks.com/
http://www.ellenwhite.es/
http://www.ellenwhitebooks.es/

- Meditação Matinal de EGW (Português).:

O Puro Sinal da Verdade

“E lhe disse: “Passa pela meio da cidade, pelo meio de Jerusalém, e marca com um sinal a testa dos homens que suspiram e gemem por causa de todas as abominações que se cometem no meio dela”. Ezeq. 9:4.
Notai cuidadosamente este ponto: Os que receberem o puro sinal da verdade, neles gravado “o poder do Espírito Santo, representado pelo sinal feito pelo homem vestido de linho, são os que “suspiram e gemem por causa de todas as abominações que se cometem” na igreja. – 1TS, 336.
A classe que não se entristece por seu próprio declínio espiritual, nem chora sobre os pecados dos outros, será deixada sem o selo de Deus.
Nem todos os que professam guardar o sábado serão selados. Muitos há, mesmo entre os que ensinam a verdade a outros, que não receberão na testa o selo de Deus. Tinham a luz da verdade, souberam a vontade de seu Mestre, compreenderam todos os pontos de nossa fé, mas não tiveram as obras correspondentes. …
Nenhum de nós jamais receberá o selo de Deus, enquanto o caráter tiver uma nódoa ou mácula sequer. Cumpre-nos remediar os defeitos de caráter, purificação de toda a contaminação o templo da alma. Então a chuva serôdia cairá sobre nós, como caiu a temporã sobre os discípulos no dia de Pentecostes.
Que estais fazendo, irmãos, na grande obra de preparação? Os que se estão unindo com o inundo, se amoldando ao modelo mundano, e preparando-se para o sinal da besta. Os que desconfiam do eu, que se humilham diante de Deus, e purificam a alma pela obediência à verdade, estão recebendo o molde divino, e preparando-se receber na fronte o selo de Deus. Quando vir o decreto, e o selo for aplicado, seu caráter permanecerá puro e sem mácula para toda a eternidade.
Agora é o tempo de preparar-nos. O selo de Deus jamais será colocado à testa de um homem ou mulher impuros. Jamais será colocado à testa de um homem ou mulher cobiçosos ou amantes do mundo. Jamais colocado à testa de homens ou mulheres de língua falsa ou coração enganoso. Todos os que recebem o selo devem se imaculados diante de Deus – candidatos para o Céu. – 2TS, 65-71.
Ano Bíblico: Jer. 33-35. – Juvenis: S. Mat. 9.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=100&p=240

- Meditação Matinal de EGW (Espanhol).:

EL TIEMPO DEL SELLAMIENTO ESTÁ POR PASAR

Me es necesario hacer las obras del que me envió, entre tanto que el día dura; la noche viene, cuando nadie puede trabajar. (Juan 9: 4).
El tiempo del sellamiento es muy corto y pronto terminará. Ahora, mientras los cuatro ángeles están reteniendo los cuatro vientos, es el momento en que debemos asegurar nuestra vocación y elección. . .
Se me señaló la época en que terminaría el mensaje del tercer ángel. El poder de Dios había asistido a sus hijos, quienes después de cumplir su obra estaban preparados para sobrellevar la hora de prueba que les aguardaba. Habían recibido la lluvia tardía o refrigerio de la presencia del Señor y se había reavivado el viviente testimonio. Por todas partes había cundido la postrera gran amonestación, agitando y enfureciendo a los moradores de la tierra que no habían querido recibir el mensaje.
Vi ángeles que iban y venían de uno a otro lado del cielo. Un ángel con tintero de escribano en la cintura regresó de la tierra y comunicó a Jesús que había cumplido su encargo, quedando sellados y numerados los santos. Vi entonces que Jesús, quien había estado oficiando ante el arca de los diez mandamientos, dejó caer el incensario, y alzando las manos exclamó en alta voz: “Consumado es”…
Vi que muchos descuidaban la preparación necesaria, esperando que el tiempo del “refrigerio” y la “lluvia tardía” los preparasen para sostenerse en el día del Señor y vivir en su presencia. ¡Oh! ¡ y a cuántos vi sin amparo en el tiempo de angustia!. . . [Cuando Jesús salga del santuario] los santos y justos seguirán siendo santos y justos, porque todos sus pecados habrán quedado borrados, y ellos recibirán el sello del Dios vivo; pero quienes sean injustos e impuros, seguirán siendo también injustos e impuros, porque ya no habrá en el santuario sacerdote que ofrezca ante el trono del Padre las oraciones, los sacrificios y las confesiones de ellos. Por lo tanto, lo que deba hacerse para salvar almas de la inminente tormenta de ira, ha de ser hecho antes de que Jesús salga del lugar santísimo del santuario celestial.*

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=101&p=240

- Meditação Matinal de EGW (Inglês).:

August 22 – Time of Sealing Soon Over

I must work the works of him that sent me, while it is day: the night cometh, when no man can work. John 9:4.
The sealing time is very short, and will soon be over. Now is the time, while the four angels are holding the four winds, to make our calling and election sure. {Mar 242.1}
I was pointed down to the time when the third angel”s message was closing. The power of God had rested upon His people; they had accomplished their work and were prepared for the trying hour before them. {Mar 242.2}
They had received the latter rain, or refreshing from the presence of the Lord, and the living testimony had been revived. The last great warning had sounded everywhere, and it had stirred up and enraged the inhabitants of the earth who would not receive the message. {Mar 242.3}
I saw angels hurrying to and fro in heaven. An angel with a writer”s inkhorn by his side returned from the earth and reported to Jesus that his work was done, and the saints were numbered and sealed. Then I saw Jesus . . . throw down the censer. He raised His hands, and with a loud voice said, “It is done.” {Mar 242.4}
I also saw that many do not realize what they must be in order to live in the sight of the Lord without a high priest in the sanctuary through the time of trouble. Those who receive the seal of the living God and are protected in the time of trouble must reflect the image of Jesus fully. {Mar 242.5}
I saw that many were neglecting the preparation so needful and were looking to the time of “refreshing” and the “latter rain” to fit them to stand in the day of the Lord and to live in His sight. Oh, how many I saw in the time of trouble without a shelter! {Mar 242.6}
When Jesus leaves the sanctuary, then they who are holy and righteous will be holy and righteous still; for all their sins will then be blotted out, and they will be sealed with the seal of the living God. But those that are unjust and filthy will be unjust and filthy still; for then there will be no Priest in the sanctuary to offer their sacrifices, their confessions, and their prayers before the Father”s throne. Therefore what is done to rescue souls from the coming storm of wrath must be done before Jesus leaves the most holy place of the heavenly sanctuary. {Mar 242.7}

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=129&p=240

Na graça de nosso Senhor Jesus,

Daniel Gavin
Diretor Geral – Ellen White Books
http://www.ellenwhite.com.br/
http://www.ellenwhitebooks.com/
http://www.ellenwhite.es/
http://www.ellenwhitebooks.es/

- Mensagens para Evangelistas.:

Aqueles que trabalham para Deus encontrarão o desânimo, mas pertence-lhes sempre a promessa: “Eis que Eu estou convosco todos os dias, até à consumação dos séculos.” Mat. 28:20. Deus dará a mais maravilhosa experiência aos que disserem: “Creio em Tua promessa; não fracassarei nem desanimarei.” Testemunhos Seletos, vol. 2, pág. 551.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=24&p=551

- Mensagens para Jovens.:

Muitos jovens são ansiosos por livros. Desejam ler tudo quanto lhes seja possível obter. Cuidem eles com o que lêem bem como com o que ouvem. Fui instruída quanto a se acharem eles no maior risco de ser corrompidos por leitura imprópria. Satanás tem mil modos de desassossegar a mente dos jovens. Não podem com segurança estar nem um momento desapercebidos. Devem pôr uma guarda sobre o próprio espírito, a fim de não serem seduzidos pelas tentações do inimigo. Mensagens aos Jovens, pág. 271.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=6&p=271

- Mensagens para Namorados.:

Cingi os lombos de vosso espírito, diz o apóstolo; regei pois vossos pensamentos, não lhes permitindo plena liberdade. Os pensamentos podem ser restringidos e controlados por esforços determinados de vossa parte. Pensai corretamente, e praticareis ações retas. Tendes então de guardar as afeições, não as deixando soltas para se fixarem em objetos impróprios. Jesus vos comprou com Sua própria vida; pertencei-Lhe; portanto, Ele deve ser consultado em tudo, quanto à maneira por que as faculdades de vossa mente e as afeições de vosso coração devem ser empregadas. The Youth”s Instructor, 21 de abril de 1886 e O Lar Adventista, pág. 54.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=16&p=54

- Mensagens para Pais.:

Os professores no lar e os professores na escola devem ter entre si uma compreensão cheia de simpatia para com o trabalho mútuo. Devem trabalhar juntos, com harmonia, movidos do mesmo espírito missionário. Juntos devem se esforçar por beneficiar as crianças, física, mental e espiritualmente, e para desenvolverem caráter que resista à prova da tentação. Conselhos aos Pais, Professores e Estudantes, pág. 157.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=37&p=157

- Mensagens sobre Escola Sabatina.:

Cada professor deve reconhecer que é um missionário de Deus. Deve aproveitar seus momentos e capacidade para obter conhecimentos da Palavra divina, a fim de poder transmiti-los aos alunos. Os professores que não estudam, tornam-se incompetentes para o cargo. Em seu trabalho, precisam ter vivacidade de idéias, sábios e vigorosos planos, vida e tato. Devem ser aptos para ensinar. Conselhos Sobre a Escola Sabatina, pág. 118.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=15&p=118

- Mensagens sobre Saúde.:

Há muitas moças que se casaram e têm família, as quais pouco conhecimento prático têm dos deveres que recaem sobre a esposa e mãe. Sabem ler, e tocar um instrumento de música; mas não sabem cozinhar. Não sabem fazer bom pão, o que é muito necessário à saúde da família. … Cozinhar bem, pôr sobre a mesa alimento saudável de modo convidativo, requer inteligência e experiência. A pessoa que prepara o alimento que vai ser introduzido em nosso estômago, para ser convertido em sangue que vai nutrir o organismo, ocupa posição importantíssima e elevada. A posição de copista, modista ou professora de música não tem a importância da de cozinheira. Testimonies, vol. 3, págs. 156-158 e Conselhos Sobre o Regime Alimentar, pág. 252.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=17&p=252

Na graça de nosso Senhor Jesus,

Daniel Gavin
Diretor Geral – Ellen White Books
http://www.ellenwhite.com.br/
http://www.ellenwhitebooks.com/
http://www.ellenwhite.es/
http://www.ellenwhitebooks.es/

- Ano Bíblico (Português).:

Livro de Jeremias

Capítulo 39

1 – No ano nono de Zedequias, rei de Judá, no décimo mês, veio Nabucodonosor, rei de Babilônia, e todo o seu exército contra Jerusalém, e a cercaram.
2 – No ano undécimo de Zedequias, no quarto mês, aos nove do mês, fez-se uma brecha na cidade.
3 – E entraram todos os príncipes do rei de Babilônia, e sentaram-se na porta do meio, os quais eram Nergal-Sarezer, Sangar-Nebo, Sarsequim, Rabe-Sáris Nergal Sarezer, Rabe-Maque, juntamente, com todo o resto dos príncipes do rei de Babilônia
4 – E sucedeu que, vendo-os Zedequias, rei de Judá, e todos os homens de guerra, fugiram, saindo da cidade de noite pelo caminho do jardim do rei, pela porta entre os dois muros; e seguiram pelo caminho da Arabá.
5 – Mas o exército dos caldeus os perseguiu; e eles alcançaram a Zedequias nas campinas de Jericó; e, prendendo-o, levaram-no a Nabucodonosor rei de Babilônia, a Ribla, na terra de Hamate; e o rei o sentenciou.
6 – E o rei de Babilônia matou os filhos de Zedequias em Ribla, à sua vista; também matou o rei de Babilônia a todos os nobres de Judá.
7 – Cegou os olhos a Zedequias, e o atou com cadeias de bronze, para levá-lo a Babilônia.
8 – Os caldeus incendiaram a casa do rei e as casas do povo, e derribaram os muros de Jerusalém.
9 – Então, ao resto do povo, que ficara na cidade, aos desertores que se tinham passado para ele e ao resto do povo que havia ficado, levou-os Nebuzaradão, capitão da guarda, para Babilônia.
10 – Mas aos pobres dentre o povo, que não tinham nada, Nebuzaradão, capitão da guarda, deixou-os ficar na terra de Judá; e ao mesmo tempo lhes deu vinhas e campos.
11 – Ora Nabucodonosor, rei de Babilônia, havia ordenado acerca de Jeremias, a Nebuzaradão, capitão dos da guarda, dizendo:
12 – Toma-o, e trata-o bem, e não lhe faças mal algum; mas como ele te disser, assim procederás para com ele.
13 – Pelo que Nebuzaradão, capitão da guarda, Nebusazbã, Rabe-Sáris, Nergal-Sarezer, Rabe-Maeue, e todos os príncipes do rei de Babilônia
14 – mandaram retirar Jeremias do átrio da guarda, e o entregaram a Gedalias, filho de Aicão, filho de Safã, para que o levasse para casa; assim ele habitou entre o povo.
15 – Ora, a palavra do Senhor viera a Jeremias, estando ele ainda encarcerado no átrio da guarda, dizendo:
16 – Vai, e fala a Ebede-Meleque, o etíope, dizendo: Assim diz o Senhor dos exércitos, Deus de Israel: Eis que eu cumprirei as minhas palavras sobre esta cidade para mal e não para bem; e se cumprirão diante de ti naquele dia.
17 – A ti, porém, eu livrarei naquele dia, diz o Senhor, e não serás entregue na mão dos homens a quem temes.
18 – Pois certamente te salvarei, e não cairás à espada, mas a tua vida terás por despojo, porquanto confiaste em mim, diz o Senhor.

Capítulo 40

1 – A palavra que veio a Jeremias da parte do Senhor, depois que Nebuzaradão, capitão da guarda, o deixara ir de Ramá, quando o havia tomado, estando ele atado com cadeias no meio de todos os do cativeiro de Jerusalém e de Judá, que estavam sendo levados cativos para Babilônia.
2 – Ora o capitão da guarda levou Jeremias, e lhe disse: O Senhor teu Deus pronunciou este mal contra este lugar;
3 – e o Senhor o trouxe, e fez como havia dito; porque pecastes contra o Senhor, e não obedecestes à sua voz, portanto vos sucedeu tudo isto.
4 – Agora pois, eis que te solto hoje das cadeias que estão sobre as tuas mãos. Se te apraz vir comigo para Babilônia, vem, e eu velarei por ti; mas, se não te apraz vir comigo para Babilônia, deixa de vir. Olha, toda a terra está diante de ti; para onde te parecer bem e conveniente ir, para ali vai.
5 – Se assim quiseres, volta a Gedalias, filho de Aicão filho de Safã e a quem o rei de Babilônia constituiu governador das cidades de Judá, e habita com ele no meio do povo; ou vai para qualquer outra parte que te aprouver ir. E deu-lhe o capitão da guarda sustento para o caminho, e um presente, e o deixou ir.
6 – Assim veio Jeremias a Gedalias, filho de Aicão, a Mizpá, e habitou com ele no meio do povo que havia ficado na terra.
7 – Ouvindo pois todos os chefes das forças que estavam no campo, eles e os seus homens, que o rei de Babilônia havia constituído a Gedalias, filho de Aicão, governador da terra, e que lhe havia confiado homens, mulheres e crianças, os mais pobres da terra, que não foram levados cativos para Babilônia,
8 – vieram ter com Gedalias, a Mizpá; e eram: Ismael, filho de Netanias, e Joanã e Jônatas, filhos de Careá, e Seraías, filho de Tanumete, e os filhos de Efai, o netofatita, e Jezanias, filho do maacatita, eles e os seus homens.
9 – E jurou Gedalias, filho de Aicão, filho de Safã, eles e pôs seus homens, dizendo: Não temais servir aos caldeus; habitai na terra, e servi o rei de Babilônia, e bem vos terá.
10 – Quanto a mim, eis que habito em Mizpá, para vos representar diante dos caldeus que vierem a nós; vós, porém, colhei o vinho e os frutos de verão, e o azeite, e metei-os nos vossos vasos, e habitai nas vossas cidades, que tomastes.
11 – Do mesmo modo, quando todos os judeus que estavam em Moabe, e entre os filhos de Amom, e em Edom, e os que havia em todos os países, ouviram que o rei de Babilônia havia deixado um resto em Judá, e que havia posto sobre eles a Guedalias, o de Aicão, filho de Safã;
12 – voltaram, então, todos os judeus de todos os lugares para onde foram arrojados, e vieram para a terra de Judá, a Gedalias, a Mizpá, e colheram vinho e frutos do verão com muita abundância.
13 – Joanã, filho de Careá, e todos os chefes das forças que estavam no campo vieram ter com Gedalias, a Mizpá,
14 – e disseram-lhe: Sabes que Baalis, rei dos filhos de Amom, enviou a Ismael, filho de Netanias, para te tirar a vida? Mas não lhes deu crédito Gedalias, filho de Aicão.
15 – Todavia Joanã, filho de Careá, falou a Gedalias em segredo, em Mizpá, dizendo: Deixa, peço-te, que eu vá e mate a Ismael, filho de Netanias, sem que ninguém o saiba. Por que razão te tiraria ele a vida, de modo que fossem dispersos todos os judeus que se têm congregado a ti, e perecesse o resto de Judá?
16 – Mas disse Gedalias, filho de Aicão, a Joanã, filho de Careá: Não faças tal coisa; pois falas falsamente contra Ismael.

Capítulo 41

1 – Sucedeu, porém, no mês sétimo, que veio Ismael, filho de Netanias, filho de Elisama, de sangue real, e um dos nobres do rei, e dez homens com ele, a Gedalias, filho de Aicão, a Mizpá; e eles comeram pão juntos ali em Mizpá.
2 – E levantou-se Ismael, filho de Netanias, com os dez homens que estavam com ele, e feriram a Gedalias, filho de Aicão, filho de Safã, à espada, matando assim aquele que o rei de Babilônia havia posto por governador sobre a terra.
3 – Matou também Ismael a todos os judeus que estavam com Gedalias, em Mizpá, como também aos soldados caldeus que se achavam ali.
4 – Sucedeu pois no dia seguinte, depois que ele matara a Gedalias, sem ninguém o saber,
5 – que vieram de Siquém, de Siló e de Samária, oitenta homens, com a barba rapada, e os vestidos rasgados e tendo as carnes retalhadas, trazendo nas mãos ofertas de cereais e incenso, para os levarem à casa do Senhor.
6 – E, saindo-lhes ao encontro Ismael, filho de Netanias, desde Mizpá, ia chorando; e sucedeu que, encontrando-os, lhes disse: Vinde a Gedalias, filho de Aicão.
7 – Chegando eles, porém, até o meio da cidade, Ismael, filho de Netanias, e os homens que estavam com ele mataram-nos e os lançaram num poço.
8 – Mas entre eles se acharam dez homens que disseram a Ismael: Não nos mates a nós, porque temos escondidos no campo depósitos de trigo, cevada, azeite e mel. E ele por isso os deixou, e não os matou entre seus irmãos.
9 – E o poço em que Ismael lançou todos os cadáveres dos homens que matara por causa de Gedalias é o mesmo que fez o rei Asa, por causa de Baasa, rei de Israel; foi esse mesmo que Ismael, filho de Netanias, encheu de mortos.
10 – E Ismael levou cativo a todo o resto do povo que estava em Mizpá: as filhas do rei, e todo o povo que ficara em Mizpá, que Nebuzaradão, capitão da guarda, havia confiado a Gedalias, filho de Aicão; e levou-os cativos Ismael, filho de Netanias, e se foi para passar aos filhos de Amom.
11 – Ouvindo, porém, Joanã, filho de Careá, e todos os chefes das forças que estavam com ele, todo o mal que havia feito Ismael, filho de Netanias,
12 – tomaram todos os seus homens e foram pelejar contra Ismael, filho de Netanias; e o acharam ao pé das grandes águas que há em Gibeão.
13 – E todo o povo que estava com Ismael se alegrou quando viu a Joanã, filho de Careá, e a todos os chefes das forças, que vinham com ele.
14 – E todo o povo que Ismael levara cativo de Mizpá virou as costas, e voltou, e foi para Joanã, filho de Careá.
15 – Mas Ismael, filho de Netanias, com oito homens, escapou de Joanã e se foi para os filhos de Amom.
16 – Então Joanã, filho de Careá, e todos os chefes das forças que estavam com ele, tomaram a todo o resto do povo que Ismael, filho de Netanias, tinha levado cativo de Mizpá, depois que matara Gedalias, filho de Aicão, a saber, aos soldados, as mulheres, aos meninos e aos eunucos, que Joanã havia recobrado de Gibeão,
17 – e partiram, indo habitar Gerute-Quimã, que está perto de Belém, para dali entrarem no Egito,
18 – por causa dos caldeus; pois os temiam, por ter Ismael, filho de Netanias, matado a Gedalias, filho de Aicão, a quem o rei de Babilônia tinha posto por governador sobre a terra.

- Pergunta sobre o Ano Bíblico.:

Quem era o chefe da guarda de Nabucodonosor?
Resposta:
Resposta: Nebuzaradã (Jeremias 39:11)

- Curiosidades Bíblicas.:

Quais os personagens bíblicos que foram chamados por nome de planetas? Quais os nomes dos planetas?
Resposta: Barnabé foi chamado de Júpiter e Paulo, de Mercúrio. Atos 14:12.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/biblia.asp?lista=1&livro=44&capitulo=14

- Versos Bíblicos.:

Todo aquele, pois, que ouve estas minhas palavras e as põe em prática, será comparado a um homem prudente, que edificou a casa sobre a rocha. Mateus 7:24

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/biblia.asp?lista=1&livro=40&capitulo=7&verso=24

- Ano Bíblico (Espanhol).:

Libro de Jeremias

Capítulo 39

1 – En el mes décimo del noveno año de Sedequías rey de Judá, Nabucodonosor rey de Babilonia vino con todo su ejército contra Jerusalén, y la sitiaron.
2 – En el noveno Día del mes cuarto del año 11 de Sedequías, se Abrió una brecha en la ciudad.
3 – Entonces llegaron todos los oficiales del rey de Babilonia: Nergal-sarezer, Samgar-nebo, Sarsequim el Rabsaris, Nergal-sarezer el Rabmag y todos los Demás oficiales del rey de Babilonia. Y se instalaron junto a la puerta del Centro.
4 – Sucedió que al verlos, Sedequías rey de Judá y todos los hombres de guerra huyeron. Salieron de noche de la ciudad por el camino del Jardín del rey, por la puerta que Había entre los dos muros. Se dirigieron hacia el Arabá;
5 – pero el ejército de los caldeos los Persiguió, y alcanzaron a Sedequías en las llanuras de Jericó. Lo tomaron preso y lo llevaron ante Nabucodonosor, rey de Babilonia, en Ribla, en la tierra de Hamat; y éste Pronunció sentencia contra aquél.
6 – El rey de Babilonia Degolló en Ribla a los hijos de Sedequías, en presencia de éste. Asimismo, el rey de Babilonia hizo degollar a todos los nobles de Judá.
7 – Al rey Sedequías le Sacó los ojos y lo Aprisionó con cadenas de bronce para llevarlo a Babilonia.
8 – Después los caldeos incendiaron la casa del rey y las casas del pueblo, y demolieron los muros de Jerusalén.
9 – Al resto del pueblo que Había quedado en la ciudad, Además de los desertores que se Habían pasado a él, Nabuzaradán, Capitán de la guardia, los hizo llevar cautivos a Babilonia, junto con el resto del pueblo que Había quedado.
10 – Sin embargo, Nabuzaradán, Capitán de la guardia, hizo quedar en la tierra de Judá a la gente Más pobre, que no Tenía nada, y en ese Día les dio viñas y campos.
11 – Nabucodonosor, rey de Babilonia, Había ordenado a Nabuzaradán, Capitán de la guardia, acerca de Jeremías, diciendo:
12 – “Tómalo y cuida de él. No le hagas nada malo; Más bien, Harás con él como él te lo diga.”
13 – Entonces dio órdenes Nabuzaradán Capitán de la guardia, junto con Nabusazbán el Rabsaris, Nergal-sarezer el Rabmag y todos los altos oficiales del rey de Babilonia.
14 – Y ordenaron traer a Jeremías del patio de la guardia. Luego lo entregaron a Gedalías hijo de Ajicam, hijo de Safán, para que lo llevase a su casa. Y Habitó en medio del pueblo.
15 – La palabra de Jehovah vino a Jeremías cuando estaba preso en el patio de la guardia. Y dijo:
16 – “Vé y habla a Ebedmelec el Etíope, y dile que Así ha dicho Jehovah de los Ejércitos, Dios de Israel: “He Aquí, yo cumplo mis palabras sobre esta ciudad para mal, y no para bien; y en aquel Día Sucederá en tu misma presencia.
17 – Pero en aquel Día yo te libraré, y no Serás entregado en mano de aquellos de cuya presencia temes, dice Jehovah.
18 – Ciertamente yo te libraré, y no Caerás a espada, sino que tu vida te Será por Botín, porque tuviste confianza en Mí””, dice Jehovah.

Capítulo 40

1 – La palabra que vino a Jeremías de parte de Jehovah, después que Nabuzaradán, Capitán de la guardia, le Envió desde Ramá, cuando le Tomó, estando aprisionado con grilletes en medio de todos los cautivos de Jerusalén y de Judá que eran llevados cautivos a Babilonia.
2 – El Capitán de la guardia Tomó interés en Jeremías y le dijo: “Jehovah tu Dios Pronunció este mal contra este lugar,
3 – y Jehovah lo ha Traído y ha hecho Según lo Había dicho. Porque pecasteis contra Jehovah y no escuchasteis su voz; por eso os ha venido esto.
4 – Ahora, he Aquí yo te libero de los grilletes que tienes en tus manos. Si te parece bien venir conmigo a Babilonia, ven, y yo cuidaré de ti. Pero si te parece mal venir conmigo a Babilonia, déjalo. Mira, toda la tierra Está delante de ti; vé adonde mejor y Más conveniente te parezca.”
5 – Como Aún no se Volvía, le dijo: “Regresa a Gedalías hijo de Ajicam, hijo de Safán, a quien el rey de Babilonia ha puesto a cargo de las ciudades de Judá. Habita con él en medio del pueblo, o vé adonde te parezca Más conveniente.” El Capitán de la guardia le dio provisiones y obsequios, y lo Despidió.
6 – Entonces Jeremías se fue a Gedalías hijo de Ajicam, a Mizpa; y Vivió con él en medio del pueblo que Había quedado en el País.
7 – Todos los jefes de los soldados que estaban en el campo, ellos y sus hombres, oyeron que el rey de Babilonia Había puesto a Gedalías hijo de Ajicam sobre la tierra, y que le Había encomendado los hombres, las mujeres, los niños y los pobres de la tierra que no fueron llevados cautivos a Babilonia.
8 – Luego fueron a Gedalías en Mizpa: Ismael hijo de Netanías, Johanán y Jonatán hijo de Carea, Seraías hijo de Tanjumet, los hijos de Efai, de Netofa, y Jazanías hijo de cierto hombre de Maaca. Fueron ellos y sus hombres.
9 – Entonces Gedalías hijo de Ajicam, hijo de Safán, les Juró a ellos y a sus hombres, diciendo: “No Tengáis temor de servir a los caldeos. Habitad en la tierra y servid al rey de Babilonia, y os Irá bien.
10 – En cuanto a Mí, he Aquí que yo habito en Mizpa para servir a los caldeos que vengan a nosotros. Pero vosotros, tomad vino, frutas de verano y aceite; ponedlo en vuestras vasijas y habitad en las ciudades que habéis tomado.”
11 – Asimismo, todos los Judíos que estaban en Moab, entre los hijos de Amón y en Edom, y los que estaban en todos los Países, cuando oyeron decir que el rey de Babilonia Había dejado a Judá un remanente y que Había puesto frente a ellos a Gedalías hijo de Ajicam, hijo de Safán,
12 – entonces todos estos Judíos volvieron de todas las partes a donde Habían sido expulsados. Se fueron a la tierra de Judá, a Gedalías, en Mizpa, y recolectaron vino y Muchísimas frutas de verano.
13 – Entonces Johanán hijo de Carea y todos los oficiales de los soldados que estaban en el campo fueron a Gedalías en Mizpa,
14 – y le dijeron: –¿Sabes que Baalis, rey de los hijos de Amón, ha enviado a Ismael hijo de Netanías para matarte? Pero Gedalías hijo de Ajicam no les Creyó.
15 – Entonces Johanán hijo de Carea Habló a Gedalías en secreto, en Mizpa, diciendo: –Permite que yo vaya y mate a Ismael hijo de Netanías, y nadie lo Sabrá. ¿Por qué te ha de quitar la vida, de modo que todos los Judíos que se han agrupado alrededor de ti sean dispersados y perezca el remanente de Judá?
16 – Pero Gedalías hijo de Ajicam dijo a Johanán hijo de Carea: –¡No hagas tal cosa, porque es falso lo que Tú dices acerca de Ismael!

Capítulo 41

1 – Aconteció en el mes séptimo que Ismael hijo de Netanías, hijo de Elisama, de la descendencia real y de los oficiales del rey, fue con diez hombres a Gedalías hijo de Ajicam, en Mizpa. Y comieron juntos en Mizpa.
2 – Entonces se Levantó Ismael hijo de Netanías, con los diez hombres que estaban con él, e hirieron a espada a Gedalías hijo de Ajicam, hijo de Safán. Así dieron muerte a aquel a quien el rey de Babilonia Había puesto a cargo de la tierra.
3 – Asimismo, Ismael Mató a todos los Judíos que estaban en Mizpa con Gedalías. Ismael también Mató a los hombres de guerra caldeos que se encontraban Allí.
4 – Y Sucedió que un Día después que se Había dado muerte a Gedalías, cuando Todavía nadie lo Sabía,
5 – unos hombres llegaron de Siquem, de Silo y de Samaria: ochenta hombres con sus barbas rapadas, sus ropas rasgadas y sus cuerpos arañados. Y Traían consigo ofrendas vegetales e incienso para llevarlos a la casa de Jehovah.
6 – Entonces desde Mizpa Ismael hijo de Netanías les Salió al encuentro, llorando mientras iba. Y cuando les Encontró, les dijo: –Venid a Gedalías hijo de Ajicam.
7 – Y Sucedió que cuando llegaron al centro de la ciudad, Ismael hijo de Netanías y los hombres que estaban con él los degollaron y los echaron en la cisterna.
8 – Pero entre aquéllos Había diez hombres que dijeron a Ismael: –No nos mates, porque tenemos escondidos en el campo tesoros de trigo, cebada, aceite y miel. Así que Desistió, y no los Mató como a sus compañeros.
9 – La cisterna en que Ismael Echó todos los cuerpos de los hombres que Mató era la cisterna grande que Había hecho el rey Asa, por causa de Baasa, rey de Israel. Ismael hijo de Netanías la Llenó de muertos.
10 – Después Ismael Llevó cautivo a todo el remanente del pueblo que estaba en Mizpa, desde las hijas del rey hasta todo el pueblo que Había quedado en Mizpa y que Nabuzaradán, Capitán de la guardia, Había encargado a Gedalías hijo de Ajicam. Ismael hijo de Netanías los Llevó cautivos y se fue para pasarse a los hijos de Amón.
11 – Entonces Johanán hijo de Carea y todos los oficiales de los soldados que estaban con él oyeron de todo el mal que Había hecho Ismael hijo de Netanías.
12 – Y tomaron a todos los hombres y fueron para combatir contra Ismael hijo de Netanías, y le encontraron junto al gran estanque que hay en Gabaón.
13 – Aconteció que cuando todo el pueblo que estaba con Ismael vio a Johanán hijo de Carea y a todos los oficiales de los soldados que estaban con él, se alegraron.
14 – Entonces todo el pueblo que Ismael Había Traído cautivo de Mizpa Volvió y se Pasó a Johanán hijo de Carea.
15 – Pero Ismael hijo de Netanías, con ocho hombres, se Escapó de Johanán y se Pasó a los hijos de Amón.
16 – Entonces Johanán hijo de Carea y todos los jefes de los soldados que estaban con él tomaron de Mizpa a todo el remanente del pueblo que Había recuperado de Ismael hijo de Netanías, después que éste Había dado muerte a Gedalías hijo de Ajicam. Tomaron a los valientes, hombres de guerra, a las mujeres, a los niños y a los funcionarios que Johanán Había hecho volver de Gabaón.
17 – Entonces fueron y se quedaron en Gerut-quimjam, que Está cerca de Belén, con el fin de ir y entrar en Egipto,
18 – por causa de los caldeos. Pues Tenían miedo de ellos, porque Ismael hijo de Netanías Había matado a Gedalías hijo de Ajicam, a quien el rey de Babilonia Había puesto a cargo del País.

- Ano Bíblico (Inglês).:

Book of Jeremias

Chapter 39

1 – And it came about, that when Jerusalem was taken, (in the ninth year of Zedekiah, king of Judah, in the tenth month, Nebuchadrezzar, king of Babylon, with all his army, came against Jerusalem, shutting it in on every side;
2 – In the eleventh year of Zedekiah, in the fourth month, on the ninth day of the month, the town was broken into:)
3 – All the captains of the king of Babylon came in and took their places in the middle doorway of the town, Nergal-shar-ezer, ruler of Sin-magir, the Rabmag, and Nebushazban, the Rab-saris, and all the captains of the king of Babylon.
4 – And when Zedekiah, king of Judah, and all the men of war saw it, they went in flight from the town by night, by the way of the king´s garden, through the doorway between the two walls: and they went out by the Arabah.
5 – But the Chaldaean army went after them and overtook Zedekiah in the lowlands of Jericho: and they made him a prisoner and took him up to Nebuchadrezzar, king of Babylon, to Riblah in the land of Hamath, to be judged by him.
6 – Then the king of Babylon put the sons of Zedekiah to death before his eyes in Riblah: and the king of Babylon put to death all the great men of Judah.
7 – And more than this, he put out Zedekiah´s eyes, and had him put in chains to take him away to Babylon.
8 – And the Chaldaeans put the king´s house on fire, as well as the houses of the people, and had the walls of Jerusalem broken down.
9 – Then Nebuzaradan, the captain of the armed men, took away to Babylon as prisoners, all the rest of the workmen who were still in the town, as well as those who had given themselves up to him, and all the rest of the people.
10 – But Nebuzaradan, the captain of the armed men, let the poorest of the people, who had nothing whatever, go on living in the land of Judah, and gave them vine-gardens and fields at the same time.
11 – Now Nebuchadrezzar, king of Babylon, gave orders about Jeremiah to Nebuzaradan, the captain of the armed men, saying,
12 – Take him and keep an eye on him and see that no evil comes to him; but do with him whatever he says to you.
13 – So Nebuzaradan, the captain of the armed men, sent Nebushazban, the Rab-saris, and Nergal-shar-ezer, the Rabmag, and all the chief captains of the king of Babylon,
14 – And they sent and took Jeremiah out of the place of the watchmen, and gave him into the care of Gedaliah, the son of Ahikam, the son of Shaphan, to take him to his house: so he was living among the people.
15 – Now the word of the Lord came to Jeremiah while he was shut up in the place of the armed watchmen, saying,
16 – Go and say to Ebed-melech the Ethiopian, This is what the Lord of armies, the God of Israel, has said: See, my words will come true for this town, for evil and not for good: they will come about before your eyes on that day.
17 – But I will keep you safe on that day, says the Lord: you will not be given into the hands of the men you are fearing.
18 – For I will certainly let you go free, and you will not be put to the sword, but your life will be given to you out of the hands of your attackers: because you have put your faith in me, says the Lord.

Chapter 40

1 – The word which came to Jeremiah from the Lord, after Nebuzaradan, the captain of the armed men, had let him go from Ramah, when he had taken him; for he had been put in chains, among all the prisoners of Jerusalem and Judah who were taken away prisoners to Babylon.
2 – And the captain of the armed men took Jeremiah and said to him, The Lord your God gave word of the evil which was to come on this place:
3 – *** and the Lord has made it come, and has done as he said; because of your sin against the Lord in not giving ear to his voice; and that is why this thing has come on you.
4 – Now see, this day I am freeing you from the chains which are on your hands. If it seems good to you to come with me to Babylon, then come, and I will keep an eye on you; but if it does not seem good to you to come with me to Babylon, then do not come: see, all the land is before you; if it seems good and right to you to go on living in the land,
5 – Then go back to Gedaliah, the son of Ahikam, the son of Shaphan, whom the king of Babylon has made ruler over the towns of Judah, and make your living-place with him among the people; or go wherever it seems right to you to go. So the captain of the armed men gave him food and some money and let him go.
6 – So Jeremiah went to Gedaliah, the son of Ahikam, in Mizpah, and was living with him among the people who were still in the land.
7 – Now when it came to the ears of all the captains of the forces who were in the field, and their men, that the king of Babylon had made Gedaliah, the son of Ahikam, ruler in the land, and had put under his care the men and women and children, all the poorest of the land, those who had not been taken away to Babylon;
8 – Then they came to Gedaliah in Mizpah, even Ishmael, the son of Nethaniah, and Johanan, the son of Kareah, and Seraiah, the son of Tanhumeth, and the sons of Ephai the Netophathite, and Jezaniah, the son of the Maacathite, they and their men.
9 – And Gedaliah, the son of Ahikam, the son of Shaphan, took an oath to them and their men, saying, Have no fear of the servants of the Chaldaeans: go on living in the land, and become the servants of the king of Babylon, and all will be well.
10 – As for me, I will be living in Mizpah as your representative before the Chaldaeans who come to us: but you are to get in your wine and summer fruits and oil and put them in your vessels, and make living-places for yourselves in the towns which you have taken.
11 – In the same way, when all the Jews who were in Moab and among the children of Ammon and in Edom and in all the countries, had news that the king of Babylon had let Judah keep some of its people and that he had put over them Gedaliah, the son of Ahikam, the son of Shaphan;
12 – Then all the Jews came back from all the places to which they had gone in flight, and came to the land of Judah, to Gedaliah, to Mizpah, and got in a great store of wine and summer fruit.
13 – Now Johanan, the son of Kareah, and all the captains of the forces which were in the field, came to Gedaliah in Mizpah,
14 – And said to him, Has it come to your knowledge that Baalis, the king of the children of Ammon, has sent Ishmael, the son of Nethaniah, to take your life? But Gedaliah, the son of Ahikam, put no faith in what they said.
15 – Then Johanan, the son of Kareah, said to Gedaliah in Mizpah secretly, Let me now go and put Ishmael, the son of Nethaniah, to death without anyone´s knowledge: why let him take your life so that all the Jews who have come together to you may be sent in flight, and the rest of the men of Judah come to an end?
16 – But Gedaliah, the son of Ahikam, said to Johanan, the son of Kareah, You are not to do this: for what you say about Ishmael is false.

Chapter 41

1 – Now it came about in the seventh month that Ishmael, the son of Nethaniah, the son of Elishama, of the king´s seed, having with him ten men, came to Gedaliah, the son of Ahikam, in Mizpah; and they had a meal together in Mizpah.
2 – Then Ishmael, the son of Nethaniah, and the ten men who were with him, got up, and attacking Gedaliah, the son of Ahikam, the son of Shaphan, with the sword, put to death him whom the king of Babylon had made ruler over the land.
3 – And Ishmael put to death all the Jews who were with him, even with Gedaliah, at Mizpah, and the Chaldaean men of war.
4 – Now on the second day after he had put Gedaliah to death, when no one had knowledge of it,
5 – Some people came from Shechem, from Shiloh and Samaria, eighty men, with the hair of their faces cut off and their clothing out of order, and with cuts on their bodies, and in their hands meal offerings and perfumes which they were taking to the house of the Lord.
6 – And Ishmael, the son of Nethaniah, went out from Mizpah with the purpose of meeting them, weeping on his way: and it came about that when he was face to face with them he said, Come to Gedaliah, the son of Ahikam.
7 – And when they came inside the town, Ishmael, the son of Nethaniah, and the men who were with him, put them to death and put their bodies into a deep hole.
8 – But there were ten men among them who said to Ishmael, Do not put us to death, for we have secret stores, in the country, of grain and oil and honey. So he did not put them to death with their countrymen.
9 – Now the hole into which Ishmael had put the dead bodies of the men whom he had put to death, was the great hole which Asa the king had made for fear of Baasha, king of Israel: and Ishmael, the son of Nethaniah, made it full of the bodies of those who had been put to death.
10 – Then Ishmael took away as prisoners all the rest of the people who were in Mizpah, the king´s daughters and all the people still in Mizpah, whom Nebuzaradan, the captain of the armed men, had put under the care of Gedaliah, the son of Ahikam: Ishmael, the son of Nethaniah, took them away prisoners with the purpose of going over to the children of Ammon.
11 – But when Johanan, the son of Kareah, and all the captains of the armed forces who were with him, had news of all the evil which Ishmael, the son of Nethaniah, had done,
12 – They took their men and went out to make war on Ishmael, the son of Nethaniah, and they came face to face with him by the great waters in Gibeon.
13 – Now when all the people who were with Ishmael saw Johanan, the son of Kareah, and all the captains of the forces with him, then they were glad.
14 – And all the people whom Ishmael had taken away prisoners from Mizpah, turning round, came back and went to Johanan, the son of Kareah.
15 – But Ishmael, the son of Nethaniah, got away from Johanan, with eight men, and went to the children of Ammon.
16 – Then Johanan, the son of Kareah, and all the captains of the forces who were with him, took all the rest of the people whom Ishmael, the son of Nethaniah, had made prisoners, after he had put to death Gedaliah, the son of Ahikam, the people from Mizpah, that is, the men of war and the women and the children and the unsexed servants, whom he had taken back with him from Gibeon:
17 – And they went and were living in the resting-place of Chimham, which is near Beth-lehem on the way into Egypt,
18 – Because of the Chaldaeans: for they were in fear of them because Ishmael, the son of Nethaniah, had put to death Gedaliah, the son of Ahikam, whom the king of Babylon had made ruler over the land.

Na graça de nosso Senhor Jesus,

Daniel Gavin
Diretor Geral – Ellen White Books
http://www.ellenwhite.com.br/
http://www.ellenwhitebooks.com/
http://www.ellenwhite.es/
http://www.ellenwhitebooks.es/

Publicado em Não categorizado | Deixe um comentário

MEDITAÇÃO – MENSAGENS – ANO BÍBLICO

- Meditação Matinal de EGW (Português).:

O Puro Sinal da Verdade

“E lhe disse: “Passa pela meio da cidade, pelo meio de Jerusalém, e marca com um sinal a testa dos homens que suspiram e gemem por causa de todas as abominações que se cometem no meio dela”. Ezeq. 9:4.
Notai cuidadosamente este ponto: Os que receberem o puro sinal da verdade, neles gravado “o poder do Espírito Santo, representado pelo sinal feito pelo homem vestido de linho, são os que “suspiram e gemem por causa de todas as abominações que se cometem” na igreja. – 1TS, 336.
A classe que não se entristece por seu próprio declínio espiritual, nem chora sobre os pecados dos outros, será deixada sem o selo de Deus.
Nem todos os que professam guardar o sábado serão selados. Muitos há, mesmo entre os que ensinam a verdade a outros, que não receberão na testa o selo de Deus. Tinham a luz da verdade, souberam a vontade de seu Mestre, compreenderam todos os pontos de nossa fé, mas não tiveram as obras correspondentes. …
Nenhum de nós jamais receberá o selo de Deus, enquanto o caráter tiver uma nódoa ou mácula sequer. Cumpre-nos remediar os defeitos de caráter, purificação de toda a contaminação o templo da alma. Então a chuva serôdia cairá sobre nós, como caiu a temporã sobre os discípulos no dia de Pentecostes.
Que estais fazendo, irmãos, na grande obra de preparação? Os que se estão unindo com o inundo, se amoldando ao modelo mundano, e preparando-se para o sinal da besta. Os que desconfiam do eu, que se humilham diante de Deus, e purificam a alma pela obediência à verdade, estão recebendo o molde divino, e preparando-se receber na fronte o selo de Deus. Quando vir o decreto, e o selo for aplicado, seu caráter permanecerá puro e sem mácula para toda a eternidade.
Agora é o tempo de preparar-nos. O selo de Deus jamais será colocado à testa de um homem ou mulher impuros. Jamais será colocado à testa de um homem ou mulher cobiçosos ou amantes do mundo. Jamais colocado à testa de homens ou mulheres de língua falsa ou coração enganoso. Todos os que recebem o selo devem se imaculados diante de Deus – candidatos para o Céu. – 2TS, 65-71.
Ano Bíblico: Jer. 33-35. – Juvenis: S. Mat. 9.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=100&p=239

- Meditação Matinal de EGW (Espanhol).:

¿QUIÉNES RECIBEN EL SELLO?

En sus bocas no fue hallada mentira pues son sin mancha delante del trono de Dios. (Apoc. 14: 5).
El sello del Dios vivo será puesto únicamente sobre los que tienen en su carácter la semejanza de Cristo. Así como la cera recibe la impresión del sello, así también el alma debe recibir la impronta del Espíritu de Dios y conservar la imagen de Cristo. Muchos no recibirán el sello de Dios porque no guardan sus mandamientos, es decir, no producen frutos de justicia.
La gran masa de cristianos profesos sufrirá una amarga desilusión en el día del Señor. No tienen en sus frentes el sello del Dios vivo. Por ser tibios e indiferentes deshonran a Dios mucho más que el incrédulo declarado. Se mueven a tientas, en tinieblas, cuando podrían andar en la claridad meridiana de la Palabra, guiados por Aquel que jamás se equivoca.
Aquellos a quienes el Cordero conducirá hacia fuentes de agua viva, y de cuyos ojos enjugará toda lágrima, son los que ahora están recibiendo el conocimiento y la sabiduría revelados en la Biblia, la Palabra de Dios. . .
No hemos de imitar a ningún ser humano. No existe ningún hombre suficientemente sabio que pueda servirnos de ejemplo. Debemos contemplar al Hombre Cristo Jesús, en quien habita plenamente la perfección de la justicia y la santidad. El es el Autor y el Consumador de nuestra fe. El es el Hombre modelo. Su experiencia es la medida de la experiencia que nosotros debemos obtener. Su carácter es nuestro modelo. Por lo tanto, apartemos nuestra mente de las perplejidades y las dificultades de esta vida, y fijémosla en él, para que mediante la contemplación podamos ser transformados a su semejanza. Podemos contemplar a Cristo con un fin elevado. Podemos volvernos a él con seguridad pues es omnisapiente. A medida que lo contemplemos y pensemos en él, se formará en nosotros él, la esperanza de gloria.
Esforcémonos con todo el poder que Dios nos ha dado para hallarnos entre los ciento cuarenta y cuatro mil. Únicamente los que reciban el sello del Dios vivo obtendrán el salvoconducto para entrar por las puertas de la Santa Ciudad.*

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=101&p=239

- Meditação Matinal de EGW (Inglês).:

August 21 – Who Receive the Seal?

And in their mouth was found no guile: for they are without fault before the throne of God. Rev. 14:5.
Only those who receive the seal of the living God will have the passport through the gates of the Holy City. . . . {Mar 241.1}
The seal of the living God will be placed upon those only who bear a likeness to Christ in character. {Mar 241.2}
As wax takes the impression of the seal, so the soul is to take the impression of the Spirit of God and retain the image of Christ. {Mar 241.3}
Many will not receive the seal of God because they do not keep His commandments or bear the fruits of righteousness. {Mar 241.4}
The great mass of professing Christians will meet with bitter disappointment in the day of God. They have not upon their foreheads the seal of the living God. Lukewarm and half-hearted, they dishonour God far more than the avowed unbeliever. They grope in darkness, when they might be walking in the noonday light of the Word, under the guidance of One who never errs. . . . {Mar 241.5}
Those whom the Lamb shall lead by the fountains of living waters, and from whose eyes He shall wipe away all tears, will be those now receiving the knowledge and understanding revealed in the Bible, the Word of God. . . . {Mar 241.6}
We are to copy no human being. There is no human being wise enough to be our criterion. We are to look to the man Christ Jesus, who is complete in the perfection of righteousness and holiness. He is the author and finisher of our faith. He is the pattern man. His experience is the measure of the experience that we are to gain. His character is our model. Let us, then, take our minds off the perplexities and the difficulties of this life, and fix them on Him, that by beholding we may be changed into His likeness. We may behold Christ to good purpose. We may safely look to Him; for He is all-wise. As we look to Him and think of Him, He will be formed within, the hope of glory. {Mar 241.7}
Let us strive with all the power that God has given us to be among the hundred and forty-four thousand. {Mar 241.8}

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=129&p=239

Na graça de nosso Senhor Jesus,

Daniel Gavin
Diretor Geral – Ellen White Books
http://www.ellenwhite.com.br/
http://www.ellenwhitebooks.com/
http://www.ellenwhite.es/
http://www.ellenwhitebooks.es/

- Mensagens para Evangelistas.:

O caráter é um poder. O testemunho silencioso de uma vida sincera, desinteressada e pia, exerce influência quase irresistível. Manifestando em nossa vida o caráter de Cristo, com Ele cooperamos na obra de salvar almas. Somente revelando em nossa vida o Seu caráter é que podemos com Ele colaborar. E quanto mais vasta a esfera de nossa influência, tanto maior bem podemos fazer. Parábolas de Jesus, pág. 340.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=33&p=340

- Mensagens para Jovens.:

Sinto-me triste ao ver muitos jovens que professam religião, não terem nenhum conhecimento de uma mudança do coração. Não há transformação de caráter. Não compreendem que é uma coisa solene professar ser cristão. Sua vida é inteiramente incoerente com uma religiosa orientação de espírito. Caso fossem eles do número dos que são em verdade filhos e filhas de Deus, não se encheriam de tolices, gracejos e frivolidades; nem as observações e conduta destituídas de senso por parte de outros lhes despertariam o mesmo espírito. A mente fixa na obtenção do prêmio, em obter o Céu, repelirá com firme e resoluto propósito toda tentativa de gracejos e ditos espirituosos com respeito a coisas religiosas. Mensagens aos Jovens, págs. 266 e 267.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=6&p=266

- Mensagens para Namorados.:

Podemos ver que a cada passo se nos deparam inúmeras dificuldades. A iniqüidade nutrida por jovens e idosos; os namoros e casamentos imprudentes, profanos, não podem deixar de dar em resultado disputas, contendas, desunião, condescendência com irrefreadas paixões, na infidelidade de maridos e esposas, na indisposição para refrear os desejos voluntariosos, desordenados, e na indiferença para com as coisas de interesse eterno. O Lar Adventista, pág. 53.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=16&p=53

- Mensagens para Pais.:

Se os pais desempenharem fielmente sua parte, a obra do professor será grandemente aliviada. Aumentarão sua esperança e ânimo. Os pais cujo coração está cheio do amor de Cristo se negarão a criticar, e tudo farão ao seu alcance para animar e ajudar aquele que escolheram como professor de seus filhos. Estarão dispostos a crer que ele é precisamente tão consciencioso no trabalho dele como eles no seu. Conselhos aos Pais, Professores e Estudantes, pág. 157.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=37&p=157

- Mensagens sobre Escola Sabatina.:

Lamento dizer que em algumas escolas prevalece o costume de ler a lição. Isso não deve ser assim. Não precisaria ser assim, se o tempo, que muitas vezes é empregado desnecessária e até pecaminosamente, fosse destinado ao estudo das Escrituras. Não há motivo de as lições da Escola Sabatina serem aprendidas, por professores e alunos, com menos perfeição do que as lições da escola diária. Devem ser melhor aprendidas, pois tratam de assuntos infinitamente mais importantes. Essa negligência é desagradável a Deus. Testimonies on Sabbath School Work, pág. 10 e Conselhos Sobre a Escola Sabatina, págs. 117 e 118.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=15&p=117

- Mensagens sobre Saúde.:

Alguns que aprendem a arte da costura, da composição, da revisão, da contabilidade ou do magistério, consideram-se demasiado aristocratas para se associarem com uma cozinheira. Essas idéias têm penetrado quase todas as classes da sociedade. A cozinheira é levada a sentir que sua ocupação é de molde a rebaixá-la na escala social, e que não deve esperar associar-se em nível de igualdade com a família. Surpreender-vos-eis então se moças inteligentes procuram outro emprego? Admira que haja tão poucas cozinheiras educadas? O que admira é que haja tantas que se submetam a esse tratamento. A cozinheira ocupa lugar importante na vida doméstica. Prepara o alimento a ser introduzido no estômago, a formar o cérebro, os ossos, os músculos. A saúde de todos os membros da família depende em grande parte de sua habilidade e inteligência. Os deveres domésticos nunca hão de receber a justa atenção enquanto os que os desempenham fielmente não forem tidos na devida consideração. Christian Tempe
rance and Bible Hygiene, pág. 74 e Conselhos Sobre o Regime Alimentar, pág. 252.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=17&p=252

Na graça de nosso Senhor Jesus,

Daniel Gavin
Diretor Geral – Ellen White Books
http://www.ellenwhite.com.br/
http://www.ellenwhitebooks.com/
http://www.ellenwhite.es/
http://www.ellenwhitebooks.es/

- Ano Bíblico (Português).:

Livro de Jeremias

Capítulo 36

1 – Sucedeu pois no ano quarto de Jeoiaquim, filho de Josias, rei de Judá, que da parte do Senhor veio esta palavra a Jeremias, dizendo:
2 – Toma o rolo dum livro, e escreve nele todas as palavras que te hei falado contra Israel, contra Judá e contra todas as nações, desde o dia em que eu te falei, desde os dias de Josias até o dia de hoje.
3 – Ouvirão talvez os da casa de Judá todo o mal que eu intento fazer-lhes; para que cada qual se converta do seu mau caminho, a fim de que eu perdoe a sua iniqüidade e o seu pecado.
4 – Então Jeremias chamou a Baruque, filho de Nerias; e escreveu Baruque, no rolo dum livro, enquanto Jeremias lhas ditava, todas as palavras que o Senhor lhe havia falado.
5 – E Jeremias deu ordem a Banique, dizendo: Eu estou impedido; não posso entrar na casa do Senhor.
6 – Entra pois tu e, pelo rolo que escreveste enquanto eu ditava, lê as palavras do Senhor aos ouvidos do povo, na casa do Senhor, no dia de jejum; e também as lerás aos ouvidos de todo o Judá que vem das suas cidades.
7 – Pode ser que caia a sua súplica diante do Senhor, e se converta cada um do seu mau caminho; pois grande é a ira e o furor que o Senhor tem manifestado contra este povo.
8 – E fez Baruque, filho de Nerias, conforme tudo quanto lhe havia ordenado Jeremias, o profeta, lendo no livro as palavras do Senhor na casa do Senhor.
9 – No quinto ano de Jeoiaquim, filho de Josias, rei de Judá, no mês nono, todo o povo em Jerusalém, como também todo o povo que vinha das cidades de Judá a Jerusalém, apregoaram um jejum diante do Senhor.
10 – Leu, pois, Banique no livro as palavras de Jeremias, na casa do Senhor, na câmara de Gemarias, filho de Safã, o escriba, no átrio superior, à entrada da porta nova da casa do Senhor, aos ouvidos de todo o povo.
11 – E, ouvindo Micaías, filho de Gemarias, filho de Safã, todas as palavras do Senhor, naquele livro,
12 – desceu à casa do rei, à câmara do escriba. E eis que todos os príncipes estavam ali assentados: Elisama, o escriba, e Delaías, filho de Semaías, e Elnatã, filho de Acbor, e Gemarias, filho de Safã, e Zedequias, filho de Hananias, e todos os outros príncipes.
13 – E Micaías anunciou-lhes todas as palavras que ouvira, quando Baruque leu o livro aos ouvidos do povo.
14 – Então todos os príncipes mandaram Jeúdi, filho de Netanias, filho Selemias, filho de Cuche, a Baruque, para lhe dizer: O rolo que leste aos ouvidos do povo, toma-o na tua mão, e vem. E Banique, filho de Nerias, tomou o rolo na sua mão, e foi ter com eles.
15 – E disseram-lhe: Assenta-te agora, e lê-o aos nossos ouvidos. E Baruque o leu aos ouvidos deles.
16 – Ouvindo eles todas aquelas palavras, voltaram-se temerosos uns para os outros, e disseram a Banique: Sem dúvida alguma temos que anunciar ao rei todas estas palavras.
17 – E disseram a Baruque: Declara-nos agora como escreveste todas estas palavras. Ele as ditava?
18 – E disse-lhes Baruque: Sim, da sua boca ele me ditava todas estas palavras, e eu com tinta as escrevia no livro.
19 – Então disseram os príncipes a Banique: Vai, esconde-te tu e Jeremias; e ninguém saiba onde estais.
20 – E foram ter com o rei ao átrio; mas depositaram o rolo na câmara de Elisama, o escriba, e anunciaram aos ouvidos do rei todas aquelas palavras.
21 – Então enviou o rei a Jeúdi para trazer o rolo; e Jeúdi tomou-o da câmara de Elisama, o escriba, e o leu aos ouvidos do rei e aos ouvidos de todos os príncipes que estavam em torno do rei.
22 – Ora, era o nono mês e o rei estava assentado na casa de inverno, e diante dele estava um braseiro aceso.
23 – E havendo Jeúdi lido três ou quatro colunas, o rei as cortava com o canivete do escrivão, e as lançava no fogo que havia no braseiro, até que todo o rolo se consumiu no fogo que estava sobre o braseiro.
24 – E não temeram, nem rasgaram os seus vestidos, nem o rei nem nenhum dos seus servos que ouviram todas aquelas palavras
25 – e, posto que Elnatã, Delaías e Gema rias tivessem insistido com o rei que não queimasse o rolo, contudo ele não lhes deu ouvidos.
26 – Antes deu ordem o rei a Jerameel, filho do rei, e a Seraías, filho de Azriel, e a Selemias, filho de Abdeel, que prendessem a Baruque, o escrivão, e a Jeremias, o profeta; mas o Senhor os escondera.
27 – Depois que o rei queimara o rolo com as palavras que Banique escrevera da boca de Jeremias, veio a Jeremias a palavra do Senhor, dizendo:
28 – Toma ainda outro rolo, e escreve nele todas aquelas palavras que estavam no primeiro rolo, que Jeoiaquim, rei de Judá, queimou.
29 – E a Jeoiaquim, rei de Judá, dirás: Assim diz o Senhor: Tu queimaste este rolo, dizendo: Por que escreveste nele anunciando: Certamente virá o rei da Babilônia, e destruirá esta terra e fará cessar nela homens e animais?,
30 – Portanto assim diz o Senhor acerca de Jeoiaquim, rei de Judá: Não terá quem se assente sobre o trono de Davi, e será lançado o seu cadáver ao calor de dia, e à geada de noite.
31 – E castigá-lo-ei a ele, e a sua descendência e os seus servos, por causa da sua iniqüidade; e trarei sobre ele e sobre os moradores de Jerusalém, e sobre os homens de Judá, todo o mal que tenho pronunciado contra eles, e que não ouviram.
32 – Tomou, pois, Jeremias outro rolo, e o deu a Baruque, filho de Nerias, o escrivão, o qual escreveu nele, enquanto Jeremias ditava, todas as palavras do livro que Jeoiaquim, rei de Judá, tinha queimado no fogo; e ainda se lhes acrescentaram muitas palavras semelhantes.

Capítulo 37

1 – E Zedequias, filho de Josias, a quem Nabucodonosor, rei de Babilônia, constituiu rei na terra de Judá, reinou em lugar de Conias, filho de Jeoiaquim.
2 – Mas nem ele, nem os seus servos, nem o povo da terra escutaram as palavras do Senhor que este falou por intermédio de Jeremias o profeta.
3 – Contudo mandou o rei Zedequias a Jeucal filho de Selemias, e a Sofonias, filho de Maaséias, o sacerdote, ao profeta Jeremias, para lhe dizerem: Roga agora por nós ao Senhor nosso Deus,
4 – Ora, Jeremias entrava e saía entre o povo; pois ainda não o tinham encerrado na prisão.
5 – E o exército de Faraó saíra do Egito; quando, pois, os caldeus que estavam sitiando Jerusalém, ouviram esta notícia, retiraram-se de Jerusalém.
6 – Então veio a Jeremias, o profeta, a palavra do Senhor, dizendo:
7 – Assim diz o Senhor, Deus de Israel: Assim direis ao rei de Judá, que vos enviou a mim, para me consultar: Eis que o exército de Faraó, que saiu em vosso socorro, voltará para a sua terra no Egito.
8 – E voltarão os caldeus, e pelejarão contra esta cidade, e a tomarão, e a queimarão a fogo.
9 – Assim diz o Senhor: Não vos enganeis a vós mesmos, dizendo: Sem dúvida os caldeus se retirarão de nós; pois não se retirarão.
10 – Porque ainda que derrotásseis a todo o exército dos caldeus que peleja contra vós, e entre eles só ficassem homens feridos, contudo se levantariam, cada um na sua tenda, e queimariam a fogo esta cidade.
11 – Ora, quando se retirou de Jerusalém o exército dos caldeus, por causa do exército de Iearaó,
12 – saiu Jeremias de Jerusalém, a fim de ir à terra de Benjamim, para receber ali a sua parte no meio do povo.
13 – E quando ele estava à porta de Benjamim, achava-se ali um capitão da guarda, cujo nome era Jurias, filho de Selemias, filho de Hananias, o qual prendeu a Jeremias, o profeta, dizendo: Tu estás desertando para os caldeus.
14 – E Jeremias disse: Isso é falso, não estou desertando para os caldeus. Mas ele não lhe deu ouvidos, de modo que prendeu a Jeremias e o levou aos príncipes.
15 – E os príncipes ficaram muito irados contra Jeremias, de sorte que o açoitaram e o meteram no cárcere, na casa de Jônatas, o escrivão, porquanto a tinham transformado em cárcere.
16 – Tendo Jeremias entrado nas celas do calabouço, e havendo ficado ali muitos dias,
17 – o rei Zedequias mandou soltá-lo e lhe perguntou em sua casa, em segredo: Há alguma palavra da parte do Senhor? Respondeu Jeremias: Há. E acrescentou: Na mão do rei de Babilônia serás entregue.
18 – Disse mais Jeremias ao rei Zedequias: Em que tenho pecado contra ti, e contra os teus servos, e contra este povo, para que me pusésseis na prisão?
19 – Onde estão agora os vossos profetas que vos profetizavam, dizendo: O rei de Babilônia não virá contra vós nem contra esta terra?
20 – Ora, pois, ouve agora, ó rei, meu senhor: seja aceita agora a minha súplica diante de ti; não me faças tornar à casa de Jônatas, o escriba, para que eu não venha a morrer ali.
21 – Então ordenou o rei Zedequias que pusessem a Jeremias no átrio da guarda; e deram-lhe um bolo de pão cada dia, da rua dos padeiros, até que se gastou todo o pão da cidade. Assim ficou Jeremias no átrio da guarda.

Capítulo 38

1 – Ouviram, pois, Sefatias, filho de Matã, e Gedalias, filho de Pasur, e Jeucal, filho de Selemias, e Pasur, filho de Malquias, as palavras que anunciava Jeremias a todo o povo, dizendo:
2 – Assim diz o Senhor: O que ficar nesta cidade morrerá à espada, de fome e de peste; mas o que sair para os caldeus viverá; pois a sua vida lhe será por despojo, e vivera.
3 – Assim diz o Senhor: Esta cidade infalivelmente será entregue na mão do exército do rei de Babilônia, e ele a tomará.
4 – E disseram os príncipes ao rei: Morra este homem, visto que ele assim enfraquece as mãos dos homens de guerra que restam nesta cidade, e as mãos de todo o povo, dizendo-lhes tais palavras; porque este homem não busca a paz para este povo, porem o seu mal.
5 – E disse o rei Zedequias: Eis que ele está na vossa mão; porque não é o rei que possa coisa alguma contra vós.
6 – Então tomaram a Jeremias, e o lançaram na cisterna de Malquias, filho do rei, que estava no átrio da guarda; e desceram Jeremias com cordas; mas na cisterna não havia água, senão lama, e atolou-se Jeremias na lama.
7 – Quando Ebede-Meleque, o etíope, um eunuco que então estava na casa do rei, ouviu que tinham metido Jeremias na cisterna, o rei estava assentado à porta de Benjamim.
8 – Saiu, pois, Ebede-Meleque da casa do rei, e falou ao rei, dizendo:
9 – o rei, senhor meu, estes homens fizeram mal em tudo quanto fizeram a Jeremias, o profeta, lançando-o na cisterna; de certo morrerá no lugar onde se acha, por causa da fome, pois não há mais pão na cidade.
10 – Deu ordem, então, o rei a Ebede-Meleque, o etíope, dizendo: Toma contigo daqui três homens, e tira Jeremias, o profeta, da cisterna, antes que morra.
11 – Assim Ebede-Meleque tomou consigo os homens, e entrou na casa do rei, debaixo da tesouraria, e tomou dali uns trapos velhos e rotos, e roupas velhas, e desceu-os a Jeremias na cisterna por meio de cordas.
12 – E disse Ebede-Meleque, o etíope, a Jeremias: Põe agora estes trapos velhos e rotos, debaixo dos teus sovacos, entre os braços e as cordas. E Jeremias assim o fez.
13 – E tiraram Jeremias com as cordas, e o alçaram da cisterna; e ficou Jeremias no átrio da guarda.
14 – Então mandou o rei Zedequias e fez vir à sua presença Jeremias, o profeta, à terceira entrada do templo do Senhor; e disse o rei a Jeremias: Vou perguntar-te uma coisa; não me encubras nada.
15 – E disse Jeremias a Zedequias: Se eu te declarar, acaso não me matarás? E se eu te aconselhar, não me ouvirás.
16 – Então jurou o rei Zedequias a Jeremias, em segredo, dizendo: Vive o Senhor, que nos fez esta alma, que não te matarei nem te entregarei na mão destes homens que procuram a tua morte.
17 – Então Jeremias disse a Zedequias: Assim diz o Senhor, Deus dos exércitos, Deus de Israel: Se te renderes aos príncipes do rei de Babilônia, será poupada a tua vida, e esta cidade não se queimará a fogo, e viverás tu e a tua casa.
18 – Mas, se não saíres aos príncipes do rei de Babilônia, então será entregue esta cidade na mão dos caldeus, e eles a queimarão a fogo, e tu não escaparás da sua mão.
19 – E disse o rei Zedequias a Jeremias: Receio-me dos judeus que se passaram para os caldeus, que seja entregue na mão deles, e escarneçam de mim.
20 – Jeremias, porém, disse: Não te entregarão. Ouve, peço-te, a voz do Senhor, conforme a qual eu te falo; e bem te irá, e poupar-se-á a tua vida.
21 – Mas, se tu recusares sair, esta é a palavra que me mostrou o Senhor:
22 – Eis que todas as mulheres que ficaram na casa do rei de Judá serão levadas aos príncipes do rei de Babilônia, e elas mesmas dirão: Os teus pacificadores te incitaram e prevaleceram contra ti; e agora que se atolaram os teus pés na lama, voltaram atrás.
23 – Todas as tuas mulheres e os teus filhos serão levados para fora aos caldeus; e tu não escaparás da sua mão, mas pela mão do rei de Babilônia serás preso, e esta cidade será queimada a fogo.
24 – Então disse Zedequias a Jeremias: Ninguém saiba estas palavras, e não morrerás.
25 – Se os príncipes ouvirem que falei contigo, e vierem ter contigo e te disserem: Declara-nos agora o que disseste ao rei e o que o rei te disse; não no-lo encubras, e não te mataremos;
26 – então lhes dirás: Eu lancei a minha súplica diante do rei, que não me fizesse tornar à casa de Jônatas, para morrer ali.
27 – Então vieram todos os príncipes a Jeremias, e o interrogaram; e ele lhes respondeu conforme todas as palavras que o rei lhe havia ordenado; assim cessaram de falar com ele, pois a coisa não foi percebida.
28 – E ficou Jeremias no átrio da guarda, até o dia em que Jerusalém foi tomada.

- Pergunta sobre o Ano Bíblico.:

Quem tirou Jeremias da cisterna onde fora lançado pelos líderes judeus?
Resposta: Ebede-Meleque (Jeremias 38:11-13)

- Curiosidades Bíblicas.:

Qual o profeta que previu uma grande fome nos dias do Imperador Romano Cláudio?
Resposta: Ágabo. Atos 11:27,28.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/biblia.asp?lista=1&livro=44&capitulo=11

- Versos Bíblicos.:

Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. João 3:16

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/biblia.asp?lista=1&livro=43&capitulo=3&verso=16

- Ano Bíblico (Espanhol).:

Libro de Jeremias

Capítulo 36

1 – Aconteció en el cuarto año de Joacim hijo de Josías, rey de Judá, que vino a Jeremías esta palabra de parte de Jehovah, diciendo:
2 – “Toma un rollo de pergamino y escribe en él todas las palabras que te he hablado contra Israel, contra Judá y contra todas las naciones, desde el Día que comencé a hablarte, en los Días de Josías, hasta el Día de hoy.
3 – Quizás la casa de Judá oiga de todo el mal que yo pienso hacerles, y se vuelva cada uno de su mal camino, para que yo perdone su maldad y su pecado.”
4 – Entonces Jeremías Llamó a Baruc hijo de Nerías, y Baruc Escribió en un rollo de pergamino todas las palabras que Jehovah le Había hablado, Según el dictado de Jeremías.
5 – Después Jeremías Mandó a Baruc diciendo: “Yo estoy impedido; no puedo entrar en la casa de Jehovah.
6 – Pues entra Tú en la casa de Jehovah en un Día de ayuno, y lee del rollo las palabras de Jehovah que te he dictado, a Oídos del pueblo, y también a Oídos de todos los de Judá que vienen de sus ciudades.
7 – Quizás la Súplica de ellos llegue a la presencia de Jehovah, y se vuelva cada uno de su mal camino. Porque grande es el furor y la ira que Jehovah ha expresado contra este pueblo.”
8 – Baruc hijo de Nerías hizo conforme a todo lo que le Mandó el profeta Jeremías, y Leyó del libro las palabras de Jehovah, en la casa de Jehovah.
9 – Sucedió en el mes noveno del quinto año de Joacim hijo de Josías, rey de Judá, que proclamaron ayuno delante de Jehovah para todo el pueblo de Jerusalén y para todo el pueblo que Venía a Jerusalén de las ciudades de Judá.
10 – Y Baruc Leyó del libro, a Oídos de todo el pueblo, las palabras de Jeremías, en la casa de Jehovah, en la Cámara de Gemarías, hijo del escriba Safán, la cual estaba en el atrio superior, a la entrada de la puerta Nueva de la casa de Jehovah.
11 – Entonces Miqueas hijo de Gemarías, hijo de Safán, habiendo Oído del libro todas las palabras de Jehovah,
12 – Descendió a la casa del rey, a la Cámara del escriba. Y he Aquí que todos los magistrados estaban sentados Allí: el escriba Elisama, Delaías hijo de Semeías, Elnatán hijo de Acbor, Gemarías hijo de Safán, Sedequías hijo de Ananías y los Demás magistrados.
13 – Miqueas les Refirió todas las palabras que Había Oído a Baruc leer del libro, a Oídos del pueblo.
14 – Entonces todos los magistrados enviaron a Jehudí hijo de Netanías, hijo de Selemías, hijo de Cusi, para que dijese a Baruc: –Toma en tu mano el rollo que Leíste a Oídos del pueblo, y ven. Baruc hijo de Nerías Tomó el rollo en su mano y fue a ellos.
15 – Entonces le dijeron: –Siéntate, y léelo a nuestros Oídos. Baruc lo Leyó a sus Oídos.
16 – Y Sucedió que cuando oyeron todas aquellas palabras, cada uno, espantado, se Volvió a su compañero. Y dijeron a Baruc: –¡Sin falta hemos de referir al rey todas estas palabras!
17 – Luego preguntaron a Baruc diciendo: –Cuéntanos Cómo escribiste de parte de él todas estas palabras.
18 – Baruc les dijo: –El me dictaba todas estas palabras, y yo Escribía con tinta en el libro.
19 – Entonces los magistrados dijeron a Baruc: –Vé, y escondeos Tú y Jeremías. Que nadie sepa Dónde Estáis.
20 – Habiendo depositado el rollo en la Cámara del escriba Elisama, fueron al rey, en el atrio, y refirieron todas estas cosas a Oídos del rey.
21 – Entonces el rey Envió a Jehudí para que tomase el rollo. Este lo Tomó de la Cámara del escriba Elisama y lo Leyó a Oídos del rey y a Oídos de todos los magistrados que estaban junto al rey.
22 – Era el mes noveno, y el rey estaba en la casa de invierno, donde Había un brasero encendido delante de él.
23 – Y Sucedió que cuando Jehudí Había Leído tres o cuatro columnas, el rey lo Rasgó con un cortaplumas de escriba y lo Echó al fuego que Había en el brasero, hasta que todo el rollo se Consumió en el fuego que Había en el brasero.
24 – Pero ni el rey ni todos sus servidores que oyeron estas palabras sintieron temor ni rasgaron sus vestiduras.
25 – A pesar de que Elnatán, Delaías y Gemarías rogaron al rey que no quemase aquel rollo, no les quiso escuchar.
26 – Al contrario, el rey Mandó a Jerameel hijo del rey, a Seraías hijo de Azriel y a Selemías hijo de Abdeel que prendiesen al escriba Baruc y al profeta Jeremías. Pero Jehovah los Escondió.
27 – Después que el rey Quemó el rollo que Contenía las palabras que Baruc Había escrito al dictado de Jeremías, vino la palabra de Jehovah a Jeremías, diciendo:
28 – “Vuelve a tomar otro rollo y escribe en él todas las mismas palabras que estaban en el primer rollo, el que Quemó Joacim, rey de Judá.
29 – Y Dirás a Joacim, rey de Judá, que Así ha dicho Jehovah: Tú quemaste este rollo diciendo: “¿Por qué escribiste en él que ciertamente Vendrá el rey de Babilonia y Destruirá esta tierra y Hará desaparecer de ella a los hombres y los animales?”
30 – Por tanto, Así ha dicho Jehovah con respecto a Joacim, rey de Judá: No Tendrá quien se siente sobre el trono de David, y su Cadáver Será echado al calor del Día y a la helada de la noche.
31 – Castigaré tanto a él como a sus descendientes y a sus servidores por su maldad. Traeré sobre ellos, sobre los habitantes de Jerusalén y sobre los hombres de Judá todo el mal de que les he hablado y que no quisieron escuchar.”
32 – Entonces Jeremías Tomó otro rollo y lo dio al escriba Baruc hijo de Nerías. Este Escribió en él, al dictado de Jeremías, todas las cosas del libro que Joacim rey de Judá Había quemado en el fuego; y Además, fueron añadidas muchas otras palabras semejantes.

Capítulo 37

1 – El rey Sedequías hijo de Josías, al cual Nabucodonosor, rey de Babilonia, Había puesto como rey en la tierra de Judá, Empezó a reinar en lugar de Joaquín hijo de Joacim.
2 – Pero ni él, ni sus servidores, ni el pueblo de la tierra obedecieron las palabras que Jehovah Había dicho por medio del profeta Jeremías.
3 – El rey Sedequías Envió a Jucal hijo de Selemías y al sacerdote Sofonías hijo de Maasías, para que dijesen al profeta Jeremías: “Por favor, ora por nosotros a Jehovah, nuestro Dios.”
4 – Jeremías entraba y Salía en medio del pueblo, porque Todavía no lo Habían puesto en la Cárcel.
5 – El ejército del Faraón Había salido de Egipto y cuando la noticia acerca de ellos Llegó a Oídos de los caldeos que Tenían sitiada a Jerusalén, éstos se fueron de Jerusalén.
6 – Entonces vino la palabra de Jehovah al profeta Jeremías, diciendo:
7 – “Así ha dicho Jehovah Dios de Israel que Digáis al rey de Judá que os Envió para que me consultaseis: He Aquí que el ejército del Faraón que Salió en vuestro auxilio va a regresar a su tierra, a Egipto.
8 – Entonces los caldeos Volverán a combatir contra esta ciudad; la Tomarán y la Incendiarán.
9 – Así ha dicho Jehovah: No os engañéis a vosotros mismos, diciendo: “Los caldeos se han ido definitivamente de nosotros.” Porque no se Irán.
10 – Pues aun cuando derrotarais a todo el ejército de los caldeos que combaten contra vosotros, y quedasen de ellos Sólo algunos hombres heridos, cada uno en su tienda, se Levantarían y Prenderían fuego a esta ciudad.”
11 – Aconteció que cuando el ejército de los caldeos se fue de Jerusalén a causa del ejército del Faraón,
12 – Jeremías Salía de Jerusalén para ir a la tierra de Benjamín con el fin de recibir Allí su parte en medio del pueblo.
13 – Y cuando Llegó a la puerta de Benjamín, estaba Allí un jefe de guardia que se llamaba Irías hijo de Selemías, hijo de Ananías, el cual Tomó preso al profeta Jeremías. Y le dijo: –¡Tú vas a pasarte a los caldeos!
14 – Pero Jeremías dijo: –¡Falso! No voy a pasarme a los caldeos. Irías no le hizo caso, sino que Prendió a Jeremías y lo Llevó a los magistrados.
15 – Los magistrados se enfurecieron contra Jeremías y le azotaron. Luego lo pusieron en la Prisión en casa del escriba Jonatán, porque Habían convertido aquella casa en Cárcel.
16 – Entró, pues, Jeremías en el calabozo, en las celdas, y Allí Permaneció por muchos Días.
17 – Entonces el rey Sedequías Envió a sacarlo de Allí, y le Consultó secretamente en su casa, diciendo: –¿Hay palabra de parte de Jehovah? Jeremías dijo: –Sí, la hay. –Y Añadió–: Serás entregado en mano del rey de Babilonia.
18 – Dijo también Jeremías al rey Sedequías: –¿En qué he pecado contra ti, contra tus servidores y contra este pueblo, para que me Pongáis en la Cárcel?
19 – ¿Dónde Están vuestros profetas que os profetizaban diciendo: “No Vendrá el rey de Babilonia contra vosotros ni contra esta tierra”?
20 – Ahora pues, escucha, mi señor el rey. Llegue mi Súplica a tu presencia; no me hagas volver a la casa del escriba Jonatán, no sea que Allí me muera.
21 – Entonces el rey Sedequías dio órdenes para que custodiaran a Jeremías en el patio de la guardia, haciendo que se le diese cada Día una torta de pan de la calle de los Panaderos, hasta que todo el pan de la ciudad se agotase. Así Quedó Jeremías en el patio de la guardia.

Capítulo 38

1 – Sefatías hijo de Matán, Gedalías hijo de Pasjur, Jucal hijo de Selemías y Pasjur hijo de Malquías oyeron las palabras que Jeremías hablaba a todo el pueblo, diciendo:
2 – –Así ha dicho Jehovah: “El que se quede en esta ciudad Morirá por la espada, por el hambre o por la peste. Pero el que se rinda a los caldeos Vivirá; su vida le Será por Botín, y Vivirá.
3 – Así ha dicho Jehovah: Ciertamente esta ciudad Será entregada en mano del ejército del rey de Babilonia, y la Tomará.”
4 – Entonces los magistrados dijeron al rey: –¡Que muera este hombre! Pues de esta manera, al hablarles tales palabras, desmoraliza a los hombres de guerra que han quedado en esta ciudad, y a todo el pueblo. Porque este hombre no busca el bien de este pueblo, sino su mal.
5 – El rey Sedequías dijo: –He Allí, él Está en vuestras manos. Porque nada puede el rey contra vosotros.
6 – Entonces tomaron a Jeremías y lo hicieron echar en la cisterna de Malquías hijo del rey, que estaba en el patio de la guardia. Y bajaron a Jeremías con sogas. En la cisterna no Había agua, sino lodo; y Jeremías se Hundió en el lodo.
7 – Ebedmelec el Etíope, un funcionario que estaba en la casa del rey, se Enteró de que Habían metido a Jeremías en la cisterna. Y estando el rey sentado en la puerta de Benjamín,
8 – Ebedmelec Salió de la casa del rey y Habló al rey diciendo:
9 – –Oh mi señor el rey, estos hombres han actuado mal en todo lo que han hecho con el profeta Jeremías, a quien metieron en la cisterna. Allí Morirá de hambre, pues no hay Más pan en la ciudad.
10 – Entonces el rey Mandó al mismo Ebedmelec el Etíope, diciendo: –Toma contigo treinta hombres de Aquí y saca al profeta Jeremías de la cisterna antes que muera.
11 – Entonces Ebedmelec Tomó consigo a los hombres y Entró en la casa del rey, al lugar que estaba debajo del Depósito del tesoro, y Tomó de Allí trapos Raídos y trapos rasgados, y los Bajó con sogas a Jeremías en la cisterna.
12 – Y Ebedmelec el Etíope dijo a Jeremías: –Pon estos trapos Raídos y rasgados en tus axilas, bajo tus brazos, debajo de las sogas. Así lo hizo Jeremías.
13 – De esta manera sacaron a Jeremías con sogas, y lo subieron de la cisterna. Y Jeremías Permaneció en el patio de la guardia.
14 – Después el rey Sedequías Mandó traer a su presencia al profeta Jeremías, a la tercera entrada que Había en la casa de Jehovah. Y el rey dijo a Jeremías: –Yo te voy a preguntar una cosa. No me encubras nada.
15 – Jeremías dijo a Sedequías: –Si te lo revelo, ¿no me Harás morir? Y si te doy consejo, no me Escucharás.
16 – Y el rey Sedequías Juró en secreto a Jeremías diciendo: –Vive Jehovah que ha hecho nuestras almas, que no te haré morir, ni te entregaré en mano de esos hombres que buscan tu vida.
17 – Entonces Jeremías dijo a Sedequías: –Así ha dicho Jehovah Dios de los Ejércitos, Dios de Israel: “Si de hecho te rindes a los oficiales del rey de Babilonia, Vivirá tu alma, y esta ciudad no Será incendiada. Así Vivirás, Tú y tu casa.
18 – Pero si no te rindes a los oficiales del rey de Babilonia, esta ciudad Será entregada en mano de los caldeos, y la Incendiarán, y Tú no Escaparás de sus manos.”
19 – El rey Sedequías dijo a Jeremías: –Yo tengo miedo de los Judíos que se han pasado a los caldeos, de que me entreguen en sus manos y se ensañen contra Mí.
20 – Jeremías le dijo: –No te Entregarán. Escucha, por favor, la palabra de Jehovah que yo te hablo, y te Irá bien; y tu alma Vivirá.
21 – Pero si Rehúsas rendirte, ésta es la palabra que me ha revelado Jehovah:
22 – “He Aquí que todas las mujeres que han quedado en la casa del rey de Judá Serán entregadas a los oficiales del rey de Babilonia. Y ellas mismas Dirán: “Te incitaron y prevalecieron contra ti tus hombres Más íntimos. Tus pies se hundieron en el lodo, y ellos se volvieron Atrás.”
23 – A todas tus mujeres y a tus hijos Entregarán a los caldeos. Tú no Escaparás de sus manos, sino que por mano del rey de Babilonia Serás apresado, y esta ciudad Será incendiada.
24 – Entonces Sedequías dijo a Jeremías: –Nadie sepa de estas palabras, y no Morirás.
25 – Si los magistrados se enteran de que yo he hablado contigo y vienen a ti y te dicen: “Decláranos, por favor, qué hablaste con el rey, y dinos qué te dijo el rey. No nos lo encubras, y no te mataremos”,
26 – les Dirás: “He presentado al rey mi Súplica para que no me haga volver a la casa de Jonatán, a morir Allí.”
27 – Vinieron, pues, a Jeremías todos los magistrados y le interrogaron. El les Respondió conforme a todo lo que le Había mandado el rey. Con esto dejaron de ocuparse de él, porque el asunto no Había sido Oído.
28 – Y Jeremías Permaneció en el patio de la guardia hasta el Día en que fue tomada Jerusalén. Allí estaba él cuando Jerusalén fue tomada.

- Ano Bíblico (Inglês).:

Book of Jeremias

Chapter 36

1 – Now it came about in the fourth year of Jehoiakim, the son of Josiah, king of Judah, that this word came to Jeremiah from the Lord, saying,
2 – Take a book and put down in it all the words I have said to you against Israel and against Judah and against all the nations, from the day when my word came to you in the days of Josiah till this day.
3 – It may be that the people of Judah, hearing of all the evil which it is my purpose to do to them, will be turned, every man from his evil ways; so that they may have my forgiveness for their evil-doing and their sin.
4 – Then Jeremiah sent for Baruch, the son of Neriah; and Baruch took down from the mouth of Jeremiah all the words of the Lord which he had said to him, writing them in a book.
5 – And Jeremiah gave orders to Baruch, saying, I am shut up, and am not able to go into the house of the Lord:
6 – So you are to go, reading there from the book, which you have taken down from my mouth, the words of the Lord, in the hearing of the people in the Lord´s house, on a day when they go without food, and in the hearing of all the men of Judah who have come out from their towns.
7 – It may be that their prayer for grace will go up to the Lord, and that every man will be turned from his evil ways: for great is the wrath and the passion made clear by the Lord against this people.
8 – And Baruch, the son of Neriah, did as Jeremiah the prophet gave him orders to do, reading from the book the words of the Lord in the Lord´s house.
9 – Now it came about in the fifth year of Jehoiakim, the son of Josiah, king of Judah, in the ninth month, that it was given out publicly that all the people in Jerusalem, and all the people who came from the towns of Judah to Jerusalem, were to keep from food before the Lord.
10 – Then Baruch gave a public reading of the words of Jeremiah from the book, in the house of the Lord, in the room of Gemariah, the son of Shaphan the scribe, in the higher square, as one goes in by the new doorway of the Lord´s house, in the hearing of all the people.
11 – And Micaiah, the son of Gemariah, the son of Shaphan, after hearing all the words of the Lord from the book,
12 – Went down to the king´s house, to the scribe´s room: and all the rulers were seated there, Elishama the scribe and Delaiah, the son of Shemaiah, and Elnathan, the son of Achbor, and Gemariah, the son of Shaphan, and Zedekiah, the son of Hananiah, and all the rulers.
13 – Then Micaiah gave them an account of all the words which had come to his ears when Baruch was reading the book to the people.
14 – So all the rulers sent Jehudi, the son of Nethaniah, the son of Shelemiah, the son of Cushi, to Baruch, saying, Take in your hand the book from which you have been reading to the people and come. So Baruch, the son of Neriah, took the book in his hand and came down to them.
15 – Then they said to him, Be seated now, and give us a reading from it. So Baruch did so, reading it to them.
16 – Now it came about that, after hearing all the words, they said to one another in fear, We will certainly give the king an account of all these words.
17 – And questioning Baruch, they said, Say now, how did you put all these words down in writing from his mouth?
18 – Then Baruch, answering, said, He said all these things to me by word of mouth, and I put them down with ink in the book.
19 – Then the rulers said to Baruch, Go and put yourself in a safe place, you and Jeremiah, and let no man have knowledge of where you are.
20 – Then they went into the open square to the king; but the book they put away in the room of Elishama the scribe; and they gave the king an account of all the words.
21 – So the king sent Jehudi to get the book, and he took it from the room of Elishama the scribe. And Jehudi gave a reading of it in the hearing of the king and all the rulers who were by the king´s side.
22 – Now the king was seated in the winter house, and a fire was burning in the fireplace in front of him.
23 – And it came about that whenever Jehudi, in his reading, had got through three or four divisions, the king, cutting them with his penknife, put them into the fire, till all the book was burned up in the fire which was burning in the fireplace.
24 – But they had no fear and gave no signs of grief, not the king or any of his servants, after hearing all these words.
25 – And Elnathan and Delaiah and Gemariah had made a strong request to the king not to let the book be burned, but he would not give ear to them.
26 – And the king gave orders to Jerahmeel, the king´s son, and Seraiah, the son of Azriel, and Shelemiah, the son of Abdeel, to take Baruch the scribe and Jeremiah the prophet: but the Lord kept them safe.
27 – Then after the book, in which Baruch had put down the words of Jeremiah, had been burned by the king, the word of the Lord came to Jeremiah, saying,
28 – Take another book and put down in it all the words which were in the first book, which Jehoiakim, king of Judah, put into the fire.
29 – And about Jehoiakim, king of Judah, you are to say, This is what the Lord has said: You have put this book into the fire, saying, Why have you put in it that the king of Babylon will certainly come, causing the destruction of this land and putting an end to every man and beast in it?
30 – For this reason the Lord has said of Jehoiakim, king of Judah, He will have no son to take his place on the seat of David: his dead body will be put out to undergo the heat of the day and the cold of the night.
31 – And I will send punishment on him and on his seed and on his servants for their evil-doing; I will send on them and on the people of Jerusalem and the men of Judah, all the evil which I said against them, but they did not give ear.
32 – Then Jeremiah took another book, and gave it to Baruch the scribe, the son of Neriah, who put down in it, from the mouth of Jeremiah, all the words of the book which had been burned in the fire by Jehoiakim, king of Judah: and in addition a number of other words of the same sort.

Chapter 37

1 – And Zedekiah, the son of Josiah, became king in place of Coniah, the son of Jehoiakim, whom Nebuchadrezzar, king of Babylon, made king in the land of Judah.
2 – But he and his servants and the people of the land did not give ear to the words of the Lord which he said by Jeremiah the prophet.
3 – And Zedekiah the king sent Jehucal, the son of Shelemiah, and Zephaniah, the son of Maaseiah the priest, to the prophet Jeremiah, saying, Make prayer now to the Lord our God for us.
4 – (Now Jeremiah was going about among the people, for they had not put him in prison.
5 – And Pharaoh´s army had come out from Egypt: and the Chaldaeans, who were attacking Jerusalem, hearing news of them, went away from Jerusalem.)
6 – Then the word of the Lord came to the prophet Jeremiah, saying,
7 – The Lord, the God of Israel, has said: This is what you are to say to the king of Judah who sent you to get directions from me: See, Pharaoh´s army, which has come out to your help, will go back to Egypt, to their land.
8 – And the Chaldaeans will come back again and make war against this town and they will take it and put it on fire.
9 – The Lord has said, Have no false hopes, saying to yourselves, The Chaldaeans will go away from us: for they will not go away.
10 – For even if you had overcome all the army of the Chaldaeans fighting against you, and there were only wounded men among them, still they would get up, every man in his tent, and put this town on fire.
11 – And it came about that when the Chaldaean army outside Jerusalem had gone away for fear of Pharaoh´s army,
12 – Jeremiah went out of Jerusalem to go into the land of Benjamin, with the purpose of taking up his heritage there among the people.
13 – But when he was at the Benjamin door, a captain of the watch named Irijah, the son of Shelemiah, the son of Hananiah, who was stationed there, put his hand on Jeremiah the prophet, saying, You are going to give yourself up to the Chaldaeans.
14 – Then Jeremiah said, That is not true; I am not going to the Chaldaeans. But he would not give ear to him: so Irijah made him prisoner and took him to the rulers.
15 – And the rulers were angry with Jeremiah, and gave him blows and put him in prison in the house of Jonathan the scribe: for they had made that the prison.
16 – So Jeremiah came into the hole of the prison, under the arches, and was there for a long time.
17 – Then King Zedekiah sent and got him out: and the king, questioning him secretly in his house, said, Is there any word from the Lord? And Jeremiah said, There is. Then he said, You will be given up into the hands of the king of Babylon.
18 – Then Jeremiah said to King Zedekiah, What has been my sin against you or against your servants or against this people, that you have put me in prison?
19 – Where now are your prophets who said to you, The king of Babylon will not come against you and against this land?
20 – And now be pleased to give ear, O my lord the king; let my prayer for help come before you, and do not make me go back to the house of Jonathan the scribe, for fear that I may come to my death there.
21 – Then by the order of Zedekiah the king, Jeremiah was put into the place of the armed watchmen, and they gave him every day a cake of bread from the street of the bread-makers, till all the bread in the town was used up. So Jeremiah was kept in the place of the armed watchmen.

Chapter 38

1 – Now it came to the ears of Shephatiah, the son of Mattan, and Gedaliah, the son of Pashhur, and Jucal, the son of Shelemiah, and Pashhur, the son of Malchiah, that Jeremiah had said to all the people,
2 – These are the words of the Lord: Whoever goes on living in this town will come to his death by the sword or through need of food or by disease: but whoever goes out to the Chaldaeans will keep his life out of the power of the attackers and be safe.
3 – The Lord has said, This town will certainly be given into the hands of the army of the king of Babylon, and he will take it.
4 – Then the rulers said to the king, Let this man be put to death, because he is putting fear into the hearts of the men of war who are still in the town, and into the hearts of the people, by saying such things to them: this man is not working for the well-being of the people, but for their damage.
5 – Then Zedekiah the king said, See, he is in your hands: for the king was not able to do anything against them.
6 – So they took Jeremiah and put him into the water-hole of Malchiah, the king´s son, in the place of the armed watchmen: and they let Jeremiah down with cords. And in the hole there was no water, but wet earth: and Jeremiah went down into the wet earth.
7 – Now it came to the ears of Ebed-melech the Ethiopian, an unsexed servant in the king´s house, that they had put Jeremiah into the water-hole; the king at that time being seated in the doorway of Benjamin:
8 – And Ebed-melech went out from the king´s house and said to the king,
9 – My lord the king, these men have done evil in all they have done to Jeremiah the prophet, whom they have put into the water-hole; and he will come to his death in the place where he is through need of food: for there is no more bread in the town.
10 – Then the king gave orders to Ebed-melech the Ethiopian, saying, Take with you three men from here and get Jeremiah out of the water-hole before death overtakes him.
11 – So Ebed-melech took the men with him and went into the house of the king, to the place where the clothing was kept, and got from there old clothing and bits of old cloth, and let them down by cords into the water-hole where Jeremiah was.
12 – And Ebed-melech the Ethiopian said to Jeremiah, Put these bits of old cloth under your arms under the cords. And Jeremiah did so.
13 – So pulling Jeremiah up with the cords they got him out of the water-hole: and Jeremiah was kept in the place of the armed watchmen.
14 – Then King Zedekiah sent for Jeremiah the prophet and took him into the rulers´ doorway in the house of the Lord: and the king said to Jeremiah, I have a question to put to you; keep nothing back from me.
15 – Then Jeremiah said to Zedekiah, If I give you the answer to your question, will you not certainly put me to death? and if I make a suggestion to you, you will not give it a hearing.
16 – So King Zedekiah gave his oath to Jeremiah secretly, saying, By the living Lord, who gave us our life, I will not put you to death, or give you up to these men who are desiring to take your life.
17 – Then Jeremiah said to Zedekiah, These are the words of the Lord, the God of armies, the God of Israel: If you go out to the king of Babylon´s captains, then you will have life, and the town will not be burned with fire, and you and your family will be kept from death:
18 – But if you do not go out to the king of Babylon´s captains, then this town will be given into the hands of the Chaldaeans and they will put it on fire, and you will not get away from them.
19 – And King Zedekiah said to Jeremiah, I am troubled on account of the Jews who have gone over to the Chaldaeans, for fear that they may give me up to them and they will put me to shame.
20 – But Jeremiah said, They will not give you up: be guided now by the word of the Lord as I have given it to you, and it will be well for you, and you will keep your life.
21 – But if you do not go out, this is what the Lord has made clear to me:
22 – See, all the rest of the women in the house of the king of Judah will be taken out to the king of Babylon´s captains, and these women will say, Your nearest friends have been false to you and have got the better of you: they have made your feet go deep into the wet earth, and they are turned away back from you.
23 – And they will take all your wives and your children out to the Chaldaeans: and you will not get away out of their hands, but will be taken by the hands of the king of Babylon: and this town will be burned with fire.
24 – Then Zedekiah said to Jeremiah, Let no man have knowledge of these words, and you will not be put to death.
25 – But if it comes to the ears of the rulers that I have been talking with you, and they come and say to you, Give us word now of what you have said to the king and what the king said to you, keeping nothing back and we will not put you to death;
26 – Then you are to say to them, I made my request to the king, that he would not send me back to my death in Jonathan´s house.
27 – Then all the rulers came to Jeremiah, questioning him: and he gave them an answer in the words the king had given him orders to say. So they said nothing more to him; for the thing was not made public.
28 – So Jeremiah was kept in the place of the armed watchmen till the day when Jerusalem was taken.

Na graça de nosso Senhor Jesus,

Daniel Gavin
Diretor Geral – Ellen White Books
http://www.ellenwhite.com.br/
http://www.ellenwhitebooks.com/
http://www.ellenwhite.es/
http://www.ellenwhitebooks.es/

- Meditação Matinal de EGW (Português).:

O Puro Sinal da Verdade

“E lhe disse: “Passa pela meio da cidade, pelo meio de Jerusalém, e marca com um sinal a testa dos homens que suspiram e gemem por causa de todas as abominações que se cometem no meio dela”. Ezeq. 9:4.
Notai cuidadosamente este ponto: Os que receberem o puro sinal da verdade, neles gravado “o poder do Espírito Santo, representado pelo sinal feito pelo homem vestido de linho, são os que “suspiram e gemem por causa de todas as abominações que se cometem” na igreja. – 1TS, 336.
A classe que não se entristece por seu próprio declínio espiritual, nem chora sobre os pecados dos outros, será deixada sem o selo de Deus.
Nem todos os que professam guardar o sábado serão selados. Muitos há, mesmo entre os que ensinam a verdade a outros, que não receberão na testa o selo de Deus. Tinham a luz da verdade, souberam a vontade de seu Mestre, compreenderam todos os pontos de nossa fé, mas não tiveram as obras correspondentes. …
Nenhum de nós jamais receberá o selo de Deus, enquanto o caráter tiver uma nódoa ou mácula sequer. Cumpre-nos remediar os defeitos de caráter, purificação de toda a contaminação o templo da alma. Então a chuva serôdia cairá sobre nós, como caiu a temporã sobre os discípulos no dia de Pentecostes.
Que estais fazendo, irmãos, na grande obra de preparação? Os que se estão unindo com o inundo, se amoldando ao modelo mundano, e preparando-se para o sinal da besta. Os que desconfiam do eu, que se humilham diante de Deus, e purificam a alma pela obediência à verdade, estão recebendo o molde divino, e preparando-se receber na fronte o selo de Deus. Quando vir o decreto, e o selo for aplicado, seu caráter permanecerá puro e sem mácula para toda a eternidade.
Agora é o tempo de preparar-nos. O selo de Deus jamais será colocado à testa de um homem ou mulher impuros. Jamais será colocado à testa de um homem ou mulher cobiçosos ou amantes do mundo. Jamais colocado à testa de homens ou mulheres de língua falsa ou coração enganoso. Todos os que recebem o selo devem se imaculados diante de Deus – candidatos para o Céu. – 2TS, 65-71.
Ano Bíblico: Jer. 33-35. – Juvenis: S. Mat. 9.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=100&p=238

- Meditação Matinal de EGW (Espanhol).:

LA MARCA PURA DE LA VERDAD

Y le dijo Jehová: Pasa por en medio de la ciudad, por en medio de Jerusalén, y ponles una señal en la frente a los hombres que gimen y que claman a causa de todas las abominaciones que se hacen en medio de ella. (Eze. 9: 4).
Nótese esto con cuidado: Los que reciban la marca pura de la verdad desarrollada en ellos por el poder del Espíritu Santo y representada por el sello del hombre vestido de lino, son los que “gimen y que claman a causa de todas las abominaciones que se hacen” en la iglesia.*
Los que no sienten pesar por su propia decadencia espiritual ni lloran por los pecados, quedarán sin el sello de Dios. . . No todos los que profesan observar el sábado serán sellados. Aun entre los que enseñan la verdad a otros hay muchos que no recibirán el sello de Dios en sus frentes. Tuvieron la luz de la verdad, conocieron la voluntad de su Maestro, comprendieron todo punto de nuestra fe, pero no hicieron las obras correspondientes. Los que conocieron tan bien la profecía y los tesoros de la sabiduría divina, debieran haber actuado de acuerdo con su fe. . .
Ninguno de nosotros recibirá jamás el sello de Dios mientras nuestros caracteres tengan una mancha. Nos toca a nosotros remediar los defectos de nuestro carácter, limpiar el templo del alma de toda contaminación. Entonces la lluvia tardía caerá sobre nosotros como cayó la lluvia temprana sobre los discípulos en el día de Pentecostés. . .
Los que se unen con el mundo reciben su molde y se preparan para la marca de la bestia. Los que desconfían de sí mismos, se humillan delante de Dios y purifican sus almas obedeciendo a la verdad, son los que reciben el molde celestial y se preparan para tener el sello de Dios en sus frentes. Cuando se promulgue el decreto y se estampe el sello, su carácter permanecerá puro y sin mancha para la eternidad.
Ahora es momento de prepararse. El sello de Dios no será puesto nunca en la frente de un hombre o una mujer que sean impuros. Nunca será puesto sobre la frente de seres humanos ambiciosos y amadores del mundo. Nunca será puesto sobre la frente de hombres y mujeres de corazón falso o engañoso. Todos los que reciban el sello deberán estar sin mancha delante de Dios y ser candidatos para el cielo.*

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=101&p=238

- Meditação Matinal de EGW (Inglês).:

August 20 – The Pure Mark of Truth

The Lord said unto him, Go through the midst of the city, through the midst of Jerusalem, and set a mark upon the foreheads of the men that sigh and that cry for all the abominations that be done in the midst thereof. Eze. 9:4.
Mark this point with care: Those who receive the pure mark of truth, wrought in them by the power of the Holy Ghost, represented by a mark by the man in linen, are those “that sigh and that cry for all the abominations that be done” in the church. {Mar 240.1}
The class who do not feel grieved over their own spiritual declension, nor mourn over the sins of others, will be left without the seal of God. . . . {Mar 240.2}
Not all who profess to keep the Sabbath will be sealed. There are many even among those who teach the truth to others who will not receive the seal of God in their foreheads. They had the light of truth, they knew their Master”s will, they understood every point of our faith, but they had not corresponding works. . . . {Mar 240.3}
Not one of us will ever receive the seal of God while our characters have one spot or stain upon them. It is left with us to remedy the defects in our characters, to cleanse the soul temple of every defilement. Then the latter rain will fall upon us as the early rain fell upon the disciples. . . . {Mar 240.4}
What are you doing, brethren, in the great work of preparation? Those who are uniting with the world are receiving the worldly mould and preparing for the mark of the beast. Those who are distrustful of self, who are humbling themselves before God and purifying their souls by obeying the truth–these are receiving the heavenly mould and preparing for the seal of God in their foreheads. When the decree goes forth and the stamp is impressed, their character will remain pure and spotless for eternity. {Mar 240.5}
Now is the time to prepare. The seal of God will never be placed upon the forehead of an impure man or woman. It will never be placed upon the forehead of the ambitious, world-loving man or woman. It will never be placed upon the forehead of men or women of false tongues or deceitful hearts. All who receive the seal must be without spot before God–candidates for heaven. {Mar 240.6}

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=129&p=238

Na graça de nosso Senhor Jesus,

Daniel Gavin
Diretor Geral – Ellen White Books
http://www.ellenwhite.com.br/
http://www.ellenwhitebooks.com/
http://www.ellenwhite.es/
http://www.ellenwhitebooks.es/

- Mensagens para Evangelistas.:

Deus, em Seu grande amor, procura desenvolver em nós as preciosas graças do Seu Espírito. Permite que enfrentemos obstáculos, perseguições e vicissitudes, não como uma maldição, mas como a maior bênção de nossa vida. Toda tentação resistida, toda provação valorosamente suportada, traz-nos uma nova experiência, levando-nos avante na obra da edificação do caráter. A alma que, mediante o poder divino, resiste à tentação, revela ao mundo e ao universo celeste a eficácia da graça de Cristo. O Maior Discurso de Cristo, pág. 117.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=19&p=117

- Mensagens para Jovens.:

As crianças e os jovens nunca devem julgar que seja motivo de orgulho o ser indiferente e descuidado nas reuniões onde Deus é adorado. Deus vê todo pensamento ou ato irreverente, o qual é registrado nos livros do Céu. Ele nos diz: “Eu conheço as tuas obras.” Apoc. 2:19. Nada está escondido perante Seus olhos pesquisadores. Se houverdes formado em qualquer grau o hábito de desatenção e indiferença na casa de Deus, exercitai as faculdades que tendes para o corrigir, e mostrai que sabeis respeitar-vos a vós mesmos. Praticai a reverência até que ela se torne parte de vós mesmos. Mensagens aos Jovens, pág. 266.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=6&p=266

- Mensagens para Namorados.:

Estás agora em tua vida de estudante; demora a mente em assuntos espirituais. Afasta de tua vida todo o sentimentalismo. Dá-te a ti mesmo vigilantes instruções, e põe-te sob o domínio próprio. Encontras-te no período de formação de caráter; coisa alguma deve ser considerada trivial ou sem importância uma vez que te prejudique os mais altos e santos interesses, tua eficiência no preparo para o fazer a obra que Deus te designou. Carta 23, 1893 e O Lar Adventista, pág. 53.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=16&p=53

- Mensagens para Pais.:

Recolhei os raios de luz divina que estão a resplandecer em vosso caminho. Andai na luz assim como Cristo está na luz. Ao lançardes mão da obra de auxiliar vossos filhos a servir a Deus, sobrevirão as provações mais irritantes; mas não percais vosso apoio; apegai-vos a Jesus. Ele diz: “Que se apodere da Minha força, e faça paz comigo; sim, que faça paz comigo.” Isa. 27:5. Surgirão dificuldades e obstáculos; mas olhai constantemente a Jesus. Quando se apresentar uma emergência difícil, perguntai: Senhor, que farei? Se não vos derdes a acabrunhamentos e reprimendas, o Senhor vos mostrará o caminho. Ele vos ajudará a usar o talento da fala de maneira tão cristã que a paz e o amor reinarão no lar. Seguindo um procedimento coerente podeis ser evangelistas no lar, ministros da graça a vossos filhos. Conselhos aos Pais, Professores e Estudantes, págs. 156 e 157.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=37&p=156

- Mensagens sobre Escola Sabatina.:

As lições ensinadas na Escola Sabatina devem ser de molde a iluminar o coração e a mente. E para que isso se realize, devem os professores estar sob a influência do Espírito Santo, vencendo todo egoísmo, toda palavra precipitada e ato inconsiderado, a fim de que a graça de Deus se manifeste cooperando com o esforço humano para a salvação de pessoas. Deve ser esse o grande objetivo da Escola Sabatina. Não deve esta tornar-se lugar de controvérsia; não se devem ali manifestar diferenças de opinião. Mantenha-se a harmonia, conservando fora da escola essa espécie de trabalho. Quando se manifestarem idéias que sejam debatidas pelos membros, não se levante espírito combativo, seguindo-se discussões e controvérsias. Testimonies on Sabbath School Work, págs. 51 e 52. Conselhos Sobre a Escola Sabatina, pág. 117.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=15&p=117

- Mensagens sobre Saúde.:

Prezo minha costureira, dou valor a minha datilógrafa; minha cozinheira, porém, que sabe bem a maneira de preparar a comida para manutenção da vida e nutrição do cérebro, dos ossos e músculos, ocupa o mais importante lugar entre os ajudantes de minha família. Testimonies, vol. 2, pág. 370. Conselhos Sobre o Regime Alimentar, pág. 251.

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=17&p=251

Na graça de nosso Senhor Jesus,

Daniel Gavin
Diretor Geral – Ellen White Books
http://www.ellenwhite.com.br/
http://www.ellenwhitebooks.com/
http://www.ellenwhite.es/
http://www.ellenwhitebooks.es/

- Ano Bíblico (Português).:

Livro de Jeremias

Capítulo 33

1 – E veio a palavra do Senhor a Jeremias, segunda vez, estando ele ainda encarcerado no pátio da guarda, dizendo:
2 – Assim diz o Senhor que faz isto, o Senhor que forma isto, para o estabelecer; o Senhor é o seu nome.
3 – Clama a mim, e responder-te-ei, e anunciar-te-ei coisas grandes e ocultas, que não sabes.
4 – Pois assim diz o Senhor, o Deus de Israel, acerca das casas desta cidade, e acerca das casas dos reis de Judá, que foram demolidas para fazer delas uma defesa contra os valados e contra a espada;
5 – entrementes os caldeus estão entrando a pelejar para os encher de cadáveres de homens que ferirei na minha ira e no meu furor; porquanto escondi o meu rosto desta cidade, por causa de toda a sua maldade.
6 – Eis que lhe trarei a ela saúde e cura, e os sararei, e lhes manifestarei abundância de paz e de segurança.
7 – E farei voltar do cativeiro os exilados de Judá e de Israel, e os edificarei como ao princípio.
8 – E os purificarei de toda a iniqüidade do seu pecado contra mim; e perdoarei todas as suas iniqüidades, com que pecaram e transgrediram contra mim.
9 – E esta cidade me servirá de nome de gozo, de louvor e de glória, diante de todas as nações da terra que ouvirem de todo o bem que eu lhe faço; e espantar-se-ão e perturbar-se-ão por causa de todo o bem, e por causa de toda a paz que eu lhe dou.
10 – Assim diz o Senhor: Neste lugar do qual vós dizeis: E uma desolação, sem homens nem animais, sim, nas cidades de Judá, e nas ruas de Jerusalém, que estão assoladas, sem homens, sem moradores e sem animais, ainda se ouvira
11 – a voz de gozo e a voz de alegria, a voz de noivo e a voz de noiva, e a voz dos que dizem: Dai graças ao Senhor dos exércitos, porque bom é o Senhor, porque a sua benignidade dura para sempre; também se ouvirá a voz dos que trazem à casa do Senhor sacrifícios de ação de graças. Pois farei voltar a esta terra os seus exilados como no princípio, diz o Senhor.
12 – Assim diz o Senhor dos exércitos: Ainda neste lugar, que está deserto, sem homens, e sem animais, e em todas as suas cidades, haverá uma morada de pastores que façam repousar aos seus rebanhos.
13 – Nas cidades da região montanhosa, nas cidades das planícies, e nas cidades do sul, e na terra de Benjamim, e nos contornos de Jerusalém, e nas cidades de Judá, ainda passarão os rebanhos pelas mãos dos contadores, diz o Senhor.
14 – Eis que vêm os dias, diz o Senhor, em que cumprirei a boa palavra que falei acerca da casa de Israel e acerca da casa de Judá.
15 – Naqueles dias e naquele tempo farei que brote a Davi um Renovo de justiça; ele executará juízo e justiça na terra.
16 – Naqueles dias Judá será salvo e Jerusalém habitará em segurança; e este é o nome que lhe chamarão: O SENHOR É NOSSA JUSTIÇA.
17 – Pois assim diz o Senhor: Nunca faltará a Davi varão que se assente sobre o trono da casa de Israel;
18 – nem aos sacerdotes levíticos faltará varão diante de mim para oferecer holocaustos, e queimar ofertas de cereais e oferecer sacrifícios continuamente.
19 – E veio a palavra do Senhor a Jeremias, dizendo:
20 – Assim diz o Senhor: se puderdes invalidar o meu pacto com o dia, e o meu pacto com a noite, de tal modo que não haja dia e noite a seu tempo,
21 – também se poderá invalidar o meu pacto com Davi, meu servo, para que não tenha filho que reine no seu trono; como também o pacto com os sacerdotes levíticos, meus ministros.
22 – Assim como não se pode contar o exército dos céus, nem medir-se a areia do mar, assim multiplicarei a descendência de Davi, meu servo, e os levitas, que ministram diante de mim.
23 – E veio ainda a palavra do Senhor a Jeremias, dizendo:
24 – Acaso não observaste o que este povo está dizendo: As duas famílias que o Senhor escolheu, agora as rejeitou? Assim desprezam o meu povo, como se não fora um povo diante deles.
25 – Assim diz o Senhor: Se o meu pacto com o dia e com a noite não permanecer, e se eu não tiver determinado as ordenanças dos céus e da terra,
26 – também rejeitarei a descendência de Jacó, e de Davi, meu servo, de modo que não tome da sua descendência os que dominem sobre a descendência de Abraão, Isaque, e Jacó; pois eu os farei voltar do seu cativeiro, e apiedar-me-ei deles.

Capítulo 34

1 – A palavra que da parte do Senhor veio a Jeremias, quando Nabucodonosor, rei de Babilônia, e todo o seu exército, e todos os reinos da terra que estavam sob o domínio da sua mão, e todos os povos, pelejavam contra Jerusalém, e contra todas as suas cidades, dizendo:
2 – Assim diz o Senhor, Deus de Israel: Vai, e fala a Zedequias, rei de Judá, e dize-lhe: Assim diz o Senhor: Eis que estou prestes a entregar esta cidade na mão do rei de Babilônia, o qual a queimará a fogo.
3 – E tu não escaparás da sua mão; mas certamente serás preso e entregue na sua mão; e teus olhos verão os olhos do rei de Babilônia, e ele te falará boca a boca, e irás a Babilônia.
4 – Todavia ouve a palavra do Senhor, ó Zedequias, rei de Judá; assim diz o Senhor acerca de ti: Não morrerás à espada;
5 – em paz morrerás, e como queimavam perfumes a teus pais, os reis precedentes, que foram antes de ti, assim tos queimarão a ti; e te prantearão, dizendo: Ah Senhor! Pois eu disse a palavra, diz o Senhor.
6 – E anunciou Jeremias, o profeta, a Zedequias, rei de Judá, todas estas palavras, em Jerusalém,
7 – quando o exército do rei de Babilônia pelejava contra Jerusalém, e contra todas as cidades de Judá, que ficaram de resto, contra Laquis e contra Azeca; porque dentre as cidades de Judá, só estas haviam ficado como cidades fortificadas.
8 – A palavra que da parte do Senhor veio a Jeremias, depois que o rei Zedequias fez um pacto com todo o povo que estava em Jerusalém, para lhe fazer proclamação de liberdade,
9 – para que cada um libertasse o seu escravo, e cada um a sua escrava, hebreu ou hebréia, de maneira que ninguém se servisse mais dos judeus, seus irmãos, como escravos.
10 – E obedeceram todos os príncipes e todo o povo que haviam entrado no pacto de libertarem cada qual o seu escravo, e cada qual a sua escrava, de maneira a não se servirem mais deles, sim, obedeceram e os libertaram.
11 – Mas depois se arrependeram, e fizeram voltar os escravos e as escravas que haviam libertado, e tornaram a escravizá-los.
12 – Veio, pois, a palavra do Senhor a Jeremias, da parte do Senhor, dizendo:
13 – Assim diz o Senhor, Deus de Israel: Eu fiz um pacto com vossos pais, no dia em que os tirei da terra do Egito, da casa da servidão, dizendo:
14 – Ao fim de sete anos libertareis cada um a seu irmão hebreu, que te for vendido, e te houver servido seis anos, e despedi-lo-ás livre de ti; mas vossos pais não me ouviram, nem inclinaram os seus ouvidos.
15 – E vos havíeis hoje arrependido, e tínheis feito o que é reto aos meus olhos, proclamando liberdade cada um ao seu próximo; e tínheis feito diante de mim um pacto, na casa que se chama pelo meu nome;
16 – mudastes, porém, e profanastes o meu nome, e fizestes voltar cada um o seu escravo, e cada um a sua escrava, que havíeis deixado ir livres à vontade deles; e os sujeitastes de novo à servidão.
17 – Portanto assim diz o Senhor: Vós não me ouvistes a mim, para proclamardes a liberdade, cada um ao seu irmão, e cada um ao seu próximo. Eis, pois, que eu vos proclamo a liberdade, diz o Senhor, para a espada, para a peste e para a fome; e farei que sejais um espetáculo de terror a todos os reinos da terra.
18 – Entregarei os homens que traspassaram o meu pacto, e não cumpriram as palavras do pacto que fizeram diante de mim com o bezerro que dividiram em duas partes, passando pelo meio das duas porções.
19 – Os príncipes de Judá, os príncipes de Jerusalém, os eunucos, os sacerdotes, e todo o povo da terra, os mesmos que passaram pelo meio das porções do bezerro,
20 – entregá-los-ei, digo, na mão de seus inimigos, e na mão dos que procuram a sua morte. Os cadáveres deles servirão de pasto para as aves do céu e para os animais da terra.
21 – E a Zedequias, rei de Judá, e seus príncipes entregarei na mão de seus inimigos e na mão dos que procuram a sua morte, e na mão do exército do rei de Babilônia, os quais já se retiraram de vós.
22 – Eis que eu darei ordem, diz o Senhor, e os farei tornar a esta cidade, e pelejarão contra ela, e a tomarão, e a queimarão a fogo; e das cidades de Judá farei uma assolação, de sorte que ninguém habite nelas.

Capítulo 35

1 – A palavra que da parte do Senhor veio a Jeremias, nos dias de Jeoiaquim, filho de Josias, rei de Judá, dizendo:
2 – Vai à casa dos recabitas, e fala com eles, introduzindo-os na casa do Senhor, em uma das câmaras, e lhes oferece vinho a beber.
3 – Então tomei a Jaazanias, filho de Jeremias, filho de Habazínias, e a seus irmãos, e a todos os seus filhos, e a toda a casa dos recabitas,
4 – e os introduzi na casa do Senhor, na câmara dos filhos de Hanã, filho de Jigdalias, homem de Deus, a qual estava junto à câmara dos príncipes que ficava sobre a câmara de Maaséias, filho de Salum, guarda do vestíbulo;
5 – e pus diante dos filhos da casa dos recabitas taças cheias de vinho, e copos, e disse-lhes: Bebei vinho.
6 – Eles, porém, disseram: Não beberemos vinho, porque Jonadabe, filho de Recabe, nosso pai, nos ordenou, dizendo: Nunca jamais bebereis vinho, nem vós nem vossos filhos;
7 – não edificareis casa, nem semeareis semente, nem plantareis vinha, nem a possuireis; mas habitareis em tendas todos os vossos dias; para que vivais muitos dias na terra em que andais peregrinando.
8 – Obedecemos pois à voz de Jonadabe, filho de Recabe, nosso pai, em tudo quanto nos ordenou, de não bebermos vinho em todos os nossos dias, nem nós, nem nossas mulheres, nem nossos filhos, nem nossas filhas;
9 – nem de edificarmos casas para nossa habitação; nem de possuirmos vinha, nem campo, nem semente;
10 – mas habitamos em tendas, e assim obedecemos e fazemos conforme tudo quanto nos ordenou Jonadabe, nosso pai.
11 – Sucedeu, porém, que, quando subia Nabucodonosor, rei de Babilônia, contra esta terra, dissemos: Vinde, e vamo-nos a Jerusalém, por causa do exército dos caldeus, e por causa do exército dos sírios; e assim habitamos em Jerusalém.
12 – Então veio a palavra do Senhor a Jeremias, dizendo:
13 – Assim diz o Senhor dos exércitos, o Deus de Israel: Vai, e dize aos homens de Judá e aos moradores de Jerusalém: Acaso não aceitareis instrução, para ouvirdes as minhas palavras? diz o Senhor.
14 – As palavras de Jonadabe, filho de Recabe, pelas quais ordenou a seus filhos que não bebessem vinho, foram guardadas; pois não o têm bebido até o dia de hoje, porque obedecem o mandamento de seu pai; a mim, porém, que vos tenho falado a vós, com insistência, vós não me ouvistes.
15 – Também vos tenho enviado, insistentemente, todos os meus servos, os profetas, dizendo: Convertei-vos agora, cada um do seu mau caminho, e emendai as vossas ações, e não vades após outros deuses para os servir, e assim habitareis na terra que vos dei a vós e a vossos pais; mas não inclinastes o vosso ouvido, nem me obedecestes a mim.
16 – Os filhos de Jonadabe, filho de Recabe, guardaram o mandamento de seu pai que ele lhes ordenou, mas este povo não me obedeceu;
17 – por isso assim diz o Senhor, o Deus dos exércitos, o Deus de Israel: Eis que trarei sobre Judá, e sobre todos os moradores de Jerusalém, todo o mal que pronunciei contra eles; pois lhes tenho falado, e não ouviram; e clamei a eles, e não responderam.
18 – E à casa dos recabitas disse Jeremias: Assim diz o Senhor dos exércitos, o Deus de Israel: Pois que obedecestes ao mandamento de Jonadabe, vosso pai, guardando todos os seus mandamentos e fazendo conforme tudo quanto vos ordenou;
19 – portanto assim diz o Senhor dos exércitos, Deus de Israel: Nunca jamais faltará varão a Jonadabe, filho de Recabe, que assista diante de mim.

- Pergunta sobre o Ano Bíblico.:

Que pessoas serviriam de exemplo de fidelidade porque não bebiam vinho?
Resposta: Os recabitas (Jeremias, capítulo 35)

- Curiosidades Bíblicas.:

Onde os discípulos foram chamados cristãos pela primeira vez?
Resposta: Em Antioquia. Atos 11:26

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/biblia.asp?lista=1&livro=44&capitulo=11

- Versos Bíblicos.:

Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que julgasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele. João 3:17

Fonte: http://www.ellenwhitebooks.com/biblia.asp?lista=1&livro=43&capitulo=3&verso=17

- Ano Bíblico (Espanhol).:

Libro de Jeremias

Capítulo 33

1 – Vino por segunda vez la palabra de Jehovah a Jeremías, estando él Todavía detenido en el patio de la guardia, y dijo:
2 – “Así ha dicho Jehovah, quien hizo la tierra, Jehovah que la Formó para afirmarla–Jehovah es su nombre–:
3 – “Clama a Mí, y te responderé; y te revelaré cosas grandes e inaccesibles que Tú no conoces.
4 – Porque Así ha dicho Jehovah Dios de Israel acerca de las casas de esta ciudad y de las casas de los reyes de Judá, que fueron derribadas para construir defensas contra los terraplenes y la espada:
5 – Los caldeos vienen para combatir contra ellos y para llenarlas de Cadáveres de hombres, a quienes he herido con mi furor y con mi ira, pues he escondido mi rostro de esta ciudad a causa de toda su maldad.
6 – “He Aquí que yo les traeré medicina y sanidad. Yo los sanaré y les revelaré tiempos de paz y de verdad.
7 – Restauraré de la cautividad a Judá y a Israel, y los edificaré como al principio.
8 – Los limpiaré de toda la maldad con que pecaron contra Mí; perdonaré todos sus pecados con que pecaron y se rebelaron contra Mí.
9 – Y esta ciudad me Será motivo de regocijo, de alabanza y de gloria para todas las naciones de la tierra que Oirán de todo el bien que yo les haré. Temerán y se Estremecerán por todo el bien y por toda la paz que yo les haré.”
10 – Así ha dicho Jehovah: “En este lugar del cual Decís que Está destruido, sin hombres y sin animales, en las ciudades de Judá y en las calles de Jerusalén (que Están desoladas, sin hombres, sin habitantes y sin animales),
11 – Todavía se ha de escuchar la voz del gozo y la voz de la Alegría, la voz del novio y la voz de la novia, la voz de los que al traer sacrificios de Acción de gracias a la casa de Jehovah, digan: “Alabad a Jehovah de los Ejércitos, porque Jehovah es bueno; porque para siempre es su misericordia.” Porque restauraré de su cautividad a la tierra, como al principio”, ha dicho Jehovah.
12 – Así ha dicho Jehovah de los Ejércitos: “En este lugar destruido, sin hombres y sin animales, y en todas sus ciudades, otra vez Habrá pastizales donde los pastores hagan recostar a sus ovejas.
13 – Otra vez Pasarán las ovejas bajo las manos de quien las cuente en las ciudades de la Región montañosa, en las ciudades de la Sefela, en las ciudades del Néguev, en la tierra de Benjamín, alrededor de Jerusalén y en las ciudades de Judá, ha dicho Jehovah.
14 – “He Aquí vienen Días, dice Jehovah, en que yo cumpliré la buena promesa que he hecho a la casa de Israel y a la casa de Judá.
15 – En aquellos Días y en aquel tiempo haré brotar para David un Retoño de justicia, que Practicará el derecho y la justicia en la tierra.
16 – En aquellos Días Será salvo Judá, y Jerusalén Habitará segura. Y éste es el nombre con el cual Será llamada: “Jehovah, justicia nuestra.”
17 – Porque Así ha dicho Jehovah: No Faltará a David un hombre que se siente sobre el trono de la casa de Israel.
18 – Tampoco a los sacerdotes, los levitas, les Faltará en mi presencia un hombre que ofrezca holocausto, encienda ofrenda vegetal y presente sacrificios perpetuamente.”
19 – Vino a Jeremías la palabra de Jehovah, diciendo:
20 – “Así ha dicho Jehovah: “Si podéis invalidar mi pacto con el Día y mi pacto con la noche, de modo que no haya Día ni noche a su tiempo,
21 – entonces también Podrá ser invalidado mi pacto con mi siervo David para que deje de tener un hijo que reine sobre su trono, y mi pacto con los levitas, los sacerdotes que me sirven.
22 – Como no puede ser contado el ejército del cielo, ni se puede medir la arena del mar, Así multiplicaré la descendencia de mi siervo David y de los levitas que me sirven.””
23 – Vino a Jeremías la palabra de Jehovah, diciendo:
24 – “¿No has observado lo que ha hablado este pueblo, diciendo: “Jehovah ha desechado a las dos familias que Escogió”? Han tenido en poco a mi pueblo, hasta no considerarlo Más como Nación.
25 – Así ha dicho Jehovah: Si no he establecido mi pacto con el Día y la noche, y si no he puesto las leyes del cielo y de la tierra,
26 – entonces desecharé la descendencia de Jacob y a mi siervo David, para no tomar de su descendencia quien gobierne a la descendencia de Abraham, de Isaac y de Jacob. Porque los restauraré de su cautividad y tendré de ellos misericordia.”

Capítulo 34

1 – La palabra que vino a Jeremías de parte de Jehovah (cuando Nabucodonosor rey de Babilonia, todo su ejército, todos los reinos de la tierra que estaban bajo el Señorío de su mano y todos los pueblos Combatían contra Jerusalén y contra sus ciudades), diciendo
2 – que Así ha dicho Jehovah Dios de Israel: “Vé y habla a Sedequías, rey de Judá, y dile que Así ha dicho Jehovah: He Aquí, yo entrego esta ciudad en mano del rey de Babilonia, y la Incendiará.
3 – Tú no Escaparás de su mano, sino que ciertamente Serás apresado y entregado en su mano. Tus ojos Verán los ojos del rey de Babilonia; él te Hablará cara a cara, y Entrarás en Babilonia.
4 – No obstante, escucha la palabra de Jehovah, oh Sedequías, rey de Judá. Así ha dicho Jehovah acerca de ti: No Morirás a espada.
5 – En paz Morirás; y como se Quemó incienso por tus padres, los reyes que te precedieron, Así se Quemará por ti. Y Harán Lamentación por ti diciendo: “¡Ay señor!”, porque yo he hablado la palabra”, dice Jehovah.
6 – El profeta Jeremías Habló todas estas palabras a Sedequías, rey de Judá, en Jerusalén.
7 – El ejército del rey de Babilonia Combatía contra Jerusalén y contra las ciudades de Judá que Habían quedado: contra Laquis y contra Azeca. Porque Sólo éstas Habían quedado de las ciudades fortificadas de Judá.
8 – La palabra que vino a Jeremías de parte de Jehovah, después que el rey Sedequías hizo pacto con todo el pueblo en Jerusalén para promulgarles libertad,
9 – a fin de que cada uno dejase libre a su esclavo o a su esclava hebreos, de modo que ninguno se sirviese de sus hermanos Judíos como esclavos.
10 – Oyeron esto todos los magistrados y todo el pueblo que Habían participado en el pacto de dejar en libertad, cada uno a su esclavo o a su esclava, para que ninguno se sirviese Más de ellos como esclavos, y obedecieron Dejándoles en libertad.
11 – Pero después cambiaron de parecer e hicieron volver a los esclavos y a las esclavas que Habían dejado en libertad, y los sometieron como esclavos y esclavas.
12 – Entonces la palabra de Jehovah vino a Jeremías, de parte de Jehovah, diciendo:
13 – “Yo hice pacto con vuestros padres, ha dicho Jehovah Dios de Israel, el Día que los saqué de la tierra de Egipto, de casa de esclavitud, diciendo:
14 – “Cada siete años dejaréis en libertad, cada uno a su hermano hebreo que se os haya vendido. Te Servirá seis años, y lo Dejarás ir libre de ti.” Pero vuestros padres no me escucharon, ni inclinaron su Oído.
15 – Ahora vosotros os Habíais vuelto a Mí y Habíais hecho lo recto ante mis ojos, al proclamar libertad cada uno a su Prójimo, y Habíais hecho un pacto en mi presencia, en el templo sobre el cual es invocado mi nombre.
16 – Pero os habéis vuelto Atrás profanando mi nombre, y habéis vuelto a tomar cada uno a su esclavo y cada una a su esclava que Habíais dejado en libertad, a su entera voluntad; y los habéis sometido para seros esclavos y esclavas.
17 – Por tanto, Así ha dicho Jehovah, vosotros no me habéis obedecido en proclamar cada uno libertad a su hermano, y cada uno a su Prójimo. He Aquí, dice Jehovah, yo os proclamo libertad para la espada, para la peste y para el hambre. Haré que Seáis motivo de espanto a todos los reinos de la tierra.
18 – Haré que los hombres que traspasaron mi pacto y que no han cumplido las palabras del pacto que hicieron en mi presencia, sean como el becerro que dividieron en dos partes y pasaron en medio de las mitades.
19 – A los magistrados de Judá y a los magistrados de Jerusalén, a los funcionarios, a los sacerdotes y a todo el pueblo de la tierra que pasaron entre las partes del becerro,
20 – los entregaré en mano de sus enemigos y en mano de los que buscan sus vidas; y sus Cadáveres Servirán de comida a las aves del cielo y a los animales de la tierra.
21 – Y a Sedequías rey de Judá y a sus oficiales entregaré en mano de sus enemigos, en mano de los que buscan sus vidas y en mano del ejército del rey de Babilonia, quienes se han retirado de vosotros.
22 – He Aquí, yo daré órdenes y les haré volver a esta ciudad, dice Jehovah. Ellos Combatirán contra ella; la Tomarán y la Incendiarán. Y a las ciudades de Judá las convertiré en una Desolación, de modo que no haya quien las habite.”

Capítulo 35

1 – La palabra que vino a Jeremías de parte de Jehovah en los Días de Joacim hijo de Josías, rey de Judá, diciendo:
2 – “Vé a la familia de los recabitas, habla con ellos, Tráelos a la casa de Jehovah, a una de las Cámaras, y dales de beber vino.”
3 – Entonces tomé a Jazanías hijo de Jeremías, hijo de Habasinías, a sus hermanos, a todos sus hijos y a toda la familia de los recabitas.
4 – Y los traje a la casa de Jehovah, a la Cámara de los hijos de Hanán hijo de Igdalías, hombre de Dios, la cual estaba junto a la Cámara de los magistrados, que estaba encima de la Cámara de Maasías hijo de Salum, guardia de la puerta.
5 – Y puse delante de los miembros de la familia de los recabitas tazones llenos de vino, y vasos, y les dije: –Bebed vino.
6 – Pero ellos dijeron: –No beberemos vino, porque nuestro padre Jonadab hijo de Recab nos Mandó diciendo: “No beberéis vino Jamás, ni vosotros ni vuestros hijos.
7 – No edificaréis casas, ni sembraréis semilla, ni plantaréis viñas, ni las poseeréis. Más bien, habitaréis en tiendas todos vuestros Días, para que Viváis muchos Días sobre la faz de la tierra donde vosotros Vivís.”
8 – Y nosotros hemos obedecido la voz de nuestro padre Jonadab hijo de Recab en todas las cosas que nos Mandó: de no beber vino en todos nuestros Días, ni nosotros, ni nuestras mujeres, ni nuestros hijos, ni nuestras hijas;
9 – de no edificar casas para habitar en ellas, y de no tener viñas, ni campos ni semilla.
10 – Hemos habitado en tiendas y hemos obedecido, haciendo conforme a todo lo que nos Mandó nuestro padre Jonadab.
11 – Pero Sucedió que cuando Nabucodonosor rey de Babilonia Subió contra el País, dijimos: “Vayamos y entremos en Jerusalén, a causa del ejército de los caldeos y del ejército de los de Siria.” Y en Jerusalén nos hemos quedado.
12 – Entonces vino la palabra de Jehovah a Jeremías, diciendo:
13 – –Así ha dicho Jehovah de los Ejércitos, Dios de Israel: “Vé y di a los hombres de Judá y a los habitantes de Jerusalén: “¿No aceptaréis Corrección para obedecer a mis palabras?”, dice Jehovah.
14 – Las palabras de Jonadab hijo de Recab, que Mandó a sus hijos que no bebiesen vino, han sido cumplidas, y no lo han bebido hasta el Día de hoy, porque han obedecido el mandamiento de su padre. Sin embargo, yo os he hablado a vosotros persistentemente, y no me habéis obedecido.
15 – Os he enviado persistentemente todos mis siervos los profetas, para deciros: “Apartaos, cada uno de su mal camino; enmendad vuestras obras y no Vayáis tras otros dioses para servirlos, y habitaréis en la tierra que os he dado a vosotros y a vuestros padres.” Pero no habéis inclinado vuestro Oído, ni me habéis obedecido.
16 – Ciertamente los hijos de Jonadab hijo de Recab han cumplido el mandamiento que les dio su padre, pero este pueblo no me ha obedecido.
17 – Por tanto, Así ha dicho Jehovah Dios de los Ejércitos, Dios de Israel: “He Aquí, yo traeré sobre Judá y sobre todos los habitantes de Jerusalén todo el mal del que he hablado contra ellos. Porque les hablé, y no escucharon; los llamé, y no respondieron.”
18 – Entonces dijo Jeremías a la familia de los recabitas: –Así ha dicho Jehovah de los Ejércitos, Dios de Israel: “Porque habéis obedecido el mandamiento de vuestro padre Jonadab; porque habéis guardado todos sus mandamientos y habéis hecho conforme a todas las cosas que os Mandó,
19 – por esto no Faltará un hombre a Jonadab hijo de Recab que esté de pie delante de Mí todos los Días”, ha dicho Jehovah de los Ejércitos, Dios de Israel.

- Ano Bíblico (Inglês).:

Book of Jeremias

Chapter 33

1 – Then the word of the Lord came to Jeremiah the second time, while he was still shut up in the place of the armed watchmen, saying,
2 – These are the words of the Lord, who is doing it, the Lord who is forming it, to make it certain; the Lord is his name;
3 – Let your cry come to me, and I will give you an answer, and let you see great things and secret things of which you had no knowledge.
4 – For this is what the Lord, the God of Israel, has said about the houses of this town and the houses of the kings of Judah, which have been broken down to make earthworks and …;
5 – … and to make them full of the dead bodies of men whom I have put to death in my wrath and in my passion, and because of whose evil-doing I have kept my face covered from this town.
6 – See, I will make it healthy and well again, I will even make them well; I will let them see peace and good faith in full measure.
7 – And I will let the fate of Judah and of Israel be changed, building them up as at first.
8 – And I will make them clean from all their sin, with which they have been sinning against me; I will have forgiveness for all their sins, with which they have been sinning against me, and with which they have done evil against me.
9 – And this town will be to me for a name of joy, for a praise and a glory before all the nations of the earth, who, hearing of all the good which I am doing for them, will be shaking with fear because of all the good and the peace which I am doing for it.
10 – This is what the Lord has said: There will again be sounding in this place, of which you say, It is a waste, without man and without beast; even in the towns of Judah and in the streets of Jerusalem which are waste and unpeopled, without man and without beast,
11 – Happy sounds, the voice of joy, the voice of the newly-married man and the voice of the bride, the voices of those who say, Give praise to the Lord of armies, for the Lord is good, for his mercy is unchanging for ever: the voices of those who go with praise into the house of the Lord. For I will let the land come back to its first condition, says the Lord.
12 – This is what the Lord of armies has said: Again there will be in this place, which is a waste, without man and without beast, and in all its towns, a resting-place where the keepers of sheep will make their flocks take rest.
13 – In the towns of the hill-country, in the towns of the lowland, and in the towns of the South and in the land of Benjamin and in the country round Jerusalem and in the towns of Judah, the flocks will again go under the hand of him who is numbering them, says the Lord.
14 – See, the days are coming, says the Lord, when I will give effect to the good word which I have said about the people of Israel and the people of Judah.
15 – In those days and at that time, I will let a Branch of righteousness come up for David; and he will be a judge in righteousness in the land.
16 – In those days, Judah will have salvation and Jerusalem will be safe: and this is the name which will be given to her: The Lord is our righteousness.
17 – For the Lord has said, David will never be without a man to take his place on the seat of the kingdom of Israel;
18 – And the priests and the Levites will never be without a man to come before me, offering burned offerings and perfumes and meal offerings and offerings of beasts at all times.
19 – And the word of the Lord came to Jeremiah, saying,
20 – The Lord has said: If it is possible for my agreement of the day and the night to be broken, so that day and night no longer come at their fixed times,
21 – Then my agreement with my servant David may be broken, so that he no longer has a son to take his place on the seat of the kingdom; and my agreement with the Levites, the priests, my servants.
22 – As it is not possible for the army of heaven to be numbered, or the sand of the sea measured, so will I make the seed of my servant David, and the Levites my servants.
23 – And the word of the Lord came to Jeremiah, saying,
24 – Have you taken note of what these people have said, The two families, which the Lord took for himself, he has given up? This they say, looking down on my people as being, in their eyes, no longer a nation.
25 – The Lord has said, If I have not made day and night, and if the limits of heaven and earth have not been fixed by me,
26 – Then I will give up caring for the seed of Jacob and of David my servant, so that I will not take of his seed to be rulers over the seed of Abraham, Isaac, and Jacob: for I will let their fate be changed and will have mercy on them.

Chapter 34

1 – The word which came to Jeremiah from the Lord, when Nebuchadrezzar, king of Babylon, and all his army, and all the kingdoms of the earth which were under his rule, and all the peoples, were fighting against Jerusalem and all its towns, saying,
2 – The Lord, the God of Israel, has said, Go and say to Zedekiah, king of Judah, This is what the Lord has said: See, I will give this town into the hands of the king of Babylon, and he will have it burned with fire:
3 – And you will not get away from him, but will certainly be taken and given up into his hands; and you will see the king of Babylon, eye to eye, and he will have talk with you, mouth to mouth, and you will go to Babylon.
4 – But give ear to the word of the Lord, O Zedekiah, king of Judah; this is what the Lord has said about you: Death will not come to you by the sword:
5 – You will come to your end in peace; and such burnings as they made for your fathers, the earlier kings before you, will be made for you; and they will be weeping for you and saying, Ah lord! for I have said the word, says the Lord.
6 – Then Jeremiah the prophet said all these things to Zedekiah, king of Judah, in Jerusalem,
7 – When the army of the king of Babylon was fighting against Jerusalem and against all the towns of Judah which had not been taken, against Lachish and against Azekah; for these were the last of the walled towns of Judah.
8 – The word which came to Jeremiah from the Lord, after King Zedekiah had made an agreement with all the people in Jerusalem, to give news in public that servants were to be made free;
9 – That every man was to let his Hebrew man-servant and his Hebrew servant-girl go free; so that no one might make use of a Jew, his countryman, as a servant:
10 – And this was done by all the rulers and the people who had taken part in the agreement, and every one let his man-servant and his servant-girl go free, not to be used as servants any longer; they did so, and let them go.
11 – But later, they took back again the servants and the servant-girls whom they had let go free, and put them again under the yoke as servants and servant-girls.
12 – For this reason the word of the Lord came to Jeremiah from the Lord, saying,
13 – The Lord, the God of Israel, has said, I made an agreement with your fathers on the day when I took them out of Egypt, out of the prison-house, saying,
14 – At the end of seven years every man is to let go his countryman who is a Hebrew, who has become yours for a price and has been your servant for six years; you are to let him go free: but your fathers gave no attention and did not give ear.
15 – And now, turning away from evil, you had done what is right in my eyes, giving a public undertaking for every man to make his neighbour free; and you had made an agreement before me in the house which is named by my name:
16 – But again you have put shame on my name, and you have taken back, every one his man-servant and his servant-girl, whom you had sent away free, and you have put them under the yoke again to be your servants and servant-girls.
17 – And so the Lord has said, You have not given ear to me and undertaken publicly, every man to let loose his countryman and his neighbour: see, I undertake to let loose against you the sword and disease and need of food; and I will send you wandering among all the kingdoms of the earth.
18 – And I will give the men who have gone against my agreement and have not given effect to the words of the agreement which they made before me, when the ox was cut in two and they went between the parts of it,
19 – The rulers of Judah and the rulers of Jerusalem, the unsexed servants and the priests and all the people of the land who went between the parts of the ox,
20 – Even these I will give up into the hands of their haters and into the hands of those who have designs against their lives: and their dead bodies will become food for the birds of heaven and the beasts of the earth.
21 – And Zedekiah, king of Judah, and his rulers I will give into the hands of their haters and into the hands of those who have designs against their lives, and into the hands of the king of Babylon´s army which has gone away from you.
22 – See, I will give orders, says the Lord, and make them come back to this town; and they will make war on it and take it and have it burned with fire: and I will make the towns of Judah waste and unpeopled.

Chapter 35

1 – The word which came to Jeremiah from the Lord, in the days of Jehoiakim, the son of Josiah, king of Judah, saying,
2 – Go into the house of the Rechabites, and have talk with them, and take them into the house of the Lord, into one of the rooms, and give them wine.
3 – Then I took Jaazaniah, the son of Jeremiah, the son of Habazziniah, and his brothers and all his sons and all the Rechabites;
4 – And I took them into the house of the Lord, into the room of the sons of Hanan, the son of Igdaliah, the man of God, which was near the rulers´ room, which was over the room of Maaseiah, the son of Shallum, the keeper of the door;
5 – And I put before the sons of the Rechabites basins full of wine and cups, and I said to them, Take some wine.
6 – But they said, We will take no wine: for Jonadab, the son of Rechab our father, gave us orders, saying, You are to take no wine, you or your sons, for ever:
7 – And you are to make no houses, or put in seed, or get vine-gardens planted, or have any: but all your days you are to go on living in tents, so that you may have a long life in the land where you are living as in a strange country.
8 – And we have kept the rules of Jonadab, the son of Rechab our father, in everything which he gave us orders to do, drinking no wine all our days, we and our wives and our sons and our daughters;
9 – Building no houses for ourselves, having no vine-gardens or fields or seed:
10 – But we have been living in tents, and have done everything which Jonadab our father gave us orders to do.
11 – But when Nebuchadrezzar, king of Babylon, came up into the land, we said, Come, let us go to Jerusalem, away from the army of the Chaldaeans and from the army of the Aramaeans: and so we are living in Jerusalem.
12 – Then the word of the Lord came to Jeremiah, saying,
13 – This is what the Lord of armies, the God of Israel, has said: Go and say to the men of Judah and the people of Jerusalem, Is there no hope of teaching you to give ear to my words? says the Lord.
14 – The orders which Jonadab, the son of Rechab, gave to his sons to take no wine, are done, and to this day they take no wine, for they do the orders of their father: but I have sent my words to you, getting up early and sending them, and you have not given ear to me.
15 – And I have sent you all my servants the prophets, getting up early and sending them, saying, Come back, now, every man from his evil way, and do better, and go not after other gods to become their servants, and you will go on living in the land which I have given to you and to your fathers: but your ears have not been open, and you have not given attention to me.
16 – Though the sons of Jonadab the son of Rechab have done the orders of their father which he gave them, this people has not given ear to me:
17 – For this reason the Lord, the God of armies, the God of Israel, has said, See, I will send on Judah and on all the people of Jerusalem all the evil which I said I would do to them: because I sent my words to them, but they did not give ear; crying out to them, but they gave no answer.
18 – But to the Rechabites Jeremiah said, This is what the Lord of armies, the God of Israel, has said: Because you have done the orders of Jonadab your father, and have kept his rules, and done everything as he gave you orders to do it;
19 – For this reason the Lord of armies, the God of Israel, has said, Jonadab, the son of Rechab, will never be without a man to take his place before me.

Na graça de nosso Senhor Jesus,

Daniel Gavin
Diretor Geral – Ellen White Books
http://www.ellenwhite.com.br/
http://www.ellenwhitebooks.com/
http://www.ellenwhite.es/
http://www.ellenwhitebooks.es/

Publicado em Não categorizado | Deixe um comentário